Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
6Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
teoria_voo.pdf helicóptero

teoria_voo.pdf helicóptero

Ratings: (0)|Views: 653 |Likes:
Published by Comte Martins

More info:

Published by: Comte Martins on Jun 19, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

09/15/2014

pdf

text

original

 
1
 
APOSTILA DE HELICÓPTERO
TEORIA DE VÔO
Professores:
Paulo Sérvulo / Nicolau Saba
 
2
ÍNDICE
 Tipos de Vôo ...........................3Vôo pairado ............................3Arrasto de Fuselagem ...................4Efeito de Cone .........................4Efeito de Solo .........................5Ressonância com o Solo .................5Vôo com deslocamento ...................5Efeito Pendular ........................7Dissimetria de Sustentação .............7Sustentação de Deslocamento ............8Fluxo Transverso .......................8Distribuição da Sustentação ............9Estol ..................................9Curva do Homem Morto ..................12Fator de Carga ........................12Velocidades............................13Auto-rotação ..........................13Estabilidade ..........................15Precauções Gerais .....................16Condições de vôo X Performance .......17Manobras de Vôo .......................19Dicas para um bom vôo .................26
 
3
TEORIA DE VÔOTIPOS DE VÔO
O helicóptero, por possuir asas rotativas, tem a capacidade de executar o vôo pairado, pois as pás estãoem deslocamento em relação ao vento, e o vôo com deslocamento.
VÔO PAIRADO (rover – do inglês Hover)
Vôo no qual o helicóptero se encontra imóvel, roverando, em relação a um ponto. Teoricamente, avelocidade no vôo pairado não é zero, pois depende da velocidade do vento relativo (para aaerodinâmica tanto faz o corpo ou o vento em deslocamento), sendo a posição do disco de rotaçãoinclinada na direção contrária do vento, na qual o helicóptero terá todas as reações como se estivessevoando horizontalmente na velocidade do vento. No pairado existem três grandes forças verticais que na realidade se resumem a duas, que são iguais, porém em sentido contrário. São elas: Sustentação ( L ) e Peso( W ), que é acrescido da terceira forçaque é o Arrasto de Fuselagem (DF ou DP). No vôo pairado, sem vento, a sustentação é uniforme. As duas metades do disco de rotação (esquerda edireita) estão operando com a mesma velocidade aerodinâmica, ângulos de ataque iguais e portantosustentação igual em todo o disco. Nesta situação o disco de rotação e as estrelas estacionária e rotativaestão paralelas entre si e ao solo, entretanto, a rigor, todo o conjunto está ligeiramente inclinado para aesquerda (helicópteros anti-horário) para compensar a deriva para a direita provocada pelo rotor decauda.O empuxo resultante das forças do rotor principal é para cima, de modo que é exercida sobre a massade ar uma força para baixo. NOTA: O peso máximo de decolagem e o teto máximo para o vôo pairado podem ser definidos pelalimitação de potência, melhor do que pela capacidade aerodinâmica de sustentação do rotor principal.

Activity (6)

You've already reviewed this. Edit your review.
d762991 liked this
zeaugusto1980 liked this
1 thousand reads
1 hundred reads
Chapo Lim liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->