Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
20Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Monografia UFPR - Marcos Roberto Perucelo

Monografia UFPR - Marcos Roberto Perucelo

Ratings:

4.78

(9)
|Views: 3,683 |Likes:
Published by Marcos
PERUCELO, M. R. As análises econômico-financeiras tradicional e dinâmica e o desempenho percebido pelo mercado de ações: estudo de indústrias do setor têxtil-vestuário do Brasil no período de 1998 a 2007. 145 p. Monografia (Especialização em Contabilidade e Finanças) – Universidade Federal do Paraná – UFPR. Curitiba, 2008. Esta pesquisa exploratória e descritiva tem o objetivo de verificar se as análises dinâmica e tradicional, aplicadas em relatórios econômico-financeiros de empresas de capital aberto do setor têxtil-vestuário do Brasil, no período de 1998 a 2007, traduzem o desempenho dessas companhias no mercado de ações. A amostra da pesquisa compreende as indústrias Hering, Teka, Guararapes, Karsten, Santanense e Cedro. Os demonstrativos não-consolidados dessas companhias foram obtidos no sítio da CVM. Os dados do mercado de capitais foram coletados no sítio da Bovespa. Após realizados os cálculos referentes à análise dinâmica do Modelo Fleuriet, verificou-se que a situação financeira insatisfatória, Tipo 3, é a configuração de balanços mais freqüente na amostra analisada. Não foi detectado efeito tesoura em nenhuma das empresas. O cálculo do escore discriminante apresentado por Mário (2002) foi aplicado nas empresas estudadas. A análise desse escore procura determinar se uma empresa é solvente ou insolvente. Com relação à análise tradicional, foi utilizada a avaliação de empresas proposta por Matarazzo (2008), um sistema de pontuação que utiliza diversos indicadores tradicionais para atribuir a Nota Global da Empresa (NGE). O desempenho percebido pelo mercado foi medido pelo volume total negociado, pela rentabilidade do preço das cotações e pelo indicador fundamentalista Preço/Lucro (P/L). Foi realizada também uma análise de correlação entre indicadores tradicionais, dinâmicos e de desempenho das ações, utilizando o teste estatístico de Pearson. Conforme os testes e análises realizados, a empresa que se sobressaiu foi Guararapes, que apresentou situação financeira sólida, obteve os maiores escores discriminantes, as maiores NGEs e o maior volume de transações no mercado de ações no período analisado. Embora Teka tenha obtido menos destaque nas análises dinâmica e tradicional, o desempenho de suas ações não foi o pior dentre as empresas avaliadas. Com isso, conclui-se que as análises dinâmica e tradicional refletiram o desempenho percebido pelo mercado de ações para a empresa líder. Mas o mercado de ações não refletiu o desempenho da empresa com menos destaque nas análises dinâmica e tradicional. Além das análises efetuadas, foram formadas carteiras de ações constituídas pelas empresas da amostra, ordenadas a cada ano conforme tipo de situação financeira, NGE e escore discriminante, para determinar quais configurações obtiveram maior rentabilidade na cotação das ações. Após os cálculos, conclui-se também que as carteiras formadas por ações das empresas que receberam maior pontuação nas análises dinâmica, tradicional e indicador de solvência obtiveram maior rentabilidade, superando o IBovespa e o INDX.
PERUCELO, M. R. As análises econômico-financeiras tradicional e dinâmica e o desempenho percebido pelo mercado de ações: estudo de indústrias do setor têxtil-vestuário do Brasil no período de 1998 a 2007. 145 p. Monografia (Especialização em Contabilidade e Finanças) – Universidade Federal do Paraná – UFPR. Curitiba, 2008. Esta pesquisa exploratória e descritiva tem o objetivo de verificar se as análises dinâmica e tradicional, aplicadas em relatórios econômico-financeiros de empresas de capital aberto do setor têxtil-vestuário do Brasil, no período de 1998 a 2007, traduzem o desempenho dessas companhias no mercado de ações. A amostra da pesquisa compreende as indústrias Hering, Teka, Guararapes, Karsten, Santanense e Cedro. Os demonstrativos não-consolidados dessas companhias foram obtidos no sítio da CVM. Os dados do mercado de capitais foram coletados no sítio da Bovespa. Após realizados os cálculos referentes à análise dinâmica do Modelo Fleuriet, verificou-se que a situação financeira insatisfatória, Tipo 3, é a configuração de balanços mais freqüente na amostra analisada. Não foi detectado efeito tesoura em nenhuma das empresas. O cálculo do escore discriminante apresentado por Mário (2002) foi aplicado nas empresas estudadas. A análise desse escore procura determinar se uma empresa é solvente ou insolvente. Com relação à análise tradicional, foi utilizada a avaliação de empresas proposta por Matarazzo (2008), um sistema de pontuação que utiliza diversos indicadores tradicionais para atribuir a Nota Global da Empresa (NGE). O desempenho percebido pelo mercado foi medido pelo volume total negociado, pela rentabilidade do preço das cotações e pelo indicador fundamentalista Preço/Lucro (P/L). Foi realizada também uma análise de correlação entre indicadores tradicionais, dinâmicos e de desempenho das ações, utilizando o teste estatístico de Pearson. Conforme os testes e análises realizados, a empresa que se sobressaiu foi Guararapes, que apresentou situação financeira sólida, obteve os maiores escores discriminantes, as maiores NGEs e o maior volume de transações no mercado de ações no período analisado. Embora Teka tenha obtido menos destaque nas análises dinâmica e tradicional, o desempenho de suas ações não foi o pior dentre as empresas avaliadas. Com isso, conclui-se que as análises dinâmica e tradicional refletiram o desempenho percebido pelo mercado de ações para a empresa líder. Mas o mercado de ações não refletiu o desempenho da empresa com menos destaque nas análises dinâmica e tradicional. Além das análises efetuadas, foram formadas carteiras de ações constituídas pelas empresas da amostra, ordenadas a cada ano conforme tipo de situação financeira, NGE e escore discriminante, para determinar quais configurações obtiveram maior rentabilidade na cotação das ações. Após os cálculos, conclui-se também que as carteiras formadas por ações das empresas que receberam maior pontuação nas análises dinâmica, tradicional e indicador de solvência obtiveram maior rentabilidade, superando o IBovespa e o INDX.

More info:

Published by: Marcos on Jan 06, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/20/2013

pdf

text

original

 
 
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ – UFPRMARCOS ROBERTO PERUCELO
 
AS ANÁLISES ECONÔMICO-FINANCEIRAS TRADICIONAL EDINÂMICA E O DESEMPENHO PERCEBIDO PELO MERCADODE AÇÕES: ESTUDO DE INDÚSTRIAS DO SETOR TÊXTIL-VESTUÁRIO DO BRASIL NO PERÍODO DE 1998 A 2007
 
CURITIBA2008
 
 
MARCOS ROBERTO PERUCELO
 
(CRA/PR n
º
20643)
AS ANÁLISES ECONÔMICO-FINANCEIRAS TRADICIONAL EDINÂMICA E O DESEMPENHO PERCEBIDO PELO MERCADODE AÇÕES: ESTUDO DE INDÚSTRIAS DO SETOR TÊXTIL-VESTUÁRIO DO BRASIL NO PERÍODO DE 1998 A 2007
 
Monografia apresentada para obtenção do títulode Especialista em Contabilidade e Finanças noPrograma de Pós-Graduação em Contabilidadee Finanças, Setor de Ciências SociaisAplicadas, Universidade Federal do Paraná.Orientadores: Dra. Márcia Bortolocci EspejoMoisés Prates Silveira, MSc.
CURITIBA2008
 
 
RESUMO
PERUCELO, M. R.
As análises econômico-financeiras tradicional e dinâmica eo desempenho percebido pelo mercado de ações:
estudo de indústrias do setortêxtil-vestuário do Brasil no período de 1998 a 2007. 145 p. Monografia(Especialização em Contabilidade e Finanças) – Universidade Federal do Paraná –UFPR. Curitiba, 2008.Esta pesquisa exploratória e descritiva tem o objetivo de verificar se as análisesdinâmica e tradicional, aplicadas em relatórios econômico-financeiros de empresasde capital aberto do setor têxtil-vestuário do Brasil, no período de 1998 a 2007,traduzem o desempenho dessas companhias no mercado de ações. A amostra dapesquisa compreende as indústrias Hering, Teka, Guararapes, Karsten, Santanensee Cedro. Os demonstrativos não-consolidados dessas companhias foram obtidos nosítio da CVM. Os dados do mercado de capitais foram coletados no sítio daBovespa. Após realizados os cálculos referentes à análise dinâmica do ModeloFleuriet, verificou-se que a situação financeira insatisfatória, Tipo 3, é a configuraçãode balanços mais freqüente na amostra analisada. Não foi detectado efeito tesouraem nenhuma das empresas. O cálculo do escore discriminante apresentado porMário (2002) foi aplicado nas empresas estudadas. A análise desse escore procuradeterminar se uma empresa é solvente ou insolvente. Com relação à análisetradicional, foi utilizada a avaliação de empresas proposta por Matarazzo (2008), umsistema de pontuação que utiliza diversos indicadores tradicionais para atribuir aNota Global da Empresa (NGE). O desempenho percebido pelo mercado foi medidopelo volume total negociado, pela rentabilidade do preço das cotações e peloindicador fundamentalista Preço/Lucro (P/L). Foi realizada também uma análise decorrelação entre indicadores tradicionais, dinâmicos e de desempenho das ações,utilizando o teste estatístico de Pearson. Conforme os testes e análises realizados, aempresa que se sobressaiu foi Guararapes, que apresentou situação financeirasólida, obteve os maiores escores discriminantes, as maiores NGEs e o maiorvolume de transações no mercado de ações no período analisado. Embora Tekatenha obtido menos destaque nas análises dinâmica e tradicional, o desempenho desuas ações não foi o pior dentre as empresas avaliadas. Com isso, conclui-se queas análises dinâmica e tradicional refletiram o desempenho percebido pelo mercadode ações para a empresa líder. Mas o mercado de ações não refletiu o desempenhoda empresa com menos destaque nas análises dinâmica e tradicional. Além dasanálises efetuadas, foram formadas carteiras de ações constituídas pelas empresasda amostra, ordenadas a cada ano conforme tipo de situação financeira, NGE eescore discriminante, para determinar quais configurações obtiveram maiorrentabilidade na cotação das ações. Após os cálculos, conclui-se também que ascarteiras formadas por ações das empresas que receberam maior pontuação nasanálises dinâmica, tradicional e indicador de solvência obtiveram maiorrentabilidade, superando o IBovespa e o INDX.
Palavras-chave
: Modelo Fleuriet, Análise Dinâmica do Capital de Giro, Análise deBalanços, Análise Econômico-Financeira Tradicional, Mercado de Ações, Mercadode Capitais, Desempenho Empresarial, Avaliação de Empresas

Activity (20)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Selma Digitadora liked this
Suzana Borges liked this
Flávia Dutra liked this
Fabricia Mayara liked this
Marta Emilia liked this
neidesilvadiva liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->