Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword or section
Like this
22Activity
P. 1
ABRASÃO

ABRASÃO

Ratings:

5.0

(1)
|Views: 3,815|Likes:
Published by leko2007

More info:

Published by: leko2007 on Jun 20, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/18/2014

pdf

text

original

 
 
Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URIDepartamento de Engenharias e Ciências da Computação – DECCEngenharia Industrial Mecânica – EIM
 
P
ROCESSOS DE
U
SINAGEM
II
 
FFUUNNDD A AMMEENNTTOOSSDD A AUUSSIINN A AGGEEMMDDEEA ACC A ABB A AMMEENNTTOO PPOOA ABB A ASS Ã ÃOOMMEECC Â ÂNNIICC A A 
CCaappí í ttuulloo11::
 
UUssiinnaaggeemmppoorrA Abbrraassããoo CCaappí í ttuulloo22::eettiiiiccaaççããoo 
PPrroo..DDrr..A AnnddrrééJJooããooddeeSSoouuzzaa 
Santo Ângelo2007-2
 
 
P
ROF
.
 
D
.
 
 A
NDRÉ
J
OÃO DE
S
OUZA
 
USINAGEM POR ABRASÃO
Capítulo 1
1.
 
I
NTRODUÇÃO
 
Em diferentes situações, ou exigências de acabamento e tolerância dimensional requeridas numapeça e/ou componente são bastante rígidas, ou o material a ser usinado é extremamente duro, ou omaterial é muito frágil para produzir a geometria desejada na peça – aplicando apenas os conhecimentose características dos métodos de remoção de material estudados na disciplina
39-154
 
Processos deUsinagem I
. Por exemplo, mancais de rolamento de rolos ou esferas, pistões, válvulas, cilindros,estampos de corte, moldes, matrizes, cames, engrenagens e componentes de precisão aplicados eminstrumentação, geralmente necessitam de acabamentos finos e tolerâncias dimensionais bem apertadas.Um dos melhores métodos para se obter tais características de acabamento em peças é atravésda
usinagem por abrasão
. Assim, denomina-se usinagem por abrasão o processo mecânico deremoção de material no qual são empregados grãos abrasivos, mais ou menos disformes, de alta dureza,
unidos
por um ligante ou
soltos
, que são postos em interferência com o material da peça, figura 1.1.Tem por objetivo melhorar as exatidões dimensionais e geométricas, a qualidade superficial de peçase/ou alterar as suas características superficiais (operações de acabamento).
Figura 1.1
– Processo abrasivo de remoção de material
 
P
ROCESSOS DE
U
SINAGEM
IIP
ROF
.
 
D
.
 
 A
NDRÉ
J
OÃO DE
S
OUZA
 2
 Abrasão é definida como sendo a operação de remover partículas de um material por atritocontra outro material que será quase sempre mais duro que o primeiro. Esta ação de esfregar uma peçacontra outra para modificar sua forma geométrica ou afiá-la, pertence ao instinto do homem primitivo. Aimportância nas operações de abrasão reside no fato de que elas corrigem os defeitos das operaçõesprecedentes, como ocorre nos processos de usinagem.Segundo a padronização brasileira ABNT PB 26 denomina-se ferramenta abrasiva aquela comformas e dimensões definidas constituída de grãos abrasivos ligados por aglutinante (ou aglomerante).Por outro lado, os gumes (arestas cortantes) são geometricamente indefinidos. A ferramenta abrasivacom a forma de superfície de revolução adaptável a um eixo é denominada rebolo abrasivo. Não sãoconsiderados rebolos abrasivos rodas ou discos de metal, madeira, tecido, papel, tendo uma ou váriascamadas de abrasivos na superfície.Durante a operação de corte ou desbaste, são os grãos abrasivos que realizam a remoção dematerial da peça. Eles se desgastam durante o trabalho, perdendo a capacidade de corte. Isto exige queo grão se quebre ou se solte, expondo novos gumes (importante para a auto-afiação da ferramenta).Desta forma, para que possam remover material, os grãos abrasivos devem ser:
 
muito duros, para que mantenham gumes afiados (arestas vivas) por muito tempo;
 
termicamente estáveis, para resistir às altas temperaturas de usinagem;
 
quimicamente estáveis diante das altas temperaturas e pressões de usinagem, na presença de ar,fluido de corte e material da peça.Dependendo do processo de usinagem de acabamento, os grãos abrasivos agem diferentementena interação gume
material, podendo ser por: energia, posição, força ou trajetória, figura 1.2.
Energia Posição Força TrajetóriaFigura 1.2
– Princípio de ação dos grãos abrasivos em operações de acabamento
Utilizam-se abrasivos
unidos
por um ligante nos seguintes processos de usinagem: retificação,superacabamento, brunimento fino (
honing 
) e lixamento. Utilizam-se abrasivos
soltos
nos seguintesprocessos: lapidação, jateamento, tamboreamento e polimento.

Activity (22)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Rossiano Casarin liked this
Carlos Lima liked this
cmppsousa liked this
halmeidadc liked this
PAIVA liked this
Ticiana Katsuno liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->