Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
After the Storm Perel

After the Storm Perel

Ratings: (0)|Views: 3 |Likes:
Published by Stephani

More info:

Published by: Stephani on Jun 24, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/16/2014

pdf

text

original

 
Depois da TempestadeDepois da Tempestadepor Esther PerelO caso em RetrospectO desejo de encontrar finais felizes para histórias tristes humanos é, provavelmente, apresentado namaioria dos casaisDNA terapeutas. Quando a "triste história" é sobre infidelidade que ameaça um casamento, osterapeutasgeralmente apontam para a sua resolução preferida: salvar o casamento. Como um campo, temostendência apensar sobre esta história em termos de uma simples, a narrativa em três partes: Parte 1: Um casal éabalada pela descoberta de um caso e vem para nos ver. Parte 2: Nós ajudá-los a passara crise imediata, tendem a as feridas subjacentes ao casamento, e depois tomar uma profundaolhar para cicatrizes de infância. Nós fornecemos compaixão e aconselhamento, conforme necessário, eincentivar novosconfiança, o perdão ea intimidade no relacionamento. Parte 3: Como o nosso desenlace preferida, ocasal deixa semana de terapia ou meses mais tarde, seu casamento reparado, mais forte, mesmotransformada, ou pelo menos melhorada. Consideramos o tratamento um sucesso, o casal tema tempestade. Claro, alguns casais se recusam essa história limpo e, em vez disso, usarterapia como um gateway fora do casamento completamente. Mas, felizmente, eles ainda vivem felizespara sempredepois.No entanto, normalmente não têm idéia do que realmente acontece "sempre". Ajudar os casais a serecuperarda crise imediata é fundamental, mas o que acontece com eles depois que deixar a terapia? Será queos insights recolhidos levar o casal ao longo dos anos de casamento, as pedras e flechas de
 
fortuna interna normal? Havia uma lua de mel, breve segundo antes do casamentorevertido para sua condição de pré-terapia? Será que o divórcio uma vez fora do terapeutaolhar benevolente? Será que um dos cônjuges cometer transgressões mais? A menos que nós estamosentre osterapeutas poucos que procuram feedback periódico de nossos clientes, nós simplesmente nãosabemos, e,sem saber qual o impacto que teve sobre o nosso tratamento desses casais, temos pouca idéia do quetrabalhou e por quê. Quando os casais deixam-nos, estamos ansiosos para o seu futuro nos reserva;No entanto, estou intrigado com o que podemos aprender com olhar para trás.Durante vários anos, tenho contato com casais que eu tratei de descobrir mais sobre oimpacto a longo prazo da infidelidade que os trouxe à terapia. Com os casais que jápermaneceram juntos nos anos seguintes, eu ofereci um livre, entrevista de acompanhamento paradiscutir comoeles consideram a infidelidade, retrospectivamente, e como eles integraram a experiência nanarrativa contínua de seu relacionamento. Todos os casamentos são iguais na medida em que enfrentarumcaso obriga o casal a reavaliar o seu relacionamento, mas diferente na forma como o casal vivecom o legado desse caso. Eu já sabia que os casamentos eu estava traçando nestes follow-upentrevistas tinham sobrevivido, e agora eu queria avaliar a qualidade do que a sobrevivência. Quaisforam os1 / 12After the Stormamortecedores úteis que sustentavam o casal? Será que eles pensam que a terapia ajudou?Especificidades, não obstante, identifiquei três padrões básicos na maneira como os casais reorganizarse depois de uma infidelidade, eles nunca realmente ter passado o caso, eles se puxar para cima por
 
os cadarços e deixá-lo ir, ou deixá-la muito para trás.Em alguns casamentos, o caso não é uma crise de transição, mas um buraco negro prendendo ambas aspartes emuma rodada interminável de amargura, a vingança, e auto-piedade. Estes casais infinitamente roer nomesmo osso, círculo e recircle as mesmas queixas, reiteramos a mútua mesmorecriminações, e culpam mutuamente pela sua agonia. Por que eles ficam no casamento é muitas vezescomo intrigante o porquê de eles não podem ir além de seu antagonismo mútuo.Um segundo padrão é observado em casais que permanecem juntos, porque eles honram os valores decompromisso de vida e de continuidade, lealdade, família e estabilidade. Eles querem ficar ligadopara a sua comunidade de amigos em comum e associados ou ter uma afiliação religiosa forte.Esses casais podem se mover além da infidelidade, mas não necessariamente transcendê-lo. Seucasamentos reverter para uma versão mais ou menos pacífica do que era antes da crise,sem sofrer qualquer alteração significativa em seu relacionamento.Para alguns casais, no entanto, o caso torna-se uma experiência de transformação e catalisador pararenovação e mudança. Este resultado ilustra que a terapia tem o potencial para ajudar os casaisreinventar o casamento pela mineração a resiliência ea desenvoltura de cada parceiro traz paraa mesa.Preso no passado"Toda vez que eu não consigo Marc no telefone, eu me lembro de como ele não respondia quando eleestava com as outras mulheres ", diz Debbie, ainda amarga três anos depois que ela descobriu suacaso-a última de uma série de escapadas extraconjugais. Casada com Marc por 14 anos, eladecidiu permanecer com ele ostensivamente para preservar a família. Ela constantemente faz sentirque ele tem sorte ela não expulsá-lo, como se ele fosse o único que está para perder tudo

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->