Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
5Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
JUSTIÇA ARBITRAL SENTENÇA 129670.14.2012

JUSTIÇA ARBITRAL SENTENÇA 129670.14.2012

Ratings: (0)|Views: 1,305 |Likes:
O Conselheiro César Augusto Venâncio da Silva, investido das funções de Árbitro/Juiz, junto a COMISSÃO DE JUSTIÇA E CIDADANIA, nos termos da LEI FEDERAL n.o. 9.307, DE 23 DE SETEMBRO DE 1996 – Artigos 17, 18, 26, I, II, III, IV - Parágrafo único e. 27, e considerando a sessão deliberativa aprovada em 21 DE JUNHO de 2012... Faz publicar a presente SENTENÇA ARBITRAL.
O Conselheiro César Augusto Venâncio da Silva, investido das funções de Árbitro/Juiz, junto a COMISSÃO DE JUSTIÇA E CIDADANIA, nos termos da LEI FEDERAL n.o. 9.307, DE 23 DE SETEMBRO DE 1996 – Artigos 17, 18, 26, I, II, III, IV - Parágrafo único e. 27, e considerando a sessão deliberativa aprovada em 21 DE JUNHO de 2012... Faz publicar a presente SENTENÇA ARBITRAL.

More info:

Published by: INSTITUTO DE ENSINO INESPEC on Jun 25, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/27/2012

pdf

text

original

 
 
INSTITUTO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E CULTURADIREITOS DA CIDADANIA - JUSTIÇA ARBITRALhttp://wwwjuizarbitral.blogspot.com.br/ RUA DR. FERNANDO AUGUSTO, 121
 –
SALA 2/3
 –
FORTALEZA-CEARÁ
----------------------------------------------------------------------------------César Augusto Venâncio da SilvaÁRBITRO - Juiz Arbitral por nomeação legal
 
[Escolha a data]
O Conselheiro César Augusto Venâncio da Silva, investidodas funções de Árbitro/Juiz, junto a COMISSÃO DE JUSTIÇA E CIDADANIA, nostermos da LEI FEDERAL n.o. 9.307, DE 23 DE SETEMBRO DE 1996
 – 
Artigos 17,18, 26, I, II, III, IV - Parágrafo único e. 27, e considerando a sessão deliberativaaprovada em 21 DE JUNHO de 2012... Faz publicar a presente SENTENÇAARBITRAL.Vistos e bem examinados estes autos de ação civil
 – 
direitosdisponíveis, em juízo arbitral onde figura as partes já qualificadas como autor ereclamados... Decido para os fins legais previstos no Art. 18(O árbitro é juiz de fato e dedireito, e a sentença que proferir não fica sujeita a recurso ou homologação pelo PoderJudiciário) da lei da arbitragem. Como segue.
 
 
INSTITUTO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E CULTURADIREITOS DA CIDADANIA - JUSTIÇA ARBITRALhttp://wwwjuizarbitral.blogspot.com.br/ RUA DR. FERNANDO AUGUSTO, 121
 –
SALA 2/3
 –
FORTALEZA-CEARÁ
----------------------------------------------------------------------------------César Augusto Venâncio da SilvaÁRBITRO - Juiz Arbitral por nomeação legal
 
[Escolha a data]
CJC/arbt. RECLAMANTE: JOSÉ CRISTIANO SANTOS BRASILEIRO e outros.PROCEDIMENTO EM JUSTIÇA ARBITRAL - LEI FEDERAL n.o. 9.307, DE 23 DE SETEMBRO DE 1996. SENTENÇAARBITRAL número PRT 132873, de 25 de junho de 2012(Nos termos da LEI FEDERAL n.o. 9.307, DE 23 DE SETEMBRO DE1996
 – 
Artigos 26, I, II, III, IV - Parágrafo único. Art. 27). Processo n.o. 129670.14-2012. CJC/arbt. - RECLAMANTE: JOSÉCRISTIANO SANTOS BRASILEIRO, CPF 025646063.93. RECLAMADOS: TAMARA SOUZA DA SILVA, CPF 04856624342;LÚCIA DE FÁTIMA SOUZA DA SILVA, CPF 79635318391; CLAUDIA CRISTINA SILVA DE SOUZA, CPF 50011286334;ANA CLÁUDIA SOUZA DA SILVA, CPF 46955950363; FRANCISCO ROBERTO SOUZA DA SILVA, CPF 85583235349.CLASSE: DIREITO CIVIL. MATÉRIA:Direito das sucessões. RELATOR: ÁRBITRO CÉSAR AUGUSTO VENÂNCIO DA SILVA (Juiz Arbitral por nomeação legal, nos termos da LEIFEDERAL n.o. 9.307, DE 23 DE SETEMBRO DE 1996
 – 
Art. 17 - Os árbitros, quando no exercício de suas funções ou em razãodelas, ficam equiparados aos funcionários públicos, para os efeitos da legislação penal. Art. 18 - O árbitro é juiz de fato e de direito,e a sentença que proferir não fica sujeita a recurso ou homologação pelo Poder Judiciário).
RELATÓRIORecebi os autos do Processo 129670.14.2012, acompanhados do pedido protocoladosobre o número: 129670.14.2012, 109418/2008, fls 2/13 e 21/33 e de imediatodeterminei a assessoria do Processo Arbitral que o fizesse concluso.Trata o requerimento em questão da solicitação das partes para a firmação doCOMPROMISSO ARBITRAL (fls 14/21), que foi aceito
(Capítulo II - Da Convenção de Arbitragem eseus Efeitos. Art. 3º As partes interessadas podem submeter à solução de seus litígios ao juízo arbitral mediante convenção dearbitragem, assim entendida a cláusula compromissória e o compromisso arbitral. Art. 4º A cláusula compromissória é a convençãoatravés da qual as partes em um contrato comprometem-se a submeter à arbitragem os litígios que possam vir a surgir, relativamentea tal contrato. § 1º A cláusula compromissória deve ser estipulada por escrito, podendo estar inserta no próprio contrato ou emdocumento apartado que a ele se refira. LEI FEDERAL n.o. 9.307, DE 23 DE SETEMBRO DE 1996)
visando:
“...
que por sentença com força jurídica no artigo 18 da lei federal nº 9.307, DE 23 DESETEMBRO DE 1996, que homologue o que se pede.
TAMARA SOUZA DA SILVA
,CPF 04856624342, solteira, residente nessa urbe a Rua Valverde, 904, Bom Jardim,Fortaleza, Ceará, Identidade civil 2003.010.2767.05, SSPDC/CE;
LÚCIA DE FÁTIMASOUZA DA SILVA,
CPF 79635318391, solteira, residente nessa urbe a Rua Valverde,904, Bom Jardim, Fortaleza, Ceará, Identidade civil 94016025375, SSPDC/CE;
CLAUDIA CRISTINA SILVA DE SOUZA,
CPF 50011286334, casada, residente nessaurbe a Rua Valverde, 904, Bom Jardim, Fortaleza, Ceará, Identidade civil8906008000166, SSPDC/CE;
 ANA CLÁUDIA SOUZA DA SILVA,
CPF 46955950363,solteira, residente nessa urbe a Rua Valverde, 904, Bom Jardim, Fortaleza, Ceará,Identidade civil 91012010158, SSPDC/CE;
FRANCISCO ROBERTO SOUZA DASILVA,
CPF 85583235349, solteiro, residente nessa urbe a Rua Valverde, 904, BomJardim, Fortaleza, Ceará, Identidade civil 95002599933, SSPDC/CE,
devidamente
 
 
INSTITUTO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E CULTURADIREITOS DA CIDADANIA - JUSTIÇA ARBITRALhttp://wwwjuizarbitral.blogspot.com.br/ RUA DR. FERNANDO AUGUSTO, 121
 –
SALA 2/3
 –
FORTALEZA-CEARÁ
----------------------------------------------------------------------------------César Augusto Venâncio da SilvaÁRBITRO - Juiz Arbitral por nomeação legal
 
[Escolha a data]
qualificados (Documentos de fls 37/48) sucessores do falecido MANOEL INÁCIO DASILVA (Documentos de fls 34/35), divorciado da genitora dos reclamados, RENUNCIAM nos termos do artigo
1.812(São irrevogáveis os atos de aceitação ou derenúncia da herança)
da lei federal 10.406/2002, em favor de JOSÉ CRISTIANOSANTOS BRASILEIRO, todos os direitos de posse, e propriedade presente ou futura doterreno cravado na Rua 6, CASA 24 do LOTEAMENTO SANTO EMILIO
 – 
CEP 60731-504 - Canindezinho - Fortaleza
 – 
Ceará, bem como as suas benfeitorias; as partes RENUNCIAM EXPRESSAMENTE O DIREITO DE RECEBER DA SECRETARIA DASCIDADES DO GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ (ENDEREÇO: Centro Adm. Gov.Virgílio Távora - Cambeba CEP.: 60.839-900
 – 
Telefones: 3101.4448), qualquer valor de indenização referente ao imóvel cravado na Rua 6, CASA 24 do LOTEAMENTOSANTO EMILIO
 – 
CEP 60731-504 - Canindezinho - Fortaleza
 – 
Ceará, bem como assuas benfeitorias, pois solicitam a efetivação de uma DECISÃO ARBITRAL no sentidode que se homologa que as parte renuncia em favor de JOSÉ CRISTIANO SANTOS BRASILEIRO
.
O RECLAMANTE JOSÉ CRISTIANO SANTOS BRASILEIRO, qualificado as fls38/39, é filho do cidadão MANOEL INÁCIO DA SILVA, que na data de 25 dedezembro de 2011, foi vítima de um acidente automobilístico aonde veio a falecer nolocal (fls 35); No mesmo acidente veio a óbito, quatro horas depois, no Hospital IJF, aSenhora MARIA SANTOS BRASILEIRO(fls 36), genitora do reclamante JOSÉCRISTIANO SANTOS BRASILEIRO(fls 38/39). Os falecidos MANOEL INÁCIO DASILVA e MARIA SANTOS BRASILEIRO(fls 34/36), viviam em consórcio de fato-conjugal, e adquiriram uma propriedade no lugar denominado:
 Rua 6, CASA 24 do LOTEAMENTO SANTO EMILIO
 – 
CEP 60731-504 - Canindezinho - Fortaleza
 – 
 Ceará, conforme de vê às folhas 48-A/54 . QUE SE DEIXE CLARO: DO CONSÓRCIOENTRE OS DOIS FALECIDOS VEIO AO MUNDO J 
OSÉ CRISTIANO SANTOSBRASILEIRO(fls 38/39).
TAMARA SOUZA DA SILVA
, CPF 04856624342;
 LÚCIA DE FÁTIMA SOUZA DASILVA,
CPF 79635318391;
CLAUDIA CRISTINA SILVA DE SOUZA,
CPF50011286334;
 ANA CLÁUDIA SOUZA DA SILVA,
CPF 46955950363 e
FRANCISCO ROBERTO SOUZA(todos qualificados com seus documentos de identidade, às folhas40/48) são filhos legítimos do falecido
MANOEL INÁCIO DA SILVA((fls 35) e dasenhora MARIA DE FÁTIMA SOUZA DA SILVA(viva, e antes do acidente, por anos, já divorciada do falecido
 – 
LEI FEDERAL Nº 6.515, DE 26 DE DEZEMBRO DE

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->