Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
2Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Trabalho de Literatura Japonesa II Amandabolognininascimento 6884821

Trabalho de Literatura Japonesa II Amandabolognininascimento 6884821

Ratings: (0)|Views: 47 |Likes:
Published by kachnlp00

More info:

Published by: kachnlp00 on Jun 26, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/06/2012

pdf

text

original

 
 TRABALHO DE LITERATURA JAPONESA IIProfª Drª Madalena Natsuko Hashimoto Cordaro
A QUESTÃO DA HOMOSSEXUALIDADE
UMA NOVA LEITURA DE “
KIKUKA NO CHIGIRI 
Amanda Bolognini NascimentoNº USP 6884821Novembro/2011
 
 
 2
INTRODUÇÃO
Em
Kikuka no Chigiri 
(“Pacto do Crisântemo”), um dos contos presentes em
Ugetsu Monogatari 
(
Contos da Chuva e da Lua)
de Ueda Akinari, muito se discutea profundidade da relação entre as personagens masculinas principais. A históriade um samurai e de um erudito que criam um vínculo capaz de transcender amorte não só traz a máscara do dever e da honra do homem de Akinari quantosujeito social, mas também faz com que questionemos se este conto não traz,também, uma pequena faceta das relações homossexuais que aconteciamnaquele período.O objetivo deste trabalho será destacar pontos importantes dentro do contode Akinari que poderiam ser passíveis de uma nova interpretação, sob o ponto devista das relações amorosas entre homens, buscando levantar a problemática davisão de homossexualidade contemporânea quando comparada à das sociedadesantigas.
 
 3
A QUESTÃO DA HOMOSSEXUALIDADE: UMA NOVALEITURA DE
KIKUKA NO CHIGIRI 
 
 A homossexualidade é um tópico por muitas vezes negligenciado pelasociedade contemporânea, muitas vezes por preconceitos baseados em crenças judaico-cristãs, mas é impossível negar que, durante o Período Edo, as relaçõesentre membros do mesmo sexo eram até bastante comuns em certos extratos dasociedade, principalmente em áreas urbanas. Muitos documentos trazemtestemunhos de relações entre um mestre e seu servo dentro de uma casasamurai, ou de casas de chá especializadas e até mesmo de alguns dos
shoguns
 de Tokugawa que tiveram seus casos amorosos com outros homens relatados
1
. Não teria sido impossível, então, que Ueda Akinari se valesse de uma relaçãoamorosa entre dois homens para exprimir a face do dever e da honra em seuconto
Kikuka no Chigiri 
(“Pacto do Crisântemo”). As duas personagens principais do conto, Hasebe Samon, um erudito quevivia sozinho com a mãe, e Akana Soemon, um samurai doente que serecuperava na casa de um senhor no vilarejo de Samon, logo se tornam amigos,quando Samon decide assistir Akana enquanto ele convalesce. É interessantenotar essa rápida passagem em que criam uma afinidade tremenda e, destacando
1
LEUPP, Gary P.
 Male Colors: The Construction of Homosexuality in Tokugawa Japan.
University of California Press, California, 1997. p. 3.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->