Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Ideanewsed133 Web

Ideanewsed133 Web

Ratings: (0)|Views: 67 |Likes:
Published by aza101

More info:

Published by: aza101 on Jun 28, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/23/2012

pdf

text

original

 
1
 
ANO 11 - NÚMERO 133 - NOVEMBRO/DEZEMBRO DE 2011www.revistaideanews.com.br
 
23
 
45
expediente
 
Siga-nos no Twitter:@RevistaIdeaNews8127-0984,3237-4249
 
DiretorGeral
RicardoSoaresdeArrudaPintoricardo@revistaideanews.com.br 
Editora
DianaNascimentoJornalistaResponsável-Mtb30.867redacao@revistaideanews.com.br 
GerenteFinanceira
PatríciaNogueiraDíazAlvespatricia@revistaideanews.com.br 
GerenteComercial
PaulaMentapaula@revistaideanews.com.br fone:(82)3313-9258,(82)9956-1536(82)3272-1005
GerentedeMarketing
MarleiEuripamarlei@revistaideanews.com.br fone:(16)9191-6824,8127-0984,3237-4249
ExecutivosdeContas
KarineArrudakarine.arruda@revistaideanews.com.br MarinaJardimmarina.jardim@revistaideanews.com.br MayconMonsoymaycon@revistaideanews.com.br R.Rissorisso@revistaideanews.com.br 
RPAConsultoria(16)3237-4249RevistaIDEANews(16)3602-0900FaxRPAConsultoriaeRevistaIDEANews(16)3602-0901RuaCasemirodeAbreu,950,VilaSeixas,RibeirãoPreto,SP,CEP14020-060,Brasil
ANO 11 - NÚMERO 133NOVEMBRO/DEZEMBRO DE 2011
ESPECIAL
Irrigação é sinônimo de cana hidratada eprodutiva
6
FÓRUM
Quando o Brasil voltará a ser um grandeexportador de etanol?
16
TECNOLOGIA INDUSTRIAL
Construção e montagem de um campoenergético chamado usinasucroalcooleira
18
TECNOLOGIA AGRÍCOLA
Importância e funções dos micronutrientesem cana
24
Fardo a peso de ouro
34
POR DENTRO DA USINA
44
GESTÃO
 Gestão de risco
46
DICAS E NOVIDADES
49
ATUALIDADES JURÍDICAS
 
52
EXECUTIVO
Vida marcada por pioneirismo e sonhosrealizados
54
DROPES
 
58
“Exemplos movem maisdoqueas palavras.”Ditadolatino“Osucessotemmuitos pais, mas ofracasso éórfão.”John Fitzgerald Kennedy“Oestadodasuavida nadamais édoqueo reflexo doestado dasuamente.”Wayne DyerNãotenha medodedaro seu melhor naquilo que parecemser pequenas tarefas. Decada vez que conquistauma, ficamaisforte. Se faz os pequenostrabalhos bem,os grandestendem acuidardesi mesmos.” DaleCarnegie“Oquese passadentro, manifesta-se fora.”Earl Nightingale
 
Redação
DianaNascimentoredacao@revistaideanews.com.br NatáliaCherubinnatalia@revistaideanews.com.br 
Fotografia
DianaNascimentoRogérioSoaresdeArrudaPinto
ProjetoGráfico
RogérioPintofone:115686-9044rogerio@revistaideanews.com.br 
Diagramação
FernandoA.Ribeirofernando@revistaideanews.com.br 
Administração
CarolinaGilcarolina@revistaideanews.com.br CamilaGarbinomarketing@revistaideanews.com.br 
Assinaturas
MikeliSilvamikeli.silva@revistaideanews.com.br IDEANewsélidamensalmentepor aproximadamente35.000executivos,profissionaiseempresáriosligadosàagroindústriadacana-de-açúcar doBrasil.
CTPeImpressão
GráficaeEditoraModeloISSN1679-5288
Ricardo Pinto
CONSELHOEDITORIAL
AiltonAntónioCasagrandeAlexandreIsmaelEliasAntónioCarlosFernandesAntónioCelsoCavalcantiAntónioVicenteGolfetoCelsoProcknor EgynoTrentoFilhoGeraldoMajeladeAndradeSilvaGuilhermeMenezesdeFariaHenriqueViannadeAmorimJoãoCarlosdeFigueiredoFerrazJoséOvídioAlvesBessaJoséPessoadeQueirozBisnetoJoséVellosoDiasCardosoLuizCustódiodaCottaMartinsLuizGustavoJunqueiraFigueiredoLuizChavesXimenesFilhoManoelCarlosAzevedoOrtolanMarcosAntónioFrançóiaMarcosGuimarãesLandellMaurilioBiagiFilhoOsvaldoAlonsoPauloAdalbertoZanettiRicardoSoaresdeArrudaPintoRogérioAntónioPereiraTomazCaetanoCannavamRípoliAssinaturaanual(12edições):R$120,00-Númeroavulso:R$14,00.Pedidosdevemserenviadosaoendereçoabaixo,acompanhadosdechequenominalàRICARDOPINTOEASSOCIADOSCONSULTORIAAGROINDUSTRIALLTDAIDEANewsnãoseresponsabilizapelosconceitosemitidosnosartigosassinados.Matériasnãosolicitadas,fotografiaseartesnãoserãodevol-vidas.Éautorizadaareproduçãodasmatérias,desdequecitadaafonte
www.revistaideanews.com.br
expedienteeditorial
PROATIVIDADE
Um ventríloquo estava se apresentando na escola, rodeado de crianças,dize nd oque conve r sav acom
os
animais. N umcerto mome nto,
ao
 lado
a
aca,
o
entríloquo lhe  pe r  g untou: - C o m que m
a
se nho ra f azamo r?  Ele mes mo, com
a
oz daaca, r espo ndeu: - M uuuu, com
o
tour o,claro.  Depoise l e perguntou para
a
 galinha:- E 
a
senhora, Dona galinha, com que m faz amor ?  Do mesmo modo, com voz de gali n ha,ele respondeu: - Coco ricó, ló g  ico quecom
o
 g al o.  Emse g uida,che g ou pe rto
da
cabraetambé m per  g untou: - E 
a
senhora, Dona cabra,com que m...  M uit o rapidamente,
o
 joãoz inho, lá
do
 fundo
da
turma, g  r  itou: - Sr. V e ntríloquo, nãoacredite no que esta cabra diz, porque e l a é muito mentirosa.
De umacoisa não podemos acusaroesperto Joãozinho: defal- tadeproatividade. Elepreviu o que podia lhe acontecer e rapidamen- tetomoua iniciativa,antecedendo-sea umasituação que poderialhe prejudicarcasoacabraalassealgo que não devia.
Desta forma,podemos entender queproatividadeéa competên- cia pessoal de saber agir antecipadamente para lidarcom uma espera- da dificuldade.Mas não significa somentetomar a iniciativa, como mui- tos pensam. Afinal, por si só,a iniciativa é uma reação e não uma ação. Quando adicionamos à iniciativa um questionamento positivo,além do planeja- mento,aí sim chegamos
à
proatividade.Apessoa proativa assumea responsabilidade queela temsobre suaprópriavi- da.Seu comportamento é fruto das decies que tomaenão das condições exter- nas. Elaconsegue subordinar seus sentimentos aosseusvalores, com iniciativa e responsabilidade suficientes para fazercomueas coisas aconteçam.Os proativos costumam ser determinados, inovadorese obstinados, buscandoaprender conti- nuamente com a vivência dria ecomatroca de experiências com outras pessoas. No mundo corporativo,muitos dizem que o funcionário proa- tivo constantementeprocurado pelas empresas,já que lhesagre- ga muitovalor -éaquele quesempre sevira”,agindo rapidamente e com intelinciaapós ter identiicado a origemde cada problema. Assim,elesempre buscacortaromal pela raiz”,mantendo-se ligado,sendoveloze colocando-se disponível. Contudo,contrariamente aos raros funcionários proativos, hámuitos q uesão reativos. Estes são completamente afetados pelo ambienteao seu redor. Levados por circunstâncias,sentimentos,estímulos econdições ambientais,sociais,físicas e psicológicas,eles costumamreagir constantemente,icando na defensiva. Ébomsaberque aproatividade podeser desenvolvida. Basta queocandidato a proativotreine sempre analisar o contexto dassituaçõesque se apresentempara ele,identificando e selecionando alternativaspara elas,bemcomo imaginando os resultados de cada cenáriovislumbrado.Obviamente,nunca há certeza de que os cenários imaginadosocorrerão,mas com o exercícioconstante do planejamento, aschances de sucessovãocrescendo.
ANO 11-NÚMERO 133-NOVEMBRO/DEZEMBRO DE2011www.revistaideanews.com.br
4

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->