Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Libertação Animal e Revolução Social

Libertação Animal e Revolução Social

Ratings: (0)|Views: 12 |Likes:
Published by Lux Alt
"Uma perspectiva vegan do anarquismo ou Uma perspectiva anarquista do vegan" - O alimento que faltava para se tornar vegan! Editado com amor e carinho. * Ilustrações desta edição por Juan & Diëgo.
"Uma perspectiva vegan do anarquismo ou Uma perspectiva anarquista do vegan" - O alimento que faltava para se tornar vegan! Editado com amor e carinho. * Ilustrações desta edição por Juan & Diëgo.

More info:

Categories:Topics, Art & Design
Published by: Lux Alt on Jun 28, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/02/2012

pdf

text

original

 
Libertação Animale
 
Revolução Social
Brian A. Dominick
Uma perspectiva vegan do anarquismoouUma perspectiva anarquista do vegan
 
Edição Original: Animal Liberation and Social Revolution,
Escrito por Brian A. Dominick e publicado pelo colectivoCritical Mass Media em 1995.
Os Veganarquistas ........................................................................... 03O que é a revolução Social ................................................................ 04 Veganismo Radical ............ ............................................................. 06 Violência no quotidiano ................................................................... 10 Alienação no quotidiano .................................................................. 11O esforço revolucionário ................................................................. 14Posfácio da terceira edição .............................................................. 16Sobre Libertação ............................................................................ 16Redefinindo Veganismo ................................................................... 17 As viabilidades do modo de vida ...................................................... 18O que é a A.L.F. ? ............................................................................. 19
“No inicio do século XX, Thoma Edison imaginou uma forma de demonstrar, deuma só vez, o poder da electricidade e o impacto de uma câmara de filmar. Ele filmou a eletrocussão pública de um elefante” 
- Larry Law
* Todas as ilustrações desta edição by 
 Juan & Diëgo:http://www.flickr.com/photos/juanydiego/ 
(OBRIGADO! Sei que apoiam a causa!)
 
Os VeganarquistasOs VeganarquistasOs VeganarquistasOs Veganarquistas
Desde algum tempo para cá, a libertação animal e osativistas que lutam em seu nome têm sido confundidosnum discurso e ação turbulentos. Apesar das teorias sobre alibertação animal e o seu ativismo ser em raramente b emrecebidos, ou tomados com seriedade pelo pensamentomaioritário esquerdista, muitos anarquistas começam areconhecer a sua legitimidade, não apenas como causa válida, mas também como um aspecto integral eindispensável da teoria radical e da prática revolucionária.Enquanto a maioria que se autodenomina anarquista nãoabraça a libertação animal e o seu modo de vidacorrespondente – veganismo - um crescente número de jovens anarquistas estão a adoptar a ecologia e liberaçãoanimal como parte integrante da sua práxis¹Da mesma forma, muitos veganos e alfs² estão a serinfluenciados pelo pensamento anarquista e a sua valiosatradição. Tal é evidenciado com a crescente hostilidade dosativistas pela libertação animal em relação às estadistas,capitalistas, sexistas, racistas e idadistas³ normas estabelecidas, que têm escalado a intensidadeda sua guerra, não apenas em animais não-humanos, como também nos seus sustentadoreshumanos. A relativamente nova comunidade de alfs está rapidamente a tomar consciência datotalidade da força que serve de combustível à máquina especista, representada pela sociedademoderna. Com o crescer dessa consciência, deverá também crescer a afinidade entre alfs e osseus mais socialmente orientados companheiros, os anarquistas.Quanto mais reconhecermos as semelhanças e a interdependência das nossas lutas, queem tempos considerávamos bem diferentes, melhor compreendemos o verdadeiro significado delibertação e da revolução. Apesar da visão alargada do mundo, anarquistas e alfs partilhammetodologia e estratégica. Sem pretender ser capaz de falar por todos, direi que os verdadeirosanarquistas e alfs buscam realizar as suas visões através de qualquer meio que seja eficaz.Entendemos, ao contrário da ideia convencional sobre as nossas posições, que a destruição e a violência não nos levarão ao objetivo que desejamos. Mas opostamente aos liberais eprogressistas, cujos objetivos são limitados a reformas, estamos dispostos a admitir que a verdadeira mudança surgirá apenas quando acrescentarmos forças destrutivas à transformaçãocriativa da sociedade. Podemos construir tudo o que desejarmos, e devemos ser o mais pró -ativos possível. Mas entendemos também que só teremos espaço para uma criação livre quandoeliminarmos o que nos impede disso.Sou vegano porque sinto compaixão pelos animais; vejo-os como seres que possuem valores não diferentes dos humanos. Sou anarquista porque sinto a mesma compaixão peloshumanos, e porque recuso conformar-me com perspectivas comprometedoras, estratégiasreformistas e objetivos corruptos. Como radical, a minha abordagem em relação à libertaçãohumana e animal é sem compromisso: Liberdade total para tod@s, senão...

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->