Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
2Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Livro da Revelação a Avram

Livro da Revelação a Avram

Ratings: (0)|Views: 22 |Likes:
Published by Neuler André

More info:

Published by: Neuler André on Jun 30, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/16/2013

pdf

text

original

 
Sefer AvramO Livro da Revelação a Avram
Cap. 1-17 traduzidos por Sha’ul BentsionCap. 18-32 traduzidos por Eliseu SilvaNotas extraídas da versão de G. H. BOX
A queda de Marumat
Capítulo 1
 1 No dia em que eu estava guardando os deuses do meu pai
1
2 Eu, Avram, no momento em que veio minha porção, quando estava eu completando meusserviços, do sacrifício de meu pai Terach aos seus deuses de madeira, de pedra, de ouroTerach e os deuses do meuirmão Nachor, enquanto testava que deus era na realidade o mais poderoso,3 de prata, de cobre, de ferro
2
, tendo entrado no templo deles para o serviço, eu encontreium deus chamado Marumat
3
4 E sucedeu que quando eu vi isso, meu coração ficou perplexo e pensei em minha menteque eu, Avram, não poderia colocá-lo de volta sozinho,, feito de pedra, caído aos pés do deus de ferro Nachin.5 pois era muito pesado, feito de grande pedra. Mas eu fui e relatei a meu pai,6 e ele entrou comigo. E nós o levantamos e o pusemos de volta em seu lugar. E sua cabeça7 caiu enquanto eu o segurava justamente pela cabeça. E sucedeu que quando meu pai viuque a cabeça do seu deus Marumat caíra, ele me disse: “Avram!”8 E eu disse: “Eis-me aqui!” E ele me disse “Traz-me os machados e as talhadeiras da casa.”E eu os trouxe a ele da casa.9 E ele talhou outro Marumat da pedra, sem a cabeça, e ele destruiu a cabeça que haviacaído do [outro] Marumat e do resto de Marumat.
A queda de outros três deuses
Capítulo 2
 1 Ele fez cinco outros deuses e os deu a mim e me ordenou que os vendesse fora da cidade,na estrada.2 Eu selei o jumento de meu pai, e os coloquei nele3 e saí até a estrada para os vender. E eis que mercadores de Fandana
4
, da Síria, vinham decamelos, a caminho de Mitzrayim
5
 para comprar especiarias do Nilo.
1
 
Avram é representado como tendo seguido a ocupação de seu pai, de um fabricante de ídolos; cf. BereshitRabba em Gen. 11:28
2
Cf. Dan. 5:4.
3
 
O ídolo de pedra Marumat (= Heb .
’eben 
 
merumah’ 
,
“pedra da decepção”) era o principal objeto deadoração de Avram neste período.
4
Fandana 
provavelmente se refere à Paddan-Aram (Gen. 25:20).
5
 
Cf. Gen. 37:25.
 
 4 Eu fiz a eles uma pergunta e eles me responderam. E ao andar junto a eles, conversamos. Eum dos seus camelos urrou. O jumento se assustou e correu e derrubou os deuses. Três delesforam destruídos e dois permaneceram.5 E sucedeu que quando os sírios viram que eu tinha deuses, me disseram: “Por que não nosdisse que tinha deuses?6 Teríamos os comprado antes de o jumento ouvir a voz do camelo e tu não terias tidoperdas.7 Dá-nos, pelo menos, os deuses remanescentes e pagaremos a ti um preço justo.” Euconsiderei em meu coração. E eles pagaram tanto pelos deuses destruídos quanto pelos querestaram.8 Pois eu estava triste em meu coração, pensando em como traria pagamento ao meu pai.9 Eu joguei os [deuses] quebrados nas águas do rio Gur, que era naquele local. E elesafundaram nas profundezas do rio Gur e não existiram mais.
A conversão de Avram da idolatria
Capítulo 3
 1 E enquanto eu caminhava na estrada, meu coração estava atribulado e minha mentedistraída.2 Eu disse em meu coração: “Como é inapropriada a atividade que meu pai faz.”3 “Acaso não é ele que é deus para os deuses dele? Pois eles vieram a existir a partir do seuesculpir, do seu plano e da sua habilidade.4 Eles deveriam honrar a meu pai, pois são suas obras. Que vantagem há para o meu pai nassuas obras?5 Eis que Marumat caiu e não podia se levantar em seu santuário,6 nem eu consegui levantá-lo até que meu pai viesse e ambos o levantássemos. E mesmoassim não fomos capazes [o suficiente] e sua cabeça caiu dele. E ele fez outro deus de pedra
6
7 E os outros cinco deuses que foram destruídos [na queda] do jumento? Eles não puderamsalvar a si mesmos,o qual fez sem a cabeça.
7
8 E eu disse em meu coração: “Se é assim, como então pode o deus de meu pai, Marumat,que tem a cabeça feita de outra pedra e que é feito de outra pedra, salvar a um homem, ouconsiderar a oração de um homem, ou conceder-lhe qualquer dádiva?nem ferir o jumento, porque ele os destruiu. Nem seus pedaços saíramde dentro do rio.
8
 
Avram tenta persuadir seu pai
Capítulo 4
 1 E pensando assim, eu entrei na casa de meu pai. E eu dei água e feno ao jumento. E euremovi a prata e a coloquei na mão de meu pai Terach.2 E quando ele a viu, se alegrou, e disse: “Tu és bendito, Avram, pelo deus dos meus deuses,uma vez que me trouxeste o preço dos meus deuses, de modo que meu trabalho não é emvão.”
6
 
Cf. Chochmat Shlomo 13:10 (“uma pedra inútil, o trabalho de mãos humanas”).
7
 
Cf. Chochmat Shlomo 13:16 (“sabendo que não pode ajudar a si mesmo”).
8
Cf. Chochmat Shlomo 13:17 (o capítulo inteiro deveria ser comparado neste contexto).
 
3 E, respondendo, eu disse a ele: “Ouça, Terach, meu pai! São os deuses que estão sendoabençoando em ti, pois tu és um deus para eles, pois tu os fizeste.4 Eis que a bênção deles é a perdição deles, e o poder deles é vão.5 Eles não ajudaram a si mesmos; como podem então ajudarem a ti ou me abençoarem?
9
6 E quando ele ouviu minhas respostas, ficou muito furioso comigo, pois eu havia faladopalavras duras contra seus deuses.Eufui bom contigo nesse comércio, pois através de meu bom senso eu trouxe a prata pelos[deuses] destruídos.”
A queda de Barissat
Capítulo 5
 1 E havendo ponderado sobre a raiva de meu pai, eu saí.2 E depois que eu havia saído, ouvi-o me chamando: “Avram!” E eu disse: “Eis-me aqui!”3 E ele disse: “Vai, colhe lascas de madeira, pois eu estava fazendo deuses de um pinheiroantes que vieste a mim.4 E prepares com elas o alimento para a minha refeição do meio-dia.”
10
5 E em sua testa estava escrito: deus BarissatE sucedeu que,quando eu estava escolhendo as lascas de madeira, eu encontrei entre elas um pequenodeus, que caberia na minha mão esquerda.
11
6 E sucedeu que quando eu havia colocado as lascas no fogo para preparar a comida de meupai, e estava saindo para buscar alimento, coloquei Barissat perto do fogo aceso, e disse a elede forma ameaçadora:.7 “Barissat vigie o fogo para que não se extinga antes do meu retorno!8 Se o fogo apagar, assopre-o para que ele pegue novamente.”9 E saí para meus afazeres. Quando retornei, encontrei Barissat caído de costas.10 Seus pés estavam cobertos de fogo e queimavam ferozmente. E sucedeu que quando eu ovi, ri e disse a mim mesmo: “Barissat, certamente tu sabes acender um fogo e cozinharalimentos!”11 E sucedeu que enquanto estava dizendo isso em meio a risos,12 eu vi que ele queimou lentamente no fogo e se tornou cinzas.13 E eu levei o alimento para meu pai comer. E eu dei a ele vinho e leite
12
14 e abençoou seu deus Marumat. E eu disse a ele: “Terach, meu pai, não abençoes aMarumat, teu deus, e não o louves! Ao invés disso, louva a Barissat, teu deus, pois por amorde ti, ele se jogou no fogo para cozinhar teu alimento.”, e ele bebeu e sealegrou15 E ele disse a mim: “Onde está ele agora?” E eu disse “Ele se queimou no fogo feroz etornou-se em pó.” E ele disse: “Grande é o poder de Barissat! Farei outro hoje, e amanhã elepreparará meu alimento.”
9
 
Cf. Heb. 7:7.
10
 
Cf. Isaías. 44:15, Chochmat Shlomo 13:12
11
 
Barissat = provavelmente
bar’ishtã 
,
“filho do fogo.”
12
 
vinho era às vezes misturado não só com água, mas com leite, na Palestina; cf. Cant. 5:1 (eu bebi meu vinhocom meu leite): cf. também Isaías. 55:1.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->