Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
stieltjes

stieltjes

Ratings: (0)|Views: 22|Likes:
Published by Rafael Gemesio

More info:

Published by: Rafael Gemesio on Jul 02, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/08/2014

pdf

text

original

 
05726
-1-
INTEGRAL DE RIEMANN-STIELTJESRIEMANN-STIELTJES INTEGRAL
Aluno-Autor: Victor Simões Barbosa, Orientadora: Profa Dra Marta Cilene Gadotti.
Campus de Rio Claro Instituto de Geociências e Ciências Exatas –Matemática.victorsb@rc.unesp.br -Programa de Educação Tutorial (PET) –SESu MEC.Palavras chaves: Integral de Riemann; Riemann Stieltjes; Análise Funcional.Keywords: Riemann Integral; Riemann-Stieltjes; Functional Analysis.
1. INTRODUÇÃO
O objetivo deste trabalho é introduzir a integral de Riemann-Stieltjes, investigar as propriedadesque essa integral satisfaz e relacioná-la com a integral de Riemann. Além disso, mostrar a suaimportância para caracterizar os funcionais lineares contínuos sobre
[ ]
( )
ba
,, que é o espaço dasfunções contínuas
[ ]
Rba f 
,:.
2. DESENVOLVIMENTO
Consideremos duas funções reais
[ ]
Rba f 
,:,
α 
,
α 
crescente e limitada em
[ ]
ba
,. Supondo
 f 
uma função limitada, a cada partição
{ }
n
 x x x xP
,...,,,
210
=
de
[ ]
ba
,, com
b x x xa
n
=<<<=
...
10
podemos definir
( )
=
=
niii
 M  f PS
1
,,
α α 
( )
=
=
niii
m f Ps
1
,,
α α 
onde
( ) ( )
0
1
=
iii
x x
α α α 
,
( )
[ ]
{ }
iii
x x x x f  M 
,;sup
1
=
e
( )
[ ]
{ }
iii
x x x x f m
,;inf 
1
=
A integral superior e inferior de Riemann-Stieltjes de
 f 
em
[ ]
ba
,com respeito a
α 
são definidasrespectivamente por:
( )
α α 
,,inf 
PS fd 
Pba
=
∫ 
(1)
( )
α α 
,,sup
Ps fd 
Pba
=
∫ 
(2)O supremo e o ínfimo são tomados sobre todas as partições de
[ ]
ba
,.Quando (1) é igual a (2) e finito, definimos a integral de Riemann-Stieltjes de
 f 
comrespeito a
α 
,sobre
[ ]
ba
,comosendo este valor. Neste caso dizemos que
 f 
é R-S integrávelemrelação a
α 
.
Notação:
∫ 
ba
 fd 
α 
.
Observação:
Podemos verificar que a integral de Riemann é um caso particular da integral deRiemann-Stieltjes, para isto, basta tomar
( )
x x
=
α 
em
[ ]
ba
,.Vejamosagora umcritério de integrabilidade para esse tipo de integral:
Lema 1:
( ) ( )
α α α α 
,,,,
PS fd  fd  f Ps
∫ ∫ 
.
 
05727
-2-Diremos que a partição *
P
é um refinamentode
P
se
PP
*. Dadas duas partições
1
P
e
2
P
,diremos que *
P
é um refinamento comumse
21
*
PPP
.
Lema 2:
Se *
P
é um refinamento de
P
, então:
( ) ( )
α α 
,*,,,
Ps f Ps
e
( ) ( )
α α 
,,,*,
PS f PS
.
Teorema 1:
 f 
é R-S integrável em
[ ]
ba
,se, e somente se,0
>
ε 
existe uma partição
P
talque
( ) ( )
ε α α 
<
,,,,
Ps f PS
(3)
 Demonstração:
Para qualquer
P
nós temos
( ) ( )
α α α α 
,,,,
PS fd  fd  f Ps
∫ ∫ 
assim, (3) implica
ε α α 
∫ ∫ 
 fd  fd 
0.Portanto, se (3) for satisfeita para todo0
>
ε 
, nós temos
∫ ∫ 
=
α α 
fd  fd 
,ou seja,
 f 
é R-S integrável.Inversamente, suponha que
 f 
seja R-S integrável, e seja0
>
ε 
dado. Então existem partições
1
P
e
2
P
tais que
( )
2,,
2
ε α α 
<
∫ 
fd  f PS
, (4)
( )
2,,
2
ε α α 
<
∫ 
Ps fd 
. (5)Nós tomamos
P
sendo o refinamento comum de
1
P
e
2
P
. Então, o
Lema 2,
 junto com(4) e (5) nosmostra que
( ) ( ) ( ) ( )
ε α ε α  ε α α α 
+++
∫ 
,,,, 2,,,,
12
Ps f Ps fd  f PS f PS
,
logo a equação (3) é válida para esta partição
P
.
Exemplo 1:
Se
( )
<=
2 / 1,2 2 / 1,0
 x x x
α 
e
( )
2
 x x f 
=
. Mostremos que21
10
=
∫ 
α 
 fd 
.Primeiro, mostremos que pelo
Teorema 1
, que
 f 
é R-S integrável. Dado
>
,0
ε 
uma partição
P
de
[ ]
1,0onde1......0
2321
==
x x x x x
 x
i
21
=
i
, logo2121
==
 x
. Precisamosencontrar
.
(i)
( )
[ ]
210221,,
2
=     =
α 
P f S
.
(ii)
( )
[ ]
+=      =
22
4121412022121,,
P f s
α 
 
05728
-3-Logo
( ) ( )
2
4121,,,,
P f sP f S
=
α α 
. Então(1)Se4 / 1
ε 
tem-se01242 211211214121
22
>+<< <
ε ε ε ε 
o que implica que
ε ε ε ε ε ε 
4411424122 424442
±=±=±=
(como41
ε 
segue que041
ε 
). Basta entãotomarmos
como sendoo maior inteiro positivo tal que
seja maior que
ε ε 
4411
+
.(2)Se41
>
ε 
tem-se 12414124
22
+>+
ε 
=
( )
01
2
>
,0
>
.Portanto, dado0
>
ε 
, existe umapartição
P
(basta encontrar
) talque
( ) ( )
ε α α 
<
,,,,
P f sP f S
.Pelo
Teorema 1
existe
∫ 
10
α 
 fd 
, e como21
10
=
∫ 
α 
 fd 
segue que21
10
=
∫ 
α 
 fd 
.Utilizando o
Teorema 1
, podemos estabelecer algumas propriedades para a integral de Riemann-Stieltjes:1.Se
1
 f 
e
2
 f 
são R-S integráveis no intervalo
[ ]
ba
,, então:a.
21
 f 
+
é R-S integrável em relação a
α 
;b.
1
cf 
e
2
cf 
são R-S integráveis com relação a
α 
para qualquer constante
c
;c.
( )
∫ ∫ ∫ 
+=+
bababa
 f  f  f  f 
α α α 
2121
;d.
∫ ∫ 
=
baba
 f ccf 
α α 
11
.2.Se
21
 f 
no intervalo
[ ]
ba
,, então
∫ ∫ 
baba
 f  f 
α α 
21
.3.Se
 f 
é R-S integrável em relação a
α 
no intervalo
[ ]
ba
,e
bca
<<
entãoa.
é R-S integrável em
[ ]
ca
,e em
[ ]
bc
,;b.
∫ ∫ ∫ 
=+
babcca
 fd  fd  fd 
α α α 
.4.Se
 f 
é uma função R-S integrável em relação a
α 
no intervalo fechado
[ ]
ba
,e se
( )
 x f 
em
[ ]
ba
,, então
( ) ( )
[ ]
ab M  fd 
ba
α α α 
∫ 
.5.Se
 f 
é R-S integrável em relação a
1
α 
e
2
α 
, então:a.
é R-S integrável em relação a
( )
21
α α 
+
;b.
( )
∫ ∫ ∫ 
+=+
bababa
 fd  fd  fd 
2121
α α α α 
.6.Se
 f 
é R-S integrável em relação a
α 
e
c
é uma constante positiva, então:a.
é R-S integrável em relação a
α 
c
;

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->