Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
0Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Como tirar música no ouvido..

Como tirar música no ouvido..

Ratings: (0)|Views: 6|Likes:
Published by Raniel Santos

More info:

Published by: Raniel Santos on Jul 03, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/03/2012

pdf

text

original

 
Seção EspecialComo tirar uma música de ouvido?
 
Tirar uma música de ouvido depende muito do treino do seuouvido. Pode significar apenas desvendar os acordes maiscomuns da música e depois usar apenas um timbre eimprovisar.Mais que isso, é um exercício de paciência e que muitasvezes trazem um certo gosto de vitória ou frustração.Mas como músico não pode ser frustrado senão nãoprogride, damos umas dicas legais sobre como fazer paratirar uma música de ouvido.Primeira coisa a fazer é criar uma forma que possibilite vocêrepresentar graficamente a música que vai tocar, a menosque você seja capaz de guardar tudo no mínimo detalhe.Existem algumas formas de representar graficamente umamúsica.
 
1) Criando um gráfico
 
Exemplo 01Observe que nos compassos foram colocados apenas ostempos principais e a cifra acompanha a evolução e a ordemdos tempos.
 
 
Exemplo 02
 
Neste exemplo, você coloca os acordes no compasso e asnotas de marcação de tempo em cima dos acordes.Pessoalmente eu acho esse método mais eficiente porquevocê só se preocupa com a base e os efeitos (contratempos)usando os acordes.
 
2) Entendendo a harmonia
 
Bem. Criado a forma de representação, vamos para a partemais complicada. A melhor forma de entender uma harmonia é usando o baixo(contrabaixo) como referência, porque em 80% dos casos obaixo está tocando a nota fundamental (tônica de cadaacorde). Após ouvir o baixo, execute a música com ele (vocêfaz os acordes no teclado/violão) executando as mesmasnotas [Nota: Procure ajustar seu aparelho para o realce dobaixo (bass) e sempre usar seu instrumento num volumeinferior que possibilite você ouvir os dois]. Para não seenganar, use sempre uma oitava acima do baixo.
 
 Agora você pode tentar identificar a tonalidade da músicausando o conhecimento de campo harmônico (Se vocêacompanhou nossa aula de teoria, então não estamosfalando grego), mas é melhor seguir a intuição e educar oouvido porque fica mais fácil você entender o caminho damúsica do que entender a teoria.Se algum acorde te parecer estranho, por exemplo: o baixoestá fazendo um Mi e no seu instrumento não encaixa Mimaior nem Mi menor, então é porque alguns acordes estãoinvertidos (nossa famosa aula de teoria de novo!), nestecaso execute a nota mais aguda (da ponta), porque derepente o baixo está fazendo Mi e o teclado/violão soa comoDó maior, neste caso é um acorde invertido C/E (Dó maiorcom Mi no baixo:
Mi
- Sol - Dó).Ouça os acordes um por um ou agrupe-os de dois em dois,sempre usando a fórmula ouvir-depois-tocar-depois-tocar- junto.Depois que você conseguir identificar se um acorde é maiorou menor, fica mais fácil complementar a nota com grausadicionais (dissonantes).
 
3) Entendendo os arranjos
 
Dado o passo do entendimento da harmonia, o próximopasso é prestar atenção nos patterns ou grooves, quesempre são compostos de frases ou antecipações rítmicas. Anote tudo, a introdução, os grooves, etc masprincipalmente as introduções e finais, que costumam sermais complicados.
 
4) Solos
Da mesma forma que nos arranjos, os solos exigem muitaconcentração.Se você pretende reproduzir um solo fielmente se preocupeem decorar uma frase por vez e toque-a (no aparelho desom) repetidas vezes (esqueça o seu instrumento por um

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->