Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
0Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
20 Novem Bro

20 Novem Bro

Ratings: (0)|Views: 0|Likes:
Published by Deivison Campos

More info:

Published by: Deivison Campos on Jul 07, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/07/2012

pdf

text

original

 
A ressignificação da democracia brasileiraDeivison CamposJornalista. Professor da Ulbra.O ano de 2011 marca os 40 anos da evocação do 20 de novembro como um dia de refletir e manifestar-se pela promoção da população negra aos espaços de cidadania plena. Asconquistas dos movimentos negros nessas últimas décadas, como o Estatuto da IgualdadeRacial e as políticas de ação afirmativa, obrigaram o Estado a reconhecer oficialmente adesigualdade entre brancos e negros. Demonstrada em números, a raciologia apresenta-seainda como estruturante da sociedade brasileira e, segundo o sociólogo inglês PaulGilroy, distorceu as melhores promessas da democracia moderna.O Mapa da Violência, do Ministério da Justiça, mostra que o jovem negro do sexomasculino tem 127% mais chances de ser assassinado. Por outro lado, segundo publicação da Associação Brasileira de Medicina, 71% por cento das adolescentes prostituídas são negras. Essa situação de vulnerabilidade, mesmo denunciada por entidades, como a Agência Nacional para o Desenvolvimento da Infância (ANDI), teveum crescimento na última década.A desigualdade também se reflete na educação. A média de escolaridade da populaçãonegra com 25 anos ou mais é de 5,8 anos, contra 7,8 anos para a população branca. Com12 anos ou mais de estudo, 71% são brancos e apenas 4,5% negros. No outro lado daescala, a cada três analfabetos no país, dois são negros (IBGE). Essa desigualdade,segundo o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, sem ações maisefetivas, não será superada nos próximos 40 anos.A marginalização da população negra também está refletida no mercado de trabalho. AFundação Getúlio Vargas indica que a taxa de desemprego aumenta nas cidades commaior número de negros no mercado de trabalho. Isso acontece mesmo com os negrosrecebendo em média metade do que é pago a empregados brancos e amarelos. Outroestudo sobre característica étnico-racial da população brasileira (IBGE) mostra que asdiferenças raciais ou de cor influenciam, além do acesso ao trabalho (71%), em aspectoscomo relação com justiça/polícia (68,3%) e convívio social (65%).Ao pensar a sociedade brasileira nos anos 50, Florestan Fernandes, confrontado comíndices ainda piores, concluiu que o movimento negro assumiu a tarefa de modernizar osistema de relações raciais e possibilitar a todos o acesso a ordem legal escolhida[democracia]. A opção pelo 20 de Novembro sintetiza essa tarefa. A proposta original, emsubstituição às manifestações de 13 de Maio, propunha simbolicamente substituir a

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->