Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
8Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
MRUV Professor Telmo1

MRUV Professor Telmo1

Ratings: (0)|Views: 2,543 |Likes:

More info:

Published by: Nathália Figueiredo on Jul 08, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/08/2013

pdf

text

original

 
1
    E    M_    V_    F    I    S_    0    0    3
Tópicos decinemáticaescalar: MRUV 
(movimento retilíneouniformemente variado)
Nesta aula será estudado um tipo particular demovimento: aquele em que a velocidade do móvelvaria de quantidades iguais e em iguais intervalosde tempo. A ele dá-se o nome de movimento unifor-memente variado. Se em especial a trajetória é umalinha reta, tem-se o movimento retilíneo uniforme-mente variado (MRUV).
 Aceleraçãoescalar instantânea
Já foi visto o conceito de
aceleração escalarmédia
como sendoa=V t
 
. Quando consideramosum intervalo t de tempo muito pequeno, tendendoa zero, a aceleração escalar média aproxima-se daaceleração escalar instantânea (a), que representa a tendência de a velocidade variar com o tempo. Mate-maticamente, escreve-se:a =
 t
0
lima=
 t 0
limV t; ouseja, a aceleração escalar instantânea é o limite daaceleração escalar média quando t tende a zero.Como a aceleração instantânea é uma acelera-ção média, embora num intervalo de tempo que tendea zero, sua unidade no SI é também m/s
2
.
Movimentos acelerados
Um movimento variado é dito acelerado quan-do a velocidade escalar aumenta com o tempo. Issoimpõe a existência de uma ação sobre a unidade demassa do corpo, tendendo a empurrá-lo no sentidode seu deslocamento.
Progressivo aceleradoV > 0 e a > 0Retrógrado aceleradoV < 0 e a < 0
Como se observa nas figuras, velocidade e ace-leração têm os mesmos sinais.
Movimentos retardados
Um movimento variado é dito retardado quan-do a velocidade escalar diminui com o tempo. Issoimpõe a existência de uma ação sobre a unidadede massa do corpo, em sentido contrário ao de seudeslocamento, tendendo a freá-lo.
Retrógrado retardadoV < 0 e a > 0Progressivo retardadoV > 0 e a < 0
 
2
E    M_    V_    F    I    S_    0    0    3
Como se observa na figura, velocidade e acele-ração têm sinais contrários.
MRUV
Pelo exposto, os movimentos uniformementevariados (MRUV) podem ser ou movimentos unifor-memente acelerados (MRUA) ou movimentos unifor-memente retardados (MRUR).
Equações do MRUV(Equação da velocidade)
No MRUV, a velocidade varia de quantidadesiguais em iguais intervalos de tempo. Daí, o mesmo t corresponde sempre ao mesmo v, o que implicaem a aceleração média ser constante. Considerandoque a=
 t
0
lima , segue a=a, pois o limite de uma cons- tante é ela própria. Assim, conclui-se que a=V t=V – V
0
 t – t
0
Fazendo t
0
= 0, vem
 
v=v
0
+at
, que é aconhecida equação da velocidade no MRUV.Adiantando um pouco o assunto do próximo tópico, e considerando que essa equação representav como função do 1.º grau em t, seu gráfico é umareta, como a seguir mostrado:
a > 0a < 0
Como já se sabe do estudo de MRU, a área sobum gráfico v X t representa a variação s de posição,como mostrado na figura a seguir:
A área sob o gráfico v x t =
s.
 t
i
V
i
V
A área do retângulo escurecido é v
i
. t
i
= s
i
.Fazendo t 0, s torna-se infinitamente pequenoe podemos considerar infinitos outros retângulos,cuja soma das áreas vale s
 total
e tende para a áreasob o gráfico v X t.
Equação da posição(Equação dos espaços)
Considerando a figura anterior, a área
 
s sob ográfico é aquela de um trapézio retângulo de bases v ev
0
e altura t=t t
0
=t – 0 = t. Daí, podemos escrever:s= s – s
0
=(v+v
0
)2. t =(v
0
+at+v
0
)2. t = v
0
.t +12at
2
ou
 
s = s
0
+v
0
t +12at
2
 
,que é a conhecida equação da posição no MRUou, como preferem alguns autores, “equação dosespaços”.
Equação de Torricelli
De v = v
0
+at, temos t =v – v
0
 aque, substituídona equação da posição, nos dás = s
0
+ v
0
.v – v
0
a+12av – v
0
a
2
s =2v
0
v – 2v
02
+ v
2
– 2vv
0
+v
02
2a=v
2
– v
02 
2aOu
 
v
2
= v
02
+2a. s
,que é a conhecida
equação de Torricelli
.
Gráfcos do MRUV
A análise gráfica é de extrema importância noestudo de variados fenômenos. Veremos neste tópi-co os gráficos do MRUV e as informações que delespodem ser obtidas.
Gráfco s X t
Comparemos a equação da posição, vista no tópico anterior, com a do trinômio do 2.º grau:s = s
0
+ v
0
 t +
 
12at
2
(equação da posição)y = c + bx + ax
2
(trinômio do 2.º grau)Dessa comparação, vê-se com bastante clarezaque a equação da posição representa s como um trinômio do 2.º grau em t.Do estudo do trinômio sabe-se que, sendo positi-vo o coeficiente do termo de 2.
o
grau, o gráfico corres-pondente é uma parábola com concavidade para cima(apresenta mínimo); sendo negativo esse coeficiente,a representação gráfica é uma parábola com concavi-dade para baixo (apresenta máximo). O gráfico s X t,portanto, apresenta o mesmo comportamento:
 
3
    E    M_    V_    F    I    S_    0    0    3
a>0 tsFa<0s tts
 tg = lim ts
 
= v
p
 t 0
Conclusões:Aceleração é positiva: concavidade para
cima.Aceleração é negativa: concavidade para
baixo.A declividade da reta tangente à curva
num ponto P é igual à velocidade do móvelnesse ponto.
Gráfco v X t
A equação da velocidade no MRUV é uma fun-ção do 1.º grau em t, conforme já se viu no móduloanterior, e seu gráfico é uma reta:
 tg = v / t = aa > 0a < 0
Conclusões:
A área sob um gráfico v X t representa ∆s.
A declividade da reta da velocidade repre-
senta a aceleração do MRUV.
Gráfco a X t
Como já se viu, a aceleração no MRUV é cons- tante. O gráfico a X t, portanto, representando umafunção que não varia com o tempo, só pode ser para-lelo ao eixo t, conforme se mostra a seguir:
a
> 0
a
< 0
A área S sob o gráfico representa um retângulode altura
a
e base
t
. Ademais, a aceleração a éigual à aceleração média a–. A área S pode ser entãoescrita:S = a . t = a. t=v t. t = v
Correspondência entre os gráficos
Na figura acima, nota-se:De t=0 a t=t
1
, o movimento é retrógrado (v<0e s diminuindo) e retardado (v<0 e a>0) nosgráficos à esquerda; no conjunto de gráficosà direita, é progressivo (v>0 e s aumentando)e retardado (v>0 e a<0).Para t>t
1
, o movimento é progressivo (v>0 es aumentando) e acelerado (v>0 e a>0) nosgráficos à esquerda; nos gráficos à direita, omovimento é retrógrado (v<0 e s diminuindo)e acelerado (v<0 e a<0).
(Unesp) Um veículo está rodando à velocidade de
1.
36km/h numa estrada reta e horizontal, quando omotorista aciona o freio. Supondo que a velocidade doveículo se reduz uniformemente à razão de 4m/s emcada segundo a partir do momento em que o freio foiacionado, determine:o tempo decorrido entre o instante do acionamentoa)do freio e o instante em que o veículo para.a distância percorrida pelo veículo nesse intervalob)de tempo.

Activity (8)

You've already reviewed this. Edit your review.
Jéssica Muniz liked this
1 thousand reads
1 hundred reads
R4d1c4lDr34m3r liked this
Juan Antunes liked this
Adriene Cecilia liked this
Mônica Aquino liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->