Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
2Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Mateus_10_16-23

Mateus_10_16-23

Ratings: (0)|Views: 38|Likes:

Eu vos envio como ovelhas no meio de lobos


Evangelho (Mateus 10,16-23)

Quando o paráclito vier, o Espírito da verdade, ele vos conduzirá a toda a verdade, lembrar-vos-á de tudo o que eu tenho falado (Jo 16,13; 14,26).

Mt 10, 16 Disse Jesus: “Eu vos envio como ovelhas no meio de lobos. Sede, pois, prudentes como as serpen­tes, mas simples como as pombas.
17 Cuidai-vos dos homens. Eles vos levarão aos seus tribunais e açoitar-vos-ão com varas nas suas sinago­gas.
18 Sereis por minha causa levados diante dos governa­dores e dos reis: servireis assim de testemunho para eles e para os pagãos.
19 Quando fordes presos, não vos preocupeis nem pela maneira com que haveis de falar, nem pelo que haveis de dizer: naquele momento ser-vos-á inspirado o que haveis de dizer.
20 Porque não sereis vós que falareis, mas é o Espírito de vosso Pai que falará em vós.
21 O irmão entregará seu irmão à morte. O pai, seu fi­lho. Os filhos levantar-se-ão contra seus pais e os ma­tarão.
22 Sereis odiados de todos por causa de meu nome, mas aquele que perseverar até o fim será salvo.
23 Se vos perseguirem numa cidade, fugi para uma ou­tra. Em verdade vos digo: não acabareis de percor­rer as cidades de Israel antes que volte o Filho do Ho­mem”.
Palavra da Salvação.

Comentários ao Evangelho

“Não sereis vós a falar, mas o Espírito do vosso Pai é que falará por vós”[1]

Nosso Senhor Jesus Cristo pede-nos a simplicidade duma pomba, que consiste em dizer as coisas com simplesmente, tal como as pensamos, sem reflexões inúteis, e agir com franqueza, sem disfarces nem arti­fícios, olhando só para Deus; para isso, cada um de nós esforçar-se-á por fazer tudo nesse mesmo espírito de simplicidade, lembrando-se de que Deus gosta de Se comunicar aos simples e de lhes revelar os Seus se­gredos, que esconde aos sábios e aos entendidos do mundo (Mt 11,25). Mas, ao mesmo tempo que Jesus nos recomenda a simplicidade das pombas, manda­-nos ser prudentes como as serpentes, o que é uma virtude que nos faz falar e agir com descrição. [...]
Quando disse aos apóstolos que os enviava como ove­lhas para o meio dos lobos, Nosso Senhor disse-lhes que tinham de ser simultaneamente prudentes como as serpentes e simples como as pombas. Depois acres­centou: “Tende cuidado com os homens: hão-de entre­gar-vos aos tribunais [...] por Minha causa. [...] Mas, quando vos entregarem, não vos preocupeis com o que haveis de dizer”. Fala em primeiro lugar da pru­dência e depois da simplicidade; a primeira é para irem como ovelhas para o meio dos lobos, onde corri­am o risco de ser maltratados. “Sede, pois prudentes” diz-lhes, “estai atentos e, no entanto, sede simples”. “Tende cuidado com os homens”: cuidai de vós se­gundo a prudência; mas, se fordes levados à presença dos juízes, não vos preocupeis com o que haveis de dizer. É isto a simplicidade. Vede como Nosso Senhor une as duas virtudes de forma que as pratiquemos nas mesmas ocasiões; recomenda-nos que as usemos igualmente e faz-nos ver que a prudência e a simplici­dade ligam bem uma com a outra, quando são bem en­tendidas.

“Sede, pois, prudentes como as serpentes e simples como as pombas”[2]
Pela sua aplicação constante à oração e pela prática das virtudes, o homem de Deus Francisco chegou a uma tal limpidez de alma que, sem ter adquirido o co­nhecimento dos santos Livros através do estudo, era, no entanto, esclarecido pelos raios da Luz eterna e pe­netrava, com uma acuidade espantosa, no mais pro­fundo das Escrituras. O seu espírito, purificado de toda a mancha, conseguia aceder aos mistérios escon­didos e o seu amor impetuoso abria as portas diante das quais escorrega a ciência dos mestres. [...]
Uns irmãos pediram-lhe um dia, para aqueles que ti­nham estudado, a permissão de se entregarem ao estu­do da Sagrada Escritura. Respondeu: “Permito-o na condição de eles não se esquecerem de se aplicar tam­bém na oração, como Cristo, que orou, segundo le­mos, mais do que estudou (Lc 11,1; 2,46); e na condi­ção de não estudarem unicamente pa

Eu vos envio como ovelhas no meio de lobos


Evangelho (Mateus 10,16-23)

Quando o paráclito vier, o Espírito da verdade, ele vos conduzirá a toda a verdade, lembrar-vos-á de tudo o que eu tenho falado (Jo 16,13; 14,26).

Mt 10, 16 Disse Jesus: “Eu vos envio como ovelhas no meio de lobos. Sede, pois, prudentes como as serpen­tes, mas simples como as pombas.
17 Cuidai-vos dos homens. Eles vos levarão aos seus tribunais e açoitar-vos-ão com varas nas suas sinago­gas.
18 Sereis por minha causa levados diante dos governa­dores e dos reis: servireis assim de testemunho para eles e para os pagãos.
19 Quando fordes presos, não vos preocupeis nem pela maneira com que haveis de falar, nem pelo que haveis de dizer: naquele momento ser-vos-á inspirado o que haveis de dizer.
20 Porque não sereis vós que falareis, mas é o Espírito de vosso Pai que falará em vós.
21 O irmão entregará seu irmão à morte. O pai, seu fi­lho. Os filhos levantar-se-ão contra seus pais e os ma­tarão.
22 Sereis odiados de todos por causa de meu nome, mas aquele que perseverar até o fim será salvo.
23 Se vos perseguirem numa cidade, fugi para uma ou­tra. Em verdade vos digo: não acabareis de percor­rer as cidades de Israel antes que volte o Filho do Ho­mem”.
Palavra da Salvação.

Comentários ao Evangelho

“Não sereis vós a falar, mas o Espírito do vosso Pai é que falará por vós”[1]

Nosso Senhor Jesus Cristo pede-nos a simplicidade duma pomba, que consiste em dizer as coisas com simplesmente, tal como as pensamos, sem reflexões inúteis, e agir com franqueza, sem disfarces nem arti­fícios, olhando só para Deus; para isso, cada um de nós esforçar-se-á por fazer tudo nesse mesmo espírito de simplicidade, lembrando-se de que Deus gosta de Se comunicar aos simples e de lhes revelar os Seus se­gredos, que esconde aos sábios e aos entendidos do mundo (Mt 11,25). Mas, ao mesmo tempo que Jesus nos recomenda a simplicidade das pombas, manda­-nos ser prudentes como as serpentes, o que é uma virtude que nos faz falar e agir com descrição. [...]
Quando disse aos apóstolos que os enviava como ove­lhas para o meio dos lobos, Nosso Senhor disse-lhes que tinham de ser simultaneamente prudentes como as serpentes e simples como as pombas. Depois acres­centou: “Tende cuidado com os homens: hão-de entre­gar-vos aos tribunais [...] por Minha causa. [...] Mas, quando vos entregarem, não vos preocupeis com o que haveis de dizer”. Fala em primeiro lugar da pru­dência e depois da simplicidade; a primeira é para irem como ovelhas para o meio dos lobos, onde corri­am o risco de ser maltratados. “Sede, pois prudentes” diz-lhes, “estai atentos e, no entanto, sede simples”. “Tende cuidado com os homens”: cuidai de vós se­gundo a prudência; mas, se fordes levados à presença dos juízes, não vos preocupeis com o que haveis de dizer. É isto a simplicidade. Vede como Nosso Senhor une as duas virtudes de forma que as pratiquemos nas mesmas ocasiões; recomenda-nos que as usemos igualmente e faz-nos ver que a prudência e a simplici­dade ligam bem uma com a outra, quando são bem en­tendidas.

“Sede, pois, prudentes como as serpentes e simples como as pombas”[2]
Pela sua aplicação constante à oração e pela prática das virtudes, o homem de Deus Francisco chegou a uma tal limpidez de alma que, sem ter adquirido o co­nhecimento dos santos Livros através do estudo, era, no entanto, esclarecido pelos raios da Luz eterna e pe­netrava, com uma acuidade espantosa, no mais pro­fundo das Escrituras. O seu espírito, purificado de toda a mancha, conseguia aceder aos mistérios escon­didos e o seu amor impetuoso abria as portas diante das quais escorrega a ciência dos mestres. [...]
Uns irmãos pediram-lhe um dia, para aqueles que ti­nham estudado, a permissão de se entregarem ao estu­do da Sagrada Escritura. Respondeu: “Permito-o na condição de eles não se esquecerem de se aplicar tam­bém na oração, como Cristo, que orou, segundo le­mos, mais do que estudou (Lc 11,1; 2,46); e na condi­ção de não estudarem unicamente pa

More info:

Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as ODT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/17/2012

pdf

text

original

 
1
Eu vos envio como ovelhas no meio de lobos
 
2
 
3
Evangelho (Mateus 10,
16-23
)
Quando o paráclito vier, o Espírito da verdade, ele vosconduzirá a toda a verdade, lembrar-vos-á de tudo oque eu tenho falado (Jo 16,
13
; 14,
26
).Mt 10,
16
Disse Jesus: “Eu vos envio como ovelhas nomeio de lobos. Sede, pois, prudentes como as serpen-tes, mas simples como as pombas.
17
Cuidai-vos dos homens. Eles vos levarão aos seustribunais e açoitar-vos-ão com varas nas suas sinago-gas.
18
Sereis por minha causa levados diante dos governa-dores e dos reis: servireis assim de testemunho paraeles e para os pagãos.
19
Quando fordes presos, não vos preocupeis nem pelamaneira com que haveis de falar, nem pelo que haveisde dizer: naquele momento ser-vos-á inspirado o quehaveis de dizer.
20
Porque não sereis vós que falareis, mas é o Espíritode vosso Pai que falará em vós.
21
O irmão entregará seu irmão à morte. O pai, seu fi-lho. Os filhos levantar-se-ão contra seus pais e os ma-tarão.
22
Sereis odiados de todos por causa de meu nome,mas aquele que perseverar até o fim será salvo.
23
Se vos perseguirem numa cidade, fugi para uma ou-

Activity (2)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
Marileuza Monteiro added this note
Amei esta página, Glaucio! Uma verdadeira riqueza para nós cristãos. Deus o abençoe sempre!

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->