Start Reading
  • Create a List

Abuso e espancamento: de vítima a vitoriosa

Ratings:
Length: 217 pages1 hour

Summary

Como ela poderia viver? O medo constantemente a tomava! E ainda sim, como ela continuaria? Se sentia presa!

Vivia em constante medo de fazer com que seu esposo ficasse com raiva.

Uma garota inocente carente por atenção encontra um belo homem. Desejando que ele preenchesse o vazio de sua vida, ela está disposta a fazer de tudo por ele. Em sua inocência ela acredita que isso o fará ama-la. Seus sentimentos por ela são PODER e DESEJO, não AMOR! Este homem era um narcisista e para permanecer fiel a ele, ela constantemente sofre – traição completa – sendo usada e abusada.

Um aborto aos dezesseis anos
Um casamento com um homem que só se importa com ele
Divergências culturais – medo e vergonha são usados para controla-la.
Violência física: batidas, e espancamento nos primeiros sete anos.
Controle mental: ele somente a olhava de certo modo e ela congelava. Confiança em si mesma e seu valor sumiram dando lugar a ansiedade e medo.
Abuso espiritual: Nenhuma liberdade espiritual. Ela era perseguida e ridicularizada por sua crença em Deus.
Ela testemunhou o abuso de seus filhos e quando tentava pará-lo, ele se virava a ela.
Ela estava ciente da descrença de seu marido.

Nesta história você ouvirá como uma garota solitária cai em uma rede onde parece não haver escape. Este era um tempo no qual problemas em casa não eram falados então ela não fazia ideia para onde correr. Ela também temia contar as autoridades por medo de punição.

A sabedoria de Deus diz: “Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas?” (2 Coríntios 6:14).

Passando por machucados e vergonha, a autora espera que escrevendo a sua história ajude a evitar que outros venham cair em situações semelhantes. Embora, hoje seja uma época diferente com mais educação e discussão, abusos ainda acontecem e as mulheres permanecem caladas. Cara escapou de um casamento quando ela estava perto do cinquenta, para ganhar uma carreira profissional. Provando que nunca é tarde para aprender. As cicatrizes, de certo modo, ainda permanecem e ela tem que batalhar por suas emoções, especialmente quando ela se sente inferior aos outros. Agora ela é uma profissional da saúde aposentada, psicóloga e graduanda pelo Bible College. “Aos homens é isso impossível, mas a Deus tudo é possível” (Mateus 19:26).

Read on the Scribd mobile app

Download the free Scribd mobile app to read anytime, anywhere.