Enjoy this title right now, plus millions more, with a free trial

Only $9.99/month after trial. Cancel anytime.

A Alquimia das Ervas: Um Guia para Iniciantes - Conhecendo, cultivando e aplicando ervas medicinais.

A Alquimia das Ervas: Um Guia para Iniciantes - Conhecendo, cultivando e aplicando ervas medicinais.

Read preview

A Alquimia das Ervas: Um Guia para Iniciantes - Conhecendo, cultivando e aplicando ervas medicinais.

ratings:
2.5/5 (3 ratings)
Length:
184 pages
2 hours
Publisher:
Released:
Aug 14, 2018
ISBN:
9781547540693
Format:
Book

Description

Ao selecionar ervas que consigam se desenvolver excepcionalmente bem, seja em ambientes abertos ou fechados, seja em vasos ou no solo, você deverá ter em mente o que você deseja obter de seu cultivo de ervas e vegetais. Se o espaço destinado ao seu cultivo recebe menos do que cinco horas diárias de luz solar talvez seja melhor plantar suas ervas em um ambiente fechado, e para agua-las e para colhê-las quando for cozinhar usando elas. Aliás, plantar em um ambiente fechado ainda lhe ajudará a ficar livre de ervas daninhas, pragas e variações de temperatura.

Sementes são baratas, porém, demoram muito tempo para crescer demandam muitos recursos para fazê-lo. Por outro lado, existem as mudas, que crescem mais rapidamente, porém, geralmente encontram-se disponíveis somente na primavera e no verão.

Muitas ferramentas são necessárias para se fazer o trabalho na sua plantação, dentre elas temos:  pás, enxadas, luvas, vasos, enfim, tudo o que for necessário para fazer o serviço. Lembre-se de que solo fértil também é um elemento importante, pode-se prepara-lo naturalmente ou compra-lo pronto em lojas especializadas. Caso opte por fazer seu cultivo em um espaço fechado utilizando vasos você pode comprar misturas de adubos prontos, feitos especialmente para este tipo de cultivo, assim não terá problemas para plantar suas ervas, e, além de facilitar seu trabalho, estes adubos prontos também previnem que pragas destruam suas plantas.

Publisher:
Released:
Aug 14, 2018
ISBN:
9781547540693
Format:
Book

About the author

Adidas Wilson was born in Chicago, Illinois, surviving a near death experience driving off a bridge in an 18 wheeler and getting hit by a train. Adidas has dedicated his time and effort to educate, motivate, and inspire people around the world to make positive lifestyle changes. Adidas enrolled at the University of Phoenix graduating with a bachelor's in Healthcare Management. Also studying Health care Informatics - Master Degree program at Lipscomb University. Amazon Best Seller's List and mentioned in Entrepreneur Magazine. 


Related to A Alquimia das Ervas

Related Books

Book Preview

A Alquimia das Ervas - Adidas Wilson

Referências

Aviso: As informações contidas neste livro têm finalidades exclusivamente educacionais, que não substituem pareceres, diagnósticos ou tratamentos indicados por médicos licenciados. As informações aqui presentes também não englobam todas as precauções possíveis, nem as possíveis interações com medicamentos, circunstâncias específicas ou efeitos adversos. Você deve procurar imediatamente ajuda médica ao constatar qualquer problema de saúde e consultar o seu médico antes de recorrer aos métodos de medicina alternativa ou promover mudanças em sua dieta.

Sumário

Introdução

Cultivando vegetais no seu quintal

Imhotep e a origem da medicina 

Erva-de-são-joão e depressão

Cultivo de ervas em pequenos espaços

Remédios para o vírus HPV

Medicina avançada das sociedades da antiguidade

História da medicina ayurveda

Medicina tradicional chinesa

Câncer e ervas

Medicina dos nativos norte-americanos

Ervas para um sexo mais satisfatório

Óleo de eucalipto e seus benefícios

Remédios para alergias

Ervas para desobstruir suas artérias

Ervas medicinais nativas da América do norte

Ervas desintoxicantes

A sálvia na fitoterapia

Jardim de ervas hidropônico

Aumente sua imunidade e combata infecções com ervas antivirais

Tratamentos para diabetes utilizando ervas e suplementos

Ervas medicinais para incontinência urinária

Asma

Lobélia

Herpes simples tipo 2

Ervas para utilizar na sauna

Ervas medicinais para aliviar dores

Benefícios da Aloe para a saúde

Remédios caseiros cientificamente embasados

Alívio para a enxaqueca

Chás fitoterápicos

Folhas de oliveira para uma saúde melhor

Extrato de folha de mamão

Benefícios da folha de graviola para a sua saúde

Dietas para tratar anemia

Ervas para controlar a cistite

Ervas para combater a placa dental

Ervas para reduzir o stress

Usos do cânhamo

Ervas medicinais para varizes

Ervas para limpar seus pulmões e seu sistema respiratório

Ervas para controle hormonal

Acne e remédios tradicionais

Água alcalina para uma saúde melhor

Ervas chinesas para o tratamento de lúpus eritematoso sistêmico (LES)

Remédios para gota

Ervas e temperos para um coração saudável

Temperos e ervas para perder peso

Ervas e raízes para ter um fígado mais saudável

Ervas e temperos para combater infecções

Ervas comumente encontradas e seus benefícios medicinais

Preparando um chá saudável

Solo para obter melhores ervas

Referências

Introdução

Há algo de especial no ato de colher vegetais, ervas e temperos do seu próprio quintal e usufruir dos nutrientes frescos que eles proporcionam. Um pequeno canteiro em um cantinho do quintal pode ser entusiasmante.  Na verdade, para cultivar ervas não é necessário muito espaço, você pode até mesmo cultivá-las na varanda se não tiver quintal.  Certamente, dentro da sua casa, existe o espaço necessário para trazer a feira até a sua porta.

A luz do sol é a força vital das plantas, incluindo as ervas e temperos. Portanto, é importante garantir que o lugar escolhido para os seus vegetais receba uma quantidade suficiente de luz solar. Eles necessitam de muitas horas ao sol, ao menos 6 horas por dia. Mas, alguns deles podem se desenvolver com uma menor exposição à luz solar.  Há a possibilidade de você ter problemas com seus locatários se eles não tolerarem que você faça seu canteiro na propriedade alugada.  Sendo assim, se o espaço que você dispõe for pequeno ou se te impedem de ter seu canteiro, será necessário procurar outro lugar em que seja viável cultivar seu canteiro. É importante conhecer o comportamento das estações para obter os melhores resultados em seu cultivo.  As estações divergem entre si, é aconselhável saber em quais delas a temperatura é propícia para que seu canteiro se desenvolva plenamente.  Entretanto, isto não é necessariamente uma restrição. Com as ervas certas, é possível cultivar seu canteiro independentemente da temperatura e das estações.  Se o clima não ajudar, você pode plantar suas ervas em vasos, usufruindo assim daquelas que lhe sejam mais essenciais. 

––––––––

Professionais quase sempre tem algo a acrescentar em relação às atividades que praticamos, tomar conta de seu jardim requere igualmente os serviços de um profissional.  Começar seu jardim de ervas pode não ser tão fácil quanto parece, independente do que você almeja com o seu cultivo. Ver suas plantas brotarem do nada pode ser muito impressionante, além de muito divertido também. A não ser que o espaço disponível para criar seu pequeno canteiro seja pequeno demais ou o tempo que você disponha durante as estações propícias ao cultivo seja igualmente pequeno. Felizmente, é possível obter bons resultados com o tempo disponível a cada um, no caso de conseguir-se mudas em viveiros especializados ou em lojas especializadas em agricultura. Todavia, canteiros de ervas são geralmente uma empreitada promissora, além de uma maneira de garantir uma alimentação saudável para a sua família, aproveitando o frescor dos produtos colhidos no quintal de casa.

Capítulo 1

Cultivando vegetais no seu quintal

É desnecessário gastar muito dinheiro em supermercados ou mercearias para comprar verduras frescas, sem contar que é uma aflição ter que fazer compras de última hora para ter tais vegetais à mesa sempre. Se sujeitar a isto é apenas uma opção, considerando que pode-se colher uma enorme variedade de verduras, temperos e ervas em seu próprio canteiro, aproveitando assim as delícias de usufruir de alimentos crescidos em seu próprio quintal.  Cultivar ervas frágeis em um canteiro caseiro não é tão difícil quanto parece.  É simples, barato e divertido ao mesmo tempo. Agora, apresentamos as dicas de como começar.

O primeiro passo é fazer uma lista dos vegetais, ervas e temperos de sua preferência, ou seja, aqueles que estão presentes mais regularmente na sua dieta. Começar com um pequeno número de plantas é sempre o melhor caminho a percorrer durante o percurso de seu aprendizado na arte de cultivar vegetais e vê-los crescer na soleira da sua porta. A partir do momento em que você estiver acostumado com o trabalho extra, usufruirá de uma maior gama de opções para suas refeições.

––––––––

Certos vegetais conseguem se desenvolver tanto em locais abertos quanto em locais fechados, seja em recipientes ou no solo, portanto, tudo depende do que você deseja cultivar. Se o espaço de que você dispõe para o seu canteiro recebe menos do que cinco horas diárias de luz solar, talvez seja melhor realizar seu cultivo dentro de casa, de forma que seja mais fácil regar e colher vegetais. Aliás, cultivar dentro de casa previne que seu cultivo sofra com ervas daninhas, pragas e variações de temperatura.

Sementes são muito baratas, porém, demoram a crescer e necessitam de outros recursos para que se desenvolvam plenamente. Por outro lado, mudas crescem mais rápido, entretanto, geralmente só são encontradas durante a primavera e o verão. 

Muitas ferramentas são essenciais, como pás, enxadas, luvas, vasos, enfim, tudo que seja necessário para cuidar do seu pequeno canteiro. Lembre-se de que é necessário ter algum solo já fertilizado, o que pode ser feito de forma natural ou utilizando-se dos fertilizantes que são vendidos em lojas de jardinagem.  No caso de um cultivo em vasos, contribui muito a utilização de misturas de solo prontas, encontradas em casas especializadas em jardinagem ou agricultura, além de que, ao utilizá-las, você não precisará se preocupar com pragas. 

––––––––

Quando for plantar sementes, lembre-se de coloca-las em solo úmido e cobri-las com uma camada de aproximadamente um centímetro e meio de solo.  Demorará aproximadamente uma semana para que as sementes germinem. Este processo é igualmente válido para mudas plantadas em vasos.

A irrigação é essencial para seus vegetais, é recomendado aguar a parte inferior das plantas sempre se observar que o solo está um pouco seco, isto poderá contribuir para o processo de crescimento de suas plantas. Também é preciso capinar seu canteiro, encerrando-se a competição por nutrientes, evitando que ervas daninhas os roubem de suas plantas. Mas, se suas plantas ficam do lado de fora, traga-as para dentro de casa antes que o frio comece.

A colheita é o momento de receber a recompensa pelo trabalho duro. Lembre-se que tudo depende do que você deseja obter de seu cultivo, logo, se você quiser que novas folhas cresçam, basta não colher todas elas.  Você pode realizar sua colheita manualmente ou utilizar uma tesoura de poda.

Depois de ter colhido os frutos de seu trabalho, poderá optar por utilizar diversos métodos de conservação para preserva-los. Cuidar de seu cultivo desde o planejamento até a colheita parece ser uma extensa jornada, porém, não é tão extenuante quanto possa parecer. Os frutos do trabalho são sublimes, e, à medida que se adapta ao processo, ele torna-se uma parte da rotina, tornando-se também divertido.

Capítulo 2

Imhotep e a origem da medicina

Anteriormente, a Grécia era considerada o berço da medicina, porém, está provado que esta ciência inicialmente se desenvolveu pelas mãos de um egípcio. Imhotep, também conhecido como Príncipe da Paz, foi o gênio africano que inventou a medicina, a arte de curar.  Supostamente, Imhotep teria recebido de forças ancestrais africanas um livro sobre curas, cujo conteúdo posteriormente ficou conhecido por todo o mundo, constituindo as bases da medicina e da cirurgia modernas.

Este egípcio pioneiro era reconhecido por todo o mundo antigo. Até mesmo o renomado pai da medicina moderna, o grego Hipócrates, celebrou este sábio. De acordo com documentos que foram analisados por pesquisadores , o Egito antigo seria a mãe da medicina moderna.  O papiro sobre medicina estudado por eles teria sido escrito por volta de 2.500 A.C, aproximadamente um século antes do nascimento de Hipócrates.

Portanto, Imhotep foi o primeiro médico e o primeiro doutor do mundo, além de exercer diversas outras funções, citando somente algumas delas: clérigo, sábio, poeta, astrólogo e escriba. Além disso, ele também era arquiteto, pois a ele é creditada a construção da primeira pirâmide egípcia. Também acredita-se que Imhotep seja o autor do papiro de Edwin Smith, no qual se encontram as descrições de 48 tipos de lesões e mais de 90 termos da área de anatomia. Ademais, ele também fundou uma escola de medicina nos arredores de Memphis, conhecida por ter funcionado por aproximadamente dois séculos.

Os praticantes da antiga medicina egípcia usavam mel, resinas e metais elementares antimicrobianos para tratar de lesões. O que é realmente interessante é que estes tratamentos estão em uso até os dias de hoje. Um dos fatos mais intrigantes é o de que alguns dos remédios que eram prescritos pelos médicos egípcios mostraram ser mais eficazes do que imaginavam os pesquisadores modernos. Dentre eles estão inclusos o açafrão e o aipo, que eram utilizados pelos egípcios para tratar o reumatismo, e, atualmente, constituem o coração das pesquisas farmacêuticas relacionadas a esta doença.

Os antigos também aproveitavam as propriedades da romã, que era usada para combater a lombriga,

You've reached the end of this preview. Sign up to read more!
Page 1 of 1

Reviews

What people think about A Alquimia das Ervas

2.7
3 ratings / 0 Reviews
What did you think?
Rating: 0 out of 5 stars

Reader reviews