You are on page 1of 2
PAROQUIA SO JOZO BOSCO - BRASILIA-DF RENOVACKO CARISMATICA CATOLICA 24, 25 E 26/11/95 LAVA-PES "Jesus, o nosso Senhor, fez muitas coisas, e se todas elas fos sem escritas, nem o mundo inteiro poderia conter os livros que seriam escritos" . "antes da festa da Pascoa, sabendo Jesus que chegara a sua ho- ra de passar deste mundo para o Pai, Ele que amara os seus que estavam no mundo, levou até ao extremo o seu amor por eles", “Sabendo Jesus que o Pai depositara nas suas maos todas as coi sas e que havia saido de Deus e ia para Deus, levantou-se da mesa, ti- rou as,vestes e, tomando uma toalha, colocou-a na cintura. Depois, co- locou agua numa bacia e comegou a lavar os pés aos discipulos e a en- xuga-los com a toalha que pusera & cintura", "0 que eu fago, voc$s nfo entenderam agora, mas compreenderam depois". - “Ouvistes o que foi dito: no matarés; aquele que matar est& sujeito a ser condenado. Bu, porem, vos digo: quem se irritar contra o seu irmio ser& réu perante o tribunal de Deus". - “Ouvistes o que foi dito: n&o cometerés adultério. Eu, po- rém, vos digo: que todo aquele que olhar para uma mulher desejando-a, j& Cometeu adultério com ela no seu coragao". - "Do mesmo modo, ouvistes o que foi dito: no perjurar’s, mas cumprir&s os teus juramentos ao Senhor. Eu, no entanto, vos digo: no jureis de maneira nenhuma, dizei sim quando for sim, e n&o quando for no". - “Ouvistes 0 que foi dito: olho por olho e dente por dente. Eu, porém vos digo: se alguém te bater na face direita, oferece-lhe também a esquerda" - "Ouvistes 9 que foi dito: amar&s o teu préximo e odiaras 0 teu inimigo, Eu, porém, vos digo: amai os vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem*, = "Quando, pois, deres esmolgs, n&o permitas que toquem a trom beta diante de ti, como fazem os hipocritas. Em verdade vos digo: ja receberam a sua recompensa, Quando deres esmolas, que a tua mao esquer da no saiba o que fez a direita, Eo Pai, que v8 o oculto te recompen sara”. - "Quando orardes, no sejais como os hipécritas, que gostam de rezar para serem vistos pelos homens, Em verdade vos digo: que ja receberam a sua recompensa, Tu, quando orardes, entra no teu quarto, e reza em segredo a teu Pai e Ele, que vé o oculto, te recompensara". - "No acumuleis tesouros na terra, onde a ferrugem e a tra- ga os corroem e os ladrdées roubam. Acumulai tesouros no céu, onde nem a traga nem a ferrugem os corroem, nem os ladrdes os roubam". - "NZo vos inquieteis quanto & vossa vida, com o que haveis de comer ou beber, nem quanto ao vosso corpo com o que haveis de vestir. Procurai primeiro o Reino de Deus e a sua justiga, e tudo mais vos se~ ra dado por acréscimo". - "Pedi e vos ser& dado, procurai e encontrareis; batei e vos ser& aberto. Pois, quem pede recebe; e quem procura encontra; e ao que bate se abre", ~- "NZo julgueis para no serdes julgados, pois, conforme o jui zo com que julagardes, assim sereis julgados. Como ousas dizer a teu irmBo: deixa~ma tirar 0 cisco do teu olho, tendo tu uma trave no teu? Tire primeiro a trave do teu olho e entdo veras para tirar o cisco do olho do teu irm&o". ~ “Entrai pela porta estreita; porque larga & a porta e espaco 50 0 caminho que conduz & perdig&o, e muitos sfo os que seguem por ele", "Compreendeis o que vos fiz?" e "Dei-vos o exemplo, para que, como eu vos fiz, fagais tame bem", “Quem poderia acreditar nigso que ouvimos?" “Era desprezado, era a escoria da humanidade, homem das dores, experimentado nos sofrimentos; como aqueles, diante dos quais se co- bre o rosto, era amaldicoado e nfo faziamos caso dele. Bm verdade, ele tomou sobre si nossas enfermidades, e carregou os nossos sofrimentos: e nds o reputavamos como um castigado, ferido por Deus e — humilhado. Mas ele foi castigado por nossos crimes, e esmagado por nossas iniqui- dades; 0 castigo que nos salva pesou sobre ele; fomos curados gracas ‘as suas chagas". "Foi maltratado e resignou-se; nfo abriu a boca, como um cor- deiro que se conduz ao matadouro, e uma ovelha muda nas mZos do tosqui ador" "Mas aprouve ao genhor esmaga-lo pelo sofrimento; se ele ofe- recer sua vidg em sacrificio expiatorio, tera uma posteridade duradou- ra, prolongara seus dias, e a vontade do Senhor sera por ele realiza- da", .