P. 1
Untitled

Untitled

|Views: 238|Likes:
Published by marsjomm

More info:

Published by: marsjomm on Sep 18, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

09/29/2013

pdf

text

original

Aula 9 – Simulações para o Ensino de Ciências usando linguagens de programação educacionais – NetLogo

O NetLogo é um ambiente de modelagem programável multi-agente. Ele tem sido usado por milhares de alunos, professores e pesquisadores ao redor do mundo. Ele pode ser baixado gratuitamente a partir do site http:ccl.northwestern.edu/netlogo.

No nosso laboratório de informática, ele está instalado na pasta que leva o meu nome, na área de trabalho. Veja a figura abaixo:

A tela acima representa a janela principal do NetLogo, ela vai aparecer se você der um duplo clique sobre o ícone dele como ordenado na instrução anterior.

Vá ao menu e clique em File > Models Library (veja a figura abaixo).

A janela “Models Library” abrirá e você poderá optar por simular diversas situações. As áreas que o NetLogo cobre são muitas, e as nossas queridas ciências estão contempladas. Para começar a tarefa de hoje, vamos simular a disseminação do vírus da AIDS. (veja a figura abaixo)

O QUE É ISSO?
Esse modelo simula a disseminação do Vírus da Imunodeficiência Adquirida (HIV), via transmissão sexual, através de uma população humana isolada. Ele representa os efeitos de certas práticas sexuais dessa população. Como é bem sabido, a disseminação do HIV ocorre de várias formas sendo que o contato sexual é uma delas. O HIV pode também ser disseminado por compartilhamento de agulhas entre usuários de drogas, através de transfusões de sangue, ou quando mães portadoras do vírus dão à luz bebês sem as devidas precauções (evitar contato com os fluidos da mãe) ou através da amamentação. Esse modelo matemático simula apenas a transmissão por contato sexual. O modelo examina os efeitos emergentes de quatro aspectos do comportamento sexual. O usuário controla a tendência da população em praticar abstinência sexual, a quantidade de tempo em médio que um “casal” permanecerá junto tendo relações sexuais, a tendência da população em usar preservativos, e a tendência da população em realizar exames de presença do HIV no corpo.

A exploração das duas primeiras variáveis pode ilustrar como mudanças nas condutas sexuais da nossa sociedade contribuiram para o aumento na prevalência de DSTs, enquanto a exploração das duas outras variáveis pode fornecer soluções temporárias para o problema. Permitindo ao usuário do programa controlar o quão frequentemente um indivíduo escolherá ser testado quanto à presença do vírus, o usuário poderá explorar uma importante dimensão da ameaça do HIV à saúde pública. Devido ao vírus não se fazer imediatamente conhecido no seu hospedeiro, indivíduos são frequentemente infectados algum tempo antes de um exame ou antes que surjam os sintomas de imunodeficiência (o que o levaria a fazer o exame) o que o identificaria como tal. A identificação regular de indivíduos infectados pelo vírus poderia ter impactos sobre a saúde pública significantes se o conhecimento da infecção positivamente afetasse os comportamentos sexuais. Esse modelo explora essa possibilidade fazendo com que todos os indivíduos que saibam da sua situação de soropositivo sempre pratiquem sexo seguro.

COMO O MODELO FUNCIONA
Esse modelo usa “casais” para representar duas pessoas envolvidas em relações sexuais. Indivíduos circulam pelo mundo quando eles não estão em um relacionamento. Quando dois indivíduos entram em contato com um potencial parceiro, existe uma chance de que eles se “acasalem”. Quando isso acontece, os dois indivíduos não mais vagarão ao redor do mundo, eles permanecerão próximos um do outro (de mãos dadas) como uma representação de “casal” sexualmente ativo. A presença do vírus na população é representada pelas cores dos indivíduos. Três cores são usadas: VERDE (não-infectados), AZUL (infectado mas não sabe disso ainda), VERMELHO (infectado e sabe da sua situação).

COMO USAR?
O botão SETUP (1) cria a simulação de acordo com os valores escolhidos nos cinco controladores logo abaixo dele.

Uma vez que a simulação está inicializada, você só precisa clicar no botão GO (2) para começar. Clicando novamente no botão GO, a simulação para. Embora seja possível alterar os valores das variáveis enquanto a simulação estão rodando, não é aconselhável fazer isso. Um monitor mostra a percentagem de indivíduos que estão infectados pelo HIV. Neste modelo cada passo temporal é de uma semana; o número de semanas que se passaram é mostrado na barra de tarefas. Aqui está um sumário das variáveis usadas no modelo: • INITIAL-PEOPLE: Quantas pessoas a simulação vai usar. • AVERAGE-COUPLING-TENDENCY (3): Quantidade média de parceiros sexuas de um membro da população (0–10). • AVERAGE-COMMITMENT (4): Quantas semanas uma relação envolvendo sexo costuma durar.(0–200). • AVERAGE-CONDOM-USE (5): Chance média de um membro da população usar preservativo . (0–10). • AVERAGE-TEST-FREQUENCY: Frequência média que um membro da população vai checar a presença do GHIV em um período de um ano (0–2). 1. O número total de indivíduos na simulação é controlado pelo slider INITIAL-PEOPLE (50– 500), precisa ser informado antes de apertar o botão SETUP (1). Durante os procedimentos de inicialização do modelo, todos os indivíduos recebem tendências de acordo com o valor colocado nos quatro sliders adicionais Essas tendências são valores mais

prováveis, o que quer dizer que alguns indivíduos receberão um valor menor e outros um valor ligeiramente maior, sendo que a média será dada pelo valor escolhido por você.

COISAS A TESTAR
SIMULAÇÃO I INITIAL-PEOPLE = 300 AVERAGE-COUPLING-TENDENCY = 10 AVERAGE-COMMITMENT = 100 AVERAGE-CONDOM-USE = 0 AVERAGE-TEST-FREQUENCY = 0 Aperte SETUP e depois GO.

Observe os indivíduos formando casais estáveis (o espaço ao redor deles fica cinza e eles param de vagar ao redor do mundo). Observe os indivíduos que continuam a vagar pelo mundo em busca de parceiros. Com RELATIONSHIP-DURATION = 100, um indivíduo médio irá ter relações sexuais

monogâmicas com um parceiro por volta de 100 semanas (aproximadamente 2 anos) antes de terminar sua relação e sair a procurar outro parceiro. QUESTÃO: Em quantas semanas ocorre estabilização do número indivíduos com HIV+? (1080 SEMANAS) Em quantas semanas todos os indivíduos portadores de HIV saberão de sua situação? (aprox 280 semanas) Em aproximadamente quantas semans a população soropositiva cessará de aumentar? (aprox 1560 semanas). SIMULAÇÃO II Pare a simulação (pressionando GO). Faça AVERAGE-COUPLING-TENDENCY = 0 Aperte SETUP e GO para reiniciar a simulação.

1) O que acontece com a formação de casais? (Eles não mais se formam! Eles pararam de fazer sexo por não querer entrar em um relacionamento.) 2) O que acontece com o número de indivíduos com HIV+? Fica estagnado, o HIV para de se espalhar. O que não significa que o HIV não vá se espalhar, porque alguns poucos indivíduos poderão escolher ter sexo casual, de acordo com o modelo. Alguns terão COUPLINGTENDENCY > 0.

Pare a simulação (pressionando GO). QUESTÃO: O que acontece com a taxa de aumento do número de indivíduos infectados com HIV? Fica estagnada, pois a formação de casais é muito pouco provável neste modelo. SIMULAÇÃO III AVERAGE-COUPLING-TENDENCY = 10 AVERAGE-COMMITMENT = 1

1) O que acontece com a formação de casais? Um grande número de casais se forma mas a duração do relacionamento é muito curta. O acasalamento ainda está acontecendo. (flashs de cor cinza ao redor de dois indivíduos atestam isso). 2) Quanto tempo leva para o número de pessoas soropositivas mas que não sabem de sua situação ultrapassar o número de pessoas saudáveis? (76 semanas, devido ao grande número de parceiros que elas têm e ao baixo tempo que permanecem juntas.)

SIMULAÇÃO IV AVERAGE-COMMITMENT = 1 AVERAGE-COUPLING-TENDENCY = 1 AVERAGE-CONDOM-USE = 10 AVERAGE-TEST-FREQUENCY = 1.0

Com formação de casais negligenciável e alta taxa de uso de preservativos, não deveria existir disseminação do HIV. Mas note como surgem indivíduos em cor azul (portadores de HIV que não sabem de sua situação) mudam para o vermelho muito mais rapidamente (portadores de HIV que sabem de sua infecção). Alguns ficaram vermelhos porque fizeram o teste de detecção do HIV, outros porque incubaram o vírus por tempo suficiente e acabaram desenvolvendo os sintomas de imunodeficiência, o que os alerta para fazer o teste. Com AVERAGE-TEST-FREQUENCY = 1.0 até os indivíduos saudáveis serão testados, mas sua cor não mudará. Quando todos os indivíduos na simulação estiverem verdes ou vermelhos, mude os sliders sem parar a simulação.

SIMULAÇÃO V AVERAGE-COUPLING-TENDENCY = 10 AVERAGE-COMMITMENT = 100 AVERAGE-CONDOM-USE = 0 AVERAGE-TEST-FREQUENCY = 0.

Note que a despeito da formação imediata de casais e da baixíssima tendência em usar preservativos não há disseminação apreciável do vírus. Isto é porque enquanto o modelo espera que indivíduos HIV+ continuem se envolvendo sexualmente, ele presume que aqueles indivíduos sempre escolherão usar preservativos e que estes sempre funcionarão. QUESTÃO: Após 1600 semanas, o que aconteceu com o número de HIV+?

COISAS A TENTAR
Rode um número de experimentos com o botão GO e encontre o efeito das diferentes variáveis na disseminação do HIV. Tente usar bons controles no seu experimento. Bons controles é quando apenas uma variável é mudada entre uma tentativa e outra Por exemplo, para descobrir qual o efeito da duração média de um relacionamento, rode quatro experimentos com AVERAGE-COMMITMENT = 1 na primeira vez, 2 na segunda vez, 10 na terceira vez, e 50 na última. O quanto aumenta a prevalência de HIV em cada caso? Isso vai de encontro às suas expectativas? AS variáveis interagem entre si? Por exemplo, se um valor baixo de AVERAGE-COMMITMENT parece aumentar a disseminação do HIV quando todas as outras variáveis estão ajustadas para 0, o mesmo ocorre se todas as outras variáveis são ajustadas para 10? Você pode rodar quanto experimentos quiser para testar diferentes hipóteses quanto aos efeitos na saúde pública decorrentes do comportamento sexual dos indivíduos.

TAREFA
Após seguir as instruções de simulação de I a V, faça algumas simulações por conta própria seguindo as instruções dadas na seção “COISAS A TENTAR” e escreva um texto que sintetize todas as suas conclusões. Como essa simulação é sobre biologia, o importante é usar o modelo para tirar conclusões válidas sobre algo do mundo real, no caso a disseminação do HIV e sua relação com os hábitos sexuais da população. Ao finalizar o texto, poste o documento no blog da disciplina. P.S.:Não esqueça de colocar um título na sua postagem. P.S.2: A tag para esta atividade é aula9.

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->