Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais- Campus Machado

Estrutura e composição química dos grãos

Aluna: Janaina Cesar Vilela Professor: Vanderley Almeida

Machado- Mg 21/09/2012

entre outros são formados basicamente pelo embrião e pelo tegumento. O estudo da composição química e a estrutura dos grãos nos proporciona o conhecimento necessário para a execução de trabalhos mais elaborados feitos nesta área de conhecimento sobre alimentos. já a sua composição química varia muito de uma semente para outra. feijão.Introdução: As sementes dos grãos como o milho. soja. Além da composição o ângulo de repouso também varia muito de uma para outra. Estruturalmente as sementes dos grãos são parecidas. e o endosperma que é ausente em alguns tipos. arroz. As diferenças entre cada grão e a sua composição fornece informações preciosas para a correta elaboração de pesquisas e o conhecimento necessário para a formação desejada num curso de Tecnologia em Alimentos. trigo. sendo eu cada parte dela exerce sua função específica. . De um ponto de vista nutricional os grãos são divididos em três partes: a camada protetora. o tecido meristemático e o tecido reserva.

devido ás substâncias aqui acumuladas. durante a germinação. Também podem ser classificados em oleaginosos quando os lipídeos são as substancias de reserva com maior valor comercial. consegue energia e material metabolizado pra se desenvolver. e. Tecido reserva: graças á ele o eixo embrionário. quando o amido é o principal carboidrato. proteicas quando estas substâncias são as proteínas. Na tabela a seguir são apresentadas as composições químicas de algumas espécies de interesse econômico de grãos. Composição das sementes dos grãos: Os carboidratos. Os grãos podem ser classificados em amiláceos. e também a substância de reserva com maior valor comercial.Estrutura dos grãos: Os grãos são formados basicamente por: Camada protetora: estrutura externa que delimita o grão. o eixo embrionário. Tecido meristemático: é a parte vital da semente. lipídeos e proteínas são as principais substâncias armazenadas pelos grãos. Espécie Algodão Amendoim Arroz Feijão Milho Soja Trigo Girassol Sorgo Mamona Carboidratos (%) 15 12 65 57 64 18 70 19 72 0 Lipídeos (%) 33 48 2 1 5 25 2 26 4 64 Proteínas (%) 39 30 16 23 10 38 11 18 10 18 .

A quantidade de certas substâncias em cada grão serve para classificá-lo. amiláceas ou protéicas. em sua composição química eles se diferem. e muito. como oleaginosas.Conclusão: Apesar dos grãos não se diferenciarem muito quanto a sua estrutura. por exemplo. .

. & NAKAGAWA. 2006.Referências: MENEGUELLO. Campinas. E. tecnologia e produção. N.L. CARVALHO. ed. Erechim-RS. J. 424p. Fundação Cargill. Monografia de estágio para a disciplina prática profissional: projeto e automação de fábricas de ração. Sementes: ciência. 1988.M. 3.