Síndrome da Angústia respiratória Neonatal (SARI

)

SARI

A SARI é uma doença de NEONATOS, ela NEONATOS, não ocorre devido a destruição do Surfactante e sim devido a uma produção insuficiente ou devido a um surfactante não funcionante(defeituoso)

SARI
Há neonatos que fazem um quadro de insuficiência respiratória devido a sedação excessiva da mãe, trauma da cabeça fetal durante o parto, aspiração de sangue ou líquido amniótico e hipóxia intraintrauterina.(Robins,2005). Esta síndrome resultante é a SARA que não é uma patologia somente de adultos com antes se pensava. O quadro histopatológico é semelhante

SARI
PARA RELEMBRAR Na SARA há primeiramente uma reação inflamatória, na SARI esta reação inflamatória é posteriore e pode mesmo não ocorrer Na SARI os fenômenos ocorrem devido a uma insuficiência ou defeito do surfactante

SARI
Filho de mãe diabética Pré-termo Parto cesareano
SARN SARI

Sexo masculino

SARI
SURFACTANTE Palmitoil-fosfatidil-colina Fosfatidil-glicerol
Hidrófilas SP-A e SP-D(defesa)

Proteinas
Hidrófilas SP-B e SP-C(Tensão Superficial)

SARI
Nascimento
ESFORÇO

Enchimento pulmonar 40% do ar ficam nos pulmões
Pequeno Enchimento pulmonar esforço

Pequeno esforço Enchimento pulmonar…

SARI
Nascimento
Grande esforço

Enchimento pulmonar Sem resíduo pulmonar Sem resíduo pulmonar Hipóxia, acidose Lesão pulmonar inflamação Piora da hipóxia e acidose reação inflamatória Mais acidose, mais

MORTE

SARI
A MEMBRANA HIALINA na SARA é contituida por material necrótico e restos celulares

A MEMBRANA HIALINA na SARI é constituida por plasma e fibrina

SARI

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful