ENVELHECER Ao ver a minha imagem neste espelho, Reparo cada ruga, cada traço; Minha aparência; agora bem

mais velho, Demonstra com certeza meu cansaço. Viver intensamente, eu te aconselho, Não dar para a tristeza algum espaço, Agora que com símio me assemelho O olhar já distorcido, opaco e lasso. Um dia tive a força de um gigante, Vencendo qualquer luta, destemido. O passo vacilante, o andar tremido, A vida é com certeza uma farsante, Vendendo as ilusões mais imbecis, Deixando ao fim sinais toscos, senis... MARCOS LOURES