P. 1
ENVELHECIMENTO CUTÂNEO 2

ENVELHECIMENTO CUTÂNEO 2

|Views: 328|Likes:

More info:

Published by: Bianca D'Aléssio de Freitas on Nov 14, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/07/2013

pdf

text

original

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO TRIÂNGULO – UNITRI CURSO DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM ESTÉTICA

Bianca C. D’Aléssio de Freitas Maria Clara Nose Luellen Borges Sinara de Carvalho Pâmella Guedes

ENVELHECIMENTO CUTÂNEO

UBERLÂNDIA 2012

Bianca C. D’Aléssio de Freitas Maria Clara Nose Luellen Borges Sinara de Carvalho Pâmella Guedes

ENVELHECIMENTO CUTÂNEO
Trabalho apresentado como parte da avaliação referente ao 2º período do Curso de Graduação Tecnológica em Estética, do Centro Universitário do Triângulo, da turma M1, produzido na disciplina de Nutrição, sob a orientação da Prof.ª Thaísa Alvim Sousa Pasquini

UBERLÂNDIA 2012

é importante uma maior atenção nos cuidados primários relacionados à saúde. com diminuição progressiva da capacidade de homeostase do organismo. bioquímicas e psicológicas em consequência da ação do tempo. assim como desencadeia mutações nas células em divisão e. O controle das doenças representa um resultado bastante favorável. uma vez que o DNA genômico é continuamente danificado por fatores nocivos ambientais e pelo metabolismo oxidativo interno. individual e gradativo. Devido ao processo natural do envelhecimento estar associado a importantes alterações estruturais e funcionais. Também é considerado um processo normal.INTRODUÇÃO O envelhecimento é um processo biológico complexo. É uma fase onde ocorrem manifestações somáticas no ciclo natural da vida. que caracteriza uma etapa da vida onde ocorrem modificações fisiológicas. principalmente no que se refere às doenças degenerativas com perda de massa óssea. O envelhecimento é considerado como um mecanismo de prevenção contra o câncer. levando a falhas homeostáticas. o conhecimento do processo de envelhecimento. e a capacidade de reparação desses danos vai se deteriorando com a idade. É variável de um indivíduo para outro. . A prática de exercício físico regular é uma forma de prevenir tais acidentes. eventualmente. uma vez que garante uma melhor condição psicofísica do indivíduo e. O cuidado com a saúde. o aparecimento do câncer. o dano acumulativo ao DNA interfere na divisão e funções celulares. a prevenção precoce através do uso de filtro solar e a prática de atividades físicas. farão com que a pessoa chegue com tranquilidade à terceira idade. consequentemente. pois se caracteriza pela perda progressiva da capacidade de adaptação e de reserva do organismo diante das mudanças que irão influenciar de maneira decisiva na vida do idoso. redução das quedas e suas complicações tardias. contínuo que se caracteriza por alterações celulares e moleculares. Se não reparado adequadamente. senescência e/ou morte celular. especialmente em relação às quedas. de órgão para órgão.

o envelhecimento é um produto da seleção natural que ocorre nas espécies capazes de reprodução sexual. Do ponto de vista evolutivo. também são determinantes para a conservação ou não da pele. fatores intrínsecos como hereditariedade. como nucleófilos (substituindo ou grupos) e como radicais propriamente ditos (adicionando-se a sistemas insaturados). o que gera aumento na rugosidade e perda de maciez e viço. os principais efeitos da ação das ERO estão relacionados ao envelhecimento. Contudo. Na pele. raça. temperatura e poluição. e o tipo de reações nas quais eles participam seja determinado por sua reatividade. os efeitos nocivos dos primeiros poderão ser evitados. enquanto houver uma situação de balanço entre a produção de radicais livres e os sistemas de defesa. de maneira geral pose-se dizer que atuam como bases (abstraindo átomos de hidrogênio). como a perda de elasticidade e a capacidade de retenção de água. Teorias do envelhecimento As mudanças funcionais que ocorrem com o avanço da idade são atribuídas a vários fatores. hormônios e patologias ao lado de fatores extrínsecos. surgimento de doenças e expressão de genes do envelhecimento. A força da seleção . como defeitos genéticos. a pele também possui sistemas de defesa contra radicais livres. Embora o envelhecimento possa ser acelerado pela ação da radiação UV. ou gerontogenes. como umidade ambiente. meio ambiente. de forma quem.DESENVOLVIMENTO Sobre o envelhecimento cutâneo Embora existam diferentes radicais livres e espécies relativas de oxigênio.

genes variantes cuja expressão favorece a longevidade ou reduz a duração de vida. como a do encurtamento dos telômeros (extremidades dos cromossomos) e a do envelhecimento mitocondrial. como a arteriosclerose. De acordo com a literatura científica recente. o envelhecimento resulta da expressão de genes causadores de efeitos deletérios na fase tardia da vida. induzidas preferencialmente pelos radicais livres. sem oposição da seleção natural. Portanto. pois não existem genes que estabelecem como e quando envelhecer. Dessa forma. Há. A mais abrangente. . Segundo a teoria evolucionista. e mais amplamente aceita cientificamente na atualidade. Várias teorias foram propostas para explicar o processo do envelhecimento. o câncer. Algumas novas teorias sobre o envelhecimento. a catarata. essa teoria pode ser focalizada como um novo modelo de mecanismo do envelhecimento por radicais livres. as doenças neurodegenerativas e outras.natural sobre a sobrevivência da população diminui drasticamente na fase reprodutiva. a hipertensão. admitem que as perdas funcionais que ocorrem durante o envelhecimento seriam decorrentes da formação de lesões no DNA. O processo de envelhecimento não é determinado por um programa genético. Segundo a teoria. é a teoria do envelhecimento pelos radicais livres. sim. resulta de alterações moleculares e lesões celulares desencadeadas por radicais livres envolvidos em praticamente todas as doenças típicas da idade. o encurtamento dos telômeros é uma consequência da formação de quebras nas extremidades da cadeia do DNA. o envelhecimento e as doenças degenerativas a ele associadas. traços hereditários são selecionados na idade reprodutiva com base nas suas propriedades em termos de melhoria da sobrevivência da população. as doenças coronárias.

Taxa de glicosaminoglicanas está alterada. Anomalias na distribuição de melanina (discromias) Envelhecimento Actínico ou Fotoenvelhecimento . as organelas responsáveis pelos processos de respiração e produção de energia nas células. gelatinase e estromelisina) Fica mais espessaÀs vezes aparecem lesões pré-cancerosas. A quantidade de peróxido de hidrogênio gerado nas mitocôndrias aumenta com a idade. Alargamento das malhas de Rmd (rede microdepressionária de superfície ou microrelevo cutâneo). Diminui coesão entre as células superficiais (desidratação). Rarefação dos vasos sanguíneos.O envelhecimento das mitocôndrias. Diminui a síntese e colágeno. Epiderme Diminui número de melanócitos e células de langerhans (alteração imunidade cutânea). Junção dermoepidérmica Redução da adesividade entre derme e epiderme diminuindo as trocas e a nutrição. Hipertrofia de glândulas sebáceas. Isso significa que há maior probabilidade de produção de lesões oxidativas nas mitocôndrias com o aumento da idade. Ela se achata devido à diminuição de fibras que fixam a lâmina basal. podem ser também explicadas com base na produção de lesões oxidativas no DNA mitocondrial por radicais livres. Diminuição da comunicação celular o que reduz processo de reparação. Aumenta a degradação do colágeno. AtrofiaRedução do número de fibloblastos e sua capacidade de sínteseAlteração da estrutura do colágeno. numerosas e anormais (elastose solar). Diminuição das glicosaminoglicanas. porém com menos produção de sebo que torna a pele ressecada e com poros dilatados. Alterações da estrutura da pele durante o envelhecimento Tipo e Alteração Envelhecimento Fisiológico Renovação e proteção menores. fragmentadas e alteradas. Fibras elásticas se tornam mais espessas. Derme Fibras elásticas diminuídas e modificadas (fragmentação). Aumento da produção de metaloproteinas (colagenase. Fibras de colágeno delgadas.

Causas do envelhecimento A degeneração senil ocorre de preferência sobre regiões do tegumento que se acham expostas às intempéries. as fibras elásticas cedo se desgastam. dorso das mãos e antebraço. Como consequência desta solicitação constatne. histológicas e funcionais da pele de pessoas idosas cronicamente expostas ao sol. as causas e a natureza íntima do fenômeno permanecem obscuras.net/2009/04 . Não obstante. o pescoço. enruga. Figura 1 – Agentes causadores do envelhecimento cutâneo. e é provável que algumas delas encerrem parte da verdade. dá-se o nome de fotoenvelhecimento. provocando o agravamento ou exagero dos sulcos e pregas naturais das regiões comprometidas. tantas quanto os investigadores. fica flácida e hiperpigmentada. O estudo das causas do envelhecimento é um campo no qual existem muitas teorias. A estas mudanças clínicas.beauteglamour. Foram levantadas várias teorias a respeito do processo que envolve o envelhecimento. De fato. A pele se pregueia. enrugando ou pregueando a pele. como por exemplo a face. Outro fator responsável pelo envelhecimento preços está no excesso da mímica. Fonte: http://www. certos indivíduos faze uso exagerado e indevido de alguns grupos musculares isolados da face.

ou pelo menos exacerbadas. dois processos que caracterizam o envelhecimento. mas em certas áreas. Feixes de tecido fibroso entremeado com fibras elásticas asseguram o elemento extensível na maior parte do corpo. são adquiridas. como no rosto. A função dessas linhas é fornecer à pele certo grau de extensibilidade em direções correspondentes às demandas naturais da região. A perda das células e da sua capacidade proliferativa. Nos últimos 40 anos ocorreram muitos progressos na compreensão dos mecanismos do envelhecimento. Existem muitas evidências de que esses são influenciados pelo dano causado ao DNA por agressões internas e externas. . Esse fenômeno fisiológico não poupa qualquer tipo de tecido. enquanto outras particularmente do rosto. As rugas pronunciadas devem-se usualmente à atividade muscular. O processo de envelhecimento se dá de forma gradual.O órgão humano que mais revela o envelhecimento é a pele. por uma vida inteira de atividade muscular associada a certas expressões faciais. e a elastina. com o avançar dos anos. mas só quando a pele perde a sua elasticidade. é que elas formam rugas permanentes. vai perdendo a sua elasticidade natural devido à redução do número de fibras elásticas e de outros componentes do tecido conjuntivo. outro componente do mesmo tecido. O declínio das funções do tecido conjuntivo faz com que as camada de gordura sobre a pele não consigam manter-se uniformes e a degeneração das fibras elásticas aliada à menor velocidade de troca e oxigenação dos tecidos provoca a desidratação da pele dando como resultado as rugas. as fibras musculares estão ligadas diretamente à pele. Elas ocorrem no corpo todo. Algumas rugas são congênitas. O colágeno. parecem representar uma estratégia revolucionária na prevenção de desenvolvimento do câncer. As linhas de tensão fornecem a base para o enrugamento da pele. sendo também o mais acessível ao estudo dos processos que levam ao envelhecimento. A senescência e/ou apoptose são processos com papel fundamental no envelhecimento celular. componente fundamental do tecido conjuntivo torna-se gradualmente mais rígido.

Portanto. levando à elastose da derme reticular. Figura 2 – Envelhecimento intrínseco versus extrínseco Fonte: http://dermatologia. poiquilodermia. amarelada. melanoses. mas pode ser evitado. corresponde a 85% das rugas presentes na pele envelhecida. queratoses actínicas e maior ocorrência de câncer de pele. pele espessada. telangiectasias. caracteriza-se por rugas profundas.shtml 3. seca. é também cumulativo. Aspectos clínicos relacionados ao fumo: pele seca. UVB) sobre o envelhecimento intrínseco. com elastose na derme reticular superficial. 2.Os co-fatores ambientais mais importantes para o envelhecimento precoce da pele são o sol e o fumo.net/novo/base/estetica/est_fotoenv. pois é relacionado diretamente à exposição solar crônica e descontrolada. atrófica. Envelhecimento intrínseco: é o natural. 1. Divide-se o envelhecimento cutâneo em: intrínseco ou cronológico e extrínseco ou fotoenvelhecimento. Porém. cumulativo. . rugas profundas. o fotoenvelhecimento nada mais é que a superposição dos efeitos biológicos da radiação ultravioleta A e B (UVA. relacionado a fatores genéticos. inevitável. comum a todas as pessoas. Fotoenvelhecimento ou envelhecimento extrínseco: depende da relação entre o fototipo e a exposição à radiação solar. caracterizado por atrofia da pele e rugas finas. por afetar principalmente as fibras elásticas dérmicas. o escore para pele envelhecida é maior nos brancos e tabagistas. atualmente se sabe que os mecanismos celulares e moleculares são os mesmos.

não possuem um sistema reparo de DNA eficiente. a molécula fotossensibilizante sofre excitação pela absorção da radiação e sua espécie excitada é responsável pelos danos observados. Podem-se também observar outros tipos de lesões. o agente fotossensibilizante sofre excitação e transfere a energia de seu estado excitado para o oxigênio que.A luz solar e a pele A luz solar é composta por ondas eletromagnéticas com diferentes níveis de energia. agora como oxigênio singlete. essas radiações penetram diferentemente. No caso das reações fotodinâmicas do tipo 1. interagindo então como células da epiderme e da derme e dando origem a processos degenerativos. com ondas mais energéticas e de menor comprimento. em que se tem um fotossensibilizante endógeno livre. Na reação fotodinâmica do tipo 2. De acordo com as manifestações observadas. até o ultravioleta C. indo do infravermelho. muito mais significativas que as aparentes sardas e rugas precoces: alguns indivíduos. será o responsável pelos danos decorrentes. em condições determinadas por genética. atribuem-se diferentes graduações de foto envelhecimento: . denominadas reações fotodinâmicas dos tipos 1 ou 2. como no caso da porfiria. Ao alcançarem a pele. ou no caso de manifestações alérgicas ou foto tóxicas induzidas por medicamentos e cosméticos. Podem ocorrer através da ação direta sobre as estruturas celulares ou através de reações que envolvem agentes fotossensibilizantes. Os danos provocados por reações fotodinâmicas do tipo 1 podem ser muito graves. composto de ondas menos energéticas (maior comprimento de onda). Indivíduos com pouca e nenhuma proteção natural podem apresentar processos de alterações na produção de pigmentos (discromias) e envelhecimento precoce. além de maior incidência de tumores malignos de pele.

Nível 1 :      Alterações epidérmicas de pigmentação Alterações de textura Nível 2: Alterações epidérmicas e dérmicas Queratose actínica e seborréica Rugas Nível 3:     Rugas severas Coloração amarelada Comedões e poros dilatados Lesões malignas Figura 3 – Penetração dos raios do sol nas camadas da pele Fonte: http://velejar.com/2009/12/20/414/ Nesses processos de envelhecimento cutâneo ocorre uma alteração nas estruturas subcutâneas que determinam modificações nas propriedades biomecânicas da pele. . os principais parâmetros utilizados para a determinação do grau de envelhecimento são a rugosidade e a elasticidade do tecido analisado.wordpress.

o principal componente de ancoragem das fibrilas e responsável pela manutenção da estrutura papilar. Alterações visuais – Afinamento da pele. Diminuição de colágeno 4 . . formação de rugas. glucosaminoglicanas (moléculas que consolidam s fibras de colágeno e participam da hidratação) e tecido adiposo na hipoderme. Observam-se também hipertrofia do tecido elástico e desaparecimento das fibras oxitalânicas. Diminuição da filagrina (proteína de alto peso molecular.A análise de cortes histológicos da pele aponta para interessantes relações entre a exposição solar e o envelhecimento. que compõe os grânulos de querato-hialina. Alterações estruturais  Epiderme: Afinamento (sendo a epiderme mais fina na porção mais funda da ruga) – pode ser observado pela diminuição no número de camadas da epiderme. que forma uma rede organizada responsável pela estabilidade mecânica do tecido usada como molde para novas moléculas na regeneração tecidual.  Derme e hipoderme: Atrofia – redução dos teores de colágeno. rica em histidina. sendo a principal fonte dos aminoácidos que compõem o NMF) e da transglutaminase (conecta as proteínas da matriz macrocelular que compõem o envelope celular dos queratinócitos estratificados).  Junção dermoepidérmica: Diminuição do colágeno 7.

br/2010/06/28/pele-jovem-por-mais-tempo/ . isto é. Radicais livres e envelhecimento Radicais livres são átomos ou moléculas contendo um ou mais elétrons desemparelhados. Sob essa perspectiva o envelhecimento seria. São representados por um radical (R) com um ponto. Figura 4 – Processo de oxidação da pele Fonte: http://luxurylab. com aspectos característicos. assim chamados por terem o elétron desemparelhado localizado no átomo de oxigênio. que representa o elétron desemparelhado. pois a radiação UV provoca ainda alterações na expressão de colágeno 7. aumentando sua produção nos fibroblastos e reduzindo sua produção nos queratinócitos. o que o torna um alvo mais susceptível a lesões oxidantes. em comparação com o DNA nuclear. que possuem vida independente. A importância do DNA mitocondrial no envelhecimento reside na sua maior vulnerabilidade ao ataque dos radicais livres. que dependem do oxigênio para sua sobrevivência. em última análise. conseqüência de um processo de oxidação celular generalizado.com. São formados em todas as células aeróbicas. Os radicais livres de maior relevância biológica são os radicais livres de oxigênio.No fotoenvelhecimento observa-se ainda a hiperplasia do tecido elástico (elastose actínica).

Há coisas que você pode fazer para aumentar a produção de radicais livres e outras para limitá-las. cada vez que respiramos. uma alta ingestão de gorduras saturadas e hidrogenadas.Os radicais livres aparecem desde o primeiro instante depois do nascimento. radiação – a exposição excessiva à luz do sol – churrascos e carnes defumadas.com. poluição do meio ambiente. para formar uma dupla. Entre as que aumentam a formação dos radicais livres podemos incluir: Fumar. álcool. Elétrons. Ou pior: do núcleo. em que uma partícula fica girando sozinha. os poluentes.br/2009/06/radicais-livres. O que caracteriza um radical livre é o número impar de elétrons.blogspot. Mas agressões – a já mencionada radiação. drogas usadas na quimioterapia. de modo geral. aquelas partículas do átomo que ficam girando em torno do seu núcleo como planeta ao redor do sol. Pode sequestrá-lo da membrana celular. Depois de ter sido muito atacada. a molécula vai roubar um elétron do primeiro que encontrar pela frente. a célula fica velha ou doente. a ingestão de toxinas – podem multiplicar sua quantidade no corpo. o estresse. onde ficam os genes. por exemplo. Uma alimentação balanceada rica em alimentos de baixo valor calórico é importante para diminuir a produção de radicais livres e as frutas e verduras estão em primeiro lugar nessa lista de alimentos. só estão bem se têm um par. alimentos maturados e fermentados. estresse e alguns hormônios (o excesso de exercícios físicos também aumenta os radicais livres). . daí o envelhecimento ou Figura 5 – Estrutura de uma célula com um radical livre atuante Fonte: http://erickville. Quando isso não acontece – como no caso do radical livre.html câncer poderá se manifestar.

Quando a homeostase é perdida. Essa tendência faz parte do processo de evolução de todos os organismos multicelulares. a reprodução e o envelhecimento são etapas naturais da vida de cada espécie e ocorrem de forma sequencial e interdependente: o início da senescência é dependente da fase reprodutiva que. O conhecimento molecular das alterações funcionais que ocorrem com o avanço de idade é fundamental para que se possa compreender o processo do envelhecimento e definir intervenções estratégicas para aumentar a expectativa de . levando ao desequilíbrio do organismo como um todo. quando o organismo não consegue mais restabelecer o equilíbrio funcional.As fases da vida Todo organismo multicelular possui um tempo limitado de vida e sofre mudanças fisiológicas com o passar do tempo. ajustando processos metabólicos e fisiológicos em resposta ás agressões. que resultam em perdas funcionais progressivas dos órgãos e do organismo com um todo. por sua vez. é dependente do desenvolvimento. A velocidade de declínio das funções fisiológicas é exponencial. A morte ocorre em algum momento da senescência. ou envelhecimento. O envelhecimento é causado por alterações moleculares e celulares. é chamada de homeostase. isto é. a fase reprodutiva e a senescência. a ocorrência de perdas funcionais é acelerada com o aumento da idade. o desenvolvimento. a adaptabilidade do indivíduo ao estresse interno e externo decresce e aumenta à susceptibilidade a doença. A tendência normal do organismo de manter a estabilidade interna. A vida de um organismo multicelular costuma ser dividida em três fases: a fase de crescimento e desenvolvimento. com degeneração progressiva dos mecanismos que regulam as respostas celulares e orgânicas ás agressões externas. Assim. Fatores inerentes ao processo do envelhecimento determinam um limite na duração da vida de todas as espécies animais. Há um efeito cumulativo de alterações funcionais.

A ciência que estuda o envelhecimento. alguns antioxidantes. Sabe-se que existe uma correlação entre os efeitos acumulativos do aumento de radicais livres durante toda a vida e o envelhecimento. é chama gerontologia (geron = velho). magnésio e zinco. Dentre os nutrientes que apresentam a capacidade de minimizar esse fenômeno natural. A nutrição antienvelhecimento A nutrição tem impacto importante sobre o retardo do envelhecimento cutâneo. oleico e linoleico.vida e as chances de viver com qualidade a fase da senescência. É importante ressaltar que a simples reposição dessas substâncias não terá o efeito desejado se não forem associadas a uma alimentação balanceada. também sendo estudado na cardiologia. Exemplo bem documentado é o óleo de linhaça. composto da combinação de várias moléculas. Pelo contrário. alguns alimentos. devido a sua composição. que lhe conferem propriedades moduladoras da inflamação e formação de barreira cutânea. também apresentam propriedades terapêuticas. favorecendo o próprio processo de envelhecimento. exercícios físicos moderados e em um cenário o menos agressivo possível. D. A questão crucial que se coloca hoje para a pesquisa biomédica não é meramente conseguir adiar o envelhecimento e aumentar o tempo de vida humana. além de ácidos ômega 6. mas sim prolongar a vida com qualidade. sob seus múltiplos aspectos. horas adequadas de sono. . e os minerais: selênio. quando isolados e em excesso podem inclusive produzir mais radicais livres. principalmente o cutâneo. como ácido alfalinolênico. Além de vitaminas e oligoelementos. E) e hidrossolúveis (C). destacam-se vitaminas lipossolúveis (A. carências nutricionais podem acelerar o processo fisiológico do envelhecimento. portanto.

O licopeno. . auxiliando na prevenção da fotocarcinogênese. furúnculos. cenoura. A associação de antioxidantes. porém sem exercer efeito tóxico. o betacaroteno e carotenoides. como o tocoferol. O tocoferol. O uso desses compostos como fotoprotetores sistêmicos. Há também algumas evidências de que sua utilização interferiria na expressão da proteína p53. encontra várias evidências na literatura. iogurte. potente antioxidante. reduzindo o dano oxidativo UV induzido. acne e queda de cabelos. são ambos aprovados como alimentos funcionais por suas propriedades antioxidantes. brócolis. espinafre. importante mediador da inflamação UV induzida. No Brasil. auxilia no tratamento de abscessos. em doses de até 30mg/dia. A suplementação com luteína. demonstrou reduzir a inflamação UV mediada em modelo animal. leite e derivados. agrião. atua decisivamente na manutenção da barreira cutânea e diferenciação dos estratos córneos. Embora a pele contenha seu próprio sistema enzimático antioxidante. Quando isolada.  Betacaroteno: Presente na abóbora. Funções semelhantes à vitamina A. e em quantidades aumentadas (suplementação) pode exercer efeito tóxico. assim como a luteína. por sua vez. e óleo de linhaça foi observada na pele humana. Efeitos dos micronutrientes sobre a pele:  Vitamina A: Presente no fígado. com a idade verifica-se perda progressiva de sua efetividade. um carotenoide. couve. por via oral. damasco. em estudo com grupo-controle. com melhora significativa da rugosidade em relação ao controle. O caroteno oral também pode aumentar a expressão do procolágeno. é capaz de atenuar a inflamação por inibir a cicloxigenase 2 (COX-2). encontra grande evidência de literatura como antioxiante. Auxilia na síntese de novos tecidos.O ácido alfalinolênico é ácido ômega 3 que. juntamente com o acido ômega 6. batata doce. gema de ovo.

é necessário ficar atento. atua na formação de tecidos. agrião. Potencializa a troca de substâncias entre as células.  Vitamina E: Presente na castanha do Brasil. repolho. Protege a membrana celular e potencializa a ação da vitamina C. peixes. pimentão. germe de trigo. acerola.  Flavonóides: Presentes em vegetais. Vitamina C: Presente no abacaxi. favorece a renovação celular. participa do trabalho muscular. cenoura. caju. antioxidantes isolados. algas. Protege a pele da ação dos raios ultravioletas. Além disso. e grãos. cereais integrais. luteolina. abacaxi. salsão. preserva a estrutura dos fibroblastos e do colágeno. frutos do mar. A suplementação dos mesmos é importante. . dependendo de cada caso e pode sim ser utilizada. acabam sempre desempenhando um papel. ácido elágico) e capazes de sequestrar os radicais livres. onde diversos nutrientes atuam em sinergismo para determinada ação. tomate. morangos. óleo de coco extra virgem. mas vale lembrar que nutrientes isolados não possuem a mesma ação dos alimentos. morango. milho. leguminosas. reduz cicatrizes. castanha do Brasil.  Selênio: Presente em grãos integrais. dependendo da quantidade. leite e derivados. Protege as células dos radicais livres. pães integrais. tangerina. nozes. chás (verde e preto) e vinho tinto --> Aciona antioxidantes mais ativos (quercetina.  Magnésio: Presente nas nozes. Sabe-se que os nutrientes desempenham fator fundamental em diversos aspectos do nosso organismo. ostras. limão. mas seus efeitos nos processos de envelhecimento têm sido cada vez mais investigados e comprovados. estimula o sistema imunológico. evita a flacidez tecidual e o envelhecimento da pele causado pelo sol.  Zinco: Presente em carnes vermelhas. goiaba. Potencializa a ação das enzimas que combatem os radicais livres. laranja.

Atkins (Atkins Center). “Todos nós sabemos que é realmente muito difícil manter a linha e a aparência jovem. baseada especificamente na detecção precoce de doenças. John Salerno. osteoporose. De acordo com especialistas. Isso inclui tanto as condições estéticas como aumento de peso. doenças autoimunes. o testosterona. e as consequentes doenças relacionadas. é preciso um empurrãozinho na . Porém. curar ou reverter o processo do envelhecimento. do famoso Dr. perdem a capacidade funcional corporal e a imunidade. de Nova York. diminuem a disposição e energia para se exercitar. rugas e sulcos. prevenir. melatonina. Exames de sangue para detectar baixos níveis de determinados hormônios ou excesso deles. uma das pioneiras no Brasil. com o passar do tempo. sem os exercícios físicos. diabetes. tudo isso faz parte do dia-a-dia da medicina preventiva anti-aging. através do equilíbrio geral do corpo e do sistema nervoso. quantidade de nutrientes no sistema sanguíneo. estrogênio. por exemplo. bem estar e rejuvenescimento. 90% das doenças em adultos são consequência do processo de degeneração causado pelo envelhecimento. obesidade. colesterol alto. Um dos benefícios dos tratamentos da Medicina Preventiva Anti-Aging é a promoção do emagrecimento saudável. especialista que trabalhou com o famoso do Dr. como o aumento do peso. análise dos hormônios da tireóide. filiada ao The New York Institute for Preventive Medicine e ao Salerno Center. cânceres. E é aí que entra a Medicina Preventiva Anti-Aging e os tratamentos oferecidos em clínicas como a RenuLife. glaucoma e o Alzheimer. prevenção do envelhecimento e tratamentos de emagrecimento. como doenças do coração. stress crônico. Nos EUA. a prática já é reconhecida e utilizada por um público que acredita que a prevenção é o melhor remédio.Medicina Preventiva Anti-aging Esta é uma nova especialização mundial que entra para detectar. Tudo começa a partir dos trinta anos. É uma nova e profunda quebra de paradigma na maneira de se tratar as doenças humanas. quando homens e mulheres passam a sentir dificuldade em perder peso. pressão alta.

consumo de produtos integrais. uma das adeptas a nova especialização médica. pois podem conter alto índice de radicais livres. melhorando o aspecto da pele. nozes e amêndoas são boas fontes de minerais. Estas raízes condimentadas podem promover uma melhora no sistema digestivo e circulatório. de 1994. existem alguns alimentos importantes a serem incluídos em uma dieta saudável. Abacate Boa fonte de vitamina E e gordura monoinsaturada.837 mulheres. cobre e selênio. Gengibre pode aliviar as dores reumáticas e a cúrcuma. mostraram que aquelas que consumiram alho pelo menos uma vez por semana. diminuir o consumo de sal e açúcar. protege o corpo contra o câncer de esôfago. Todas as frutas vermelhas como mirtilho. sugeriu que alho diminui os níveis de colesterol e o afinamento do sangue. com 41. na Índia. Um dos estudos. rabanete. o melhor é comê-los crus ou levemente cozidos. couve de Bruxelas. Além disso. a couve-flor. conforme estudos recentes. Vitamina E também previne os calores repentinos da menopausa. Mulheres na menopausa podem encontrar na soja uma maneira de manter os Frutas Vermelhas Brócolis e Couve-flor Alho Gengibre e Cúrcuma Sementes Oleaginosas Soja . Também é rico em potássio que previne a retenção de líquidos e controla a pressão arterial. causadores do envelhecimento. zinco. brócolis. frutas frescas e vegetais. realizado em Iowa. O consumo deve ser de 100 g de qualquer um dos vegetais diariamente. Esses vegetais ajudam o corpo a lutar contra toxinas. Adicioná-los em saladas e receitas diversas. que ajuda a reduzir os níveis de colesterol ruim e pode manter a pele saudável e prevenir o envelhecimento precoce. magnésio. Estar 5-10% abaixo do peso ideal é uma boa meta para um peso anti-idade.energia para seguir um programa de emagrecimento e é exatamente isso que a Medicina Preventiva Anti-Aging faz”. Diversas pesquisas mostram que comer um dente de alho por dia (cru ou cozido) ajuda a proteger o corpo contra o câncer e as doenças cardíacas. óleo de peixe. eram 50% menos sujeitas a desenvolver câncer de cólon. para manter as enzimas importantes do alimento. são ricos em potássio. nabo. defende apresentadora Solange Frazão. pode contribuir para o bom funcionamento digestivo e do sistema imunológico. com redução significativa de risco de doenças cardíacas. de Tasgore Medical College. Se possível. Outro estudo. EUA. Dica: não coma sementes envelhecidas ou rançosas. A castanha do Pará. poderosos antioxidantes que protegem o corpo contra os estragos causados pelos radicais livres. Embora sejam calóricos. amoras e uvas vermelhas contém fito químicos conhecidos como flavonóides. de idades entre 55 e 69. A família de vegetais de caule inclui o repolho. ferro. Top 10 Dieta Anti-aging As regras gerais da dieta Anti-aging são: baixo consumo de colorias e gorduras saturadas.

A Soja contribui para aliviar os sintomas indesejados desta fase. zinco e vitamina E. de vegetais.540 unidades. Macarrão e arroz integral Os carboidratos complexos são boa fonte de energia durante o dia e devem ser incluídos na dieta.540 1.036 1. que quer dizer Oxygen Radical Absorbance Capacity (Capacidade de absorção do oxigênio do radicais livres). picles.260 .000 unidades ORAC por dia. Dica: procure por produtos de soja fermentados. osteoporose e doenças cardíacas. além de protegê-las do mal de Alzheimer. Dica: não espere ter sede para tomar água.níveis de estrogênio. 1/2 xícara de morangos. Também é possível ter os benefícios dos líquidos através da gelatina. sendo indicado processá-los juntos em um suco. tais como as ondas de calor. Arroz negro também é uma boa fonte de carboidratos. Melancia Água Cientistas da USDA (Departamento de Agricultura dos EUA) desenvolveram uma escala para medir os níveis de antioxidantes de vários alimentos. Eles descobriram que uma pequena quantidade de “Super alimentos” têm 20 vezes mais poder antioxidante do que outros alimentos. A melancia protege o corpo contra a ação dos radicais livres e o envelhecimento precoce. com alta concentração de fibras e vitamina B. B e C. quanto à semente. vitaminas com leite desnatado. perder peso e se manter jovem. Produtos integrais como o macarrão e o arroz são excelentes fontes de energia e de fibras. A Água ajuda na hidratação e a se livrar das toxinas. já que a sensação diminui com a idade. que contém selênio. de fácil digestão e com maiores propriedades nutricionais. água com gás e chás. Tanto o fruto.770 2400 2. contém 1. por exemplo. que contém vitamina A. Beber pelo menos 8 copos de água todos os dias é o melhor caminho para se manter saudável. A escala se chama ORAC. são nutritivas. além de conter duas vezes mais ferro do que o não integral. alface e tomates. É recomendado o consumo de alimentos que contenham pelo menos 3. Veja a pontuação de alguns alimentos: Alimentos Cacau Puro Ameixas Mirtilho Amoras Morangos Espinafre Pontuação ORAC 13. Beba líquidos como sucos de frutas. ou seja.000 5. sopas. Fique atento também se o produto foi geneticamente modificado. gorduras essenciais.

segundo o cardiologista. que indica as proporções de consumo diário para cada grupo de nutrientes. ao envelhecer. as gorduras ficam no topo da pirâmide: significa que devem ser ingeridas nas menores quantidades diárias.uol. A ação anti-inflamatória do ômega 3 já foi comprovada.br/equilibrioesaude/1084102-medica-propoemudanca-alimentar-para-retardar-envelhecimento. ANTIOXIDANTES Outro ponto da dieta antienvelhecimento proposta por Aun é aumentar a reserva de antioxidantes. Luciana Aun. As consequências não são só estéticas: os pneuzinhos também aumentam o risco de doenças cardiovasculares. moléculas relacionadas aos processos degenerativos do organismo. a pessoa mude essa proporção.com.” O problema. facilitam a fabricação e o transporte de hormônios.folha. especialmente as ricas em ômega 3.com. do Instituto Dante Pazzanese Cardiologia. “As gorduras não podem passar de 35% do total de alimentos consumidos ao dia. .shtml “Gorduras boas. Demais.Pirâmide de alimentos anti-aging http://www. até mesmo gordura boa faz mal. é que o nutriente altamente calórico (um grama tem nove calorias) aumenta também gordurinhas que ninguém considera do bem. http://www1. substâncias que combatem os radicais livres. médica cirurgiã e autora de "Segredos do Antienvelhecimento" defende que. sem causar inflamação”. como aquelas ao redor da cintura. diz. Mas os argumentos não são suficientes para aumentar o consumo do nutriente. na opinião do cardiologista e nutrólogo Daniel Magnoni.br/v2/beleza/402-anti-aging-noemagrecimento-saudavel No esquema da pirâmide alimentar tradicional. E as gorduras são mesmo importantes para o trabalho hormonal. Ela propõe uma mudança na tradicional pirâmide alimentar.toquefeminino.

segundo seu mecanismo de ação. o corpo não quer só comida. pois podem ser úteis como coadjuvantes ao tratamento clínico medicamentoso.Para melhorar o aproveitamento dos antioxidantes fornecidos pelos alimentos. no preparo da pele para procedimentos e na manutenção de resultados. para facilitar o trabalho de digestão. a médica sugere que eles sejam consumidos em forma líquida pelas pessoas mais velhas. Os dermatologistas devem conhecê-los. “Não adianta comer tudo certinho se você vive estressado ou deprimido”. o que vai de encontro à ansiosa busca pelas “novidades”. não controlados. ou seja. constituem uma classe de produtos tópicos situados. é o marketing agressivo antes de estudos clínicos controlados. que também colocou a atividade física e a meditação em sua pirâmide. porém. Mecanismos de ação hipotéticos para uso clínico. entre os cosméticos e os produtos farmacêuticos (medicamentos). diante das novidades. em relação ao princípio ativo ou ao produto final: 1. de procurar referências e analisar com crítica e cuidado os resultados publicados. É necessário ter em mente que “nem sempre o novo é o melhor” e que há necessidade. A indústria cosmética os define como produtos cosméticos que proporcionam benefícios “semelhantes” aos dos medicamentos. A crítica ao grande número de produtos cosmecêuticos colocados constantemente no mercado. existência só de estudos in vitro ou estudos clínicos abertos. para envelhecer bem. Dúvidas e controvérsias sobre alguns cosmecêuticos. diz Aun. Envelhecimento cutâneo e o papel dos cosmecêuticos Cosmecêutico é um termo ainda não reconhecido pelas agências regulatórias de drogas. E lembrar que. são ativos .

portanto. 4. Formas sem ou com menor efeito biológico – exemplos: retinil palmitato como 3. desde que presentes em concentrações adequadas. 6. Diferentes hipóteses para o mecanismo de ação que. 5. que deve ser um citotransmissor na regulação das funções celulares ou teria receptores nos fibroblastos. caso das moléculas sensíveis à luz e ao oxigênio que. niacinamida. não neuronal. peptídios. na pele.considerados promissores. Penetração duvidosa através da camada córnea. que deve estar na forma de L-ácido ascórbico. sem qualquer tipo de estudo específico – 8. Ensaios clínicos realizados com o produto final que contém associação de ativos novos com outros de eficácia comprovada – exemplos: madecassoside ou TGF-β1 associados ao L-ácido ascórbico. ascorbil ou ascorbato como vitamina C. porém em concentração muito inferior à demonstrada nos estudos in vitro para ter eficácia ou concentração não revelada – exemplos: retinol. Produtos já disponíveis com ativos promissores. Estabilidade e disponibilidade das substâncias da produção até a pele – é o 2. retinol. vitamina C. devido ao peso molecular elevado – exemplos: coenzima Q10 ou ubiquinona ou idebenona. exemplo: neurocosméticos. entre outros. como a genisteína. ácido alfa-lipóico. botânicos antioxidantes. permanece desconhecido – exemplo: DMAE ou dimetilaminoetanol que atuaria sobre os músculos dérmicos. fator de crescimento TGF-β1. Mecanismos de ação hipotéticos. Exemplos: retinol. diminuindo a sua contração ou bloquearia a acetilcolina livre. 7. na dependência da embalagem e como foram manipuladas. poderão não atingir o tecido alvo em forma biologicamente ativa. vitamina C. Prevenir e tratar .

Normalmente utiliza-se a isoflavona e o extrato glicólico de soja que ajudam a suprir a falta de hormônio feminino na pele. oligoelemento essencial para o organismo.O tratamento do envelhecimento cutâneo passa pela observação dos fatores envolvidos no seu desenvolvimento. confere maior firmeza a elasticidade à pele. rugas leves e previne o aparecimento de queratoses e câncer de pele. Além disso. Na prevenção do fotoenvelhecimento o filtro solar de amplo espectro. As vitaminas antioxidantes. aumento a síntese de colágeno e diminuição da massa elastótica. como a vitamina C e a vitamina E. que. Isso ocorre porque a tretinoína ou ácido retinóico promove uma compactação da camada córnea. somada aos benefícios dos filtros solares. pelo seu efeito hidratante. fotoenvelhecimento. Outra classe de princípios ativos muito úteis no tratamento do envelhecimento da pele é a dos fitoestrógenos. Sabe-se hoje que seu uso precoce e continuado evita o dano cumulativo e previne o envelhecimento actínico. como envelhecimento cronológico. linhas de expressão. A tretinoína continua sendo o tratamento tópico mais conhecido e embasado para o fotoenvelhecimento. uma diminuição da atipia celular e normalização do número e da atividade dos melanócitos. Atua também na derme promovendo o aumento do colágeno tipo VII. Estas formulações agem melhorando a hidratação e a elasticidade da pele. melhora também a formação de colágenos. utilizado a longo prazo. angiogênese. flacidez. são benéficas tanto por via sistêmica como tópica e além do efeito antioxidante apresentam ação fotoprotetora discreta. a proliferação da camada espinhosa. antioxidante e renovador celular. suavizando as rugas. agindo nas diversas camadas da pele. . Age estimulando a atividade dos fibroblastos e a produção de colágenos. o cobre. também vem sendo empregado no combate ao envelhecimento. diminui o número de manchas. Muitos princípios ativos vêm sendo empregados para diminuir os efeitos do tempo na pele.

Quanto mais profundo for o peeling. O envelhecimento celular cutâneo pode ser prevenido através do consumo e absorção de nutrientes antioxidantes. Os antioxidantes podem ser usados para a prevenção do envelhecimento cutâneo.Todos estes princípios ativos citados são utilizados. sejam elas homens ou mulheres e dos médicos dermatologistas e geriatras. já que. promovendo uma renovação e regeneração da mesma. de acordo com a profundidade com que são realizados. que protejam contra os raios UVA e UVB. Não se pode esquecer as várias técnicas de cirurgia plástica. são mais indicados. porém eles são os mais profundos e os que garantem um rejuvenescimento cutâneo marcante e duradouro. No entanto. capazes de atenuar rugas e eliminar sobras de pele e flacidez. Estes podem agir diretamente na neutralização da ação dos radicais livres gerados pelo metabolismo celular ou por . Como regra “básica” devemos preferir os filtros com FPS 30 ou maior. qualquer tratamento de rejuvenescimento obrigatoriamente começa com filtro solar. Em casos de rugas profundas e elastose solar. A recuperação no tratamento com esses peelings são mais demoradas. porém. há outras alternativas mais invasivas e muito efetivas no tratamento do envelhecimento cutâneo. na maioria dos casos. como o lifting e a blefaroplastia. Outra opção muito utilizada para correção de sulcos é o preenchimento cutâneo. mais efetivo contra o fotoenvelhecimento. Os peelings químicos são capazes de remover parte da pele. no qual são utilizados diversos preenchedores. torna-se mais presente no dia-a-dia das pessoas. a cada dia. o objetivo da maioria de seus pacientes é a atenuação e o retardamento da velhice. como os peelings. os peelings profundos. principalmente à base de ácido hialurônico. Sabendo-se do papel do sol no envelhecimento da pele. cremes e loções. para o tratamento tópico. como o fenol e o resurfacing com laser de CO2. sob a forma de géis. Tratar o envelhecimento é um desafio.

CONCLUSÃO Existem muitas classes de ativos antienvelhecimento que podem ser incorporados aos cosmecêuticos. desde que considere-se a biodisponibilidade e que não atinja o limiar pró-oxidante. os carotenóides. tais como: . C e E. mas agem sinergicamente. evitando a perda da integridade celular que favorecem o envelhecimento cutâneo. Trabalhos evidenciam que os antioxidantes não atuam sozinhos. flavonóides e o selênio e seu potencial antioxidante na prevenção do envelhecimento da pele. O consumo de nutrientes antioxidantes em suplementos orais podem ser eficazes. A alimentação rica em frutas e hortaliças pode garantir o consumo de antioxidantes para prevenção do envelhecimento cutâneo.fontes exógenas. Fontes antioxidantes: vitaminas A. com possibilidade de benefício clínico.

aumentar a síntese do colágeno e elastina dérmicos: pelo tratamento clínico tópico (drogas. cosmecêuticos e cosméticos) e. pelo uso diário e contínuo de filtros solares de amplo espectro (UVA e B). Elaine C. 97-102. propriedades terapêuticas sobre os sinais de fotoenvelhecimento. de O. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS GUIRRO.carotenoides . Este estudo demonstrou que a associação de óleo de linhaça. minerais. os cosmecêuticos constituem um enorme campo aberto à pesquisa clínica que deveria ser uma exigência dos dermatologistas antes de adotá-los nas suas prescrições. Também neutralizar radicais livres. são pouquíssimos os estudos clínicos controlados. de eficácia ainda não suficientemente comprovadas. esses produtos podem ser úteis e parecem não causar efeitos adversos. sistêmico. Fisioterapia dermato-funcional: fundamentos.licopeno. roupas e uma real mudança de comportamento em relação à exposição ao sol. botânicos. seguidos pela utilização dos procedimentos cosmiátricos e eduzir a glicação do colágeno: pelo uso de produtos tópicos. recurso. através de manutenção da barreira cutânea com higiene e hidratação adequadas e fotoproteção.vitamina E. De qualquer forma. Vitaminas e compostos naturais possuem. SP: Ed.vitaminas. É sabido que o modo mais eficaz de combater o fotoenvelhecimento é a prevenção contra o dano causado pela radiação UV A e B. uma vez que não existem estudos clínicos controlados publicados. mas também por aumento da colagênese. Alguns alimentos podem ter valor terapêutico na abordagem do fotoenvelhecimento. No entanto. . em uso oral. peptídios e fatores de crescimento. com o uso de antioxidantes tópicos e sistêmicos. Barueri. como uso de chapéu. Manole Ltda. associado a medidas complementares. se possível. Portanto. 2002.zinco e selênio possivelmente melhoram os sinais de envelhecimento não somente por mecanismos antioxidantes e anti-inflamatórios. Para prevenir o envelhecimento cutâneo precoce é preciso impedir a penetração das radiações UVA e B. Pags.

8. 17. Cláudio. p. O envelhecimento intrínseco. HARRIS. 1996. Acesso em 13 nov. BAGATIN. propriedades e envelhecimento. 2012. Pele: estrutura. Elaine C.net/novo/estetica/est_fotoenv. Pags. Maria Inês N.pdf>. Ano V. São Paulo: Ed.com.br/Tccs/IvoneteSilva/tcc. Natália. p.139-145. Segredos da boa pele: preservação e correção. Senac. Prevalência de quedas em indivíduos com idade superior a 60 anos. Fisioterapia em estética: fundamentos. 2003. Disponível em <http://dermatologia. São Paulo: Pharmabooks.com. de O. 1998. RIBEIRO.br/pdf/envelhecimento_cutaneo.34-50. São Paulo: Unifesp. ed. Flávia A. 2. São Paulo: Ed. Cosmetologia aplicada à dermocosmética. Manole. São Paulo: SENAC. recursos e patologias. 2012.pdf>. Acesso em 12 nov. LIMA.UNISUL.pdf>. nº 17. 2006. S. Envelhecimento Precoce. Boletim Dermatológico UNIFESP: Envelhecimento Cutâneo. Acesso em 13 nov.unisul.Universidade do Sul de Santa Catarina. e ampl. Pags 129-136 e 153-159.php?option=com_content&view=article&id=94:antienvelhecimento&catid=3:newsflash&Itemid=488. 1992.mx/redalyc/pdf/2655/265519582002.uaemex. de C. Disponível em < http://www. Artigo disponível em < http://redalyc. 2012. RIEGER. Otavio R. ADDOR. Ivonete.4. Acesso em 13 nov. Roberto B.shtml>. Abordagem nutricional do envelhecimento cutâneo: correlação entre os efeitos em fibroblastos e os resultados clínicos.. Cosmet. TCC . 2012. . v. Nutrição Antienvelhecimento. p.cenir. M. Acesso 10 nov. Disponível em http://www.54. MACEDO.ncnutre.GUIRRO. 2012. Toiletr. n.br/index. COLOMBO. rev. Tubarão/SC. E. 2008. Disponível em <http://www.fisio-tb. SILVA.

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->