A proposição – Canto I (estâncias 1 a 3

)
A proposição corresponde às três primeiras estrofes d’ Os Lusíadas e pode dividir-se em duas partes:

 Estrofes 1 e 2: O poeta anuncia o propósito de cantar e glorificar os portugueses que se distinguiram na conquista da terra e do mar:

O que o poeta se propõe fazer
Cantando espalharei por toda a parte

O que o poeta se propõe fazer
Se a tanto me ajudar o engenho e arte

Os heróis do seu canto
As armas e os Barões assinalados As memórias grandiosas Daqueles Reis E aqueles que (…) se vão da lei da Morte libertando

As ações dos heróis

Passaram além da Taprobana (…) E entre gente remota edificaram Novo Reino

Foram dilatando a Fé, o Império, e as terras viciosas de África e de Ásia andaram devastando

Obras valerosas

 Estrofe 3: O poeta compara os heróis da Antiguidade que se distinguiram pelas suas navegações (Ulisses e Eneias) e vitória (Alexandre e Trajano) com heróis portugueses, aqui sintetizados como “o peito ilustre lusitano”. Os portugueses saem vencedores deste confronto.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful