IMUNIDADE INATA (NATURAL) OU INESPECÍFICA

químico físico biológico Inata ou Inespecífica .SEM MEMÓRIA .IMUNIDADE IMUNIDADE: é o mecanismo de defesa por ação do sistema imunológico com o objetivo de eliminar um agente agressor.SEM ESPECIFICIDADE IMUNIDADE .TEMPO DE RESPOSTA IMEDIATA e CONSTANTE Adquirida ou específica .ALTA ESPECIFICIDADE .COM MEMÓRIA .RESPOSTA EFICIENTE APÓS CONTATO COM ANTÍGENO (ATIVAÇÃO) .

Imunidade Inata ou Inespecífica Resistência Inespecífica à Doenças apresenta 2 linhas de defesa: 1ª linha de defesa: Pele. células fagocitárias. Mucosa e secreções 2ª linha de defesa: defesas internas como proteínas antimicrobianas internas. células citotóxicas naturais e inflamação. .

suco gástrico e excreções como a urina. descamação epitelial.secreções como lágrimas. espirros e tosse. pêlos. nariz (pêlos).1ª linha de defesa inespecífica Pele: camada de queratina. vias aéreas (cílios). secreção vaginal. Túnicas mucosas: muco. saliva. glândulas sebáceas e a transpiração (lisozimas) são barreiras mecânicas e químicas que impedem a entrada de agentes agressores. .

Os tecidos apresentam ainda macrófagos fixos em tecidos específicos como as células dendríticas na mucosa. . atrair os fagócitos e os leucócitos para o tecido infectado ou lesionado (inflamação). Principal função é a de indicar a presença de agente agressor. Os Linfócitos NK atacam células que apresentam proteínas anormais na membrana plasmática (antígenos). células de Kupffer no fígado.2ª linha de defesa inespecífica Mastócitos: são células presentes no tecido conjuntivo das mucosas. Células Citotóxicas Naturais (Linfócitos NK) “natural killers”: são linfócitos que têm a capacidade de matar microrganismos e células tumorais. trato respiratório. os macrófagos alveolares nos pulmões e as células da micróglia no tecido nervoso. realizam a destruição celular liberando perforinas. Fagócitos: os dois principais fagócitos são os neutrófilos e os macrófagos (monócitos) que são os macrófagos nômades. gastrointestinal e pele.

C3a e C5a) normalmente inativas no plasma sanguíneo e nas membranas plasmáticas quando ativadas por toxinas ou restos celulares intensificam certas reações imunes como a quimiotaxia dos macrófagos e a opsonização dos leucócitos. .Sistema do complemento (complemento) é um grupo de + 30 proteínas (C3b.Proteína C reativa: proteína produzida no fígado e realiza a opsonização (antígeno – macrófago) .Interferons (fibroblastos.2ª linha de defesa inespecífica Proteínas antimicrobianas presentes no sangue e nos líquidos intersticiais que impedem o desenvolvimento de microrganismos: . macrófagos e linfócitos infectados por vírus produzem essas proteínas) .

Sistema complemento ativado .

Sinais de inflamação: os cinco sinais de inflamação são vermelhidão.Inflamação Inflamação: é a resposta do nosso organismo frente ação danosa em nossos tecidos realizada por agente agressor. . dor. calor. inchaço e produção de pus com perda da função tecidual.

3.Inflamação apresenta 3 estágios: 1.Emigração dos fagócitos (pus). cininas e prostaglandinas). .Vasodilatação e aumento da permeabilidade dos vasos sanguíneos (histamina. 2.Reparo tecidual.

Crônica (processo inflamatório por muito tempo) .INFLAMAÇÃO Aguda (processo rápido e de alta intensidade) Inflamação.