ESCOLA BÁSICA SECUNDÁRIA DE VILA FRANCA DO CAMPO

ANO LETIVO 2012/2013

CURRÍCULO ESPECIFICO INDIVIDUAL
Portaria n.º 60/2012, de 29 de maio
Entende-se por currículo específico individual no âmbito da educação especial aquele que: 1) mediante o parecer do conselho de núcleo ou conselho de turma substitui as competências definidas para cada nível de educação e ensino; 2) pressupõe alterações significativas no currículo comum podendo as mesmas traduzir-se na introdução, substituição e ou eliminação de objetivos e conteúdos em função do nível de funcionalidade da criança ou jovem; 3) inclui conteúdos conducentes à autonomia pessoal e social do aluno, ao desenvolvimento de atividades de cariz funcional centradas nos contextos de vida, à comunicação e à organização do processo de transição para a vida pós escolar; 4) os currículos específicos individuais desenvolvem-se no âmbito das turmas do ensino regular ou em unidades especializadas com currículo adaptado. 5) compete ao Conselho Executivo e ao Núcleo de Educação Especial orientar e assegurar o desenvolvimento dos referidos Currículos.

1. Identificação do Aluno Nome:

                                 

2. Ambiente Educativo
GESTÃO CURRICULAR, EM CONTEXTO DE: Unidade Especializada com OCUPACIONAl/ programa Currículo Adaptado (UNECA) ocupacional SÓCIO-EDUCATIVA/ programa sócioeducativo DE programa Despiste TRANSIÇÃO e Orientação PARA A VIDA Vocacional ACTIVA Programa de pré profissionalização DE EDUCAÇÃO DE ALUNOS SURDOS DE EDUCAÇÃO DE ALUNOS CEGOS E DE BAIXA VISÃO DE EDUCAÇÃO DE ALUNOS COM PARALISIA CEREBRAL OU MULTIDEFICIÊNCIA DE EDUCAÇÃO DE ALUNOS COM PERTURBAÇÃO DO ESPECTRO DO AUTISMO
1

TURMA DO REGULAR Outras:       TIPOLOGIA DE CONTEXTO DE TURMA DE REGULAR Pré-escolar 1.º Ciclo 2.º Ciclo 3.º Ciclo Secundário Outra:

3. Regime de Inclusão:
Espaços sociais da Escola Parcial Total 4. PLANO CURRICULAR: descrição de Áreas Curriculares e Conteúdos Adequados ao Aluno 4.1 Competências/objetivos a atingir em as áreas de desenvolvimento Cognitivo integrado 25% 50% 70%

4.2 Competências/objetivos decorrentes de alterações significativas no currículo Comum, por introdução, substituição ou eliminação 4.3 Competências /objetivos a atingir em áreas de funcionamento pessoal e social

4.4 Competências/objectivos a atingir em as áreas pré-vocacionais/préprofissionalizantes

5. Identificação de Meios Humanos (modalidades e formato de intervenção especifica)
Técnico em intervenção
Modalidade de Intervenção Directa Indirecta Plano de Intervenção Individua l Grupo Carga Horária Semanal

Docente(s) da Turma de Inclusão Docente do Núcleo de Educação Especial Docente de Teatro Docente de Música/Expressão Musical Docente de EVT Docente EF Docente de Apoio 2

Formador de LGP Terapeuta de Fala Psicóloga Fisioterapeuta Quiroprático Psicomotricista Monitor de Hipoterapia Monitor de Hidroterapia Outros:      

6. Identificação de Meios Materiais (específicos/adaptados)
Próteses visuais Próteses auditivas Próteses motoras Cadeiras adaptadas Andarilhos Materiais corte, pintura e escrita adaptados (ex. tesouras que abrem automaticamente,…) Computador e software educativo específico Hardware adaptado (ratos…) TV e Vídeo Material de estimulação sensorial visual Material de estimulação sensorial auditiva Material de estimulação sensorial motora Quadros de comunicação alternativa Software educativo específico de comunicação alternativa Imagens Cartazes Organizadores de informação (ficheiros, dicionários ilustrados…) Outros jogos didácticos Livros/Material escrito ampliado Guiões de trabalho Fichas de trabalho Fichas de registo (comportamentos, auto-avaliação…) Outros:      

7. Metodologias e Estratégias

8. Normas de Avaliação da Aprendizagem
Sistemas de avaliação Pré-estabelecimento de indicadores de critérios de eficácia no PEI Avaliação contínua Avaliação qualitativa Não está sujeito a regime de transição Outras:       Condições especiais de avaliação Dispensa de provas sumativas internas e externas Avaliação oral/gestual com registo docente Produtos diários dos alunos constituirão os elementos base da sua avaliação Desempenhos Observáveis diários dos alunos constituirão os elementos base da sua avaliação Outras:       3

Momentos de avaliação Anualmente proceder ao acompanhamento da eficácia da implementação do PEI (em relatório) Anualmente proceder ao registo qualitativo das competências específicas adquiridas pelo aluno
relatório)

(em

Outras:      

9. Observações

Data: Os Responsáveis pela Execução: Docente do Núcleo de Educação Especial ______________________________________ (     ) Docente titular da turma ____________________________________ (     ) ____________________________________ (     )

______________________________________ (     )

Com o devido conhecimento e anuência do: Encarregado de Educação _______________________________________________ Outros Intervenientes no processo Educativo do(a) discente: ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________

Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico - convertido pelo Lince.

4

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful