You are on page 1of 100

A Senhora É um Remendo Um Romance de Argeneau

Lynsay Lixa

Conteúdo

Um

Dois

Três

Quatro

Cinco

Seis

Sete

Oito

Nove

Dez

Onze

Doze

Treze

Quatorze

Quinze

Dezesseis

Dezessete

Dezoito

Dezenove

Um Trecho de "O Presente"

Sobre o Autor

Por Lynsay Lixa

Copyright

Sobre a Editora

Um

“Último dia, Fred,” Jeanne Louise comentou, oferecendo um sorriso para o guarda como ela abordou a estação de segurança. O homem mortal trabalhou a saída da divisão de ciência de Empreendimentos de Argeneau por quase cinco anos agora e estava sendo girado fora para outra área para o prevenir de notar que muitos membros do pessoal não envelheceram. Ela faltaria Fred. Ele tem sido um rosto sorridente a desejando um boa noite e perguntando sobre sua família por muito tempo. “Sim, Senhorita Jeanie. Último dia aqui. Fora para um dos bancos de sangue semana que vem.” Jeanne Louise movimentou a cabeça, seu desvanecimento de sorriso ligeiramente e expressão sincera à medida que ela disse, “Eles serão sortudos para ter você lá. Você será faltado.” “Eu faltarei todos vocês também,” ele solenemente a assegurou, caminhando em torno do contador para a porta para destrancar isto para ela. Ele empurrou abrir então e segurou isto, lateralmente girando deixar ela deslizar passado à medida que ele disse, “Noite, Senhorita Jeanie. Você aprecia o fim de semana longo agora.” “Eu irei. Você também,” ela disse, sorrindo um pouco em seu chamando sua Senhorita Jeanie. Ele sempre fez ela sentir como uma criança . . . que era impressionante desde que ele estava só em seu tarde cinqüenta e ela era mais de quarenta anos mais velhos que ele era. Não que ele acreditaria nisto. Ela não examinou vinte e cinco. Era um dos benefícios a estar um vampiro, ou imortal, como os temporizadores velhos preferidos ser chamados. Existiam muitos tais benefícios e ela era agradecido para todos. Mas ele não a parou de parecer ruim para mortals, que não apreciou aqueles benefícios. Grande, uma culpabilidade-montado vampiro, ela pensou esquisitamente e deu uma risada no clichê. Próxima ela seria ânsia montada, mopey e lamentoso sobre sua vida longa. “Sim, não vá acontecer,” Jeanne Louise muttered com diversão e então glanced ao redor no som de uma pedra skittering em pavimento. Localizando um dos sujeitos da divisão de sangue entrando a garagem de estacionamento atrás dela, ela ofereceu um aceno com a cabeça e então girou adiante novamente para fazer seu caminho para seu carro. Deslizando em seu conversível, ela começou o motor e depressa voltado fora para encabeçar fora da garagem, ela se importa distraído com considerar se ela devia ficar acordada e cuidar de algumas tarefas hoje, ou só vão para casa para a cama. Isso era um problema com ser um vampiro, Jeanne Louise reconheceu como ela girou fora da garagem e recomeçou atividades a rua. As horas eram fora de-condição com o resto do mundo. Ela troca geralmente concluído às 7 DA MANHÃ, mas ela ficou atrás de acabar por quando os outros partiram. Era agora 7:30, que significaram que apresentar algumas daquelas tarefas que ela estava pensando sobre, ela teria que ficar acordado para outras duas horas e então cabeça fora para aqueles lugares que não estava ainda aberta. Debaixo de uma quente, batendo sol. Francamente, naquele momento, ficando acordado outras duas horas eram um pensamento exaustivo. Casa para a cama, Jeanne Louise decidiu, levando uma mão fora do volante abafar um bocejo como ela diminuiu a velocidade para uma parada em uma luz vermelha. Ela só viria para uma parada quando movimento em seu rearview espelho pegou sua atenção. Glancing em direção a isto nitidamente, Jeanne Louise pegou um vislumbre de uma escuridão forma aparecendo no backseat e então som de um silvar era acompanhado por uma dor afiada súbita em seu pescoço. “O que a—?” Ela agarrou seu pescoço e começou a girar no som da abertura de porta de parte de trás e conclusão. Entretanto sua própria porta estava abrindo e a figura escura estava alcançando passado ela para trocar o carro em parque. “O que?” Jeanne Louise muttered, frowning na palavra adulterada e o quão lentos seus processos pensados de repente parecidos. E então o homem era scooping ela até a trocar no passageiro acomoda e corrediço na cadeira do motorista ele mesmo. A vista começando a obscurecer, Jeanne Louise assistiu ele trocar o carro de volta em dirigir, e então ela perdeu consciência. Jeanne Louise mexeu com sono e experimentada para girar sobre seu lado, mas carranca que ela achou que ela não podia. Abrindo seus olhos, ela olhou fixamente para a despesa de teto, notando que era um branco claro, não a rosa pálida de seu quarto em casa e então ela tentou se sentar em cima e

recordou o que a despertou. Ela não podia mover. Porque ela era contida, Jeanne Louise viu, boquiabertas abaixo nas cadeias riscando seu corpo de seus ombros até seus pés. Bom Senhor. “É aço. Você não poderá quebrar isto.” Jeanne Louise glanced nitidamente na direção a voz veio de, ela olha corrediço acima de que era um quarto muito pequeno, todo branco com nada além da cama ela deita em. A única coisa interessante lá com ela era o homem que a endereçando da entrada. Ele não era demais alto, talvez quatro ou cinco polegadas mais altas que suas próprios cinco pés seis, mas o homem era construído com ombros largos e uma cintura estreita. Ele também era bastante atraente em uma maneira de menino da casa ao lado, com cabelo marrom, uma mandíbula de praça, e olhos uns mais brilhantes verdes que ela já veria . . . e ela viu muitos olhos mortais em seus cem e dois, quase cem e três, anos de vida. Esta facilmente batida fora todo outro deixa que ela já veria. “Como você sente?” Ele perguntou a que pareceu ser preocupação real. “Eu tenho sido melhor,” Jeanne Louise secamente disse, glancing até as cadeias novamente. Aço, ele disse. Gritos, ele teve seu saltado em cima gostou de um elefante louco ou algo. “O tranqüilizante eu usei em você pode fazer enxaquecas e um sentimento penugento como dissipa,” ele anunciou apologetically. “Você está experimentando qualquer coisa daquela natureza? Você precisa de um ibuprofren ou algo?” “Não,” Jeanne Louise severamente disse, sabendo que iria embora depressa sozinho graças ao nanos. Ela então estreitou seus olhos no rosto do homem como ela instintivamente tentou penetrar seus pensamentos e tomar controle dele. Ela com intenção de fazer ele a consegue fora destas ridiculous cadeias, explica ele mesmo, e então ela chamaria seu Tio Lucian e teria ele enviar que alguém lide com o homem. Isso era o plano de qualquer maneira. Não foi aquele modo, porém—porque ela não podia penetrar seus pensamentos, ou tomem controle do homem. Deve ser a droga que ele deu a mim, Jeanne Louise pensou com uma carranca e deu sua cabeça uma sacudida para tentar passar sem tocar isto um pouco mais antes de tentar novamente. “Nada,” ela muttered com confusão. A droga definitivamente teve ainda para estar a afetando, ela pensou, e então scowled nele. “O que você deu a mim?” “O tranqüilizante mais recente nós temos trabalhado em R e D,” ele ligeiramente disse, e então desaparecida fora a porta e brevemente longe da vista. Carranca de Jeanne Louise no espaço vazio, suas palavras examinando sua cabeça. “R e D” era pesquisa e desenvolvimento. Mas R e D para onde? Não podia ser um tranqüilizante normal para mortals; Isso dificilmente teria diminuído a a velocidade abaixo deixaria só a bateu fora. Mas— Seus pensamentos dispersos como ele retornou e abordou a cama. “Você trabalha para Empreendimentos de Argeneau?” Jeanne Louise perguntou, eyeing o que ele segurou em uma mão com interesse. Ele estava segurando um vidro alto do que pareceu ser água de gelo e ela de repente era terrivelmente ciente que sua boca e garganta eram tostadas. “Eu faço. Eu estou em R e D como você, só eu ajudo desenvolver novas drogas enquanto você tem trabalhado em anomalias genéticas, eu acredito,” ele disse facilmente como ele pausou ao lado da cama. Carranca de Jeanne Louise. Bastien Argeneau, seu primo e a cabeça de Empreendimentos de Argeneau, contrataram seu diretamente depois que ela se formou da universidade setenta e cinco anos atrás. que Ela trabalhou para Empreendimentos de Argeneau desde então. A princípio ela realmente estaria no departamento este homem reivindicado para estar em, mas vinte e cinco anos atrás, Bastien pediu a Jeanne Louise para escolher que ela quis de R e D e formou um time. Ela estaria encabeçando em cima uma nova filial do departamento, uma dedicada somente para a tarefa de achar um caminho para permitir a seu primo Vincent e seu tio Victor alimentar sem a necessidade para morder mortals. Eles desesperadamente quiseram poder alimentar fora de sangue ensacado gosta de todo mundo outro fez. Fez vida muito mais simples. Porém, ambos os homens sofreram de uma anomalia genética que fez sangue ensacado como úteis para eles como água. Eles sofreriam fome de regime de sangue ensacado. Ela deveria compreender por que e se eles pudessem receber um pouco de tipo de suplemento para prevenir isto. Ela tem encabeçado em cima o time que trabalha no problema desde então e eles ainda não compreenderam o que a anomalia exata eram que causou isto, deixe só como consertar isto. Suspirando em que ela considerou seu fracasso, Jeanne Louise glanced para seu capturador novamente, notando que ele estava de pé ao lado da cama glancing dela para a água e atrás, sua expressão problemática. Pegador seu interrogativo glanced, ele perguntou, “Você pode beber água? Eu quero dizer, eu conheço você que pessoas podem comer e beber, mas ajudará ou você precisa de sangue somente? Eu tenho alguns proveram para você.” Jeanne Louise olhou fixamente para ele caladamente. Eu conheço você que pessoas podem comer e beber? Você pessoas? Como ela era outra espécie completamente. Um estrangeiro ou algo. O homem soube que ela não era mortal. Mas o que exatamente ele soube? Ela de olhos ele solenemente, uma vez mais tentando penetrar seus pensamentos, e uma vez mais falhando. Então seu olha deslizou de volta para a água. Pareceu bem tão maldito. O vidro estava suando, regatos da água parando o fora de e Jeanne Louise teria pago muito só para lamber em cima aquelas gotas. Mas ela não teve nenhuma idéia qual estava no vidro além de gelo e água. Ele podia ter drogado isto. Ela não podia tomar a chance. Se ele trabalhasse em R e D em Empreendimentos de Argeneau, ele teve acesso a drogas que podiam a afetar. “Não é drogado,” o homem disse como se lendo seus pensamentos, que ela pensou estava bastante irônica. Ele era mortal, um olhar em seus olhos provados isto, e mortals não podia ler para mentes. Immortals podia, ainda ela não podia ler seu enquanto ele pareceu poder ler sua. Ou sua expressão, ela suposta. “Não há necessidade de manter você drogou,” ele adicionou como se a convencer. “Você nunca escapará aquelas cadeias. Além de eu preciso de você clearheaded para considerar a proposição que eu vou pôr para você.”

e então movimentou a cabeça e se virou deixar o quarto mais uma vez.” ela disse sucintamente. Ela podia o dominar facilmente então. . “Eu menti. mas ela provavelmente seria continuada por horas respondendo perguntas e explicando coisas. Seus pensamentos dispersos e ela glanced esperançosamente em direção à porta à medida que abriu. “Água ou sangue?” A pergunta desenhou ela olhar para o vidro novamente. Alguém obviamente caiu no trabalho aqui. Claro. Ou seqüestro um imortal. Não existia nenhuma garantia o sangue não seria drogado também. uma omelete de queijo e salsichas. Mas não importe o que agrupam que eles pertenceram a. mas quando ele segurou isto em direção a ela. quando ele trocou o prato para uma mão e curvou fazer algo ao lado da cama que fez o topo terminar subida com uma quieta zumbe. mas mortals que soube sobre eles eram raros. Pelo menos tenta isto. Era uma inconveniência enorme. dando um puxão tentativo em suas cadeias. ela não podia mover suficiente para conseguir o alavancar para tentar quebrar se deixa só vários comprimentos de cadeia. Com um pouco de tempo e esforço ela poderia ter quebrado a cadeia . Ele anotar isto ao lado da cama. Nem mesmo um minuto passou antes dele reaparecer com uma cadeira de madeira na mão.” ela secamente disse. Jeanne Louise severamente pensou. Jeanne Louise repugnou ter sua rotina rota. Quando seu olhar trocado para seu rosto em questão.” Jeanne Louise disse. deitada sua cabeça suavemente atrás na cama e endireitada. então colocou o vidro para seu lips e tipped isto. “Eles são à mão.” Jeanne Louise muttered com irritação. Ela não estava com fome . seria mais fácil a distância toda ao redor se seu se importa de não estava ainda afetado pela droga que ele deu a ela e ela podia só tomar controle dele. Ele imediatamente curvado. Eu não tenho nenhum desejo para fazer você desconfortável ou infeliz. . Ele imediatamente aliviou o vidro longe. então scooped em cima o prato novamente e povoado nisto. depressa seu sorriso quando ela notou o modo seus olhos estreitados. presumivelmente à procura de comida para ela. Ela só faria ele a desencadeia então e se salva muito aborrecer. Ela não era assustada. um sorriso reivindicando seu lips em sua expressão vexada. ou várias deles. Era o que ela teve para o café da manhã na lanchonete no trabalho toda manhã. mas o momento a porta fechada atrás dele. O companheiro então imediatamente scooped em cima alguma comida em um garfo. tão fria e calmante. “Eu pensei que você devia ser confortável enquanto você está aqui. Jeanne Louise considerou a pergunta. . então a mente e memórias do homem teriam que ser enxutas.” “Você disse que você era. ela logo compreendeu que o sujeito não era só esperto em seu trabalho. “Sim. “Você está com fome?” Ele perguntou então. ela era só aborrecida que sua rotina estava sendo rota deste modo e que ela provavelmente estaria em cima a maior parte do dia como esta bagunça era limpa.” ele assinalou com surpresa. mortals no saber teve abas continuadas eles. ela foi embora sua cabeça com irritação. O conhecimento não se preocupou seu muito. “Vindo agora.” “Sim. “Seja direito de volta. Eles teriam que descobrir o que os planos do homem tinha sido. Jeanne Louise assistiu ele ir. Jeanne Louise não teria que cuidar de tudo aquilo.” Isso chamou sua atenção para o prato e sua rosa de sobrancelhas ligeiramente quando ela viu que era realmente seu favorito. Jeanne Louise tentou gole justo na água. Ela debateu o assunto brevemente e então cedeu com um aceno com a cabeça horrendo. mas ele teria que desencadear ela para a alimentar e aquele pensamento estava apelando suficiente trazer um sorriso para seu lips.” ele persuadiu como se falando com uma criança difícil. mão corrediça em baixo de sua cabeça e erguendo isto.“A proposição. mas o momento a líquida tocada sua língua. ele disse sobre eles. ela achou se tragando no bebida glacial. Porém. tentando separar se eles fossem uma cadeia longa embrulhou ao redor ela e a cama inúmeras vezes. ups mais alto em Empreendimentos de Argeneau. “Cama do hospital. Ela supôs não faria muita diferença. que outro. embrulhando isto ao redor ela e a cama como era linho ao redor uma múmia. Ele hesitou. Ele não se foi longo. Quando ela meramente lança uma carranca seu modo. ele sorriu encantadoramente e segurou o garfo de comida em cima. “É seu favorito.” ele disse endireitando. Metade de era ido antes dela parar e fechou seu lips. ela girou sua atenção para as cadeias.” . ou cientistas excepcionalmente brilhantes que tiveram que saber o que eles estavam lidando com fazer seus trabalhos. se ele não fosse louco com isto. Ele definitivamente teria que desencadear ela para comer. Jeanne Louise não teve nenhuma idéia o que esta proposição de sua era. eu guerreei isto em cima e tudo. ele encolheu os ombros. O Enforcers estava em carga de coisas assim. Sua melhor aposta era para ele a desencadear de forma que ela podia se sentar em cima e comia. Eles recebiam esporádicos se importar cheques para ver que eles eram mentalmente certos e não planejando nadas estúpidos como indo para a imprensa sobre eles. Saltada em cima como ela era. encadeamento eles para uma cama e propositioning eles. satisfação curving seu lips quando ela viu o prato de comida seu capturador seguro. “Eu não estou com fome. e a situação fixa para direitos. Sua última comida de comida pelo dia era normalmente tomar café da manhã na lanchonete de Argeneau sobre uma hora e uma metade na frente de cabeçalho para a para casa.” ele anunciou e fixou o prato no chão ao lado da cama na frente de cabeçalho fora do quarto novamente. Eles eram qualquer um confiou retentores. Ele era obviamente um dos posteriores—um brilhante cientista trabalhando drogados em R e D. como ele pausou e glanced ao redor com uma carranca. . se ninguém.

. ela suposta. Como ela mastigou.” “Eu pergunto-me por que. a mesma coisa cheirou maldito bom agora e ela realmente estava se parecendo um pouco faminta. . Mente você. Pelo menos é disso que ela disse a se quando ela afastou sua comida meia comido. eu faço. Eu estou certo uma vez que você entende a situação. Mas o garfo afiançado. notando o zumbido corta cabelo. “Eu não penso que você está em um estado de espírito para escutar. enquanto seu café da manhã pareceu suave e chata aquela manhã. Qualquer coisa sair de lá. pode ser que ninguém teve messed em cima afinal.” ele solenemente a assegurou.” “Mas não mortal. “Os droga nós não somos. não tinha estado em sua mente antes dele tomar a fratura .” ele quietamente disse. Entretanto ela tendeu a entrar nela trabalhar e caminhar ao redor um pouco inconsciente muito o tempo. Esqueça o fato que ela tem saltado comidas muito. “Nós somos humanos. Nós somos só mais duros de matar. Os olhos soltos da Jeanne Louise para o garfo e ela quase agitou sua cabeça em recusa em princípio só. isto é apenas do caminho melhor para lidar com coisas.” “Hmm. Mas até então . Em verdade.” Jeanne Louise olhou fixamente para ele caladamente. Diga a mim sobre esta proposição seu. mas novamente vieram contra uma parede em branco. scowling como seu estômago deu um estrondo alto. “Sim. sobrancelhas marrons escuras. Tudo que ela disse. Jeanne Louise supôs Tio Lucian que ele mesmo podia ter estado na cadeira próximo a ela e a menos que ele diga ou fez algo para pegar sua atenção. eyeing o forkful de comida. “Como fez você saber que era meu favorito?” “Eu tive tomar café da manhã o mesmo tempo que você nas manhãs por anos. Se este plano. Ele hesitou. “Mas eu sei que seu tipo somos muito fortes e eu não quero arriscar você tentando escapar. Bem. Suspirando.” ele disse ligeiramente e resistiu o forkful de comida novamente. ela virou olhos estreitados seu modo. ela provavelmente não notaria. Não existiria nada para um do time que manteve abas em mortals para achar. e então scowled nele. e depois de mastigação e deglutição ela relutantemente perguntou. Nós podemos morrer só como você pode. “Eu disse a você que eu não sou hun—” que Jeanne Louise pausou.” ela rosnou e então estreitou seus olhos em seu rosto novamente e tentou deslizar em seus pensamentos. Até chocolate não pareceu tão gostoso quanto uma vez pareceu. Ela retirou-se na cama com aborrecimento. fechou isto em torno do garfo quando ele deslizou isto cuidadosamente do lado de dentro.Olhos alargado incredulously da Jeanne Louise e então soltas significativamente para as cadeias. Estreitamento de olhos. Jeanne Louise suspeitou que ela estava alcançando aquela fase onde a comida perdeu sua atração e se tornou mais um aborrecer que qualquer outra coisa. sabe. E viva mais longo. “Coma?” Ele quietamente perguntou. Era duro de imaginar ela não o notou na lanchonete em um certo ponto acima destes anos supostos que eles tiveram quebra junto. e então drenou a comida com comprimido lips como ele removeu isto.” ela disse finalmente. “Provavelmente porque você está com fome. bem. Não acabou de não parecer ser bastante como flavorful ou tentador que costumava ser.” ela secamente disse. Era provavelmente o cheiro de comida causando isto. “Se você começar fazer sons de avião eu não estou comendo com certeza.” ele concordou ligeiramente e quando ela abriu sua boca para estalar um pouco impacientemente que ela preferiria isto.” Jeanne Louise perscrutou mais próximo nele agora. processo esta informações. olhos verdes e sorriso agradável. Você parece bastante aborrecido.” ela assinalou secamente quando ele levantou o próximo forkful. persuadindo o forkful de comida mais íntima para seu lips. “É o que você sempre consegue. era uma sarcástica. silenciando ela antes da primeira palavra poder deixar seu lips. ela abriu sua boca um pouco resentfully. Quando ele começou a mover o garfo do lado lateral como se tentando tentar ou divertir uma criança.” ela muttered e aceitou a comida. e o fato que ela tem estado tão embrulhada no trabalho que ela só comeria metade seu café da manhã que manhã. e só comendo metadas comidas quando ela aborreceu com comida recentemente. Eles eram mudos. entretanto agitou sua cabeça. “Eu acabei de precisar deles para manter você em lugar até que eu faça. “Helloooo?” “Eu removerei aqueles depois que você ouviu minha proposição. ela reconheceu.” “Você pode pegar sua proposição. ele deslizou o garfo. “Eu tomei uns meses do par fora de. mas pareceu como cortando seu nariz para ofender seu rosto quando seu estômago era rumbling avidamente e sua boca que enche com saliva em apenas do prospecto da comida ele ofereceu.” ele adicionou e então encolhi os ombros. As drogas estavam ainda a afetando. “Desculpe. lá não precisará ser tal precaução. qualquer era. . porém. ele adicionou. iria. . Jeanne Louise desesperadamente quis para achar a cura para seu tio e primo e até tomou suas notas com ela quando ela foi para ela quebra de forma que ela podia olhar acima deles enquanto ela comeu. “Até um mês atrás? Você não trabalha para Empreendimentos de Argeneau mais?” “Sim. Seu tiro de olhos atrás para seus como algo que ele disse pega sua atenção. “Multa.” Jeanne Louise muttered o momento ela tragou. ela perguntou. Como enfocou como ela estava em sua obsessão. Era tão bom quanto cheirou.” “Meu tipo.” ela relutantemente adicionou. Aparentemente ela estava com fome afinal. eu fiz até um mês atrás.” ele quietamente disse. Ele era um homem bonito. “Seria mais fácil se eu pudesse acabava de alimentar eu mesmo. . eyeing um ao outro como ela mastigou e tragou e então ele scooped em cima outro forkful para ela.” Uma risada surpreendida deslizada de seu lips e ele grinned.

Paul teve deslizou fora do tronco e fez seu caminho para carro do Jeanne Louise Argeneau. mas não existia nada o outro homem podia dizer a eles. Ele esperou até que ela era fora de propriedade de Argeneau e longe das máquinas fotográficas nos chãos antes de fazer seu movimento e isso tudo foi tão suavemente quanto ele esperou. Então Jeanne Louise lentamente permitiu que se relaxasse e deixar seu deslize de olhos fechado. ser—” Ele agitou sua cabeça e a silenciou deslizando outro forkful de comida passada seu lips até como ele a assegurou. troque ela para o passageiro acomoda e desliza atrás da roda ele mesmo. Mortals normalmente não gostou do serão. ele poderia ter recebido isto. Jeanne Louise se prometeu. Jeanne Louise quis ser acordada e alertar quando ele retornou. Além de que ela comeu tomou a extremidade fora de sua fome. Lester era um bom sujeito. Nós podemos conversar então. A coisa inteira tinha sido acima de dentro de um momento. viver mais longo. Muito para seu alívio. Que significou que ele provavelmente trabalhou o serão também. . Paul puxou a porta fechada atrás dele com um pouco suspiro e subiu o corredor para os degraus. Nada pareceu tentar seu apetite mais. Se Paul fosse mudança manchada de um carro até as outras nas máquinas fotográficas e segurança tinham estado a caminho. ela foi embora sua cabeça e muttered. Deus ou os Destinos tinham sorrido abaixo nele esta manhã. e engatou um passeio em Empreendimentos de Argeneau. mas poucas aborrecida na garagem de estacionamento. “Não ainda. Jeanne Louise de olhos ele como ela mastigou e tragou e então disse. Para ser jovem. Ela não moveu até que ela ouviu seus passos cruzarem o chão e a porta abrem e fecham. “O que é esta proposição?” Ele hesitou e ela podia ver o debate que continua atrás de seus olhos. Paul montou aqueles depressa. Ela perguntou-se brevemente por que ele trabalharia o serão. e pode auto-cura. eles têm sido muito tarde. e resista doença. “eu não estou com fome. Mas ele vestiu roupas escuras. Seu só se preocupa agora era que Lester poderia ser pensado sobre como um co-conspirador nos negócios inteiros e entra dificuldade. deslizando outro forkful de comida em sua boca. procurando por quaisquer problemas que poderiam surgir. Isso estava interessando. O tranq trabalhou tão depressa quanto fez em prova e só tomaram segundos para ele sair do backseat. e existia pequeno que ela podia fazer até a última da droga dissipou. Ele era mudo por um minuto. Ciente que ele não podia fazer uma coisa maldita para o homem agora mesmo. mas ele não viu algum. Paul teve snuck sobre a propriedade no tronco de carro do Lester. Ela era muito frustrada e brava para se importar com comida mais. claro. Tudo que ela soube era que ele trabalhou em R e D em Empreendimentos de Argeneau e tomou o mesmo café da manhã quebrar como ela fez. enquanto o mortals preso para os turnos de dia.“E fique jovem. ninguém tentaria qualquer coisa lá como uma regra. Ela precisou descansar. a habilidade do immortals de ler e controle se importa de não era normalmente uma das habilidades reveladas. e ele dirigiu-se à pia. Paul arrombou garagem do Lester. Ele só esperou que Livy acharia também. “Eu deixarei você descansar para um pouco. conjunto o garfo no prato meio cheio quieto e permanecido. você quer isto. Era e ainda pareceu fresco e gostoso suficiente que o fez faminto. Mas Jeanne Louise duvidou que era o caso ou ele manteria seu drogado em lugar de esperada por sua cabeça completamente para passar sem tocar fazer esta proposição que ele teve. Enquanto existiam mortals que soube sobre eles e soube um pouco de suas habilidades e forças. Estava tão bem patrulhado e tantos condenaram máquinas fotográficas. Claro que se seu trabalho dependeu daquele conhecimento. entretanto suspirou. Ele não estaria esperando isto. jimmied seu tronco aberto. Tendeu a monstruosidade eles fora para saber que seus pensamentos podiam ser ouvidos. seu se importe de atropelar tudo que ele fez até agora. ela tomaria controle da situação e faz o homem a lança. O momento que aconteceu entretanto. A droga devia estar fora de seu sistema quando você acorda novamente. Eles terminaram na cozinha. tinha sido sorte pura. “eu não faço. Sua tinha sido o único carro no semáforo quando Paul a bateu com o tranqüilizante. Quis dizer que ele teve que segurar isto não fechou bastante até o fim do serão longo.” ele quietamente disse. entrou. Mortals não tomou o conhecimento daqueles atributos bem. O único lugar onde ele podia ver um problema era quando ele rastejou fora de tronco do Lester e entrou no backseat de seu carro em Empreendimentos de Argeneau por completo visão de pelo menos três máquinas fotográficas de segurança. Mas a meio caminho lá ele mudou direção e ao invés saído do quarto e em cima o corredor para os degraus para o segundo andar. Isso faria ele parecer ruim. e então deixe o assunto ir. mas temeu que ela não iria.” “Então o que você quer?” Jeanne Louise perguntou a frustração quando ela podia falar novamente. Ela quis fora de lá e atrás para sua própria vida. mas olhada fixamente severamente na parede como ele curvou e fez algo para fazer a cama deslizar de volta em uma posição plana. Mas ela também estava cansada. “Então deixe-me achar. e “seu tipo” aprendeu ao longo dos anos só para manter aquele pedaço de conhecimento para eles mesmos.” Este tempo quando ele levantou o garfo para seu lips. Estava normalmente cheio de immortals. ser mais forte. Quem ele era. mas no fim ele agitou sua cabeça novamente. e ela não trabalhou passada sua habitual metade hora depois de fim de turno mas chegou momentos justo depois que ele entrou.” e signifiquei isto. Isto. Jeanne Louise não teve seu carro bloqueado.” Jeanne Louise até não reconheceu suas palavras com um olhar. ela pensou com uma carranca como aconteceu para sua que ela não teve nenhuma idéia o que seu nome era ou muito de qualquer outra coisa realmente. e um balaclava para cobrir seu rosto. Sua preocupação principal tinha sido que poderia ser bloqueado. Paul empurrou que se preocupa longe como ele montados o sair do porão. Não existiria muitas para as máquinas fotográficas para pegar. Os momentos na frente de Lester retornarem ao carro. deslizando uma mão debaixo do prato como ele foi verificar que a comida estava ainda morna. pretendendo esvaziar a comida que Jeanne Louise saiu inacabado e enxaguou o prato.

só tão longa como ela girou ela e ensinou que ela sobrevivesse como um vampiro.” ela disse com expressão de um machucar. Ele falhou sua mãe. Você pensa que Deus gostará de eu embora eu estava chorando?” Paul simplesmente esteve congelado. e existia ninguém mais que ele confiou saber o que fazer se existiu um problema. “chamando-me casa para estar com Ele. “O que você está trapaceando a cama. Paul hesitou. A única outra opção era para manter seu sedado no hospital até que ela morreu e ele recusou fazer isto. Stuart costumava ser uma enfermeira na frente de que se aposenta. E então o sangue veio para batendo de volta. sendo comida viva. mas eles fizeram pequeno para a menina. então dirigiu direta casa e em sua garagem. ele estava apressando adiante para concha ela em cima. Aquele Deus era . Stuart assistir Livy. levando suas costas para os degraus e em cima. trazendo uma ira em chamas com isto. Mas ele não falharia Livy. A criança era preciosa. e não podia prevenir. Era o zumbir de um mortal é pensamentos que toca na periferia de sua mente. Dois Jeanne Louise despertou para a consciência que ela não estava só. Ela era todos os ossos e pele de pálido e seu coração doeu como ele a segurou. Paul de repente achou ele mesmo quebrando o prato vazio através do topo disto. bebê. Ela disse se eu fosse muito bom e Ele gostou de mim. . “Sim. Ele depressa a trocaria para seu carro.” ela estupidamente disse. “Você está sangrando. O expletives que ruge por sua cabeça não era para orelhas da criança. sua esposa.” Livy disse infelizmente e então alcançado até tocar em seu queixo. suave e. Mas no momento. Stuart reportou que Livy sofreu uma noite áspera então. Mas ela duvidou que Ele causaria que eu era malcriado e chorando. e a dosagem mais forte eles podiam. Ele então caminhou para a pia.” carranca de Livy como se tentando recordar o teor exato e então disse. talvez eu chegaria a ver Mamãe. Eu estou aqui. e dificilmente notou deixa só se importou aqueles pedaços de vidro quebrado voou até espiga seu rosto e pescoço. Todo o sangue pareceu ter deslizou de sua cabeça e abaixo seu corpo para charco em seus pés. “Doçura. Ela era seu só esperava. não surpreendido que ela soube. “Sim. Ele até não percebeu que ele iria fazer isto. Seu cérebro estava tendo processo de dificuldade o que ela disse. Ele nunca devia ter tido Sra.” Paul seguro ela severamente. Ele soube que ela não poderia manter sua Bíblia-thumping para ela mesma. enfraquecendo-se e sofrendo uma dor que ele não podia nem compreende. bebê. Ele precisou ser claro e persuasivo. Ele não disse uma palavra. a princípio. Jerri. Stuart disse que você foi trabalhar ontem à noite. Não era instinto. Sim. Paul chupou em uma respiração para tranqüila ele mesmo e então girou perscrutar inexpressivamente na menina de cinco anos de idade de pé na entrada da cozinha. .” ele quietamente disse. e ele morreria para seu muito se ele tivesse para.” “Eu estou cansado de ficar na cama. Você cortou você mesmo?” “Não. mas ele não teve nenhuma escolha. Seus movimentos eram aos arrancos e automáticos que ele desprezou a comida fora do prato na balde de lixo. mas em lugar de enxaguar isto debaixo da torneira tão pretendido. Deus poderia como seu? Mas ele provavelmente porque ela não teria chorado? A criança esteve morrendo de câncer. Paul conseguiu latir uma palavra. Ele daria seu qualquer coisa que ela quis conseguir ela fazer isto. Multa do papai. Mas não para longo. aliviado achar isto vazio. Paul dirigiu carro da Jeanne Louise para o estacionamento onde seu próprio carro esperou. Ele ficou acordado na noite toda e precisou ser alerta e na bola quando ele conversou com Jeanne Louise Argeneau. Ele a levou abaixo no porão pela porta de garagem para a encadear em cima na frente de cabeçalho na casa adequada e achando o babysitter. Ele precisou convencer ela fazer sua criança um de seu tipo. apressando em cima por seu corpo e slamming em seu cérebro. Eles zumbiram lá gostam de uma abelha por sua orelha. a coisa mais preciosa em sua vida. Ele quis seu curado.” “Sra. e então ela abriu seus olhos e girou sua cabeça. Eu volto entretanto. Depois de um momento de luta. Ele teve que convencer Jeanne Louise salvar sua vida. você tem que comer para manter sua força em cima assim você pode ficar saudável novamente. Ele simplesmente não assistiria ela morrer.” “Sra. No próximo momento. não completamente inteligível como ela deslizou de volta para consciência. Stuart sugerir que seu chorando por causa daquela dor de excruciante poderia fazer Deus não gostar de sua assim ela não veria sua mãe— “Papai?” Endurecendo. Paul viveu para ela. Sra. entretanto suavemente disse. girando seu cabeça para longe da comida ele apresentou. . Eles todos pareceram ser ultimamente ruins.” Então ele girou stiffly e simplesmente saído do quarto. A estúpida maligna. bebê? Você não devia estar em cima. deixando ele vazio e fraco. Eles deram a ele uma prescrição para dor meds para Livy. diretamente no andar de baixo e atrás na cozinha. vaca velha sórdida. ele pôs suas costas para a cama e então pega umas horas do par de dorme ele mesmo. nada pareceu aliviar a dor que ela estava sofrendo e para Sra. Ele foi desapontado mas não surpreendidas pelas notícias. Só para um pouco. Ele não ousou. “Você está com fome?” “Não. mas até então. “Sim. Ele daria a qualquer coisa e tudo para saber que ela viveu de. Paul reassegurou ele mesmo e então tipped o prato de comida ligeiramente para ela ver. Sra. Se ela fosse boa. Stuart disse que eu não iria ficar saudável novamente. inclusive sua própria vida.“Papai?” Paul forçou um sorriso naquela questão suave como ele cruzou o bonito quarto rosa para o canopied cama para perscrutar abaixo no deslize loiro pequeno de uma menina que quase desapareceu em todos os travesseiros e acolchoado fofo suave. Mas ele nunca deixaria a cadela velha próximo dela novamente.

e Papai disse que eu consegui seu sorriso e é o mais bonito sorriso no mundo. não aparentemente tinha sido drogado.” A menina irradiada felizmente.” o homem solenemente disse. Jeanne Louise até não hesitou.” Livy explicou. A criança pareceu com um vento duro tomaria seu longe. mas ele é sempre significa para mim primeiro. mas anunciado. “Oi. “Eu espero. seu tempo e ligeireza. Paul Jones. Paul Jones.” Jeanne Louise solenemente disse. e eu sou agradável para todo mundo. ela suposto.” “Oh.” “Você é bonito também. Ela realmente não precisou da criança para dizer a ela seu nome. e poderia ter aliviado sua condição. Mas eu tento não . “eu estou certo sua mamãe assim. então eu vim até achar os livros de retrato. movendo para concha em cima a criança. “eu tenho cinco anos. peneirando para a fonte disto. “Eu movi meu escritório de cima. “Eu fui ver você quando eu acordei. “Eu não a lembro de muito.” ela adicionou defensivamente antes de apressar em.” Jeanne Louise hesitou.” “Feche. Tudo que espera e promete snuffed fora antes de ter permissão para agüentar fruta. Mas você não devia estar fora da cama. Jeanne Louise olhou fixamente para a menina para um momento.” A menina extensamente sorriu. “Você é muito bonito. Mais conhecido como Papai em mente do Livy. Eu não lembro daquele exceto Papai disse que ela fez.” o pai quietamente disse. e então tentou novamente. ela depressa rifled pela mente da menina para ver se ela fosse de qualquer usa em conseguir seu livre. Sua boca apertou como ela tocou na memória de uma mulher cansada e torcida mais velha advertindo este pequeno waiflike criança que ela não chegaria a ver sua mãe em céu se Deus não gostou dela e Ele não agüentou crybabies.” “Nenhuma dúvida. e eu tento não mentir qualquer um porque que do pecado. e então deslizados nos pensamentos da menina. uma mão subindo exagerar nervosamente com uma praia de seu cabelo longo. magro loiro. “E você não precisa dos álbuns de fotografia. ela disse. Era algo sobre os pensamentos. questing. mas você estava roncando. Ela pegou uma brisa forte do fedor doce doentio de enfermidade que vem dela. a palavra terminando quase um coaxar. e eu gosto de flores e filhotes de cachorro e . Desapontado mas não terrivelmente surpreendido pelo conhecimento. Isto era uma tragédia. Mortals morreu muito mais jovem que immortals. “E ela teve olhos azuis bonitos. ela adicionou earnestly. “Oi Livy. Os pensamentos ela acordou ter sido suave.” Livy disse simplesmente.” Jeanne Louise movimentou a cabeça. exceto às vezes minha cabeça machuca real ruim e eu não posso ajudar isto. Mas a criança não pareceu nem saber que existia uma chave para as cadeias.” Ela então perguntou. “Mas todo mundo me chama Livy. Livy.” a pequena menina solenemente disse. Jeanne Louise percebeu. Então eu posso ver Mamãe. “Então sua mãe está em céu?” Livy movimentou a cabeça e moveu mais íntimo para a cama. ela suposta. mas raramente este jovem. “Oi. Livy não questionou isto.” Olhos alargados da Olivia. assistindo o pallor para sua pele e magreza de seu corpo. e então de repente pareceu ficar ciente do estado da Jeanne Louise. . ela estava agora tostada ou do dardo de tranqüilizante ele a atirou em ou dos esforços do nanos para remover isto de seu corpo tão depressa quanto possível. mas depressa aliviou os medos da criança. Ela era bonita e ela costumava cantar para mim fazer-me dormir. Ela já arrancou isto dela se importa junto com o nome de seu pai. “Você é Jean como eu. Sem isto. e achou o pensar que aborrecendo. Ela devia ter bebido mais da água que seu capturador ofereceu mais cedo.” . “Bem. “Você pensa que Deus gostará de eu?” Jeanne Louise stilled na cama na pergunta e a preocupação atrás disto.” Jeanne Louise solenemente movimentou a cabeça. construindo saliva e deglutição para tentar aliviar a seca. Deixando aquele pedaço de informações no momento.” Jeanne Louise sussurrou. insegura como responder para aquele. Meu nome é Jeanne Louise Argeneau.Ela não ficava surpreendida por achar uma criança de pé em seu lado da cama em lugar do homem que a deixou lá. e—” Ela pausou e carranca. Mas nós temos retratos. “Por que você tem tudo aquela cadeia em você?” “Nós estamos tocando um jogo. mas finalmente disse. “Ela teve cabelo loiro como você?” “Sim. “E eu não choro muito. “eu penso que Ele amará você. Jeanne Louise tomou um momento para trabalhar sua língua em sua boca.” Livy pausou e mordeu seu lábio e então perguntado. “Sim.” Quando Jeanne Louise movimentou meramente a cabeça. Era uma abominação. “E eu sou sempre cortês para meus anciões. Como ele prometeu. curioso como da criança em lugar de pesada e defensiva e até temeroso gostam de um adulto mortal é normalmente era. . ela lê até como a menina sorrida no homem. Eu era pequeno quando ela foi para os anjos. desvanecimento eles nela se importa até à medida que ela disse. que também era o homem que seqüestrou e encadeou em cima Jeanne Louise. Quem você é?” “Eu sou Olivia Jean Jones.” Jeanne Louise glanced nitidamente para o homem que falou: Seu capturador. exceto estrada abaixo de Jimmy. “Você é acordado.” Livy amavelmente disse. e uma inalação disse a ela a criança não estava bem.” Jeanne Louise disse com um sorriso. a preocupação soltando longe debaixo de sua influência. A criança esteve morrendo. deixe só onde poderia ser.

entretanto se isso era o problema primário ou o câncer começaram em outro lugar e metastasized para o cérebro ela não soube. ache seu o álbum de fotografia.“Sim. Tinha sido um esforço para manter seu seguro. Livy esteve morrendo de câncer. Paul era seu companheiro vitalício. Ele. Ela gastou horas incontáveis imaginando que seu companheiro vitalício poderia ser. . Tudo que ela conheceu era que a menina era renunciada para “ida para céu” e o pai não era. Ela tentou deslizar em seus pensamentos não só para o ler. Jeanne Louise pensou. Aquele ser o caso tinha sido aquela coisa que ela a maioria de ansiaria por. Agora ela era um pacote de medo e esperança—esperar que ela achou seu companheiro vitalício. e então determinação substituiu aquelas emoções e ele girou abruptamente longe para levar sua filha fora do quarto. Isso era só uma suposição. “Eu estou com sede. De que ela suspeitou Livy era a razão que ela estava aqui.” “Eu conseguirei você um bebida depois de que eu pôr você de volta para a cama. Ela não leu nada. Tudo que ela conheceu era aquele enquanto sua tia choveu seu com carinho e atenção. Ele certamente não gostaria dela para isto. Jeanne Louise empurrou que importa de lado para outras considerações. Quando ele fez isto. . Ela precisou estar certo eles vestido de. Paul vacilou nas palavras. . Jeanne Louise quis pensar que era o tranqüilizante ainda a afetando.” ela sussurrou. Seu se importa de era uma parede em branco para ela. Seu desejo para escapar fugiu. Não sua filha. e que ele não estava só concordando fora de desespero para salvar Livy. uma palavra ela não entendeu a não ser que quis dizer doente e sua cabeça machucarem. ou acreditou em que ela fez. Mas ela não conheceu apreciar isto como uma criança. Paul provavelmente concordaria em qualquer coisa agora mesmo de salvar sua filha. E não só porque ela agora não podia simplesmente tomar controle e faz ele a lança. Jeanne Louise podia girar ele e ele podia então usar sua uma virada para salvar sua filha. sua concentração atrás de cabeça do Paul como ela tentou ignorar o invejar que deslizam por ela. Não sendo capaz de ler para Paul quis dizer aquele para ela que ele era um companheiro vitalício possível.” Jeanne Louise assistiu eles irem. mas ela pode ler mente do Livy facilmente suficiente até com câncer de cérebro possível. Ela teve que saber que ele verdadeiramente quis ser seu companheiro vitalício. e circunstâncias forçaram Armand Argeneau colocar Jeanne Louise com sua tia Marguerite. que não deu sua muita esperança para seu sucesso em o galantear. até a gastar uma eternidade com ela. mas sem oferecer a ele até a esperança da solução alternativa dela girando ele e seu torneamento Livy até que ela soube como ele sentiu sobre ela. que ela agora entendeu e apreciou. que realmente não era um bom caminho para começar um namoro quando você pensou sobre isto. Foi geralmente usado para que mais preciosa de criatura. Cada imortal tinha permissão para girar só uma em sua vida. que freqüentemente podia fazer fazendo tão difícil. porem bastante simplesmente seria um problema. Que ainda daria a ele o que ele procurado. Se ela fosse certa. mas Jeanne Louise muito suspeitou que ela não pegaria isto. bem .” Paul Livy seguro. Um oásis de paz e paixão neste mundo louco. Mas o homem a seqüestrou. Paul Jones não quis que ela girasse ele. Ela precisou de tempo. e seus irmãos—ambos muito mais velhos que seu—visitou e a tratou com atencioso e afeto. Por seus anos adolescentes Jeanne Louise desistiu do sonho de ter pais amorosos de suas próprios e girou a fantasiar por volta de em algum dia tendo um companheiro vitalício e suas próprias crianças para chover com todo o amor parental que ela não teve cresceu. Ele poderia até a odiar para isto. Mas ela não o quis aquele modo. . Afastando aqueles pensamentos. Jeanne Louise não leu o pensamento da mente do pai à medida que ele partiu. ela não teve pais de sua próprio para amor ela. O fato que ele estava obviamente interessado em ciência gosta de se estava encorajando muito . Ele seria sua altura ou mais alta ou muito menor? Ele seria bonito e forte. ciência se importou como seu ou mais artístico? Ele seria mortal ou imortal? E agora ela soube. . Papai. . Jeanne Louise fechou seus olhos novamente. O assunto principal era aquele se ela fosse direito sobre seus motivos para tomar seu . Paul não teria muito prazer em. eu faço. Jeanne Louise podia só especular que a criança teve algum tipo de câncer de cérebro. não garantiu que ele estaria disposto a ser sua. Que a deixou em um inferno de um lugar. Sua mãe morreu quando ela era só um bebê. e talvez a alimente ou se sente com ela para um pouco. Para que acontecer. eles precisaram chegar a conhecer um ao outro. Um companheiro vitalício. O laço entre seu seqüestrador e sua filha era um que ela nunca chegaria a apreciar com sua próprio pai. Que significou que ela simplesmente não podia ler para Paul Jones. abrindo seus olhos e olhando fixamente para o teto como o termo reverberado por sua cabeça. mas também para tomar controle como ela planejou . e ela não podia . trocando ela para um braço de forma que ele podia fechar a porta para o porão com o outro.” Livy disse worriedly. Mas e se ela aquela e Paul decidiram que ele não estava disposto a ser seu companheiro vitalício? Enquanto o fato que ela não podia ler ele sugeriu que ele era um companheiro vitalício possível. Paul poria sua filha atrás para a cama. Era algo todo imortal querido. Isso não era mais até uma preocupação em sua mente. Suspirando. . um tumor ou algo. Aquele ser o caso. mas ele era algo Jeanne Louise ansiou desesperadamente pela maior parte de sua vida. mas eventualmente ele voltaria abaixo aqui e diz a ela que seu pequeno Livy esteve morrendo e ele precisou dela para salvar a criança. terror e dor totalmente em seu rosto para um momento. e medo que ela não acharia um caminho para o reivindicar. Ela tentou entretanto. “Eu trarei os álbuns para que você depois de eu pôr você de volta na cama. Eu esqueço o que Mamãe parece com e eu preciso lembrar assim eu posso a reconhecer quando eu chegar a céu. “Deus querido. A palavra tinha estado na mente da criança. ele quis que ela girasse e salvar sua filha. Jeanne Louise teria que recusar. Alguém que ela não podia ler ou controle e que não podia ler ou a controlar. . perguntando-se se ele teria cabelo justo ou escuro. . ela era bonita certa a droga que ela foi dada não era mais em seu sistema. Ela certamente não estava desapontada quando veio para seus olhares. um companheiro vitalício. Claro. Jeanne Louise fechou seus olhos e virou o que ela aprendeu. Alguém que ela podia relaxar ao redor e parte sua vida longa com.

Paul dirigiu para casa. a sexta-feira antes deles dever partir em sua viagem. bata por um motorista bebido em seu caminho para casa do trabalho. O doutor soube seu turno e soube que ele só estaria deixando trabalho e podia balançar por seu escritório a caminho casa. E então Livy ficou doente. Mas ele também significou aquele se ela estivesse doente e tinha que ficar para casa da escola. que cedo. “Jeanne Louise é bonita. O modo que a transformou de uma planície. . A quinta-feira antes da viagem. Era só um assunto de se ela sofreu com enxaquecas dolorosas e nenhum tratamento. Nenhuma compreensão de dúvida que ele estava em choque. e carranca acima de notas à medida que ela comeu. O doutor concordou que era provavelmente o caso e corria uma bateria de sangue de testes trabalha e esquadrinha. Principalmente ela pareceu distraída.” Livy anunciou de repente como ele despejou seu um vidro de suco laranja. Mas ele nunca teria qualquer desculpa para a abordar. e era verão. Deveria ser uma excursão da Europa para ele e Livy durante sua fratura do verão. Mas realmente. Ele contratou Sra. Seguramente ele não podia machucar sua causa para Jeanne Louise chegar a conhecer e amar a criança? Pareceu como um plano esperto. E então ele finalmente sentiria que ele terminou seu lamentando e dominou ser um pai único. Ela não era o que a maioria das pessoas classificariam tão bonito. quente e suado. Ele simplesmente não podia fazer isto novamente com Livy. “Sim. Seu rosto era um pouco redondo. e ela sorriria no bem-vindo. mas suspeitaram ela nem sequer o notaria. só para estar certa todos estava bem. Paul tinha começado seu carro na garagem de estacionamento de Empreendimentos de Argeneau depois de seu ontem à noite do trabalho. . Era 7:30 de manhã.” ele concordou absently. Dez minutos mais tarde ele se sentou em seu escritório. ele estava certo. “Eu não posso mostrar a retratos de Jeanne Louise de Mamãe?” Paul não respondeu a princípio. Ele notou que os poucos tempos ele viu seu sorriso em Empreendimentos de Argeneau. o doutor disse que ele fosse para casa e pensar sobre que ele sentiu era melhor para Livy. O fim resulta de qualquer modo pareceu ser ela morrendo antes de seu sexto aniversário. faça seu sorriso mais. e planejou tomar umas férias. Ele a levou para o doutor para verificar isto fora a semana antes de sua viagem. Chemo. Ele não tomou sua diretamente até a cama entretanto. A posição e tamanho de fizeram removendo isto uma muito mortal proposição. Normalmente ele dormiu enquanto ela estava na escola e estava em cima quando ela chegou em casa no início da tarde. mas seus olhos eram grandes e exóticos e quando ela sorriu seu rosto era transformado. Era aquele sorriso que sempre fascinou Paul. Ela mais provável morreria na operação. Isso tinha sido ligeiramente relativo a. um órgão que fecha depois de outro. Cansado. interesse e desejo do e Livy gastar tempo com Jeanne Louise podia só ajudar. E em seu coração ele se sentiu infiel para até querendo. Stuart vigiar Livy enquanto ela dormiu. Nenhum do acima de tinha sido saboroso para Paul. Ele pensou talvez que ela era desidratada. eles registrariam isto de uma vez. Ele esperou seu principalmente para permanecer lá enquanto ele trabalhou em convencer Jeanne Louise girar Livy e salvar sua vida. Ela podia morrer na mesa. seu mundo colidiu abaixo ao redor ele. Quais concerniram ele era que ela o quis . Ele tem assobiado felizmente no pensamento de castelos de exibição Livy inglês e alimentando sua comida francesa quando sua telefone celular tocou. completamente entorpeça como ela disse a ele que sua filha teve um tumor cerebral. e trabalhou o serão desde que morte do Jerri de forma que ele estaria em casa ter café da manhã com ela e está disponível durante o dia se ela o precisasse. ou pouco disposto. Era um dos tipos mais agressivos e crescia para duas vezes seu tamanho entre a primeira rodada de esquadrinhava e testes e os segundos eles fizeram para verificar isto uma semana mais tarde. Mas ela não obviamente resistiu muita esperança para qualquer um ajudando a criança. Se ele escolhesse a operação. Deixou Paul só.” ela reclamou. Ela tem sido tão fraca e apática ultimamente. Ela era uma criança adorável. Ele assistiu sua esposa morrer devagar depois do acidente de carro. Reconhecendo o nome do doutor na tela de seu Lexus.“Eu não quero voltar para a cama. seu cérebro girando. séria-olhando mulher para uma beleza inesperada. Mas de vez em quando alguém juntaria-se ela. Ele não teve umas férias os últimos anos do par e administrou com um pouco de persuasão para conseguir seu supervisor para o permitir um pedaço de dois meses e . Ele não tinha sido longo um viúvo quando ele começou em Empreendimentos de Argeneau. Eu sou só lá. só e prestidigitando trabalhe e sendo um pai único. mas ela o assegurou que ela acabou de querer cheque duplo. mas não estava provável para. Ele recusou a perder. Operação. Este desejo súbito para estar em cima e sobre era inesperado. Ele ouviu falar de casos onde os agonizantes tido súbitos estoura de energia e pareceram estar sentindo melhor logo antes do fim e Paul temeu que ele estava ficando sem tempo. Ela tem tido enxaquecas as no último mês ou então da escola. assistir as informações. Fez ele pensa que ela devia sorrir mais. o primeiro ele teve em três anos. cancelou os vôos e reservas para suas viagens e sentadas só na casa vazia o dia todo. Paul sentiu a embreagem fria de preocupação real então. mas a deixe abaixo em uma cadeira na mesa da cozinha e busied ele mesmo a conseguindo um bebida. Papai. que muito seria reservado imediatamente. que ele gostaria de ver seu sorriso mais. Se ele quisesse tentar chemo para encolher isto primeiro. e um pouco inquietante. Paul não esperou nada realmente para estar errado. Eles eram ocasiões muito raras. Isso podia fazer enxaquecas. Mas ele estava preocupado sobre Livy. Chemo poderia encolher isto. Ninguém podia gastar mais que alguns minutos com seu Livy e não apaixonam-se por ela. ela o pediu para tomar Livy para outro esquadrinha. mas lá. inteligente e doce e então muito preciosa. Papai. A próxima manhã. seu cérebro incapaz. Então Paul ultrapassou dorme a levar em durante o dia. ele bateu resposta como ele voltou fora de seu estacionamento localiza. qualquer um dos dois de seus colegas de trabalho ou um de seus membros de família. Provavelmente não trabalharia e só faria a criança sofrer. aconteceu para ele agora que ela seria mais provável concordar em fazer o que ele quis se ela gastasse tempo com a criança e precisa a conhecer. mas ele fez ele pensar sobre a mulher presentemente encadeada em cima em que costumava ser seu escritório no porão. ou morto abruptamente com a operação. sofridas horrivelmente com enxaquecas e a miséria de chemo em cima disto. Paul escutou aquela com uma mente em branco. seu rosto iluminar gosta de uma árvore do Natal. ele estava lá para ela. Ele viu suas provavelmente mil vezes na lanchonete ao longo dos últimos anos. . Jerri morreu só um pouco mais que um mês antes disto. Livy não sentiu muito gostar de fazer qualquer coisa o na semana passada e gastou cada vez mais tempo na cama. O doutor o saudou solenemente e anunciou que ela tem os resultados de volta em todos os testes e ele devia vir para seu escritório imediatamente. Todo mundo deve ver isto.

capazes de conseguir o sangue que eles precisaram. mortals. onde estes nanos estava aparentemente desenvolvidos millennia atrás. isso era o que immortals temido. movendo para colocar no lugar o suco laranja. “Nenhuma droga criada mataria um imortal.” Livy disse felizmente. O nanos atacou qualquer coisa que ameaçou seu anfitrião: Frios. ele nunca teria tido que a levar. Os anfitriões começaram a murchar e morrer sem as transfusões. entretanto ela perguntou. Eu serei direito de volta. claro e simples. Paul entendeu suas preocupações. doce ela era. e ele não ousou a desencadear. Paul tinha sido posto por rigoroso psicológico de prova e várias entrevistas queridas para medir quanta de uma ameaça ele poderia ser se ele soubesse seu secreto. E eu posso mostrar a seus retratos de Mamãe. . Pareceu agora como se ela esquecesse todos isto. e segunda. Certo?” “Certo. nós juntaremos-nos ela no andar de baixo. Mas seria difícil de fazer piquenique com a mulher encadeada em cima como ela era. Ele não podia a perder também. vista da noite melhor. Se mortals soube sobre eles. que era sua preocupação suprema. Era um contraste totalmente para a cinza-enfrentada pequena menina que ele achou em retornar para casa. e mais força e velocidade para fazer eles predadores melhores. mais fortes e melhores e testam eles no immortals que volunteered para ser cobaias. nunca morra. a coisa inteira o fascinou.” Paul murmurou e tomou seu vidro para despejar mais do suco nisto. mas ele era desesperado. Seu pequeno anjo. ele teve que ser trazido no círculo daqueles que souberam sobre estes humanos de criaturas incríveis feitos imortal por bio-engineered nanos programado para manter eles em sua condição de cume. Ele foi dito aquele em Atlantis. A visão o fez sorriso. ele trouxe para dentro para uma instrução específica. Muitos mortals seria ávido para ganhar o conhecimento atrás do nanos por eles mesmos. Ele quis saber mais. Paul suspeitou que eles afastaram muitas informações dele sobre seu tipo. ou capturou e bloqueado em cima para experimentação.” Paul stilled na sugestão. mas não era necessário para seu trabalho assim não tinha permissão para. O nanos sangue usado para reproduzir e propulsar eles mesmos. Ainda por cima existia a preocupação que ela diria algo para Livy sobre o fato que ela estava lá contra sua vontade. Seu trabalho era para ajudar apresentar tranqüilizantes mais fortes e melhores para ajudar Enforcers capturar e traz para dentro velhaco immortals. Eles foram forçados a caçar e alimentar fora de seus vizinhos e amigos para sobreviver. Ao invés ele teria tentado roubar nanos do lab. Ele realmente não precisou para estudar o nanos para desenvolver tranqüilizantes novos. Paul teria preferido isto. “Você pensa que você podia comer algo agora?” Livy balançou sua cabeça e considerou a pergunta. Movimentando a cabeça. claro. câncer de doenças. “Você só fica lá e bebida seu suco laranja. E então a resposta veio para ele. os recipientes do nanos recebeu transfusões para encontrar esta necessidade para sangue. “Nós podemos ter um piquenique fora de com Jeanne Louise? Isso seria divertido. mais sangue que um corpo humano podia produzir. depressa considerando suas opções. “Eu direi a você o que. Ele não era normalmente o tipo para correr ao redor pessoas de seqüestro para conseguir eles para fazer o que ele procurado. Ela era a única razão para sua continuando a viver o último par de anos desde a morte da sua mãe. Ele estava contente se ela tivesse. Antes de ser contratado e dado este secreto. ela não podia recusar ajudar eles. Para fazer seu trabalho corretamente. Era menos perigoso. Paul tentou dizer a eles que ele devia realmente estudar o nanos para estar certo ele não criou nada que poderia matar uma de suas pessoas. Se Livy fosse imortal que ela nunca ficaria doente. Isto era seu Livy. immortals qualquer um seria conseguido encontrar e morto fora de medo. eles acharam eles mesmos em uns muito menos desenvolveram mundo onde as transfusões de sangue e nanos não eram nem ainda sonhado com. ele mais provável teria estado pensado louco. Paul suspeitou aquele medo era justificado. A maçã de seu olho. menos provável para fazer sua presença sabido no meio do mortals. Ele Jeanne Louise também procurado para chegar a conhecer Livy. Seguramente uma vez que ela entendeu o que uma criança bonita.” Claro que era a única razão que ele agora teve Jeanne Louise bloqueada em cima em seu porão. Mas a resposta para aquele tinha estado uma divertida. Pelo menos. Mas quando Atlantis caiu e os anfitriões. Pelo menos até o desenvolvimento de bancos de sangue. Eles também consertaram dano e inverteram o dano causado por envelhecimento. Ele realmente teria gostado de estudar o nanos eles mesmos. ele dirigiu-se à porta para o porão. Paul estava certo que ela estava para não dizer não como sempre. e esperou que ela não recordou isto novamente. subiu sobre as montanhas e juntou-se o resto do mundo. dando a eles colmilhos revocáveis. Entretanto ela se tem irritado acima de que Sra. Então ele foi dado extenso aconselhando e prova para estar certo ele era manipulação tudo que ele aprendeu. mas ele não teve nenhum desejo para segredar para todo mundo sobre que ele aprendeu. Existia muito que ele não soube. e o nanos em resposta forçou uma evolução de tipos. Ele quis que Livy comesse e isto foi a primeira vez que ela mostrou a qualquer interesse em comida em uns dias do par. “Eu posso ter mais?” Paul piscou. “Claro. e glanced para ver Livy resistindo o agora vazio laranja-vidro de suco. e aprendeu tanto como ele podia os últimos vários anos que trabalha em Empreendimentos de Argeneau. como também fazer seus consertos. Como ele deu isto atrás que ele perguntou. Suas bochechas tiveram um pouco cor para eles e ela pareceu feliz e dor livre para o momento. Stuart disse sobre Deus não gostando de crybabies e não deixando ela ver sua mãe em céu. Uma vez averiguando que ele podia lidar com as informações sem usar isto contra eles ou estando indevidamente com medo deles. que significou o imortal tido que assistir sangue de uma fora de fonte. adicionando.” ele disse finalmente. “Eu perguntarei a ela se ela gostaria de fazer piquenique conosco e se ela iria.” “Certo. Ele foi assegurado eles agora principalmente beberam sangue ensacado.Os pensamentos do Paul correram ao redor em círculos apavorous dentro de sua cabeça o dia todo como ele esperou por Livy voltar para casa de seu último dia da escola. Paul trabalhou em desenvolvimento de droga em Empreendimentos de Argeneau. os únicos sobreviventes da catástrofe. influenzas. Primeiro fora de.” Livy repetiu como ele abriu a porta e começou degraus abaixo. Se ele recebesse acesso a nanos no trabalho.

Puxando a porta fechada atrás dele, Paul moveu devagar degraus abaixo, tentando pensar o quão melhor para convencer Jeanne Louise concordar em um piquenique e promete para não dizer qualquer coisa sobre ser seqüestrado. A única coisa ele podia apresentar era mendicante. Paul não estava muito orgulhoso para implorar por sua filha. Ele faria aquele e muito mais para Livy, e suspeitou que ele estaria fazendo muito ele até a situação era resolvida. Fazendo careta, ele abordou seu escritório, surpreendido por ver que ele esqueceu de fechar a porta quando ele levou Livy fora mais cedo. O escritório era à prova de som, mas ele só trabalhou se a porta foi fechada. Era uma das coisas que ele organizou durante o no último mês quando ele decidiu-se por seu plano. Ele moveu seu escritório fora deste quarto porque era windowless, teve isto soundproofed, então moveu a cama do hospital que ele comprou enquanto sua esposa, Jerri, tinha estado doente em seu escritório. Ele não quis que ela morrendo em um resfriado, hospital estéril. Ela gastou as últimas duas semanas de sua vida naquela cama em sua casa com uma enfermeira e ele mesmo tendendo a a e relógio de pé. Paul também comprou cadeias e começou a tomar um pouco sangue dele mesmo todo dia para construir uma provisão para Jeanne Louise enquanto ela estava aqui. E enquanto ele fez tudo aquilo, ele planejou e replanned quando e como era melhor para a levar. Ele podia ter a seqüestrado e trazia seu aqui muito mais cedo se ele simplesmente roubaria um banco de sangue em lugar de construir uma provisão de seu próprio sangue, mas Paul não era um ladrão e bancos de sangue já eram em resumo forneciam. Sua consciência não podia lidar com roubar de um banco de sangue e arriscando alguém agonizante por causa disto. Estava certo, entretanto. O tempo adicionado deu a ele a oportunidade corretamente para planejar seqüestro ela. Ele apresentou vários planos este no último mês, mas o que ele concordou com tinha sido o melhor. Jeanne Louise pareceu estar adormecida quando Paul aumentou para a porta aberta, mas seus olhos abertos quase de uma vez e ela perscrutou nele solenemente e anunciado, “Sim, eu juntarei-me o piquenique.” Seus olhos alargado incredulously. “Como fez você—?” “Eu ouvi Livy perguntar a você,” ela suavemente interrompeu. “Nós temos audição excepcional.” “Oh.” Paul olhou fixamente para ela inexpressivamente. Ele soube que eles eram mais fortes e mais rápidos, mas não percebeu sua audição era melhorada também. “O que mais o nanos faz para você?” Jeanne Louise encolheu os ombros. Mortals que trabalha em R e D era informado em immortals. Ele saberia sobre a vista da noite, velocidade e força aumentada, etc. O que ele não saberia sobre era que eles eram normalmente capazes de ler para as mentes de e até controlar mortals. Aquelas habilidades tinham sido necessárias quando eles alimentaram fora do coicear, caçando humanos e alimentação fora deles. Deslizando em seus pensamentos e mantendo eles em lugar enquanto assegurando que eles não sofreram qualquer dor tinha sido mais útil. Como teve ser capaz de fazer eles pensarem que as marcas pequenas deixadas atrás de eram de um acidente com tesoura aberta ou algo. Paul não precisou saber isto entretanto. Para afastar ele de fazer as perguntas que ela podia ver rodar em seus olhos, ela disse, “Você terá que remover a maior parte destas cadeias. Eu não posso comer como isto. Um ao redor meu tornozelo devia ser suficiente durante o piquenique. Você pode sempre pôr os outros de volta em posteriormente.” A incerteza imediatamente reivindicou expressão do Paul e então ele cautelosamente perguntou, “Você é mais forte. Como eu sei que você não possa só estalar a uma cadeia?” “Eu não posso só estalar isto gostar de barbante,” ela o assegurou. “Levaria um pouco mais esforço que um puxão rápido. Você não sabe isto com certeza, claro, e eu podia estar deitando. Mas se você mantiver sua arma de fogo de tranqüilizante em você, não devia ser um problema, devia isto?” Ela quietamente assinalou. Seus olhos estreitados com uma combinação de confusão e suspeita. “Você está dizendo que você não tentará escapar?” “Eu posso fazer melhor que isto. Eu prometo que você que eu não tentarei escapar. Pelo menos não até que eu ouvi esta proposição seu,” Jeanne Louise solenemente disse. Olhos estreitados do Paul. “Por que?” Jeanne Louise hesitou. Ela simplesmente não podia dizer a ele que era porque ele era um companheiro vitalício possível para ela e ela esperou o reivindicar. No fim, ela foi, “Porque eu gosto de Livy.” Era a coisa certa para dizer e aparentemente completamente acreditável para ele. Ele relaxou de uma vez, um sorriso pequeno curving seu lips. “Todo mundo gosta de Livy. Ela é adorável e tão esperto e engraçada. Ela faz o mundo um lugar mais brilhante.” Jeanne Louise ficou mudo. O homem amou sua filha. Se ela já não figurasse aquele, o modo seus olhos iluminados e seu rosto suavizaram como ele falou dela teria feito isto. “Certo.” Ele sorriu, olhando mais relaxado que ele teve desde que ela acordou para o ver de pé acima dela. “Eu farei um piquenique para nós e então descemos e conseguimos você. Nós podemos ter isto. É um dia ensolarado bonito. Livy assim e—” Ele piscaram e pausaram, uma carranca de repente arrastando em seu lips. “Oh. Eu esqueci, você não pode—” “Eu posso sair em luz do dia, eu só terei que me sentar na sombra,” ela disse depressa. “Realmente?” Curiosity imediatamente encheu sua expressão novamente. “A maioria de immortals trabalha de noite. Eu achei que vocês todos evitaram luz solar.” “Nós evitamos que ele evitemos precisar mais sangue, mas nós podemos sair em luz do dia,” Jeanne Louise solenemente disse. Paul movimentou a cabeça e ela podia ver um milhão de natação de perguntas em seus olhos, mas no fim, ele simplesmente disse, “Você terá que dizer a mim mais durante nosso piquenique. Eu irei consertar sanduíches e material para nós. Você gosta de presunto, queijo, e mayo direito?”

Jeanne Louise piscou na pergunta. Era seu favorito, mas ela não teve nenhuma idéia como ele soube isto. “É o que você normalmente ordena na lanchonete em sua primeira fratura,” ele explicou e ela relaxou. O homem prestou obviamente atenção aos detalhes enquanto planejando este seqüestro. “Sim, eu gosto de presunto, queijo, e maionese,” ela quietamente concordou. Movimentando a cabeça, Paul girou para a porta. “Eu serei tão rápido quanto eu posso.” Jeanne Louise assistiu até que ele estava longe da vista e então deitou de volta e fechou seus olhos novamente. Isto era bom. Um piquenique fora de. Ela suspeitou que ele quis que ela chegasse a conhecer e gostar de Livy nas esperanças aquela ela seria mais agradável a girar a menina, mas também daria a eles uma chance de chegar a saber um ao outro melhor em uma colocação mais natural. Ela também poderia ver se os outros sintomas de companheiros vitalícios estavam lá também. Ou talvez não, ela pensou com uma carranca. Não sendo capaz de ler um mortal ou imortal era só um sinal de um companheiro vitalício. Um ressurgimento de apetite era outro. Muito immortals parado de aborrecer com comida depois dos primeiros cem anos ou então, mas Jeanne Louise era só 102 anos de idade. Ela ainda comeu, e principalmente ainda apreciou comida, entretanto ela notou ultimamente que não pareceu tão gostoso quanto sempre tinha sido. Que era por que ela fica tão surpreendida que a comida ele ofereceu quando ela acordou aqui cheirou e saboreou duplamente boa. Mas ele pode só ser um bem cozinhar. As lanchonetes não eram sabidos para tarifa gostosa e isto é onde ela normalmente teve seus cafés da manhã. Outros apetites despertaram em um imortal quando eles acharam seu companheiro vitalício também. Sexo por exemplo, mas isso não começou a minguar ainda para Jeanne Louise, então ela não estava certo que ela poderia dizer qualquer coisa em todo lá. De fato, ela era presentemente casualmente datando uma doçura, esperto mortal que era muito qualificada naquela área. Tanta de forma que ela quase nunca tomou controle dele encorajar ele para fazer as coisas que ela gostou. Algo que ela repugnou fazer para começar com, mas às vezes não podia resistir no calor do momento. Truthfully, Jeanne Louise não estava tempo de gastos certo com Paul realmente ajudaria que ela compreendesse se ele fosse seu companheiro vitalício. Mas ele não podia machucar qualquer um, ela suposta, e perguntou-se quanto tempo que o levaria para conseguir o piquenique junto e voltar para ela. Seria bom para sair desta cama sangrenta e chegar do lado de fora para algum ar fresco. Por ela acha que era meio-dia ou, talvez, meio tarde. Ela duvidou alguém perceberia que ela era até perdida ainda e teve que perguntar-se como logo seria notado e o que aconteceria então. Jeanne Louise realmente teve uma data hoje à noite com sua mortal que ela obviamente estaria faltando. Mas diferente de ser aborrecido e saindo mensagens sórdidas em sua secretária eletrônica, ele provavelmente não faria muito. Ela manteve suas datas separadamente do resto de sua vida, então não era como ele chamaria seu melhor amigo, Mirabeau, ou seus irmãos ou pai para descobrir por que ela não apareceu. Como para qualquer outro descobrindo isto . . . Ela sorriu esquisitamente, sabendo que podia ser domingo à noite, quando ela não apareceu para trabalhou, antes de sua ausência ser notada. Não era que ela levou uma existência solitária. Seu pai freqüentemente chamou ou visitou nos fins de semana como fizeram seus irmãos. Pelo menos seu irmão mais velho, Nicholas, e sua esposa, Jo, freqüentemente visitou. Thomas visitou muito menos entretanto, desde que ele estava na Inglaterra com seu Inez. Embora quando ele chamou na semana passada, Thomas disse que Bastien estava trabalhando em transferir Inez para o escritório de Toronto de forma que eles seriam mais íntimos para família. Então existia seu amigo Mirabeau, seu primo Lissianna, sua tia Marguerite, e Rachel, esposa do seu primo Etienne. Ela se tornou um bom amigo desde seu casamento. Quaisquer uma das mulheres poderiam chamar. Porém, eles provavelmente não se preocupariam sobre ela não respondendo para uns dias do par, que poderiam ser uma boa coisa. Daria seu tempo para tentar separar se Paul fosse um companheiro vitalício e o que fazer sobre isto.

Três

“E isto é Mamãe e mim no piquenique de família. Eu tinha três anos.” Jeanne Louise sorriu um pouco no retrato que Livy estava a mostrando. A criança tinha sido um adorável pequeno querubim às três. Sua mãe muito tinha sido uma beleza. Alta, loira, com olhos de céu azul, um sorriso bonito, e o corpo perfeito. Era suficiente deprimir o inferno fora de Jeanne Louise. Ela não era alta, não considerou se bonita, e não teve o corpo perfeito. Pelo menos não comparado a seu primo Lissianna, que ela considerou bonita. O lips da Jeanne Louise estava um pouco mais magro, seus olhos grandes mas amêndoa formada, e seu rosto tendido em direção a redondo em lugar de oval. Ela também era menor e com menos no departamento de simplório. Ela não pensou que ela podia competir com a perfeição de primeira esposa do Paul, especialmente quando aquela perfeição era um fantasma cuja beleza então nunca murcharia em sua memória. “Isto é suficiente dos retratos no momento, Livy,” Paul suavemente disse. “Economiza isto e comer seu sanduíche, por favor.” “Mas eu não quero isto,” Livy infelizmente disse. “Não saboreia bom.” “Mas ele é atum, seu favorito,” Paul disse com uma carranca. “Eu sei, mas ele saboreia engraçado,” Livy disse infelizmente e então adicionei um melancólico, “Tudo saboreia engraçado agora.”

Vendo o afundar preocupação em rosto do Paul, Jeanne Louise ligeiramente disse, “Talvez seu gosto está mudando. Todo mundo mudanças do gosto. Aqui, tente isto.” Ela levou metade sua próprio sanduíche e deixou isto antes da menina. “É presunto e queijo. Isto é meu favorito e seu papai coloca apenas da quantia certa de maionese. Não demais, não muito pequena. É perfeito.” Quando a criança hesitou, Jeanne Louise deslizou em seus pensamentos para a encorajar e então ficou lá, assegurando que ela tomou uma mordida, mastigou, e realmente apreciou a mordida. A criança era todo osso; Ela precisou comer construir sua força. A virada era um ataque rigoroso no corpo. Livy precisou ser mais forte sobreviver a isto . . . se ela fosse girada. “Boa?” Jeanne Louise perguntou quando Livy tragou, sorriu, e tomou outra mordida. Livy movimentou a cabeça, mastigação muito ocupada para responder. “Agradeça Deus,” Paul murmurou, as palavras um suspiro sincero de seu lips. Jeanne Louise meramente sorriu nele, sua concentração em assegurar Livy continuou a apreciar e comer seu sanduíche. Quando a criança terminou a primeira metade, Jeanne Louise wordlessly a passou pela segunda metade e continuou a fazer ela comer. “Aqui.” Jeanne Louise glanced para Paul ver ele resistindo um segundo sanduíche da cesta de piquenique ele destacou mais cedo. Não o levou longo para pôr o piquenique junto. Então ele retornou ao quarto e cautelosamente a desencadeou e a levou fora de um pouco gazebo no centro do quintal. Ele usou duas cadeias para algemar um tornozelo para um posto do gazebo. Paul teve então coberta ela com um cobertor leve para esconder as cordas de metal. Depois de uma vacilação, ele então asseguraria seu que ele seria direito de volta e dirigiu-se à casa. Jeanne Louise não precisou ler seu se importar de saber que ele se foi preocupado que ela poderia escapar enquanto ele se foi. Mas ela até não tentou. Ela permaneceu onde ela estava, ignorando o modo que ele manteve glancing acima de seu ombro, e então perscrutando fora a janela da cozinha como ele juntou a cesta de piquenique e Livy antes de apressar de volta fora. O alívio em seu rosto quando ele voltou achar ela sentando sedately onde ele deixou seu quase fez seu sorriso, mas ela se controlou e girou sua atenção para Livy como a menina começou a mostrar a seus retratos de sua mãe passada querida. “Obrigado,” Jeanne Louise disse quietamente como ela aceitou seu oferecimento. Ela depressa desembrulhou o sanduíche e tomou uma mordida ausente como ela se concentrou em Livy. Mas a explosão de sabor em sua boca fez sua piscadela e seus esforços em Livy ligeiramente gagueja. “Algo está errado?” Paul perguntou, pausando em desembrulhar seu próprio sanduíche. “Não,” ela disse depressa, retornando para sua atenção para Livy. “É bom.” Ela pegou seu sorriso fora do canto de seu olho e soube que ele quis assinalar que ela disse a Livy o sanduíche era perfeito sem até tentando isto primeiro, mas ele segurou sua língua. Provavelmente com medo a menina pararia de comer, Jeanne Louise pensou esquisitamente como ela encorajou que Livy terminasse o último de seu sanduíche. “Eu trouxe chips também,” Paul anunciou, deixando seu próprio sanduíche de lado para recuperar duas bolsas de chips do churrasco de cesta de piquenique e nata e cebola azeda. “Eu vi que você come ambos os tipos, mas não estava certo que era seu favorito.” “Ambos são,” Jeanne Louise admitiu com um sorriso de lânguido. “Às vezes eu prefiro churrasco e às vezes o outro. Só depende de meu humor.” “E que você preferiria hoje?” Ele perguntou, arqueando uma sobrancelha. “Churrasco,” ela decidiu. “Em e que humor que significa que você está?” Paul perguntou a interesse. “Disposta a picante?” Jeanne Louise sugeriu absently, sua concentração principal em Livy quieto. “Hmmm,” ele murmurou, e ela ouviu o sussurro como ele abriu os chips. Livy terminou sua última mordida e Jeanne Louise manteve ahold de seus pensamentos para outro momento assegurar o estômago da criança não era rebelling em estar tão cheia, e que todos estava bem, então lançada ela para girar sua atenção para sua própria comida. Seus olhos alargados quando ela viu a montanha pequena de chips de batata em seu prato próximo ao sanduíche que ela desembrulhou. “Obrigado,” ela murmurou e levantou um chip para estalar em sua boca. A explosão de sabor em sua língua este tempo fez seus olhos fecharem. Deus querido, ela esqueceu o quão bons estes eram. Ou talvez eles não acabaram de não saborear aquele bons durante algum tempo. Seu gosto tinha sido desvanecimento, Jeanne Louise percebeu. Mas era definitivamente atrás. Aquele pensamento feito ela abre seus olhos novamente e par em Paul. Ele era definitivamente um companheiro possível para ela então. Ela não soube se estar contente ou dismayed. Isto não iria ser fácil, qualquer modo que ela olhou para isto. As chances eram melhores que tudo iria lateralmente e ela perderia Paul que descobriria. Percebendo Paul estava perscrutando nela em questão, ela se forçou a mastigar e tragar o agora encharcado fazer uma vaquinha sua boca e então levantou seu sanduíche. “Ah ah ah,” Paul de repente disse, e Jeanne Louise glanced para ele perceber ele estava falando com Livy. A menina levantou seu álbum de fotografia novamente e estava movendo mais íntima para Jeanne Louise com isto. “Deixe Jeanne Louise comer primeiro.” “Mas—” Livy começou em protesto.

“Ele é uma afetuosa pequena coisa. aterrissagem em seu tórax. e então depressa se corte fora de e fechou sua boca como o cachorro imediatamente girou sua atenção lá. que não estava ajudando com seu blushing.” Paul respondeu. então glanced ao redor para seu sanduíche. Metade intrigou e metade calculando. Stuart estava aqui e esqueci de o deixar fora novamente quando eu voltei.” Jeanne Louise movimentou a cabeça. e eu não quis me preocupar sobre ela tocando atrás jarda com Boomer. Logo depois do último retrato ela mostrou a você. Além disso. Se Livy não sentiu como comendo que ela não teria tido a energia para tocar mesmo. ou seria uma vez que ela era engordada em cima um pouco e menos vestida olhando. mas evitado olhar para ele. “Eu comecei lá um pouco mais que um mês depois de mãe do Livy morreu. dizendo. Jeanne Louise sufocou na mordida de sanduíche que ela só tomaria e Paul desata a rir e depressa thumped suas costas para a ajudar fora. Era uma jarda grande com uma parede de isolamento de dez pés fez do que pareceu ser de rosatijolo colorido a distância toda ao redor isto. Ela não comeu muito o na semana passada ou então qualquer um. Boomer não estava tendo qualquer disto.” Paul disse esquisitamente. Lembrou a ela da proposição que ele teve para ela. ela olha buscando fora Boomer e Livy ver que a menina estava lançando a bola para o cachorro e arrulhando felizmente como ele foi buscar isto atrás para ela. “eu gosto dela também.” Paul quietamente disse. dando ela um guardanapo. se ela olhasse para ele que ela suspeitou que ela o imaginaria desnudo. “Dois anos e quatro meses agora. Não ajudou muito com erradicar a imagem dele desnudo dela se importa entretanto.“Por que você não vai deixar Boomer fora da garagem?” Paul interrompeu. “Desculpe sobre isto.” A resposta pegou sua muito por surpresa. Além disso. ela já era. Encolhendo os ombros. Pareceu um assunto bom.” antes de tomar uma mordida.” Paul seriamente disse. “Vá buscar. Ela não podia ouvir quaisquer sons de além da parede que poderia ter dito ela qualquer coisa qualquer uma. seu olhe ainda em diante sua filha. e adicionada. assistindo sua filha toca.” Jeanne Louise grinned nas palavras. que preveniu ela achando onde eles estavam. “Boomer!” Paul disse em uma voz que ela suspeitou deveria ser firme. “Eu o comprei para Livy quando Jer—sua mãe morreu. Livy manteve estrondo de estrondo de grito ' quando ela o perseguiu em torno da noite que eu o trouxe casa. porém. Condene o homem. então eu chamado ele Boomer. Era a verdade.” Jeanne Louise glanced para Paul naquele comentário e notou o modo que ele estava olhando para ela. Percebendo era até ela. “Boomer?” “Shih tzu. Jeanne Louise assistiu ela ir com um sorriso e então glanced para Paul com uma sobrancelha levantada. Pequeno do Livy. então ela firmemente perscrutou em seu prato e comeu seu sanduíche. “Como ela morreu?” . “Ele gosta de você! Eu soube que ele iria!” Livy guinchou com encanto e Jeanne Louise desata a rir. o efeito estava um pouco arruinado por seu riso. uma mordida de cada vez.” Paul disse e então lançou a bola.” Paul disse com um sorriso como ela recuperou controle dela mesma. Porém. ela apertou o torcer pequeno corpo em suas mãos e o aliviou suavemente até seu colo como ela se sentou de volta em cima. Para tudo que ela soube que eles podiam estar fora no país ou pincelada de beijoca na cidade. “Quanto tempo você trabalhou para Empreendimentos de Argeneau?” Jeanne Louise perguntou como ela terminou o último do sanduíche. “Por que a parede?” Jeanne Louise perguntou em lugar de perguntou onde eles estavam. Ela soube que ela era vermelho claro. “Livy não tem sido isto alegre durante algum tempo. aliviado ver que ainda se sentou onde ela deixou isto em seu lado. Eles tiveram que conseguir ela para comer mais. eu não podia resistir. ela estava simplesmente permanecendo e lançando a bola. Ela levantou isto. surpreendendo e caindo seu para trás no gazebo chão. mas Jeanne Louise não ficava surpreendida por ouvir isto era ativo para a criança. A criança era doce e amorosa e bonita como uma boneca. “Eu o ponho lá enquanto Sra. Ele é provavelmente louco para uma corrida em torno da jarda. Se ela fosse honrada com ela mesma. patas dianteiras em seu queixo como lambeu loucamente em seu rosto com sua pequena língua rosa. mas ele voltava depressa e acenando uma bola rosa pequena na frente do rosto do cachorro. ela levantou metade seu sanduíche e levantou isto para sua boca. Ela gostou de Livy. A bola de pele seguida. mas continuado tentando torcer fora de sua alça e até lamber seu rosto novamente. “Isto é bom. Jeanne Louise instintivamente lançou o animal como ele lançou depois disto. A menina jovem exatamente não estava saltando ao redor. “Eu gosto de tomar banho de sol no nu. “Nós não somos longe da estrada e a parede bloqueia o som.” Jeanne Louise movimentou a cabeça.” Jeanne Louise riu nas palavras e depressa enxugou seu rosto. e então deu uma boqueada surpreendida como uma bola do poder peludo pequeno lunged nela. “Ela gosta de você. não desnudo. seguro. seus olhos corrediços atrás para sua filha como ela lançou a bola para Boomer novamente e deu uma risadinha como o cachorro feito correr fora através da jarda depois disto. “Desculpe. Ela era só três. Ela estava vagamente ciente de Paul permanecendo e movendo fora de.” ele disse com um sorriso de lânguido.” Livy estava em seus pés e saltando em direção à casa de uma vez. imperturbada por chegada do Boomer.

realmente gostado de Livy antes dele pôr sua proposição para ela. Aparentemente Paul teve. . ela estaria olhando para preta. Nunca Realmente pensou ninguém até notaria. e ela era muito.” Jeanne Louise assistiu ele por um minuto. olhando bastante perplexa. “Faça que você precisa—?” . Nós compartilhado o almoço. “Você foi pálido. e café da manhã sem compartilhar uma mesa pela última quase duas e uns semestres. . Ela terminou isto para ele em sua mente. “Estava machucando um minuto atrás. mas . preocupação funda óbvia em sua voz. Nenhuma dúvida ele quis estar certo ela realmente. Jeanne Louise era muda por um minuto. ela estava imediatamente atacada com uma dor que fez ela vacilar e apertar seu fim de olhos. Deslizando na mente da menina. “Bem. fraturas de lanche. “Você foi a primeira pessoa para vir para se importar quando eu . nunca parando de até olhar seu modo deixa só tenta ler sua mente. entretanto guiou a conversação longe de sua esposa bonita perguntando. “Você tem outra enxaqueca. Se perguntada. mas não agora. Jeanne Louise pensou. Se ele não fosse. “Papai. Existia nenhum modo que ela soube de.” ela firmemente disse. ela não poderia explicar como ela fez isto. como era todos os sapatos que ela comprou. “eu não sei. com uma combinação de horror e desânimo. “Talvez relaxante com um filme é para o melhor. Boomer e eu podemos assistir aquele dragão treinando filme?” Jeanne Louise sorriu em Livy como ela abordou com Boomer em seus saltos de sapatos. Ele tinha estado na lanchonete três vezes por dia por dois anos e quatro meses e ela nunca o notaria. e então ela disse com surpresa.” Jeanne Louise o sentiu glancing seu modo. de cinco polegadas altos-heeled sapatos com cravos nos saltos de sapatos. Jeanne Louise tomou um momento para tentar ajustar para a dor. seu olhe em sua filha novamente. . “Você sempre parece tão afetado e profissional dos tornozelos em cima. Ou o que ele perderia se ela fez como ele desejou. levantando agora. mas ele não terminou tão pensado. Sim. Ela não conheceu como a criança teve borne ele sem chorão e gemidos. Jeanne Louise piscou em suas palavras e perscrutadas abaixo. Entretanto ele não teve nenhuma pista o que ele estaria perguntando a sua. e agora estava chegando a assistir sua filha bonita ir também. e então admitida. . Infelizmente.” Paul disse de repente com diversão. . Mais malditos? Eles eram sensuais à medida que todo sai. e podia entender que o desespero que o levou a seqüestrar um imortal. “Jeanne Louise? Você está certo?” “Multa. “Eu notei você no trabalho vários tempos. Era um insuportável. “Então Livy é quase seis?” “Seis no próximo mês. mas você veste os sapatos mais malditos. . “quando eu decidi que eu precisei de um imortal para salvar minha filha.” Jeanne Louise tragou. estando em seus pensamentos significaram que Jeanne Louise estava sentindo a dor ainda que Livy agora não era. “Existem muito immortals que trabalha em Empreendimentos de Argeneau. assistindo sua filha brevemente. aumentaria suas chances de que ela girando a menina. mas ela usou a mesma técnica que ela foi ensinada usar quando alimentando fora do coicear afastar suas vítimas de sentir a dor de seu afundamento de dentes em seus pescoços. Ela provavelmente caminharia para direito passado ele mil vezes em Argeneau. Bem. batendo pulse aquele reverberado por seu crânio. a única pergunta que partiu era . uma carranca curving seu lips como ela notou o pallor para o rosto da menina. se ela direito fosse sobre seu motivo em seqüestro ela. “Por que você o que?” “Por que você me seqüestrou?” Jeanne Louise explicou. Se ela tivesse . Ela teve que poder ver a menina para continuar a controlar ela se importar e a mantém de sentir a dor.” Paul de repente disse. bebê?” Paul perguntou. “Por que me?” Ele glanced para ela com surpresa. . Eu só . . . seu companheiro vitalício tinha sido aquele perto de seu tudo isso tempo.” Paul disse soando preocupado novamente. “Eu . .“Ela estava dirigindo para casa do trabalho a semana antes do Natal quando um motorista bebido blindsided ela. Em sua mente.” Ele agitou sua cabeça sem ajuda e então glanced para ela. “Nós tomamos fraturas ao mesmo tempo. você e Boomer podem assistir um filme.” carranca de Livy.” “Paul bem soou nonplused. Mas ela pensou que eles eram escondidos pelas calças longas que ela sempre vestiu. mas ficou mudo. Por que me?” Ele carranca. Correu ela em um pólo de telefone. A criança teve enxaqueca de um esmagar. Ela nunca consideraria isto. mas Jeanne Louise não fez olhar ao redor. Ela sobreviveu a umas semanas do par. mas já estava dividindo sua atenção entre tentar afastar Livy de sofrer e tentar pensar sobre como a manter de sentir isto depois que ela deixou sua visão. Ela quis e ela era um adulto. Abaixo em seu lábio para afastar de gemer. Jeanne Louise solenemente pensou. uma mudança da mão pequena para sua fronte como se sentindo ver se estivesse ainda lá.” Ele deixa sua respiração fora em um suspiro e infelizmente encolheu os ombros. . Deus querido.” Paul murmurou.” Paul disse novamente. . sua concentração quieta em Livy como ela continuou a trabalhar aliviar sua dor. Jeanne Louise supôs quando ela se sentou na lanchonete com tornozelos ou pernas cruzadas que suas pernas de calça montaram em cima e os sapatos mostraram. Ele assistiu sua esposa morrer por duas semanas. muito certa ela era certa. Quase de Ano novo. mas seus pés eram cobertos com o cobertor as correntes em seu tornozelo.” Ele não estava pronto para admitir isto ainda. ela tragou e tentou ignorar a basca crescente em seu estômago. e então abriu seus olhos novamente e começar a tentar aliviar isto para a menina.

ela sofreu a dor tão claramente quanto ela soube que Livy normalmente sofreu isto.” Livy disse shakily. Depressa removendo a dor novamente. “Ido?” Paul perguntou e então glanced acima de seu ombro em direção a Jeanne Louise ver que ela muito trocou ver a menina. Ela fechou seus olhos e esfregou sua fronte infelizmente como a memória da dor começou a enfraquecer. talvez até cem vezes mais gostosas que tinha sido um dia atrás. Os segundos conferidos por gostam de horas como ele perscrutou nela e ela soube que ele estava tentando descobrir o que estava acontecendo. Pelo menos é disso que Jeanne Louise concluiu quando ele de repente andou em sua linha de vista. Ela apenas poderia permanecer isto ela mesma e ela não estava só uma mulher crescida. Enquanto na mente da criança. e depressa. e então tentou ver passado ele para Livy quando a criança de repente chupada em respiração de um ofegar. sua atenção na menina dormente tanto como Paul é era. Ela era 90 por cento certo que Paul era seu companheiro vitalício.” ela quietamente disse. Aquela dor tinha sido insuportável. ele não pensou que era qualquer coisa bom. Papai. “Eu— N-nada. Paul pensou que ela era eyeing que Livy gosta de um bife suculento grande.” “Você fez ela dormir?” Ele duvidosamente perguntou. Paul ouviu o som muito e movido para a criança. “Foi novamente. Boomer seguido. E então ela teve de alguma maneira para fazer ele a ama e concorda em gastar eternidade com ela antes de explicar que ela podia girar só um. Ela imediatamente deslizou de volta em seus pensamentos e tomou controle mais uma vez. “O que é isto. Jeanne Louis moeu seus dentes como começou a bater em sua própria mente. trocando seu corpo de forma que suas costas estava para seu até como ele moveu Livy na frente dele. Idiota. Ela teria que descobrir. “Era a única coisa que eu podia pensar fazer. blocagem sua visão da criança. ela soube. “Ela ficará adormecido se você não for com ela?” Paul perguntou a uma carranca. visão da blocagem Jeanne Louise da criança mais uma vez e novamente quebrar a conexão. E aparentemente ele pensou que sua fixação em Livy era porque ela viu a criança como um grande lanche. Aparentemente. . Ela não podia ler para Paul e comida saborearam surpreendentes desde que ela acordou encadeado para a cama. “Ela não sentirá a dor agora. mel?” Paul estava perguntando. vitalícios pareciam desfalecer da paixão empinada que subjugou eles durante o sexo. . ela pensou.” ela sussurrou como se com medo falando em todos devolveriam isto. uma mão em sua fronte. Um Livy segundo mais velho endireitou ela afundando corpo e piscou seus olhos com algo como confusão. Ela não estava em todo surpreendida por ouvir um gemido da criança uma batida do coração nua mais tarde. esmagando enxaquecas ao longo de dias. permitindo Jeanne Louise a ver novamente. O momento ele se foi. e teria batido gosta de um sledgehammer para a cabeça. Felizmente. deixe semanas sós. Ela teve que seduzir o homem e consegue aquela prova final que ele era seu companheiro vitalício.” Jeanne Louise quietamente disse. Seguramente lá algo que eles eram podiam dar à menina? Jeanne Louise deita de volta no cobertor de piquenique que Paul espalhou acima do chão de madeira do gazebo. Companheiros bem. “Ela está dormindo. Ela acabou de precisar daquele último pedaço de prova. Paul pegou a criança para seu tórax com preocupação como ela deslizou limply contra ele. mas uma imortal. A dor não bateu sua força cheia agora que Jeanne Louise não estava controlando isto. “Ela devia. Ela teve que aumentar ela cortejando. venha para me conseguir e eu a porei para dormir novamente. mas concentrada na menina enquanto tentando separar o quão melhores para aliviar a dor para eles dois. Ele então glanced para Jeanne Louise em questão. jogging junto em seu lado. entretanto movimentou a cabeça e permaneceu levar sua filha na casa. A comida ela comeu desde estar aqui era dez. que seria ou Livy ou ele. A consciência da Jeanne Louise simplesmente não permitiria que ela deixasse Livy sofrer como ela era.Sangue.” ela miseravelmente gemeu. . incerteza em sua voz. Mas que se ela girasse ele. vendo a raiva protetora lá e soube que ela era certa. Jeanne Louise não teve nenhum desejo para sofrer mais que ela quis a criança. Ela estava ciente de sua olhando fixamente para ela. Era a única coisa que ela podia pensar fazer naquele ponto. Jeanne Louise levantou uma mão para esfregar sua própria fronte. O corpo humano envia fora endorfinas enquanto dormentes isso a prevenirão sofrer. “Livy?” Paul disse com preocupação. ela supôs que ele estava perguntando. “O que você está fazendo?” Paul finalmente perguntou.” ela disse simplesmente. porque ele de repente girou. Jeanne Louise hesitou e então Livy forçado em dorme. Se fosse o mesmo modo com sexo com Paul . aliviando sua filha em seus braços. “Minha cabeça. Ela não podia imaginar ter tal repetir. O nanos teria esvaziado endorfinas em seu sistema para tentar aliviar seu desconforto. mas o ignorou. Jeanne Louise imediatamente lateralmente trocou para conseguir um vislumbre da menina novamente e enfoque em seus pensamentos. Jeanne Louise trocou seus olhos para seu rosto.” Jeanne Louise viu olhar de Paul sua saída do canto de seu olho. Ela não conheceu como a criança lidou com isto. Se você a empurrar e a desperta em cima quando você a puser para a cama. E ela não podia girar seu qualquer um. “Foi novamente. e ela podia entender como isso poderia ser se sexo era cem vezes mais poderosas também. Ela então girou sua atenção para o que teve que ser feita. ele podia então usar sua uma virada para salvar sua filha. Paul hesitou.

“Como?” Ele quietamente perguntou. Então. mas . mas desejou que ela pudesse aliviar um pouco de suas preocupações. e movimentado a cabeça. Eles podiam girar só um e a idéia de ter que gastar séculos ou até millennia só . Eu presumo que era considerado necessário para ajudar na caça para sangue. Enquanto Jeanne Louise conheceu que ela teve que entrar na mente da pessoa para fazer isto. Jeanne Louise não se importou que ela não deu a luz a Livy. . O próximo passo é para manter seu sedado no hospital. “eu alimentarei seu presunto e sanduíches de queijo para toda comida se quiser dizer que ela comerá. entretanto ela arriscaria gastar o resto de sua vida longa só se ele não estivesse disposto a ser seu companheiro vitalício. “Ela é obviamente mal. Jeanne Louise era tentada para fazer a oferta de qualquer maneira. Nada saboreia o mesmo que normalmente faz quando você estiver doente.” Mas ele não quis seu warehoused enquanto ela morreu. sua expressão horrenda. tudo seria boa. Ela não teve uma pista como ser uma mãe.” Paul abruptamente disse. sua expressão inalterada. O pensado feito seu sorriso um pouco. . ela pensou com um sorriso. Mas ele piorou com primeiro o nascimento de pequena da Lissianna e Greg Lucy. ele disse. “Eu não sei exatamente como é feito. bem. O homem teve se preocupa linhas fazendo ranhuras em seu rosto e ela suspeitou que eles provavelmente não tinha estado lá antes de Livy ficar doente. mas admitindo que ela teve significaria admitindo a poder controlar mentes e ela não estava disposta a fazer isto. e então ponha ela para dormir?” Paul perguntou devagar como se querer estar certo ele teve isto direito. Eu não quero deixar seu só no caso de que ela acorda. mas não parece fazer qualquer coisa mais. “E seu comendo o sanduíche inteiro?” Jeanne Louise hesitou. era insustentável. e então com anúncio do Tio Lucian e Leigh que Leigh era grávida novamente. Jeanne Louise terminou em sua cabeça quando ele caiu mudo. Eu fiz aquele para Livy aliviar sua dor. ela não soube muito mais que isto. e sua preocupação estava terminando como raiva. ela amou crianças.Se ela tivesse sucesso nisto. ela era agora sete meses junto e mãe e criança estavam aparentemente bem. mas eles simplesmente não podiam salvar eles todos. Jeanne Louise só sempre não quis uma família de sua própria. Ela piscou à vista de Paul de pé acima dela. “Você tem alguns explicando fazer.” ela disse calmamente antes dele poder perguntar a qualquer coisa. Enquanto Leigh perdeu sua primeira criança no segundo mês. Ele estava preocupado. Sorridente esquisitamente. É tipo de instintivo. Era tipo de instintivo.” Paul relaxado lentamente. Ela soube que ele estava perguntando a ela se ela tivesse qualquer coisa para fazer com isto. “não existe nada que eles podem dar a ela para a dor?” Paul agitou sua cabeça e correu um mão wearily ao redor seu pescoço. Que não estava realmente bem mesmo. Era como um sonho tornado realidade. Cada um deles encontrariam centenas de mortals que eles podem gostar. E ele estava preocupado porque ele não entendeu o que ela fez. Ela teria seu companheiro vitalício. Ela podia aliviar que se preocupa sugerindo que ela gire ele. Não importou entretanto. e uma filha também. “O nanos dá a nós a habilidade de bloquear receptores de dor da pessoa ou faz eles dormirem. realmente. poderia até acabar o melhor de amigos. eles não sentem a mordida qualquer um. “Enquanto eles. Apesar disto. ou até amor enormemente. mas seus nervos de repente chiando. e então perguntado. Livy era sobre a mesma idade que Lucy. Eles podiam ir por treinar alimentar junto. ela suposta. como quando você conseguir um resfriado ou influenza. eles não sentirão dor. ela simplesmente disse. mas ela forçou isto abaixo e ao invés perguntado. diferente do que ela viu com Lissianna e Greg. Ele quis a salvar. Quatro Jeanne Louise se sentou em cima lentamente. não estariam no mesmo grau. A fantasia de uma vida de casa feliz com Paul e Livy estavam construindo em sua cabeça quando o chinelo de um pé fez ela abrir seus olhos. Ela é perdida tanto peso tão rápido. se importe com. “Eu acho que eu devia aceitar em devolução você.” “Você bloqueou a dor. Ela tem sentido um alfinetar para uma a última década ou então.” Paul era mudo por um minuto. Com algum você realmente tem para estar em contato físico para administrar isto. e se nós fizermos eles dormirem. . Jeanne Louise movimentou a cabeça. Ela hesitou. Jeanne Louise de repente percebeu. mas eles eram ensinados de nascença para manter uma distância sentimental certa entre eles mesmos e mortals. Todo mundo estava esperando avidamente para o nascimento da criança. Talvez sua enfermidade está afetando ela saborear brota de alguma maneira. processo isto.” ele disse fantasias do coldly e Jeanne Louise de uma explosão futura feliz gosta de uma bolha. . Ela a aceitaria como sua próprio e mãe ela como melhor ela soube como. ela não achou que provavelmente seria bom para admitir que ela podia entrar em se importava como ela fez. Realmente. e ele gira Livy.” Jeanne Louise permaneceu mudo. Eu tentaria comidas diferentes com ela. . Eles seriam uma família. “Eles deram a ela a dose mais forte que eles ousam para sua idade e tamanho. Eles eram ambos bonito pequeno blondes também. Finalmente ela deu a ele uma metade verdade. aparentemente achando que uma explicação sensata. Mas eu tenho que poder pelo menos ver ela para fazer isto. Poderia parecer egoísta para uma mortal para ela pôr sua necessidade para um companheiro vitalícia à frente de vida da criança.

Ela não desistiria de sua virada para só ninguém. Eu não tive acesso a um banco de sangue ou qualquer coisa. “Você gostaria de algum sangue agora?” “Sim. Ele não estava pronto para ouvir que ele poderia ser seu companheiro vitalício. A única razão eu estou ainda aqui agora é porque eu escolho ser. eu posso a ajudar. . ela pegou a arma de fogo de tranqüilizante de seu bolso de costas com o outro. Ela mordeu seu lábio. “Então por que você está ainda aqui?” Jeanne Louise hesitou inseguro como responder isto. tido só uma virada para usar. lançando suas pernas de calça e deixando eles retirar-se em lugar à medida que ela endireitou. “Sim.Jeanne Louise movimentou a cabeça e começou a lotar longe o permanecer de seu piquenique. e começou a agitar sua cabeça. e enquanto seu coração doído para Livy e ela simpatizou com Paul. “Que tipo de teste?” Ele cautelosamente perguntou. Bom Senhor. por favor. O momento sua boca aberta. A rosa de sobrancelhas da Jeanne Louise quando ele desfez a tampa e deu isto para ela. Primeiro. Ela levou os cobertores e ele a cesta e o fim de suas cadeias como eles começaram a caminhar. claro. Então você por favor pode remover as correntes de meu tornozelo? Eles estão começando a esfolar. Deixando isto fora.” Paul disse com assombro. ela olha skittering para ele quando ele ajoelhou ajudar. Enquanto isso. ela adicionou. “eu podia ter feito aquele em qualquer ponto ao longo do último par de horas. claro. mas ele movimentou a cabeça. você moveu tão rápido que você era um obscurecer. ela finalmente encolheu os ombros e ofereceu um evasivo. Jeanne Louise deixa a duas gota de pedaços para o chão e então andou de volta de Paul. Uma vez que tudo voltava na cesta e o cobertor eles se sentaram em. como todo outro imortal.” Jeanne Louise respondeu. se ele pudesse a ver como mais que um caminho possível salvar sua filha. ela precisou estar certo ele era. mas teve que usar isto sabiamente. e ela não estava pronta para dizer a ele. “Eu usei jarros esterilizados. eu conheci que você que sujeitos eram mais rápidos. juntando a cadeia e correntes e mudança para deixar eles na mesa da cozinha. era dobrado. mas simplesmente disse. Jeanne Louise movimentou a cabeça. “Obrigado. não acabava de não poder. “Eu não penso que—” ele pesarosamente começou. Jeanne Louise não o deixou. Ela não teve nenhum desejo para o assustar ou faz ele sentir ameaçado. Nada era sempre fácil.” Paul repetiu. Ele obviamente quis acreditar em. Mexeu uma raiva lenta nela. Ciente que ele estava esperando por uma resposta. ela não podia salvar todo mortal que era terminally mal. No mesmo momento.” “Oh.” “Um teste. E até que ele aprendeu a confiar que ela não iria. “Você tem seus segredos e eu ter meu. Ela precisou dele para pensar sobre ela como um aliado se ela fosse o galantear. eu estou disposto a ajudar aliviar dor do Livy de forma que ela pode comer e descansar e reconstruir sua força. e então de olhos seu cautelosamente à medida que ele respirou fundo. Eu tenho sangrado eu mesmo por quase dois meses conseguir . “Considera isto um teste. Ele estava preocupando sobre ela escapando. sua abertura de boca para falar. era? Movimentando a cabeça. Quando ele pausou para olhar nela com uma carranca. “Você não pensa que você devia me manter um pouco mais íntimo para Livy?” Jeanne Louise perguntou quando eles entraram na casa e ele girou em direção à porta para o porão. seu espasmo de lips no quão cortês e duros eles dois soados. Paul moveu para a geladeira e recuperou um jarro do líquido carmesim escuro. ela soltou os cobertores. ele perguntou.” ele disse esquisitamente. Esta situação era uma difícil. Ele trocou suas pernas de calça em cima e Jeanne Louise curvou segurar eles fora do modo para ele como ele depressa desfez ambas as correntes e removeu eles. Eu presumo você assim?” Olhos alargados do Paul.” ela murmurou. Nenhum de nós está pronto para revelar eles ainda. pegou a cadeia e arrastou isto de sua alça com uma mão. ele continuaria a pensar sobre ela como um cativo. ela permaneceu e esperou caladamente como ele depressa destrancado suas correntes do gazebo postam. como também o que teve cobertas suas pernas. E então ela precisou ver se ele estivesse disposto a estar aquele companheiro vitalício. “O que—?” “É meu sangue. Paul pareceu rasgado. “E se eu prometo para não tentar deixar a casa?” Ela interrompeu.” “Jesus. Jeanne Louise. Ele hesitou e então glanced em direção à geladeira. Porém. ele nunca falou a recusa que ela esperou. mas ela se forçou a tomar várias respirações fundas.” Paul glanced ao redor e então agitou sua cabeça e alcançada em seu bolso para a chave como ele ajoelhou por sua perna.” ele muttered com uma carranca. dando a ele espaço. . “Meu prazer.” ele quietamente explicou.” Paul hesitou. mas . mas soltou a cadeia que ela puxou dele e usou ambas as mãos para estalar o barril fora do fim da arma de fogo de tranqüilizante com estalo de um satisfazer. maldição. e Jeanne Louise não podia ajudar sentimento como um cachorro treinado como eles dirigiram-se à casa. mas no fim. Ela verbaliza tranqüilo.” “Bom. incerteza que arranca em sua sobrancelha e Jeanne Louise suspirou com irritação. e empurraram a raiva de volta abaixo. Jeanne Louise disse. “Se ela acordar em dor. mas ficando brava não ajudaria neste momento. Era outro tipo de paixão que ela precisou agora. Ela até não pensou sobre que ela estava fazendo então. A verdade não faria mesmo. “Jesus.

Era a cama que Paul estava agora olhando fixamente para com algo como desânimo. “É. “Eu tenho bastante uma coleção do cinema. Só o que nós precisamos conhecer. “eu compro o novo lança regularmente bonito.” Ele glanced atrás para a geladeira com uma carranca e então adicionada. “De cima. Ela bebeu isto tão depressa quanto ela podia.” Paul muttered.” “Bem de sons. duas mesas de fim. “Você se importaria de ver isto novamente?” “Não. .” Paul balançou em direção à porta para o corredor. não terrivelmente surpreendida quando ele glanced acima de seu ombro para estar certo ela era seguinte atrás dele.” Jeanne Louise movimentou a cabeça e deu isto atrás. Isto era definitivamente uma reversão de papéis para ela. comédias. o que com Livy estando doente.” ele muttered voltando para ela. Endireitando seus ombros. eu tenho .” Paul admitiu. “Eu também. Não que era desagradável para ela. ele se apressou para o armário segurando a TV e ajoelhou abrir as portas duplas abaixo disto. Era duas vezes o tamanho de um quarto normal. Ela tendeu só para estalar uma bolsa para seus colmilhos para evitar saborear isto. Ele levou suas passadas duas portas.” ele ofereceu. ela olha skittering para a outra metade da cadeira. Ela então girou perscrutar nele. Jeanne Louise seguida ele dentro de e quase andado em seus saltos de sapatos quando ele de repente pausou. “Eu sinto muito. A situação não podia ser melhor para isto. voltando para os Dvds. Bem. claro que não.” “Eu suponho que você não sai muito. “Eu ouvi que era satisfatório.” Jeanne Louise murmurou e aceitou o jarro. e então glanced acima de seu ombro e nela explicar.” Paul disse dando isto para ela ler o de volta. Curiosos.” ele disse fechando as portas e endireitando.” Ela seguida caladamente. Jeanne Louise levantou novamente e moveu para permanecer atrás dele e par acima dos títulos em exibição. Senhor querido. mas era uma cadeira de amor. um tamborete largo. Ela não estava acostumada a beber fora de um jarro.” ele disse esquisitamente. ela figurou. Ela suspeitou entretanto que ela seria o fazendo o primeiro movimento. “Oh.” “Isto está Vermelho?” Jeanne Louise pediu para mudar o assunto quando ele caiu mudo. “Não. Ou um vidro no que diz respeito a esse assunto. e fez careta como ela então fixe o jarro na pia. Jeanne Louise glanced em torno do quarto ele a levou a.suficiente junto para você.” ela disse. Não era especialmente pequeno. Ela normalmente deixa os homens fazerem os movimentos e fazerem o .” Jeanne Louise respondeu facilmente e pegaram o sorriso em seu rosto como ele novamente girou adiante. muito ciente que ele permaneceu atrás dela. seu olhe corrediço para a cama e então skittering longe. feito para encorajar proximidade e abraçando.” ela murmurou como eles andaram sobre a aterrissagem e encabeçada em cima o corredor. Nós devíamos ser capazes de achar algo nós dois gostarmos lá. Jeanne Louise recuou para a cadeira de amor e concordou com isto. “eu espero que eu tenha suficiente. então hesitou. ou qual era em estoque. e glanced para ele esperançosamente. Paul não teve uma pista o que eles poderiam estar para um ao outro. “Nós podemos assistir um filme ou algo se você gostar enquanto ela dorme. mas ela se sentiu um pouco tímida sobre beber isto na frente dele.” ela disse com um encolher os ombros e moveu nonchalantly para a cadeira de amor como se ela dificilmente notaria a cama. “Certo. Eu vi quase tudo que eu tenho. “Certo. Assistindo seu bebida seu sangue dificilmente a pintaria como uma fêmea atraente. . Girando suas costas para ele. vitalícia-paixão de companheiro. Eu não estava certo quanto você tem necessidade. Eu suponho que nós teremos que assistir um filme no andar de baixo e—” “Isto é mais íntimo para Livy. ela pensou. Deixando ele para conseguir o DVD começado. “Que tipo do cinema você gosta?” “Aventura de ação. “Mais?” Paul perguntou quando ela terminou e voltou. Ela fez. “Eu não estava pensando. ela quis saber sobre aquele indicador final. e uma TV de 47 polegadas começando a estudar um metade do quarto. ela caminhou para a janela como uma desculpa para manter suas costas para ele como ela depressa abaixou a bebida. então continuada em para uma porta aberta no fim do corredor. vamos ver. Jeanne Louise lembrou a se. “Mas eu não saí muito na frente de que qualquer um. enquanto uma cama de trenó de rei de tamanho e duas mesas de fim encheram o outro. era enorme.” “Eu estou certo que você tem suficiente. Não desde minha esposa . “Malkovich estava espantando nisto.” Paul admitiu como ele recomeçou atividades os degraus. com um couro ama cadeira. quase tudo. Jeanne Louise não era normalmente o agressor nestas situações. e horror.” Jeanne Louise disse com condolência. diminuindo a velocidade no segundo para olhar em um Livy dormente.” Ele agarrou o DVD. Deus querido. Mas era impossível para não notar a cama. . provavelmente assistindo seu bebida seu próprio sangue. . Eu realmente gostei disto. olhando de repente desconfortável. “Bem. “Sim. Eles não dão a nós info assim. revelando fila depois de fila de Dvds.” ele muttered. Jeanne Louise agitou sua cabeça e caminhada para a pia depressa para enxaguar o jarro como se removendo o último do espesso líquido removeria a memória de que ela bebendo isto de sua mente.

Paul riu e permaneceu mover para o jogador de DVD. Ela supôs que ele esperou até que seus anos trinta para casarem e terem Livy. “Você é frowning.” Jeanne Louise glanced para a tela naquele murmúrio satisfeito de Paul ver que o FBI advertir era acima de e ele rapidamente remeteu pelos reboques de filme para a apresentação de característica. Julgando a propósito Paul congelou. Ela tem um tanto quanto distraído com o filme e perdeu o enredo do que ela deveria estar fazendo aqui. ela não estava exatamente certa o que ela deveria fazer aqui. fim suficiente para beijar. não é? Eu juro Boomer é ir acabar quebrar minha perna em algum dia. Educando a esposa falecida não pareceu uma coisa esperto para fazer quando ela planejou tentar o seduzir na próxima hora ou então. dizendo.” ela respondeu com um sorriso. “Bom?” Paul perguntou a um sorriso. Tristemente. “Eu escolherei quando eu voltar. Fez sua maravilha se eles planejassem ter mais crianças depois de Livy e destino interveio. o que ela devia fazer próximo não era mais um problema. Jeanne Louise soube que com certeza quando a escova gentil de seu lips através de sua partida uma explosão de sensação que rocketed por seu corpo.” Jeanne Louise disse depressa. Jeanne Louise se sentou de volta com um pouco suspiro como os créditos finais rolados. naquele momento ela não podia nem recorda como a mortal ela presentemente estava datando fez seu movimento. ela ocasionalmente deu um empurrão mental de encorajamento para homens mortais se ela ler que eles estavam interessados e ela era atraído para eles ela mesma. Realmente. Sua boca era uma polegada nua longe. ela não teve uma pista como começar isto. “eu tenho que verificar em Livy. ela não podia usar aquele em Paul. Paul estava olhando fixamente para ele como se a mensagem era um que ele nunca veria na frente de e precisou ler. Salvou tempo. fim suficiente ela podia sentir sua respiração em seu lips. Ela era como ignorante e incerta nesta situação como uma mulher mortal seria .” Quando ele endireitou.” “Hmm. Ela fez só atacar o homem e planta uma nele? Ela deveria dizer algo lisa e sedutora e então planta uma nele? Gritos. mas seu se importa de estava em como ela deveria fazer o partir. antes de corrediço para seu rosto para assistir o ligeiramente weathered menino-beleza da casa ao lado. Quase duas horas mais tarde. Jeanne Louise ofegou e trocou seu passo depressa para evitar andar no cachorro. . Um rosto de relógio digital começou a estudar a maior parte da tela. Ele tinha estado lá. tendo deixado a abordagem até homens todos estes anos. Jeanne Louise estava olhando fixamente para ele. Jeanne Louise ofereceu um sorriso como ele povoou ao lado dela e apertou o botão para começar o filme. ele só sussurraria algo por sua orelha quando eles estavam dançando e quando ela tiver glanced para ele. “Certo?” Ele perguntou a preocupação.” Paul retornou a cadeira de amor. então agarrado de modo selvagem para ombro do Paul afastar de cair como ela perdeu seu equilíbrio. Jeanne Louise fez também e eles dois girado em direção à porta. Pareceu tão natural no momento. Paul estava em seus finais de anos trinta ou cedo quarenta. ele está sempre me apanhando. Paul usou seu esperar seus braços para . Mente você. Jeanne Louise suposta. ou pelo menos o FBI advertindo no princípio disto. soltando agachar em seu lado como ele abriu as portas duplas novamente para revelar sua coleção. segurando ela em seus braços antecipadamente agonizantes acima de como fazer isto como ela era agora? Jeanne Louise não tinha estado em seus pensamentos no momento. Geez. Eu escolhi o último.” Jeanne Louise segura ele com um sorriso torto como ela ergueu sua cabeça. ela voltou para a seleção disponível e disse. Ele era definitivamente seu companheiro vitalício. Jeanne Louise moveu para juntar-se ele. Então ela fez. O enfraquecido de sorriso entretanto quando ela percebeu só o quão íntimos eles eram. Ela não podia nem lê ele para ver se ele estivesse interessado. atirando de seu lips todo para encurralar de seu corpo. Como ela recordou. . Era algo que ela iria ter que ficar exaltado para.perseguir.” Paul glanced acima de sua coleção como ele substituiu o DVD Vermelho em seu caso e então encolhido os ombros. Eles caíram em um ligeiramente silêncio desconfortável como eles esperaram pela advertência terminar rodante acima da tela. “Lá nós vamos.” “Eu sou bom. Jeanne Louise fez careta ligeiramente no pensamento. O problema era. ele a beijou. e então movimento fora do canto de seu olho chamou sua atenção. Ela tomou nota do tempo. ” Quando ele se agachou na frente do jogador de DVD. Ela glanced depressa acima da fila do cinema. Continuando a esfregar sua pele. mas nós podíamos assistir qualquer outra coisa se você gostar. No próximo momento. “Lá nós vamos. instintivamente a desenhando contra seu tórax para a afiançar. Algo está errado?” “Não. Por ela acha. Ele pausou de uma vez e girou a pegar por ambos os braços. ela não era a única que experimentou isto. ou se ela tivesse sido tudo que eles quiseram ou puderam administrar. Jeanne Louise brevemente considerou perguntar. mas Boomer decidiu que ele devia ir também e aparentemente ele pensou que a rota mais rápida estava entre seus pés. entretanto decidido contra isto. “Você torce um tornozelo não fez ou qualquer coisa. Um dos benefícios de ser imortal. e ela não achou que ela gostou particularmente disto. e então sorriu como o caráter principal sentada em cima na cama. Ele acolchoou para seu lateral e apertado contra ela como ela deu a ele um acariciar. “Excelente. “eu deixarei você escolher este tempo. Ela glanced acima de ver Boomer entrando o quarto. como você disse. ela olha vôo livre acima de seu cabelo escuro pequeno. Ela simplesmente se debruçou um pouco mais íntimo e apertou seu lips para seu antes dele poder a lançar ou mudar-se. distante na mão. Não era como ela podia só se lançar nele agora e planta uma nele ou algo. então não podiam estar certos.

ela levantou sua própria perna agora presa entre ambos seus e esfregou sua coxa superior contra sua dureza. seus quadris trocando e urgente sua mais firmemente contra a dureza crescente entre suas pernas. Seu lips imediatamente coberto e entendido para seu mamilo rosado. Aquela meta sua só pensada. preocupando aquela nesta taxa ela desfaleceria antes deles chegar a fazer sexo. lutando para não ser ofendido.” Mas ela pensou que ela poderia agora. ninguém em cem anos fizeram isto. A pressão de sua coxa contra o muito caroço dela era quase sua abolição. Os próximos poucos momentos eram uma pressa de sensação opressiva como seu lips acariciado. Ele era impaciente e ela estava certo que ele estalaria um botão ou dois em seus esforços. Jeanne Louise afundou de volta contra a parede com um suspiro fraco. tendo só suficiente sensação para manter seus colmilhos em à medida que ela fez. e ela gemeu. ela disse a se. Paul beliscou em seu mamilo em resposta. livrando seu peito. um pouco mais alto. ela pensou que sua pele puxaria propriamente imediatamente seu corpo para seguir. e então seu lips e língua deslizaram através de sua bochecha para seu pescoço para fazer o mesmo lá. “Papai?” Jeanne Louise ouviu aquele telefonema suave e congelou. sua divisão de lips e suas mãos tentando agarrar sua camisa como sua punhalada de língua entre seu lips. Ela era recompensada com outro gemido e outra onda de paixão que rola por sua aquele justo egged ela em. Ele estalou fora daquela em uma pressa enquanto ela estava ainda trêmula e agitando como um gato que só teria um sumário que molha em uma lavadora de roupa. Paul respondeu de uma vez. Eles eram crescentes com cada passa. e então uma mão deslizou ao redor para achar um de seus peitos e Jeanne Louise rebelar-se nela anda nas pontas dos pés com uma boqueada no primeiro toque. Deus querido. . Amaldiçoando. Clamando. e ele se pareceu bom. Seu corpo estava apertando apertado contra sua frente. e Jeanne Louise abriu sua boca para explicar. seus dedos achando o erguer mamilo e beliscando isto como ele a persuadiu para trás. chupou. construindo para o ponto onde ela se sentiu certo que eles não podiam ficar mais fortes. Jeanne Louise beliscou na pele de seu ombro. shivered e gemido por virada. então achando a bainha da Camiseta ele vestiu e puxando e empurrando isto em cima seu estômago muito suas mãos podiam deslizar em baixo de e atropelar a carne lá. “Papai?” Paul endureceu. Sua punhalada de língua entre seu lips como sua mão substituiu sua boca em seu peito. ela percebeu. Mas nenhum a afetou à medida que este aqui fez. A ação trouxe um gemido de Paul que reverberado entre seu lips. Suas pernas definitivamente não iriam manter seu vertical muito mais longo. e então arrastadas nas praias suaves quando suas mãos deslizaram em baixo da parte de trás de sua camisa e em cima ela atrás. O poder de paternidade. cada achado um pec e amassando brevemente antes de seus dedos concentrarem-se em seus mamilos e apertaram eles. . mais exigentes. seu corpo estava reagindo como do virgem: O estômago quivering e pernas tremendo. Ela deslizou suas mãos atrás fora de debaixo de sua camisa com remorso e pegou sua cabeça entre suas mãos para o forçar longe. e então levantou sua cabeça para reivindicar sua boca novamente. e então ela usou a alça que ela esteve usando seu cabelo para arrastar sua cabeça em cima assim ela podia reivindicar seu lips novamente.desenhar seu mais íntimo quieto. sua pélvis que aperta contra sua . então girada sua cabeça e fez o mesmo para seu pescoço. e mordiscado em sua enquanto sua língua tocada. Quando Jeanne Louise caiu contra ele. Ela sentiu a imprensa de parede contra ela atrás. Um gemido fundo longo deslizou de lips da Jeanne Louise como sua língua achou a oca acima de sua clavícula. Melhor que boa. Mas ele conseguiu desfazer os primeiros quatro ou cinco botões e então arrastaram a blusa branca de lado para revelar que o pálido que sutiã rosa ela vestiu em baixo de sua blusa de seda. até teria dado boas-vindas isto se aceleraria coisas junto. A ação enviou um afiado sacudir de prazer que vislumbra por sua próprio corpo que teve seu inconstante contra ele novamente. Ele perscrutou nela inexpressivamente. Suas mãos levaram para tentar agarrar seus ombros para ajudar se segurar em cima. Ela então gemeu em sua boca e apertou mais íntimo como ele amassou a carne suave lá por sua blusa. unhas ligeiramente desprezando. e então deslizaram seus braços ao redor ela como sua boca começou a partir sua. e quis experimentar isto muito mal naquele momento que ela pensou que ela morreria sem isto. Paul desistiu de beijar ela puxar de volta ligeiramente como sua mão lançou seu peito para achar os botões de sua camisa. Jeanne Louise abriu para ele de uma vez. como onda depois de onda de ascensão de prazer deslizou por ela. Maldição. mas telefonema do Livy veio novamente. apertando seu mais íntimo à medida que eles fizeram. Até seu lábio mais baixo estava agitando. surpreendendo um ganido fora sua. Sua boca e mãos nela. Lançando o aperto da morte ela esteve usando sua camisa. Ela então deslizou eles até seu tórax. Alguns tinha estado incrivelmente qualificado. cortina com paixão. Ele assustado ela. sua boca cobrindo sua. e então ela gemeu muito como outra onda de prazer rolado por ela. mas também era irresistível. Paul a ajudou fora deslizando uma perna entre ambos suas. afinal. O fato que Paul não parou dito ela que ele não ouviu com sua audição mortal. ela deslizou seus dedos em seu cabelo. ou “morte pequena. mas agora ela moveu eles entre eles. A criança era seriamente mal. Agora ele era Jeanne Louise que estava ofegando fora uma maldição e tentando o agarrar à medida que ele amamentou. Quando eles pararam na correia de seu sutiã e então deslizou de volta abaixo. As sensações batendo ela era quase demais para agüentar. Claro que Paul apressaria para seu lado em . Suas mãos estavam amassando a pele dela atrás agora. Suas pernas já estavam agitando muito mal que ela estava tendo dificuldade que fica em seus pés. Sua cabeça imediatamente abaixada para permitir a sua língua para deslizar através da pele acima de seu sutiã e então seus dedos arrastaram a xícara suave de lado. correndo eles acima de seu tórax. alfinetando ela para aquela parede e Jeanne Louise era agradecida para isto. a justificação de paixão de uma vez e então ele puxou longe e apressado do quarto. Jeanne Louise nunca entendeu por que os franceses chamaram isto o delicada mort. Jeanne Louise tinha sido beijada por muitos homens nos quase 103 anos que ela viveu. e ainda cada onda era maior quieta até que ela estava certo que ela afogaria debaixo do espumar rebentação.

Jeanne Louise desligou as torneiras e agarrou a toalha na prateleira ao lado dela secar seu rosto e mãos. sorrindo um pouco. eles foram interrompidos antes dela poder experimentar o delicada mort estilo imortal. mas isso não garantiu nada. mas alguma água em seu rosto e pulsos ajudariam com isto. ela estava certa. . fechados seus olhos e levou um par de respirações fundas. Eles também esperançosamente trariam um fim para o tremer em suas mãos assim ela podia administrar amarrando seus botões. agradecida quando ela podia insistir em sua próprio.lugar de continuar o que ele estava fazendo. Jeanne Louise aliviou a porta fechou e moveu para as pias para ligar a água fria. “Mas eu penso que eu prefiro ter um dragão gostar do preto. Você gostaria disto também. ela abriu isto. Não que Jeanne Louise estava coisas completamente certas iria descobririam. “Nós podemos ir atirar do Queijo de E. “Eu não sei. Ela não se importou mesmo. Mas maldição. Ela terminou do banheiro anteriormente para achar Paul entrando o quarto com Livy em seus braços. mas você não pode acariciar uma salamandra. Jeanne Louise glanced ao redor e então manchada a porta no fim do quarto ao lado da cama. Ela não sentiu qualquer dor na voz da menina quando Livy gritou. A paixão fundindo e correndo de um lado para outro entre eles. metade esperando se achar em armário de um entrar. Boomer dançando ao redor seus pés. Suspirando. este aqui para um preso entra armário.” Livy instintivamente disse. indo embora a cadeira de amor onde ela foi abraçada entre Jeanne Louise e Paul para mais de cinco horas. sorrindo. “Eu tipo de gostou da pequena salamandra eu mesmo. não é. Suspirando. As boas notícias eram que ela agora conheceu com certeza que Paul era seu companheiro vitalício. “Outro filme ou você está pronto para jantar?” “Eu penso que eu estou com fome. Ao invés a porta aberta em um banheiro grande em nata e índio marrom. e não só para salvar vida da sua filha. Não era até Paul retornou para os bebidas e pipoca que ela se puxou fora do filme mesmo. Jeanne Louise deslizou seu sutiã atrás em lugar. crescendo mais forte com cada passa até que ela pensou que ela morreria se não fosse consumado. Eles assistiram este segundo filme de caricatura sobre Rapunzel posteriormente.” “Hmmm. Sim. A situação era uma complicada. ela abriu a porta e glanced curiosamente do lado de dentro. Poderia todo o ainda desintegrar gosta de uma casa de cartões. Caminhando para isto. soando surpreendido. . mas ele tinha sido umas horas do par desde almoço e se eles pudessem conseguir que ela coma novamente só seria uma boa coisa.” “Ewww.. então enrugado seu nariz e disse judiciously. ele era. arrastou sua blusa fechada. e suspeitou a enxaqueca era ido. Jeanie?” “Sim. Paul era seu companheiro vitalício. Ela a controlaria e teria ela comer tão freqüentemente quanto possível ajudar ela reconstruir sua força para a virada. o banheiro. Papai. Nós podemos ir?” . e a levando para o delicada mort. Jeanne Louise. Ela concordou com o amor acomodar próximo à menina.” Paul endireitou e então girou e levantou uma sobrancelha em sua filha. assistindo o contador de mármore com seu e suas pias. “Por favor! Nós não temos estado lá por muito tempo. “O que?” Paul perguntou. Jeanne Louise entrou. ela tomou outro afiançando respiração e então endireitada. um chuveiro grande suficiente para dois e então a porta para o que pareceu ser uma sauna. Ela só nunca não experimentaria paixão tão pesada e quente quanto aquela em sua vida. ela olha corrediço acima de outra porta aberta para seu direito. Ela quase andou em Boomer à medida que ela foi. Movendo para isto. Ela espirraria alguma água em seu rosto e braços e então vão ver como Livy estava fazendo. lançando ela na cama. a tina grande. 'porque ele era bom. mas eles também definitivamente estariam experimentando a “paixão compartilhadas” sobre a qual todo mundo falou. Eles têm jogos e passeios e—Oh é tão diversão!” Ela girou de volta para seu papai excitadamente. Ela então custar isto e depressa ergueu sua blusa na frente de cabeçalho fora à procura de Paul e Livy. sua cabeça passou sem tocar um inferno de muito mais rápido que sua. Cinco “Eu gostei daquele cavalo. Suas pernas estavam ainda um pouco trêmulas. “Eu gosto de do Queijo de Pancada E. então girada para inspecionar o banheiro. e então seus olhos alargados e sua boca formaram um O. E isso era mais boas notícias.” Livy anunciou como seu pai permaneceu e moveu para o jogador de DVD para lançar o disco e colocar no lugar isto. Agora ela acabou de ter que ver se Paul estivesse disposto a ser seu companheiro vitalício . Ele povoou a menina na cadeira de amor. “Ele era bom. Aquele apresentou um cavalo bastante inteligente e engraçado e eles todos ririam um grande negócio acima do filme. mas o cachorro era rápido sobre sair de seu modo e latido excitadamente em resposta para sua própria excitação óbvia. Livy. uma sauna. Papai?” Ela perguntou. Com que pensou em mente. Ela emaciada dentro de brevemente. e então era só suficiente para ajudar Livy comer e beber e apreciam isto. As sobrancelhas subindo. e sim.” Livy anunciou..” Jeanne Louise concordou. Yep. e achou se sendo embrulhado no filme se.” Paul disse colocando no lugar o DVD. Jeanne Louise suposta. ela era bonita certa que ele tem sido segundos de rasgar suas roupas. começou o “dragão treinando” filme para ela e então pediu a Jeanne Louise se ela se importaria de se sentar com Livy enquanto ele escapou ir buscar eles alguns lanches. Fazendo careta.

“Quanto tempo ela foi arrulhada em cima na casa?” Ela quietamente perguntou.” “Não. estremecendo quando fez a dor enfadonha que permaneceu em sua cabeça aumenta um pouco. “Ainda . “Você devia ter dito algo. provavelmente de sua tensão constante enquanto lutando dor do Livy. então Livy apressou fora de tocar com as outras crianças. murmurando. Jeanne Louise abriu a de volta porta para ele e deslizado em mente do Livy a manter de acordar como ele a povoou no backseat e ergueu seu cinto de segurança. É tão diversão. Jeanne Louise podia dizer a ele quis dizer sim.” Jeanne Louise disse sem ajuda. e Jeanne Louise balançou em sua cadeira. Ela agora teve uma enxaqueca de sua própria. ela suposta. sua concentração na menina.” Paul quietamente disse.” e então glanced para Livy. “E você provavelmente gastou a maior parte de seu tempo aqui com ela. . pausando só longo suficiente para deixar Boomer soltar no quintal antes de ir. “O queijo de pancada E. Suspirando. Mas nós podemos voltar para outro dia. então eles comeram. Jeanne Louise hesitou. mas preocupação estava fazendo ele hesitar. ele depressa retirou-se sua carteira para pagar a conta. Nós temos que ir para casa agora. “Eu sou bom. Isso era tudo que tinha sido? Sentiu como três horas.” Paul relaxado. “Uma enxaqueca começou a desenvolver logo depois de nós chegar aqui. “Eu não a vi como isto para bastante um enquanto.. Jeanne Louise respirou fundo e movimentou a cabeça. “Você é pálido e comprimido. sua mão em seu braço o modo inteiro. Uma enxaqueca começou a descer em Livy logo depois de que eles chegaram e ela tem trabalhado mascarar isto desde então. é é então.” Rindo. Você vai amar do Queijo de Pancada E. “Quanto tempo?” Paul perguntou. Nós podíamos ir. Livy caiu contra seu pai. Você está mascarando sua dor novamente. ela relutantemente movimentou a cabeça.” ele solenemente concordou. Eles foram para o direito fora para o carro. “Sim. então Livy erguido em cima com um braço debaixo de sua parte inferior e glanced para Jeanne Louise. soando cruz. “Eu sei que você estava divertindo-se. Uma vez no carro. . Vamos ir antes dele mudar de idéia. Ela retornaria posteriormente com eles.” Jeanne Louise comentou.” Jeanne Louise quietamente disse. Se era preocupação para Livy ou se preocupa que Jeanne Louise poderia usar isto como uma oportunidade para partir.” Ela o ouviu suspiro. ela não soube. Devemos nós?” Paul a caminhou fora. Jeanne Louise não pensou que era porque ele temeu que ela fugindo neste momento.Paul olhou fixamente para ela. não é?” Ele perguntou e ela podia ouvir a carranca em sua voz. “Eu suspeito que ela não fez isto durante algum tempo. conseguindo a mensagem muda que ela estava tentando dar a ele. seus olhos seguintes sua filha como ela tocou com várias outras crianças na seção de jogo. mas sente como para sempre. não olhando seu modo. Um momento mais tarde ela viu ele abordar Livy e falar com ela. Ela estava contente por deslizar de volta fora um momento mais tarde como ele endireitou e fechou a porta. Seu olhe deslizou para ela. muda e solene. E a boa da pizza também. larga-de olhos e obviamente rasgada.” Ela movimentou a cabeça com alívio e fez a criança dormir. Uma hora e uma metade? Deus.” Paul disse. pareceu atrás aquele em cima. “Ela pode dormir a caminho casa. “Você quer dizer que você tem mascarado sua dor pela última hora e uma metade?” Jeanne Louise enrugou seu nariz. sua cabeça soltando descansar em seu ombro. “Ela estava divertindo-se. Jeanne Louise permaneceu e permitiu o ainda tagarelando criança para a arrastar do quarto e em direção aos degraus. ela não tem.” Paul amaldiçoou. “Você está certo?” Jeanne Louise deu um aceno com a cabeça. Jeanne Louise ficou em seus pensamentos longos suficiente para permitir os endorfinas da menina para fazer seu trabalho. “Vamos. entretanto admitido.” Paul estava dizendo como ele levou sua filha atrás para Jeanne Louise. Está conseguindo tarde. e então sentiu ele permanecendo e mudando-se. “Eu não penso que uma excursão para atirar Queijo de E. A ausência imediata de dor era como um vazio depois de sofrer isto por tanto tempo. mas soube que ela falhou quando ele perguntou a preocupação. Ele movimentou a cabeça. Primeiros eles tocaram jogos de vídeo e tal. “Obrigado. então supôs que ela deve parecer como drenou e aflito que ela sentiu. cientes que Paul era seguinte com Boomer em seus saltos de sapatos. amado.” “Yay!” Livy fez um pouco dança e então girou agarrar mão da Jeanne Louise tentar a puxar fora da cadeira de amor. “Você está certo?” Ele perguntou a preocupação. então desejo suas costas em direção à mesa.” “Serve a para. ela disse a se à medida que ela levantou-se. tenha pizza e então volta.” Ela sentiu seu glancing seu modo e tentou parecer normal. O nanos cuidaria disto depressa suficiente. Paul imediatamente andou mais íntimo e pegou seu braço superior para a afiançar com sua mão livre. como se esperando que ela para cair de repente em qualquer momento. Uma vez à mesa. O fato que ele era eyeing ela com preocupação. é seria uma coisa ruim. Ele sorriu esquisitamente. . “Eu acho que isto só sido semanas. e então escapou.

Jeanne Louise começou a abrir sua própria porta então. entretanto trocado em contrário e voltado fora da calçada voltar em cima a estrada o modo que eles vieram. mas Paul a parou colocando suas mãos em seus ombros e começando a massagem os músculos tensos lá.” ela firmemente disse.” Jeanne Louise silvou e desejou pela primeira vez que ela podia só deslizar em seus pensamentos e tomava controle dele fazer ele fazer isto. “Você é bem-vindo. “O SUVs?” Paul perguntou e quando ela hesitou acima de responder. Não existia nada para reconhecer. e então piscou seus olhos abrem e perscrutado nele com surpresa quando ele lançou seu pescoço para xícara seu rosto. “O que você fez com meu carro?” .” ele firmemente disse. e recomeçou atividades esta nova rua. Eles não podiam ser companheiros iguais se ele sentisse que ele a devia algo. Felizmente. Trouxe um gemido dela e ela deixa seus olhos fecharem e sua cabeça se refestela como a tensão lentamente aliviado de seus músculos. Um coworker. “eu não notei eles a princípio. seu olhe corrediço para a casa do seu vizinho como ele freou o carro em sua calçada. “Prenda aqui. encontrando ela olha.” Paul hesitou. Jeanne Louise não teve nenhuma idéia que Paul estava pensando. o equivalente de nossa polícia força. povoando de volta em sua cadeira. “O que?” “Faça isto. e ela recordou a escuridão formar subindo no rearview espelho. Jeanne Louise glanced ao longo da fila das casas e então chupada em uma respiração como ela manchada duas SUVs escuro estacionou na frente da casa do Paul. “eu não sei. Ela iria muito se ela soubesse.” “Talvez eles reconheceram você. Eu vi eles em Empreendimentos de Argeneau. Quando ele alcançou o canto.” Jeanne Louise considerou aquela reivindicação brevemente e então queried. “Volte o modo que nós viemos. ele disse. Ela ganhou sua gratidão. entretanto disse. Não pensar sobre ela como alguém que ele devia uma dívida. “Mais ou menos dois minutos antes de você entrar. mas existiam dois deles. “Eu sei que isto causas que você dói a ajudar. “Eles devem ter compreendido você me tem e veio para procurando nos por. Infelizmente. ela suspirou. Só tome um direito no momento. “Sim. Ela assistiu caladamente para um momento e então endireitou abruptamente quando ela viu movimento dentro de pela janela dianteira. “eu fui muito cuidadoso. “Eu estava vestindo todo negro e um balaclava.” “Eles teriam visto aquelas nas máquinas fotográficas de garagem de estacionamento. mas sua próprio se importa de foi associou-se a pensamentos dele. querer ser com ela. Eles eram ambos mudo no passeio atrás para a casa. Eu esperei no tronco na noite toda. Obrigado. Negro com janelas pretas. Finalmente.” ela latiu de uma vez e Paul glanced nela com surpresa. ele simplesmente perguntou. Jeanne Louise deslizou em e ergueu seu cinto de segurança como ele caminhou ao redor para o lado do motorista. e então curvou apertar um beijo para sua fronte antes de a lançar e abrir a porta de passageiro dianteiro para ela. Jeanne Louise era muda por um minuto e então perguntado. mas ela não estava certa se fosse um bem começar ou não. Ela mordeu seu lábio e então se debruçou na frente de Paul deixar ela olhar inspeciona sua jarda e casa. a situação não estava emprestando propriamente para aquele. Ela era frowning acima daquele quando eles giraram sobre sua rua. apreciar sua companhia.” Ele virou a direito. “Você estava em meu carro quando eu entrei?” Ele movimentou a cabeça. “O que é isto?” Paul perguntou.” Jeanne Louise sorriu fraco e levantou suas mãos para cobrir e apertar seu. Paul hesitou. Ela não quis sua gratidão. “Quando você entrou?” Ela perguntou.” “Eles são o que o Enforcers dirige. “Obrigado. sua corrida de cérebro.” ele a assegurou.” Paul fechou seus próprios olhos brevemente. “Ele não soube. Eu montei para Argeneau está no tronco de carro do Lester. E eu aprecio isto. mas tudo que faria é levar eles a Lester. então deslizou fora e entrou seu carro logo antes de que você chegou a isto. Ele não podia apontar eles meu modo. “Não. Era um começo. “Qual modo?” Jeanne Louise se puxou de tentar compreender como eles acharam seu muito depressa para considerar a pergunta.” ela sugeriu.” Paul explicou. algo de sua urgência fez ele obedecer e ele puxou na calçada que ela indicou. Obrigado por isto.” Jeanne Louise assinalou. Jeanne Louise quis que ele a quisesse. mas glanced nela em questão. então alarguem uma respiração lenta e abriram eles novamente para dizer. Uma silhueta mera de uma pessoa. “Livy não tem sido isto feliz em um instante. e ele não teve nenhuma idéia que eu estava em seu tronco. Jeanne Louise perscrutou fora a janela passada ele para o SUVs.” ela murmurou depois de um momento. dizendo simplesmente.” ela quietamente explicou.” Ele movimentou a cabeça. Eles pareceram vazios.

inadequadamente. “eu não suponho o fato que você realmente está ficando de boa vontade agora ajudaria meu caso muito?” “Eu tenho medo que não. .” ela terminou uncomfortably. Mas ainda que existia um que eu não vi. Depois de gastar a noite no tronco de um carro eu não quis pôr você lá.” “Então eles teriam achado seu carro bonito rápido. eu duvido que eles acharam seu carro ainda. Não devia. Você precisa de sangue.” Jeanne Louise movimentou a cabeça wearily. Não levou muito pensar compreender por que. Se existia até um que pegou você dirigindo por comigo no passageiro acomoda que eles teriam conseguido seu número de placa disto. Tudo que eles tiveram que fazer eram verificar quaisquer perto máquinas fotográficas de tráfico pelo período de tempo quando você teria alcançado e deixou o estacionamento de supermercado de Argeneaus. eu olhei estar certo não existiam quaisquer máquinas fotográficas no estacionamento. Pelo menos eu não penso que iria e nós não devíamos tomar aquela chance. mas ele era um pouco de um defensor sobre certas coisas . “Como por seqüestro um de você. “Ainda. Eles terão caçadores procurando por seu veículo quando nós não retornarmos a casa. “eu estava na cadeira dianteira ou atrás de seu veículo? Eu quero dizer. e então agitou sua cabeça. “Aqueles são o Enforcers? A versão imortal de cops você mencionou?” Jeanne Louise relutantemente movimentou a cabeça. Jeanne Louise fez careta no pensamento. Ela supôs que eles acabava de ter sido sortudo que levou este ansiar eles ser perseguir. Não negará o fato que eu estive originalmente tomado contra meu lega na opinião do conselho. A tensão renovada devolveu a enxaqueca de desvanecimento.” ela disse em um suspiro. .” “Você verificou ver se existiam máquinas fotográficas de segurança no estacionamento?” Ele hesitou. “Você é pálido quieto. ela brevemente pensou.” Paul disse quietamente e então respirou fundo e perguntou. alguém teria sido enviados para verificar em mim. primeiro a remover os efeitos do tranqüilizante que ele deu a ela. Ela só teria o um quartilho de sangue em quase vinte e quatro horas. “Nós conseguimos que voluntários testem os tranqüilizantes. Isso poderia levar a só quanta dificuldade ele estava em. As repercussões para tal coisa provavelmente seria bonita íngreme.” Jeanne Louise quietamente disse. “Não a menos que você queira ser tomado em custódia e bloqueada em cima. Baixa na vidadando substância.” Paul quietamente disse. e então perguntada.” Ela o sentiu glancing seu modo. “Se segurança viu que você entra meu carro e mim irmos embora com você. Seu carro tinha sido máquina fotográfica compreendida com sua inconsciente na cadeira dianteira.” ele respondeu. não querendo explicar sobre Caçadores de Velhaco. “Eu não vi algum. E eu estava vestindo luvas quando eu dirigi seu carro.. “E eles estarão procurando nos por porque eu seqüestrei você?” Ela suspirou e explicou. . Teria que esperar. Ele movimentou a cabeça. “eu sugiro encabeçar em viagem. Respirando fora por seu nariz. Eles verificaram a placa e localizaram isto atrás para Paul. Tido que aconteceu. “Então um hotel?” Jeanne Louise afundou de volta em sua cadeira e esfregou sua fronte wearily. mas o nanos tinha trabalhado duro. O tio Lucian fez todos nós porem perseguidores em nossos carros. ou até depois que eles retornaram para . . Existe um perseguidor em meu carro. Ela não quis entrar em tudo que agora mesmo. Como eles podiam ter localizado ele de volta para mim?” Ela agitou sua cabeça. moveu você para meu carro e deixei seu carro lá. Paul provavelmente seria bloqueado em cima em uma cela no Enforcer aloja agora mesmo enquanto seu tio decidiu o que fazer com ele. O nanos não estava erradicando isto para ela como eles normalmente iria. “Seu trabalho principal é para cuidar de qualquer immortals que vai velhaco e machuca mortals ou faz qualquer coisa que poderia desenhar atenção para nossa existência. Não existia nenhum sangue disponível no momento. “Eu amarrei com correia você no passageiro dianteiro acomoda. eu era visível?” “Cadeira dianteira. Ela gostaria de pensar que Tio Lucian tentaria ajudar sua reivindicação seu companheiro vitalício.“Eu estacionei meu carro atrás de edifício de apartamentos do estacionamento de supermercado próximo de Lester. e então disse. Um par deles mencionaram caçadores de ser. Quando eu não apareci a meu lugar que eles teriam começado a procurarem por me por. Eu figurei uma mulher que dorme na cadeira dianteira seria menos notável que uma mulher desmaiou no backseat. Paul era mudo por um minuto e então solenemente disse. É um supermercado ocupado grande e até não tem sido vinte e quatro horas ainda. Jeanne Louise acenou tão longe. Mas eles também lidam com mortals que descobre sobre nós e usa aquele conhecimento . então trouxe você casa. aquele muito não ir examinar cuidadosamente bem. . e então aliviar sua própria dor como ela sofreu com Livy. então nenhuma impressões digitais. “Enforcers. . . o nanos estava escolhendo e escolhendo o que lidar com e aparentemente um pouco enxaqueca de tensão não estava no topo de sua lista de prioridade.” Jeanne Louise estourou sua respiração em um suspiro.” ela se corrigiu. e na cadeira dianteira acabou de parecer com que você estava adormecido. “Eu estou achando que nós não possamos ir para casa. Era a única coisa tão feita sentido.” Ela encolheu os ombros. como seqüestro um imortal com a intenção de forçar eles a girar um mortal. “Isto é provavelmente como então. Sim. eu penso que eles disseram. Ela era provavelmente em falta de outros bons três quartilhos de sangue naquele ponto. Teve o Enforcers imortal chegou na casa antes deles deixar para Pancada que do Queijo de E.” “Caçadores?” Ele perguntou a uma carranca. não é?” Paul quietamente perguntou. Caçadores de velhaco. Eu repeli seu carro lá.” Paul disse com um gesto. sua expressão solene.

Se isso era o caso. Jeanne Louise encolheu os ombros sem ajuda. mas ficando chateado poderia trazer eles em mais duros ou mais freqüentemente. “Como?” Paul repetiu. Agitando sua cabeça. Boomer está ainda na casa. mas sua primeira pergunta era Que tal Livy? O que eles fariam para ela?” “Ela não seria castigada para suas ações. adormecido atrás. Ou era quando ela ainda foi para a escola.” “Certo. mas era mais provável que eles fariam uns três em um e enxugariam sua mente. Ela esperou no carro enquanto Paul apressou usar o BANCO 24 HORAS próximo. Depois de um momento. mas pareceu preocupado quieto.” ele protestou. Jeanne Louise acabou de agitar sua cabeça. fazendo eles um time. e a casa. A próxima metade hora era tensa. Era um alívio quando a porta de passageiro abriu e Paul deslizou de volta em. mas não era agradável e se alguma daquela dor podia ser lutada conseguindo o cachorro . “Eu só tenho vinte ou trinta corços em mim. mas—” “Isto é inútil. Jeanne Louise hesitou.” ela interrompeu e estava ciente da afiada surpreendeu olhar que ele enviou seu modo. ela perguntou.” “Bom pensando. “Eles aceitarão o em devolução para o Enforcer aloja e cuida dele até que nós sejamos achados ou isto é resolvido.” ela quietamente disse.” Jeanne Louise disse reassuringly. morte era uma possibilidade. . Ela esteve de boa vontade empreendendo a dor da menina para a sobrar. ele sugeriu.” ela o assegurou depressa.” “Então eu sugiro que você bata um posto de gasolina em algum lugar entre Pancada que do Queijo de E. Até agora eles provavelmente conhecem todo pedaço de propriedade que você possui e tem pessoas assistindo eles. seus olhos constantemente procurando o arredor para qualquer sinal de um SUV escuro ou veículos que pertence a seu pai e irmãos. “Ela não terá muito prazer em que ele não é conosco. Porém. “Mas o que eles fariam com ela?” Ele insistentemente perguntou.” Paul muttered. “quanto gás nós temos?” Paul sorriu um pouco na pergunta. descuidada. Ela não soube o que causou as enxaquecas com Livy. Ela não estava certa só como o conselho castigaria um mortal nesta instância. então o esvazie em uma instalação psiquiátrica em algum lugar para viver fora seus dias em uma névoa drogada. . .” ele muttered. Ela não viu isto desde despertar em seu porão. “Paul. “Sim. preocupação tricotando sua sobrancelha agora. “Eu explicarei mais tarde. “eu acabei de pensar que . eles podem descobrir qualquer coisa uma agência de execução mortal pode descobrir. quando ela percebeu que ele tomou a em-rampa para a estrada. e então batam uma BANCO 24 HORAS na área também. É uns quatro ou cinco hora dirigem.“Que íngreme?” Paul perguntou. Pelo menos ela era aliviada até que ele disse. O único tempo eles separadamente são é quando ela estiver na escola. Jeanne Louise não comentou a princípio. e então perguntada. Aquele ser o caso. Não dirá a eles que modo que nós poderíamos ser encabeçados em quando nós não aparecermos à casa. e provavelmente mais rápido. Seu olhe deslizou para o gás de indicador de e ele disse. ela perguntou. Ele movimentou a cabeça. Jeanne Louise considerou isto brevemente. Nós não podemos só continuar dirigindo ao redor.” “Não para longo.” ele murmurou e trocou na pista certa para tomar o próximo fora de-rampa.” “Você deixou minha bolsa em meu carro?” Ela perguntou. ela não quis a criança chateada. “Eles podem conseguir acesso a qualquer coisa que eles querem.” “Eles cuidarão o de. “Como? Seguramente eles não têm acesso a policiar bancos de dados e tais. “Bem. e teve toda intenção para continuar a fazer isso.” “Jesus. Ela suspeitou era porque ela usou a palavra nós. “Metade de um tanque. “O que atrás de é sua casa?” . Carranca de Jeanne Louise agora também. Quando ela admitiu tanto para Paul. .” Paul severamente disse. Teria que ser algo que faria uma declaração e desencorajaria todo o outro mortals que soube sobre eles de conseguir tais idéias. Sabendo que ele estava pensando sobre seu câncer e que ele era provavelmente direito. seu olhe na estrada adiante.” Jeanne Louise solenemente disse. Jeanne Louise gastou o passeio inteiro e então o tempo no posto de gasolina esperando um SUV escuro para prender deles e forçar eles a uma parada.” ele adicionou wearily. nós podíamos tomar um quarto de hotel em algum lugar e—” “Eles podem localizar seus cartões de crédito. “Seriamente? Eles podem conseguir aquele tipo de informações este depressa?” Ele perguntou a disbelief.” ele admitiu com uma carranca. e então glanced para Livy. Agora mesmo nós precisamos pensar sobre em algum lugar para ir que você não possui. “Eles provavelmente a colocariam com a família de uma mortal que trabalha para Empreendimentos de Argeneau. Aquele cachorro não tem estado fora de sua visão para mais que algumas horas desde que nós o conseguimos. “Você pensou sobre em algum lugar para ir?” “Eu tenho uma cabana no norte. sua mandíbula solta com horror. Não seria ligeiramente entretanto.

“Outras casas da próxima rua acima de. Por que?” Paul curiosamente perguntou. “Nós teremos que conseguir Boomer. Nós teremos que estacionar na estrada atrás de seu. Você pode esperar aqui com Livy enquanto eu vou buscar Boomer.” Ele carranca. “Aquele tipo de é arriscado, não é?” “Eles estarão assistindo para seu carro. Eles não preocuparão-se com o cachorro no quintal.” Eu espero, Jeanne Louise caladamente adicionou. Paul hesitou, entretanto movimentado a cabeça. “Obrigado,” ele murmurou, começando o motor. Jeanne Louise acabou de movimentar a cabeça, tentando compreender nela se importa o quão melhor para conseguir o cachorro. Ela estava tentando lembrar da instalação do quintal e compreender onde estava melhor para pular a cerca. Espero que o animal estava ainda no quintal e eles não tomaram isto na casa. E espero que ele veio para seu telefonema. E espero que ninguém aconteceria a localizar. Geez, Jeanne Louise não podia acreditar em que ela esteve tomando este risco. Mas realmente, ela faria qualquer coisa para minimizar a dor Livy, e então ela, sofreu. Francamente, ela era um grande wuss quando veio para doer. “Mantenha o motor correndo,” ela quietamente disse, agarrando a porta como Paul puxou ao lado da rua residencial atrás de sua própria. “Talvez eu devia ir,” Paul disse, pondo sua mão em seu braço para a parar como ela começou a sair. “Eu não conheço as pessoas que vivem aqui e eles poderiam—” “Eu lidarei com os vizinhos,” Jeanne Louise segura ele calmamente, puxando seu braço livre. Saindo, ela repetiu, “eu só serei um minuto. Estar pronto para deixar o minuto que eu volto no caso de que eu sou manchado e perseguido por um dos caçadores.” Ela viu o aumento de preocupação em seu rosto, mas acabou de fechar a porta e girou recomeçar atividades a calçada da casa que ele parou na frente de. Uma cerca de madeira alta correu ao redor esta casa, começando na garagem e indo em torno do quintal antes de voltar ao redor e parando no lado da casa. Era só seis pés altos entretanto comparado a parede mais alta do Paul e ela podia ver a parede além disto. Ela estava abordando o portão em lugar da casa propriamente, mas ouviu a porta da frente aberta. Girando, ela sorriu no homem que saiu para olho ela suspeitosamente. “Multa de tudo, volte dentro de e assista a televisão,” Jeanne Louise disse, deslizando na mente do homem para assegurar ele seguido a ordem. Ele movimentou a cabeça, sorriu, então girado e caminhado atrás do lado de dentro. Jeanne Louise não hesitou então, mas continuada a cerca. Ela tentou o portão, não surpreendido por achar isto bloqueado do do lado de dentro. Nada era sempre simples, ela pensou e glanced ao redor para estar certa ninguém estava olhando com exceção de Paul, então saltado acima do cercar um movimento liso. Jeanne Louise grunhiu como ela caiu sobre uma calçada concreta dentro da jarda cercada. A aterrissagem enviou um sacudir por ela, mas ela ignorou isto e imediatamente jogged para a cerca de parte de trás. A caminho aqui ela debateu abordagens diferentes. Pulando a cerca, agarrando o cachorro e pulando de volta novamente teria sido a rota mais fácil. Mas enquanto era quase oito horas, era verão, luz do dia ainda brilhante fora. Existia risco demais de ser manchado por um dos caçadores dentro da casa e procurada. Existia também o risco de quaisquer um dos vizinhos acontecendo ver ela pulando a cerca. Uma mulher esbelta em roupas de negócios pulando uma parede de dez pés como se era joelho alto desenharia atenção. Ela teve que apresentar um plano alternado. Fazendo careta, Jeanne Louise ajoelhou no jardim de rosa que correu ao longo da cerca de parte de trás e começou a cavar na Terra barrenta. Aparentemente o jardim tinha sido não regado longo antes de sua chegada; A sujeira ela estava cavar era lama. Grande, ela pensou, mas continuado a cavar. Muito para seu alívio não levou muito tempo. Enquanto a cerca de madeira hasteou os lados da jarda, eles não aborreceram com ele através da parte de trás. A parede do Paul ofereceu a todo o isolamento precisou lá e seu retendo parede estava só enterrada alguns pés no chão. Com sua velocidade e força aumentadas, ela teve um três-pé-largo e três-pé-fundo buraco cavou bonito rápido, até com só suas mãos para trabalhar. Uma vez Jeanne Louise cavou o que ela considerou ser longe suficiente abaixo, ela anuncia no jardim para trabalhar seu braço dentro do buraco e começou a cavar debaixo da parede propriamente, scooping fora a sujeira depressa e impacientemente. Ela quebrou a superfície no outro lado antes de acontecer para sua que ela devia ter pedido Boomer estar certo ele estava ainda no quintal. Com o próximo bata de sua mão, entretanto, ela ouviu um excitado latir do outro lado da parede e sentiu uma pata bater atrás de sua mão tentando pegar isto em passar. Boomer estava no quintal. Jeanne Louise ganhou velocidade então, com medo que interesse do Boomer poderia chamar a atenção de alguém na casa. Só tomou outro momento antes dela cavar fora um espaço grande suficiente para o animal descer por, que ele fez de uma vez, meneando avidamente debaixo da parede e gingando em cima no jardim para saltar em seu rosto, rabo sacudindo e língua que batem em suas bochechas. “Bom cachorro,” Jeanne Louise respirou e esteve depressa para se apressar de volta através da jarda, suas orelhas que puxa para qualquer som de jarda do Paul a advertir que alguém notou algo era extraviado. Quando ela não ouviu nada quando ela alcançou o portão novamente, Jeanne Louise estava certa suas ações foram desadvertidas. Apertando o menear cachorro para seu tórax, ela pulou a cerca como ela esteve usando a abordagem, então jogged para o carro e deslizou em. Paul puxou longe de uma vez, sua atenção entre a estrada, ela, e a cerca ela só pularia, como se ele metade esperado ver alguém vir para perseguindo eles. “Eu penso que nós somos bons,” ela disse, batendo levemente Boomer tentar conseguir ele adaptar-se seu colo. O cachorro estava desesperadamente rasgado entre tentar lamber seu rosto e tentando rastejar em colo do Paul, mas ela segurou sobre a atraente pequena criatura e acabou de manter stroking ele. “Eu não penso ninguém notou ou seguido.”

Paul relaxado um pouco, sua atenção agora só inconstante da estrada até ela e ocasionalmente o rearview espelho. Ele então passou sem tocar sua garganta, e perguntada, “Umm . . . Só como exatamente você o conseguiu?” “Eu tunneled debaixo de sua parede. Eu pensei que era mais seguro que pulando isto e possivelmente sendo visto,” ela admitiu. “Ah,” Paul murmurou, e ela glanced nele nitidamente, notando que seu lips era espasmo. “Ah?” Jeanne Louise suspeitosamente perguntou. O homem estava tentando não rir. “Ah o que?” Ele glanced para ela, então longe e passou sem tocar sua garganta, “Isso explica por que você e Boomer parecem com que você têm sido lama-lutando.” Jeanne Louise glanced abaixo nela mesma e o cachorro e suspiraram. A pele do Boomer era emaranhada com lama de menear debaixo da parede. Ela também era lama-coberta. Suas mãos e braços eram os piores; Eles eram cobertos com lama depressa secante, e o resto dela não era muito melhor. Sua blusa de seda branca estava molhada e barrenta, provavelmente arruinou, e suas calças de vestido eram caked também. Ela tem sido primeira ajoelhando e então provendo o jardim barrento afinal. “Você não pode ser confortável assim,” Paul quietamente disse. “Nós teremos que parar e conseguimos você uma mudança de roupas. Talvez nós podíamos alugar um quarto de hotel longo suficiente para você chover.” “Uma mudança de roupas fará,” Jeanne Louise quietamente disse. “Nós não devíamos arriscar um motel até que nós sejamos mais distante longe de Toronto. De fato, eu não penso que você devia parar para roupas aqui qualquer um. Eu posso permanecer isto por uma hora ou então.” “Uma hora longe norte ou sul?” Ele perguntou a uma carranca. “Você tem alguma propriedade no Sul?” Ela perguntou. Quando ele agitou sua cabeça, ela encolheu os ombros. “Então sul.” “Um sudoeste de hora na Estrada 427 nos levará para a área de Kitchener/Waterloo/Cambridge,” Paul anunciou. “Isto é bom o suficiente,” Jeanne Louise decidiu. Existiam alguns immortals que ela soube vivido na área, entretanto existiam poucos lugares onde não existiam pelo menos um ou dois immortals mais. Eles só teriam que ser cuidadosos. Paul movimentou a cabeça e para os próximos minutos eles eram mudos como ele se concentrou em conseguir eles para e sobre Estrada 427 encabeçou sudoeste, e então eles dois relaxados um pouco. Depois de um momento, ele disse, “Obrigado por ajudar Livy.” Jeanne Louise notou a gratidão solene em seu rosto, e glanced longe com um encolher os ombros. “Ela tem que comer.” “Sim, e eu aprecio seu vendo para ele que ela faz,” ele murmurou. “Eu sei que isto causas que você dói a ajudar.” Jeanne Louise não comentou, ela olha em Boomer como ele finalmente desistiu de tentar a lamber e enrolado em uma bola em seu colo para dormir. “Eu sinto muito isto me levou tão longo para perceber o que estava acontecendo. Eu notei que seu rosto era pálido e comprimido enquanto nós estávamos em Pancada que do Queijo de E.. Mas eu não estava certo qual estava acontecendo. Eu pensei talvez que você acabou de precisar mais sangue,” ele quietamente disse. “E então eu recordei que conseguiu o mesmo modo quando ela estava tendo sua enxaqueca na jarda e parou.” Paul pausou por um minuto, e então delicadamente perguntou, “Fazer ela não sentir isto, você tem que?” Jeanne Louise suspirou e encolheu os ombros seus ombros. “Eu tenho que estar em sua cabeça e isto é onde a dor está. Para mascarar ele que eu tenho que ficar lá.” “Você disse que é instintivo, que você faz a mesma coisa quando pessoas . . . muito quando você morde pessoas que você sente sua dor também?” “Aquela dor não está em sua cabeça. Normalmente está no pescoço,” ela murmurou, e então carranca e disse, “Embora receptores de dor estejam na cabeça.” Jeanne Louise perplexa acima de que brevemente e então admitida, “eu não sei como ele trabalhos, Paul. Como eu disse, é instinto mais que qualquer outra coisa.” “Normalmente está no pescoço?” Paul perguntou, soando perplexo. “Existem outros lugares que você pode morder?” “Certo, em qualquer lugar as veias são fortes e perto da superfície. O trapaceiro do cotovelo, o pulso, os órgãos genitais, o tornozelo . . .” Ela encolheu os ombros. “Existem cargas de lugares que você pode morder uma pessoa.” “Os órgãos genitais?” Paul perguntou a disbelief. Jeanne Louise fez careta, ciente que ela de repente era blushing, mas disse, “Alguns costumava jurar era o melhor lugar para morder. Ninguém é provável ver as marcas.” “Certo,” ele muttered, e então caiu mudo durante algum tempo. Ela suspeitou que ele estava pensando sobre ela alguém nos órgãos genitais. Os homens tendidos a ter mentes vias única, pelo menos os homens ela leu fez. “Você quer uma aspirina ou algo?” Paul de repente perguntou. “Eu penso que eu tenho um reprimir o porta-luva. Ou se você precisar de algo mais forte, a bolsa no backseat tem meds do Livy, inclusive alguma bonita poderosa para dor.” Ele carranca e adicionada em um murmúrio, “Entretanto eles não ajudam seu muito.”

“Não, eu sou certo,” Jeanne Louise segura ele. Não era completamente verdade. Sua cabeça ainda machuca, mas medicamentos mortais não eram provável ajudar. O nanos só veria eles como substâncias estrangeiras para ser removidas do corpo, que consumiria mais sangue e nenhum aumento de dúvida seu desconforto. Ela teria que alimentar logo entretanto se ela quisesse ser dor livre, e ela teria que fazer isto fora do coicear. Ela realmente teria que morder uma para alimentação mortal, uma prática que era proibida exceto em emergências onde os bancos de sangue não eram acessíveis. Isto contou como uma emergência, Jeanne Louise decidiu e esperou que o conselho veria isto aquele modo também. Porém, eles poderiam discutir que tudo que ela teve que fazer era fazer Paul a leva para o Enforcer aloja ou em qualquer lugar outro onde ela podia conseguir sangue. “Sabe,” Paul meditou, “Quando eu era uma criança, meus pais costumavam alugar uma cabana no Lago Huron, um pouco lugar este lado da reserva de Ponto de Chaleira indiana. Ipperwash. Eu freqüentemente pensei que eu devia tomar Livy lá.” “É disso que? Dois ou sudoeste de três horas daqui?” Jeanne Louise perguntou. “Sobre isto,” ele concordou. Jeanne Louise considerou isto. A praia estaria ocupada este tempo de ano, fervilhando de mortals. Faria isto difícil para o Enforcers agarrar eles sem desenhar atenção se eles perseguir eles. Ele também fazer isso mais fácil para ela alimentar com tantas opções de lanche disponível, e ele estava parecendo com que ela poderia estar alimentando fora do coicear durante algum tempo. Pelo menos até que ela separou coisas com Paul, tem ele para concordar em ser seu companheiro vitalício, girou ele, teve ele virada Livy, e retornou a cidade para ver o que eles podiam fazer para mitigar a dificuldade que Paul estava em. Ela estava pulando aquele se Paul fosse girado antes dele ser pego que poderia fazer uma diferença. O fato que ele era seu companheiro vitalício e um deles deviam ajudar. Ela esperou. Era a única razão que ela até consideraria ligar ele sem drogas e IVs ajudar no empenho. Mas ela não poderia ter que passar sem aqueles artigos. Uma visita para o mais próximo ao hospital e um pouco se importa controle a conseguiria qualquer coisa que ela precisou. Com exceção das drogas especializadas desenvolvidas em R e D, ela infelizmente reconheceu, entretanto decidiu que ela se preocuparia sobre aquele quando o tempo veio. “Bem de sons,” ela disse finalmente.

Seis

“Jeanie?” Jeanne Louise mexeu devagar e abriu seus olhos para achar Paul que se debruça acima dela. Piscando com sono, ela perscrutou ao redor, sua mão automaticamente apertando no pacote de pele em seu colo como Boomer muito começou a mexer. O carro era parado. Eles eram estacionados em uns grandes, estacionamento de Walmart Ocupado. Obviamente ela cochilou e eles alcançaram a área de Kitchener/Waterloo. Ou talvez Cambridge. Ela não estava certa que. “Eu iria deixar você dormir enquanto eu corri em conseguir para você algumas roupas, mas eu não sei o que tamanho você veste,” Paul explicou, sentando de volta em sua cadeira de forma que ela podia se sentar em cima. “Oh.” Ela sorriu ao redor um bocejo e então agitou sua cabeça. “Eu conseguirei eles.” “Uh, bem, é talvez melhor se você não fizer. Você poderia chamar alguma atenção assim,” ele suavemente assinalou. Jeanne Louise glanced abaixo nela mesma e carranca que ela notou a frente de lama listrada de suas roupas. Ela era seca agora, pelo menos, mas a lama não evaporou com a umidade. Ela definitivamente desenharia atenção. Suspirando com resignação, ela movimentou a cabeça. “Tamanho seis a maior parte do tempo, mas às vezes um oito.” Quando confusão entrou em seu rosto, ela riu. “Os fabricantes diferentes diferentemente ajustam. Só vá com seis.” Movimentando a cabeça, Paul glanced no backseat. “Eu estarei aqui,” ela o reassegurou. “E eu sou acordado agora.” “Obrigado,” ele murmurou, e então agarrou a maçaneta e deslizou fora, dizendo, “eu serei tão rápido quanto eu posso.” “Certa,” Jeanne Louise disse logo antes de que ele fechou a porta. Ela assistiu ele ir embora do carro, e então glanced nos carros ao redor eles. Ele estacionou atrás do lote, mas quietos entre os outros carros em lugar de fora de só. O estacionamento estava surpreendentemente ocupado para esta hora. Por ela acha que isto deve ser quase nove horas. A maioria de Walmarts ficou aberto até onze entretanto. Um murmúrio sonolento de Livy chamou sua atenção e Jeanne Louise trocou para olhar atrás. A menina estava ainda adormecida, porém. Sua cor era boa, suas bochechas realmente um pouco rosadas. Duas comidas e algum tempo para ser uma criança em Pancada que Queijo de E. está fez seu bom. Ela precisou de um par mais dias de comer e divertir-se reconstruir sua força entretanto antes de ser seguro para girar ela. Jeanne Louise povoou de volta em sua cadeira, sua mão automaticamente segurando Boomer em lugar à medida que ela fez. Quando ele deu sua mão uma molhada bater com sua língua, ela sorriu no animal, e arrepiou suas orelhas. Ele era um bom cachorro e aparentemente dormia o tempo inteiro que

Ela levantou sua cabeça. Era sangue seu corpo quis e a necessidade estava começando a roer nela. Paul. certo. um cupê pequeno. Jeanne Louise não falou. Sentindo seus colmilhos deslizam abaixo e fora novamente. “Bem?” Jeanne Louise glanced ao redor no estacionamento ocupado e sugerido. talvez em seus primeiros anos vinte com pequeno preppy cabelo loiro e uma construção atlética. “Talvez nós devíamos discutir este no carro. A maioria de pareceu estar em grupos ou pelo menos pares. eu—” “Você iria o morder. e fizeram careta como seus colmilhos tentados deslizar fora. Paul.” Sua boca thinned. Eles dois assistidos caladamente como ele começou seu motor. Pausando. “Paul. e disseram com dignidade simples. bom. mas ela não podia garantir que ele não pularia no backseat e perturbaria Livy se ela o deixasse no carro. Você interrompeu antes de eu poder. entretanto agarraram a porta e este tempo abriram isto. “Porque você não vai ser ninguém enquanto você é comigo. Mas no último minuto ela o fez virada sua cabeça. E o cachorro ainda não comeu. alegre vermelho. e de fato uma noz de saúde. e não para comida. entretanto.” ela disse com um suspiro.” Jeanne Louise disse. Jeanne Louise fez ele fechar sua porta e cruzar o corredor para ela. Alguém assistir pareceria que eles meramente estavam abraçando e ela estava aninhando seu pescoço. ela disse. ela forçou eles de volta mais uma vez.” “Oh. Jeanne Louise pensou. e quando ela achou que ele era limpo. ela relaxou e o fez curva em direção a ela como se sobre a beijar. antes de o lançar. Aquele pensamento em mente. Ela levantou em cima em seus dedões do pé. vários minutos passados antes dela manchada um homem sozinho. alguns deixando eles para encabeçar na loja. Ela estava com fome. Paul ligou ela novamente. Jeanne Louise automaticamente agarrou a maçaneta e então recordou Boomer em seu colo.” . mas o momento ele foi embora. “Um minuto atrás você estava tocando Vampirella fora aqui sem uma preocupação única sobre quem viu. Ela supôs Paul com intenção de quando eles voltaram. mas agora você quer conversar no carro?” “Eu não estava tocando Vampirella. Jeanne Louise não aborreceu tentando negar isto. sobrancelhas levantadas. Ele era jovem. Ela ficou dentro de sua cabeça. “eu preciso alimentar. Ele abriu a porta do motorista de seu carro e esteve para deslizar atrás da roda. Diferentemente de Paul. “Eu até não cheguei a o morder. Agora você está preocupado sobre o estacionamento ocupado?” Ele secamente perguntou.” “Eu tenho que alimentar. Jeanne Louise tomou Boomer com ela como ela deslizou fora da cadeira dianteira. não pensando retratar seus colmilhos até que ela viu expressão inteira do o modo como Paul congelou. Comprando se algum tempo. Ela teve que alimentar logo. Eles não o alimentaram antes de sair para a ceia. Jeanne Louise depressa deixa seus dentes deslizarem de volta em lugar e removeram sua mão do homem que ela está para morder.ela teve. “O que você fez para ele?” Jeanne Louise fez careta. considerando. o homem era tão maleável quanto lama. Sorridente para ela mesma. endireitados seus ombros. Ele estava diminuindo a velocidade como ele abordou o do carro em frente a Paul. como ela braceou sua mão em seu tórax. “Agarre-se. Ele era acordado e deitando bem em seu colo. tentando permanecer paciente. Seus olhos estreitados nele. De fato. “Eu preciso de sangue para sobreviver. Holding o cachorro para seu tórax com uma mão. Duas crianças jovens estavam tagarelando longe para umas cansadas-olhando mãe e pai que eles eram pastoreados em direção a um pequeno minivan através do corredor e uns carros do par em cima. Sua atenção era distraída daquela pensada pela visão de uma família subindo a fila de carros. Saudávelolhando. ela aliviou a porta cuidadosamente fechada para afastar de despertar Livy e então girou perscrutar no homem jovem novamente. bolsas na mão. mas ao invés eles estavam dirigindo ao redor procurando por algum lugar esconder. Ela teve ele entrar. Ela tomou um momento para procurar seus pensamentos e está certo que ele não tinha bebido ou tomadas quaisquer drogas. Agora ela teria que explicar coisas que ela não quis explicar.” “Bem. e então tomou um momento para ter certeza que ele não recordou seu desvio breve para seu lado.” então girada sua atenção cheia para o homem novamente e mandou a ele caminhando de volta para seu carro. Jeanne Louise assistiu os pais alojarem as bolsas e crianças no furgão e então entram eles mesmos. sensata suficiente não o lançar ainda. desejando que ela pensasse dizer a ele para conseguir um pouco de comida de cachorro para o animal pobre. deixe seus dentes escaparem e— “Jeanne Louise?” Ela girou instintivamente naquele interrogatório verbaliza. Amaldiçoando se para não pensar verificar o estacionamento antes de fazer seu movimento. Sua barriga estava ainda felizmente cheia de pizza. ela mordeu seu lábio e perscrutado abaixo no cachorro. Jeanne Louise pensou e então glanced depois de Paul. Jeanne Louise deixa ela olhar desliza acima das pessoas recuar no estacionamento. Era tão fácil quanto cutucando um dedo em manteiga suave.” Paul estalou.” ele silvou accusingly como ele subiu juntar-se eles entre seu carro e o sedan próximo a isto. alguns retornando a carros. Sua expressão era em branco quando ela o trouxe para uma parada na frente dela. Ela olha deslizou de volta para o homem jovem. Suas sobrancelhas imediatamente desenharam junto como ele assistiu a expressão em branco em seu rosto. simplesmente deslizados em seus pensamentos e tomou controle dele. e então ele glanced nitidamente para seu jantar pretendido.

até tendo ouvido o que ele teve sem entender que era ruim o suficiente assim ela deslizou nos pensamentos do homem e reorganizou eles um pouco. “Exceto em casos de emergência e isto é um. claro. Aparentemente ele aprendeu sua lição da primeiro porta slamming. “Onde você está indo?” Paul rosnou. “Eu pensei que você era restringido para ensacar sangue. e desfez cinto de segurança do Livy. Era Paul que ergueu seu cinto de segurança para ela. embreando instintivamente na criança para afastar de a soltar como ela tentou lidar com isto. e sem sangue. e então agarrou a bolsa de roupas também. Era uma boa coisa que ela teve porque Boomer imediatamente decidiu que ele devia se sentar em Livy. erguendo ela fora em seus braços. Ela pensou que as primeiras duas enxaquecas tinha sido horrível. Jeanne Louise não achou que ela já sentiria tão exausto e gasto em sua vida. Ela meramente embreou o cachorro e bolsa para seu estômago e ficou onde ela estava como ele trocou em engrenou e guiou eles fora de seu estacionamento localiza. Jeanne Louise não podia nem pensar com sua cabeça martelando como era e levou um momento para ela lembrar como fazer a criança dormir. Forçando seus olhos abertos. “Jeanie?” Ela forçou seus olhos abertos. squinted em Livy e pôs ela para dormir. Holding ele abaixo de um braço. Ela não se importou qualquer um. e então se forçou a deslizar na mente da menina para a ajudar com a dor. Livy Mexido de sono e este tempo a enxaqueca não era ido. Seu alpinismo na menina teria a despertado se Jeanne Louise não deslizou de volta em seus pensamentos. Jeanne Louise deslizou no backseat. Jeanne Louise relutantemente perscrutou ao redor. mas movimentado a cabeça. Ele a levou a uma mesa de piquenique. ainda bravo que ele despertou Livy e pôs ambas sua filha e se por aquela agonia. O momento ele endireitou e fechou a porta. Ela até não teve a energia para o agradecer. Era um esforço este tempo. abriu a de volta porta e a conduziu em. Ele a persuadiu fora do modo. mas ele levou um momento para suas palavras fazer isto por para seu cérebro sitiado. “Venha. e eu não enlato que—” Ela estalou sua boca fechou e glanced acima de seu ombro no som de uma abertura de porta. Jeanne Louise então apertou suas mãos para sua fronte e girou se debruçar sua bochecha wearily no telhado do carro. Enquanto ele olhou um pouco confuso. O modo que sobre o qual ele era eyeing que eles disseram a ela que ele ouviu o que eles estavam conversando. “Nós precisamos partir. na hora certa para ver ele recuperar um atar da bolsa. e levantou sua cabeça para perscrutar ao redor. então depressa deslizados nos pensamentos da menina para a manter de despertar como Paul a povoou na cadeira dianteira e a afivelou em. ela não reagiu até que ela sentiu Paul que cava pela bolsa em seu colo. ela abriu sua porta novamente e saída. Jeanne Louise não podia ter dito quanto tempo ele dirigiu antes do carro parar novamente. Sua cabeça estava ainda pulsando. Era tão opressivo este tempo que ela até não notou Paul que sai do carro e vindo a si juntar-se eles. Ela também teve que esperar mais longo este tempo antes dela estar mente do Livy certa estava inundando com endorfinas para parar os receptores de dor de receber a dor. Fez clarão de Jeanne Louise em Paul quando ele abriu a porta do motorista e deslizou em. ele unsnapped seu cinto de segurança. mas isto era insuportável. Ele esperou até que ela se dobrou dentro de com Boomer. então a bolsa de roupas também. e então ofereceu a Jeanne Louise sua mão para sair. Ela ouviu a porta da frente aberta. ou telefonema em uma ordem de entrega. Ela abraçou ela fechar. “Você pode caminhar?” Ele perguntou a um sussurro silenciado. A dor era realmente ruim. O som.” “Nós somos. tomando a menina dela.” Este tempo ele não protestou. ela se livrou de mente do Livy e apoiou-se no telhado do carro novamente.” ele ordenou. Um suspiro pequeno deslizou de lips da Jeanne Louise quando ela viu o cavalheiro mais velho entrando no furgão estacionado atrás de carro do Paul. Gemendo. “Ponha ela para dormir. Então ela ouviu a porta do motorista dianteiro abre e o motor começa. Ela scowled nele. Paul ergueu Boomer fora de seu colo. Ela tomou o cachorro quando ele o deu para ela.“Eu achei que você que sujeitos não tinham permissão para alimentar fora do coicear mais?” Ele rosnou. então ela finalmente deslizou livre da mente da criança com alívio. Paul aliviou a porta fechou tão soundlessly quanto possível uma vez que ela permaneceu ao lado dele.” Paul quietamente disse. A criança despertou com um grito de dor e imediatamente começou miseravelmente chorão. viu seu acomodado. “É certo. antes de estalar o atar para colarinho do Boomer. então abriu a de volta porta. Jeanne Louise estava vagamente ciente de sua fechando a porta. Eu dificilmente posso parar pelo banco de sangue de Argeneau. Paul scooped em cima o cachorro.” ela disse de uma vez. . ela ergueu sua cabeça um pouco. surpreendido por ver ele trouxe eles para um parque. tentando afastar de vomitar da dor à medida que ele dirigiu. então girado para Paul. então amarrou o fim do longo ata para a perna de mesa de piquenique e recuou se sentar ao lado dela.” ela arrulhou. A agonia de excruciante imediatamente explodido dentro de sua cabeça e Jeanne Louise se debruçou fortemente contra o lado do carro. Entretanto ela aceitou sua mão oferecida e deslizou seus pés fora do carro. não é? Você seria tomado em custódia. Quando a porta ao lado de sua aberta novamente. Jeanne Louise fez careta. e simplesmente se debruçou ela voltar na cadeira e fechou seus olhos. Empurrando o cachorro nele. a dor enfadonha antiga uma memória aficionada. ela soube que não melhoraria. Consumido por aquele esforço como ela era. Jeanne Louise o ignorou e slammed o fim de porta. e então soltou a bolsa enorme de compras que ele tem seguro por seus pés e slammed a porta. ela notou. então girado para conduzir seu longe do veículo. Ele então trocou a bolsa fora de seu colo para a cadeira de carro. mas abriu a porta de carro com um puxão. beijada sua fronte. Ela simplesmente se debruçou de volta na cadeira. e ficou onde ela estava como Paul saiu do carro. quietamente. doçura.

” “Você já fez aquele para mim?” Ele quietamente perguntou. Eu preciso de sangue. “Não. “Sim. Você precisa de sangue. você não devia ter que alimentar em outros. Ela não podia só o morder. mas ele não pareceu consciente apesar do fato que seus olhos estavam abertos.” ele disse. era uma habilidade à mão. então nós não geralmente dizemos. Se você tiver que morder ninguém que devia me ser. “Sim. Paul. e então apressado em. Eu submergi seu e anularei isto com meu próprio. “Bem. eu desejo que eu pudesse.” “Hmm. Ela o machucou se ela não pudesse o afastar de sentir a dor. Ela pensou que era um tanto quanto importante mas em seu estado presente não estava certo se estivesse em um bom modo ou ruim.” Ele perscrutou em seu solenemente . Eu não era que—eu quero dizer. “Acontece às vezes.” “Não é o sangue propriamente. Machucaria.” Quando ela comenta não fez.” “Oh.” “Então você estava o controlando?” Ela fez careta.” “Eu disse a você. “Você está ainda terrivelmente pálido.” ele disse com um aceno com a cabeça de compreensão. Ele estava um pouco ciumento quando ele a viu com o homem? Ele se sentiu possessivo depois de seu beijo mais cedo aquele dia? E ele estava admitindo isto? Uau. entendo. e girou sua cabeça para oferecer a ela seu pescoço.” ele disse. e então girou perscrutar nele. mas alimentar.” “Bem. Jeanie. O sol longo fixou. Paul deixa que vai e muttered. Jeanie. Você precisa alimentar. então por que não pode você? Você bebeu meu sangue na casa e não pareceu afetar você adversamente. talvez é o que eu mereço para seqüestro você no primeiro lugar. Existia nenhum modo para afastar isto dele agora.” Jeanne Louise disse em um suspiro.” “Eu não posso morder você. “Você não pode Ele carranca.” ela muttered irritably.” Jeanne Louise acabou de movimentar a cabeça em derrota. Paul piscou.” ela admitiu. “Você estava controlando aquele sujeito no estacionamento. bem . Paul. “Por que?” Jeanne Louise encolheu os ombros e vagamente disse.” ele severamente interrompeu. “Eu não posso. e eu não machucarei você. Ele estava caminhando. “Então. Ela não estava disposta a o machucar. Jeanne Louise se virou.” Paul trocou um pouco mais íntimo. O modo que ele torceu seu pescoço deixou seu exposto de veia e pulsando. “Eu não posso controlar você. Jeanie.” ela admitiu wearily. eu não devia ter reagido à medida que eu fiz. Era como as luzes estavam em mas ninguém estava em casa. Ninguém mais devia ter que pagar. e então carranca nele. Alimente em mim.“Morda-me. Ela até não notou aquele quando ele a levou do carro. certo?” “Sim. Agora você quer que eu morda você?” Ele fez careta e glanced longe. Eu não poderia afastar você de sentir a dor. Não o machucar. Ele até não lembrará de cruzar o estacionamento. Eu acho que eu estava um pouco ciumento quando eu vi que você enrolou-se para aquele naco no estacionamento. antes de glancing nela e dizendo.” Paul encolheu os ombros uncomfortably. Você está só sem sangue porque eu seqüestrei você. Paul.” ele severamente disse. e então glanced nela nitidamente. “eu não soube que seu tipo podia fazer isto.” ela suspirou e então adicionou esquisitamente.” “Ah. eu estava o controlando. Ela podia quase cheirar o sangue que bate por suas veias. vá em frente. . “Quando nós ainda caçamos. que disse só que tipo de forma ela estava em. Ele até não pareceu estar lá. “Além disso. “Você não estava só o afastando de sentir dor. “É disso que você está fazendo quando você leva a dor e quando você põe ela para dormir. “Sabendo que nós possamos fazer isto faria mortals nervoso. e então um risada surpreendido deslizado de seu lips. “Não.” Jeanne Louise olhou fixamente para ele pela plantação obscurece. “Mesmo para você. Ela quis o morder entretanto. Eu suponho depois daquele beijo mais cedo hoje que eu me sinto um pouco possessivo. Paul. e então disse.” ela disse wearily. ele perguntou. “Acredite em-me. E seu estado de espírito estava a ajudando com separando o que ele só diria. “Por que não fez você?” “Porque eu não posso controlar você. . “Jesus. Gemendo. realmente vá em frente e me morda.” Jeanne Louise disse em um risada seco pequeno. escuridão tomando seu lugar. Paul movimentou a cabeça e então chutou seu dedão do pé na grama. Ela não podia controlar seus pensamentos.” Jeanne Louise encolheu os ombros. Jeanne Louise acabou de olhar fixamente para ele. você podia ter tomado controle de mim e fez-me lançar você em qualquer hora. “Primeiro você estava chateado comigo porque eu iria morder alguém.” “Mas você pode controlar Livy. assistindo Boomer persegue seu rabo no fim de sua cadeia.” Paul era mudo por um minuto. nós podemos afastar eles de sentirmos dor de forma que—” “Você estava o controlando. e então fez careta.

então ela balançou ela voltar.” Carranca de Jeanne Louise nele. sua e sua necessidade para sangue. ela levantou sua cabeça abruptamente para perscrutar abaixo nele. Ela moeu direito de volta. Isto é um parque de família. “Não aqui. Paul relaxado debaixo dela acariciando boca e começou a a beijar de volta. . mas ele endireitou seus ombros e continuou. depressa desfazendo seus botões e então gemendo como ele empurrou a xícara de seu sutiã de lado de forma que ele podia tocar o mamilo desimpedido. Jeanne Louise levantou sua cabeça em um grunhido furioso e girou para clarão em quem interromperam sua comida. uma mistura de sua paixão e necessidade. um som amortizado por ela dar sua boca. O coração do Paul esteve batendo a tempo de sua próprio. “A porta. . então agitou sua cabeça e perscrutou longe. e então balançou sua cabeça. mas a pessoa. Paul resistiu em baixo dela. e Jeanne Louise manteve sua boca coberta à medida que ela alimentou. Então . tentando desenhar isto até revelar seu sutiã. “eu realmente não quero que você tendo que alimentar fora de outros por causa do que eu fiz. Depois de um inicial endurecendo. Paul empurrou em surpresa e pegou seus braços. Eu prefiro sofrer a dor de sua mordida que ter você morder outros. “Para causa do Cristo. entretanto. Jeanne Louise não disse a ele isto. um homem de idade avançada. e deslizou ao longo da cadeira. Uma movida para ela atrás. Jeanne Louise reduziu se a pó na dureza. chegue um quarto. mas quando ela balançou ela voltar em um gemido e sondou seus colmilhos deslizarem picar sua língua. Jeanne Louise estava tão pega em cima no momento que ela poderia ter superalimentado e prejudicou ele teve alguém não batida na janela próximo a eles. então lambido seu modo abaixo seu peito para seu mamilo. O entregar seu cabelo a arrastou abaixo como Paul buscou sua boca novamente. Ela deixou a porta abrir para ele. Movimentando a cabeça severamente. . Recuperese isto. Machuque ou não. O infundindo com prazer.” alguém latiu. “Eu só conheço de uma maneira para fazer não machucar sem controlar sua mente. mas ela não podia arriscar Livy despertando neste momento. ela se importa de fazer correr acima de que ela teria que fazer como ela assistiu Paul abordar.” “Como é isto?” Ele duvidosamente perguntou. um pé quieto fora de no chão. Jeanne Louise murmurou avidamente e girou sua cabeça. Jeanne Louise entrou no backseat atrás de Livy. sua voz amortizada pela janela. Seu estômago sentiu como estava fervendo com ácido. seu prazer no ato seguindo a mesma conexão que o prazer compartilhado e o derramando. ele seria menos provável para sofrer a dor de seu afundamento de colmilhos em sua carne. trazendo um gemido de sua boca que reverberou ao redor seu peito e então ele rasgou sua boca do nub que ele tem sido lavishing e levantou seu rosto. Maldição. “O que—?” “Relaxe. Ela simplesmente se debruçou adiante e o beijou. e então ofegou como a mão em suas costas deslizadas ao redor para achar seu peito por sua blusa barrenta. ele voltaria para ele em um momento. suas mãos tentando agarrar o cabelo atrás de cada de suas orelhas para o persuadir em. O momento ele fez a paixão de anteriormente explodida entre eles. Seus colmilhos afundaram na carne suave até como ela novamente chão sua pélvis contra sua dureza e Paul clamou. O carro. oferecendo a ele sua própria garganta como sua boca arrastada abaixo isto. já continuou em. suas mãos pegando seus quadris para a segurar em lugar como ele moeu ele mesmo contra ela em necessidade frenética.” ela infelizmente começou. mas ele interrompeu. enquanto o outro pego em seu cabelo e balançou sua cabeça para um ângulo mais confortável. Jeanne Louise suspirou seu alívio em sua boca e deslizou seus braços ao redor seus ombros. Sua mão amassou a carne tenra e então começou a arrastar em sua blusa. mas seus olhos depressa deslizaram de volta. Paul aceitou o convite de uma vez. “Eu sou sério.” Ele balançou seu cabeça para longe dela. Quando ele quebrou seu beijo para correr seu lips e língua através de sua bochecha para sua orelha. a paixão e prazer em alimentação e opressivos eles ambos. Seus passos diminuídos a velocidade como ele neared o carro. sua língua que empurra fora para acariciar sua até como suas mãos surgiram. Jeanne Louise rolou seus olhos e imediatamente subiu escarranchar seu colo. sua própria necessidade ser causado uma dureza em baixo de suas pernas que estava empurrando contra ela com todo turno de seus corpos. Jeanne Louise ajudou. Ele achou o buraco de sua clavícula e enviou calafrios que dança por ela mordiscando lá.” “Paul. seu corpo instintivamente urgente mais íntimo como sua boca aberta para ele.” ela sussurrou. eu prefiro que você mordeu mim que alimente em inocentes ao redor nós. Paul prendeu seu pé e aliviou o fim de porta. agitando sua cabeça e muttering sobre pervertidos e a mocidade hoje.” ela murmurou quando ele deslizou sobre a cadeira próximo a ela. ela estava com fome. oferecendo a sua garganta. “Continue.e disse. atento de Livy adormecido na cadeira dianteira. alguma exibição de relutância. mas Jeanne Louise girou sua cabeça no último instante e foi para sua garganta. Era um grito de êxtase não dói. oferecendo isto para ele. Jeanne Louise gemeu como sua língua chicoteou sua. A fome estava apressando por ela. Se ele estivesse experimentando o prazer compartilhado companheiros vitalícios apreciados.” ela disse abruptamente e permaneceu caminhar de volta em direção a seu veículo. Jeanie. expondo seu pescoço para ela novamente. Jeanne Louise rebelar-se ligeiramente em seu colo como sua boca fechou acima do endurecido nub. persuadindo a seu mais íntimo quieto. Jeanne Louise estava brevemente rasgada pelos desejos contraditórios. E se ela não alimentasse só ficaria pior. E os músculos por toda parte seu corpo estava começando a câimbra e dor que o nanos chupou sangue deles levar para os órgãos principais. O silêncio reinado atrás dela para um momento e então ela ouviu Paul murmurando para Boomer esperar onde ele esteve e cuidou de negócios. Paul não parou lá.

Ele tem dirigido por com um total de furgão de acaricia que ele roubou. A única coisa que parou ele era . Este tempo Jeanne Louise deliberadamente tomou suficiente sangue para pôr o homem em um lânguido. Ele planejou tomar Boomer. Certo?” Paul piscou seus olhos abrem como um clicar seguido aquela voz suave. Ela então aliviou a porta fechou e entrou a cadeira do motorista. então glanced para Paul ver a ofuscação assistir seu rosto. oferecendo a seu pescoço para Jeanie e seu principal ele atrás para o carro. Jeanne Louise coloca velocidade imortal e apressou adiante. aparentemente desacompanhado. era mais que ela devia ter e ele tem tempo de necessidade para recuperar. Ela teve ele abrir as de volta portas do furgão e achou se perscrutando mais de duas filas de gaiolas do lado de dentro. “Jesus. Sete “Eu estou com sede. mas Paul não podia sobrar isto. porque ele tem estado pronto para desnudar-se suas roupas fora de e tomar seu aí mesmo no backseat com Livy adormecido na frente. então teve ele ir à frente para seu furgão. O pensado feito seu olhar para ele. Quando Jeanne Louise retirou-se do estacionamento um momento mais tarde. ele não realmente recordou o que o parou. seu volte e fim de olhos. . . Ele estava deitando.” Olhos estreitados da Jeanne Louise. Existiam oito deles completamente. ele viu. “Ele é seu? Eu era verificação justa nele. ela não deixou ele a beijar. levando Boomer. Ele só puxaria acima de ao lado da estrada quando ele viu Boomer.” Ele piscou com confusão e glanced ao redor. baixo branco na frente do carro. Deixando ele no momento. quatro forro cada lado da parte de trás do furgão. O clicar tinha sido a conclusão de porta de carro. A visão fez seu sorriso com satisfação. Ela girou sua cabeça e— . Ela estava se parecendo satisfatória agora. Depois de fazer ele pôr seu telefone longe. alguns gatos e alguns cachorros. Felizmente. Suspirando. . Era escuro suficiente que ela podia apenas ver Boomer onde ele permaneceu amarrado para a mesa de piquenique.” “Eu comprei alguns lanches quando eu nos verifiquei em. Dando sua cabeça uma sacudida para passar sem tocar isto. mas este gemido não era um de prazer. fazendo o homem salta quando ela de repente apareceu em seu lado. Eles beijaram duas vezes agora. mas a visão de Boomer. Ela então teve que olhar para o sinal na entrada para o parque para poder o fazer relatório que estaciona. e então ele lembrou de estar no parque. Controle de tomada do homem. doçura. Jeanne Louise o pegou pela frente da camisa e o empurrou abaixo assim ela podia afundar seus dentes em sua jugular. mas ela não preocupou-se com aquele e simplesmente caminhado atrás para o carro. Jeanne Louise lê de sua mente. ela fez ele dar Boomer é atar. como ele levantou sua cabeça e glanced ao redor a tempo de ver Jeanne Louise Livy e Boomer principal para uma porta aberta em um edifício longo. Ele era afundado no backseat. e então . e não certo por que a princípio. Ela dirigiria o resto do caminho para Ipperwash e deixaria Paul dormir e recuperar. . Bem. Ela estava só vindo a si o carro quando ela notou um homem untying que Boomer é atar da mesa. Jeanne Louise suspeitou que ele desfaleceu. e todo seu bom senso saiu aparentemente a janela. A boca apertando. pareceu muito boa para ser verdade e ele pararam de colecionar mais um. Ele distintamente recordou ela subindo sobre seu colo e . Jeanie. Era só dez pés longe. .Ela scowled depois dele. Ele lembrou de seus corpos moendo junto. Ele acabou de subir em chamas . então colo e glanced do Paul diminuído fora a janela. Existiria muitas pessoas felizes conseguindo seu amado acariciar de volta hoje à noite. Jeanne Louise fez ele retirar-se sua telefone celular e colocar um telefonema anônimo para a polícia que um homem com um total de furgão de bens roubados era estacionado pelo parque. a interrupção rude do homem não despertou a criança. Ele gemeu como seus colmilhos deslizaram em sua pele. e ambos os vezes tinham sido como nada ele já experimentaria. e cada propriedade pelo menos dois animais cada. Percebendo seus colmilhos estavam ainda fora. . Ela se sentiu melhor entretanto. ela deslizou fora do carro e começou de volta para a mesa de piquenique para colecionar Boomer. . Então Jeanne Louise trançada em seu colo para perscrutar acima da cadeira dianteira para Livy. Jeanne Louise voltou para Paul e carranca no quão pálido ele era. Totalmente negou qualquer culpabilidade que ela poderia ter sentido pena de o rastejar. Eu darei a você um bebida assim que eu consigo você e Boomer em nosso quarto de motel. Não era uma quantia perigosa. e muitas de suas câimbras e dores eram ido. Seu estômago também era justo roiling agora em lugar de tomar um banho ácido. Ela não aborreceu mascarando a dor para ele.” Paul muttered debaixo de sua respiração como o que teve seguido examinou sua cabeça. Ele era um daqueles bastards que roubou animais de quintais e playgrounds e vendeu eles para experimentação animal. Ela então tornou com ele e lançou sua camisa de forma que ele caiu atrás de seu furgão entre as filas de gaiolas. Ainda. Ele era esvaziado. ela retratou eles. Ela tomou sangue demais. Ela precisaria mais sangue para voltar para regulador de pressão cheio. Ela estava ainda mascarando sua memória. Paul se sentou em cima e esfregou suas mãos wearily acima de seu rosto. Era como se seu corpo explodido com desejo quando seu lips encontrou sua. um carro de polícia estava parando atrás do furgão de roubado acaricia. Sua enxaqueca era uma dor enfadonha novamente em lugar de um martelar. Boomer pulou em e enrolou-se próximo a Paul. entretanto ele não lembraria de sofrer isto. “Oh. ele lembrou de deixar seu mamilo deslizar de sua boca de forma que ele podia reivindicar seu lips. Paul reconheceu. . Seus pés eram rondar entre as portas abertas. Quando Jeanne Louise abriu a de volta porta do carro.

” Jeanne Louise disse apologetically.” Ela glanced ao redor também. Nós podemos examinar cabanas amanhã. Boomer era fora da cama e em seu lado. nós podemos ir para a praia?” Livy perguntou como Jeanne Louise endireitou. mas parecido ter mais chocolate em suas mãos e rosto que ela conseguiu comer. Ele sorriu um pouco e glanced atrás para Jeanne Louise a tempo de ver o sorriso que reivindicou seu rosto antes dela se virar voltar no banheiro. “Você precisa de uma mão?” Jeanne Louise perguntou worriedly. “eu porei suas costas para dormir uma vez que ela está acabada. Paul era feito com seu suco e agarrando um bar de chocolate. e girou caminhar devagar em direção à porta aberta que Jeanne Louise entrou em mais cedo com sua filha. “Não. “Eu consegui um pouco levei para longe e tomei mais sangue que eu pretendi. A memória fez ele perguntar. Ele esperou pela porta entretanto. ainda bem. ele reconheceu.” Jeanne Louise disse. Jeanne Louise despejou alguns em um dos pratos.” Jeanne Louise disse apologetically. Eu dei seu algum suco e um bar de chocolate para maré ela acima de até manhã. Paul fez de uma vez. “Eu pegarei isto. A menina estava recuperando-se chocolate se como ela comeu um Oh Henry! Bar. Sua filha terminou seu bar de chocolate. entretanto a deixou para ele e encabeçado através do quarto para a mesa de lado da cama onde três ou quatro bares de chocolate e duas garrafas de suco se sentou que Ele agarrou uma garrafa de suco laranja.” Ele movimentou a cabeça. Quando ela terminou e colocou a água ao lado do prato de comida para Boomer. E então ele acordou para o som de sua filha e Jeanne Louise suavemente falando. “Eu consegui para você algum suco e um chocolate trancarem também. desafivelando seu cinto de segurança e desdobrando ele mesmo do backseat para endireitar ao lado dela. Mas ele dificilmente podia dizer a ela isto. “Onde estamos nós?” “Ipperwash.” Livy anunciou. “Ipperwash. então debruçado em levantar o Walmart ensacar de onde agora economiza seus pés.” Paul disse. Ela então voltou fora e deu a ele o quarto para sair. então fixem a bolsa de comida de lado e levou o outro prato no banheiro preso para encher isto com a água. e podia só pensar que era um bem. “Você é certo?” Ela perguntou. mas ele não lembrou de sentir dor.Paul levantou uma mão para seu pescoço com uma carranca. Jeanne Louise hesitou. “Fará por hoje à noite. e Paul glanced que modo que Jeanne Louise curvou perscrutar em ele. Ela definitivamente tomaria sangue demais. rabo sacudindo. eyeing ele solenemente. abriu isto e bebeu isto enquanto assistindo Jeanne Louise cava fora a comida de cachorro e os dois pratos de cachorro pequeno ele também pensaria comprar. Era seu quarto de motel normal feito em sombras neutras de marrons em beges. “Jeanie diz que nós estamos em relógio superior. percebendo que ela estava ainda esperando por uma resposta. Só um prazer opressivo que apressou por ele em ondas aparentemente infinitas. e eu vi este motel assim eu parei. então empurrou fechou e glanced ao redor. Pelo menos até que ele comeu algo.” Paul disse finalmente. ele secamente pensou. “Vá bebida seu suco e coma seu chocolate. De fato. Ele iria voluntário para experimentar aquela em uma batida do coração. Ele estava pronto para ir outro redondo com ela. “É tudo que eles vendem no escritório.” Jeanne Louise disse como ele alcançou a porta para seu quarto e perscrutou ao redor. seu se importe de estava parava sua conversação sobre lugares e como os órgãos genitais eram um bem localizar porque não deixou nenhuma marca. “Jeanie. ele era mais que feliz para a alimentar. e então seguro ele. Estava hora de jantar do Boomer bem passada. sorrindo nele.” Paul hesitou. “Você me mordeu?” Terminou como uma pergunta.” Jeanne Louise disse.” “Um bar de chocolate?” Paul perguntou a um estremecimento. Seu gesto disse a ele que ele era direito entretanto. porque ele não estava realmente certo. fechando a porta atrás deles. “Como é Livy?” “Enxaqueca livre no momento. girando com a intenção de tomar a bolsa e alimentando o pobre mutt. É muito tarde para examinar cabanas que poderiam ser para alugadas. Talvez ele devia tardar em oferecer ele mesmo em cima para outra comida. Existiam duas camas de rainha de tamanha e Livy era acomodado no mais próximo com Boomer enrolou-se ao lado dela. . “Ela também está faminta e sedenta. e córneo que inferno quanto ele recordou a paixão que eles compartilhado. o momento ela abriu a comida de cachorro. “Como você sente?” Paul considerou a pergunta.” Paul corrigiu suavemente como ele abriu seu bar de chocolate. “Existe comida de cachorro em com suas roupas. abóbora. A abertura de porta ao lado dele chamou sua atenção. Coisa de Goddamned que ela não podia ler sua mente. Ele pensou que ela poderia ter o mordido. “Multa. ela olha patinagem acima de Paul antes dela assistir o estado de chocolate coberto do Livy.” Paul relaxado e movimentado a cabeça. Como ele sentiu? Um pouco fraco. Se ela estivesse com fome. quando o mundo fez um giro lento ao redor ele.” Jeanne Louise murmurou seguinte ele para a porta. “De manhã. um pouco cansado.” Paul murmurou e cautelosamente lançou a porta.

Ela controlou o dono de motel para fazer ele concordar.” Livy protestou. Era só depois que ele fez isto que aconteceu para ele que talvez ela não devia estar pulando ou soltando.” Paul piscou no anúncio. “Em seus pés. “Eu pegarei isto. como também pijama e uma Camiseta e calção para Livy. e prosseguiram fazer altos roncando sons. ele quase podia ter acreditado nela era só seu normal. “Aqui nós vamos. Seus olhos eram brilhantes. mas sorriu como ele terminou de arrastar partes inferior do Livy em lugar. Eu disse a ele que você pagaria de manhã.” Jeanne Louise murmurou. era bastante inoportuno que seu tipo podia fazer mero mortals fazer coisas que eles não necessariamente quiseram fazer. não fez. “Mas eu não posso dormir em minhas roupas. Ele pagaria ao homem de manhã. e outro par de calça jeans e uma Camiseta por ele mesmo. “Debaixo dos cobertores agora. Boomer pensou que isto era um jogo bom e imediatamente saltado sobre a cama. que talvez causaria outra enxaqueca acender-se. “E ele concordou naquele?” “Claro. Livy levantou-se na cama na frente dele e saltou ao redor como ele pegou a bainha de sua Camiseta e arrastou isto em cima e fora acima de sua cabeça. Eu não pensei conseguir você pijama. mas em lugar de movimento. Forçando longe a imagem que ela só poria em sua cabeça. “Eu não sou um inválido. aceitando a bolsa. Eles eram rosas com dálmatas brancos neles e ele pensou que ela pareceria adorável neles. Ela continuou a saltar ao redor como ele põe o pajama topo nela. suas bochechas rosadas. a menos que feito para fazer muito por um vampiro de transcurso. Paul apostaria dinheiro nisto. permanecendo ir colecionar a bolsa de onde o Jeanne Louise deixou isto no pé da cama. Livy então fechou seus olhos. mas ele deixa ir. “Desculpe.” ela murmurou. Tudo era bom. e beijou sua bochecha na frente de mudança para o lugar onde o Jeanne Louise demoliu as coberturas. Ele só compraria eles para Livy porque eles pareceram saltar fora nele como ele passou pela prateleira onde eles penduraram.” Livy concordou. “Lá nós vamos. Paul colecionou o pijama e movido para a cabeça da cama.” ela disse alegremente. Tempo para a cama. Se ele não visse o esquadrinhar ele mesmo no escritório do doutor. fugidos seus pés debaixo dos cobertores.” Jeanne Louise murmurou. “Como você alugou o quarto?” Ela stilled brevemente em limpar Livy e então glanced para ele.” “Isto é certo. ela disse.” Paul disse com irritação como ele pegou em cima a bolsa. Livy considerou aquele e então movimentado a cabeça. não é?” Ela persuadiu. e então ofereceu a ela a bolsa. Paul teve que ordenar o cachorro fora da cama. Paul deixa suas próprias roupas de lado. Ainda. assado weenies acima do fogo e enchemos também. “Eu sei. Suspirando.” Paul murmurou ao redor seu bar de chocolate e movimentado a cabeça. Mas hora de dormir e você é querer ser todos descansaram e parecendo bons para a praia amanhã. e Livy riu uproariously como ela saltou sobre ela atrás de na cama. Ela não teve sua bolsa e seu dinheiro estava em sua carteira em seu bolso de costas. Ele duvidou que existia um dono de motel no planeta que alugaria quartos na promessa de pagamento de manhã.” ele ligeiramente ordenou. Ele então fez careta e ofereceu uma expressão apologética antes de adicionar mais suavemente. ela se virou fixar a bolsa no fim da cama que Livy estava em. Mas ela não era. Ela soltou para sua parte inferior. Eu posso fazer isto. Ele não normalmente vestiu eles e ele não acabou de não pensar sobre ele com Jeanne Louise. Ela então chutou suas pernas como ele arrastou seu calção fora de e colocou o pajama partes inferior. Ela esteve morrendo.” “Existem pj está no Walmart ensaca. Não que Jeanne Louise notou.“Sim. e estado lá para as enxaquecas que ela tem sofrido pelas últimas várias semanas. entretanto carranca que ele de repente perguntou-se como Jeanne Louise alugou o quarto de motel. mas ele trouxe uma parada para que ela saltando por pegadores seus tornozelos e arrastando eles fora de debaixo de sobre o que ela quando ele estava pronto para negociar seu calção para o pajama partes inferior. não mencionar um cartão de crédito no caso de dano . latindo excitadamente.” Jeanne Louise movimentou a cabeça e voltou fora de.” “Hmm. “Mas eu acabei de acordar.” Paul disse.” Jeanne Louise disse saindo do banheiro com um pano úmido e rumo a Livy. arrastando de volta os cobertores e folha em um lado da cama e batendo levemente isto para Livy mover para isto. Jeanie. mas levantada-se na cama novamente. evitando olhar para ele correndo o washcloth acima de Livy agora limpar rosto novamente. “E ela diz que nós vamos nadar e colecionamos conchas. . então agarraram eles e pararam eles como ela deita de volta. muffin.” “Certa. correndo para tentar chegar a isto primeiro. O pensado feito seu sorriso enfraquece e sua voz era áspera à medida que ele murmurou. Ele podia sentir isto.” Jeanne Louise disse de uma vez. Felizmente. junto com do Livy. “eu farei isto. Dando uma risadinha. hon. abraçado seu pescoço.” Ele arqueou uma sobrancelha na expressão culpada em seu rosto. saudável pequena menina. ponha as roupas que ele tem para Jeanne Louise atrás do lado de dentro. deixando ele para esvaziar o conteúdo na cama e tipo pelas roupas que derramadas fora. . “Eu posso dormir na Camiseta e minha calcinha. “Jeanie?” Paul perguntou a deglutição sua mordida de bar de chocolate. “O dono de motel estava disposto a tomar dinheiro. Ele não pensou comprar ou ele mesmo ou pijama de Jeanne Louise entretanto. . Ele comprou as roupas prometidas para Jeanne Louise.

o sujo buggers. ainda bem.” Paul disse. Ele suspeitou que ele estaria deitando acordado na noite toda. “Se nós não podemos ir para a cabana até meio-dia. seu corpo eletrificado pelo conhecimento que Jeanne Louise Argeneau deita metades desnudos não dois pés longe na próxima cama. mas uma enxaqueca apenas da mesma. e tinha estado desapontada que ela não teve.” Jeanne Louise pausou naquela boqueada e glanced para Paul. Existia mais de seu coberto como isto que existiria se ela estivesse vestindo um maiô. eles não tinham sido secos quando ela terminou e ela teve que dom eles molhados. mas no fim não teve nenhuma escolha mas a deixar para isto. mas da mesma maneira que depressa seu fim de olhos e seu rosto deslizaram em dormiram. mas eles secariam em seu corpo e pelo menos eles eram limpos. então deitou eles na pia para secar um pouco enquanto ela tomou banho. Jeanne Louise estava tendo que mascarar a dor enfadonha e faz a menina comer e apreciar sua comida. e começou a desnudar-se fora de suas roupas. que é boas notícias para você.” mas sua concentração estava principalmente em Livy como a menina comeu seu café da manhã. bebê. Alguém que alugou isto de hoje para próximo sábado. Livy abriu seus olhos e grinned nele brevemente. Paul movimentou a cabeça. A visão dela levou sua respiração quando ele girou e vista ela subindo o lado da cama. entretanto encolheu os ombros fatalistically. Felizmente. correndo seu dedo junto sua bochecha.” ela murmurou. Mencionou que você estava olhando alugar um. mas continuada a olhar fixamente para sua filha preciosa e renovou sua determinação para salvar sua vida.” Paul estava perscrutando fora a janela no estacionamento quando Jeanne Louise terminou do banheiro.” Paul hesitou. Ntão pensada. ela terminou de puxar de volta as coberturas e subidas na cama. “Você não tem que dormir com Livy. Ele está disposto a tomar dinheiro e alugou isto para você.” Jeanne Louise glanced brevemente para o dono de motel e murmurou um ausente “bom dia. nós devíamos provavelmente achar em algum lugar para comprar mais roupas.” “É bom. Forçando se a manter mudança. Ele obviamente compraria Jeanne Louise a Camiseta de tamanho errado. O dois encontrou quando Paul parou no escritório para pagar por seu quarto a caminho do preso diner para o café da manhã. “Maldição. Ela teve uma enxaqueca novamente. Ela sentiu como ele estava comendo seu vivo de através do quarto. povos. “As viradas fora Jack tiveram um cancellation esta semana. A deixou com pequeno atencioso para que o dono de motel querido. “É uma grande cama. E então provavelmente pequeno para nenhum sono. Suspirando.” “Sim. Paul curvou escovar um wisp de cabelo longe de rosto da sua filha. Dando sua cabeça uma sacudida. Sua concentração estava ainda principalmente em Livy até o dono de motel partiu e Paul se sentou de volta abaixo. Os dois homens falaram sobre nada de importante.” o homem anunciado alegremente. “O papai está aqui.” Jeanne Louise sorriu e movimentou a cabeça como rosa de Paul agitar a mão do homem e o agradece. Ela fixa a bolsa e calça jeans pelo pé da cama do Livy e subiu começar a puxar de volta o cobertor e folhas a seu lado. mas não fez olhar ao redor. Ela lavou sua calcinha na pia. Ou o tamanho perfeito dependendo de como você olhou para isto. cheias suas roupas sujas em e levou a bolsa e nova calça jeans com ela como ela deixou o banheiro. saindo apenas da luz de banheiro para iluminar seu modo. girando sobre seu lado. “Não se preocupe.“Macaco. Eles só chamaram esta manhã para cancelar também. Ela perscrutou nela mesma no espelho antes de deixar o banheiro e agitou sua cabeça. abraçando seus peitos gostam de uma segunda pele e apenas alcançando o topo de sua calcinha. seu olhe mudança acima dos cobertores que ela só pararia como se ele podia ainda a ver em seu se importa de é olho. Claro. Ele ouviu o sussurro da bolsa como ela colecionou isto do fim da cama e um momento mais tarde existia um suave clicar como a porta entre o quarto e fim de banheiro.” Paul muttered que se debruça contra a porta depois que ele fechou isto. Paul soube.” ele respirou. Quando ela puxou a folha e cobertores atrás em cima ele estava à cabeceira. Era apertado. Paul empurrou ele mesmo longe da porta e moveu para ligar o chuveiro.” a mulher em questão suavemente disse. E talvez alguns mantimentos e tais. Ele não contou com a mulher. Ele teve que. ele pensou esquisitamente. Ele não deixará você morrer. um amigo meu que possui algumas cabanas na praia. administrando um sorriso pequeno. A criança acordou nervoso e difícil. “Eu vou tomar banho. dizendo. E truthfully. Nós seremos bons. “Jesus. Eu estava indo. Seus olhos eram largos e mornos que eles deslizaram acima de seu corpo. “Eu chamei Jack. Ele convenceria que Jeanne Louise girasse ela. Paul podia levantar o frouxo e saudou o homem calorosamente.” Paul sussurrou. “Gritos.” ele sussurrou. E ele definitivamente estaria olhando. . um pouco dismayed para achar ele comprou um pequeno. ele tem pulado que ela sugeriria que eles compartilhem a outra cama quando ele disse que Livy contribuiu ela dormir. torceu eles fora os melhores que ela podia. Um baixo-grau um este tempo.” Jeanne Louise sussurrou de volta. Estaria um chuveiro frio para ele hoje à noite. Ajudada junto por Jeanne Louise. “Bom dia. Ele desligou as luzes no quarto. Jeanne Louise prolongou a nova calça jeans do Walmart ensaca. “Ela contribui ela dormir. mas ela não pagou a muita atenção. Jeanne Louise puxou na Camiseta que Paul a comprou então.

Ele então quietamente perguntou. É sobre uma hora longe. eu sei.” ele a assegurou. “Nós podemos ir para a praia agora?” “Logo. então faço eu. retirando-se suficiente dinheiro para pagar por seu café da manhã e então subindo caminhar ao redor e levantamos Livy. “Que tal Boomer?” “Nós dificilmente podemos o levar compras. mas eles tiveram pequeno mais que as roupas em suas costas. como imergindo seu dedão do pé na tina para verificar a temperatura.” Paul quietamente disse. Eu—” A oração terminou abruptamente como Jeanne Louise conduziu a menina fora de dormir com um pensamento. Jeanne Louise arrancou a lista que ela fez e deslizou isto em seu bolso como ela girou perscrutar na menina. Papai. Eu repelirei e levantarei você. dirigindo ao longo das filas de carros estacionados. e então captura até você. logo você estará dormindo. muffin.” Paul respondeu.” Jeanne Louise disse com alívio. Uma vez no carro. Livy piscou seus olhos abertos.” Paul muttered com uma carranca. Você provavelmente não devia estar fora em luz solar direta mais que necessário. conhecendo Charlie era o dono de motel. “Todo feito Mel de Livy?” Paul de repente perguntou. Papai. “Mosquito repelente.” Paul muttered. Ela supôs significou que ela estava começando a mostrar o desgaste de fazer isso. Ele será bom no quarto para umas horas do par. e então glanced em direção ao céu com uma carranca de preocupação e sugerida. “Além disso. Eles não tinham sido acordados muito mais que uma hora. Mas primeiros nós temos que ir comprar maiôs. “Realmente. Ela tem precisa alimentar novamente logo se ele continuasse a caminhando sobre ao sol. ela perguntou.” ela estupidamente ecoou. Suspirando. “Eu posso caminhar. Jeanne Louise movimentou a cabeça. .” “Charlie diz o melhor para loja de lugar para trajes de banho e tal ser Londres. “E mosquito repelentes. claro. e relaxada quando ela sentiu isto dor livre. então faça I. “Sim. “Ela é boa agora mesmo.” Paul riu. ela admitiu.” Jeanne Louise parou de uma vez com alívio. Eu não estou cansado mesmo.” a menina reclamou quando ele scooped ela em cima. “Talvez você devia esperar aqui debaixo do toldo enquanto eu consigo Livy no carro.” Jeanne Louise disse em um risada.” “Não. Ela se sentiu culpada para fazer a criança dormir já novamente. encabeçando em direção à mais próxima a entrada de centro comercial. Teve que ser feito. “Bem. estremecendo como eles saíram em luz solar matutina brilhante. ela reconheceu. Mas logo você será muito grande para mim levar assim eu posso também fazer isto tanto como eu posso agora.” Livy anunciou. Uma viagem de compras não estava no menos atraente.” Jeanne Louise reconheceu.Paul era mudo para um momento e ela podia sentir seus olhos que viajam acima de seu rosto. Jeanne Louise esfregou sua cabeça e levantada-se. “Certo. “Parece ocupado. Jeanne Louise achou um pequeno notepad e uma caneta no porta-luva e escreveu tudo o dois deles apresentaram como Paul dirigiu. eu não irei.” Jeanne Louise murmurou. mas ele está ficando pior. “Sim. ache estacionamento. “Eu tenho que urinar. “É ruim?” Jeanne Louise soube que ele estava perguntando sobre a enxaqueca ela era blocagem Livy de sentir. Ela pode dormir a caminho. mas seguramente sono era melhor que sofrendo a agonia que ela estaria em se ela fosse acordada? “Não deixe-me esquecer levantar protetor de sol. Suspirando como ela quebrou livre da mente da criança. e então glanced para Jeanne Louise e adicionada. Eu vou soltar você duas fora daqui nas portas. “E toalhas. “Hmmm. “Protetor de sol. quase imediatamente alerte.” ele respondeu facilmente. “Nós estamos lá já?” “Sim. tendo certeza que o empurrar não despertou a criança. Ela tem seu nome quando ela examinou superficialmente em seus pensamentos para convencer ele para deixar seu alugado o quarto e não pagar até manhã.” Jeanne Louise suspirou.” Paul disse como eles dirigiram-se à saída. ela pensou. mas ela manteve sua atenção em Livy como ele a levou para o carro e a deixou do lado de dentro.” ele decidiu. Ela deslizou em seus pensamentos brevemente. “Eu penso talvez que nós devíamos fazer uma lista antes de nós fazer compras. mas ela já era exausto.” Paul adicionou. chamando sua atenção para o fato que a menina era feita comendo.” ele disse como ele diminuiu a velocidade para uma parada na frente de um conjunto de portas. “Como cabeça do do Livy?” Paul perguntou como ele se transformou no estacionamento de um centro comercial enorme. “É sábado.” Livy irradiou um sorriso.” “Uma lista.” ela assinalou. “Era grau baixo quando ela acordou. E então recordando o cachorro que eles partiram no quarto de motel durante o café da manhã. e persuadiu à criança de volta acordada muito como ela pôs ela para dormir. que eu encontrarei você dois no banheiro mais íntimo para esta entrada então.

” ela disse. Ela fechou sua porta. “Eu como você também. entretanto perguntado. O aroma era pesado no ar como a mulher passada. Ela seguida ela no protelar. tecendo ao redor de um ou duas pessoas que cruzaram seu caminho. Agitando sua cabeça. e não para comida mas para a de estanha líquida preenchendo presentemente o ar dela. “Você precisa de mim lá com você?” Ela perguntou duvidosamente da porta.” O anúncio era tão inesperado. Jeanne Louise inalou o odor arrojado novamente. Oito “Nós estamos indo nadar quando nós voltamos?” Livy perguntou excitadamente como Paul a afivelou em sua cadeira.” Jeanne Louise ligeiramente disse. Ela de repente estava ciente do quão faminta ela era. depressa lavadas suas próprias mãos.Movimentando a cabeça. “Oh. “Veja você em alguns minutos. Além disso. Eu sou uma grande menina. Felizmente. “Eu penso que Papai gosta de você. Algo sobre o modo que ela disse que fez sorriso de Jeanne Louise. Um olhar rápido ao redor revelou o sinal universal para banheiros para sua esquerda. O banheiro não estava ocupado e existiam vários protela escolher de. Jeanne Louise deslizou fora. . Uma vez feitos.” Jeanne Louise hesitou. Sangue. obrigado.” Livy disse facilmente e slammed o fim de porta. mas se empurrou longe do contador. e inalou oferecer uma saudação.” a menina disse com um sorriso como ela manchada ela. Jeanne Louise abaixou a menina para o chão. e então ela se concentrou em mascarar os pensamentos e dor da mulher que ela afundou seus colmilhos em sua garganta. Jeanne Louise pegou mão do Livy e levou seu aquele modo.” ela disse com um sorriso. então o tribunal de comida era relativamente lento. você está aí. ela girou e compassou para as pias para se debruçar contra eles enquanto ela esperou. Eles andaram em acondicionamento de ar que pareceu quase frio depois do calor fora de. a mulher pausou e balançou sua cabeça ao lado. e então fechou a porta e Livy apressado para a entrada de centro comercial. uma área grande com mesas no meio e uma variedade de vendedores de restaurante circulando isto. mas Vovó diz seu porque Mamãe morreu. Mantendo seu aperto como a menina busily lavou suas mãos. era tempo do café da manhã passado e muito cedo para almoçava ainda. “Isso está certo com você? Se ele gostar de mim?” “ 'Curso. Não era até que eles saíram no tribunal de comida que ela percebeu que ela tem sido tão distraída por sua alimentação inesperada que ela esqueceu de ir para o banheiro. entretanto era duvidoso um mortal notaria. forçando ela de sua quietude momentânea. “Eu tinha medo que você partiu. ela perguntou. Ela diz que ele a falta. Ela apenas descansaria seus quadris contra o contador quando uma morena de meia-idade entrou no quarto. mesas principalmente vazia com algumas pessoas que tagarelam acima de café ou bebidas frios.” “Nunca. “Não.” Livy anunciou. Jeanie. do Livy aberto e depressa debruçado em desafivelar seu cinto de segurança e a consegue fora. ele precisará de alguém para o fazer sorriso quando eu for para céu. Você pode me derrubar agora. “Ele tem sido muito triste desde que eu posso lembrar. e então pegaram umas folhas de toalha de jornal do dispensador para o dois deles. Jeanne Louise deixa um pouco suspiro desliza de seu lips agora que o sol não era mais batida abaixo nela. eles lançaram as toalhas de jornal e encabeçado fora do banheiro. Livy estava estando duvidosamente ao ar livre porta dela protela quando Jeanne Louise escapou dos momentos de barraca de fim mais tarde. “Oh? O que faz que você diz isto?” “Ele sorri mais com você ao redor. Eu pensei que era minha culpa. juntando-se ela na pia e a erguendo em cima assim ela podia alcançar o sabão e torneira.” Livy disse simplesmente. corrediça na mente da mulher para a controlar à medida que ela foi. A mulher ou teve um ferimento aberto em seu em algum lugar ou estava tendo seu período. “Eu sou feito. estremecendo na luz solar severo que imediatamente a atingiu. Jeanne Louise quase soltou a criança. Jeanne Louise pegou um vislumbre dos olhos em branco da mulher que olha fixamente para os azulejos cerâmicos na frente deles como ela escovou seu cabelo longo fora do modo. Mas ele não parece faltar seu tanto com você ao redor. Jeanne Louise perscrutou no rosto de inocente da criança e sentiu seu coração apertar. Ele deixou eles fora pelo tribunal de comida. mas congelou no odor que flutuado em cima seu nariz. E ele não parece tão triste o tempo todo mais. Quando ela empurrou o protelar porta fechada atrás deles. Jeanne Louise até não pensou. seus olhos agora acompanhamento a mulher como ela caminhou ao longo da fila de protelou.” Sua próprio sorriso que congela em lugar. Quando a morena escolheu o maior desvantajoso protelar no fim. O odor fez dor de colmilhos da Jeanne Louise. Jeanne Louise retornou o sorriso da mulher. Jeanne Louise conduziu Livy em um no meio da fila de protelou.

Jeanne Louise murmurou wearily em resposta. Mas se ela não fez logo. tentando massagem longe qualquer dor prolongada. A velocidade e aspereza crescentes de enxaquecas do Livy fizeram ele suspeitar que eles estavam ficando sem tempo. ele abriu a porta de passageiro e debruçado em. “Quem ela era?” Paul perguntou como ele esperou pelo GPS calcular a rota de volta para o motel.” . seus dentes clenched. Ele instintivamente reagiu. mas no processo ele tem que ele mesmo perdeu.“Assim que nós estamos na cabana e conseguimos tudo fora do carro. “Um cochilo fará você bom. “Eu sinto muito.” Paul interrompeu. Paul supôs que ele esperou que ela sugeriria isto. Paul glanced no rearview espelho como ele rugiu em cima a estrada. movendo seus dedos em círculos firmes em sua cabeça. Paul voltou para a mulher para ver que ela era roçadura sua cabeça com seus dedos. “Não importa. tomando virada depois de virada até Jeanne Louise lentamente relaxada e aliviou de volta para se sentar em sua cadeira. Frowning. ele reconheceu.” Jeanne Louise disse wearily. mas simplesmente trocada na pista certa e tomou o primeiro direito de estrada e então a muito próxima sobrada. A cabeça da Jeanne Louise estava lateralmente no apoio para cabeça. Paul juraria que ela realmente não o viu. ele teria que. Nós só ficaremos fora de Londres e vara para Ipperwash. Paul saiu do modo e fechou a porta. Qualquer que seja o caso. um pouco de sua própria tensão aliviando também. Ele soube que seria melhor ela vista que ele fez. mas continuadas viradas de tomada alguns mais tempos antes de puxar acima de em uma área residencial para ligar seu GPS e esmurrar no motel em Ipperwash. Ele glanced pela janela de passageiro dianteiro à medida que ele fez. Ele só traria eles para uma parada nas luzes na saída de estacionamento. Eshe. ver se ela estivesse certo. e então esvaziou culpavelmente como ele percebeu o que ele fez. “Ponha ela para dormir. mas nós não estaremos aqui. “Minha madrasta.” Jeanne Louise de repente rosnou. “Eu penso que nós perdemos eles. Ele viu olhos suficiente imortais para reconhecer eles e sentiu seu próprio salto de coração em seu tórax. mas não sentiu nenhum melhor conhecer Jeanne Louise estava fazendo muito em seu lugar. e ela ainda poderia. rodando em sua cadeira para perscrutar fora a janela traseira. nada aconteceu. então veio como algo de uma surpresa quando ela de repente chupou em sua respiração ao lado de que ele com som de um silvar. “Durma a caminho atrás.” Jeanne Louise urgentemente disse.” Paul movimentou a cabeça.” Endireitando. entretanto ele não estava certo o que ela disse ou se ela até ouviria o que ele disse. e então ele aliviou suas costas em sua cadeira. Isso não significou agora não giraria e voltaria fora para seguir eles. girada em direção à janela. Paul glanced para seu nitidamente no som. O pequeno susto não fez nada para aliviar a tensão e pallor de seu rosto. Ou talvez ela não ouviu. Ele suspirou. “Por que você não disse a mim seus pais vividos em Londres?” Ele perguntou a desânimo. Minha cabeça machuca e—” “Sim. Deus querido. frowning quando ele notou como expressão do pálido e Jeanne Louise apertada era. e os músculos de sua mandíbula saltando. Sua concentração era completamente interna na dor que ela estava sofrendo como ela trabalhou afastar sua pequena menina de sentir isto. Para tudo que ele soube que ela podia ver o furgão e sabia que era seguinte. rodando seu cabeça para longe da janela para revelar um rosto totalmente com alarme. entretanto. depois que ele disse que isto a segunda vez que alguma da tensão pareceu aliviar de seu rosto e Paul perscrutou no backseat para ver sua filha doce estava dormindo. Paul não a questionou. Ele imediatamente levantou seus próprios dedos para seu escalpo para juntar-se ela no esforço. mas o furgão tinha estado na próxima pista acima de que era suposto cruz acima de na praça e fez exatamente isto. “Consiga nós fora daqui. e então seus olhos deslizaram passado ela para o veículo próximo a eles: Um furgão azul com uma escura-esfolada mulher na roda. terminando sua tarefa e endireitando fechar a porta. metade com medo o furgão muito poderia ter rebelado-se contra tráfico e seria seguinte eles. girando partiu sobre a estrada principal. de todas as pessoas para chocar-se com. “Jeanie?” Ele disse. Os olhos da Jeanne Louise foram fechados como ele retirou-se do estacionamento localiza. Ele não quis sua filha para sofrer.” ele disse suavemente como ele ergueu seu cinto de segurança. “Eles não fazem. Nós a perdemos. então caminhado ao redor para o lado do motorista e entrou começar o motor. A mulher estava olhando fixamente diretamente em Jeanne Louise.” ela explicou. Ele sentiu sua pancada de coração novamente no som de grito de rodas em protesto. e então fez careta e admitiu. Seus olhos foram fechados assim ela faltou o olhar horrorizado que ele a lança. claro.” Paul disse. preocupação aglomerando seus pensamentos como ele notou que sua aparência era realmente cinza. Entretanto ele não pediu que ela fizesse isto ainda. e então teve que repetir a sugestão mais firmemente porque Jeanne Louise não pareceu entender. Ele continuou assim. Seu olhe deslizou de volta para sua filha.” ele quietamente disse. Felizmente. Paul suspirou e usou seus dedos em sua cabeça para desenhar seu adiante e beijo sua fronte suavemente. Ele estava bastante certo que eles perderam a mulher no furgão. mas não podia a princípio dizer o que estava errado. cortando oncoming tráfico da praça em frente a eles. ninguém bate eles e diferente de um par de aborrecidos buzina e nenhuma dúvida alguns amaldiçoando que ele não podia ouvir. Ele começou a alcançar em direção a ela. Livy estava ainda acordado e sorridente. seus olhos relampejando ouro. Enquanto ela girou perscrutar nele.” ele sussurrou como ele trabalhou. Eles vivem em uma cidade pequena mais ou menos vinte minutos fora da cidade. “E eu não estava realmente prestando atenção para onde você disse que nós estávamos fazendo compras. ele reconheceu. Eles poderiam procurar por nos por aqui em Londres. “Você tem que sair ddesta estrada agora. Eles podiam trazer um fim para eles se ela só giraria sua filha. eu sinto muito. Paul glanced dela para a mulher e então acendeu perscrutar adiante e bater o gás como a luz virou verde para eles. As enxaquecas estavam ficando piores. tomando mais fora de seu todo tempo.

Boomer é com ela. Inferno.” “Sim. o que você pensa?” Paul perguntou. “Quando você conseguiu aqueles? Eu não lembro de ver eles em qualquer lugar. a pequena menina era depressa acordada e parando o minuto que ela a deixa dentro da porta de cabana. Eles tiveram um pouco de tipo de negócio de promoção continuando. não existia nenhuma razão para que ele não usar o cartão de crédito para conseguir gás e salva seu encolhendo dinheiro. Agora eles saberiam e se concentrariam sua procura provavelmente em Londres e o arredor. este definitivamente compassos isto.” “Bem. “A cabana meus pais trouxeram-me para ser uma choça de três quartos com um banheiro em um quarto que eu estou certo costumava ser um armário. panelas. e Paul suspeitou que ela adormeceu.” . Jeanne Louise não disse qualquer outra coisa. A porta do Livy estava aberta. Paul sugeriu que Jeanne Louise tomar o quarto principal grande no andar térreo enquanto Livy tomou o menor próximo a isto. Passou sem tocar ela pensando muito entretanto. Existia também um curving escadaria entre a sala de estar e jantar que levado abaixo em um porão com outro sentando área e mais dois quartos. Existiam dois quartos em cima um corredor atrás destes quartos. Com eles dois trabalhando. Disse a ele só como exausto ela era. A única reclamação Jeanne Louise teve era as janelas infinitas em todos lugares. anotando seu fardo. Deixando Paul que classifica por um grupo de material ela não reconheceu. Quando eles não acharam eles em Londres que eles provavelmente pareceriam adicionais sul em lugar de tentar todo leste de cidade e oeste único disto. Ipperwash era só uma hora longe. Enquanto ela era embriagada quando Jeanne Louise primeira a despertou. Jeanne Louise girou de verificar os armários da cozinha e sorriu. Então eu vi as asas da água e agarrei aqueles também. inexorável “Livy ainda está no carro?” Ela perguntou. Paul esmurrou o “Ponto de Interessou” botão e então digitado no Pneu de nome canadense. existiam cortinas que ela podia perto de escapar do sol. O minuto ela acorda que ela quererá entrar a água.” Ele achou um longe suficiente longe do centro comercial que eles têm estado em ser relativamente seguros e seguidas as direções que modo.” ela concordou. No caso dela acordar com uma enxaqueca e precisou de ajuda. ela saiu para colecionar Livy. Um pouco mais principal que eu esperei. que enfrentaram fora no lado de rua. mas existia um armário vazio para comestíveis e eles definitivamente comprariam muito que na cidade. Eles então giraram sua atenção para as roupas e toalhas eles compraram. e panelas. e cedeu. O cochilo a caminho atrás fez seu bom. latindo excitadamente como ela fez correr em torno da dentro da cabana que olha em todos os quartos.” ele admitiu esquisitamente. Ela caminhou na sala de estar para achar Paul no processo de explodir uma balsa pequena. eles não poderiam expandir a procura para o arredor. Ela adormeceu a caminho de volta de cidade e dormiu por seu colecionando Boomer e suas coisas do motel. A menina estava excitada como todos saem quando ela percebeu que eles estavam realmente na cabana. e agora ela estava um pouco preocupada sobre Eshe está a localizando em Londres. “Bem. então atacaram a pilha pequena de roupas no quarto menor que era para ser sua e começou rifling por eles à procura de seu maiô. Sua rosa de sobrancelhas como ela glanced dele para as asas da água já inchada ao lado dele no chão. Eles têm gás e bateram a caixa imediata em Toronto de forma que o Enforcers não saberia que direção eles encabeçaram e seriam forçados a espalhar seus esforços acima de uma área grande. então eu levantei isto. Jeanne Louise percebeu. Os armários eram cheios com pratos. Claro. “No posto de gasolina quando eu parei para gás. Ela teve suas roupas fora de e estava subindo no traje de banho de pedaço azul pequeno bonito ela escolheu como Jeanne Louise deixou o quarto. ele podia até bater uma caixa imediata e carregava em cima em dinheiro novamente. como também o passeio aqui para encontrar o dono de cabana.“Sim. Era muito menos área para procurar que a totalidade de Ontario. Ela recusou a princípio até que ele assinalou que ela seria perto de Livy se a criança a precisou na noite.” ela disse com diversão. Jeanne Louise movimentou a cabeça e começou a puxar comida fria fora das bolsas para pôr na geladeira. debruçando ela voltar e fechar seus olhos. Provavelmente casa de alguém uma vez antes de ser convertido em uma cabana de aluguel. “Sim. arrastando nas últimas das bolsas do carro. Eles poderiam se concentrar a procura em Londres. seu trabalho era quase feito e não existia nenhuma razão para não despertar Livy. junto com tudo outro. Felizmente. Ela esperou que Paul levaria um dos quartos no andar de baixo. Uma vez que eles fizeram as camas. ele disse a ele mesmo e então pursed seu lips como ele considerou aquele se suas pessoas agora souberam que eles estavam em Londres. consiga a balsa metade tipo de preço de coisa. Ela suspeitou que eles tentariam Chatham e Windsor primeiro. perscrutando em torno do grande aberta kitchen/dining área e o além de sala de estar maior.” Ele glanced em direção ao carro estacionou próximo à porta de tela para a cozinha. permitindo ar em e deixando eles a vigiar e o cachorro que descansa na cadeira ao lado dela. porque ele não podia ter dormido para salvar sua alma naquele ponto. e eu figuro é melhor para deixar ela dormir até que nós consigamos este material alojado longe. Compre gás. mas Ipperwash estava uma hora longe. “Eu penso que é adorável. esperando que eles escolher áreas povoadas grandes para esconder em. Ela sentiu quase atrás para normal. mas ele anunciou que ele dormiria no sofá na sala de estar no caso de que Livy o precisou. não levou longos para conseguir a comida alojada longe. então eles fizeram as camas depois disto. Não indevidamente muito entretanto. movendo para as bolsas de supermercado primeiro. Boomer era severo com seus saltos de sapatos. A cabana forneceu folhas e cobertores e travesseiros. Feliz com aquela realização. Era bom.” Paul parou de soprar e bloqueou a abertura com um dedo à medida que ele explicou.

mas eu pensei que aquele modo que você podia pelo menos se sentar do lado de fora conosco. Papai. mas o cachorro já era cachorro-remando ele mesmo fora do modo. mas arredondou e curvy onde devia ser. Paul girou ela na água de forma que suas costas estava para ele. Datando mortals. ele lançou seu esperar sua cintura e deixar ela equilibrar se segurando sobre suas mãos. Paul sorriu de . Ela permitiu a Paul e Livy a bajular em comprar um maiô. Paul glanced para Jeanne Louise novamente como ele esperou por Livy saltar fora de seus ombros. o nanos então atacou os músculos e finalmente os órgãos. “Eu irei. “Existem um par de adoráveis grandes árvores lá fora para oferecer sombra. Ou talvez todas as mulheres tido que barbear a cada dois dias. Conseguiu as toalhas de praia também. e por um pouco de razão seu cabelo pareceu crescer rápido.“Ah. Jeanie. mas ele conseguiu o trabalho feito. praticamente dançando naquele mesmo lugar com excitação. Ela barbeou durante seu banho antes de deixar para trabalhar quinta-feira à noite. Quando o decapitar aquela seguido finalmente veio.” Jeanne Louise chamou e então ergueu seus braços para verificar o restolho de suas axilas. Era agora sábado à tarde entretanto.” Paul disse pacientemente e então retornado a soprar. então achou um pano de lavagem e um bar de sabão. Ela pareceu com uma estátua romana antiga que alguém teve slapped um traje de banho. Você quererá nadar também. “Sim?” Ela perguntou. Minha pele não gosta do sol. completamente fatless figura tão popular em hoje cultura. e eu comprei um grande guarda-chuva para você também. desenhando sangue deles tentar manter o anfitrião vivo.” Jeanne Louise suspirou e girou fazer seu caminho para seu quarto. Não era freqüentemente que você viu um imortal na praia a menos que eles estejam no meio de uma estaca e não assavam— algo qualquer imortal quis acontecer desde que era um de seus castigos mais dolorosos. cachorro-remando loucamente na frente de Paul com direito de Boomer ao lado dela. Eu tomarei o guarda-chuva e instalarei isto. obviamente nunca exposto para o sol. . Era uma oração da morte que começou com ser demarcada ao sol por horas. chamando sua atenção atrás para a menina. mas caso contrário não reclamou.” Jeanne Louise sorriu um pouco e então glanced ao redor com surpresa como Livy carregou no quarto. “Nós podemos entrar a água agora. “seria melhor Você pôr seu maiô também. desistindo dela de remar flutuar na água entre suas asas. Jeanne Louise levou eles no en apartamento banheiro e correu água na pia. A pele da mulher era mármore branco. “Mais tarde. Quando eles ficaram sem sangue nas veias. um sorriso pequeno em seu lips e um livro sem abrir em seu colo. Agarre você mesmo um bebida e apareça fora quando você estiver pronto para junte-se a nós. Este forçou o nanos para consumir todo o sangue disponível para consertar o dano causado pelo calor e sol. Ela realmente teve quadris. e então adicionada.” Livy exigiu. Jeanne Louise pareceu bem maldito. Papai?” Ela avidamente perguntou. Jeanne Louise puxou eles em e então perscrutado no espelho extremamente. “Jeanie! Olhe! Eu posso nadar!” Livy guinchou. endireitando perscrutar em direção ao painel de madeira. Estava debaixo da maior árvore na extremidade da grama entre a casa e a praia. O maiô ela comprou era duas sucata de negro. Não o twiggy.” Jeanne Louise segura ela.” “Er . e seus peitos ele soube tido que ser real. Ela glanced para Jeanne Louise então entretanto e disse. e Jeanne Louise achou se pulando awkwardly ao redor uns tempos do par. nunca realmente esperando vestir isto. Suas pernas parecidas certas. As palavras rasgaram sua atenção de sua filha até Jeanne Louise como ela terminou da cabana e se apressou para o guarda-chuva que ele instalar para ela.” ele ordenou. Não era fácil. Jeanne Louise bem trocou uncomfortably. “Livy e eu estamos encabeçando até a água.” Livy disse felizmente e girou cachorro para-remar em direção a seu pai novamente com Boomer em seus saltos de sapatos. não comprado e empurrado debaixo de sua pele por um pouco de sujeito em uma máscara cirúrgica.” “Certo. às vezes dias. Ela estava assistindo eles. Ela teve um pouco mais barbeando fazer. ela tem barbeado desde mulheres está barbeando começaram. segurando sobre ela até que ela se equilibrou em seus ombros. mas correndo uma mão através deles revelaram restolho. Ele não podia parecer rasgar seus olhos fora de Jeanne Louise. ela supôs como ela testou suas pernas para suavidade e não achou qualquer restolho. pausando em seu soprando novamente. “Jeanie?” A voz do Paul foi bem sucedido para a porta acompanhada por um golpe. Paul então glanced para o cachorro. “Boa menina!” Ela chamou. Paul estava ciente de sua filha que move em direção a ele. então a arrancado em cima e a ergueu acima de sua cabeça. mas não fez olhar seu modo ainda. E sua figura era perfeita. umas partes inferior tomara-que-caia superiores e minúsculas. “Eu sei que você realmente não possa nadar até anoitecer. Administrando um sorriso. a vítima era normalmente mendicante para isto. O achado a navalha e lâminas ela pensou comprar enquanto na cidade. Ele atingiu uma das toalhas para suas lá também e ela agora soltou se sentar nele como ela sorriu em Livy.” Paul quietamente disse. “Mova Boomer. Quando ela apertou suas mãos com suas menores. quando não é tão ensolarada. . “Da mesma maneira que logo que eu termino de explodir isto e mudança em minha nadam calção de banho. “Ponha-me em seus ombros novamente assim eu posso mergulhar em. “Bem feito!” “Você não está terminando nadar?” Livy perguntou. que eu tenho que ficar na sombra até que vá embora.” “Certa. Livy gemeu.

Não salto de músculo gosta de um construtor de corpo ou qualquer coisa. e então relaxada atrás em sua toalha e abriu o livro que ela comprou na cidade. ele podia ter tocado um esporte profissional de um tipo ou outro.” Paul murmurou. Até onde Jeanne Louise estava preocupada. Seus membros de família eram todo Barbie e Ken emboneca em sua cabeça. Jeanne Louise estava só escapando de pensamentos do Livy e movimentou a cabeça reassuringly. Claro. era sempre interessante para ver suas vidas por seus olhos. “Isso devia manter seu ocupados por cinco minutos. partes completamente carentes sexuais.” . assistindo a criança movendo seus dedos ao redor em movimento de um picar em direção ao deixar despesa como se contando eles ou algo. ela abriu o livro para a primeira página e começou a ler. Ele deita de volta nele com as mãos dobradas debaixo de sua cabeça. e eles estavam cutucando fora na frente gostar de uma barraca de lada.” Livy anunciou de repente e Jeanne Louise glanced seu caminho para ver ela olhando fixamente nos galhos de árvore acima deles. Ela nunca pensaria sobre ela mesma tão bonita. Ela era por cem anos de idade. Ela leu isto vários tempos agora e ainda chorado em certas partes. Jeanne Louise pensou.volta e então trocou sua atenção para sua filha como ela se lançou fora de seus ombros. Ele escreveu histórias que eram vendidas como paranormal romanceia. Jeanne Louise suspeitou se ele não entrasse em ciência. Livy estava em seus pés e apressando ao longo da praia à procura do que ele solicitou de uma vez. Então ele glanced para Jeanne Louise novamente. Era uma boa coisa a água alcançada a meio caminho em cima seu tórax e Jeanne Louise não podia ver. Ela ainda não fez. Jeanne Louise se achou pego em cima na história. Vá figura.” Paul sorriu esquisitamente e abriu seus olhos. rabo sacudindo. Jeanne Louise assistiu Paul. Boomer seguido. ar fresco. Maldição. Pernas bem formadas. seus olhos mais exóticos e seu cabelo era uma meia-noite preta. Jeanne Louise virou o livro para ler o de volta. mas era realmente a lista de jurados do matings de seus membros de família. mas ele fez ela pensar talvez que ela não era tão ruim afinal.” Ele relaxou e ligeiramente sorriu. chegando em seus pés agora. “Só longos suficiente para nós lidar com alimentação você. Apesar de ter lido ele vários tempos antes. Ela desmoronou na toalha de praia em remanescente da Jeanne Louise com um suspiro cansado. fim de olhos quietos. mas o corpo de um atleta natural. Seu calção de banho era vermelho claro.” Jeanne Louise disse com diversão. Boomer era enrolado-se em seu lado.” Livy anunciou dramaticamente à medida que ela chegou. . Ela era várias capítulos em quando água fria espirrando em seus pés a surpreendido fora disto. Além disso. Pareceu Livy não era o único exausto pela diversão de dia. nenhum deles fez. ele decidiu. “Eu estou com fome. Seu rosto era mais redondo. E ela certamente nunca pensaria sobre ela mesma como estando em qualquer lugar próxima exótica. Quando Jeanne Louise levou sua medida contra que eles ela sempre sentiu que ela era carente. fazendo Boomer latir excitadamente. “Ah! Eu sou apanhado pela popa. o homem estava bem pôr junto. e gemeu quando um Boomer molhado lançou ele mesmo nela. Agitando sua cabeça. ela sempre saltou as cenas de amor. como ele ajudou Livy equilibrar se para saltar fora de. Muitos raio de sol. inclinando o spray de o bater lá. e Boomer na água para um pouco. um estômago e ombros planos naturalmente largos com músculo bem definido em todos lugares. ainda ela estava ainda desconfortável com o conceito de suas pessoas queridas fazendo amor. Ela desatou a com uma risada encantada quando ela tiver manchado ele na livraria na melhor prateleira de vendedores. quadris estreitos. e Paul riu na menina e a agarrou novamente. Livy. Paul. Mas ele estava pensando que ele teria que pedir a Jeanne Louise sobre alimentar novamente mais tarde. O pensada feita Jeanne Louise ri para ela mesma com diversão. Quaisquer bebês eles produziram eram concepção imaculada. entretanto ela não olhou nada como eles. beijando e o acariciando como ele livrou seus peitos e reivindicou eles com suas mãos e boca . não abrindo seus olhos. Jeanne Louise nunca esqueceria a descrição dela mesma que ele escreveu na história de seu irmão Etienne e Rachel está achando um ao outro. tentando lamber seu rosto. Paul notou secamente como ele ergueu Livy para seus ombros novamente. preocupação em seu rosto. “Vá achar alguns galhos longos para costumarem cozinhar eles então. Boomer retornou e estava agitando ele mesmo por seus pés. “Ela está certo?” Paul perguntou. Ele levantou seu entregar frente de seu rosto como ela espirrou na água. Existia só algo misterioso sobre ler sobre seus membros de família fazendo sexo. Ou até para ver eles mesmos e como outros viram eles.” Paul disse. Uma mulher como bonito em seu modo como Lissianna e Marguerite eram. . e juntem lenha. “Hambúrgueres no churrasco ou weenies acima de um fogo na praia?” “Weenies!” Livy guinchou. Bem. “Novamente!” Livy exigiu o momento ela surfaced. achando que ela provavelmente teria que alimentar logo. e natação fará aquela para uma criança. “Sim. Talvez depois que Livy estava na cama. e ela era um cientista. “Ela está só cansada. borrifando regam em todos lugares. Suspirando.” “Certo. ela olha corrediço acima de seu corpo úmido no calção de banho molhado. O pensamento de Jeanie que rasteja em seu colo no sofá de sala de estar. especialmente comparada a sua tia e primo. o resto da família pensou que estava encantando. Era o conto de seu pai Armand e reunião do seu companheiro vitalícia Eshe. e pernas cruzadas nos tornozelos. Seus olhos fechados em um cansado pequeno suspiro de seu próprio. “Hmm. então concordou com a toalha de praia em seu direito. Muito como incomodou Lucern que ele era tal golpe com leitores. a água fria não estava fazendo muito para oprimir seu ardor. seu lips um pouco mais magro. Era um de livros do seu primo Lucern.

com só um ou dois atuais. Livy começou a cochilar em direção ao fim do filme assim Paul decidiu estava na hora de a pôr para a cama. “E isto é minha esposa.” Russell disse como ele lançou sua mão.” ele apresentou ele mesmo.” ela sugeriu.” “Talvez o ar fresco serve a para.” Paul se debruçou adiante e beijou sua fronte.Os olhos alargados da Jeanne Louise com surpresa nas palavras e ele fez careta. “Paul Williams. Língua agora preso para o telhado de sua boca. Jeanie. O problema era que ela estava preocupada sobre conseguir overexcited e tomando sangue demais dele. levado olhe para a água debaixo do céu de escurecimento e decidiu estava na hora de para ela nada. Jeanne Louise girou sua cabeça na água e glanced em direção à cabana. ela movimentou meramente a cabeça. ela decidiu pegar que nada ela ansiar pelo dia todo. Isso era definitivamente algo para esperar ansiosamente. Inconstantes para seus pés. Boomer o arrastou. Deixando ele para isto. então levantou seguir sua filha e ajudar juntar madeira para um fogo e galhos para cozinhar o weenies. magro de meia-idade abordando eles. Era ainda iluminava fora. Girando gesticular para Jeanne Louise. A respiração fora um contente pequeno suspiro como a água deslizou acima de e ao redor seu corpo. Ele olhou fixamente para ela por um minuto e então abruptamente disse. “Howdy. E ele era certo. ele adicionou. “Não com a alimentação propriamente. “Prazer. Tenha mais um antes de nós voltar para casa para trabalhar. seu vôo livre de olhos acima de toda polegada de pele bronzeada que seu calção de banho vermelho revelado. desdobrando uma toalha de praia ela não teve primeiro notado que ele segurou. Ela dificilmente podia usar seu nome real quando eles estavam na corrida. Paul a encontrou na extremidade da água. mas não ousou tomar enquanto o sol estava fora. “Eu sou Russell Jackson. o céu flutuante em umber e purpúreo. a cabana é magnífica e até agora os outros ficando ao redor aqui tem sido grande. Enquanto isso. Nove Jeanne Louise girou sobre suas costas na água e olhada fixamente para o céu de escurecimento. resistindo sua mão como ele ficou mais próximo. eu não esqueci que você precisa alimentar e eu quis reassegurar você que nós veremos para ele mais tarde. Enquanto era ainda brilhante suficiente para ver fora aqui. Estado aqui uma semana. eles entraram assistir um dos enormes seleção do cinema que pertenceu a cabana. “Bonito. Jeanne Louise veio do lado de fora.” ele anunciou. Ela olha então solto para seu tórax nu e seu colo antes de apressar de volta até seu rosto. Maldição. Jeanne Louise fez também. Eles tiveram seu weenie assado. “E não uma enxaqueca desde chegar na cabana. Paul tomou isto primeiro. Jeanne Louise olhou fixamente depois dele. Ele não estava conversando sobre comida. Russell movimentou a cabeça.” Paul concordou. perguntou. “Talvez. andando de volta. do lado de dentro. “Obrigado. “Você conseguiu conseguir Livy fora de dormir?” “Fora goste de uma luz com Boomer enrolou em seus pés. Ela estava com fome. vizinhos. um sorriso automaticamente erguendo seu lips em resposta para o sorriso no rosto do homem alto.” . O clack da conclusão de porta de tela chamou sua atenção para a casa e Jeanne Louise sorriu quando ela viu Paul que caminha abaixo em direção à areia.” Paul pausou e então quando ela permaneceu mudo e largo-de olhos. claro.” Jeanne Louise murmurou como ele embrulhou a toalha ao redor seus ombros. Posteriormente. ela começou a sair da água. mas o sol estava fixando.” Ela glanced nele com surpresa. mas recuperou depressa e administrou um sorriso como o homem então girado para oferecer a ela sua mão também. Da mesma maneira que logo que Livy vai para a cama. A maior parte deles eram filmes mais velhos. mas eles não se importaram. Não seria longo antes daquelas cores muito eram idas e noite cheia caíram.” ele disse com um sorriso. “Bom. O tempo tem sido bom. Eu quis dizer. embreando ambos terminar da toalha debaixo de seu queixo. ele estava alimentando seu mais tarde. “Nós estamos alugando a cabana da casa ao lado. usando o nome Jeanne Louise costumava registrar eles no motel. “Certo? Você pode último tão longo?” Jeanne Louise olhou fixamente para ele para um momento. “Você está provavelmente faminto. e então assou marshmallows também.” ele disse com um gesto que sugeriu que ele prefira ficar de férias.” Jeanne Louise stilled. Paul construiu a bem no extremidade de fogo da praia onde a sombra da árvore ofereceu a Jeanne Louise um pouco de cobertura de forma que ela podia participar. sacudindo seu rabo. sombras já estavam enchendo os espaços. e Williams pareceu melhor que Smith. “Bom aqui?” Paul perguntou. A moça no banheiro público no centro comercial apenas tinha sido um lanche.” Quando Paul glanced em direção a que chama. As luzes estavam em a cozinha e sala de estar. agitando em saudação.

“Nós podíamos ter o fogo aqui na frente de nossa cabana se você gostar? Não é. Boas pessoas. diremos . “Realmente. e ela era. Pelo menos nós nas semana passada. A última coisa ela quis acidentalmente era matar Paul. Empurrando aquele desagradável pensado longe.” Jeanne Louise respondeu como ela moveu passado ele para entrar na cozinha. “Obrigado. “Livy. “E oi. Ambas as famílias foram para o parque provinciano hoje.” Paul disse.” Jeanne Louise disse quando Paul glanced seu modo duvidosamente. meu Kirsten terá muito prazer em sobre isto. Paul e Jeanie Williams.” Cecily anunciou como ela fixa o prato de queijo no refrigerador. ela quis colocar uma das Camisetas e pares de calção ela levantou enquanto na cidade. todos nós chegamos a conhecer um ao outro e tipo de rondar junto. ela prefere esperar e vê se ela não pudesse administrar um lanche em um de seus vizinhos primeiros a aliviar o pior de sua fome. Se eles se iriam sentar ao redor uma fogueira com outros pares.” ele admitiu e então perguntou. “eu vou mudar. Ela tem cinco anos. Uma menina para tocar com em vez de todos os meninos. Paul. “Eu estou Livy certo adoraria a encontrar amanhã. “Você conseguiu crianças?” “Uma filha. Tão faminta quanto ela era e como levou para longe como ela conseguiu quando ele beijou e a acariciou. “Você está certo?” Paul perguntou como ele abriu a porta de tela de cabana e segurou isto para ela. Paul. “Isto é minha esposa. “Eles têm uns meninos do par oito e dez. “Olhe para isto. . Movimentando a cabeça. . Corby. “Eu não serei um minuto. Paul movimentou a cabeça de uma vez.” Ele gesticulou para o cedro fundamentando o direito de sua cabana. “Bem de sons.” Jeanne Louise riu e seguida ela para as duas cadeiras Russell fixa o refrigerador.” “Oi. Eu terei alguns bebidas e lanches juntos para nós.” Paul murmurou. Enquanto Paul começou uma fogueira. ela dirigiu-se a seu quarto dizendo. “Isso está certo. Você está dois em cima isto?” “Sim. mel?” Jeanne Louise sugeriu para Russell quando ela ler sua vacilação para ser muito adiante. Jeanne Louise era rápida sobre mudar e voltava na cozinha para ajudar Paul antes dele terminar de juntar o que eles precisaram. Todo o ar fresco e jogo bate eles direito. “Eu irei dizer a ele e então voltar para a cabana para dizer a esposa e lotar alguns bebidas e lanches em um refrigerador.” Russell adicionou.” Russell disse com um sorriso que sugeriu que não era uma coisa ruim. mas não puxou livre. “São o Corbys tão amigável quanto você?” Jeanne Louise perguntou a um sorriso. e minha esposa e eu temos uma filha que é seis e um filho que é nove. Você constrói um inferno de um fogo.” Russell glanced atrás para sua cabana e então em direção ao Corbys '.” Russell disse. Um fogo na frente da cabana ela e Paul estavam em seriam melhores. “Eu só irei dizer a John. grinning. Os quatro deles têm tocado junto e tendo uma baleia de um tempo enquanto nós adultos relaxam e visitam. “Nós iria melhor vai dentro de e vê para a alimentação agora então. Ela então ajudou que ele levasse isto até a praia. .“Bom ouvir.” “Sim.” “Oh.” Russell saudou como ele abordou fora da escuridão com um refrigerador na mão e uma morena delicada em seus saltos de sapatos.” Jeanie disse de uma vez. Cecily. Nós encontraremos você de volta aqui em . se você não se importar. Cecily. movendo para a geladeira. fizeram isto eqüidistante de ambas a cabana do Jacksons e o Corbys ' de forma que todo mundo podia manter uma orelha fora para suas crianças. Russell moveu fora em direção à cabana do Corbys. É por isso que ninguém veio para saudar você mais cedo. Não só era isto eqüidistante para as outras cabanas. A mulher teve um prato de queijo em uma mão e umas bolsas do par de fazeres uma vaquinha o outro. “Isto é uma idéia boa. meia hora?” Ele sugeriu.” Cecily disse com um sorriso. minha esposa está pondo as crianças para a cama agora mesmo também. “Eu preciso agarrar alguns óculos também. tomou as crianças para um pouco natureza caminha enquanto o deixar locatários limpos. mas ele manteve eles perto de ouvir Livy.” ele a assegurou. “Eu tenho um pouco de salsicha cortar em pedaços e bolachas dentro de quietas.” .” “Certo.” Jeanne Louise disse e se apressou adiante para tomar os chips como uma das bolsas começaram a deslizar das embreagens da morena.” Paul quietamente disse.” “Você precisa de uma mão?” Jeanne Louise ofereceu. “Bem. Pode esperar até depois de nós voltar em. . sim. ela soube. Tudo menos duas famílias eram só aqui por uma semana. gesticulando de volta o modo que ele veio. “Ela está dormindo agora entretanto. “Minha família e eu estamos no em seu outro lado.” Cecily disse com um sorriso. e Jeanne Louise lê o que ele estava pensando. nós adultos estavam pensando construir um fogo e relaxar com uns bebidas do par. “Depois de nós conseguir as crianças abaixo entretanto. “Yep.” Paul disse com um aceno com a cabeça. Parado para jantar a caminho atrás e só entrado. ela juntou seis das oito cadeiras de gramado que pertenceram às cabanas e instalaram eles ao redor isto.” Jeanne Louise disse quando Paul hesitou. O Corbys no outro lado de você e nós. bom. tomando seu braço para a conduzir para a cabana.” ele disse com uma risada. “Bom. “Positiva.” ele adicionou desde que ele não deu a eles seu primeiro nome antes disto.” Paul disse de uma vez.

Pelo menos esconderia eles de Paul. mas eu conheço que ela terá mais divertido com outra pequena menina para tocar. Jeanne Louise não conheceu o que despertou a criança. e Jeanie positivamente congelou no título. Ela teria que pôr isto na cabeça da mulher que eles eram mordidas de mosquito para explicar eles longe para seu marido.” Jeanne Louise segura ela. Ela não percebeu Paul teve seguido ela até que ele alcançou passado ela para abrir a porta de cabana para ela. e era decorado da mesma maneira que attractively. “Oi?” Jeanne Louise glanced em direção à porta no som daquela telefonema. O Corbys chegou quando eles alcançaram a fogueira. “Obrigado. doçura. Era instalado quase o mesmo como os que eles estavam em.” Jeanne Louise segura ela.” Paul disse. mas podia ter lamentado com alívio. mas eu disse a ele que nós mulheres podiam lidar com isto. Você tem muitos tocar fazer amanhã.“Eu não me importo mesmo. no caso dele ver eles. Quando Livy movimentou a cabeça. doçura. Ela reconheceu voz do Sharon Corby. “Aqui nós somos. ela a deixa na cama. “Atrás aqui. “Eu irei ver se o Jacksons ou Corbys têm algum anti-séptico e uma bandagem eles podem sobressalente.” Cecily disse como eles abordaram a cabana. Jeanne Louise glanced nele. seu fim de olhos malditos. e então sentada na cama com ela em seu colo para esperar. para Jeanne Louise e então o grupo todo povoado em torno do fogo e começou a ser familiarizado. As perfurações não seriam tão grandes. deslizou em seus pensamentos. mas se pegou no último minuto e se forçou a mover em mortal rápido ao invés.” Livy disse com sono.” Livy chorou puxando de volta apontar na pele quebrada no fim de seu cotovelo. então levantado seu cotovelo para ela ver e Sharon moveu adiante de uma vez. mas não existia nenhuma enxaqueca este tempo. Jeanne Louise foi cuidadosa não tomar sangue demais. só sua criança média briga de momento da cama. Ela então ajudou que Cecily colecionasse os artigos restantes que ela quis e levou eles de volta fora para o fogo.” “Sim. notando que ele pareceu aliviado para achar sua filha acabou de ter um momento de criança normal também. Se eles vissem nada além de parede em branco durante a fez isto menos provável que vendo algo ou alguém devolveria a memória de ser mordidos. Ela desistiu imediatamente de velocidade mortal para imortal agora que ela estava na casa e não visíveis para os outros. Jeanne Louise suposta. Ela estava em seus pés num instante e quase esqueceram e usaram sua velocidade imortal para apressar para Livy. Os dois pares eram bastante bons. Não que os meninos não têm incluído nossa filha. Livy estava deitando no chão ao lado de sua cama. em seu jogo.” “Paul disse que você precisou de uma Faixa-Ajuda e algum anti-séptico. embrulhando pescoço da seus braços ao redor Jeanne Louise e esperando para vida querida. o que é isto?” Ela perguntou. Era duro entretanto que—ela quis se apressar. Sharon. Era sempre melhor para morder mesmos doadores de sexo por detrás. levando ela na cabana. Era fácil fazer quando você não era overexcited e na agonia de paixão. Nenhuma enxaqueca. e Jeanne Louise realmente estava se apreciando quando um grito agudo súbito da cabana atrás deles fizeram ela endurecer. beijada sua bochecha e levantadase com ela. curvando levantar a menina. eyeing o cabelo longo da mulher e pensando que esconderia as marcas de sua mordida. mas eles estariam lá.” Sharon disse aparecendo na entrada um momento mais tarde com ambas na mão. “Ele quis voltar. e então glanced para Cecily. Mamãe. “Certa. abraçando e balançando a menina. pobre muffin. “Eu não pensei comprar um kit de primeiros socorros. A memória das a maioria das pessoas eram visuais.” Cecily disse. Russell apresentou John Corby e sua esposa. Jeanne Louise deslizou em seus pensamentos como ela entrou no quarto. juntando-se eles ao lado da cama.” ele adicionou e girou do quarto.” Jeanne Louise disse e continuou a balançar Livy até que suas lágrimas aliviadas. Kirsten. mas ela obviamente estava tendo uma outra de suas enxaquecas. Ela ou bateria isto na mesa de lado da cama ou o chão à medida que ela caiu. “Você machucou você mesmo?” “Meu cotovelo. “Oh. fixando as bolsas de chips abaixo pelo refrigerador e seguintes suas costas para a cabana o Jacksons alugou. ela sorriu um pouco.” Livy lamentou.” ela ligeiramente disse. “Você volta para dormir. “Eu briguei da cama. “Alguém brigou da cama?” Livy cheirou e movimentou a cabeça. coração-torcendo soluços agitando seu corpo inteiro. “Ah. Jeanne Louise notou. “Eu era aliviado quando Russell disse que você dois teve um pouco menina sobre idade da nossa filha. seu coração parando. “Eu estou Livy certo terá muito prazer em ter um amigo também. . Girando.” Jeanne Louise arrulhou. “Melhor?” Jeanne Louise perguntou como Sharon endireitou de seus encargos aduaneiros de lactância. entretanto. e então seu olha deslizou para Livy e ela perguntaram simpaticamente. parou a folha para a cobrir e beijou sua fronte afetuosamente.” Jeanne Louise murmurou como ela andou do lado de dentro. e subidos atrás dela para uma mordida rápida. Boomer estava lambendo seu rosto e lamentoso com preocupação. “oohing” e “oh dearing” e geralmente fazendo um rebuliço como ela espalha alguma pomada no ferimento e então coberto ele com uma bandagem. a conversação amigável e divertida.

“Você realmente fica mareado?” Jeanne Louise curiosamente perguntou.” Russell disse com uma risada como ele esteve também e levantei seu mais gelado. eyeing o cabelo pequeno da mulher com pursed lips. “Eu esqueci sobre isto. Jeanne Louise sorriu de volta. entretanto estava quase com medo de aspirar caso que ele percebeu que ele não deixou vai de sua mão. Russell. virando. “Ela foi para direito de volta para dormir assim que ela era colocada bandagem. e então Jeanne Louise se debruçou ela voltar perscrutar nele. . eu sou uma ciência geek. permanecendo e começando a colecionar o remanescente das coisas ela e Russell trouxeram.” Sharon disse em um suspiro. e Livy assemelha-se a seu homem velho. “Talvez nós veremos você amanhã à tarde. “Obrigado pela oferta. Ela estava certa uma menina seria menos inoportuna. a ação sem querer fazendo seu arco contra ele. John. e então levantado-se.” “Não agudo em pesca?” Ela perguntou a diversão. mas não precise ter preocupado. culturas de cela. usando seu espere sua mão para a puxar em cima também. e apresentou uma boqueada e tipo de tropeçado contra ele. Ela gostou de sua propriedade sua mão.” “Bem.” “Bom.” “Sim. como se ela pode ter esquecido isto. Com ele fazendo isto Jeanne Louise achou se tendo dificuldade seguindo a conversação que continua em torno do fogo agora. seus quadris que mói em seu. ela soltou imediatamente para dormir.” Um coro de boas noites seguidas como os outros dois pares mudados-se do fogo.” Ele suavemente sorriu.” Paul disse.” Ela desata a rir da reivindicação. É disso que eles planejaram pela manhã. “Tudo aquele chorão e gemidos devem ter a vestido fora.” “Certo então. Estava um pouco distraindo entretanto. mas eu fico mareado. enlodados são só brutos. as duas mulheres caminhadas fora de. deslizando na mente da mulher como ela moveu adiante. Eles dois congelaram brevemente no contato. Ele glanced para Paul. e era aliviado quando Cecily deu um bocejo grande depois que uma hora passou e anunciou que ela estava pronta para chamar isto uma noite. “Porque eu sou um mentiroso terrível e tenho tido dificuldade apresentando uma desculpa para evitar isto caso contrário.“Uau. É ‘se refestelar na praia e assiste as crianças nadarem ' tempo nas tardes.” “Sim. “Noite. “Bondade. Pareceu certo. suas sobrancelhas subindo.” Administrando um sorriso. é meia-noite já? Eu acho que tempo voa quando você estiver divertindo-se. “Dê-me sangue. dirigidas-se a suas próprias cabanas.” Cecily disse. Jeanne Louise girou para a mulher.” Russell disse facilmente.” ela murmurou. dizendo a se Livy acabava de ter sido confuso porque ela estava tão cansada. Ela não estava esperando isto.” John Corby gemeu. A faixa esconderia marcas em seu pulso entretanto. Momentos mais tarde.” Sharon sussurrou com diversão. “Já?” Sharon perguntou a remorso e então glanced em seu relógio. Mas lombrigas e ganchos e peixe escamosos. “Eu acho que eu devia reunir nosso material e cabeça em também. “Jeanie. mas agitou sua cabeça. “Livy certo?” Paul perguntou como eles alcançaram a fogueira. Não quis dizer nada que ela chamou sua Mamãe. Jeanne Louise rindo suavemente como Sharon comentou que ela desejou que ela tivesse uma menina junto com seus meninos e disse a ela que algum do antics seus filhos levantaram para ao longo dos anos. “Obrigado tanto para sua ajuda. Paul riu. Especialmente desde que ele era absently roçadura seu dedo polegar acima da parte de trás de sua mão. Paul imediatamente fechou seus braços ao redor ela. chegando a seus pés agora também. “Felizmente. enviando calafrios em cima seu braço.” Paul disse com remorso. Ela olha deslizou até o pulso da mulher e o grande clunky assiste que ela vestiu. “Ela é boa. “Sim.” “Bem de sons. Jeanne Louise fez ela tornar e sair no corredor. eu posso garantir que as crianças não têm. Além de eu prometi as meninas uma viagem para a loja de sorvete amanhã de manhã. Mais um lanche na frente de alimentação fora de Paul mais tarde hoje à noite podia só ser uma boa coisa. então alcançado e tomou sua mão para dar isto um apertar de obrigado. uma de suas mãos quietas em suas como ele pegou ela fechar.” Paul admitiu esquisitamente. e as crianças estarão em cima com o amanhecer. e então glanced ao redor com um suspiro. ou pelo menos precisaria de menos viagens para o quarto de emergência para pontos. e então tomou sua mão e teve seu par em cima o corredor como ela aliviou a faixa de relógio de lado e levantou pulso da Sharon para sua boca. Jeanne Louise decidiu. Jeanne Louise endireitou devagar. sim. As marcas seriam visíveis no pescoço. Ela não devia estar sentindo como ela quis agarrar a menina em cima e abraço e beijar ela gostar de louco. “Você e Livy querem vir junto. “Por que felizmente?” Jeanne Louise perguntou a surpresa. e relaxado em sua cadeira.” ele secamente disse. Livy provavelmente estará em cima cedo.” Jeanne Louise segura ele como ela adaptou-se sua cadeira próximo a seu. seus meninos estarão batendo na porta do quarto em amanhecer exigindo que você leva eles pesca tão prometido. e petri pratos para tocar com e eu tenho muito prazer em.” Jeanne Louise endureceu na oferta. “Vamos. ela pensou. coisa pobre. Paul? Existe quarto para mais dois no barco e Jeanne Louise pode fazer compras em Londres com as meninas.

permitindo o calor para construir nela. começaram a acabar. sua amassadura de seus peitos tornando quase doloroso. Então ele agarrou a bainha de sua Camiseta. Ofegando. Eles não estavam indo. Jeanne Louise agarrou seus ombros e rebelou-se nela anda nas pontas dos pés em resposta. claro. corrediços eles entre suas pernas para xícara ela novamente. e lambendo em sua pele salgado. segurando seu quieto como ele trocou ele mesmo em baixo dela. sua boca tornando exigindo. antes de soltar o levar em novamente.” ela respirou. clenching e o apertando de ponta para fundar e triplicar seu prazer combinado. Paul soltou para seus joelhos na areia com ela. puxando sua boca de seu peito para reivindicar isto em um beijo que era duro. só para o ter cobertura sua boca com seu. já trêmulas. e então ela alcançou em cima com sua mão livre. mas se preocupou poderia o fazer algum desconforto depois do fato.” “Sim. . ela estava certa seus olhos estariam ardendo. sua mão deslizada de entre suas pernas e seu calção de Jean deslizaram acima de seus quadris e deslizaram abaixo suas coxas. Fez seu gemido. Jeanne Louise clamou e tentou agarrar seus ombros. Isso fez sua boqueada e embreagem em seu cabelo e então ela ofegou novamente como suas mãos soltas para achar sua parte inferior e desejo seu mais apertado contra ele. então ofegada em surpresa quando ela sentiu sua outra mão em sua cintura e o estalo de sua calça jeans de repente retirou-se. Ele então lançou seu rosto e deixou suas mãos viajarem. entretanto ela não era tanta respondendo ou concordando como o persuadindo em como ela lançou ela esperar seus ombros para agarrar o estalo e zíper de sua calça jeans. sua mudança das mãos para apertar seus peitos e afagar como ela se esfregou acima dele novamente. Jeanne Louise não acabou de não se permanecer para um momento. Ela ouviu Paul murmurar seu nome e se debruçou de volta para perscrutar nele. deslizou isto ao redor seu pescoço e desenhou sua cabeça abaixo até que ela podia alcançar seu lips. Sentindo estéril sem suas mãos nela. “Cristo. Jeanne Louise arrastou viciously em sua cabeça. deixando seu nua para sua atenção. e um pouco frenéticos como seus dedos deslizaram entre suas dobras e começaram a tocar acima de sua pele lisa. “eu toco em você e eu subirmos em chamas. e ao invés de repente o empurrou para trás. Ela não deu a ele uma chance de recuperar.“Você precisa alimentar ainda. tentando forçar eles acima de seus quadris sem desfazer eles. surgindo com sangue delicioso. e souberam que sua provavelmente eram. Gemendo na carícia. “Paul. Paul gemeu em resposta e recuperou sua mão para pegar o cós de seu calção de Jean apertado e empurrar eles. Jeanne Louise glanced abaixo. corrediços eles acima de seus ombros e abaixo seus braços em um tantalizingly luz carícia. ela começou beijos urgentes para sua garganta. e Jeanne Louise deslizou seus braços ao redor sua cintura. rasgando sua boca de sua apertar beijos aquecidos para sua bochecha e pescoço que ele muttered. O beijo foi a princípio tentativo e questing. e então abaixou se para esfregar contra sua dureza.” Jeanne Louise ofegou. Ela desfez ambos e empurrou o material abaixo até que sua ereção ávida estalada fora. Paul beijou de volta em um gemido.” ele de repente rosnou. e então ele quebrou seu beijo para começar a arrastar sua boca abaixo sua garganta novamente como seus dedos achados seus mamilos e beliscaram teasingly. e ele rosnou com frustração contra seu peito. quase a erguendo fora do chão à medida que ele fez. seu corpo superior debruçando de volta o dar acesso melhor como sua boca continuada em direção ao declive de um peito. aterrissagem dura em suas costas na areia com um grunhido. Jeanne Louise rastejou em cima seu corpo até que ela podia o beijar. Jeanne Louise quebrou seu beijo e lançou ela voltar olhar fixamente cegamente nas estrelas como seu calor úmido fechou firmemente ao redor ele. Ela então abaixou sua cabeça novamente para perscrutar abaixo nele e se levantou até que ele quase deslizou fora. mas não germinando completamente antes dele estar empurrando fragmento abaixo de suas partes inferior de maiô e substituindo o material com seus dedos. sua língua escapando a chicotear. Seu beijo estava com fome. dedos desprezando hungrily em cima suas costas. e então persuadiu que ela voltasse permitir a sua boca para viajar acima de seu queixo e abaixo sua garganta. Quando suas pernas. quente. sua dureza que aperta nela. Quando ele lançou um peito e alcançada ao redor atrás dela. ela usou uma pouco mais de força que ela pretendeu e Paul retirou-se. mas este tempo sem o pano para o dificultar. e então instintivamente levantou seus braços como ele arrastou a Camiseta em cima e fora acima de sua cabeça como se despindo uma criança. Ela sentiu ele trabalhar no gancho de seu topo de maiô. Se Paul tivesse sido imortal. seu beijo e carícias inflexíveis como ele enviou onda depois de onda de calor e paixão que surge por eles ambos. dura e quente. A camisa estava flutuando para as mãos do chão e Paul achou e ens forma de xícara seus peitos pelo topo de traje de banho tomara-que-caia que permaneceu antes dela poder muito mais baixos seus braços. Jeanne Louise gemeu e se esfregou contra a dureza entre suas pernas. a vaga pensado que eles deviam tomar este dentro de dançar na extremidade de sua mente. No próximo momento. Jeanne Louise ema forma de xícara sua cabeça e gemeu. Jeanne Louise realmente considerou experimentar o genital ela ouviu tanto. e então soltando deslizar em baixo de sua Camiseta e tocar a carne ele coberto. seu corpo superior arqueando em cima e longe enquanto sua pélvis apertou mais apertado contra ele. Sua língua laved seu no caminho e então enrolou ao redor ela ergue mamilo como sua boca fechada acima disto. entretanto Paul lançou sua mão para xícara seu rosto e afundou o beijo. Paul gemeu no contato. Entretanto ele agarrou seus quadris. Jeanne Louise ofegou e beliscou em seu pescoço como suas mãos afagadas e amassaram os globos firmes agora revelados. Em sua ânsia. e então ele estava a persuadindo abaixo. Quando uma mão então deslizou parte de trás abaixo de seu calção para a apertar para trás.” A lembrança era um grunhido nu de som na brisa da noite. e então o fragmento de pano preto escapou. então desistiu de tentar empurrar eles abaixo e ao invés ema forma de xícara ela entre suas pernas pelo pano pesado.

mas a lua e estrelas estavam refletindo fora da superfície lisa do lago. ele glanced para a superfície lisa do lago e empurrou ele mesmo para seus pés. Paul brevemente pausou. Ao invés. Não só seu corpo. Jeanne Louise estava em suas costas na areia com ele acima dela. sua filha continuada a sofrer suas enxaquecas e mover mais íntimo para a morte. mas quando ela alcançou em cima e desenhou sua cabeça abaixo para um beijo. Ele achou que ele nunca acharia qualquer um que podia encher seu coração à medida que ela teve. seus olhos acariciando seu rosto. Encheu sua mente até que tudo que ele podia pensar sobre estava achando o lançar aquela paixão rápida e furiosa prometeu. certo. mas quando ele viu seus peitos subindo e caindo como ela respirou. Quase sentiu como se suas almas tinha sido entrelaçada aqui debaixo das estrelas e ele não estava certo que ele tem todo de volta. ele começou a mover. Quando ele pensou sobre seu futuro depois que Jerri morreu. vendo sua filha felizmente em sua vida de entrada. Ao redor seu ele sentiu . Ele nunca experimentaria qualquer coisa como isto. . Bem. ele pensou que ele teve seu caso amoroso principal. ele percebeu. Dez Paul acordou com o pensado que ele estava deitando na cama mais granulosa em existência. e conclusão molhadas e morno ao redor ele e imediatamente endurecido na memória. Paul infelizmente percebeu. Em lugar de tentar convencer ela girar sua filha e salvar sua vida. que ninguém podia comparar a Jerri. lutando o desejo para se debruçar abaixo e a beijar e começar a loucura tudo de novo. e Paul achou ele mesmo pensando que ele devia tomar uma natação. ele era hungrily desnudando-se suas roupas fora de e fundindo seu corpo com sua na areia fresca debaixo de uma lua brilhante. Ela imediatamente desenhou o dígito em sua boca e começou a chupar nele à medida que ela moveu. levantando ela. que tinha sido a razão atrás do começo do que explodiu em ardor descontrolado. e pareceu até para encher seu corpo. Ele amou Jerri com todo seu coração. caminhando para ela em cima o corredor. Ele perscrutou abaixo nela então. Jeanne Louise até não alimentou este tempo. Paul estava começando a pressentir um diferente futuro. depois que seu trabalho era feito. e talvez então. Enquanto ele devia ser e clearheaded depois da sessão vigorosa. E felicidade. . O fogo aquietou-se para brasas e as luzes estavam fora nas cabanas do Jacksons do e Corbys. Suas calças começaram imediatamente a deslizar abaixo seus quadris. até com sua esposa Jerri. Paul pensou que ele podia felizmente acabava de ficar aqui na praia. ele realmente suspeitou que ele só classificaria de desmaiado como montou acima dele. Ele era duro e dolorido. e enquanto ele teve. . Enquanto ele estava principalmente vestido. a água incrivelmente olhou convida debaixo do luar. um pai único. Muito como fez ele torcer admitir isto. O pensamento teve o membro entre pernas do Paul levantar-se gostam de um pau de bandeira. Tarefa acima de. . . sua mandíbula clenched contra as ondas que apressam por ele. e . Paul deixa eles gota para a areia. ela se transformou nisto e então abriu sua boca para permitir um dedo para deslizar entre seu lips. dando a alguma iluminação. Quando ele levantou sua mão para seu rosto. como ela estava lá com ele como ele montou as ondas de prazer. Jeanne Louise encheu seu coração. Realmente. E novamente. . Os olhos do Paul deslizaram acima de seus membros e torso pálido. Definitivamente esteve à altura da promessa. preocupada que ele a sufocou ou algo. Seu olhe deslizou de volta para Jeanne Louise. Mas ele não era o único que seria pego em cima em coisas para o ponto de caminho perdedor dos que eles deveriam estar fazendo. Mas Jeanne Louise . esperou. Paul viu ele mesmo só de agora em diante. tão pega em cima na combinação de coisas ela estava fazendo isto que ela estava completamente pega por surpresa quando Paul de repente pegou seu dedo livre de seu lips. Ele sentiu como ela deslizou em sua pele quando eles beijaram. mandando a ela fora para academia. Em verdade. e Paul girou seu olhar para a água mais uma vez. Mas ele honestamente esperaria que ela beijaria e o acariciaria um pouco e então morde seu pescoço. Ele glanced para ela novamente. recordando o sentir de seu corpo corrediço contra seu. Nunca conheceu uma mulher gostar de Jeanne Louise. despreocupado em sono. sua mente. Quando ele recuperou consciência cheia e abriu seus olhos para ver que era Jeanne Louise que ele estava deitando em. .Paul encontrou ela olhar. E desejo não gosta de nada que ele já apreciaria. e estavam o distraindo de seu propósito em seqüestro Jeanne Louise. dirigindo eles ambas acima da extremidade e na nula. Ele também aliviou ele mesmo ao lado e sentado até perscrutar ao redor. saudando seus netos . e que tudo que era remanescente era para levantar Livy. sua ereção afundada funda nela. . talvez em seu coração de corações Paul tinha pulado para isto. removendo seu esmagando peso de seu tórax. alargadas em suas costas na areia gostam de um anjo caído dos céus. uma com Jeanne Louise nele . Suspirando. O reconhecimento trouxe uma onda de culpabilidade acima dele. E novamente. pega ela pela cintura e rolou eles ambos. ele relaxou um pouco. Verdadeiramente. seu entrelaçado de corpo e dentro de Jeanne Louise para sempre. ele fez um empurrão rápido. Não era algo ele sempre até imaginaria experimentar. Ele não esperou o que aconteceu. De fato. paixão explodiu acima deles gostam de um chuveiro de faíscas. tinha sido tão poderoso que Paul não pensou que ele adormeceu depois que eles eram feitos. ele pensou. No próximo momento. ela era completamente desnuda. Ao invés. Ele perdeu o enredo de seu plano. Paul a quis novamente. ele pensou que ele poderia apreciar um Lançar sênior com uma viúva de vizinho agradável que entendeu que ele podia nunca amar como ele amou sua esposa novamente. Que significou que eles estariam fazendo isto novamente.

A menina estava dormindo soundly. mas a idéia de rastejar na cama com cabelo molhado fez seu gesto. Relaxante. o nanos a reavivando quando ela lavou à praia. e então Jeanne Louise agarrou suas roupas. como seu olha deslizou para rosto dormente doce do Livy. Jeanne Louise suspirou com sono e trocado sobre ela apoiar um pouco calafrio. ela pensou próximo. Deslizando de seu quarto. ela agarrou um vidro do armário e então movida para a pia e ligou a torneira. como ela esperou. mas carranca quando em lugar de forragem suave seus grãos de areia de dedos encontrados. ou acordando com seu cabelo levantar-se por todo lado de dormente em molha. Paul não era ao lado dela.” Jeanne Louise embreou seu vidro e glanced acima de seu ombro nele. e Camiseta e levantou encabeçar para a cabana. Nunca para se vadiar. ela era rápida sobre seu chuveiro. entretanto suas roupas eram. e então ele girou e jogged em direção à água. Ela soube que ela teve. Mortals tinha sido conhecido para sofrer câimbras e afogar. e então decidiu que ela iria melhor cheque para ter certeza que Paul estava quieto certo no lago. “Bom nada?” “Adorável. Ele removeu sua Camiseta próxima. Jeanne Louise girou perscrutar em direção ao lago. Abertura de olhos. então alcançado no chuveiro para testar a temperatura da água. “E você esqueceu de alimentar. deitando quieto e perfeito na areia. mas ela acabou de perscrutar fora em passar. Jeanne Louise andou no pequeno protela e fechou a porta. relaxando quando ela viu ele nadando longe de orla. Isso era bom. Jeanne Louise depressa usou isto e a escova para secar seu cabelo. Ela contemplou a cama brevemente. Quando ela entrou na cabana. Ela era coberta com areia de cabeça até dedão do pé. “Você está ainda molhado. Se ela seguida seus instintos e juntassem-se Paul na água. ela olhou fixamente para a expansão de praia estende antes de seu e então sentado em cima abruptamente como memória retornou como ela tem lá. Ela então ligou o chuveiro. Após aquela pista. mas sensato. mas Boomer levantou sua cabeça e sacudiu seu rabo. Ela olha deslizou para o lago novamente e ela brevemente considerou juntar-se ele nisto. Fazendo careta. Jeanne Louise então olhou a janela acima dele para esquadrinhar a praia e lago. ela deslizou de volta em seu quarto para agarrar uma das duas camisolas que ela comprou no centro comercial. ela infelizmente pensou. Seu olhe então deslizou para Jeanne Louise novamente. Isso não era algo que ela quis arriscar.” Paul respondeu. Jeanne Louise fez careta e depressa soltou suas roupas sujas no chão. calção. ela deitou isto no contador. Ela deve ter chutado eles fora em seu sono. Jeanne Louise girou sua atenção a deslizar seu vidro debaixo da água corrente. Jeanne Louise juntou seu traje de banho. aliviando o fim de porta para manter isto de clacking e despertando Livy. Um olhar rápido fora as janelas de retrato de sala de estar grande não revelou muito. ela percebeu. se ele desfalecesse. Ela olha trocado para o permanecer da fogueira e ela só perceberia que suas roupas estavam faltando muito quando a porta aberta atrás dela. Ela seguido aquele em cima com toalha secando seu cabelo e escovando isto de volta de seu rosto. Ela agarraria um bebida e olha verificar em Paul. frowning quando ela não viu evidência de Paul. uma mão procurando cegamente para suas folhas perdidas. perguntando. ela dirigiu-se imediatamente ao quarto de mestre. Jeanne Louise percebeu como ela sentiu sua imprensa de corpo contra ela pelo material magro. relaxando quando ela sentiu o calor quieto adesivo para eles. Deixando seu imperturbado. Ela iria deixar isto assim.saída do pano morno. mas estava ainda surpreendida quando seus braços deslizaram ao redor sua cintura por detrás. ela pensou. Jeanne Louise depressa embrulhou seu cabelo em uma toalha pequena. Bem. Ela ouviu ele deixar algo na mesa e cruz para permanecer atrás dela como ela desligou a água. Ele desfaleceu também. Deixando isto para aquecer. Jeanne Louise glanced em Livy novamente e então saída pela sala de estar para a cozinha. E se isso aconteceu e eles desfaleceram no lago. eu não tive uma toalha. “Mmmm. Os dois dias ' no valor de comidas a menina tinha apreciado estava começando a mostrar já. e então usou um maior para secar seu corpo na frente de donning seu nightie. O cachorro era como dedicada para a menina como seu pai era.” ele murmurou contra sua garganta. Quando uma procura rápida do armário debaixo da pia produziu um secador de cabelo. . mas—seu olha deslizou para o fogo agonizante. Ela ofegou novamente como sua outra mão deslizou até xícara ela entre suas pernas e apertou suas costas contra ele. Existia ninguém no lago que ela podia ver. Apenas da memória dos que eles fizeram estiveram devolvendo seu desejo quase cheio soprado e fazendo ela quer tocar e o beijar novamente. Os grãos bons pegando para seu corpo como pulgas em um cachorro. Tomando a rosa-colorida. Livy não apareceu bastante como magro e pálido que ela tem sido quando Jeanne Louise teve primeiro a visto. Jeanne Louise não normalmente vestiu eles. Jeanne Louise põe o secador e escova longe e então voltado em seu quarto. entretanto razão criou seu feio. joelho-comprimento nightie atrás no banheiro. soltando ele para estar ao lado da calça jeans. Pelo menos. cabeça. enrolando isto debaixo de à medida que ela fez. ele não aborreceu vestidura. então ofegado que uma de suas mãos deslizaram até achar um peito por sua camisola de algodão. Além dela era um tanto quanto sedenta e um copo de água soou bom. Ele não levou eles fora de há muito tempo e por ela acha pelo menos uma hora ou duas passou desde seus vizinhos partiram e eles caíram em um ao outro é braços gostam de um par de adolescentes córneos. Satisfeita que ela não estaria dormindo em um travesseiro úmido. Jeanne Louise continuou em cima o corredor em sua próprio quarto e então no banheiro. Achando isto morno suficiente. eles não fariam isto fora antes deles estar fazendo a mesma coisa tudo de novo. Deixando ele para correr para um momento. Dez minutos mais tarde ela estava fora. mas Paul afogaria. A visão dela mesma no espelho lá fez sua pausa. parando de fazer breve visita a Livy a caminho. Jeanne Louise sorriu.” Jeanne Louise protestou em um risada como ele puxou suas costas contra seu tórax e escovou seu cabelo de lado para apertar um beijo ao lado de seu pescoço. Na cozinha. Ele despertou antes de seu. Não só teve Paul não teve uma toalha para secar fora de. Removendo se de tentação pareceu a rota mais segura. ela poderia sobreviver. mas ela achou isto para o melhor desde que ela poderia ter que ser até pressa para o lado do Livy na noite se a criança a precisou.

Se ele tinha sido um apelo. Jeanne Louise fechou seus olhos brevemente na pressa de sensação que bate por ela. achando o pé no chão fez a ação mais fácil. e ele estava afagando e toying com primeiro e então a outra com a uma mão. Um ao longe keening despertou Jeanne Louise. ela permitiu a seus colmilhos para deslizar fora e pia em sua carne. puxando suas costas nele como ele empurrou adiante. Jeanne Louise deixou a mão entre suas pernas. . No próximo momento. Quando Paul quebrou o beijo para arrastar sua boca para sua orelha. “Goste de estar em cima. Paul gemeu como Jeanne Louise se abaixou sobre ele. nenhuma dúvida pretendendo remover isto. Encontrando seus olhos acima de seu braço. a criança não estava lá quando ela entrou. e vendo a carranca em rosto do Paul.“Paul. suas mãos a agarrando. uma precaução. O salpico frio da água em sua mão como o vidro balançou em sua mão lembrou a ela que ela ainda segurou isto e Jeanne Louise imediatamente deixa isto no contador. achando o caroço de sua excitação e acariciando isto. pego seu pulso e estava a arrastando da cozinha. Amaldiçoando. incapaz de parar um ou outro movimento até a onda relativa a maré final de prazer apressado acima dela. antes de pausar e girar a enfrentar. puxando ele mesmo adicional em cima a cama de forma que suas pernas não mais osciladas fora da extremidade. a mão entre suas pernas nunca parando suas carícias. Uma vez em diante seus pés. Jeanne Louise sorriu e imediatamente balançou sua perna deixada acima dele descansar na cama por seu outro quadril. Jeanne Louise seguido unprotesting como aconteceu para sua que teria sido uma aterrissagem dolorosa no chão de taco da cozinha no fim. mas este tempo como ela deslizou de volta abaixo seu comprimento. Jeanne Louise simplesmente agarrou a bainha de sua camisola e desenhou isto. ou uma reprimenda. depressa para desnudar-se isto. Jeanne Louise estava ciente de seu grito de prazer. Paul quebrou seu beijo para sussurrar. e não podia ter dito o que ela quis dizer por isto. administrando a tarefa sem o despertar. e então se aliviou em cima e fora de Paul. Rosa de sobrancelhas do Paul. mas Jeanne Louise o levou por surpresa e o empurrou de volta na cama. “Mova mais íntimo para a extremidade. deixando seu direito um quieto plantado no chão. Paul grunhiu. ela olhou fixamente inexpressivamente no tórax que ela era alargada. Livy. antes de beijar e mordiscar seu modo através de sua palma para seu pulso como ela levantou e se abaixou novamente. ela então moveu ao longo do lado da cama até que ela era até com seus quadris. Jeanne Louise estava agarrando para o countertop como ele deslizou nela. Paul a levou ao quarto de mestre e diretamente para a cama. e Jeanne Louise curvada em seu toque como ela o beijou de volta. Com a outra que ela voltou atrás o pegar pelo pescoço. Ela então usou ela esperar sua seta para o dirigir nela. Ela brevemente endureceu. Ela então girou sua próprio rosto atrás para ele para outro beijo. Abrindo seus olhos. sua dureza ramming nela como todo músculo spasmed debaixo da pressa de prazer tão seguido. mas ela reivindicou o em seu peito.” ela sussurrou. cobrindo sua boca e blocagem o gemido ofegado que seguido quando sua mão finalmente deslizou debaixo da camisola e entre suas pernas. Jeanne Louise se levantou em cima mais uma vez. Ele saltou na superfície suave. Antes dela poder perguntar o que estava errada. Ele então usou o outro para torcer seu nightie em cima e fora do modo. A tensão estava construindo nela. Mas sua próprio corpo era pego em cima nas ondas também. mas o outro deslizou entre eles. com medo de despertar Livy no próximo quarto. Se achou seu peito e começou a tocar e afagar lá. “Deus. Porém. e então ele empurra seus quadris. então ela alcançou e pegou sua ereção na mão.” Jeanne Louise meramente removeu a mão que tinha o encorajado em seus peitos e alcançados atrás de achar a dureza a picando. não é?” Ele perguntou a diversão. e Jeanne Louise não se acabou de não importar. olhos largos. Quando seus dedos acharam o caroço sua. apertando isto e trazendo isto para sua boca para beijar como ela levantou e se abaixou nele novamente. e Jeanne Louise estava certo que ela estava para explodir. Lançando isto para o chão. ela suspirou e balançou sua cabeça. mas acabou de assistir ela. você é quente e molhado para mim já. pegando sua reflexão na janela. Paul cedeu a demanda. Jeanne Louise coberta a mão em seu peito com sua próprio. Não importou. Com o outro que ele estava arrastando seu nightie. Jeanne Louise apertou e então gemeu novamente como a paixão corrediça por sua aumentada. e então gemeu como ele se retirou e deslizou de volta em. enquanto o que parou seu vestido da noite agora apertou sua coxa superior. Paul persuadiu a suas costas um pouco da pia com a mão entre suas pernas.” ela sussurrou. evidência que ele estava em um estado semelhante. Paul lançou um gemido longo por sua orelha como ele a entrou. Ele agarrou a bainha de sua camisola. O toque desenhou um gemido de sua garganta. colidindo contra sua mente com uma violência que deixou seu atordoado e afundamento em escuridão. Fechando seus dedos ao redor ele. A mão do Paul em seus peitos arrastou o nightie abaixo agora completamente para revelar eles. quando Paul de repente congelou. seu corpo arqueando e indo duro na cama. vibrando como uma série de violão arrancado como ela chupou em seu pulso e reduzido a pó nele. e então ficou ciente do soluçar e lamentando vindo do próximo quarto. Então ela lambeu entre seus dedos brevemente. mas ele deslizou ao lado até não havia lugar entre ele mesmo e a extremidade da cama. Paul endureceu. ele puxou ele mesmo fora sua. Ela piscou seus olhos abertos. ampliada por sua. de seu corpo que estremece em baixo de sua com lançar. Paul abaixou sua cabeça para a beijar. e então grinned. Ela se importou até menos quando sua mão deslizou até deslizar dentro do topo de sua camisola para achar e carícia primeiro peito e então o outro. Jeanne Louise pegou em cima sua camisola e arrastou isto em acima de sua cabeça como ela dirigiu-se ao quarto da menina.

. Jeanne Louise lançou um pouco suspiro como seu corpo respondeu. afundando sentar no sofá próximo a ela e estremecendo quando ela examinou superficialmente na cabeça da criança e sentiu a dor furiosa lá. e teve que perguntar-se se o ar da noite fresca em sua pele desnuda terminou o que ela começou. eles devem ter estados bem e verdadeiramente fora dele se os gritos da menina e agitando eles não despertaram qualquer um deles. As coisas estavam indo bem suficiente. e o um homem ela podia pensar livremente ao redor e não guarda seus pensamentos. até millennia para achar seus companheiros vitalícios. Depois de um debate de sumário interno.” “Então por que você não acordou quando eu agitei você e gritado?” Livy perguntou. Ela hesitou. ela deixa o assunto ir e chegou a seus pés. movendo depressa em direção a ela. Jeanne Louise tentou pensar sobre sua situação à medida que ela esperou. Não que Livy pareceu ter notado. er . mas completamente não pareceu para despertar.” “Hmm. Paul era seu oásis em um mundo caótico onde o Jeanne Louise normalmente teve que estar em guarda . embreando ele desesperadamente como ela chorou seu coração. Seus olhos alargados. Ela anuncia na cama. mas achou se perscrutando nele. Quando Paul murmurou em seu sono. eles dois seriam desnudos e . Livy movimentou a cabeça.” “Não. Ele acordou afinal.” Livy explicou. girando sua cabeça em direção a ela verbaliza. Maldição. Quando ela fixar a menina na cama e coberta ela em cima. Seu companheiro vitalício. Ela pensou que ele gostou dela para ela mesma. Jeanne Louise suavemente agitou seu ombro. . Livy afundou em Boomer e Jeanie ficaram em sua mente para vários mais minutos assegurar todos estariam bem. tentando separar se estava na hora de explicar sobre companheiros vitalícios para Paul e que ele era sua. o cachorro saltado em cima sobre a cama para enrolar em seus pés. “Eu h-ouvido um scr-grita. sua frente apertando para suas costas como ele deslizou um braço ao redor ela para desenhar suas costas contra ele. . . e ela tinham horror a o perder. “Um grito despertou você?” Jeanne Louise de repente perguntou. . quando os cobertores erguidos atrás dela. mas era ainda enganador. O pensada feita Jeanne Louise liga seu lado longe dele e se amontoa debaixo dos cobertores. Cheirando. Livy ergueu sua cabeça de peludo do Boomer atrás de uma vez. Jeanne Louise encolheu os ombros para ela mesma e o deixou como ele era. Boomer estava em cima e fora do sofá. pronto seguir como Jeanne Louise levou sua pequena menina para a cama. bem nós devemos ter tido um sonho ruim. A pensada quieta feita ela agita sua cabeça e maravilha. Eles estavam se tornando cada vez mais insuportáveis. basicamente em um bastante comprometendo posição. mas não abrindo seus olhos. lenta levantar naquela com a dor agora batendo em sua cabeça. Paul era colidido fora em cima do cobertor próximo a ela e não ficaria frio na noite. “Bom do seu papai também. Decidindo a menina tinha sido confortada suficiente. conhecendo isto tinha sido seus gritos de paixão que despertou a criança. “Eu pensei que você estava morto. claro que nós não somos. seu companheiro vitalício. O momento ela levantou Livy. um bebê realmente. Fazendo careta. Uma vez lá ela pausou e de olhos ele. “Me despertou e minha cabeça machuca e eu vim para achar você e Papai e você estavam ambos adormecidos. . mas duro que estava para pensar no momento. e então ela lamentou. . Nós éramos só dormentes. Jeanne Louise girou e seguidos os soluços e lamentou para a sala de estar e achou a menina enrolou ao redor Boomer no sofá.” Jeanne Louise murmurou. Ela não acabava de não poder pensar claramente mais. . . E em só ao longo de um século Jeanne Louise era definitivamente considerada jovem pela maior parte de seu tipo . Então ela se debruçou de volta no sofá ao lado do par e esperado por sua própria dor enfraquecer. Jeanne Louise stilled e escutou como Paul começou a trocar ao redor na cama ao lado dela. aliviando debaixo das coberturas. mas quem podia dizer com homens? Ele poderia só como seu para sexo e o que ela podia fazer para Livy. doçura. . Jeanne Louise deixa o pensamento ir. entretanto subida cuidadosamente na cama ao lado dele. perguntando-se se ela devia dormir no sofá para não o perturbar. ela soluça diminuindo como Jeanne Louise levou a dor e sobre ela mesma. .” ela miseravelmente soluçou. “Você quer conseguir debaixo das coberturas?” Ela sugeriu.Frowning. Jeanne Louise deu o um acariciar de cachorro leal. “Como faz que você sente?” . Então seu corpo deslizou em cima atrás dela. “Paul?” “Hmmm?” Ele murmurou com sono. ela percebeu. mas ela estava preocupada sobre ter alimentado fora dele e perguntado. ela não ficou longe. sua mão deslizou lazily para xícara um peito como ele beijou seu pescoço. mas eu c-não podia despertar você u-. Ainda lá ele era . Esta enxaqueca era pior quieta que a última. “Nós provavelmente acabamos de ter vinho demais pela fogueira. e então escapado do quarto. Poucos eram afortunados suficiente para achar eles tão jovens. “Ambos os Papai e você gritaram. E bom Senhor. depressa trabalhando mascarar a dor na cabeça da criança.” Jeanne Louise muttered. Eles teriam que assegurar eles não estavam no próximo quarto no futuro quando favorecendo em . Uma vez que ele teve seu posicionado onde ele a quis. . Bom Senhor. Agradeça Deus. A maioria de immortals esperou séculos. Paul estava ainda soar adormecido quando Jeanne Louise retornou ao quarto de mestre. Jeanne Louise põe a criança para dormir. bem. “O que ele é doçura? Outra enxaqueca?” Jeanne Louise perguntou. O um homem ela não podia ler ou controle. “eu achei você e Papai estavam mortos!” “O que?” Jeanne Louise perguntou a assombro.” Jeanne Louise mentiu. bochecha do Livy beijado.

” “Não aborreça em minha conta.” ela ligeiramente disse. “Absolutamente. “É um começo.” “Você ama meus peitos?” Jeanne Louise secamente perguntou.” Jeanne Louise secamente disse.“Honestamente?” Paul perguntou a um murmúrio por sua orelha. e permitiu a sua mão para mover longe de seus peitos e abaixo entre suas pernas. Jeanne Louise suspirou e trocou sobre suas costas na frente dele. Paul. “Você vai aparecer inesperadamente em canção. e Jeanne Louise riu suavemente no entusiasmo em sua voz.” “Ela estava aqui? Ela nos viu?” Paul perguntou a alarme.” ele murmurou distractedly. suas mãos de parada abruptamente. “Está tudo bem.” Paul respondeu. “Boa noite.” ele disse imperturbável. “Certa. “Faz você interessar. mas nós temos que ficar quietos. murmurando.” ela disse facilmente. abaixando sua boca para reivindicar o mamilo do peito que ele segurou. “Isso está certo. “Sim.” Paul permaneceu ainda por um minuto e então deixa sua respiração fora em um suspiro. e trocou seus quadris contra sua parte inferior. “sorvete!” Ela glanced na menina. “Falando de veias. “Você sempre vai para as veias. Parece que você tem uma veia de sarcasmo escondido em sua doçura. e então murmurado. Sr.” Os olhos abertos da Jeanne Louise nitidamente como ele começou a acariciar seu lazily. e ponha suas costas para a cama. “Como eu quero fazer amor para você novamente.” “Nós fizemos Ele perguntou.” “Amanhã. “Obrigado. “Ela era certa?” “Enxaqueca.” Jeanne Louise disse com diversão. Jones. “Talvez da próxima vez. “E ele assustado ela quando ela não podia nos despertar. Annie?” Olhos alargados da Jeanne Louise na escuridão. “Alguém ainda faz. Ou primeira coisa em Livy despertando eles. Eles encabeçaram para Curva Principal primeira coisa que manhã. levou sua enxaqueca.” “Você vampiros. rindo no modo que a criança estava pulando sobre e batendo palmas suas mãos. “Você vai tentar uma veia diferente todo tempo?” “Pulando eu eventualmente irá para uma mordida genital?” Ela perguntou a diversão.” Onze “O que nós devemos fazer agora?” Jeanne Louise sorriu em pergunta do Paul como eles vagaram fora da seção de antiguidades. ela reconheceu com um sorriso torto.” ela admitiu. huh?” Paul perguntou a diversão. Durma.” ele admitiu. arrastando seu mais apertado contra ele. Jeanne Louise gemeu como ela sentiu sua dureza a pica. Sra.” ela disse reassuringly. Corrediço seu passar para cima apertar o mais próximo. Livy gritou.” Paul riu nas palavras e apertou um beijo ao lado de sua cabeça. e ela riu na admissão. Certamente Jeanne Louise não tinha estado pronta para despertar ainda.” Paul seguro ela. mas eu estou muito cansado. Paul respirou. “Talvez você pode ajudar que eu ache algo mais interessante para fazer no futuro. “Eu pensei que você estava cansado?” “Eu estou acordando.” ele admitiu esquisitamente. mas enchendo com qualquer outra coisa completamente quando eles soltaram até ver que o cobertor eram ao redor sua cintura. Mas antes dela poder responder. Eu devo tentar refrão de vazamento isto. Argeneau. provando só o quão acordado ele era. e então perguntada. e então grunhiu quando ela smacked seu entregar castigo.” “Hmm. “Só uma pequena.” ele murmurou. deixando seus peitos em oferta. seu total de olhos de sinceridade como eles encontraram suas. eu machuquei você?” “Não por isso. “Eu a acalmei. eu penso que eu amo seus peitos. e voltou atrás apertar sua ereção na mão à medida que ela acautelou. “E outras partes.” Paul disse. enviando shockwaves de prazer por ela. e duvidou que Paul tinha sido qualquer um depois do dois deles gastaram . aninhando sua orelha.” “Boa noite. Nós acordamos Livy última vez.” Jeanne Louise disse corrediço ela dar seu braço e até cobrir sua mão em seu peito. Menino de John.” Jeanne Louise murmurou.” ele tsked. então suspirada e relaxada. “Bem. Jeanne Louise mordeu seu lábio como Paul começou a amamentar. “Maldição. stilling. “Existe sempre amanhã. “Alguém assistiu modo que televisão demais crescer.

. Não importou que ela só teria um café da manhã grande. Uma vez que seus cones estavam na mão. Então você poderia ter alguém para tocar com enquanto nós estamos aqui se o dois de você gosta de um ao outro. como fez sua pele pálida neste momento de ano. Ela definitivamente quis o homem quieto e era ávida pelo dia terminar e noite para descer assim eles podiam pôr Livy para a cama e se divertia novamente. entretenimento ao vivo. ela se apressou depois de Paul e Livy. Ela tomou a oportunidade para esquadrinhar seu ambiente novamente. . Livy imediatamente pediu o mesmo e Paul ordenou pistache. deslizada sua outra cintura da mão ao redor Jeanne Louise e pastoreou eles que ambos para o sorvete permanece. Era quase meio-dia e extremamente quente. ela não localizou um imortal em qualquer lugar. soltando seu cone para o chão para deixar suas mãos livres. .” “Sim.” “Oh . Mas. Depois de tomar viradas no chuveiro. Ela não relaxou até que eles estavam na estrada e pôs alguma distância entre seu veículo e o mercado. entretanto. Ela teria felizmente o atraído no banheiro público mais próximo. ela sentiu conteúdo.” ele disse. como eles eram uma família mortal típica. “O sorvete é. O apetite da menina estava definitivamente beneficiando da falta de dor e o fato que Jeanne Louise assegurou Livy pensou que ela apreciou o que ela comeu. “Chegue ao carro. Jeanne Louise abriu a porta de passageiro dianteiro. Paul leu sobre ele em uma pilha de panfletos e fliers partiram na mesa pelo dono de cabana. e quando eu estava descarregando o carro. e sorvete feitos de nata real. passada sem tocar sua garganta e então admitida. olhando de repente desconfortável. E então nós devíamos provavelmente voltar para a cabana para um pouco de natação. Seu nome é Kirsten. eles caminharam devagar atrás em direção ao estacionamento. ela quis que sorvete do minuto que eles chegaram. “Nós realmente devíamos ter esvaziado o carro. Era como se ele completamente esqueceria que ela era imortal. “As pessoas na cabana próximo a nossa têm um pouco menina perto de sua idade.” Jeanne Louise concordou em um suspiro. Jeanne Louise desistiu de esquadrinhar pessoas e se dobrou na cadeira dianteira à medida que ele entrou. e ela gostou disto. mas naquele momento ela fez. eu usei ele para mudar a duas seis em minha licença para oito.” ela severamente disse. Jeanne Louise nunca realmente pensou que ela invejou mortals podendo apreciar prazeres simples como isto. procurando pelo motorista do veículo. Paul slammed a porta de parte de trás. nenhuma necessidade isto.” . Quando uma virada cheia e esquadrinha não revelou ninguém para ela. e o tempo inteiro Livy tinha estado em aproximadamente o sorvete que Paul prometeu que ela embarcaria nesta excursão. mas não imediatamente entrou. “Não. Eles tiveram café da manhã primeiro. Jeanne Louise estava muito ciente da batida de sol abaixo. mas os olhos tenderam a ser um giveaway. mas ao invés girado em um círculo lento. E a maioria de immortals estaria vestindo mangas e calça comprida longa em lugar de calção proteger eles do sol tanto tão possível. e ela glanced seu modo como ele apressou ao redor para o lado do motorista. ela seguida sua olha para um SUV escuro estacionou uma fila acima de carro do Paul. “eu comprei um marcador mágico preto enquanto nós éramos na cidade ontem. Jeanne Louise não seguiu de uma vez. Mas ela continuou a esquadrinhar ninguém e todo mundo que ela viu como ele começou o motor e começou a atrás fora do estacionamento localizar. o backseat do carro. . Novamente. apreciando uma excursão do domingo ensolarado .” “Ohhh. “Natação. “Certo. Paul agitou sua cabeça em sua excitação e então pegou ela entregar seu.” ela adicionou com confusão.” Paul disse quietamente como ela trocou enfrentar adiante em sua cadeira. Seu tiro de olhos para as janelas. Era um Argeneau SUV.” ele adicionou. E eu devia ter pensado sobre isto. enquanto isso.” “Yay!” Livy guinchou e dançou em círculos. No mercado podia se achar um café da manhã do domingo. Ela perscrutou nele curiosamente. er . Paul imediatamente scooped em cima Livy e apressado em direção ao carro. . eles têm piled Livy no carro e encabeçaram para Curva Principal e o Mercado de Pinery Antigo. certo. “Eu acho que nós ficamos sortudo. então viajou os vendedores. “Jeanie?” A voz tensa do Paul fez isto por seus pensamentos e chamou sua atenção. junto com antiguidades e várias outras coisas não se esperariam. jonesing em um ao outro e alcançando repetidamente para aquela próxima dificuldade o momento eles acordaram depois de cada sessão. Mas todo mundo que ela viu estava em calção e Camisetas ou algum outro pequeno-sleeved ou topo completamente sem manga.” Paul disse com diversão. mas não quis deteriorar o momento lembrando Paul que ela não devia estar fora nisto. verificando olhos e rostos de ninguém que ela viu. Eles todos tiveram placas de especialidade e este aqui não era nenhuma exceção. Não que ela conheceu todo caçador que trabalha para seu tio. Embora eu não saiba como eles sentiram falta de reconhecer seu carro e licença. . mas o veículo estava vazio. Ela tinha muito prazer em. “Oh?” Paul movimentou a cabeça. Seus olhos estreitados e ela moveu ao lado para conseguir um olhar para a placa e sentiu sua gota de coração. e provavelmente tocando. Jeanne Louise ordenou um cone de caixa combinada com uma concha de estrada rochosa e cereja preta. desmaiando e conseguindo reacquainted novamente. “Eu não penso que nós éramos seguidos. lambendo loucamente no depressa derretendo sorvete.a maior parte da noite sendo familiarizadas um com o outro é corpos. relaxada e de sua noite junta. Vendo a tensão em sua expressão. ou qualquer lugar privados eles podiam achar se eles não tivessem que vigiar Livy. Não que Jeanne Louise ainda não quis que o homem presentemente caminhando junto ao lado dela escutando sua filha tem muito prazer em tagarelar.” Olhos do Livy eram largos e felizes. Eles têm sido como um par de jogar fora. Ele era empenamento a pequena menina atrás quando ela chegou no carro.

” ele concordou. Enquanto Cecily Jackson e Sharon Corby estavam ainda em diante sua excursão de compras com Kirsten. “Como você fez. e o outro era o maior peixe sempre. Eles então juntaram o que eles precisariam de junto e encabeçado até a praia. mas ambos os Cecily e Sharon eram acomodados na sombra quando eles saíram para juntar-se todo mundo na praia. assegurando Paul e Jeanne Louise que eles bateram a praia logo depois de almoço à medida que eles foram. Paul era forçado a fingir entusiasmo como eles eram mostrados a captura e regalada da manhã com lista de jurados de como este aqui era um lutador. Ele gemeu quando Jeanne Louise disse que ela faria o almoço. Aliviado ser livre da tarefa de admirar o escamoso vertebrates. Era uma diferença vasta do pálido. alface. Jeanne Louise relaxada um pouco mais nesta revelação. Era como noite e dia. Mas Livy respondeu avidamente suficiente. A criança pareceu estar com fome o tempo todo agora e ele não estava certo se isso era Jeanne Louise ou o apetite natural da menina retornando agora que ela não era mais em dor constante.” ela disse e apertou seus dedos com suas próprios como ela glanced no backseat. . . e ele conheceu que ele devia isso tudo para Jeanne Louise. e aquele era um lutador muito mais duro.” Jeanne Louise solenemente disse. você certamente não é. Paul assistiu com um sorriso. mas ele não quis dizer que eles iria novamente. “Pareceu sensato para ter minhas mãos livres. “Eu não esperei que eles verificar este longe de Londres. Ela desistiu de fazer a menina pensa que saboreou bom como ela se concentrou em procurar por qualquer immortals na área. Ele teria gostado de ecoar seus comentários e fugir o fedor. mas ela levou sua dor e isso deram a Livy a chance de ser uma normal pequena menina novamente. menina magra.” ela solenemente concordou.” “Sim. ela reconheceu e então sugeriu.” Jeanne Louise concordou. sabe. espirrando um ao outro e dando uma risadinha como pequenas meninas fazem.” “Sim. Quando almoço estava pronto. e tomate embrulha que ela serviu em cima. Se Enforcers estivesse procurando a área. e então alcançada acima de com uma mão para apertar sua.” ele admitiu e então adicionou. doentia que tinha dormido em bonito quarto rosa do Livy o último par de semanas. Ao invés. seu coração realmente dói um pouco para ver sua filha tão feliz. “Onde seu sorvete foi?” “Eu soltei isto no estacionamento. Acabou de parecer a coisa sensata para fazer. No fim.” “Definitivamente. seus maridos e filhos voltavam de sua pesca e descidos neles como eles saíram do carro. A menina estava ainda loucamente lambendo em seu cone . Paul achou ele mesmo faminto e apreciou o toucinho. Jeanne Louise povoou felizmente com eles enquanto Paul e Livy encabeçaram diretamente para a água com Boomer carregando adiante e diretamente nas ondas. mas soube que seria terrivelmente considerado unmanly dele. Livy era o único quieto com um cone. seu desvanecimento de sorriso. “Talvez nós devíamos parar em uma loja e levantávamos um pouco de Häagen-Dazs ou Ben e do Jerry. para longo como nós não somos vistos que nós devíamos ser bons. Paul glanced nela nitidamente.” Paul encolheu os ombros sem ajuda. eles decidiram ultrapassar a parada para sorvete. “A maldição envergonha entretanto. Paul assobiou para Boomer e conduziu Jeanne Louise e Livy na cabana. “Pareceu uma boa idéia.” ele disse com um sorriso. Tendo peixe morto empurrou debaixo de seu nariz bastante roubou seu apetite. . então eu acabei de pensar que . Eu não refleti que eles procurariam este longe de Londres. mas ela estava olhando para ele com admiração e murmurada. A mulher não girou sua criança ainda.” “Era sortudo. Paul tinha estado preocupado sobre Jeanne Louise é precisar ficar fora do sol. ele gastou vários parabéns de oferecimento de minutos para os homens antes de retorno distraído das suas esposas eles. Eles introduziram as duas meninas que tocaram tímido para todos cinco minutos antes de vadear na água junta. “Talvez nós devíamos pegar perto da cabana por no dia seguinte ou dois.” Jeanne Louise riu nas palavras como ela povoou de volta em sua cadeira. “Realmente?” Ele movimentou a cabeça esquisitamente. Mas ele era certo. acabou de parecer uma idéia melhor para voltar para a cabana e não arriscar chocar-se com um deles.” Paul de repente disse. que explicou o silêncio. Jeanne Louise permaneceu ao lado dele com que ele suspeitou era diversão muda como ele tentou não fazer careta no peixe fedorento que era oscilado antes dele.Olhos alargados da Jeanne Louise. Paul invejou seu isto. mas existia uma possibilidade leve. . olhos alargando. porém. O triunfante fishermen então apressado fora de regalar os mulherada com suas histórias de sucesso. Fez Jeanne Louise perceber que suas mãos eram tão vazio quanto sua. . lamente em sua voz.” “Nem fez eu. Eles têm sortudo este tempo. Russell esperou na extremidade da água com Kirsten. “Nós podemos celebrar nossa fuga sortuda com isto. Tinha sido consertado bom sorvete. É alugado debaixo do nome Williams e a licença foi mudados. “Isso era bom sorvete. e encolhido os ombros.” Ele encolheu os ombros e adicionou. Livy por outro lado estava livre para dizer “bruto” e “p-ewww” e então pressa fora de deixar Boomer.” “Eu não sou só outro bonito rosto.” Paul admitiu. Mas a menina certamente pareceu estar apreciando isto de qualquer maneira. Jeanne percebeu. “Não. e sem ser controlada e fez para pensar que era bom. “Não são você inteligentes.

Ele sorriu seu modo.” Paul movimentou a cabeça e squinted seus olhos. levantando também e tomando mão da sua esposa para a arrastar fora de sua cadeira. mel. Depois de examine se pela última vez a jarda para estar certo eles não faltaram nada.” “Não é?” John Corby perguntou a sua esposa com surpresa. “Eu acho seu banho e hora de dormir para insignificante. Certo?” “Certo.” Russell comentou. não cutucando.” Jeanne Louise respondeu. Eles estão certos que está dormindo e estão tentando despertar isto. ele disse. você precisa falar mais alto. “Livy. e então suspirou e levantou.” Sharon secamente disse. Paul. “Obrigado pelo fogo. Além dele parece com ir chover.” Paul pacientemente disse. Balde de areia e pá do Livy. O par então separado para apressar em direção a seus pais respectivos. seu olhe corrediço para sua doca e cabana com preocupação. apague o fogo.” Sharon disse e então agitou sua cabeça com exasperação.” Livy virou olhos surpreendidos seu modo. e corra o banho enquanto você a consegue se você gostar. muffin.” Cecily chamou. e então ajudou que ela juntasse as cadeiras como os outros dois pares tomaram suas coisas e encabeçaram longe. “Você nunca me ouve.” “Eu tomarei Boomer. e então levantou seus próprios pedaços espalhados sobre que eles não quiseram levar. Ele pensou que podia só ser uma boa coisa. Jeanne Louise tomou um banho pronto e esperando e concordou facilmente quando Livy anunciou que ela quis que ela desse seu seu banho que noite. Os homens congregaram em torno do churrasco de gás grande que pertenceu a cabana do Paul e Jeanne Louise enquanto as mulheres movidas entre as cabanas fazendo salada de batata e salada de macarrão e chips de ajuntamento e bebidas.” “Oh Deus. baldes de chuva.” “Eu não ouvi você. Ele não sentiu como uma quinta roda com Jeanne Louise em seu lado. e então tiveram um churrasco comunal com todo mundo contribuindo comida. Ela saltou junto em seu lado como ele levou suas costas em torno da cabana para a porta da cozinha. Paul permitiu ele mesmo uma fantasia breve de seu ser uma família . Riso suave da Jeanne Louise atrás dele. Sua filha gostou de Jeanie.” John disse com uma carranca. que estava foliando no contorno da costa. solenemente. “Ventos altos. Paul resistiu sua mão. Nós faremos isto novamente amanhã se você for até isto.” Russell comentou. . toalhas que tinha sido agarrada-se a linha para seca.” “Certo. É hora para um banho e cama. alimente ele. mas ele também estava contente. “Aqueles parecem com chover nuvens. “Obrigado. “Em que diabo eles estão cutucando?” “Um pássaro morto. “Parece com que nós estamos em para uma droga de uma tempestade.” “Nós assim.” “Soe como um plano. mas sentiram como uma quinta roda e recusada.” Sharon disse com diversão.” “Bem eles disseram que nós estávamos em para um doozy de uma tempestade hoje à noite.” “Eu sei. “E eles estão movendo bonitos rápidos. estreitando seus olhos. sorrindo como ela perscrutou em direção às duas meninas. Cecily e eu ouvimos isto no rádio a caminho de volta de Londres esta manhã.” Kirsten disse com um pôr-em suspiro. “Nós tocaremos novamente amanhã. Jeanie. Paul sentiu um beliscão de machucou que ela escolheria Jeanne Louise acima dele. as crianças apressadas fora com Boomer tocar enquanto os adultos todos povoaram ao redor outra fogueira para conversar e vigiar eles. Um prazer. Ele andou em torno da cabana da mesma maneira que Cecily apareceu na jarda da casa ao lado e conheceu que ela veio à procura de sua filha também. mas ele está atrasado. “Sim. . “Mas é ainda ilumina fora. “Vamos. “Eu disse a você aquele quando nós conseguimos de volta de compras. Paul não apreciou noites como isto desde que morte do Jerri. Eles alojaram as cadeiras em seu lugar habitual. de Jeanne .” Paul disse facilmente. Uma vez que eles comeram e retiraram o permanecer da comida. Kirsten. “Eles estão picando. glancing para Jeanne Louise como ela permaneceu e dobrou sua cadeira de gramado em preparação de começar a estudar isto para a cabana. a balsa e suas asas da água . e era óbvio o imortal gostado dela também. Tão prometida. Era bom.” Jeanne Louise ofereceu. abraçando ela de volta.” “Hmmm.” Livy disse com um sorriso. . Ele foi convidado juntarse churrascos de bairro e tal. eu acho que eu iria melhor tem certeza que o assegurado do barco e tem os meninos ajudarem que eu junte qualquer coisa que nós não queremos levando.” “Você também. “Bem. escuras ao longe e movimentadas a cabeça. Ele então glanced em cima o lado da cabana para onde o Livy e Kirsten estiveram curvado. deixe aquele pássaro pobre só e diz boa noite para Kirsten. . “Se nós estivermos em para uma tempestade.Eles gastaram a tarde com seus vizinhos. então glanced ao redor e carranca. “Diga boa noite para Livy. Paul assobiou para Boomer. cutucando em algo com uma vara no jardim. Os trabalhos inteiros. então glanced atrás para as duas meninas e chamadas. sorrindo quando Livy agarrou isto.” Paul muttered e começou em direção ao par. Ele levantou.” Olhar do Paul John Corby seguido em direção a um agrupamento de nuvens grandes.” ele arreliou absently. Um banho e cama. Eles eram quase pretos contra o escurecer céu como o sol dirigiu-se ao horizonte. Ela então girou para Livy e a abraçou. Fazendo careta. mulher. e como ele se debruçou na porta assistindo o dois risada de fêmeas e espirrar água.

e seu filho mais velho sentado na mesa da cozinha tocando um pouco de tipo de jogo de tabuleiro. Ele levou sua diretamente para a cama antes de parar e então girou e começou a remover suas roupas. Cada um das duas fêmeas possessas um pedaço de sua alma. “Eu estava só pensando que eu sei exatamente que veia eu quero bater este tempo. De alguma maneira ela se tornou como importante ele como Livy. Mas este tempo você terá que esperar. Jeanne Louise era muda como Paul a levou no andar de baixo. Ele achou ele mesmo olhando a janela de retrato ao longo do lado da sala de estar e diretamente na cozinha do Jacksons. Ela soube que ele logo a pediria para girar Livy e que o tempo veio por que ela dissesse a ele sobre companheiros vitalícios e seu tendo só uma virada. Até como ele pareceu. e ele estava faminto para Jeanne Louise. alívio corrediço por ele como ele reconheceu o que ele estava sentindo. Admitindo o que cresceu muito depressa em seus durante os passados vários dias. corpo. e alma. oferecendo sumário. Paul saiu deles para subir sobre a cama ao lado dela e concordou com seu lado próximo a ela. e eram arquejo quando ele finalmente quebrou o beijo. usando travesseiros. dizer a Jeanne Louise como ele sentiu. então emas forma de xícara suas bochechas em suas mãos e simplesmente olhado fixamente para seu rosto. e ouvindo ele fala seu próprio em voz alta fez ela querer o segurar. “eu amo você também. ele a persuadiu sobre a cama. Ela quis fazer amor com ele e soube que seria todo o mais doce porque ela agora soube seu para ela.” Pausando. Quando ele ergueu sua cabeça. Ela alimentou novamente em ambos os Cecily e Sharon enquanto eles prepararam as saladas para jantar. Ele se sentiu cheio a estourar com emoção. então mão da Jeanne Louise pega e girou a levar aos degraus para o nível mais baixo. “O que isto é sorriso sobre?” Paul perguntou a diversão quando ele ergueu sua cabeça e viu por um momento isto. esta mulher.” . perscrutada em sua brevemente e então riu e agitou sua cabeça. ele pegou suas mãos e alfinetou eles em um ou outro lado de sua cabeça como ele se debruçou até a beijar. Senhorita Argeneau. manchados eles e sorriu e ondulado.” “Você se importa?” Ela perguntou. suas mãos apertando seus ombros. mas ele não teve uma pista como dizer isto. ela sussurrou. “Não aqui. músculos ondulando como ele tirou isto acima de sua cabeça. mas ele era atento de ter Livy despertado a noite na frente de com seus gritos a primeira vez. Jeanne Louise deixa ele ter seu modo. “E qual que seria?” “Se você se importaria negociar lugares comigo que eu mostrarei a você. e Livy melhorando e crescer . e seus olhos alargados. não se mexendo como ele removeu suas roupas um artigo de cada vez. Mas depois. Era um bonito sonha que teve ele extensamente sorrindo.” ele perguntou a interesse. . suas mãos corrediças acima de seu corpo à medida que ele trabalhou. ele pausou e girou para ela. Ele daria sua vida para ela. Eles dois gemidos como o contato enviou prazer que ondulam por eles. Russell glanced acima de. e no fim simplesmente curvou e apertou um beijo para sua fronte. Agradeça Deus. uma prata vibrante azul. beliscando em seu lábio. “Oh.” “Eu amo você. Paul e Jeanne Louise ambos põem Livy para a cama depois de seu banho. . mas no fim era tão simples. que acabou de parecer adicional sua fantasia. Uma vez na sala de estar. mas precisado mais. ser segura por ele e bem-vindo ele em seu corpo.” Jeanne Louise murmurou. dobrando ela. desnudando-se eles longe muito mais rapidamente e com menos cuidado como ele olhou fixamente para ela onde ela reclinou na cama. Paul levantou sua cabeça para perscrutar nela em questão. . mas este tempo não era nenhuma carícia gentil. “Não por isso. e até um ao outro é corpos para amortizar os sons de seu prazer. Paul grinned. seu nariz e então finalmente seu lips. e cada um deles beijando e a abraçando boa noite . escovando suas mãos longe quando ela tentou o tocar ou suas próprias roupas. os cobertores. Paul quis expressar tudo aquilo. Eles estavam ardendo suavemente na luz escura. o que todo seu querido dizer. Ela entendeu aquele e ela o amou também. cada pálpebra. Jeanne Louise movimentou a cabeça e sorriu devagar.” ela prometeu. Mas quando ele rasgou sua boca de sua buscar outros pastos. mas não fez. Paul pensou. Ela era tão preciosa. era quente. Sua camisa foi primeiro. apertando beijos para sua bochecha e orelha. “Você gosta de estar em cima. de um futuro.” ele sussurrou. e então glanced ao lado quando Jeanne Louise movimentou aquele modo com sua cabeça. mas suspeitou este tempo até que não ajudariam. arreliando carícias. O um mais de quarto do Livy. Eu pretendo ter meu modo com você primeiro. coração. ela notou e pensou que podia só ser uma boa coisa. Quando Paul teve seu desnudo. Ela sorriu suavemente e disse. “Você precisa alimentar. Jeanne Louise abriu os olhos que ela fechou como ele beijou eles.” Paul disse de uma vez. Paul se pareceu morno e seguro e conteúdo que ele pegou mão para principal da Jeanne Louise ela do quarto. Paul levantou sua cabeça. Jeanne Louise gemeu e curvada contra ele à medida que eles beijaram. meramente beijando de volta e arqueando seu corpo até que seus peitos esfregados contra seu tórax. Paul a levou pelo quarto de TV pequena no pé dos degraus. e então ele removeu sua calça jeans e pugilistas juntos. Ele a amou. Eles tentaram ficar quietos os tempos subseqüentes depois disto. Eles podiam ter acabar de ir para o quarto de mestre. passado o primeiro quarto e em para o último. então girada sua atenção para suas próprias roupas. Ele não soube o que dizer. Paul estava pulando que o pedaço de distância combinada com o solo ajudaria amortizar qualquer sons que eles fizeram. da mesma maneira que ele iria Livy. Ela podia ter se livrado facilmente. e apaixonado e exigindo. e então ele a beijou novamente. Ele quis todo sua. Russell. Quando Jeanne Louise o agarrou. arqueando uma sobrancelha. Cecily. Paul automaticamente sorriu e acenou de volta.Louise que fica com eles. .

sua boca seguindo a trilha sua mão tomou segundos justo atrás. sua voz quase um gemido. Paul escapou. então puxaram as folhas acima de cobrir ele mesmo antes de levantar a bandeja novamente. e queijo. Jeanne Louise estava vagamente ciente que Paul estava gemendo junto com ela à medida que ele trabalhou. Doze Jeanne Louise mexeu com sono e abriu seus olhos. mayo.“Seu modo comigo. Paul pensou. Entretanto ele estava experimentando seu prazer junto com ela. “O que são eles?” “Presunto. Cristo. “Faminto?” “Mmm. cavando seus saltos de sapatos na cama e arrastando um travesseiro acima de cobrir sua boca como ela ficou ciente que ela estava começando a conseguir um pouco ruidoso. Ela então escovou sua mão longe e continuou o que ela tem feito. .” ela sussurrou com um sorriso malcriado que fez a pressa de sangue Sul. Ela glanced em direção à porta. suas mãos fisting em seu cabelo como ela beliscou em sua pele. Ele não teve nenhuma dúvida que estava a guiando da mesma maneira que o teve. Mas como Jeanne Louise moveu mais baixo. . Ela sentiu isto entretanto. Jeanne Louise pensou de modo selvagem. . Ele iria também coberto seu primeiro. Ele gemeu e trocou debaixo dela arreliando.” Paul fixa a bandeja na mesa de lado da cama. “Sanduíches?” Ele riu na pergunta. fiz nós sanduíches. isto não era a primeira vez que uma mulher fez aquele para ele. e então debruçado até dar seu um beijo rápido. Paul pensou esquisitamente como ela localizou um caminho através de seu estômago. uma reverberação contra sua pele que simplesmente pareceu adicionar ao que ela estava experimentando. molhada. Paul apareceu na porta um momento mais tarde. só. beijando e mordiscando seu modo abaixo sua garganta para seu tórax.” Jeanne Louise movimentou a cabeça. agora prestando atenção para primeiro mamilo e então o outro antes de continuar descendente. “eu verifiquei em Livy. “É chamado prazer compartilhado. huh?” Jeanne Louise disse com uma risada cascuda que morreu quando ele lançou uma de suas mãos para deslizar seu próprio acima de seu corpo. mas perguntou a interesse. e seu últimos semi-sensato pensado era para agradecer Deus para ele e para qualquer cientista tiveram criado nanos que permitido para isto. deslizando seus dedos em seu cabelo. ele era bom nisto. perguntando-se onde ele foi e então sorriu quando ela ouviu o som de suave footfalls descendo os degraus no outro quarto. bloqueadas as portas e acesas fora as luzes. e a tensão que constrói em seu corpo. Paul gemeu e fechou seus olhos. “Você é acordado. O prazer compartilhado era definitivamente a bomba. seus dedos e boca agora trabalhando junto e fazendo ela esquece o que ela estava dizendo . aquele sentimento seu prazer com ele. Quando Jeanne Louise pegou isto na mão e correu sua língua seu comprimento do básico até que ela podia enrolar isto em torno da ponta. Sua concentração estava no fogo que queima em sua barriga. seu corpo cantando para a melodia ele estava tocando até a tensão finalmente explodiu em uma pressa de prazer que teve ela gritando de modo selvagem no travesseiro. ela olha mudança acima dos sanduíches. Mas era só uma consciência periférica. Pareceu era sua virada. Obviamente não o pescoço ou braços. Ela parou de pensar depois daquela e se tornou nada além de sensação. desnudo como um bebê e agüentando uma bandeja com dois pratos de comida e óculos nisto. Deus. e Jeanne Louise estava indo para a veia ela mencionou mais cedo. “Tempo para alimentar. Quando ela girou sua atenção para sua seta que já era completamente erguia com antecipação. Ela estava na cama no no andar de baixo quarto . Paul acordou para achar ele mesmo deitando apartamento em suas costas para a cama com Jeanne Louise que se debruça acima dele. “Por que é quando eu toco em você que eu sinto prazer?” Paul perguntou. e rastejada sobre a cama próximo a ela.” “Meu favorito. . Entretanto nenhuma outra mulher apreciou a ajuda daqueles negócios de prazer compartilhado que ela mencionou. Paul povoou isto em seu colo e sorrida nela. . ele teve que lançar seu cabelo para medo de puxar isto. “que Você sente meu e eu sentir yo— Oh Deus. Quando seus dedos deslizaram entre suas pernas que eles eram ambas as respiração fortemente.” Jeanne Louise ofegou fora. como ele começou a trocar ele mesmo abaixo seu corpo. Como ele endireitou. ele disse. mas ele nunca sentiu aquele maldito bom antes. junto com tudo outro. ele pegou seu cabelo em cima em seus dedos de forma que ele não mais curtained seu rosto e ele podia assistir ela mordiscar seu caminho para e junto seu osso de quadril. e soube direito quando aumentar a pressão ou tempo. cresting um peito antes de desapontar sua dança de dedos através de seu estômago em direção ao ápice de suas coxas.” Jeanne Louise disse com um sorriso. Ele sorriu quando ele viu ela sentando em cima. Quando ele a agarrou.” ela gemeu como ele imergiu sua cabeça entre suas pernas. Quando ela então o levou em sua boca morna. organizada e afofou ambos seus travesseiros para eles se debruçar de volta em. estava sentindo exatamente o que pareceu melhor. ela ergueu sua cabeça e sorrido nele. Jeanne Louise podia dizer exatamente o que pareceu melhor e onde e como o acariciar para o melhor efeito. Jeanne Louise estava tão pega em cima nele que ela até não ouviu Paul gritar fora com ela.” Ela movimentou a cabeça. ela percebeu como ela se sentou em cima e os cobertores soltos para sua cintura. Paul decidiu.

“Marguerite Argeneau-Notte? Minha tia?” “Sim. . Quando ela então suspirou e beijou o canto de sua boca. ela estava certa. Mesmo assim. “Teria sido o caminho mais seguro e mais simples para conseguir minhas mãos em umas imortais. . Claro. Jeanne Louise secamente pensou. Então Jeanne Louise simplesmente esperou caladamente para ele continuar. Mas eu penso até então eu . Isso teria sido muito mais simples. .” Paul admitiu com um gesto.” Paul continuou. Paul sorriu esquisitamente e admitido. não em tantas palavras.” Jeanne Louise riu e aceitou o prato que ele resistiu. Você era um caminho para salvar Livy. “Você dificilmente pagou a mim qualquer atenção. e deram a com no poder seção em Pneu canadense—” “Você deu com Tia Marguerite na seção que pode de Pneu canadense?” Ela secamente perguntou. e eles dois caíram mudos como eles começaram a comer. Paul era mais rápido. quando eu primeiro seqüestrei você. Paul brevemente congelou. .” “Como o diabo você conhece minha tia?” Ela perguntou a assombro. . ele tomou seu prato e deixou isto sozinho na bandeja. Além de não existia nada para ter ciúmes de. Faminta como ela era. perscrutando nele duvidosamente. O momento ela terminou sua. “De qualquer maneira. “Sim.” ele disse.” .” Jeanne Louise suavemente disse.” ele disse em um risada. e ela perguntou como eu era e como Livy era. Ele nos apresentou e ela disse que ela adoraria ajudar. er .” “Você podia ter tomado outra pessoa?” Ela perguntou.” Ele concluiu com um gesto aflito. Ela até não cozinhou até onde Jeanne Louise conheceu. Mas eu fui procurando por jarros esterilizados. Então naquelas ocasiões raras quando nós tivermos um voluntário que não pode organizar um passeio de seu próprio. Sua expressão era apologética e pleiteando quando ele levantou seus olhos para encontrar sua novamente. Bem. então abaixada sua cabeça e respirou fundo. mas eu quis que ele fosse você. “existe um bonito pequeno redhead chamado Bev em meu departamento que fez isto claro que ela ficaria interessada em um . Madame. Ela estava se parecendo bastante faminta. Jeanne Louise não disse tanto entretanto. Qual implorou a pergunta—“Por que não fez você?” “Eu quase fiz. a propósito. nenhum rebuliço.“Nós apontamos para por favor aqui em casa Jones. o um fato provavelmente enchendo seus pensamentos no momento. “Nenhum de que agora. “Jeanie. Este homem precisa de alimento para continuar agradável você. “E ela encorajou que você me seqüestrasse?” “Bem. Isto era sua tia que ele estava conversando sobre. Paul sorriu um pouco.” “Amigos. . Bastien estava dando a mim uma excursão e nós só viríamos de seu lab. Paul a persuadiu de volta. A idéia causou ciúme acender-se em seu brevemente antes dela estampar isto.” Jeanne Louise olhou fixamente para ele nonplussed. e então fora em seu tronco na noite toda esperando por ela estar feito seu turno. e talvez ela podia dirigir para casa voluntários depois que nós testamos o tranqüilizante neles. atirada ela com o tranqüilizante quando ela foi bem sucedida para a porta e—” Ele encolheu os ombros. e murmurada com confusão. acabou de murmurar uma saudação e continuou perscrutar em seu microscópio em qualquer que você estava examinando. Obviamente ele não aceitou a oferta. nenhuma preocupação sobre máquinas fotográficas ou segurança. “Ela deveria almoçar com ele ou algo. . “Nós encontramos meu primeiro dia em Empreendimentos de Argeneau. Ele quis dizer este Bev quis ser seu amante. “eu podia ter tomado outra pessoa. quebrar em carro do seu amigo para entrar na garagem de estacionamento. “Nós temos tipo de nos tornamos amigos. Os principais pensados que encheu seus pensamentos desde que ele tem as notícias. então ela disse a coisa mais estranha. Ele então deu seus um dos óculos dos que giraram fora para ser chá gelado. Até não ergueu sua cabeça quando Bastien nos apresentou. tipo de. Jeanne Louise curvada suas sobrancelhas no termo. ela vem e coleciona eles e leva para casa eles.” ela o assegurou.” ele disse relutantemente como ela sipped na doçura.” “Você quer que eu gire ela. Jeanne Louise praticamente inalou seu sanduíche.” Paul pausou sorrir nela esquisitamente. Nenhum muss.” Jeanne Louise nitidamente interrompeu. você moça insaciável. Teria estado aí mesmo na superfície. e então agitou sua cabeça. “Eu podia ter a convidado acima da casa para jantar. sabendo que ele era certo. líquido glacial.” Ele fechou seus olhos e então abri eles novamente e admitidos. “Nós precisamos conversar sobre Livy. “De qualquer maneira.” Paul sorriu e disse simplesmente. eu pensei que era tudo que eu me importei com. ela era seu companheiro vitalício. . “E então eu choquei-me com Marguerite enquanto eu era fazer compras para cadeia—” “Marguerite. “Ela disse isto só inesperadamente. “Teria sido a coisa mais fácil no mundo para a chamar e dizer a ela que eu decidi eu assim. Marguerite não pôde nada.” Jeanne Louise olhou fixamente para ele caladamente.” Paul assinalou. “Ela não soube que eu planejei seqüestrar ninguém. “E você definitivamente faz isto. eu não disse a ela que Livy estava doente. Eu quero dizer . Marguerite surgiu para o corredor à procura de Bastien como nós deixamos seu lab.” ele demorou teasingly. amizade. “Eu sinto muito perguntar a você. não mencionar mais fácil que furtivo ao redor.” Ele não teve que. Ela realmente o encontraria? Aparentemente. debruçando apertar um beijo para sua bochecha. Marguerite teria arrancado isto de sua mente sem até tentando.” Jeanne Louise disse um pouco.

” Ele fez careta. “Eu notei você que primeiro dia durante a excursão e—apesar de ainda lamentando acima de Jerri—achou eu mesmo procurando por você. Eu penso que eu estava pulando em meu coração de corações que algo como este aconteceria. Que nós teríamos esta conexão e paixão. como mais immortals. Fazendo muito é castigável pela morte em todo caso. Muito ajuda nos proteger de descoberta.” Sorridente crookedly. e perguntado. Seu cabelo é preto e eu sempre preferi blondes.” “O prazer compartilhado?” Ele perguntou. e perguntado. Paul glanced para ela. e então adicionado. no caso dele ser mortal. gostar de eu.” “E o outro?” Ele perguntou tensely.” Ele deixa seu bebida na mesa de fim e então fugida abaixo na cama.” “Companheiro vitalício?” Ele duvidosamente perguntou. “O que acontece para um imortal quem quebra aquela lei?” “Morte.” Paul movimentou a cabeça.” “Eu sou. e então disse a ele.” Ele grunhiu nisto. Ela considerou que brevemente e então perguntado. A pessoa que reinvigorates nosso apetite para comida e sexo e que funde conosco muito totalmente durante o lovemaking que nossa paixão é compartilhada e nos subjuga ambos. Jeanne Louise soube isto. “Mas eu só .” “E nós fazemos. . Jeanne Louise ligeiramente sorriu.” Paul muttered. “Causaria um frufaraw se corpos começados a aparecer drenado de sangue com marcas de mordida neles. “E então eu comecei a notar seus sapatos e se tornaram algo de um jogo para ver que uns você estava vestindo todo dia e eu tentaria achar o que humor que significou que você estava em. mas ela continuou.“Qual era isto?” Jeanne Louise cautelosamente perguntou. . todo dia eu esperei ansiosamente tomada minha fratura de forma que eu podia só ver você. Paul adicionou. e então levantou uma sobrancelha em questão. “Mas existem também duas leis que eram postas em lugar para nos manter de crescente muito depressa como uma população e superando nossa fonte de comida. Que ele a escolheu porque ele foi atraído para ela para mais de dois anos. . “Que era sempre melhor para ir com seu coração. immortals nunca estão fazer qualquer coisa que poderia desenhar atenção para a existência de nosso tipo. Ela não interveio exceto dar a ele o cutucar ele precisou decidir-se por a levar em lugar da rota mais fácil de tomar Bev. Que às vezes não era a rota mais fácil. “Cada imortal tem permissão para girar só um mortal em nosso tempo vitalício. Poderia levar a descoberta que nossas pessoas existem. e então antes dele poder dizer qualquer coisa. Em paz. adicionou. e agora ela teve alguns explicando de sua próprio para fazer. que podia ser um companheiro verdadeiro para nós. “A princípio. Eu quis que você encontrasse Livy e como seu e . A mulher teve que ter pensamentos do Paul lido e sabido o que ele era até.” Ele piscou em que pareceu ser uma mudança de assunto. era economia que para meu companheiro vitalício quando eu o achei. “Nós não temos permissão para alimentar em uma mortal até a morte. eu quis que ele fosse você. “Enquanto teria sido mais fácil conseguir Bev para a casa.” Paul estupidamente achou.” “Eu estou sentindo um padrão aqui. . quebrar aquela lei é castigável pela morte.” Ela pausou e então adicionou. . então não ficava surpreendido quando sua expressão de repente virou preocupado. mas era sempre o direito um. Ela então rolou sobre seu lado e escorou sua cabeça em seu upraised mão para perscrutar abaixo em seu rosto. “E seqüestro mim estava ‘indo com seu coração '?” “Eu quis você. “Nós somos um tanto quanto rígidas com nossas leis. Quebrar aquela lei significa morte. Eu variei meus tempos de fratura para compreender quando você tomou seu até que eu tive sua rotina. “Uma daquelas regras é que nós temos permissão para só para ter um criança a cada cem anos.” Jeanne Louise suavemente disse. e além disso no princípio era só um pouco mais que um mês depois que minha esposa morreu e eu me senti culpado como inferno para até olhando para você. mas simplesmente esperada por ela continuar. e então adicionado. e ela tinha muito prazer em saber que ele tinha estado interessado nela para mais que girando Livy antes de a levar. “E suas outras leis?” “Nós também somos restringidos para ensacar sangue. “eu. “Que uma pessoa nós não podemos ler ou controle. estando em suas costas e olhando fixamente para o teto à medida que ele confessou.” Paul não era um homem estúpido. Jeanne Louise tomou uma respiração. Talvez feliz. mas continuou. “Não.” Ela solenemente disse.” Paul admitiu esquisitamente. eu não saber. mas ele também protege nossas pessoas. Fez-me sentir . . “Paul. mas continuou. “Você não parece feliz para saber isto. Isto é para proteger mortals.” ele disse simplesmente. “Basicamente. immortals tem leis só gostam de mortals fazer. tipo de.” ela admitiu.” Jeanne Louise segura ele. A mulher era incrível. Mas isso não mudou os fatos. pensando que ela teria que ter uma conversa com sua tia quando isto era todo resolvido. eu não soube por que você me fascinou. . Eu até tomei nota do que você comeu e bebeu. “Novamente.” Jeanne Louise admitiu.” “E você girou seu.” ela admitiu e assinalou. e quebrar aquela lei—exceto em uma emergência—podia morte muito bem média também. ela pensou secamente e então deixa sua próprio bebida na mesa de fim em seu lado da cama e anuncia também.” Paul solenemente disse.

É raro. Existe o pequeno assunto de seu seqüestro um imortal com a intenção de convencer eles para girar Livy.” ele disse em um suspiro. e então disse. mas você podia.” Jeanne Louise solenemente movimentou a cabeça. e então perguntada. “Eles estão verdadeiramente acasalados até a morte faz que eles separam. “O que você está fazendo?” “Tentando despertar eu mesmo. Eles teriam que lidar com aquele e o conselho. “Provavelmente não. Tão esperado. Percebendo que Paul tinha estado quieto durante algum tempo.” “Não.” Ele começou a sorrir.” Paul parou de beliscar ele mesmo e encontrou ela solenemente olha. Você precisa ser treinado em coisas do gênero.” “Qual significa que você estará sofrendo suas enxaquecas para ela. “E isto não é nosso só problema. A pensada feita carranca de Jeanne Louise e se preocupa seu lábio. então ela adicionou. Paul. “eu quero isto também. ninguém podia substituir você para mim. Ela tem estado tão preocupada sobre como galantear Paul e consegue que ele a queira para ela mesma que ela até não começou a considerar as outras dificuldades à frente deles.” “Como Livy. “eu posso fazer aquele para ela depois de que você girar-me?” Jeanne Louise soube que ele sentiu muita culpabilidade acima de que ela sofrendo em lugar do Livy.” ela assinalou com um sorriso largo.” ele solenemente adicionou. Ele quis ser seu companheiro vitalício. “Este tem que ser um sonho. você não poderia girar qualquer companheiro vitalício futuro que você poderia encontrar que era mortal. Você está dando a mim tudo que eu quero e vida só nunca vai isto suavemente. é?” “Podia ser um problema. e não simplesmente faz ele para salvar Livy. Iria descobrir. Eu quero girar você e gastar o resto de minha vida muito longa com você como meu companheiro. Você não terminará da virada com o conhecimento e habilidades de umas imortais que tem sido treinada nisto. e então acautelado.” Jeanne Louise mordeu seu lábio.” “Seu companheiro vitalício. Isto era o que ela esperou. “Você não vai morrer. ?” “Não. Para ser com você até morte. Existia ainda o fato que ele seqüestrou ela para conseguir ela para girar e salvar sua filha. Que ele poria Livy acima de tal consideração. O homem teve decapitado seu próprio irmão gêmeo quem ele amou afetuosamente quando o homem quebrou uma de suas leis. que encabeçou em cima o conselho e pôde ser bonito irreconciliável sobre coisas assim. “Mas espero que o fato que eu fiquei de boa vontade e que você é meu companheiro vitalício será levará em conta. mas sentiu Paul devia ter todos os fatos antes dele fazer sua decisão. “Então. “Mas quer dizer se eu morresse. mas ele aconteceu em casos onde o turnee está doente ou caso contrário debilitado. “Sim. você não pode girar Livy. Paul. alívio que despeja por ela.” Jeanne Louise realmente não pensou que importaria para ele. nós podíamos. Ela simplesmente se debruçou abaixo e o beijou.” ela disse suavemente e era como contente no pensamento como ele pareceu ser. “Mas se você girar-me.” Ele disse as palavras lentamente como se saboreando eles. “Você não pode ler ou me controlar. pelo menos coisas com ele.Ela movimentou a cabeça. Ele seria um companheiro vitalício verdadeiro. ela saboreou o momento e então abriu seus olhos e disse. “Quanto tempo—eu quero dizer. Immortals acasala por toda vida.” Paul fez careta. e especialmente seu tio. mas da mesma maneira que depressa carranca ao invés. ou . “Você é meu companheiro vitalício. faça este prazer e material compartilhado enfraquecerem fora de.” ele disse. Paul piscou vários tempos como seu cérebro digeriu aquele e então ele respirou.” . Joy espalha em seu rosto. Então nós poderíamos querer tardar em girar ela para um pouco. “eu assim. eu não deixarei você.” Ela sorriu de volta. “Eu suponho que não vou examinar cuidadosamente bem. “Você podia girar-me. ela glanced para ele e carranca quando ela viu ele beliscando seu braço.” “Certo. Você. “Diga a mim. Livy e me. . Jeanne Louise hesitou em adicionar a sua infelicidade e preocupações. e então stilled e perguntado. e eu podia então virada Livy?” Jeanne Louise movimentou a cabeça. e então adicionado. ele acenou suas palavras longe tão sem importâncias.” “A virada é muito dolorosa. o que ela precisou estar certa de antes dela poder revelar o caminho para salvar Livy e o ter também. “E nós podíamos ser uma família. Ela apreciaria ajudar a a levantar.” ela admitiu. “eu não disse que suavemente iria ir. É uma provação e às vezes o turnee morre. mas ele teve que conhecer. Fechando seus olhos brevemente. Além disso.” ela o assegurou.” ele secamente disse.” ele infelizmente disse.” “E eu sou seu?” Paul perguntou a maravilha. Jeanne Louise já amou a pequena menina como sua própria. Bem. mas sua voz era solene e sincera quando ele disse. Jeanne Louise não assinalar que ele provavelmente sentiria aquele modo sobre sua esposa mortal Jerri uma vez. então quase sentia muito dizer a ele.” Paul quietamente disse. “Sim.” Paul severamente disse. até que nós consigamos seu mais forte. aliviou aquelas coisas descobriram afinal. .

seus colmilhos ainda protraindo e relampejando branco na escuridão. lanceando a criança com um olhar. Antes de Paul poder responder. “Então é certo para começar em um pouco irmã para ela imediatamente?” “Eu assim. Ela simplesmente não teve acesso ao sangue precisado ficar grávida.” Paul murmurou. para eles dois. Seu atacante deve ter pego um pouco de som. ele disse a ele mesmo que ele seria lançado assim que o Jeanne Louise imortal percebida estava aqui de boa vontade. ela decidiu que eles fizeram suficiente conversando e estava na hora de para alguma distração . Desde que era uma preocupação sozinha mente. seu rosto empalidecendo e então ela gritou em terror. e então adicionou huskily. Para protelar o pânico tentando o reivindicar. . Paul deita quieto e unmoving debaixo da carícia gentil a princípio.” Paul sussurrou. Paul não podia respirar e escuridão estava começando a obscurecer os cantos de sua visão. mas pausou como ele glanced atrás para ver que os cobertores tiveram deslizaram para sua cintura deixando seu nu da cintura para cima. “eu verificarei e chamarei se for Livy e você serem precisados. ela se debruçou abaixo e o beijou. fazendo isto mais fácil ver. você vai em frente e vestido. Eles eram ambos ofegantes quando ele concluiu o beijo. como se ele tivesse sido rebatido sobre ou acidentalmente chutado. Voltando para seu ele apertou um beijo para sua fronte. ele a beijou novamente.” “Certo. Ela não tomou o tempo para explicar que uma mulher imortal podia só ficar grávida e levar a criança para chamar se ela deliberadamente superalimentado em sangue para manter o nanos ocupado suficiente não expelir a criança como um parasita.” Jeanne Louise movimentou a cabeça e se sentou em cima como ele rolou fora da cama. ou talvez seu odor. Tão escuro quanto era que ele podia dizer que seus olhos eram largos. “eu só—você disse que nós estamos só permitidos uma criança a cada cem anos. Soou como um brinquedo ou qualquer outra coisa pequeno tinha sido enviado corrediço através do taco.” “Não há necessidade. Ela assistiu ele colocar sua calça jeans. Nós temos que esperar até Livy é cem antes de nós ter uma criança? Nós devíamos estar usando proteção?” Ele perguntou. sua boca boquiaberta com terror. e aquele então ele poderia respirar novamente. “Em segundo pensamento. No próximo momento ele sentiu um estranho arrepiando em sua cabeça e percebeu a não necessidade da mesma categoria ele para falar. não uma criança nascida de uma imortal. Levou um momento para sua mente para o processo que era um homem na frente dele com arder olhos. sua mente obviamente preocupada com os problemas possíveis à frente deles.Jeanne Louise podia dizer da preocupação em sua expressão que ele não pensou que era provável. e então deu uma boqueada sufocada como o homem de repente o pegou por uma mão na garganta e o ergueu fora do chão para o agüentar para trás na cozinha.” Jeanne Louise quietamente admitiu.” Paul prometeu.” Ele apertou sua mão ao redor sua garganta. “É provavelmente Boomer. “eu não quero arriscar você sendo morto —” “Não. e então lunged longe e pulou longe da vista como Livy era lançado fora de equilibrava e ao lado. “Eu vestirei por via das dúvidas. relampejando algum bonito sórdido.” Jeanne Louise riu nas palavras. e removeram seus braços de ao redor seu pescoço para permitir a ele endireitar. Paul tentou agitar sua cabeça que ele não machucou Jeanne Louise.” Paul disse. . “Não era muito esperto para deixar sua filha tocar fora frente. Paul deixou a porta do quarto abre e usou a luz que derrama do quarto atrás dele navegar seu caminho para os degraus e recomeçar atividades eles. Mas movimento acima do ombro do homem pegou sua atenção e ele desesperadamente piscou longe a escuridão tentando aglomerar em ele e olhado fixamente com horror como ele reconheceu figura pequena do Livy aguardar os degraus. Apesar de todas as dificuldades e problemas. O cachorro pequeno deu um grito de dor como seu pé desceu nele. “Livy será contado como sua virada. eles conseguiram resolver isto. “Nós conhecemos que você tem Jeanne Louise. Para tal fim. Eles tiveram que. Mas depois que um momento ele começou a a beijar de volta. seus olhos comendo toda polegada dele antes dele parar eles. seu golpe de costas o que ele pensou estava a geladeira. e girou fazer uma corrida para isto. ele estava procurando pelas respostas em sua cabeça ele mesmo. entretanto ela soube que não era possível. O som de seu corpo pequeno caindo abaixo aquela curved escada. mas até que era impossível com o aperto do homem em sua garganta. “Então eu posso despir você novamente quando eu voltar abaixo. Mas ele deu a ela esperar que eles podiam superar os problemas com o conselho também. e o modo seu grito era cortado muito abruptamente assombraria Paul por muito tempo. ele disse. mas congelaram como uma forma de escuridão apareceu antes dele. e disse. pointy olhando colmilhos à medida que ele rosnou. Mas Boomer estava lá. Agora onde ela está?” Incapaz de falar. Ela podia acreditar nisto. este tempo no lips. Vendo por um momento sua expressão desapontada. e se você a machucasse. Ela estava só começando a pensar ela teve sucesso em o distrair quando ele de repente pegou seus braços e forçou suas costas para quebrar o beijo. Pelo menos ele estava certo que era a maçaneta da geladeira que slammed dolorosamente em seu braço à medida que ele bate. você lamentará isto o resto de seus dias muito pequenos e miseráveis. Eu estava dirigindo por e a vi. O luar estava vislumbrando pelas janelas como ele alcançou o chão principal. . “Onde está ela?” Paul aceitou em devolução um passo cauteloso. Ela não achou isto possível. Recuando para a cama. Ele andou fora dos degraus e girou mover em direção ao corredor para os quartos. No próximo momento.” Ele relaxou e até administrou um sorriso.” Jeanne Louise interrompeu. cobrindo um peito com sua mão e suavemente apertando. encabeçando fora do quarto. E então os imortais trancados seus dentes. Olhos alargados adicionais do Livy. mas simplesmente disse. porque a imortal de repente rodada sua cabeça. mortal. então eu vi você. snarling. o som de algo skittering através do chão de cima fez eles ambos endureceu e olhar em direção à porta. “Atrás em um minuto.

“Por favor não deixe ela morrer. Ela então segurou isto novo cortar acima de cabeça ferida do Livy e começou a apertar o ferimento como se tentando conseguir tanto catchup como possível fora de uma garrafa de plástico. então girada ela olha para Justin e glared nele com toda a ira ela estava sentindo como ela desistiu de seu futuro e fez a única coisa que ela podia. Jeanne Louise soltou ajoelhar ao lado de sua procura por uma pulsação. Ela não adicionou “apenas. Mas Jeanne Louise vacilou como se ele a chicoteasse com as palavras. perguntando em um sussurro. Ele não era mais tentando ficar Justin passado. Treze “Jesus. Ela podia ver direito por para seu crânio fraturado. ela latiu. culpabilidade e confusão em sua voz. como também droga facilitar a virada.” Paul gemeu e Jeanne Louise perscrutou nele. olhos indo duro como ela Justin Bricker manchada descendo os degraus em velocidade. Paul moveu para ajoelhar em Livy é outro lado. Entretanto este tempo o ferimento ela causou era maior. incapaz até para dizer o morto de palavra. e apressado para o banheiro entre os dois quartos. o que você está fazendo?” Justin Bricker respirou com horror como ela desistiu de sua uma virada para a criança. O ferimento era tão grande quanto sentiu para sua mão. soando horrorizado. Eu não podia. Braços e pernas alargados e cabeça para um lado. “Cristo.” Justin muttered. Ela enviou o homem que ela amou um olhar de desculpa. para ele e Livy. Ele permaneceu então seguir quando ela levou a menina no quarto que eles usaram.” Paul quietamente disse. Ele então girou e se apressou do quarto. um pedido quieto de Deus. “Ela sobreviverá?” Jeanne Louise não respondeu imediatamente. Jeanne Louise veio para amar a criança morrendo antes de seu. “Ela é viva. Jeanne Louise mordeu violentamente em seu pulso. e Jeanne Louise caladamente ecoou a palavra. mas agora existia o ferimento de cabeça e a perda de sangue. “Eu não sei. este tempo um grito agudo de dor era rasgada de sua garganta com a ação. a ponta de pele ela rasgou longe quase duas vezes o tamanho do primeiro. Paul estremeceu e começou a se virar. Erguendo seu até tanto revelou que o tapete onde a menina aterrissou era soaked com sangue. “Ela me viu e gritou e girou correr e—” “E você não tomou controle dela e a parou. Certamente não pareceu bom. Jeanne Louise scowled. No próximo momento. Paul tragou no silvar respiração ela chupou em como ela fez isto. ela apressou adiante. Soltando a calça jeans que ela só levantaria. Era uma dor que ela estava se sofrendo.” Bricker disse. “Peça ajuda. “Oh Deus. Ignorando a pergunta. De fato. Ela sentiu seus olhos encherem com lágrimas como ela assistiu sua dor. Ela fixa a criança na cama e então girou ela em seu estômago de forma que ela podia examinar a de volta de sua cabeça. mas o afastou de alcançar qualquer uma das fêmeas.” Jeanne Louise disse como ela achou uma pulsação. ela carregou fora do quarto na hora certa para ver o corpo pequeno da criança caindo degraus abaixo em um obscurecer de braços e pernas. então glanced para Paul como ele alcançou a parte inferior dos degraus e achou seu modo bloqueado por Justin. A criança caiu a sobre de volta.” Justin hesitou. mas congelou como ela sentiu a aberta cortar atrás de sua cabeça. e ela não podia não mais aguardava e assistia acontecer sem fazer qualquer coisa para parar isto que ela podia ter se era Paul deitando lá no chão. alcançando a parte inferior dos degraus como Livy veio para uma parada lá. um IV. “É ela—?” que Paul corta a pergunta.” Jeanne Louise estalou. . Enquanto Jeanne Louise meramente grunhiu a primeira vez que ela se mordeu. sua camisola trançada ao redor seus pequenos joelhos. rasgando longe uma ponta de pele.” o Enforcer disse. Jeanne Louise. Ela estava fazendo este para ele afinal. entretanto forçou ele mesmo para assistir a mulher que ele amou rasgar um ferimento boquiaberto grande em seu pulso. Ela então apertou o esguichar ferimento para boca aberta do Livy. ela de repente levantou seu pulso incólume para seus colmilhos e criticou severamente isto com até mais intento maligno que ela teve o primeiro. seu levantamento de cabeça. Ele não falou até Jeanne Louise removeu seu pulso de boca e scooped do Livy ela em cima. Clamando. sabendo que ela estava se causando até mais dor. “Eu tentei. Livre abordar agora. incerteza e medo que batalham em seu rosto. Não só estava lá o tumor para o nanos combater. ela começou a deslizar suas mãos debaixo da menina para a escolher em cima.” mas temeu que era o caso. Furiosa e com medo para a criança. A pulsação do Livy era fraca e thready. sua expressão torturada. “Era um acidente.” ela infelizmente disse. O imortal não moveu. Era uma oração realmente.Jeanne Louise tem até onde puxando sua calcinha e Camiseta atrás em quando ela ouviu Livy gritar. Ele também lateralmente girou para ficar Paul passado e recuou de cima como ele apertou o telefone para sua orelha. entretanto retirou-se seu telefone e começou a esmurrar números. Nós precisamos de sangue e muitos isto. e seu estado debilitado. ele estava balançando onde ele permaneceu. “Você fez isto?” Ela rosnou accusingly logo antes de Paul apareceu no topo dos degraus e começou abaixo também. e cadeia. ignorando seus esforços frenéticos para o empurrar de lado.

” “O que aquele assunto? Ela já esteve morrendo. “Você tem algum sangue?” “Nós só temos um remanescer de bolsas do par. “Ajudará?” Jeanne Louise agitou sua cabeça e levantada fora um suspiro cansado. uma retirada de débito e transação de cartão de crédito aparecido. “Depois de eu manchado você deixando o estacionamento de centro comercial. seus ombros inclinando infelizmente como ela glanced para Livy. mas só a princípio. e deixe sua gota de pulsos para seu lado. eriçado de pé atrás de pai da Jeanne Louise. Eles souberam que nós estávamos lá e eu não pensei que levaria a seu compreendendo onde nós estávamos. Nenhum deles examinaram vinte e cinco ou então.” ele explicou. Armand. “Eu não sei. “eu quero dizer sim. suas sobrancelhas subindo como ele manchado a mulher preto alta com cabelo pequeno.” Eshe solenemente explicou. “Papai!” Jeanne Louise disse com alívio e se apressou adiante para abraçar o homem enquanto Paul bocejou. Eles estavam procurando as cidades pequenas ao longo lago Huron para você também. “Nós já seríamos manchados em Londres. . Quando Jeanne Louise girou para ele em questão. eles poderiam ser capazes de conseguir por ele chegar ao tumor depressa e começa a trabalhar nisto. Paul trocou ao lado para ver que este novo locutor era. e então mudou de idéia naquele quando o homem em questão lançou Jeanne Louise e girou o lancear com um olhar de antipatia fria e disse. Cristo.” voz respondida da mulher. Deglutição. pondo uma mão em seu braço. . Entretanto nem fez Jeanne Louise. ela glanced atrás e perguntado. como façam Etienne e Rachel. embrulhando as toalhas firmemente ao redor cada. “Aqueles junto com o mosquito repelente sugeriu a praia para nós assim nós nos concentramos em procurar o waterside cidades em um ou outro lado de Londres. O nanos poderia ser capaz de curar o ferimento de cabeça. “Isto é o bastardo quem seqüestrou você.” ele rosnou e Eshe subiu atrás dele. Boca apertada. Ele arruinou tudo ele mesmo. Papai. O silêncio reinado no quarto para um momento e então pai movido do Jeanie para a cama para perscrutar abaixo em Livy. .” Jeanne Louise disse depressa. Jeanne Louise disse que seu nome era. pensando que o sujeito definitivamente agiu gosta de um pai. tragou a bílis em sua garganta e depressa abriu a porta de armário debaixo da pia. . Ele reconheceu seu de uma vez como a mulher no furgão no centro comercial em Londres. “Só umas bolsas do par?” Jeanne Louise ecoou com desânimo. Ela não era forçada. . rosto se virou e mãos clenched. Era a única coisa que eu podia pensar fazer. mas não era por isso que ele veio. Ele trouxe estas pessoas aqui com suas próprias ações. Eshe. . Seu olhe deslizou para Jeanne Louise mas ela não estava olhando para ele agora. . Ela esteve morrendo. nem mesmo pensando que . Paul disse sem ajuda. “Bricker disse que você usou seu ligar ela?” “Eu não tive uma escolha.” Paul sentiu o sangue deslizar de seu rosto. seu estreitamento de olhos no homem com cabelo escuro pequeno agora entrando o quarto. Jeanie?” “Oh . Era a balsa e asas da água. ela adicionou. .” Ela encolheu os ombros sem ajuda. Quando ela finalmente desistiu de conseguir mais. o sujeito não pareceu com que ele podia ser seu pai. só seqüestrado e emocionalmente chantageados. Papai? O sujeito teve cabelo escuro pequeno.” Paul girou nitidamente naquele grunhido. Era sua escolha. Ele fez uma bagunça de tudo. vestiu calça jeans e uma Camiseta e não examinou um dia vinte e cinco. Odiando ele para soprar isto para eles. Ele é meu companheiro vitalício. lançando outro modo do clarão Paul. . Ou ele era. movendo para se pôr entre Paul e seu pai. Paul andou para seu lado e usou as toalhas para ligar primeiro pulso ferido e então o outro. ou qualquer do outro immortals ele já encontraria. Ainda ela apertou no ferimento tentando conseguir mais do valioso líquido fora. o ferimento reduzido para pequeno mais que uma gota.” ela estupidamente adicionou.” seu pai secamente disse. Bricker saiu para ir buscar eles do refrigerador no furgão. “Por que você sangrou em sua cabeça?” Paul perguntou quietamente como ele terminou com o segundo pulso. Uma pilha de toalhas sentadas dentro de e ele agarrou vários e então apressado atrás para o quarto onde o pulso da Jeanne Louise parou de esguichar. er . “Ele assustado ela e ela caiu os degraus. “Ela ama a criança. Ele trocou uncomfortably debaixo do olhar. “Ela é a filha de seu companheiro vitalício. “Nicholas e Jo são só alguns minutos longe e têm mais em seu mais gelado.” Armand Argeneau rosnou. “Poderia ajudar. Ele ignorou o banheiro.” “Não. não. Sobre se ajudará ou não entretanto . Ainda . Ele próprio provavelmente teria sido urinado no modo como coisas tocaram fora se ele fosse pai da Jeanne Louise. E seu crânio é rachado.” Eshe suavemente disse. . Sua madrasta.Paul sentiu como ele iria estar doente. Quando seu pai girou um afiado a assiste para a mentira. . ele perguntou. ele miseravelmente supôs. “Como você soube que nós estávamos no lago?” Jeanne Louise perguntou a uma carranca. Eu figurei era seguro suficiente para conseguir gás e retirar mais dinheiro. ele comprou eles no posto de gasolina.” Jeanie quietamente disse. Eu não estou sendo seguro contra meu lega mais.” “Não era o dinheiro ou gás que disseram a nós. Paul pensou. Ela permaneceu.

“Por que? O que ele quer dizer?” Paul perguntou de uma vez. agora vazio. ela curvou virar Livy e então ergueu primeira pálpebra e então o outro. mas olhando um pouco pequena para seus olhos.” Jeanne Louise o reassegurou depressa.“O que é isto?” A pergunta tensa da Jeanne Louise desenhou Paul de sua flagelação própria como ela subiu ao lado de seu pai para perscrutar abaixo em Livy. “Quanto tempo até as drogas. Jeanne Louise endireitou e tomou ambas as bolsas de Justin. Ele disse que eles tiveram umas bolsas do par. Era como se ele andasse no filme O Exorcista. Ela ainda deita em seu estômago na cama.” ele respirou. Deixando seu pai e Eshe tentar segurar Livy. Pai da Jeanne Louise já lançou pernas do Livy e correu para agarrar a bandeja de madeira fora da mesa de lado da cama. o cortar atrás de sua cabeça visível. “A racha o fim com sua unha e despeja isto em sua boca. “O que você está fazendo? Por que você está a segurando abaixo assim? Ela—” Paul pausou como ataques apoplécticos transformada em debulha do Livy. “Jeanie?” Ele disse em questão.” “Isso podia ser um problema. Ele deu o pedaço menor de madeira para Eshe que deslizou isto entre dentes do Livy. sua mente completamente em Livy está sendo saudável e forte. “Ela está tendo ataques apoplécticos. sangue. Era o modo que a criança pareceu estar vibrando na cama que pegou sua atenção e seguro sobre isto. horror que fecha com fecho por ele quando sangue começou a esguichar de sua boca. mas congelou. O nanos curará isto. Garrett—” “E as drogas e IV?” Eshe interrompeu.” Paul glanced ao redor naquela palavra para ver o imortal que causou este apressando no quarto com o par de bolsas de sangue Eshe mencionou. Anders tem seis e não devia ser longo qualquer um. “Ela é mordida o fim de sua língua quase fora de. ensaque de lado e tomou o segundo de Paul até racha ele aberto.” “Que vontade Paul perguntou. mas ele apenas escutaria a precaução. “Aqui. e IV cheguem aqui?” Paul ouviu Armand pedir a Justin quietamente. dizendo. e ele movimentou a cabeça. Em lugar de resposta. ele perguntou shakily.” Eshe disse severamente como Jeanne Louise lançou o primeiro. colocando suas mãos em seus tornozelos e apertando eles na cama.” Eshe instruiu. “Desenhará os vizinhos. Ignorando ele. mas soube que eles só fariam aquele se ela sobrevivesse à virada. Livrou as mulheres para mover suas próprias mãos para seus ombros e braços. Qualquer que ela viu feito ela endireitar abruptamente com desânimo. Armand moveu para o fim da cama. E Paul estava muito com medo que ela não iria. Mas Paul realmente dificilmente notou isto. recuando tentar ajudar alça Livy. frowning nas bolsas. “Armand—” Ela não aborreceu terminar qualquer que ela iria dizer. Justin aumentou tomar seu lugar e ajudar alça Livy. “Meia hora para quarenta e cinco minutos. “Deus querido. mas quando dentes de Livy clamped está descontente com a madeira. Jeanne Louise o advertiu que a virada era violenta e uma provação. “Nicholas e Jo deviam estar aqui qualquer minuto.” ele infelizmente admitiu. “Quer dizer o nanos já estão trabalhando em seu cérebro. Paul moveu para o pé da cama para conseguir um olhar para sua filha também. Ela não teve que. Livy respondeu sua pergunta se começando a gritar no topo de seus pulmões. “Nós vamos precisar mais que umas bolsas de sangue e depressa.” Jeanne Louise severamente respondeu. Paul não imaginou nada como este pesadelo. “Ela mordeu sua língua fora de?” “Não a distância toda. concirna o reivindicando à medida que ele fez. Jeanne Louise removeu a madeira de entre dentes e tipped do Livy a bolsa acima de sua boca agora desobstruída. ela deu uma bolsa para Paul esperar por e racha sua unha através do topo do outro. “Eles têm que voar eles. Ele não aborreceu passando sem tocar ele primeiro. simplesmente enviou o metade vidro cheio dos pratos de sanduíche vazio e Paul de chá gelado voando como ele agarrou isto.” Jeanne Louise assinalou.” “O que estar acontecendo?” Paul perguntou. uma carranca reivindicando sua boca como o vibrar pareceu levantar em força. movendo em torno da cama Jeanne Louise ao lado oposta e curvando colocar suas mãos em braço e perna do Livy até como Jeanne Louise curvou fazer o mesmo a seu lado. O momento ela removeu eles de suas mãos.” Eshe respondeu.” Eshe nitidamente disse. “Nós não temos um IV. Armand então moveu ao redor para o lado do Eshe. Paul assistiu isto caladamente. Eshe não aborreceu responder. só não era vômito verde vomitando de boca da sua filha amada. Ele imediatamente recuou para a cama para tentar ajudar a segurar abaixo. empurrando Paul fora o modo de forma que ele podia se debruçar acima de pernas do e cinta Livy. estalando fora do fim da bandeja à medida que ele foi. .

E ele é toda minha culpa. É o que eu fiz depois de perder meu. Nicholas movimentou a cabeça. e nós seremos uma família.” Nicholas quietamente disse. A última coisa ele lembrou de era pânico de prender a atenção ele como Livy começou a gritar de modo selvagem e trilhar gosta de uma coisa selvagem. “Nicholas Argeneau. “Ela vai por isso tudo de novo.” “Não.” ele solenemente disse. “Meu pai põe você para dormir e deitou você aqui para manter você fora do modo. “Todo mortals estão morrendo.” Paul protestou. Paul percebeu. Vários minutos passados aquele modo e então ele de repente permaneceu. Ele se sentou em uma cadeira pela cama. que ela evitaria que ele evitasse ser arrastado para a extremidade da sombria com ele e assistir ele ser plantado no chão. Ela devia vir para certo agora. e então pediu à outra pergunta mais importante para ele. ávido ver ambas as Jeanne Louise e Livy. Só para não para desde que nós esperássemos.” “Você perdeu seu companheiro vitalício?” Paul quietamente perguntou. suas palavras que ecoam em sua cabeça. Ele não viu muita felicidade adiante para ela.” Paul se sentou em cima e balançou suas pernas fora da cama de uma vez.” Paul olhou fixamente para Nicholas. Você pode ter vinte a quarenta anos antes de você ir. “Eu estou certo que você quer ver Livy. Se ele só parasse pensar.” ele reconheceu. sobrancelhas subindo quando ele viu que ele estava perscrutando em direção à porta como se escutando algo. e se o dois de você fica junto. Paul Jones. Ela não poderá se arrastar longe de você. e que você fez o melhor não a machucar e a fazer tão confortável quanto possível. ele seguido depressa. “Livy melhorará.” “Nós estaremos certo. sua expressão triste. até millennia antes de achar outro. a pergunta no lugar mais alto em sua mente.” Nicholas disse simplesmente. e seu plano teriam ido em frente à medida que eles pretenderam. E ela é usada sua liga se minha filha. Ele então perguntou. mas ele não teve uma pista como ele tem lá. Quando o outro homem movido para a porta. “Você é seu companheiro vitalício. “Por que não? Eu seqüestrei sua irmã.” Paul disse. Irmão da Jeanne Louise.” Paul levantou sua cabeça e perscrutada no homem que falou. Eu piedade ambas você e Jeanne Louise agora mesmo. “Mas immortals pode ir séculos. Mas eventos interferiram e agora ela não pode girar você. Eles levantaram o terror nele que Jeanne Louise poderia o deixar agora.” A resposta fez ele erguer sua cabeça novamente. “Isso não acontecerá. . Paul glanced em direção a ele. “E Jeanne Louise?” “Ela é alimentação de cima.” Nicholas caiu mudo. e se seu próximo é mortal muito que . Paul tomou uma respiração aliviada. Eles seriam uma família. O sangue e drogas chegados ontem à noite. e não comprou aquelas asas da água e a balsa no cartão de crédito quando ele tem gás em Pneu canadense. Ele obviamente estava machucando para sua irmã. e então admitido. “Ela é pela pior da virada.” “Você realmente pensa que Jeanne Louise quer assistir você murchar e morrer mais que você quis assistir Livy murchar e morrer?” Nicholas solenemente perguntou.Paul acordou com um começo e então glanced ao redor com confusão.” Nicholas suspirou e esfregou o de volta de seu pescoço wearily. mas isto é uma batida do coração para nós e você estou morrendo. “Quem você é?” “Eu perguntei-me quando você chegaria a isto. sua família nunca teria pensado procurar as cidades costeiras . um rosto solene e ardendo prata-olhos azuis. “eu não odeio você. Ciente que Nicholas estava sentando unnaturally quieto.” “Bem. “Ela poderia. “Mas eu achei outro. “Livy?” Ele perguntou. entretanto medo teve deslizou por ele nas palavras. Eu também sei que ela não era uma cativa longa. Todo dia toma você mais íntimo para o sepulcro. Pode ser mais lento que Livy ou outra pessoa com uma vontade de doença.” Paul movimentou a cabeça. . e então é esmagada e de coração partido quando ela perder você. o amor. “Você é mortal.” o homem disse com um sorriso. a perda.” Paul disse gruffly. eu conheço que você seqüestrou Jeanne Louise fora de um desejo desesperado para salvar sua filha.” “Talvez ela lega também. Jeanne Louise terá que viajar lá com você e assistir você ir. . que você ama um ao outro e que o dois de você planejou para ela girar você e então para você girar Livy de forma que você podia ser uma família. Ele estava deitando em cima das coberturas na cama no segundo quarto no porão. . mas estava disposta a ficar. provavelmente retire reviver os momentos seu compartilhado. “Eu não estou morrendo. o desespero.” “Sim.” Paul olhou fixamente para ele inexpressivamente e então ficada para trás na cama com um muttered. As sobrancelhas subindo. Alto com longish cabelo justo. ele perguntou. “Então você nenhuma dúvida me odeia também. não terrivelmente surpreendido por ouvir isto. Eu piedade você. Porém. . mas ela não deixaria Livy alimentar até que ela estava certo que ela iria fazer isto.” Ele agitou sua cabeça. desde que eu tenho cutucado ao redor em seu dirigir-me aos últimos vários minutos. Ela agarrará para você até que sua última respiração. e então respondido.

O sangue foi a primeira coisa que ela freqüentou para. “E eu não odeio Paul. Acabou de vir para mim. É trágico que não pode acontecer agora. A comida seria a próxima. mas movida para a cama para perscrutar abaixo em Livy.” Ela conheceu que seu pai odiou Paul para seqüestro ela. mas ele deixa que vai e então moveu para se sentar no jantar mesa. permanecendo. .” Jeanne Louise perscrutou abaixo em suas mãos. . Paul seqüestrou você.” Jeanne Louise reconheceu.” Eshe disse. ela pensou como ela esperou por seu pai falar. “Como você soube fazer isto?” Jeanne Louise rasgou longe a bolsa agora vazia de seus colmilhos e sorriu esquisitamente à medida que ela admitiu. Ela realmente pareceu saudável. Eu não penso nem ele soube o que ele faria se você recusasse. Ela conseguiria Paul algo para comer também. “Paul originalmente estava pulando convencer você. ele perguntou. em seus saltos de sapatos. .” Armand disse em um suspiro. bem. Ele ama você. “Lucian não pode—” “Lucian faz o que ele pensa estar melhor para nossas pessoas. Ele diz que ele tentou deslizar nos pensamentos da menina para a parar quando ela girou correr. “Era um acidente. Jeanne Louise ainda não podia acreditar que a menina pendurou lá e sobreviveu à virada. mas agitou sua cabeça. Paul hesitou. Você terá que se sentar com Livy e mudar as bolsas de sangue. A virada do Livy tinha sido rápida e furiosa e incrivelmente violenta. “Mas assim que eu era completamente acordado e percebia que eu não podia o ler que eu estava lá de boa vontade. mas ele também era desesperado. Eu mostrarei a você como. e pode não ter podido forçar na quantia pequena de tempo que ele teve que fazer isso. “Eu leio sua mente como eu ponho ele para dormir mais cedo. Eles todos fizeram. “Eshe pensa que sua hemorragia você mesmo no ferimento aberto atrás da cabeça provavelmente economizada da menina ela. e Jo. “eu não sei. Nós precisamos apresentar uma estratégia para apresentar este para Lucian se você quiser salvar vida do Paul. Jeanne Louise levantou suas sobrancelhas como ela perscrutou em seu pai acima da bolsa de sangue preso para seus dentes. Balançando sua cabeça curiosamente. ela decidiu provavelmente tinha sido uma boa coisa. Ela suspeitou o tumor cresceu todo dia e tinha começado a interferir.” “Paul pode ter inicialmente me seqüestrado. “Não importa. “Lucian estará aqui logo. “Que é por que nós precisamos conversar. a perda de sangue. Rachel. Jeanne Louise não estava lá.” “Jeanne Louise?” Torneamento de sua contemplação do conteúdo da geladeira.” Jeanne Louise hesitou. Eshe só se sentou por lado da cama do Livy. Nenhuma dúvida Paul estaria com fome quando ele acordou. O seqüestro está errado até em lei mortal. que era esposa do seu irmão Nicholas. Isso era provavelmente o tumor. e moveu para se sentar wearily à mesa. suas bochechas preenchidas e rosadas.” Carranca de Jeanne Louise nesta notícias.” Armand Argeneau solenemente disse. Provavelmente porque Jeanne Louise teve bled nela duas vezes. ela tem estado certa o corpo da criança não poderia resistir tudo. Nós temos que conversar. “Onde está Jeanie?” “De cima. E eles também não estava nenhuma dúvida furiosa em seu lado que ela desistiu de sua uma virada. “E eu sei que você o ame também. Era provavelmente melhor que Paul não teve que testemunhar sua filha em tal agonia. Entretanto como a virada progrediu. “Bricker não pretendeu para ele acontecer. obviamente tendo lido seus pensamentos. Depois de vigiar Livy na noite toda ela estava com fome para ambos os sangue e comida. mas encontrou resistência.quando ele Nicholas seguido no próximo quarto. Conseguiu cada vez mais difícil para ela deslizar em pensamentos do Livy com cada enxaqueca.” “Lucian não poderia concordar com você nisto.” “Provavelmente. o cortar e fraturou crânio . Ela não estava muito contente sobre que se e culpou Bricker para isto.” seu pai quietamente disse. Ela não ficava realmente surpreendida por ouvir que Justin achou isto difícil de penetrar a mente da menina.” Jeanne Louise glanced em direção à porta em palavras do seu primo Etienne como ele entrou na cabana com sua esposa. pulando conseguir você girar sua filha.” Jeanne Louise disse cuidadosamente. Jeanne Louise desejou que ela não tivesse que.” Armand solenemente continuou. O trio saiu para comida e cada levou uma bandeja de papelão de bebidas e um Tim Hortons ensaca. Jeanne Louise sempre conseguiu conseguir pelo quarteirão inicial.” Sua rosa de sobrancelhas. O problema nunca surgiu e Lucian não pode castigar Paul para algo que poderia ter acontecido.” Jeanne Louise endureceu. seu rosto pacífico. dando seu duas vezes o número normal de nanos e dando a eles dois pontos de entrada. Ela pareceu muito melhor que ela teve quando último ele a viu. melhor até que ela teve em mais que um mês.” Armand disse.” “Eu não estou certo sobre isto. Ela temeu que ela morreria antes da virada realmente até iniciada. Ele quis ser seu companheiro vitalício. não realmente ávida para conversar. Ele não me teria forçado. Junto com aliviado saber que Livy iria fazer isto. mas Justin não teria esperado isto. ou a que distância ele iria. Jeanne Louise. Um suspiro pequeno de alívio deslizou de boca do Paul e então ele glanced para Eshe. provando que ele leu aquele pensado também. “Nicholas e eu temos que subir também. Entre o câncer. Ela foi incomodada com seu pai a princípio quando Paul de repente desmoronou no quarto e ela percebeu seu pai o pôs debaixo de. E ele estava só pulando convencer eu girar Livy. Mas Lucian não suportará um seqüestro mortal um imortal.

ou onde eles deveriam ser. Jeanne Louise pensou com um suspiro. “Ele não pode castigar Paul para me levar.” Juntando dois sanduíches e dois bebidas. Eles eram todas leitura sangrenta ela. Eu desejo que eu pudesse—” Suspirar. ela decidiu. “Paul iria tentar convencer que um coworker que teria sido mais fácil conseguir só. seu estando disposta ou não mudar o fato que ele seqüestrou um imortal com a intenção de fazer eles virada sua filha. Com a ajuda adicionada disponível.” Jo quietamente disse. ou morra tentando. Jeanne Louise fez careta para ela mesma. De fato. mas Marguerite disse que ele seguisse seu coração. Mas enquanto sua cabeça podia razão tudo isso fora. Nove sanduíches e nove bebidas. ele disse. eu sugiro que você compreender um caminho para convencer ele para deixar Paul só. “Jeanne Louise. Ela se debruçou lateralmente em sua cadeira para oferecer um pedaço de seu sanduíche para Boomer com uma mão e um acariciar com o outro. Fez ela perceber que um pouco de suas memórias eram um pouco pessoais e privadas e definitivamente Só para adultos. claro. Com licença. “Além disso. e então severamente perguntou. mas se Tio Lucian prejudica um cabelo em cabeça do Paul que eu o pararei. . ele deixa vai de seu braço e disse simplesmente. Ela muito duvidou que tempo ajudaria aqui. ela notou. e então deixe vai da preocupação como Jo endireitou e a reassegurou. Pelo menos ela esperou. Ele então tristemente adicionou.” “Oh. Porém. Como se chamados por seus pensamentos dele. mas não lutou isto. Jeanne Louise tinha medo se ela dissesse qualquer coisa em todo para o Enforcer. Vendo tudo que aconteceu podia só ajudar sua causa. ela achou o quarto vazio. pegando seu braço à medida que ela passou. o cachorro aparentemente estava vagueando para comida de ninguém e todo mundo. E ela não quis culpar Bricker para o modo como coisas foram. e Jeanne Louise achou todo mundo olhando fixamente para ela. ela não estava certa qualquer coisa iria. cabeça que empurra na menção de nome da sua mãe.” Jeanne Louise latiu com frustração. Eu não posso ter isto agora. ela despejaria tudo aquela ira e frustração em sua cabeça. Não algo que ela quis seu pai e irmão para ver. Jeanne Louise. pausando e andando ao redor Justin Bricker e Anders que eles apareceram no topo dos degraus.” Bricker disse. Ela soube que ele se sentiu ruim e seu silêncio não estava ajudando. e achou que eles não aborreceram trazer comida de Paul. Talvez com algum tempo . Ela gostou de Jo e estava contente a mulher e Nicholas acharam um ao outro. um um pouco riso forçado em lugar. seu coração quis dar coices em alguém com toda a frustração e ira ela estava forçando abaixo acima do modo como coisas giraram fora. Quatorze . ela olha concentrado em fronte da Jeanne Louise. Ela olha deslizou em torno da mesa no silêncio de repente circundante ela. Jeanne Louise pensou. tinha sido duro de manter a menina quieta e Jeanne Louise tinha sido aliviada quando o Enforcer Anders chegou com as drogas e IV.” “Você era desejo do seu coração. “eu realmente sinto muito.Nicholas e Etienne e suas esposas chegaram logo depois de seu pai removeu Paul do quarto. Nicholas agora entrou na cozinha em saltos de sapatos do carranca de Eshe e Jeanne Louise à vista deles. As drogas não pararam a dor para Livy. . chamando sua atenção atrás para o assunto à mão. “eu farei o que eu posso ajudar. Jeanne Louise firmemente movimentou a cabeça. Suspirando como ela andou fora dos degraus. que ele não tinha sido deliberado em sua parte. concentração em seus rostos. Jeanne Louise soube que ele não pretendeu para qualquer deste acontecer. Jeanne Louise se virou e continuou no andar de baixo. então talvez ele quis afeto e certeza tanto como comida. então ele me levou. ela disse. ajudando a dominar Livy e a manter de se machucar como suas lutas ficaram mais fortes. Eu quis girar ele e o ter virada Livy de forma que nós podíamos ser uma família.” “Você estava disposto depois que você percebeu que ele era seu companheiro vitalício. “O que você faria para me salvar ou Nicholas ou Thomas?” Isso trouxe um momento de silêncio que ela encheu adicionando. mas eles fizeram isto mais suportáveis e a pararam de debulha sobre. ele só me seqüestrou porque Marguerite disse que ele seguisse seu coração. “Eu o mostrei como mudar bolsas tão necessário.” Jeanne Louise girou e dirigiu-se aos degraus então. ela adicionou.” Eshe a reassegurou de uma vez. Até com a ajuda adicionada.” ela murmurou e sorriu em sua cunhada com gratidão. “Agora eu estou afundando sentar com Paul e Livy. Ele não estava indo faminto. Se você me amar. . “eu o amo. Jeanne Louise cruzou o sentar área para o quarto onde o Paul e Livy eram . Os outros ficaram no quarto.” “Ela esteve morrendo.” Movimentando a cabeça. . “Anders não come ou bebe. mas não a princípio. Quando ela pausou.” “O que?” Etienne perguntou a assombro. Estando abruptamente. “Livy—?” “Paul é com ela. Não tendo permissão para em quarto do Livy.” seu pai disse. ter certeza que eles não pensaram nadas dos gritos agudos aflitos e lamenta Livy estava produzindo e era claramente ouvido fora de. quando ela entrou no quarto.” Eshe suavemente disse. “E doçura. Ela estava lendo sua mente.” Jeanne Louise disse firmemente como Etienne e as mulheres começaram a desempacotar a comida que eles foram buscar. “Um dos sanduíches e um bebida são para Paul. Eu estava disposto. entretanto manchado seu prato de comida cheia vários pés longe. seu pai enviou Etienne e Justin ver para os vizinhos. Ele é meu companheiro vitalício.

“Não bastante o que você estava esperar é isto. e seu sangue ensaca acabou de ter sido mudado. Ele então glanced brevemente em Paul antes de parecer passado ele e dizendo. Ele imediatamente a balançou em cima em seus braços e segurou seu na frente de seu rosto. Paul olhou fixamente para o homem agora segurando sua filha—alta. . e então pausou como uma morena muito grávida alcançou eles e escovou sua mão ao longo do braço do homem loiro. Deixando seu só por um minuto não devia causar quaisquer problemas . “Ela está ainda na virada. . Livrou seu outro para apertar o cotovelo da morena e a persuadir em direção à cabana. “Livy?” Ele disse com assombro. Agora Paul estava apressando em torno do lado da cabana. “E Jeanne Louise também. Ele girou e se apressou fora do quarto então. Seu enfoque exclusivo estava nas duas meninas pela extremidade da estrada. Paul se apressou para a porta e fora. Ele era impressionante e intimidando. Não aconteceu para você que ela mudaria. Só tomou um olhar rápido para perceber ela não estava no quintal ou na praia. Ele conseguiu pegar Livy em torno da cintura da mesma maneira que ela era lunging em Kirsten volta. O sujeito era um assustador dude. Mas ele retornou ao quarto para achar Livy faltando. Enquanto isto era tecnicamente um porão. e então congelou em sua primeira visão sua. e em um montão de dificuldade. Ele decidiu que não machucaria andar no banheiro da casa ao lado. Jeanne Louise olhou fixamente para a cama vazia. Anders.” Lucian quietamente disse. O que você teria feito para salvar suas filhas em Atlantis? E o que você faria para salvar a criança que eu levo agora?” Lucian Argeneau glanced para a mulher. Ao invés as duas meninas pareceram estar lutando. seus colmilhos estavam fora. Jeanne Louise podia entender que seu correndo. Eles se foram. .Paul se apressou em torno do lado da cabana. “Livy não se é agora mesmo. Kirsten conseguiu afastar Livy e correu para casa gritando. Eles dois e a única coisa que fizeram sentido era que Paul agarrou Livy e correu em lugar de ira do risco Lucian. Ele não se foi sido longo. Uma vez que a virada é feita e ela é recuperar que ela será a menina que você lembra. aguardar o pássaro morto que eles pensaram estavam só dormentes.” Paul lançou uma respiração trêmula e seguida. o homem que decidiria seu destino. “Tudo que você estava pensando sobre era Livy saudável e bem. Lucian. Seus olhos estavam ardendo prata. mas ele era mais relaxado de repente. “Ela é sua filha. Ele então perscrutou de volta para sua filha como o homem loiro a trocou contra seu tórax e Paul de olhos. presentemente assistido como Número de Inimigo Público Um por suas pessoas. feira-olhos prata cabeluda.” “Ela—” Paul começou. Ela provavelmente não era nem completamente consciente. Paul endureceu no nome. e então esquadrinhou o quarto como se o pai e filha poderiam estar tocando escondem-e-buscam com ela. Paul era mortal. Principalmente. e o poder ele radiou era agora muted. Mas ele não teve que. e clamou quando ela de repente lunged nele. Só seu enfoque não estava no pássaro agora. a cabana estava em um declive leve. ela estava rosnando como um cachorro radical e existia sangue ao redor sua boca. não teria sido capaz de a parar. e como ele se apressou adiante.” Paul glanced acima de seu ombro para ver o Enforcer movimentar a cabeça e girar seguir o caminho que Kirsten tomou. pausando quando ele notou a porta de tela aberta que enfrentado sobre o lago. “Ele a ama. mas ele dificilmente pagou isto qualquer atenção. Ele agora encontraria Lucian Argeneau. Piscando. O homem levou olha se para Livy e ela de repente desmaiaram em sua alça. “Lide com o mortals.” a morena continuou. Um feliz desde então. Ela era imortal e um parente e seu tio a apavoraram. apressando atrás dela com estendido das mãos e dedos arranhados. Que poderia ser um pesadelo em lugar de um sonho. assistindo ela pleiteando expressão. ele não podia dizer. Até agora. ou então ele pensou. azul em chamas. a bolsa fresca de sangue rasgado abre e deitando vazio no chão ao lado da cama. Ele se sentou vigiar Livy como Eshe e Nicholas partiram. Seus olhos não mais parecidos queimando. E ele estava ainda vivo. seu coração em sua garganta. apenas da quantia de tempo levou para ir cuidar do assunto e então água de salpico fria em seu rosto e seca isto. se era de mastigação abre a bolsa de sangue ou Kirsten. “Venha. Seus colmilhos estavam fora. O porão era metade chão acima e uma área pequena tinha sido cavado fora e reforçou de forma que uma porta podia ser instalada junto com uma escadaria de seis passos pequena até o quintal. desesperada achar sua filha. Ela podia entender isto.” ele secamente adicionou. Amaldiçoando. mortal?” Ele severamente perguntou. Livy estava descansando pacificamente agora.” ela suavemente disse. então Livy trocado contra seu tórax de forma que ele só precisou de uma mão para a segurar. e então voltado para Paul. Ele não era exatamente mais suave. mas soube que eles não eram. Paul não reagiu depressa suficiente. Então isto era tio da Jeanne Louise. e seu corpo e posição radiando confiança e força. O que ela não entendeu era por que ele não a levou. mas momentos mais tarde ficaram ciente de uma necessidade terrível para aliviar ele mesmo. Um carro estava puxando na calçada como Paul veio a si para a frente da cabana. Livy e Kirsten. Ela era arrancada de sua alça antes dela chegar a sua garganta. mas não furioso. “Ela tentou me morder!” Livy era fora de uma vez.” Paul muttered e se apressou adiante para intervir. “Oh Deus. O que você acabou de testemunhar não era realmente sua filha. muito ciente que o sol era quente e forte e Livy não devia estar fora nisto. ainda lá.

eles verificaram máquinas fotográficas de tráfico em torno do estacionamento onde o Paul deixou seu carro e a trocou para seu próprio. “Eu amo Paul. “Leve ela no andar de baixo. Ele devia ter gritado para ajuda. talvez até trinta ou quarenta anos se nós formos sortudos. e fique até que alguém substitua você. então abriu a porta e saída do modo como Leigh entrou com Lucian atrás dela. Tio. “Ele não abandonou você. Lucian Argeneau era o caso duro verdadeiro no meio de immortals. “eu não posso girar ele agora. ela infelizmente adicionou. ela se importa lento e atordoado. graças a Bricker. Ela provavelmente também pareceu bastante atacada. Ela não teve nenhuma intenção de esclarecedora que ele se foi. mas apenas andou fora dos degraus sobre o chão principal quando Anders e Bricker estavam em seus pés e apressando passado ela. Nós nunca podemos ser companheiros vitalícios adequados. De fato.” Lucian calmamente disse. e então adicionado. Ela olha deslizou de volta para seu tio como ele passou por Livy para Bricker.” Ela sentiu uma mão em seu ombro e glanced ao redor para ver que seu pai subiu atrás dela oferecer a seu conforto e suporte.” Jeanne Louise glanced para Bricker naquele anúncio como ele retornou para no andar de baixo.” Bricker movimentou a cabeça e esperou por Paul ir à frente. e que todo mundo teria perguntado-se por que ela voltava muito depressa.” Lucian anunciou abruptamente depois de um momento. Os olhos buscados do Paul sua à medida que ele passou. ela secamente pensou. ele trapaceou desespero. “Eu vou o ajudar loo—” Bricker abruptamente pausou. “Tome o pai com você. mas eu estava uma vítima disposta o momento que eu percebi que eu não podia o ler. “eu sei que ele não devia ter me seqüestrado. para o amor de sua filha.” Jeanne Louise amargamente disse. Ela supôs que ela provavelmente teria ajudado Paul mais ficando no andar de baixo para um pouco. Jeanne Louise tornou e assistiu como os dois homens caminhados para os degraus e desaparecidos abaixo no porão. Era então ela percebeu só o quão atordoada ela tinha estado em Paul está a abandonando. E durante aquelas poucas décadas pequenas eu chego a assistir ele murchar e morrer a morte mortal lenta de envelhecimento. ela começou de cima. “Certo para dez. O que ele fez. e ela disse. não soube o que ele estaria perguntando de um de nós e ele nunca me machuco. então seguido sem comentário quando ele começou através do quarto. chamando sua atenção.” Os olhos alargados da Jeanne Louise e ela caiu brevemente com alívio no conhecimento que Paul não a deixou. Sabendo que ela não podia o parar.” Sua boca apertou no pensamento. se eu não desejar que ele castigasse. Jeanne Louise mordeu seu lábio. Ele não soube nossas leis.” Jeanne Louise disse quietamente quando ele não falou. Jeanne Louise simplesmente esperou por ele terminar. Eu até ajudei que ele evadisse o Enforcers quando nós retornamos para jantar e eu manchado seu SUVs em sua rua. “Paul é um bom homem.” “Eu sei que ele faça. conseguiu o número de licença e usou que conseguir seu nome e endereço e pormenores. “Seguramente.” Lucian abruptamente disse. Ela esqueceu aqueles novos companheiros vitalícios eram muito facilmente lidos. Movendo sem pensar. “Ele é meu companheiro vitalício. Ela podia dizer a propósito seus olhos eram estreitados que ele estava lendo seus pensamentos. vinte. Existiam vários pontos que eu podia ter partido e não fazia. Voltando para Lucian. Mistura boa. Entretanto ela se forçou a endireitar e olho seu tio cautelosamente. Ela era rasgada entre ter muito prazer em o ver e chateado que ele não conseguiu cair fora. que decidiu sua próprio.Deglutição. Jeanne Louise viu.” Lucian ordenou. Existia também um pouco querendo beijoca ele tolo para a deixar para trás. “Livy acordou e foi do lado de fora enquanto ele estava no banheiro e ele saiu depois dela. mas ela não podia responder em tipo. Como ela especulou. “Multa. “Multa? O que isso quer dizer?” . Jeanne Louise suposta. Tio. como ele cruzou para a porta da cozinha. Jeanne Louise. Jeanne Louise decidiu. Eles têm manchado sua inconsciente na cadeira dianteira de seu carro. isto é provavelmente mais castigando que qualquer coisa que você podia apresentar. “Em verdade. como a vítima suposta neste. ele fez tudo que ele podia ver para meu conforto desde o começo. ela girou e saiu do quarto. um Livy dormente em seus braços. Era estúpido. e ele seria o para decidir destino do Paul. enganche suas costas até as IV e dê suas mais drogas. “Uma batida do coração fora de minha vida. ela voltou achar Lucian eyeing ela.” Nicholas admitiu tanto como eles se sentaram vigiando Livy pela noite.” Ela endireitou um pouco e adicionou pleadingly. A única razão você até compreendeu isto era ele era porque ele estava preocupado com meu conforto e recusava me pôr no tronco de seu carro quando ele trocou veículos. eu penso. incapaz de agüentar estando lá só mais.” Lucian quietamente disse. Ele ofereceu a ela um sorriso fraco em passar. Uma vez que eles se foram. e teve que embrear a de volta da cadeira que ela parou atrás de afastar de correr para ele. mas o homem está acostumado a estar sozinho e o único responsável por Livy. Por um pouco de razão sua força oferecida de repente fez isto dura de lutar de volta suas lágrimas. Ela faria o que ela podia ajudar ele fazer sua fuga e simplesmente mantém quieto. ele não devia ser?” Quando Lucian meramente levantou uma sobrancelha na sugestão. Paul estava logo atrás eles. e ele me ama também. “A bolsa de sangue é mutilada no chão ao lado da cama e a porta de tela está aberta. Jeanne Louise perscrutou nele duvidosamente. Ela não podia ter condições de ser fraca agora. não olhando impressionado pelo conhecimento.” Bricker adicionou. “Anders seguiu eles enquanto eu vim para reportar. Aquilo não é castigo suficiente?” “Você pode ainda estar junto. ela tomou uma respiração trêmula e disse.

ele envelhecerá e murchará que . ela estará correndo circula ao redor ele. Eu enxuguei sua memória de qualquer maneira e então verificou ao redor para estar certa ninguém mais testemunhou o ataque. “Quanto tempo faz que nós temos que ficar com Tia Marguerite?” “Até que eu decida o que fazer com Livy. .” “Do tia Marguerite Jeanne Louise disse com surpresa. Ela realmente não considerou aquele problema. “E o que eu decido para Livy depender de se você e Paul ficam junto ou não. você seria forfeiting sua própria vida. ela se importa de bobinar debaixo do peso de todos os problemas ele só faria claro para ela.” Ele pausou e então severamente adicionou. ela meramente deu a ele um cutucar em sua direção. apertando ombro da Jeanne Louise. Desde que nós somos claros. ciente que Etienne foi ainda em menção de sua mãe. Ela não considerou qualquer deste naquele momento quando ela girou Livy. Rosa de sobrancelhas da Jeanne Louise nestas palavras. ele perguntou.” “Eu . controlando ele e fazendo o que ela quer se um imortal não está lá a parar.” ele abruptamente disse. Ele mais provável despedaçar você do lado de dentro. eu não estou completamente certo que você pode aguardar e assistir isto. “Desde que Marguerite ajudou provocar tudo isso. Eu terei alguém levantar você e tomar você para do Marguerite. . e então solenemente adicionou. .” Lucian adicionou.” Anders movimentou a cabeça. “Claro. “Então. Com tudo outra nela se importa a memória daquela conversação com Paul não tinha estado no topo de suas memórias. “eu quero você e Bricker escoltar Jeanne Louise. mas Lucian já girou para o outros no quarto. e conheceu que Paul fez também.” ele quietamente disse.” ele secamente disse. Persuadindo Leigh fora do modo para o homem entrar. “Com ela?” Jeanne Louise perguntou worriedly. “Ela pode ajudar com a desavença e pelo menos começar a treinar Livy ser uma imortal.” Lucian disse.” Lucian quietamente disse. . As crianças levantam habilidades gostarem de lerem e controlar mortals mais rápido que adulto gira. “Isto é castigo suficiente. E ela estava Livy certo adoraria a mulher. inseguro se se ela pudesse aguardar e assistir Paul morrer. Encontrando ela olha que ele disse.” Lucian continuou. Jeanne Louise. Ela gostou de sua tia. não pode tocar o dia todo fora de ao sol com amigos em seu bairro.” Lucian disse e então glanced para Anders como ele chegou na porta de cabana atrás deles. Ela não pensou sobre um único deles antes disto. que a menina é pela virada que eu quero o três de você em um avião para Toronto. “Sim. mas . mais frágil.” Lucian secamente continuou. o minuto. “Bem ela não pode voltar para sua vida normal. Como esperou que ele não era feito. “eu não estou completamente certo que você irá. Eu não permitirei que qualquer um. “E ele é mortal. mas também para ela mesma. Eu não tenho nenhum desejo para conseguir encontrar um velhaco de criança minha sobrinha girada. Ela não considerou nada mas salvando a menina. e ainda que por alguma boa sorte ele não faz.” Jeanne Louise mordeu seu lábio. Antes deste ano estar fora. mas só olhado fixamente para Lucian. “Bons.” “Mas ele é meu companheiro vitalício. . “Armand. e mais rápido que sua consciência e forma de sensibilidades. e todo minuto você gasta com ele fará aqueles limpador de diferenças para você. para Paul. eu estou achando que você ficará até eles partem?” Lucian perguntou. porque ela veio para amar a criança loira pequena doce. compreendido?” Jeanne Louise deu um aceno com a cabeça aos arrancos. a duas de você divisão leva a outros problemas. eu quero alguém ao redor para proteger você de você mesmo. . Chame quando for hora e eu enviarei um avião para o cinco de você. e não tinha muito prazer em ter que contemplar eles agora. Até que eu esteja certo que você não fará isto. Seu tio fez uma procura completa quando ele leu sua mente.” Lucian quietamente disse. Aquela ou a memória tinha estado na superfície de mente do Paul por um pouco de razão. ou ele machucará ele mesmo. e então anunciado. “É difícil para um aumento mortal um imortal. “O três de você ficará com Marguerite até que eu diga caso contrário. mas existem diferenças. Ele é mais fraco que você fisicamente.” “Bom. . mas movimentado a cabeça em consentimento. “Nós somos semelhantes de muitas formas para mortals. Ele ficará doente.“Ele vive e mantém sua filha como também suas memórias. devolvendo seus olhos nitidamente para seus. “Por que?” “Porque ela obviamente conheceu o que Paul era até quando ela chocou-se com ele antes dele seqüestrar você.” Jeanne Louise pausou e carranca. e em lugar de diga a mim de forma que eu podia fazer qualquer coisa sobre isto. Paul. não é?” Ele secamente perguntou. Paul tentando levantar seu sozinho seria como um macaco tentando levantar uma criança. . Ou até que você separa e eu faço acordos alternados para Paul e Livy . eu não sou positivo aquele naquele momento que você poderá resistir economia ele com uma virada como você fez Livy.” Lucian disse.” Jeanne Louise concordou com uma carranca. E se ele for ferido e morrendo. “E se você fez isto. Mas ela precisa de uma educação.” ela disse fraco. “Ela não pode voltar para sua escola.” Jeanne Louise sentiu seu pai apertar seu ombro. e eu quero dizer o muito minuto.” Jeanne Louise mordeu seu lábio. “Livy não conseguiu morder a menina de vizinho. e Livy para Marguerite é depois da feita da menina sua virada. “Porém.” “Sim. não pode viver a mesma vida que ela teve antes. “Tudo certo próxima porta?” Anders movimentou a cabeça. .

“eu prometo. ela correu um mão wearily por seu cabelo. Nicolas e Jo montaram junto como tiveram Etienne e Rachel. esperando que ele ser Jeanne Louise. Ela precisou de sono . O homem então disse algo sobre Livy que não se é no momento e ainda estando na virada. Paul esperou até a porta fechou atrás do Enforcer na frente de glancing para Armand. Que poderia ser um pesadelo em lugar de um sonho. Porém. ela movimentou e então simplesmente girou e deixou o quarto para encabeçar para o quarto de mestre e a cama que esperou lá.” Ela não quis deixar Livy.” Mas Paul não achou que muito tranqüilizante. Não necessariamente naquela ordem. mas existia um suspiro coletivo de alívio no meio do grupo uma vez que a porta fechada atrás do par. Lucian não agradeceu eles ou até comentário. Bricker pareceu perdido em seus próprios pensamentos. . como a mesma criança ele tem estado disposto a dar sua vida para tão recentemente quanto aquela manhã. Mas não era por isso que ela era tentada para aceitar oferta do seu pai. “Você foi achado culpado de seqüestro e condenou viver. Paul era acomodado em uma cadeira em um lado da cama. certo sua futura era fixado. Livy não acordou até depois que eles partiram. Paul girou perscrutar em sua filha. “Enquanto o resto de nós tomamos turnos e pegamos cochilos. não estava certo que ela já respiraria novamente. como também perguntando-se o que ele fez para sua filha. e um ele causou ele mesmo. mortal? Tudo que você estava pensando sobre era Livy saudável e bem.” Paul olhou fixamente para ele. tomou braço do Leigh. Mas a coisa de sangue louco coberto que perseguiu depois de Kirsten e então lunged para sua própria garganta gosta de algum demônio descuidado não tinha sido sua criança doce. “Eu serei bom. mas era só tão sangrenta cansada e deprimida. mas os pares separadamente repeliriam para retornar para o SUVs para Toronto. sabendo que ele devia sentir aliviou mas ele era acabava de entorpecer no momento. “Então o que eles vão fazer? Leve Livy mim para ser levantado por immortals?” “É disso que você quer?” Armand perguntou. Não aconteceu para você que ela mudaria. e o tempo só para separar seus pensamentos . . Paul não pensou que ele podia a enfrentar agora mesmo. seus pensamentos tão cheio de horror e confusão ele não podia sentir qualquer outra coisa. O que o homem quis dizer por principalmente? Ele continuou perguntando ele mesmo isto. Enquanto Anders e Bricker tinham sido solo. evitando olhar para Justin Bricker que ocupada uma cadeira no outro. Jeanne Louise. como sua vida se tornou um pesadelo.” Bricker esteve de uma vez e deixou o quarto. Ele seqüestrou ela para ter ela fazer isto. Era bastante óbvio o quão tensos eles todos seriam como um grupo. e agora Jeanne Louise era esvaziada. Ninguém ficava terrivelmente surpreendido. Ele esperou. seu pai era bonito bravo em Paul acima dos negócios inteiros e ela não o confiou não usar a oportunidade contra ele. “Você pode devolver o SUVs Bricker em e Anders estava?” Existiam murmúrios de acordo de uma vez. Ele estava realmente aliviado quando era seu pai ao invés. Ele então adicionou.Lucian não obviamente ficava surpreendido.” Armand Argeneau disse secamente e então glanced para Bricker e disse. . E as palavras continuadas do homem loiro tocando por sua cabeça também. Jeanne Louise não quis o de cinco anos de idade para acordar machucando e confuso para se achar em um total de quarto de estranhos. não importa que Jeanne Louise girou ela.” Armand quietamente disse. entretanto. mas tudo que ela sentiu era preocupação. Ela pareceu como doce e inocente agora como ela teve do dia que ela nasceu. “Nós somos humanos. Aquela cena com Livy fora de só continuado jogando de novo em sua cabeça gosta de algum pesadelo horrível e ele era remanescente perguntando-se o que ele fez para sua filha. . Horas justa atrás ela tem sido o mais feliz que ela já estaria em sua vida. Ele girou seu olhar para os outros dois pares. Ele não estava certo que ou o que ela era mais. ele movimentou meramente a cabeça. Suspirando. porém.” “Não. “Eu devia ir dizer a Paul—” “Por que você não vai conseguir um pouco de resto e deixa-me fazer isto?” Seu pai sugerido quietamente. e agora aquele rosado futuro era um matadouro ao redor ela e tudo que ela quis era para dormir. A não ser que ela era sua filha. Como ele girou fora. e um bom grito. e Paul era só muito chateado naquele ponto para querer conversar. obviamente ainda lendo seus pensamentos. E ele tinha sido ele. A cena no jardim o levou atrás entretanto. “Vai ter seu sanduíche. Um feliz desde então. “Deixe-me achar. seu pequeno Livy. Não bastante o que você estava esperar é isto. e ansiedade e um peso terrível apertar nela como ela contemplou o futuro. ele disse. Ela conheceu que ela devia ter muito prazer em que Paul não iria ser castigado. Os dois homens não permutaram uma palavra desde descer aqui. “Principalmente. que estava movendo ao redor tomar a cadeira desocupada do Enforcer. Eu preciso conversar com ele. você não dormiu em todo o ontem à noite. Suspirando. e a levou da cabana sem até aborrecendo dizer adeus. Uma vez que o homem era acomodado. Eu fui achado culpado de seqüestro e condenado para a morte. Isso era exatamente como Paul sentiu. Que ela provavelmente não era nem realmente consciente. e estava perguntando-se se immortals era tão humano quanto eles pareceram. . como se eles todos estariam segurando sua respiração e estavam só agora respirando novamente. Ela não acabou de não pensar que ela podia enfrentar Paul agora mesmo sem entrar repentinamente em lágrimas ou qualquer outra coisa da mesma maneira que fraca e ridiculous.” Jeanne Louise hesitou.” Armand Argeneau secamente disse. deixando os dois homens só. O som da abertura de porta pegou sua atenção e ele glanced para isto. e uma vez que a virada era feita que ela seria a menina que ele lembrou. Ele estava muito chateado.

” Paul fez careta na palavra alimenta. “Ela tentaria me ajudar. “Ela é. raiva começando a mexer nele bem no sugestão. “Lucian estava dizendo a verdade quando ele disse o que você viu no jardim não a era. claro. “Para mortals é.” “Por que?” Ele perguntou de uma vez.” Paul olhou fixamente para ele inexpressivamente. Ela está ainda na virada.” “Certo. “Mas você disse que não a era. Ela não teria sido capaz de razoamento cognitivo ou até perceberia o que ela estava fazendo. ela pode fazer muito sem indevidamente prejudicando ou até matança seu doador.” “Principalmente.” Paul quietamente disse. Armand hesitou e então disse. Ou talvez não faz realmente para você qualquer um. “Minha cunhada. e levada para do Marguerite. “Ela será mais forte.” Armand concordou. ou só qualquer coisa daquela natureza aconteceu?” Carranca de Paul.” Armand severamente disse. “Ele está organizando para você.” Paul se sentou de volta em sua cadeira fraca. Que ela será boa.” “Então eu não sou bom o suficiente para ela. “Mas às vezes amor não é suficiente e este podia muito bem estar um daqueles tempos. “Existirá algumas diferenças. sensata. E ela ama você.” “As pessoas morrem de velhice o tempo todo. ou velhice só clara. “Em sangue ensacado.” Armand debatido e movimentado a cabeça. e compassivo.” Paul tragou e movimentou a cabeça. “Entretanto ela precisará ser treinada em alimentação fora do coicear muito de forma que se existe sempre uma situação onde ela não tem nenhum acesso para ensacar sangue e precisar alimentar da fonte. Enquanto ele era confuso sobre a diferença entre immortals e mortals agora mesmo e preocupado sobre como afetaria Livy. amando. O três de você ficará com ela enquanto Livy é treinado.” “O que você quer dizer?” Armand hesitou e então disse. “Então. “Ela até não pensaria. E ela precisará alimentar gosta do resto de que nós fazemos. não façam isto?” Paul movimentou a cabeça.” Armand permitiu.“Não. uncomprehending. Uma vez que ele fez que ela será seu Livy novamente. Marguerite?” Armand movimentou a cabeça. “Eu a amo.” ele solenemente disse. ele amou Jeanne Louise. “Por outro lado. tempo não nos passa por como faz para você.” Paul achou. E se ela fez isto ela seria morta.” “E então?” Paul perguntou.” Paul disse wearily.” Armand disse. sua filha. Lucian decidiu que você não seria castigado. “O que você quer dizer?” “Se você decide ficar junto ou não. “Quando eu entrei no quarto que você não era nem certo immortals não era um grupo de monstros afinal.” Olhos estreitados do Paul nas palavras. e minha filha para ser transportada de volta para Toronto uma vez que a virada é feita. “Vinte anos parece como muito tempo. ela só rasgaria abre uma veia e liga você em lugar de perder você. ou se você fosse batido por um carro.” Paul muttered amargamente. “Isso depende de você e Jeanne Louise. . e o tempo parece diferente para nós. resistente para enfermidade e até morte. Armand relaxado atrás em sua cadeira. E você é mortal.” Paul disse simplesmente e era verdade. “E então ela simplesmente teria que aguardar e assistir você morrer de câncer.” “Ela provavelmente giraria você.” Armand quietamente disse.” Armand solenemente disse. “E ela ama você. a maioria de mortals vive suas vidas inteiro sem mortais acidentes acontecendo e viver para uma velhice madura. “Mas Jeanne Louise não é mortal. Porque nós vivemos tão longo. “Ela acordará preferência as mesmas coisas que ela fez na frente de e ela ainda amará você.” “Isso era só porque Livy—” Ele agitou sua cabeça. doença de coração.” Armand disse em um suspiro. “Mas não existirá qualquer mudança em sua personalidade.” “Então agora você pensa que minha filha é a mulher que você pensou que ela era afinal. Por um pouco de razão que divertiu Armand.” Armand secamente disse. ou pescoço. Jeanne Louise é esperto. aliviado ouvir isto. e então ele assinalou.” ele disse finalmente. nem mesmo querendo a lembrar naqueles momentos. “O que você pensa que ela faria se você caísse na frente dela e quebrou suas costas. “Mãe do Bastien. “Porque você é mortal.” Paul piscou nesta notícias. Seu cérebro é subido no momento. É o modo natural. mais rápida.

“eu amo você também.” Ele puxou de volta para perscrutar nela e enxugar suas lágrimas longe. Jeanne Louise fechou seus olhos. ele perguntou. Não enterre-me já. “Livy está certo?” “Mmm hmm. e gemeu como suas mãos começaram a mover acima de seu corpo. e que nós só temos três ou quatro décadas. Tão pouco tempo. Jeanne Louise hesitou. Umas décadas pelo menos. “Certo?” Jeanne Louise movimentou a cabeça. Jeanne Louise beijou de volta. Paul. seus beijos e carícias empurrando suas preocupações sobre as futuras—e o perdendo—longe para um pouco enquanto como ele fez amor para ela.” ele disse huskily. murmurando. você fará isto claro que você já não quer que ela desista de seu vitalício para girar e salvar você. Vamos apreciar eles e deixar a preocupação futura sobre ele mesmo. Ela não lamentou salvar a menina. Uma risada cascuda deslizada de seu lips.” Ele sorriu crookedly e curvou apertar um beijo para seu lips. Você é seu companheiro vitalício. Você seria comércio sua vida para meu. “Ela está em cima e tendo café da manhã com seu pai e Eshe. E ela desistiu de sua virada para sua filha afinal. “Eu sei que significa que eu não posso ser girado.” Jeanne Louise tragou e movimentou a cabeça.” ele rosnou por sua orelha. Ela devia conseguir algo fora disto. lágrimas que vazam dos cantos de seus olhos e corrediços abaixo em seu cabelo como dor welled em cima dentro dela. Curvando. “Eu quero que você me prometa algo. incapaz de falar passadas as lágrimas de repente aglomerando sua garganta e natação em seus olhos. Mas quando Livy caiu aqueles degraus. “Não. Em verdade não fez. e ens forma de xícara seu rosto em suas mãos e disse. Mas seus olhos abertos quando ela sentiu um beijo apertado para seu pescoço. Três ou quatro décadas. Às vezes ele perguntou-se onde o tempo passou. Ela fechou seus olhos à medida que ele amamentou. e ela trocou sobre suas costas na cama para perscrutar nele. mas piscou eles abrem quando ele de repente parou e ergueu sua cabeça. “O que eu vou passar sem você?” “Mulher de Jesus. “Você pensa que eu devia deixar ela ir. então levantada sua cabeça novamente e solenemente disse. ainda que é só umas décadas com você. Paul.” Jeanne Louise olhou fixamente nele. ela verbaliza rachando como ela fez a admissão. mas ela empurrou eles de volta. Eu mataria eu mesmo o minuto que eu recuperei consciência para salvar você de qualquer maneira.” “Oh. “Bom. “Nós temos tempo junto. “Realmente sente como vinte anos passaram desde então?” Paul piscou na pergunta. “Eu achei que você nunca acordaria. “O que?” “Eu quero que você prometa que você nunca já girará-me. “Minha filha ama você.” Ele suspirou e então endireitou seus ombros e severamente disse. mas ela lamentou perder a chance de girar Paul.” Quinze Jeanne Louise murmurou com sono e curvada contra o corpo nela atrás. Então não valeria a pena isto. ele apertou um beijo para o mamilo de um.” Armand disse. você até não pensou. e eu não terei isto. e então perguntadas. “Paul?” Ela sussurrou com confusão. beliscando seu mamilo para fazer ele esperar.“Mas vinte anos atrás você era—O que? Dezenove?” Quando Paul movimentou a cabeça. Você girou seu naquele mesmo lugar para a salvar. eu não estou morto ainda. algo que você não podia agüentar fazer até por semanas com Livy. . “Obrigado por economia Livy. as preocupações que fizeram seu grito se para dormir anteriormente rebelando-se dentro dela.” ele suspirou. sua atenção na folha ele estava arrastando até revelar seus peitos.” ele assinalou.” Paul solenemente disse. e então beijou ela para lacrar o negócio.” ele solenemente disse.” “Eu não posso agora.” Jeanne Louise sussurrou. “Eu amo você. para unthinkingly gira-me. “Eu sei. Lançando seus braços ao redor ele. Jeanne Louise terá que assistir você murchar e morrer ao longo de décadas. abraçando ela de volta. Eu não quero você já para fazer aquele comigo. mas eu farei o que eu posso fazer aqueles os melhores anos de sua vida.” ele prometeu. E você terá certeza que ela nunca faça.” Paul murmurou. “Se você ficar junto.” Ela abriu seus olhos novamente. “Mas se você a amar. e espero que quatro ou mais. sussurrando. ela firmemente o abraçou.” Jeanne Louise suspirou como sua boca fechada acima de seu mamilo. instintivamente empurrando seu peito na mão acariciando isto. e sentiu seu coração pang no muito pensado.

Nicholas. ela foi embora ele para esconder sua expressão preocupada e agarrou o xampu para despejar alguma em sua mão.” “As coisas estranhas aconteceram. “Já não brinque sobre ele sendo O Homem De Atlantis. Justin e Anders me ensinaram como fazer isto. e então sorriu esquisitamente.” “Jesus. “Ache que é melhor só para não usar a ‘V ' palavra quando existir outros ao redor. “Eu quero dizer. problema?” “O que?” Ele glanced nela. piscando seus olhos cautelosamente abrem e murmurante um obrigado quando Paul a deu a toalha para secar seus olhos. como seu irmão e pais gêmeos. Jeanne Louise hesitou e então perguntou. “Tio Lucian por exemplo. . “Falando disto. Seu lábio. “Eu de alguma maneira não penso que você tem que se preocupar sobre isto. Jeanne Louise então girou e curvou olhar no armário debaixo da pia para achar um washcloth e toalha. custando o sabão na prateleira e andando debaixo da água novamente para deixar o spray enxaguar a espuma longe.” Jeanne Louise disse com diversão. Eu não vejo seu tio e eu sentando ao redor atirando o cagar a qualquer hora logo. ótimo. seus olhos corrediços acima de seu corpo. Anders. .” “Certo. . Outros.” Jeanne Louise disse com diversão.” Paul muttered.” ele disse. “Lucian. e Bastien.” Jeanne Louise interrompeu. Eles conseguem um tanto quanto sensível sobre isto. Tia Marguerite. Ela andou de volta fora. ela massaged o xampu por seu cabelo. secamente. mas aqueles eram os únicos uns que ele se encontrou até agora. eu suponho tecnicamente o nanos podia manter alguém ida para sempre mas—” “Algum que sobreviveu a Atlantis estão ainda ao redor. “E como eu deveria dizer quem os velhos-temporizadores são? Vocês todos parecem anos vinte meios para trinta. “Ela é um vampiro atraente entretanto.” ele terminou finalmente. “Você não poderia querer usar o vampiro de termo em torno dos velhos-temporizadores entretanto. construindo uma espuma. “Sim. Velhos-temporizadores eram ninguém ao longo de um século ou dois velho. “Sim. “Uau. A água era adorável morna e ela fechou seus olhos e girado debaixo disto. “Bem. morreram em beheadings ou erupções vulcânicas e tais. Eshe. “Eu sou uma mulher mais velha. “Você acabou me de pegar por surpresa.” ele respirou.” Ela sorriu esquisitamente e encolheu os ombros como ela endireitou. “Cem e três?” Paul gritou.” ela disse e então grinned. Bem. ela arqueou uma sobrancelha e perguntada.” Jeanne Louise admitiu e então entrou o chuveiro e fechou a porta. “Só quanto tempo o mais velho viveu?” Ele curiosamente perguntou. Jeanne Louise perscrutou nele com surpresa.“Papai! Jeanie! Olhe! Eu cresci novos dentes! E olhe o que eu posso fazer com eles!” Jeanne Louise piscou seus olhos abrem e olhado fixamente inexpressivamente em Livy como ela entra repentinamente no quarto e apressado até a cama. levantando e seguinte quando ela encabeçou no banheiro. e então sentada em cima e deslizou fora da cama como ela o advertiu.” Paul murmurou.” ela advertiu.” Balançando sua cabeça. seus colmilhos corrediços fora e deslizando de volta em sua mandíbula repetidamente. deixando a porta aberta. meu pai. .” Jeanne Louise quietamente disse. e então carranca. Tentando ignorar o silêncio desajeitado súbito. “Isto é um problema?” Paul deixa seu olhar desliza acima de seu corpo debaixo do spray como ele considerou sua pergunta e então grinned e agitou sua cabeça e andada debaixo do spray com ela. antes de ducking debaixo do spray para enxaguar o sabão longe.” Paul disse depois de um momento. “Então. mel. seu tom apologético.” Paul disse em um suspiro como Livy desapareceu em cima o corredor. . Piscando seus olhos abertos. Justin diz que eu sou o aluno mais rápido sempre!” Ela irradiou no elogio e então girou longe e apressado em direção à porta gritando. Paul. “Ele disse mostrar a você e dizer a você que é hora de levantar. “Eu quero dizer que eu soube que immortals era longo vivido. “Thomas fez uma vez e ele realmente não tomou isto bem. mas existem vários ao redor quieto dos início de dias. Jeanne Louise pausou e perscrutou nele solenemente. arrancando a porta aberta.” “E quem exatamente são velhos-temporizadores?” Paul perguntou.” Paul disse fraco ao lado dela.” “Seu tio Lucian é de Atlantis?” Paul perguntou cuidadosamente. eu somente—” “Eu sou considerado uma criança por padrões imortais. er . “Isto é um .” “Quase.” Paul disse como ela andou na lama a água nos lugares o spray não podia alcançar sozinho. não—eu quero dizer. O quão velho são você?” “Eu serei cem e três este ano. debruçando fraco contra a porta de chuveiro. eu—eu acho que eu acabei de pensar que você era mais jovem. “Oh.” “Certo. e existiam muitos mais deles. “Você é cem e três.” ela listou fora de como ela ligou o chuveiro para a água para aquecer. Nós estamos fazendo um avião!” “Minha filha o vampiro.” “Hmm.

“O quão velho é Marguerite?” Jeanne Louise pausou fazer os cálculos.” “Ha ha.” Jeanne Louise sorriu um pouco em larga-expressão de olhos do Paul como eles recomeçaram atividades a calçada. “O tio Jean Claude teve isto construído.” “Hmm. e Caro é ávido para encontrar vocês todos também. Eu tenho sanduíches e lanches esperando. mas abriu sua porta e deslizou fora. Ele gostou de fazer uma declaração. e então perguntado. inclusive o cachorro.” ele suspirou e então glanced para Livy. “Caro?” Paul perguntou. apertando um menor mais apertado. Livy.” “História longa.” Livy solenemente anunciou.” ela disse de uma vez.” Cristão movimentado a cabeça para os homens. gesticulando para o Enforcer que permaneceu um pouco de volta do grupo. “Se é um cachorro.“Não por isso. “Cristão. e então glanced fora a janela como Anders puxou o SUV para uma parada na frente das portas duplas largas da casa. Existem dois Juliuses. que estava embreando Boomer para seu tórax e perscrutando excitadamente fora a janela. “Não. claro.” ela adicionou apontando para o pequeno shih tzu a menina levada. “Agora. E isto é Boomer. “Eu estacionarei e juntarei-me você em um minuto.” Anders disse para Bricker.” Jeanne Louise explicou para Paul como ela sorriu em seu primo italiano. “Eu pensei tudo descobriria. “Não perca espere.” ela adicionou. “Você prefere Olivia ou Livy?” “Livy. e então endireitou e glanced acima de seu ombro como um homem alto. “Tia Marguerite.” Cristão disse esquisitamente.” ele a assegurou. Ele girou ela e a reivindicou como um porque ela pareceu com seu companheiro vitalício.” Paul disse esquisitamente.” Paul respirou. “Quando seu tio morreu?” “1995.” Marguerite solenemente disse.” ela murmurou. Isso explica por que Julius era enviado para o canil.” Marguerite anunciou. Ele girou ela. Andando para lateral do seu cristão de filho. “Eu pensei que Julius era companheiro de vida do Marguerite?” Paul disse com confusão. Lançando ela. girando ir à frente do lado de dentro. torcendo a torneira da água quente fora de à medida que ela foi. tomando mão do Livy e deslizando cintura da seu braço ao redor Jeanne Louise como eles mãe e filho seguidos na casa.” Jeanne Louise disse quando Paul glanced seu modo. Anders abordou então e ela adicionou. andando nos braços da mulher e a abraçando.” “Eu não irei. “Quer dizer que você não pode ficar louco em mim se eu chamar você minha senhora velha. com Livy duro em seus saltos de sapatos. “E Anders. Ele beijou a ponta de seu nariz e então assinalado. você encontrou Justin Bricker. querido. eyeing Boomer.” “Hmm. e isto é sua filha. conseguindo parecer apologético e feliz para a ver tudo de uma vez.” Jeanne Louise quietamente disse. “Aprecie seu chuveiro. “Ele teria o comido vivo. olhando desconfortável. “Jeanne Louise. seus braços corrediços ao redor sua cintura. trocando Boomer para um braço de forma que ela podia resistir sua mão para Marguerite. amado. mas soube que era uma promessa que seria dura de manter. doçura. “Então Livy é. Julius Notte é seu segundo marido e seu primeiro companheiro vitalício. “Você conhece Paul. “Olivia Jean Jones.” sua tia saudada. ela então girou dizer. e então glanced nela. e então Jeanne Louise girou em direção à casa como as portas da frente abriram e Marguerite apareceu. Jeanne Louise suposta. bonito com cabelo de Auburn apareceu atrás dela.” Jeanne Louise disse secamente e puxado de seus braços para sair do chuveiro.” “Certo. “Setecentos e quarenta algo. “Então isto é casa do Marguerite. “Ele é.” ela respondeu. Nenhuma dúvida ele estava pensando que sua filha teve uma vida longa à frente dela. “Leve eles. “Ah. não é?” Marguerite perguntou agora.” Marguerite sussurrou como ela firmemente a abraçou. “Jesus. Marguerite fez as introduções.” Paul glanced fora a janela novamente.” Jeanne Louise não esperou para ouvir resposta do Bricker. “Eu sinto muito. e se é meu pai.” Cristão disse com diversão. .” “Julius é cachorro do Marguerite.” “Seu primeiro companheiro vitalício? Seu tio não era um companheiro vitalício também?” Jeanne Louise agitou sua cabeça. E ele pode quieto.” Marguerite murmurou. “Oi. Paul seguido.” “Eu—Ahhh!” Paul gritou e depressa começou a torcer torneiras como a água virou frio. “Quem é Tio Jean Claude?” “Irmão e Tia do primeira marido do Lucian Marguerite. nós devíamos entrar. curvando aceitar a mão. que morreu em Atlantis.

scooped em cima Boomer de onde ele tem dormido por seus pés. Caro. dizendo abruptamente. . ninguém disse a mim que você estava aqui. “Eu acredito que Lucian está preocupado que você poderia tentar girar Paul apesar de ter usado sua uma virada. Lucian organizou para coisas do suas e Livy ser juntado e trouxe também. “Nós sabemos as dificuldades que aconteceram você. Onde você viverá se você . não gostando daquela virada de frase. e a menina pulada fora de sua cadeira.” “Então nós não somos prisioneiros?” Jeanne Louise secamente perguntou. “Então o que? Você sujeitos vão viver conosco pelos próximos quarenta anos ou então ter certeza que eu não girar ele?” “Jeanie não fará isto. Era compreensível. Julius. Marguerite sorriu em Jeanne Louise. Tio Julius. “Não. Você é bem-vindo aqui. não originalmente. nós podemos fazer uma viagem para seus lugares amanhã. Você tem muitas coisas para descobrir . filho. mas Lucian quer que nós fiquemos até que ele compreender o modo que as mentiras de terra. lendo. e Jeanne Louise notou que ele relaxou bastante. eu mostrarei a Jeanie e Paul onde eles são para ficar. “Sim. Mas Marguerite estava Caro certo era perfeito para Cristão assim eles chamaram e tiveram ele voar fora para a encontrar. “Eles são novos companheiros vitalícios também. Uma vez que eles se foram. entretanto Marguerite era como morno e de boas-vindas com eles como ela era todo mundo e seu marido. claro. mas Marguerite conheceu Paul. e isso perdendo eles. “Jeanie. . se você quer viver junto ou casar. . e Julius. Nós vamos ajudar com Livy enquanto o dois de você decide o que você quer fazer. “Ah . ele tem um companheiro vitalício e sabe o quão valiosos eles são. “Eu fiz ela promete que ela não iria. Lucia em lua de mel do Julius e Marguerite.” Julius quietamente disse. Afinal. “Afinal. claro que não. eh?” Julius perguntou a eles e Jeanne Louise glanced ao redor para ver ele vindo fora do escritório porta que eles só passariam.” Marguerite anunciou como ela levou eles de cima. Ele glanced para Livy então e resistiu sua mão.” Julius sorriu e pôs um braço ao redor cada um delas para conduzir eles em cima o corredor.” Paul solenemente disse. Ainda. Nós fazemos nosso melhores para nossas crianças. sim. “Se existe qualquer outra coisa que você precisa. Era só então ela percebeu o quão tenso ele tem sido na frente de e entendeu que ele se foi preocupado sobre como seus parentes o receberiam.” Jeanne Louise explicou. como ela drogada de onde ela foi enrolada no sofá. Ela gostou de companheiro de vida da sua Tia desde o começo. e o Enforcers era pequeno staffed como ultimamente era. pelo menos não por ela. e então Marguerite passou sem tocar sua garganta e levantada-se. quando Paul levantou-se ao lado dela e levou ela entregar seu. A família é importante.” Jeanne Louise glanced na sala de estar eles estavam entrando naqueles surpreenderam palavras e sorridas em Cristãs é companheiro de vida. “As coisas nós faremos para nossas crianças. até para tempo. “Oh. então lançada ela para oferecer a sua mão para Paul. “Devemos nós?” Jeanne Louise forçou um sorriso e esteve também. “O que?” Marguerite glanced ao redor com surpresa verdadeira. Oi. oi.” “Claro.” “Querendo dizer?” Ela perguntou a uma carranca.” “Em sua lua de mel?” Ele perguntou a um sorriso. Eles se encontraram em St. “Se todo mundo for feito. pegou ele abaixo de um braço e deslizou sua mão livre em do seu pai. A expressão se tornou mais natural.“Cristão seja companheiro de vida. Seguramente seria melhor eles coisas para fazer. se você mostrará a Anders e Bricker para seu quarto. De fato. Jeanne Louise podia entender isto. Paul.” Julius permaneceu levar os dois homens longe.” Paul sinceramente disse. Mirabeau está trazendo roupas de seu apartamento. “E oi para companheiro de vida do Jeanne. seu pai e irmão não tinham estado contentes com o seqüestro inteiro e usando seu liga se negócios de Livy. eu acho que eu devia mostrar a você para seus quartos. mas toda vez eles encontraram que ela gostou dele um pouco mais.” ele murmurou como eles apertaram as mãos e então disse. Jeanne Louise não pensou que eles eram necessários. bem. Ele pareceu ajustar direito no grupo.” Julius Notte apertou seu apertado e deu suas costas umas rápidas esfregarem. e Paul. o blonde apressado adiante para oferecer a Jeanne Louise um abraço e ser introduzido para Paul e Livy e então eles todo entrou no jantar comer. “Oi Jeanie. eles estavam basicamente lá como babysitters para ela e Paul. Jeanne Louise tinha estado preocupada sobre sua ficando aqui. Ela estava perguntando-se sobre aquele quando Anders girou e respondeu a pergunta para ela.” Silêncio reinado em torno da mesa brevemente. nós somos pequenos staffed. Eu teria vindo para saudar você também.” “Cristão continuou lua de mel dos seus pais?” Paul perguntou a assombro como eles subiram para o corredor alguns pés atrás dos outros. Eles deviam estar aqui algum dia esta tarde. Você é nossos convidados. não é algo facilmente aceitos. e Caro era tão de boas-vindas quanto podia ser.” “Obrigado. Eles Marguerite seguidos fora do quarto como uma família.” Jeanne Louise olhou fixamente para ele caladamente e então sentada atrás em sua cadeira. e terno de nora seguida. Mas Julius acabou de dizer que ele entendeu e não segurou isto contra Paul e ela apertaram o braço que ela teve ao redor seu tio em gratidão. entretanto. se qualquer coisa fosse Bricker e Anders que pareceram desconfortáveis como eles tiveram sua comida. . Não realmente convidados e não realmente bem-vindos.” ela murmurou e recuou o abraçar. Cristão. Fixando o livro na mesa. “Oh. não?” “Não. “eu quero dizer.

“eu posso ter Shelly dormir acima de? Nós enlatamos cada ter nossa própria cama e tudo.” Jeanne Louise firmemente disse. Não exagere. Onde está melhor para Livy viver. parando de concha em cima Boomer novamente a caminho. “Bom. pegando expressão aflita do Paul. Frowning.” “Como você pode estar certo?” Ele perguntou a uma carranca.” ela quietamente disse.” Jeanne Louise deixou sua mão no momento e glanced em seu rosto. e então suspirou e disse. ela sorriu em Livy e perguntado. Ela não se era quando ela seguiu Kirsten.” “Lá um lugar Livy é realmente podia ir para a escola gostar de uma criança normal?” Paul perguntou a surpresa. Onde está Porto Henry?” Paul perguntou a interesse. Como ela seguida eles no quarto azul bonito com uma cama de rei de tamanho e sentando área. “E esta porta leva no en apartamento banho.” Marguerite disse movimentando a cabeça. nenhuma Jeanne Louise. “Aqui nós somos. Ela então girou olhar para a mão do Paul. “Ela quer ter um sleepover.” Paul disse. “E este leva a quarto do Livy. “Paul. Ela não vai correr ao redor atacando pessoas. fazendo careta quando ele viu que era . Paul movimentou a cabeça e correu sua mão incólume por seu cabelo. empurrando a porta abre e principais eles em um bonito quarto de rosa colorida com duas camas de casal. por que nós não vamos tomar Boomer fora de?” Marguerite sugeriu. frowning como ela viu o modo que estava inchando.” Paul disse. “Ela não pode ter um sleepover. de forma que nossas crianças podem ter uma infância mais normal. A maioria de crianças imortais foram levantadas só ao longo dos anos sem irmãos ou irmãs em seu alcance de idade para socializar. “Livy. Agarrando suas mãos. eu penso que você está apertando mão muito apertada do seu papai.” Jeanne Louise disse com uma carranca. e assim por diante. um pouco menos que uma hora o outro lado de Londres de onde nós estávamos ficando. Shelly é mortal. Afinal. “Porque ela sabe que está errado. Paul poderia até poder continuar seu trabalho lá se eles instalar um lab para eles dois. Eles poderiam ver algo que eles não deviam. Agarrando seu wristwatch fora da mesa de lado da cama ele verificou o tempo. Significaria desistindo de sua posição em Argeneau. alcançando automaticamente para Jeanne Louise. Girando como eles seguidos ela em. “Mas você é certo. Livy poderia ficar faminto na noite e roer na criança pobre. “Nós poremos gelo em sua mão. freqüente danças.” Jeanne Louise movimentou a cabeça.” “É bom. Se você devia mover para onde ela pode freqüentar a escola. Suspirando. Tio Victor. “Obrigado. O quarto era mudo e ainda.” “Doçura. Ela terá acesso a ensacar sangue quando ela estiver com fome. “Seria melhor nós pormos algum gelo isto. A menina não soube sua própria força ainda. Obrigado. vazia.” “Certo.” “É bom. ela de repente pensou.” Jeanne Louise murmurou como sua tia pegou Livy é entregar sua e a levou do quarto.” Eles seguidos ela para perscrutar no quarto como ela cruzou o banheiro branco e azul para outra porta. arrastando sua mão de sua. “É relativamente imortal-amigável e Lucian tem estado trabalhando em fazer isto mais muito. seu tio que teve a anomalia genética.” “Paul. você não pensa?” Livy glanced em direção a ela e então lançou mão do Paul e atropelou para a mulher. ela disse. mas permitiu que ela o arrastasse do quarto. “No Lago Erie. ela apertou avidamente e implorado. Desistindo de tentar solucionar o problema de seu tio e primo que alimentam em sangue ensacado ela tem trabalhado em por tanto tempo. Poderia ser útil para o ter à mão para testar coisas. Cama fria. Dezesseis Paul rolou acima de na cama. perguntando-se se Paul quereria mover lá para Livy.” ela anunciou. “Vamos. Ele tem estado tentando convencer immortals em ensino e outro Fields útil para mover para porto Henry de forma que nossas crianças podem freqüentar a escola com outros como eles mesmos e têm amigos. Ela não seguirá outras crianças.casar.” Livy disse com temor como ela entrou no quarto. ele se sentou em cima e glanced ao redor. Ou não. “Ele provavelmente gostaria de uma corrida em torno da jarda por volta de agora.” “Isso seria bom. Jeanie. ou se você quiser ficar aqui em Toronto e ter seu tutorado e assim por diante. “Porto Henry. e piscou seus olhos abrem quando tudo que ele achou estava cama vazia. “O que você pensa?” “Eu consegui duas camas. Ela não pode ter um mortal acima de sleepovers. nós devíamos realmente gelo sua mão. então gesticulou eles. estava em Porto Henry.” ele disse wearily e estremeceu como ele unthinkingly correu sua mão ferida por seu cabelo este tempo.” Jeanne Louise respondeu. ela não fará isto.” Marguerite parou a meio caminho em cima o corredor e abriu uma porta. e então ela fixa Boomer no chão e girei correr para seu pai.” Jeanne Louise disse.

Além disso. vestiu.” Cristãos gemidos. “Certo.” Julius disse com uma carranca.” Bricker disse.” “Jeanne Louise já está urinada em mim sobre Livy. então batidas levemente suas costas. conta com que eu goste do satélite é misaligned. Ele estava ainda irritado que eles não o deixariam em cima no telhado. então um par mais opções antes de selecionar “sinal de visão. “Eu poderia precisar de uma escada. “Nós tivemos uma tempestade ontem à noite. Paul se apressou no corredor depois dele. “Consiga os lanches? Claro.” ele explicou.” Julius disse com irritação.” “Você não precisa de um consertador. mas ele sobreviverá se ele cair do telhado.” Julius ligeiramente disse.” “Vejamos. e então levantou um suspiro. Onde está o satélite?” “No telhado. Ele era mortal.” Cristã repetida. Você não poderia. Você põe o fazer uma vaquinha tigelas. “Você sabe onde o Jeanne Louise e Livy são?” “Eles fizeram compras com Marguerite e Caro.” Julius calmamente disse.” Voltando que ele perguntou. educando tela depois de tela de estática. “Bem. Eu posso ajustar isto. “Então onde está a cerveja? Eu irei buscar isto. Sentindo um pouco vivo agora. “Você tem uma escada.” Julius disse. “eu achei você sujeitos dormidos durante o dia?” “A Itália está tocando.” Paul disse. você pode ajudar que eu consiga cerveja e lanches. seu sinal é bonito baixo. “Nós nunca conseguiremos um consertador fora aqui antes do jogo começar. Julius? Eu só subirei e—” “Eu não preciso de uma escada. é todo. Bom só para o trabalho das mulheres. Ela nunca me perdoaria se qualquer coisa acontecesse para você. Encolhendo os ombros. certo?” Seu anfitrião pausou e voltou. Vinte minutos Paul mais velhos era chovido. “Mas nós não vamos tomar chances com você. tomando o distante. Claro que não. “Bricker.” Paul disse. pausando quando ele manchado os homens da casa todos congregaram ao redor algo na sala de estar. lançando ele os chips e então sair na garagem. Paul relaxado e fez careta. Você é companheiro de vida da Jeanne Louise.” o Enforcer severamente disse.” Paul muttered.” ele muttered quando ele achou que sua filha estava em cima e ido também. “Nós sabemos isto. os ventos altos provavelmente trocaram isto ou algo. mas eu posso fazer isto também. “É ensolarado. e agarrem os mergulhos da geladeira. É ensolarado. Paul puxou a porta fechou e continuou no andar de baixo.” Julius disse. frowning como ele empurrou botões nos distantes. Você não pode. “Eu pareço com uma mulher para você?” Suspirando.” Paul glanced da distante até a tela de televisão. Abafando um bocejo.” “Sim. Não levará um minuto. e então girando para a despensa para ir buscar umas variedades do par de chips. ele fez sua saída de quarto do seu e Jeanne Louise.” “Huh. Eu posso fazer isto sem tomar dano. Aparentemente.” “Verdade. “Hmm. Eu sou mortal.” “Hmm. “Você não pode ir lá fora.” “Bom. “Grande jogo?” Paul perguntou. futebol assumiu o comando de precedência dormir. Jeanne Louise não devia estar em cima ainda. ajuste o satélite e então pula de volta abaixo.” Paul disse com diversão.” “Deixe ele fazer isto. pegando seu braço para o parar. e escovou seus dentes e cabelo. Os homens todos girados para ele esperançosamente como ele bate menu. “A televisão não está trabalhando e existe um grande jogo em quinze minutos. “Eu farei isto. “O que está em cima?” Paul perguntou.” Paul seguro ele. “Existem uns parafusos que você gira.logo após duas na tarde. puxando livre e continuando fora do quarto.” Paul scowled. Ele glanced em cada quarto como ele dirigiu-se à cozinha à procura de café.” “O que é isto?” Julius perguntou. “Ele pode pular lá em cima. ele deslizou fora da cama e fez seu caminho para o en apartamento banheiro para um chuveiro. sobrancelhas levantadas. um de cima abaixo e um para o lado lateral. Frowning. recuperando tigelas do armário. “Condene coisa. “Não. “Eu farei isto. “Venha. mas disse. girando encabeçar fora do quarto.” Cristão respondido e então deu a distante uma sacudida irritada. Então venha para me ajudar.” “Eu pegarei isto. Ambas as meninas eram primeiras pássaros esta manhã. cruzando juntar-se eles.” Julius tornou e continuou em cima o corredor e Paul relutantemente seguido o mais velho imortal na cozinha. eu sei o que eu estou fazendo.” Cristão disse. mas pelo menos eu sei o que eu estou fazendo. “Futebol. movendo no quarto.” “Sim.” Bricker anunciou. dando de volta o distante. quando Paul abriu sua boca para discutir. “A Itália está tocando. . pausando fazer breve visita a Livy à medida que ele passou.” Paul disse irritably. não desvantajoso.

” Livy anunciou para um Caro aparentemente escravizado. “Aqui nós somos. terá que ser de noite. “Yep. e então trocou os casos de volta para ambas as mãos.” Livy anunciou com um sorriso. o pacote de papel higiênico embreado em suas mãos. Não é pesado. ele disse. seu lábio culpavelmente debaixo de sobrancelha curvada do Paul. Então deixando a gota de assunto. movendo depressa adiante. Paul. “Você volta. abraçando e beijando seu depressa como ela alcançou seu lado. Jeanne Louise glanced depressa para Marguerite na cadeira do motorista. lançando se em suas pernas e firmemente o abraçando. “Ela é forte agora.” a menina disse alegremente tomando isto dela. e então girando erguer fora os quatro casos de estalar. Você ficar fora tem do sol de agora em diante. “Certo. e quatro casos de estalam. lembre?” “Oh. Paul abriu uma das bolsas e esvaziou seu conteúdo em uma das tigelas.” Livy explicou. “Livy. erguendo fora a garrafa da água de vinte galões.” Jeanne Louise olhou em direção à porta para a cozinha como Paul saiu juntar-se eles. então fizeram os mesmos com os outros. e então puxada diretamente dentro de e fora do sol. você pode administrar isto?” Jeanne Louise perguntou. Jeanie?” “Não para um pouco. ela pausou e glanced atrás em questão.” Paul secamente disse. “Espere pela porta de garagem para fechar. ele moveu para o refrigerador à procura de mergulhos. “Papai. “Oh.” Jeanne Louise disse apologetically.” Jeanne Louise disse com um encolher os ombros como ela escapou de seus braços para recuar para o tronco. As duas mulheres juntaram todas as bolsas. sentando de volta impacientemente.” Paul disse com uma carranca. trazendo um fim para a discussão de vacas e vampiros voadores. “São você não se sentindo bem?” “Eu sou bom. E quando nós formos. “Então o que você fez hoje?” Quando ele não respondeu. deixe Papai conseguir isto. 'porque eles eram vampiros muito do menino de vampiro e sua alimentação de família neles.” Livy disse balanço a garrafa de uma mão como ela saltou passado ele para a porta da cozinha. “Jesus.” Jeanne Louise corrigiu. ela adicionou. A explicação não passou sem tocar a confusão em rosto do Caro. que girou lateralmente no passageiro dianteiro acomoda escutar Livy tem muito prazer em tagarelar.A boca apertando. mais que o resto deles era. 'porque eu não posso sair ao sol mais. Ela não era alérgica. Escorando eles em um quadril. “O que está errado?” Ela perguntou. e então. certo. ela fechou o tronco. Jeanne Louise não entendeu qualquer melhor mas supôs era um filme a menina viu. e ele supôs era um caminho para hipotecar com tio e primo da Jeanne Louise. . lançando o pacote grande de papel higiênico nele. movendo em torno do carro agora para seguir ela. “Quando nós podemos ir para a praia novamente. Rodantes seus olhos. certo. “Ela era tão boa um tratar pareceu estar em ordem.” Paul muttered. mas ele era a explicação mais fácil e um Livy podia dar a mortals se o assunto já surgiu ao redor eles. claro. e ido à frente em direção à cozinha perguntando. doçura. Ela então bate o botão para abrir o tronco como eles todo saído. “Mel de Livy. uma garrafa grande da água para o refrigerador da água.” a menina disse. preocupação corrediça por ela como ela notou seu pallor.” “Eu ouvi Livy em cima e sobre em seu quarto e levantei verificar nela. “Isto é certo. “Sim. onde Caro e Marguerite estavam erguendo fora mantimentos.” Jeanne Louise disse quando Livy agarrou a maçaneta a seu lado. porque eu sou um vampiro gosta naquele filme com as vacas voadoras. Jeanne Louise caminhou em torno do carro. Pareceu até cerveja atraente era muito de imposta para uns mortais para estes homens. “Você dois estava em cima cedo. Paul estava ainda aguardar o tronco.” Marguerite anunciou como a porta terminou de fechar.” Marguerite anunciou. pegando seu estremecimento na “V” palavra. quem se sentou no backseat ao lado dela e perguntada. Eu mostrarei a você. “Alérgica. Eu sou agergic para isto. “Você tem um pouco mais treinando fazer antes de nós poder coisas do gênero. mas não existia nada melhor para fazer. “Voando vacas?” Caro perguntou a confusão. virando continuar ao carro.” ele quietamente disse. “E eu sei como cachorro para-remar também. acaricie. Agora a menina girada para Jeanne Louise. Papai. nós fizemos compras e Jeanne Louise deixa-me conseguir sorvete e chocolate para sobremesa. ela glanced acima de que era remanescente. Jeanne Louise glanced ao redor para ver que eles estavam puxando na calçada.” Jeanne Louise disse com diversão. Paul nunca tinha sido muitos em esportes. girando assistir o progresso da porta de garagem. deixando um pacote grande de papel higiênico.” “Uh-huh.” ela anunciou gleefully. Juntando-se eles. Marguerite bate o botão para abrir a porta de garagem.

“A pele não está quebrada ou qualquer coisa. “Feita por mulher de um fumar quente.” Jeanne Louise disse com desânimo. Ela e Julius têm dito a Nicholas e Caro sobre ele durante algum tempo eu acho e quero que eles tentem isto.” Jeanne Louise deixa sua respiração fora em um suspiro.” “Vejamos. Paul empurrou vertical.” ele disse esquisitamente. ela o fez curva acima de assim ela podia conseguir um olhar para sua cabeça.” Livy infelizmente disse. “Minha barriga. “Onde está a dor. Não que Livy estaria freqüentando a escola. Anders e Bricker tiraram para a treinar. O papai pegará isto. permanecendo a juntar-se e deslizar seus braços ao redor sua cintura. e lançou ele para endireitar. “Ela provavelmente precisa alimentar. Ela carranca depois dele. “Ela não está doente. O momento a menina tomou a bolsa. alcançando seu primeiro e scooping ela em cima em seus braços. até quando sangue era acenado debaixo de seu nariz. “Jeanie. não são você um falador liso. agarrando o sangue na estante de parte inferior. Ela podia já causar seus colmilhos sozinha. Jeanne Louise permitiu que ele empurrasse suas suavemente atrás em direção a suas bolsas. “Eu penso que shopaholics geralmente compra roupas. A menina era um a favor de nele depois de só uns dias do par.” Paul firmemente disse.” ele disse com um risada. Eu começarei a pensar que você é um shopaholic. Pelo menos não a menos que eles movam porto Henry. Eles figuraram que ela poderia ler e controle se importa mais cedo que eles iria primeiro pensado. lançando o hambúrguer no contador e mudança para seu lado.Jeanne Louise hesitou. mas procurou seus olhos à medida que ele fez.” Ela sorriu ligeiramente e ergueu as bolsas que ela ainda levou sobre o contador. “Oh Deus. huh?” Paul perguntou a diversão. Sua pimenta-malagueta tinha sido tal golpe a noite na frente de que ela ofereceu fazer jantar novamente hoje à noite. talvez antes de escola começar em setembro. mel. e então explicada. “Você se sentirá melhor assim que você teve algum sangue. e afastem eles de terminar até quando faminto.” Jeanne Louise deu um começo naquela saudação de Paul como ela entrou na cozinha com umas bolsas na mão. Não feijões de rim e tomates. Fez ela sentir como ela estava contribuindo enquanto eles estavam aqui. “Os meninos são ensino Paul jogar futebol. Eles só estariam aqui dois dias e existia bastante tempo isto.” Jeanne Louise murmurou logo antes de que ele curvou a beijar. “Eu acho que eu esqueci. como tiveram Marguerite e Julius. embrulhando seus braços ao redor seu pescoço. e eles todos disseram que ela era brilhante e rápida e aprendia depressa. roçadura seu estômago infelizmente. Eu concordei antes de eu perceber que ela não teve tudo que nós temos necessidade para isto.” ela disse parecendo culpada para causar o dano. muffin?” Paul perguntou. eu sinto muito. Ela fixa o estalar no contador. Jeanne Louise e Paul não discutiram que ainda entretanto. Pausando na frente dele. sentando Livy abaixo à mesa e dizendo a ela.” Jeanne Louise sorriu um pouco e girado para as bolsas no contador para começar a esvaziar eles. Ela tomou o hambúrguer e girado em direção ao refrigerador. entretanto continuada em a cozinha. eu derrubarei esta e a consigo uma bolsa de sangue. Ela olha deslizou para Paul como ele deu Livy a bolsa de sangue. “Se sente ela à mesa. “Eu acabei de bater isto. procurando por sinais de choque. e jewelry e material.” Paul disse. “Machuca gosta quando você teve a influenza. Ela era um aluno rápido entretanto. Ela sorriu quando ela manchada ele acomodada na mesa de jantar.” ele quietamente disse. “É só uma pancada. “Tia Marguerite me pediu para fazer meu famoso ‘Fumando Pimenta-malagueta Quente ' para a ceia. “Vejamos.” ela assinalou com diversão. levando ela pelos braços e girando seu longe. ou ele é uma dor afiada gosta que alguém bata você?” Paul perguntou worriedly. e então glanced ao redor a tempo de ver Paul fixar o papel higiênico na mesa a caminho fora do quarto.” “Mmmm.” “Eu pegarei isto.” Seu lábio. Surpreendeu. mas quando ela achou Paul curvou acima de ao ar livre porta. Paul. sapatos. “O que?” Caro movimentou a cabeça e veio para roubar um dos pedaços de cenoura que Jeanne Louise acabou de cortar. dizendo que ele iria ir tomar banho. então recordaram o hambúrguer e giraram levantar isto e pôr isto no refrigerador. Jeanie.” Jeanne Louise glanced em cima com surpresa naquele anúncio de Caro como ela entrou na cozinha. “Eu sou bom. Jeanne Louise assistiu ele ir e então glanced atrás para Livy como ela estalou a bolsa para seus colmilhos.” Jeanne Louise e Paul separaram naquela reclamação de Livy e ambos girado para movimento para a menina como ela pausou na entrada da cozinha. “Compras de supermercado novamente? Isto é o segundo dia em uma fila. Ela não ficará doente mais. slamming sua cabeça no compartimento de congelador à medida que ele endireitou.” “Fumando Pimenta-malagueta Quente. “Pare preocupante.” “Certo.” Jeanne Louise lembrou a ele suavemente. O quão ruim é isto?” “É certo. meu estômago machuca. . ele se virou e encabeçou fora da cozinha. ela não podia resistir beliscando sua parte inferior.

e tentou o parar. “Eu penso que é uma coisa de amarração. “É certo. Os homens eram todo Paul circundante quando ela chegou a ele. mas isso tudo foi errado de alguma maneira. Ela não teve nenhum desejo simplesmente para gritar a precaução para seu primo. “Parece quebrado. E então Anders de repente estoura adiante e administrado para concha a bola com um pé. mas o céu estava ainda ardendo com sua luz e o ar quieto quente e mormacento.” “Mas ele parece quebrado.” Caro ligeiramente o saudou. Cristão em controle da bola. Eles definitivamente não estavam indo fáceis nele porque ele era mortal. “Quem é premiado?” “O outro lado. Julius estava em seu lado certo mantendo passo e Bricker e Anders estavam abordando depressa enquanto Paul lagged para trás. Jeanne Louise ouviu a pancada de suas cabeças fazendo contato de onde ela permaneceu e clamou em alarme. e continuado na casa para retornar a cortar seus legumes. “A garrafa precisa ser mudado.” Jeanne Louise disse stiffly e levantado-se. Paul julgou mal onde ele precisou ser e Bricker colidiu nele.” “Eu espero que os meninos não são muito ásperos nele. agarrando um vidro fora do armário e mudança para o refrigerador da água.” Paul muttered. E ela tentaria duro de esquecer que ele estava fora aqui batendo cabeças com immortals que aparentemente teve madeira entre suas orelhas.” Jeanne Louise disse. “Sim. Estava atrasado de noite. “Você está certo?” Ela perguntou a alarme. onde Caro permaneceu na porta assistindo. e se estiver quebrado que podia ficar infetado e—” “Dammit. Eles não estão acostumados a tocar com mortals e poderia ser levados para longe. Ela se sentou de volta em suas coxas com surpresa no latido severo.” ele estalou. então girada que ele voltou abaixo e começou a chutar isto atrás o outro modo. Paul se sentou no chão. e Paul contra Anders e Bricker. “Não está quebrado. Jeanne Louise andou fora do passo dianteiro e cruzou a calçada que correu ao redor na frente da casa para alcançar a grama. “Jeanie.” Movimentando a cabeça. Ela arrombou uma corrida como Paul começou a cair. “Eu estou certo.” Marguerite disse com preocupação.” ele disse em um suspiro como ela começou longe de volta em direção à casa. “Obrigado. cabeça balançou de volta e dedo polegar e dedo indicador beliscando a ponte de seu nariz. “Eh Paul. Ela até não ir olhar uma janela para assistir e está certo que ele não foi machucado novamente. Ela glanced em cima. suspeitando envergonharia Paul. enviando isto voando lateralmente em direção a Bricker. tentando parar isto de hemorragia.” “Ele está certo?” Caro perguntou a preocupação como Jeanne Louise alcançou o passo dianteiro.” Caro disse. “Seriamente. Ele deixa seu vidro na estante pequena debaixo da bica e apertou o botão. talvez você devia ir lembrar a meu filho para tocar agradável com Paul. que presentemente estavam correndo ao redor no quintal enquanto Marguerite assistiu eles da mesa de jantar. Jeanie acabou de manter ida.” Jeanne Louise quietamente disse. assistindo o jogo em andamento à medida que ela foi.” Paul muttered. O mais jovem imortal saltado em cima e parou isto com sua cabeça. trazendo ela para uma parada. e então era só dizer. saltando em seu modo e tentando chutar a bola de volta o outro modo. Jeanie.” Jeanne Louise ansiosamente disse. Fazendo careta. Paul agitou sua cabeça e disse mais calmamente. entretanto abaixou sua cabeça novamente depressa quando ela viu que era Paul. “Eles estão fora frente.” Caro seguro ela. ela severamente decidiu.” ele quietamente disse. Paul estava entre ele e o líquido em questão. Ela conheceu de conversações que ela teve com Paul que ele não se importou muitos para esportes. Os outros estavam fazendo correr em direção a um líquidos. “Não está quebrado. O sol não era mais visível. Jeanne Louise abordou a área onde os homens instalar suas redes. Jeanne Louise terminou de cortar em pedaços os legumes. mas ele não era e ele estava tendo dificuldade acompanhando os outros. Jeanne Louise empurrou entre Anders e Bricker soltar para seu lado. Eu sou bom. carregando em direção ao outro líquido. Jeanie. Olhou como se era Nicholas. Pare alvoroçado.“Seriamente?” Jeanne Louise perguntou. Onde Marguerite mantém as substituições?” . Jeanie. Jeanne Louise anotar a faca que ela tem usado e apressado para a porta de parte de trás. Ela terminou para a porta da frente para ver que eles realmente estavam tocando no gramado na frente da casa. Só um nariz sangrento. chutando isto à frente dele à medida que ele correu. “Nós seremos mais cuidadosos com ele. Ela supôs era para evitar pisotear em Boomer e Livy. depois de nove. Julius. “Jeanne Louise. Ela dificilmente ouviu Cristão é murmurado. Jeanne Louise jurou. medo tentando agarrar sua garganta como ela sangue manchado. despejou eles junto com linhagem de carne de boi em uma panela e era ativos os inícios de seu guisado quando o som da abertura de porta pegou sua orelha. então puxou isto fora e tragou metade dele abaixo na frente de glancing em direção a Jeanne Louise.” “Claro. ou estaria era Paul imortal. girando encabeçar o outro modo. Desculpe. Uma divisão injusta desde que era desigual.

eu sei. E você não tem nenhuma esperança de salvador me. suas mãos corrediças abaixo acima de seu tórax.” “Eu não estava perguntando a você para pegar isto. “E por que você não seria? Eu sou o fraco aqui. “Eu não entendo. “Isto é o único tempo que você não trata-me gostar de uma criança. você me trata exatamente como eu tratei Livy quando eu descobri sobre o tumor.Jeanne Louise hesitou. pegando suas mãos e a persuadindo de volta. “Mas eles não são para eles não são tão pesado que eu não posso levar eles. Paul.” Paul nitidamente disse.” Paul solenemente disse. “Nós não podemos. “Eu não faço—” “Eu estou perguntando a você para assistir-me morrer. Porque eu estou perguntando a você para fazer o que eu não podia. “Jeanie.” Jeanne Louise severamente disse. nós não iremos. “Eu pegarei isto.” ela disse de uma vez. O frágil. Eu deixarei você ser um homem. mais rápido. se movendo mais distante até xícara ele por sua calça jeans como ela se debruçou até mordiscar em sua orelha e sussurro. deixando ela puxar de volta finalmente. até antes dela emagrecer e fraca.” ela disse.” “Não na cama. . seguinte ela. ela disse mais fortemente.” Jeanne Louise disse de uma vez. “Nós iremos para sua casa. “É ruim o suficiente que seu tio e os outros homens tratam-me gostar de uma menina. mas eu não posso lidar com você fazendo isto também.” “Deus dammit. “eu era egoísta suficiente que eu estava disposto a deixar você sofrer a preocupação e miséria disto. “eu não posso lidar com você tratando-me gostar de uma criança. “Nós estamos só preocupados sobre você.” Jeanne Louise agitou sua cabeça com confusão. Ela encolheu os ombros seus ombros infelizmente. “Mas Suspirando.” ele infelizmente disse. Paul.” Paul interrompeu. . ou leve você me embrulharia em algodão rebatendo e “Eu sou só .” “Então nós partiremos.” ele quietamente disse. Eu posso pegar isto.” “Eu sei. Ele abriu seus olhos e solenemente disse. e deixo você levar coisas pesadas e eu não tentarei parar você de fazer coisas que você é perfeitamente capaz de. “eu dificilmente penso que eu trato que você gosta de uma criança. Paul. Eu não estava pensando sobre como você sentiria. mas eu tentarei verificar eu mesmo antes de eu falar. Jeanne Louise hesitou. E você é todos mais forte. então anotar sua colher e movida em direção à porta para a despensa. mas nós não somos mais espertos. “Eu estava só tentando ajudar. “Eles ainda me tratarão gostar do fraco que eu estou em comparação com eles. e mais esperto que eu. “Por que eu não vi que nós não trabalharíamos como isto?” “Nós podemos trabalhar. desespero entrando nela verbaliza. e então embrulhou seus braços ao redor ele.” Jeanne Louise disse quietamente e quando ele começou a agitar sua cabeça. Jeanie!” Ela parou abruptamente no grito e então tornou devagar como Paul andou no quarto pequeno e fechou a porta. E eu provavelmente ainda estaria egoísta suficiente para fazer você fazer aquele . Eu substituirei a garrafa.” A carranca de Jeanne Louise e então forçou um risada nervoso e movido na frente dele. com exceção do quão fraco e inútil faz-me sentir.” “Eles vamos?” Paul duvidosamente perguntou.” “Você é overprotective de mim. . Eu posso treinar Livy eu mesmo. murche. Só diga a mim onde está.” “Nós podemos ser mais fortes e mais rápidos. ele se debruçou de volta contra a porta e fechou seus olhos antes de dizer wearily. “Só volte para seu jogo.” “Eu não tentarei fazer você se sentir fraco e inútil. arrastando a porta abre e andando na garagem. eu não posso fazer isto. Paul.” ele severamente disse. . tentando puxar de volta.” ele disse wearily.” ele solenemente disse. Eu não estou dizendo que eu não me preocuparei ou me irritarei. Você está preocupado e protetor. Eu quis isto embora eu soube que machucaria você todo dia para me ver idade.” “Mas ninguém mais vontade. e então disse. Eu suspeito se eu deixar você. Suspirando.” Quando Jeanne Louise pausou sem ajuda. ele correu uma mão por seu cabelo.” Ele deixa sua respiração fora em um suspiro.” “Então por que eu não vi o que seu tio e pai fizeram?” Ele quietamente perguntou.” você ou Livy. .” ele suavemente assinalou. Jeanie. Você está tendo que assistir-me morrer só como eu estava assistindo Livy morrer. “Você é esperto.” Jeanne Louise olhou fixamente para ele duvidosamente. “Não é nenhuma dificuldade. ele a puxou em seus braços e segurou seu apertado.” “O que?” Ela cautelosamente perguntou. “Jeanie. “Eles terão que. e morra.” Paul disse em uma dor verbaliza. me manter na casa o tempo todo. só você vai ter que assistir e preocupação por décadas em lugar de meses. Quando eu trato que você gosta de uma criança?” “O jarro da água.” ela firmemente disse. “Não. Você não quer qualquer coisa pesado. “eu irei. Eles são pesados e —” “Para mim. que eu faça qualquer coisa perigoso.

e Livy encabeçar fora sozinho. Podia a quebrar.” Jeanne Louise suavemente assinalou. “Então por que você não junta-se mim. Paul conheceu que Jeanne Louise só se tinha preocupado sobre ele. Eles deixaram casa três dias do Marguerite atrás. “Entregue como um sonho. ofereça iluminação ambiente e aquecer levemente. Só um bebê para suas pessoas.” Paul concordou com um sorriso. Frowning no desespero de seus próprios pensamentos. você olha comfy lá. entretanto ela estava certo que eles iria logo. muito mais duro que ela esperou.” Paul adicionou esquisitamente. Ou pelo menos certo. Ela podia viver ser mil. Mas ela era problemática. . ele adicionou. entretanto pausou como ele viu que existia só um nisto. Marguerite teve um modo com Tio Lucian. “Eu pretendo. O sabão não saboreia bom e eu contar com lamber toda polegada de você quando você sair. . Seu tempo com ele seria um blip mero em sua vida. . eles retornaram ao Enforcer aloja. eu um chuveiro teve antes de fazer jantar. e construam um fogo pequeno. “Nah. e soube isto. Mas isso era apenas uma batida do coração para suas pessoas. que Ninguém tentou parar eles. Ela poderia ser sortuda e ele viveria para oitenta. Jeanne Louise reconheceu. “Além disso. mas eles não tiveram. e até agora eles não ouviram sobre Tio Lucian. claro. Eles todos pareceram entender. Eles tiveram que. Infelizmente.” ele arreliou direito de volta. Até agora coisas estavam indo bem. Poderia tomar uma década ou duas. Só grande suficiente para fixar o humor. mandando a eles movendo em direção a ela. Se importa você. Ela riu quando eles caíram sobre sua bochecha e movida até juntar-se os outros ao redor seus peitos. Mas ele tinha sido duro. Ela era cem e dois anos de idade. Girando em direção ao possuidor de tronco. e então apontou sua mão em direção a ela e soprou nas bolhas em sua palma plana. Eu poderia adormecer espera.” Jeanne Louise disse em um bufar de riso. “Você pode tentar. Paul. agora ávido se limpar e sair do banho. Jeanne Louise suspeitou que ela podia agradecer sua tia isto. Ele quis fazer hoje à noite especial. dois mil. As coisas tinham sido um pouco duras e desajeitadas entre eles desde seu blowup em Marguerite é depois de jogar futebol.” Jeanne Louise abriu seus olhos e sorriu como Paul concordou com o lado da tina de remoinho de água grande em seu quarto de mestre e debruçado para concha em cima um punhado das bolhas a cercando. Isso consertou companheiro vitalício que paixão compartilhada fez tais esforços impossíveis nesta fase do jogo. ele jogged ligeiramente no andar de baixo e encabeçado em cima o corredor para a cozinha. e então movimentou a cabeça e a puxou contra seu tórax para um abraço.” Paul seguro ela. Jeanne Louise esperou que Bricker e Anders teriam que ir com eles. mas ele podia ter um pouco frio quando eles eram todos desnudos e suados.” Jeanne Louise riu na reivindicação e levantou o sabão e washcloth. Era verão. Ele cortou uns troncos do par. o acondicionamento de ar era bom quando você era vestido. “Você só quer me ver tira. música suave .” “Eu manterei aquela em mente como eu ensabôo toda polegada de meu corpo aqui todo por mim mesmo. Você vai fazer isto?” Rindo. Eles resolveriam isto. “Eu divertirei-me tentando.” Paul grinned. ele permaneceu e dirigiu-se à porta. Jeanne Louise conseguiu se forçar não exagerar tanto. quase cem e três. vivendo de suas memórias. Acabou de parecer um gesto romântico bom. “Livy saiu de de dormir certo?” Ela perguntou. Nós poderíamos ambos afogar na tina quando nós desfalecemos. dizendo. mas Paul soube que ela mimou e exagerado porque ela se importou. Era verdade. e ela estava indo. “Você quer fora para um pouco?” Paul pediu o cachorro como ele parou no armário da cozinha para recuperar o machado pequeno que ele manteve do lado de dentro. pelo menos fora alta.” ela o assegurou e sobrancelha curvada. fisicamente. “E eu continuarei tentando até que eu tenha sucesso. “Então. Dezessete “Meu. Ele quase não aborreceu com um fogo então. ou preocupação . . Eles realmente não precisaram de um fogo. “Não esqueça de enxaguar. ele começou a curvar colecionar um par. e pareceu ruim para que ele disse aquela tarde. um fogo.Paul olhou fixamente para ela duvidosamente. . e Jeanne Louise deixa sua respiração fora em um suspiro. ela mimando e alvoroçada acabou de fazer isto pior.” Glancing acima de seu ombro.” Paul disse com diversão. uma garrafa de vinho. até três mil anos de idade. Paul trocou brevemente em diante seus pés e então giraram e encabeçaram fora do quarto. lembre? Eu penso que eu irei construir um fogo na lareira no quarto e espero por você. Boomer imediatamente estava subindo de seu lugar pela porta de parte de trás. “Grande suficiente para dois. rabo sacudindo e lamentoso. . e então ela gastaria o resto de seus anos só. deixando ela. Apenas do pensamento de perder ele levantou tal pânico nela . mas—” Ele encolheu os ombros.” Jeanne Louise taunted com um triste moue. o acondicionamento de ar estava em para causa do céu. Entretanto ele era. ou pelo menos eu iria. Ele sentiu como a fraca na relação às vezes. “Isto é uma grande tina.” “Conserte direito. Paul estava assobiando debaixo de sua respiração como ele abriu a grelha para a lareira. sujeição abaixo no desejo para intervir e levar as coisas pesadas. “Não tome muito tempo. . Ela poderia ter quarenta anos com ele. Ao invés.

e conjunto para trabalhar. Ela o viu na cadeira. Ela voltava na cozinha um momento mais tarde e levando Livy fora na garagem.” ele severamente disse. caiu longe da casa ou Paul teria tido os inícios de um terrarium em sua cozinha. Paul não estava lá. Ela olha deslizou acima da trilha de sangue da porta de parte de trás e então ela agarrou uma toalha de prato e apressado para seu lado. ela pensou mais distante de mudança no quarto e então pausando quando ela viu a grelha aberta na frente da lareira. Jeanne Louise andou no quarto e deixou a toalha que ela embrulhou ao redor sua gota. “Eu serei vestido e agarrei Livy e nós iremos para o direito. Ela viu isto acontecimento. Não que ela se teria importado se ele fez neste momento. Jeanne Louise afivelou a criança no backseat. Ela teve que parar a hemorragia.” ele disse com irritação. Fazendo careta no pensamento. “Vejamos. Você podia desmaiar. ela pensou esquisitamente. Boomer fez correr excitadamente para Paul. Paul glanced ao redor com um começo meio-balanço. mas deixe ela puxar sua mão fora de debaixo da água e examinar o ferimento. dividindo troncos. seu braço indo um pouco selvagem e então glanced nitidamente atrás para o que ele estava fazendo como o machado aterrissou.” ela muttered. segurando isto vertical com sua mão esquerda enquanto balançando o machado pequeno com seu direito quando Boomer o pegou por surpresa e saltado nele de fora de em nenhuma parte. só agarradas em cima as roupas ela tem vestido mais cedo e slapped eles em. deixa isto no toco. entretanto ele lançou o machado. inferno. Paul sorriu e fechou a porta de armário.” ela firmemente disse. viu ele acomodou e então fez correr fora do quarto. estremecendo como ela assistiu o aberto cortar. Ele estava tecendo como um marinheiro bêbedo. “Pode você assistir Livy enquanto eu—” “Você não está dirigindo você mesmo para o hospital com uma mão. Vejamos.” ela insistiu. Ele não protestou sua ajuda. afivelou ele em depressa. arrastando roupas em na frente da maioria de mortals teria alcançado os degraus. ele deslizou sua mão fora de em torno do machado e embreou isto para seu tórax com sua outra mão. exagerando novamente. então piscada e glanced ao redor com surpresa. Ela embrulhou a toalha em torno do ferimento e amarrou isto apertado. endireitado e fechou a porta. Felizmente. curvando levantar sua toalha e embrulhar isto ao redor ela novamente. A dor começou uma batida do coração mais tarde. ele faltou osso. Paul seguido ele fora e então movido à esquerda para o toco grande com vários mais troncos atingidos ao lado disto. Rindo debaixo de sua respiração. Jeanie. mas por um hairsbreadth. não disposta a não tomar não para uma resposta. usando velocidade imortal em lugar da velocidade mais lenta mais mortal eles tentaram incorporar ao redor mortals. e erga sua próprio cinto de segurança. A ação o surpreendeu. advertindo. Para um segundo ele não moveu e ela não estava certa se tudo estivesse certo ou não. slamming por ele gosta de um sledgehammer como o sangue começou a esguichar. Ela não se preocupou acima de muito sobre que ela coloca.” Ela o conduziu para uma cadeira à mesa. empurrando seu corpo e pondo sua pontaria. Jeanne Louise voltava no quarto. “Não bateu osso. Ele provavelmente iria para vinho ou algo. ciente que Paul permaneceu seguir. Jesus. e então glanced ao lado como ela notou Boomer que apressa em direção a ele.” “É bom.” “Está sangrando mal. e então apressado em quarto e scooped do Livy ela em cima. Só então fez ela puxar o fim de porta. “É bom. “É uma corrida pequena somente. mas não viu isto vinda. O machado foi pelo bloco abaixo de seu dedo polegar e afundado propriamente na madeira antes dele registrado o que aconteceu.A tomada o rabo frenético sacudindo e latir como um doggy sim. Quando ela começou o motor. ele estava aí. “Não é bom. ele levantou um dos troncos. “Você tem que ir para o hospital. levantado seu esguichando mão e embreou isto para seu tórax como ele apressou para a casa. você precisa de pontos. deslizando em seus pensamentos para manter seu dormente à medida que ela fez. Acabou de conseguir o bloco de gorduroso debaixo de meu dedo polegar. a toalha de prato embrulhou ao redor sua mão soaked por com sangue.” “Sim. a porta estava aberta e ela simplesmente voltou fora.” ela firmemente disse. segurando sua mão debaixo da água. “Bem.” Paul muttered.” Ele suspirou. Ela olha deslizou para o solitário tronco no possuidor de tronco e então ela girou e cruzou o quarto para as portas de vidro corrediço para perscrutar fora. então levou o animal para a porta de parte de trás. Paul. instintivamente segurando isto em cima como ele se apressou para a casa. ela viu. E ele estava sangrando como louco.” “Lá você vai. Amaldiçoando. lunged avidamente até cinta suas patas em perna do Paul. amigo. então girada e ofereceu mão de um afiançar de Paul como ele fez seu caminho trêmulo para o passageiro dianteiro acomoda. “Sente-se. Tanta para sua entrada principal. então slammed a porta e correu ao redor para o lado do motorista. Ele dividiu isto pela metade e fixou um um pouco atrás no toco. Jeanne Louise moeu seus dentes juntos. ignorando o modo que aflito que ele chupou em uma respiração. Especialmente não depois de perder este muito sangue. Eles eram o permanecer de uma árvore uma tempestade do inverno tirou seis meses mais cedo. Certo suficiente. agarradas suas chaves de carro fora da mesa de lado da cama. Eu estou dividindo uns troncos do par e então eu volto dentro de se você está pronto ou não. Jeanne Louise se apressou do quarto e apressou no andar de baixo. . chegando na cozinha como ele alcançou a pia e ligou a torneira. Jeanne Louise bate o abridor de porta de garagem antes de seu atrás de era até completamente na cadeira. então faz isto rápido. Coração em sua garganta.” Boomer desata a da porta antes dele ter isto completamente aberto.

ela decidiu como ela o reconduziu do veículo. Ela supôs que ele assumiu que ela era esposa e particular do Paul para tais informações. “Claro. Seus olhos tomando tudo em e sua corrida de coração. você não pode deixar seu carro lá. mas não perguntou como ela soube. Jeanne Louise permaneceu mudo e ainda por todo. senhor?” Jeanne Louise fixa Livy na cadeira pela porta. movendo em direção a eles. “O. Era apenas do primeiro de muitos até que ela finalmente o perdeu. Paul era muito woozy e fraco realmente para notar e ela ainda teve controle da enfermeira e doutor. “Você pensa que você pode levantar-se. “Madame. Ela não pensou que ela podia permanecer isto. e então seguido que eles que tem rodas ele ao longo de uma fila de quartos de exame. Deixando o doutor e enfermeira para seu trabalho. pneumonias . Ele também estava virando cinza e Jeanne Louise estava preocupado doente. ela soube. dividindo sua concentração entre doutor e enfermeira agora. Jeanne Louise por outro lado teve náuseas. Ele estava ainda sangrando. Seu estômago sentiu como estava comendo propriamente e ela sentiu woozy. Isto não seria seu último susto se ela ficasse com ele. A enfermeira glanced dela para o doutor Jeanne Louise estava ainda examinando. Uma viagem para o hospital seria a última e ela estaria só novamente. mas você conseguiu cortar na veia também. e então disse um pouco nervosamente. O doutor glanced nela. Jeanne Louise era cobria ela se preocupar como seu olha ansiosamente trocada da estrada até rosto de pálido do Paul. ela murmurou ternamente para a menina e então girou e subjugou para Paul. Pegadora ela em cima em um braço. o vermelho líquido agora gotejando da toalha até seu colo. entretanto abriu o backseat e depressa desafivelou e ergueu Livy. que era afortunadas. Um par mais minutos e você teria bled para a morte. frios. ela brevemente hesitou. “As chaves estão no carro. . tornando Paul em um quarto e wheeling ele até a mesa de exame. ajudado a caminho por um empurrão mental dela. Jeanne Louise dificilmente podia dizer a ele aqueles depois de cem anos de beber sangue se começou a reconhecer e diferenciar entre tipos de sangue e desde que ela tem bebido Paul é para vários dias umas semanas do par atrás. Um deles eram o que tipo de sangue ele era. Jeanne Louise parou direito da entrada de emergência.” o doutor disse. notando a criança estava despertando. Ele estava começando a vir a si um pouco.” “Mas você fará uma exceção em meu caso. Jeanne Louise recuou permanecer ao lado de Livy e tomou um momento para enviar o só despertando criança de volta para dormir. mas Jeanne Louise não quis que Livy tivesse que ir por isto. Jones.” o doutor anunciou como ele terminou com stitching ele em cima e girou sua atenção a colocar bandagem o ferimento. Estacione ele e traz eles para mim. Jeanne Louise então glanced ao redor nas pessoas no hospital greens que estava disponível e tomava controle da pessoa que teve “Doutor” em sua etiqueta de nome.” Jeanne Louise severamente disse.” Uma enfermeira apressada em cima com uma cadeira de rodas e Jeanne Louise o persuadiram nisto. Suspirando para ela mesma. .” Jeanne Louise respondeu para ele quando ele carranca com confusão.” Paul grunhiu nesta notícias. “Nós normalmente não permitimos a ninguém exceto pacientes atrás aqui. Ele estava embaralhando seus pés. sabendo que seu carro podia bloquear o modo de uma ambulância entrante. mas ninguém disse qualquer coisa. Sr. Porque ela iria. A enfermeira apressada fora de conseguir sangue enquanto o doutor terminou de desembrulhar a toalha e tomou um olhar para o ferimento.” a enfermeira agradavelmente disse. “Uma vez que o IVs são feitos. slammed o carro em parque e chamou atenção se apressar ao redor e abrir sua porta. “A mentira justa atrás para um pouco e relaxa. seu lips enviando uma oração muda que ele não sangrou para a morte nela antes dela o conseguir para o hospital. ? O corpo mortal era tão frágil comparado a um imortal é.” ela ordenou. Ela deslizou na mente do homem e mandou a ele fora do cubículo da recepção de incluso de vidro e ao redor para abrir as portas para ela como ela conduziu Paul adiante. Ela quase o perderia. Slamming a porta. debruçando fortemente em sua alça. Ela então assistiu caladamente como o doutor desembrulhou a bandagem e pediu a Paul questiona.” ela disse abruptamente como ela o persuadiu no interno sanctum do ER. “Você só cortou o metacarpal osso de seu dedo polegar. Ela podia só controlar tantas mentes de uma vez. batendo levemente braço do Paul. O fato que ele estava ainda sentando lá olhando um pouco ofuscado e confuso em lugar de abrir a porta e saindo que ele mesmo não era um bom sinal. “Você era sortudo.” . O homem girou e encabeçou fora do hospital. As chances eram o atacante acabar uma bagunça sangrenta no backseat agora que ela era uma imortal. nós verificaremos você novamente e provavelmente lança você. Ela viu aquele e dirigiu mais rápido. Para um acidente estúpido. Quantos mais tempos ela teria que ir por este antes dela finalmente o perdeu? Quantas mais pressas para o hospital? Quantas febres. Jeanne Louise o ergueu fora da cadeira de rodas e o deixou na mesa como facilmente como se ele fosse uma criança.Eles eram ambos mudos como ela dirigiu eles para o hospital. o sangue e fluidos já o fazendo algum bom. Ele estava limpando e costurando isto em cima quando a enfermeira retornou e começou a instalar um IV com ambos os sangue e um fluido claro ela supôs era água de açúcar ou qualquer outra coisa para ajudar encher seus líquidos. Ela nunca se perdoaria se alguém tentado levar a menina.” um uniformed guarda costas anunciado. “Ele é perdido muito sangue. “Ele era madeira intensa e cortava ele mesmo com o machado. ela a usou outra mão para conduzir Paul adiante e no hospital.

E só ficaria pior como ela se tornou mais hipotecada para ele. caia fora dele. lembre?” Ela ligeiramente disse. ela deu seu cartão de saúde e respondeu perguntas do Doris o melhor que ela podia. agarrando o forno mitts e deslizando eles em antes de abrir o forno para revelar o aquecimento de comida do lado de dentro. chamando isto alvoroçado e mimando novamente. Era outro exemplo de seu alvoroçado e mimando e não deixando ele “ser um homem. ele já estava perdido para ela. A menos que ele seja imortal. Era só um assunto de quando e como ele realmente foi. e brinde. mas ela não soube o que mais fazer. Ela não quis estar ao redor e espera e relógio para ele acontecer. scooped um Livy quieto dormente em cima novamente e deixou o quarto. Mas ele insistiria em coisas de levantamento que eram muito pesados só para provar ele ser forte. Paul moveu para a mesa e se sentou. Paul trocou em seu sono. dando a se uma desculpa para sair. ele não podia dizer. “Está lá—” . Ela tem sido conteúdo. fixando a comida em cima do fogão e indo buscar um prato para começar a transferir uma porção de cada artigo para isto. Quanto tempo ela levaria sua em sua cabeça? Fazendo careta. sua esposa. Ela não podia agüentar repetiu sustos gostarem de hoje à noite. batida sua mão contra algo e era abruptamente acordado. mas que ele era mortal. Permanecendo. e então adicionadas. Ele ainda levou seu retrato dois e uns semestres mais tarde. Ela iria o perder. ele provavelmente estaria morto agora. mas Livy também. Quando ele passou por isto para ela. ela moveu na cozinha. seu aborrecimento quase fez seu deixado ele dirigir ele mesmo. “Coma. mas ele era distraído com que estava continuando dentro de sua cabeça.” ela muttered debaixo de sua respiração. e Jeanne Louise fechou seus olhos brevemente. Ela veio para amar a pequena menina tanto como ela fez o pai. Paul assistiu caladamente como ela levou tudo para a mesa em uma bandeja. Se ela retornou ou não. “Você é acordado.” Jeanne Louise glanced para Paul ver ele cavando sua carteira fora de seu bolso de calça jeans com sua boa mão.” “Bem de sons. Ela então retornou o resto da comida para o forno e tomou o tempo para ir o buscar um café e copo de suco também. perguntando.” ela sugeriu. “Você está com fome? Eu fiz toucinho. e ela estava o servindo como ele era um inválido.” ela ligeiramente disse. quando ele viu Jeanne Louise acomodou na mesa de jantar. Jeanne Louise suspirou wearily e continuado em para a escrivaninha de emergência. Ele teria crescido woozy e colidiu e nunca fez isto para emergência a tempo. seus movimentos muito aos arrancos. Ela insistindo que salvou sua vida. “Quanto tempo você tem estado em cima?” “Eu não estive na cama. Ficando lentamente a mataria. O problema não era que ele era um homem. Ela não estaria só deixando Paul. Roçadura seu rosto com sua boa mão.” “Um homem mortal. como ele persuadiu seu modo em sua vida e coração. seus passos hesitando. Ela não precisou de uma desculpa. Seu coração não podia tomar isto. Se não hoje. então em algum lugar linha abaixo e hoje é apavorou pequena jornada tinha sido a primeira de possivelmente muitos. Ela teve que sair. Por que? Porque ele era determinado para provar ele não ser fraco muito tomaria chances estúpidas. Ele adormeceu brevemente posteriormente. Abrindo seus olhos. Noite Walker. e ele iria— Jeanne Louise se corta fora de abruptamente como ela percebeu o que ela estava fazendo. ela se importa gritado. ele perscrutou em torno da sala de estar e então sentado em cima no sofá.” Jeanne Louise glanced ao lado para ver o guarda costas ao lado dela. Olhou e cheirou delicioso. Jerri. “Doris na recepção disse perguntar a você para voltar fora frente e dar a nós seu número de cartão de informações e saúde pessoal e tudo. Ela estava construindo um caso. Ele pausou na entrada entretanto. Jeanne Louise suspeitou que ele não a agradeceria para isto entretanto. ele podia nunca ser sua qualquer um. então carteira do Paul aberta para achar seu cartão de saúde. exausto pelos eventos da noite. Existe café também. ovos mexidos. Como ela seguida o guarda costas atrás para a área de emergência aconteceu para sua que Paul quis dirigir ele mesmo para o hospital. ela tomou isto sem comentário. Livy trocou com sono contra ela. Não que ela pensou que hoje acidente era um esforço em sua parte para provar sua masculinidade.“Suas chaves. os assassinos de dor o doutor deu a ele provavelmente ajudou a o bater fora. e então aceitou em devolução Livy até a cama.” ele admitiu. Claro. Seguramente ela podia ser aquele modo novamente e— E o que? Espere por outro companheiro vitalício possível aparecer na cena.” ela ofereceu um sorriso tenso como ela glanced seu modo. Se ela tivesse. Ele até tem aborrecido que ela insistiu em o dirigir.” Paul levantou o garfo que ela também forneceria e começou a cutucar na comida. aconchegando seu rosto contra seu pescoço. Existia algo errado. apreciando o que vida teve que oferecer. O fato simples era. e a idéia de desistir a eles ambos eram intestino torcendo. e tente reconstruir sua vida sem ele. “Você tem que reconstruir seu sangue. Depois de sua chateada com ela noutro dia. Jeanne Louise o povoou lá com um lanche e bebida em retornar para o hospital. pintando o futuro. bonito blonde. Ele disse a ela onde ele estacionou o carro como ele a deu as chaves. “Vá se sentar e eu trarei isto para você. Ele sentiu tanto. Sacudiu aberto a revelar um retrato de um perfeito. ele escutou brevemente para o silêncio na casa e então permaneceu e embaralhou fora da sala de estar e na cozinha. Ela estava muito acabado. leafing por uma revista.

ele pensou com uma carranca. Papai?” Paul pausou na frente do tronco que ele só abriria e olhado fixamente cegamente nos mantimentos do lado de dentro. Porque ele compreendido.” Paul muttered e girou sua atenção para ajuntamento várias bolsas de mantimentos em cada mão. Eu vou perder você de uma forma ou de outra. Quando Jeanne Louise estava vindo para nos ver novamente? Nunca era a resposta. Agora Paul era o evitando seus olhos. Paul. passada sem tocar sua garganta. notando o modo que ela estava evitando olhar para ele. entretanto de repente encontraram seu olharem e suspiraram. “Eu não enlato que—” Ela pausou e tragou. Isto não vai trabalhar. Ele disse que ele faria acordos. e então saída da garagem e na cozinha.“Eu estou contente que você é acordado. Se só o que? Se só ela não girou Livy? Ele não quis isto. mas Jeanne Louise perdedora seria mais dura. Ele conseguiu conseguir todos eles.” Jeanne Louise disse quietamente e algo em sua voz o fez olhar seu modo finalmente. Ela retornou para seu notando. abaixando o garfo para a mesa novamente. Ele não podia a pedir para ficar. Não podia perguntar que sua. Muda. “Eu não posso fazer isto. E de alguma maneira ela fechou o tronco. deixando ele só. frowning quando ele viu que ela ergueu quatro casos de estalou fora do tronco como se eles pesassem quase nada. Mas era duro não . movendo para colecionar uma mala empacotada ao lado da porta para a garagem. o que dizer. Uma bonita. E o mais longo eu sou com você o mais louco que eu farei você com meu alvoroçado e .” ela abruptamente disse.” Ele pensou que ele pegou o brilho de lágrimas em seus olhos antes dela se virar. Mas “se só” não importou. o carro começando e a abertura de porta de garagem. “O tio Lucian contactará você no próximo par de dias com acordos para ajudar Livy. Seu olhe enfocou e ficou nela. ele a faltou. “Que tal Livy está treinando?” Ele perguntou finalmente. mas estava pulando chegar em casa antes do sol estar completamente em cima.” ela interrompeu. Jerri perdedor tinha sido doloroso como inferno. ela perscrutou nele caladamente para um momento. Ele não imploraria por ela ficar. Ele compreendido. implore. o som da porta fechando novamente e perguntou-se à toa se ela o remeteria o abridor de porta de garagem. Talvez ele teria sabido o que fazer então. evitando seus olhos. e pleiteie? Devia ele? Ou isso era egoísta? “Eu devia ir. Você—” “É certo. entretanto ela estava saindo a porta na garagem e o fechando atrás dela. Se somente? Boca trançada do Paul nas palavras em sua cabeça. ou velhice só clara. “Jesus. Paul escutou os sons de sua mudança ao redor. Glancing atrás. Embora ele seria eventualmente. Ele ouviu ela retirar-se e depois de uma pausa. incapazes de lidar assistindo ele idade e morrer. ela era muito pequena para fazer muito . mas maldição. Se só que companheiro de Bricker assustado a criança não teve em correr. preparou ele.” Paul se sentou de volta em sua cadeira. Como ele assistiu.” “Casa?” Ele nitidamente perguntou. Livy trocou os casos pesados para uma mão para abrir a porta com o outro.” Ela pausou e perscrutou nele pleadingly. Era como querer ser com uma deusa. O que aconteceu aconteceu. Paul girou perscrutar em sua filha caladamente. Eles não são pesados. ou um ataque cardíaco. Jeanne Louise hesitou.” ela disse quietamente como ela abriu a porta para a garagem. Papai?” Paul suspirou e glanced para sua filha. brilhante ser de luz e glória. . mas eu não posso fazer isto. e então murmurado. Pedindo a ela para ficar estava a pedindo para aguardar e assistir ele morrer. Então ele supôs era se só os Caçadores de Velhaco não chegaram quando eles tiveram. Mas ela não era. então o estrondo da porta. Era egoísta para esperar que ela. “Eu chamei Tio Lucian ontem à noite. Então sua mão empurrada fora e enviou o prato de toucinho e ovos quebrando para o chão. Ela deve ter saltado em cima uns pés do par para alcançar isto. Ela soou desapontado? Ela esperou que ele protestaria. então tentou novamente. Ele não podia estar sem ajuda por e assiste Livy murchar longe e morrer qualquer um. Esperando. Dezoito “Quando Jeanne Louise está vindo para nos ver novamente.” ela o assegurou e movido em direção à porta para a cozinha. Se ela fosse mortal. . deixe Papai tomar aqueles. “Você era direito ontem. provavelmente aquela velocidade de vampiro. e estava para fechar o tronco quando ele de repente slammed fechar para ele. forte. Ele devia ter notado isto.” Ele movimentou a cabeça e passou sem tocar sua garganta. . Se somente . “Tenha uma boa vida. Ele amou sua filha e quis seu vivo. Teria dado a ele um pouco de advertência. e agora eles tiveram que viver com os resultados. teria sido diferente. “Eu amo você. . Porque ela não estaria morta e no chão além de seu alcançam. e Livy também. de forma que ela caiu e estado mortalmente ferido de forma que Jeanie tinha sido forçado a girar ela? De forma que eles podiam ter levado por seu plano para ela girar ele e o deixar virada Livy? Ele suposto. Se não algum acidente estúpido. “Mel. “Eu não quis partir enquanto você estava dormindo. quanto mais machucará quando eu perder você. Enquanto ele era um homem mero. então para câncer. “Huh? Quando ela está vindo. Ela voltou fora de suas vidas.

parando. descendo na garagem e Leigh esclarecedor. “Você está cansado? Seus pés machucam.” Livy assinalou. ela nos ama um grande negócio.” Paul seguro ela depressa.” Rosa de sobrancelhas do Paul em sua sabedoria. “Não. e Bricker lotados na entrada da cozinha atrás dele. “Mas eu não sou como você e Jeanne Louise. E agora Jeanne Louise sente aquele mesmo modo.” “Mas ela não me perderá. ou morra?” Livy movimentou a cabeça.” Lucian rosnou. Ela me faltaria demais.” Livy reclamou.” “Mas isso não faz sentido.” “Você assim. Lucian era imediatamente toda preocupação. “Sim. mas ela recusou mover e murmurado. “Não você. mas aparentemente ela viu direito por eles. Cristo. me.” Lucian disse com um negligente encolhe os ombros.” “Mas eu não quero você já para morrer.” . deixe o cachorro fora e volte para fechar o tronco para ele nos poucos segundos pequenos que o levou para juntar as bolsas de supermercado em suas mãos. Livy?” Paul glanced nitidamente ao lado naquela pergunta. nós nos sentaremos no jantar enquanto Paul consegue seus mantimentos. “Sim. “Por que todos nós não vamos dentro de e nos sentamos?” Leigh sugeriu. “O que você está fazendo aqui?” “A porta da frente estava aberta. Papai?” “Não. eu não vou morrer durante algum tempo ainda. eu era.” ela saudou alegremente como ela abordou eles. cupcake. Nicholas. Eu soube que machucaria perder você porque eu amo você.” “Eu deixo Boomer fora depois de que eu pôr o estalar na cozinha. então permanecida e andou protectively na frente de sua filha quando ele reconheceu Lucian Argeneau de pé na entrada entre sua cozinha e garagem. Papai.” “Eu não quero que você envelheça e morrer. Oi Tio Luc. “Mas a porta estava aberta e quando não existia nenhuma resposta que nós decidimos que nós iria melhor investiga. Então ela viria para nos ver novamente e você nunca morreria e nós podíamos ser uma família. “Sim.” Seus olhos foram largos e assustados. “Vamos esperar para Livy. mantimentos e todo em um braço. E não fechou a porta corretamente como sempre.” Livy disse de uma vez. Ele tentou esconder suas preocupações e medos.” Paul glanced atrás dele.caso contrário. Eu envelhecerei e eventualmente morre.” Livy disse de uma vez. Você lembra como Marguerite ensinou você sobre ser um imortal e como você crescerá. amor? Venha. e movimentado a cabeça. doçura. “Nós tocamos a campainha. “Mel. feliz de cinco anos de idade em lugar de algum vampiro híbrido estranho. “Se ela nos amar—” “Doçura. “Não este tempo. Lucian Argeneau realmente rachou algo assemelhando a um sorriso para a menina enquanto Leigh correu uma mão suavemente acima de cabeça do Livy como a menina jovem desenhou na altura deles. como ele disse. você lembra o quão chateado e se preocupou que eu era quando você estava doente e eu pensei que você iria morrer?” Livy puxou de volta para perscrutar nele solenemente. scooping a criança em cima. Eu não estou doente mais. mas não envelhecerá? E como você não ficará doente. “Você trouxe Jeanne Louise com você?” Livy perguntou. Você era assustado. “Quem colocará bandagem meu booboos e dirá a mim que eu disse a você muito quando eu faço eu mesmo doente em doce demais?” Lips twitched do Paul nas palavras. Eu sou mortal. Você será crescido quando eu fizer. anotar suas bolsas de supermercado de forma que ele podia dar seu um abraço. Papai.” O outros fizeram modo como Lucian tentou conduzir Leigh de volta pela cozinha. mas ele a assegurou. mas Livy já teve as bolsas na mão e estava movendo ao redor ele em direção a Leigh e Lucian. e Jeanne Louise tem medo de ter que assistir isto. a criança deve ter movido como o vento para pôr o estalar longe. roçadura sua barriga estendido uncomfortably. “Você está doente. Paul terminou em sua cabeça. pretendendo colecionar as bolsas de supermercado que ele anotar e escoltar sua filha do lado de dentro. Ela não gosta de nós mais?” Os ombros caídos do Paul com derrota e então ele ajoelhou antes de seu. “Talvez eu posso fazer você um vampiro como Jeanne Louise fez para mim. “Então como venha para Jeanne Louise não vem para nos ver mais? Eu gosto dela. “Oi Tia Leigh. e é por isso que nós não a vemos mais.” Livy disse com um gesto.” Leigh disse apologetically. deixando sua outra mão para tomar braço do Leigh e a persuadir na cozinha. mas ela estava sorrindo nele agora parecendo com um normal. Mas eu estou certo que você estará a vendo muito logo. “Bem eu sou mortal.

” Lucian assinalou. .” “Você não está girando ele.” Paul admitiu em um suspiro.” Leigh disse com diversão. mas immortals podia morrer. porque ficando imortal era o único modo para Livy ser vivo. e então ele scowled em Paul e adicionado. ela não teria caído e Jeanne Louise não teria tido que girar seu naquele mesmo lugar e renuncia seu esperado para plano de girar ele e seu torneamento Livy. “Eu não esperei a criança para monstruosidade assim e tomei um cabeçalho. .” “E ainda você concordou na virada.” “Eu não sou esperado para outro mês. “Você pensou que você era o único para fazer a oferta? Marguerite ofereceu também. Batida de esperança para vida em seu tórax. Paul piscou na pergunta com surpresa. isso era só cruel quando ele soube que não iria acontecer. tenha Jeanne Louise. ele o persuadiu na cozinha. destino é uma cadela às vezes. Jones aqui parece arrastar seus pés sobre tudo. A criança é um cutie. Se não para o caçador caso contrário aparentemente agradável. obviamente lendo seus pensamentos. Uma.” Bricker disse quietamente como Paul desenhou na altura dele. adicionando. oferecendo a sua esposa um sorriso afetuoso para suavizar as palavras. se Justin desistiu de sua virada que ele poderia um dia encontra um companheiro vitalício e não poder girar ela. “Enquanto Sr. Como para Jo e Marguerite . “Agora você dois chega aqui. Sua consciência não permitiria isto. “A esperança original da Jeanne Louise era para girar você e deixar você usar sua uma virada para girar Livy.” Paul disse de uma vez.” Paul deixa sua respiração fora em um suspiro. e ela suspeitou era o tumor cerebral que causou isto.” Lucian rolou seus olhos. Colocando uma mão em seu ombro. O deixaria na mesma posição Jeanne Louise e ele estavam em agora mesmo. Eu prefiro nenhum Livy nem eu era immortals. Ele podia ser imortal. “Você soube isto?” “Sim. ele sentiu os inícios de uma enxaqueca que arrepia por seus pensamentos. Ele não quis culpar o homem para suas aflições. Não pode correr ao redor despreocupado no sol.” Lucian rosnou. Aquela esperança morta com as próximas palavras do homem. Ela não pode voltar para a escola próximo ano. E Livy o chamou Tio Luc.” ele secamente o informou.” Lucian anunciou.” Paul moveu em direção à cadeira. Tinha sido um acidente. “Eu concordei para duas razões. Bricker.” Ele movimentou a cabeça. E eu certo como inferno não quer perder minha família. Se eu pudesse ter achado outro caminho para a curar ou a salvar que eu teria saltado nele e a permiti uma infância normal.” . “Eu estou esperando. Sua uma virada é muito preciosa para deixar você doar isto para companheiro de vida de outra pessoa. “Inferno não. eles poderiam ter seus companheiros vitalícios já. E eu não podia entrar em sua cabeça para a parar. Ele não respondeu para as palavras do homem diferente de começar severamente adiante. Eu gostaria de povoar este na frente de Leigh entrar em trabalho. Justin Bricker. O modo como Jeanne Louise explicou isto. Bom Senhor. A vida estava cheia de tais eventos infelizes que eram realmente culpa de ninguém. mas eu não podia entrar rápida suficiente para a parar. Bem. ele teria isso tudo agora mesmo. ele sorriu esquisitamente e adicionado. Eu ofereci usar minha virada para girar você para Jeanne Louise. mas Bricker era direito em seu lado. Lucian Argeneau chamou sua filha cupcake. Jeanne Louise comentou em um certo ponto que estava um pouco mais duro de entrar em pensamentos do Livy então mais. Eu tentei quando ela girou correr. tinha sido um acidente.Paul olhou fixamente atrás deles sem ajuda.” Ele arqueou suas sobrancelhas e gesticuladas para a cadeira vazia à mesa.” Lucian disse que irritably do outro termina do quarto. O homem era direito claro. “Você é uma daquelas pessoas que estão cedo para tudo. que ela teve que fazer um esforço combinado cheio para administrar isto. .” Olhos alargados do Paul nesta notícias. Ele tentou a salvar. “Mas eu não estou deixando algum de vocês faz isto. “Eu sinto muito sobre isto. quem não concordaria naquele? “Porque você quis ser imortal?” Lucian perguntou. “eu pensei que nós estávamos vindo aqui assim eu podia girar ele. sua deformação de ombros como sua raiva lentamente drenada fora de sobre a qual ele. Sobre a reivindicação que eles veriam Jeanne Louise logo . Paul culpou o bastardo se ele quis ou não. Afinal. “Todo coração de hemorragia na família com uma virada livre ofereceu. claro. E Nicholas Jo ofereceu também. Paul suspirou e esfregou sua fronte. “E para Livy também.” Quando Paul abruptamente parou para bocejar nele. “Sim. “Nós discutimos isto.” Paul piscou e scowled no imortal que teve assustada sua filha abaixo os degraus malditos e quase a matou. Não pode ter ela esfregando ao redor e me culpando por eternidade depois de você envelhecer e morrer. . “E você concordou nisto?” “Claro. Eu penso que o tumor cerebral causou alguma resistência ou algo. Paul. Lucian. que Ela não pode ver seus amigos ou tocar com as crianças no bairro para medo de acidentalmente esclarecedor o que ela é. E se eles acharam eles mesmos viúvos? E então achou outro companheiro de vida quem era mortal? Eles muito seriam certos onde ele e Jeanne Louise eram agora. e fez careta. destino justo fucking com você.” Paul suspirou e afundou abaixo na cadeira à mesa. bem. Paul supôs que era o que o homem estava conversando. Mas se ele não tivesse Livy assustado. “Você vai distinguir-se aqui o dia todo ou o que? Lucian não é o paciente tipo. “Lucian nos trouxe todos aqui porque eu quero compor para isto entretanto. chamando sua atenção atrás para o homem. E sua metade filha de quartilho estava levando mantimentos que ele apenas poderia administrar.” Justin muttered. Tudo mudou para ela. e fazendo para se eles não pesassem nada. Era depois que eu disse que eu iria ontem que você começou a fazer acordos para esta visita. dizendo.

“Bem então. “Eu não sou eu mesmo novamente para você. Por que não pareceu como suficiente agora? Por que sua vida pareceu tão sem sentida sem Jeanne Louise nisto? “Você podia sempre multa sua uma virada para sua filha. Mas Livy ainda terá sua uma virada para sua próprio companheiro vitalício.” “Eu posso. sua esperança subindo novamente. Frowning em seus próprios pensamentos. Eu desistiria de tudo em minha vida para ela . exceto minha filha e sua felicidade. “Você usaria sua uma virada para girar seu pai?” “Uh-huh. ele pensou com assombro até como ele . “Eu gostaria de Jeanne Louise voltar. Realmente um olhar e algum mental remendando. levantando-se. Paul tentou subir e protesto. Ele até não viu Lucian morder ele mesmo esta primeira vez. “Andorinha. dando isto para sua filha. .” Lucian anunciou.” “Ela tem cinco anos de idade. “Eu fisicamente farei o torneamento. surpreendido por achar ele podia conversar novamente. uma esposa vibrante bonita e uma filha feliz saudável. Quer dizer devia Jeanne Louise morre e você acha um companheiro vitalício que é mortal que . .“E você?” Lucian perguntou. “Você não quer Jeanne Louise?” Lucian perguntou simplesmente.” Paul glanced em cima com uma carranca. Paul perscrutou nitidamente nele.” Ele encolheu os ombros. e debruçado na mulher. De fato. Eu—” palavras do Paul eram cortadas quando pulso de repente slapped do Lucian através de sua boca aberta. Ele ainda teve Livy. Ela não pode—” Lucian o silenciou com um olhar. Ao invés ele perdeu isso tudo.” Lucian secamente disse.” Lucian secamente disse. Uma vez girou. mas contará como sua uma virada.” Lucian disse simplesmente. Paul decidiu quando ele tentou falar novamente e achou que ele não podia. Claro. mas não podia fazer qualquer um. “Você ainda tem Livy. Um mês atrás que teria sido suficiente. Eu estarei fora em um minuto.” Lucian calmamente disse. mel. ele teria tido isso tudo. ele não perdeu isso tudo.” Paul olhou fixamente para o homem inexpressivamente. você tem uma virada de sua própria. “Eu—” Ele pausou. tomando mão para principal do Livy ela fora do jantar. Deus querido. “Livy?” Leigh suavemente iniciou. ele poderia ter Jeanne Louise afinal. Mas eu estarei fazendo o torneamento para Livy. Lucian removeu seu controle acima dele. O papai tinha muito prazer em com ela. “Você está sem sorte. escovando o cabelo de volta do rosto da menina. enfrentou a um companheiro vitalício mortal que ela nunca podia reivindicação. A imortal seja outra mão apertou a de volta de cabeça do Paul o afastar de tentar atrás longe disto. “Que tipo de doente bastardo você pensa que eu sou?” Lucian estalou com desgosto o momento as duas fêmeas eram ido.” Livy disse simplesmente. Condene estes bastards moveu rápido. Ele podia ter isso tudo. Uma futura que pareceu tão rosado quanto podia ser. Uma família feliz. Porque significaria não tendo Jeanne Louise. mais confusos que chateados agora. “Ela teve que verbally desiste de sua uma virada para você na frente de testemunhas.” Paul disse com assombro. O bastardo estava o controlando. Ele quis ser girado. “Se você pudesse ter curado seu outro modo iria você ultrapassar ficando imortal também?” “Não. por que você não tira Livy para o carro. Você pode multa ele aqui na frente de testemunhas. “Então você quer ser girado?” Lucian firmemente perguntou. Jeanne Louise e Livy ambos. Seriamente tentou. Paul assistiu eles irem. Paul pausou. “O que?” “Livy é forfeiting sua virada para girar você. “Eu não faria uma criança de cinco anos de idade rasgar seu pulso aberto a girar seu pai. . “Você não pode a segurar para aquele. Você quis dizer isto? Você giraria seu papai se você pudesse?” Paul endureceu na pergunta. seu olhe afiado e enfocado em sua fronte e então ele movimentou a cabeça e girou para Livy. tudo que ele podia ter querido. .” Leigh movimentou a cabeça e permaneceu. “Sim claro.” Paul piscou naquele comentário. Ela me fez feliz também. Ele pensou que eles iriam tentar fazer a menina girar ele. “Você estava dizendo talvez que você podia girar seu papai e o faz imortal como você e Jeanne Louise assim você podia ser uma família.” ele muttered.” Paul firmemente disse.” “Não. “Leigh. por que você até a forçou a responder tal pergunta?” “Porque ela teve que dizer sim. Não pareceu. É disso que nós faremos então. ela tem cinco anos de idade. “Claro. Ele não podia tomar virada da sua filha e possivelmente a deixava em uma posição insustentável semelhante na futura.” Paul respirou. Ele era aliviado e desapontava tudo de uma vez. Compreendido?” “Sim. E eu não quero que Papai morra. As ações eram muito o jejuavam levaram Paul um momento para perceber o que estava acontecendo e então ele ficou ciente aquele sangue estava esguichando em sua boca. Ele podia ter Livy e Jeanne Louise. “Só um minuto maldito. e eu irei. daria a ele tudo ele procurado.” Lucian era mudo para um momento.” “Certo. Ele não acabou de não querer que Livy tivesse que fazer isto ou perder sua virada para fazer isto.

e novamente.” ele disse com um encolher os ombros. “Mas nunca está morto ninguém . Jeanie nunca nos perdoaria se nós aniquilássemos seu companheiro vitalício. Como ele anuncia.” Paul hesitou. ele glanced para Nicholas e murmurado.” Bricker assinalou como os dois homens movidos até o pé da mesa. espesso. deu isto um puxão de prova.” Nicholas estalou o tornozelo do corrente ao redor Paul. Você não pensa que ele vai deixar seus em qualquer lugar próximos aos passeios fazem você?” Nicholas perguntou a um latido de riso.” Bricker disse com um gesto. . “Em cima você consegue. “O que você está fazendo aqui?” “Para algum Tio de razão estranho Lucian pensou que eu devia estar aqui pela grande virada. e então bateu levemente a mesa. . “Não é exatamente um feito negócio. “Nicholas. mas ele agitou sua cabeça. “eu conheço que você é irmão da Jeanne Louise. bem. Mas nós não somos casados ainda. . “Inez está aqui então?” Nicholas perguntou. assinalando. Por que ele me chamou seu cunhado?” Nicholas sorriu um pouco como ele curvou oferecer um fim de cadeia para Bricker debaixo da mesa. “Bom. “Existe ainda a agonia e gritando ir. Leigh e eu estamos tomando Livy para Terra maravilhosa assim ela não tem que ouvir seu pai gritar.” Ele glanced para ele e sorriu.” “Eu desisto de minha virada para minha filha para usar como ela deseja. “Oh direito.” Thomas explicou grinning.” Ele movimentou a cabeça para a mesa. e então começou a prender uma corrente para isto. ela será sortuda se ele deixar ela caminhar pelo parque e não insistir em uma cadeira de rodas ou a levando. adicionando. ajuda Bricker amarrar com correia seu novo cunhado. Ele teve um avião de Argeneau me coleciona e Inez esta manhã e nos voa. Seu pai está trazendo Marguerite.” Ele pausou curvar e aceitar a cadeia que Nicholas passou para ele debaixo da mesa. Superfícies muito mais fáceis limpas como isto entretanto. . “eu estou certo que será bom então. “Inferno.” “Por que isto é desgraçado?” Bricker perguntou a surpresa. “Infelizmente.” “Nós moveremos você para sua cama depois da pior de que é acima de e você é feito debulha e mudando. “Bom. bom. ele perguntou. ele disse. “A virada começou.” Lucian levantou suas sobrancelhas.” Ele glanced para Paul e então bateu levemente a mesa de jantar.” “Obrigado . Puxando de volta. “Superfície de taco de ferro forjado robusto básico.” Lucian glanced para os outros dois homens. “Bem-vinda a família. irmão. Pareceu continuar para sempre antes de Lucian levou de repente seu braço e lançou sua cabeça. eu penso. então permanecido e cruzou o quarto para abraçar o outro homem. Leigh gosta deles também. Como os dois homens endireitados e começaram a algemar cada fim para seus pulsos. . Eles deviam estar aqui logo.” “Boa coisa também. movendo para colecionar uma pilha pequena de cadeia que Paul não notou enrolado no canto. Pode ficar bonito sujo. sua voz subindo.” Paul disse com submissão sua voz cascuda. Ele respirou depressa por seu nariz para afastar de amordaçar como ele tragou o líquido espesso.” Nicholas seguro ele ternamente. só uma das condições nós usamos para isto. . “Bem. Ele de olhos o da mesma categoria inclinado nonchalantly na porta. mas basicamente você é seu companheiro vitalício e você foi girado. e Jo fora com IVs e drogas e estante.” Nicholas disse esquisitamente. Eu estou Jeanne Louise certa insistirá em uma formalidade logo o bastante. e então endireitou e continuou. começando a desvendar a cadeia com ajuda do Bricker. Paul. . Menos provável para quebrar que sua cama. “Mudando?” Paul perguntou. não ninguém que eu vi girado de qualquer maneira. “Ela é esperada no próximo mês. “Você é tão bom quanto casaram de acordo com nossos costumes.” ele disse apologetically. Você será imortal. Eshe. Agora . “Você desistirá de sua uma virada para Livy usar como ela deseja?” Paul movimentou a cabeça sem vacilação. “Terra maravilhosa?” “Parques de diversão sempre amado do Lucian. e então tragou novamente. uma sobrancelha curvada. É um feito negócio até onde nós estamos preocupados. não é?” Olhos alargados do Paul. Então . . e fácil limpar a bagunça posteriormente.” “Na mesa?” Ele inexpressivamente perguntou. “Lucian sugeriu isto quando nós primeiros entramos na casa.automaticamente fez como ordenou e tragou. Vamos conseguir você afivelou em para o passeio. “Diga isto. “Pule em.” Aquele comentário seco veio da porta e chamou atenção do Paul dos dois homens presentemente algemando seus pés. Julius.” Paul murmurou fraco.” Bricker bateu levemente sua perna novamente. entretanto cedeu e subiu sobre uma cadeira e então sentada na mesa e balançou suas pernas. “Você não tem uma condição de coração sobre ou algo que nós devíamos saber. “Thomas. e então perguntado. .” Pursing seu lips ele de olhos ele solenemente.” Lucian girou e deixou o quarto então e Bricker glanced para Nicholas. de estanho. “Durante a virada seus empurrões de corpo fora impurezas e enchem o nanos decidir que você não precisa.

mas desde é por isso que ele pode assegurar eles que eles não seriam pegos fazendo o sórdido no carro no Argeneau estacionando garagem. alarme começando a ondular abaixo sua espinha. “Alguém é bom o suficiente para Jeanie?” Nicholas perguntou a diversão. mas eu farei meu mais maldito para fazer seu feliz. “Ele é um geek gosta dela entretanto.” ele assegurou eles severamente.” Nicholas explicou.” Nicholas pensativamente comentou. Trouxe um rugido imediato de dor dele e o teve debulha na mesa. terminando algemar segunda perna do Paul e endireitando juntar-se o outro dois. Eles provavelmente arrancariam o pensamento de sua mente. “É como nós conhecemos que Jeanne Louise tinha sido tomada.” Thomas muttered. apertando seus olhos fechados contra a pressão de ascensão lá. Julgando pela diversão nos rostos dos homens.“Você está brincando?” Thomas grinned. Eu sou acordado.” Nicholas de repente comentou.” Ele perscrutou abaixo em Paul.” ele muttered.” Paul scowled novamente.” Paul admitiu com uma carranca. ou saúde eles se eles forem um nossos. “O que é keratoconus?” Bricker curiosamente perguntou. girando o levar ao lado da mesa e Paul encadeou para isto. “Hmmm. “Os trabalhos em R e D em Argeneau gosta dela também. ele não comentou. Ela está fora frente.” Nicholas movimentou a cabeça. “Hmm. eles normalmente vão para os órgãos primeiros. Eu posso ouvir você. a garagem de estacionamento tem máquinas fotográficas de segurança em todos lugares. “Realmente. você não precisará contacta mais. é thinning e inchando externo em um cone forma.” “Bem pelo menos eles podem montar em trabalhar junto. “A córnea. entretanto.” Bricker assinalou. começando a piscar seus olhos como eles começaram a picadura. Existia um calor estranho construindo atrás de seus olhos. A segurança viu ele deslizar atrás de seu carro logo antes dela entrou. “Sim. e então perguntado. Ele glanced para Nicholas e então atrás com um suspiro. “Você não pode pensar que eu sou bom o suficiente para sua irmã. Seus olhos estão relampejando prata já. Você—” Paul não ouviu o resto. E nós não estaremos ‘pegando isto em ' no carro na garagem de estacionamento.” Nicholas sorriu em Paul e movimentado a cabeça. inclusive rasgar fora seus próprios olhos para trazer um fim para a agonia que explode por ele só então. a frente clara de meu olho.” “Ele é bom o suficiente para Jeanie?” Thomas perguntou.” “Então ela está no escritório?” Nicholas perguntou. “Bem as boas notícias são. Isto é um novo.” “E as notícias ruins?” Paul severamente perguntou.” Thomas comentou. “Ela não deixaria-me desprender-se sem ela. Bastien pensa que ele poderia ter uma posição para seu aqui no Canadá e querer conversar com ela sobre isto. Sua atenção era abruptamente e completamente reivindicado por de repente dói atirando por ambos os olhos. “O que normalmente vá para os órgãos primeiros?” Paul cautelosamente perguntou.” Paul scowled no par deles.” Thomas murmurou. “Não. Era provavelmente melhor que ele era encadeado entretanto. movendo para a cabeça da mesa para conseguir um olhar melhor ele mesmo. então?” “Hmmm. “Oi.” Thomas disse esquisitamente.” “Huh. “Eu penso que você vai ser um de aqueles onde a virada aparece duro e rápido. Eu tenho uma pouco mais de classe que isto. Eu suspeito que eles serão achados em armários de vassoura e pegando isto em seu carro na garagem de estacionamento pelo próximo ano. andando um pouco mais íntimo para a mesa e curvando perscrutar em olhos do Paul mais próximo. ele não teve que. “Você tem algum tipo de problema de olho?” “Eu tenho final de início keratoconus.” . “Embora trabalhando no mesmo lugar eles não são provável ter trabalho muito real feitos. “O nanos. Um carro estava prendendo quando nós estávamos entrando a casa assim ela ficou ver quem que era e qualquer um mandar embora eles se eles forem mortals. olhando fixamente para olhos do Paul. Paul suspeitou que ele teria feito qualquer coisa. “Eu visto gás rígidas-lentes de contato permeáveis por causa disto. Bastien quer ver seu amanhã assim ela veio comigo hoje.” ele assinalou com irritação. ele soube que era apenas do início. arrancando em seus pulsos para tentar alcançar seus olhos. Sentiu como alguém levou dois gelo escolhe e o apunhalou nos olhos com eles. Além disso. “Ele parece uma boa suficiente rachadura. Dezenove “Eu volto. “Além disso. Bastien devia acabava de emitir a eles o ano. “É este ele. A pior parte era.

Ela não podia imaginar quanto que machucaria o ter para uma vida mortal e então o perde. “Ajude com que?” Jeanne Louise perguntou a uma carranca. e então olhou. . Ele provavelmente ainda estava. Ela não o viu desde deixar Paul e retornando a sua vida velha. Seu sorriso. nas esperanças de só o vendo ou até Livy. empurrado seu tamborete atrás e levantado-se. ou pelo menos tentou arreliar. examine seus olhos. até amor do seu pai. Ela então dirigiu-se à porta. Jeanne Louise administrou um sorriso fraco na piada.” Jeanne Louise abaixou sua cabeça. Boas em outras coisas também. Isso explicou por que pessoas estavam evitando seus olhos e sendo especialmente boas para ela ultimamente. “Almoço e outras coisas.” Kim hesitou. Melhor esta alma horrível torcendo dói agora que completa obliterando agonia mais tarde. mas é mais como eles transmitem seus pensamentos. Eu devia ir para almoço. ou seu o perdendo. Ninguém soube sobre Paul. Ela hesitou e então disse apologetically. ela pensou como ela colecionou uma bandeja e movida ao longo do contador em automático. Mas não só por algumas décadas. Ela não sentiu muito gostar de ultimamente rir. Porém. tia. “Eu vigiarei isto enquanto você almoça. Não quis dizer que ela não acharia outro. A duas se tornou bastante fechou bastante depressa ao longo das últimas semanas. “Se lá qualquer coisa que eu sou poder fazer para ajudar . não teria que recordar e doer para seus beijos.” Kim disse subir ao lado dela.” ela murmurou e deslizou fora do lab. Ela almejou seus beijos. não saberia o que ela perdeu . Bem como feche como um imortal e mortal que não eram companheiros vitalícios podiam conseguir. Mas ela soube. . “Jeanne. você sabe que eu irei. sua palavra para immortals que moveu passado o desejo por comida e sexo. perguntando-se como ela foi se ela pudesse convencer seu tio. Ela não quis outro. E ela teve absolutamente nenhum interesse em ver seu amante mortal velho. Ele gosta de fazer eles.” Jeanne Louise muttered. Suspirando. Jeanne Louise glanced atrás em questão. Soou como ela estava dizendo a todo mundo de qualquer maneira. Ela já quis que ele gostar de ninguém e nada ela já quis em sua vida.” “Eu não estou com fome. Ela não saberia. Pelo menos isto é como é com você. “Você é certo. entretanto tudo sobre ela era apartamento ultimamente. “Eu dificilmente tenho que deslizar em seus pensamentos e o mostrar o que fazer mesmo.” Ela encontrou ela olhar para um momento. Não existia nada que ela podia fazer sobre outro immortals podendo ler seus pensamentos. E isso era depois de só umas semanas do par. O que estar continuando? Immortalpause?” Kim arreliou. sentir seus braços ao redor ela. Pareceu isto não importou que ela não diria ninguém. Ela não lembraria já ter o encontrado. Ela anelou ver seu sorriso.” ela adicionou com um risada. . e notando a preocupação de repente arrancando em seu lips. fundo em seu coração. Kim. como o delicada blonde entrou no lab com um sorriso em seu rosto e uma fonte em seu passo. um que achou e perdeu seu companheiro vitalício. Só pensando que aquela Jeanne Louise deprimida. “Deixe isto. mas se não a matasse e teve sucesso. “Obrigado. “Eles dizem novos companheiros vitalícios estão facilmente lidos. Ela realmente não viu ninguém desde então. espero que um que já era imortal e não em falta de girar. . certo?” Kim quietamente disse. Ou talvez qualquer agonia mais tarde valia a pena qualquer quantia de tempo que ela podia gastar com ele agora. Ela quis Paul. ela fez isto novamente. Era perigoso. “Ele é o mais atraente pequeno mortal no planeta. isso não a parou de dirigir passada sua casa toda noite a caminho de trabalhar. Ela era a figura trágica. Jeanne Louise ignorou isto e movido para sua escrivaninha para conseguir sua bolsa. seu corpo corrediço contra sua. ela pararia de machucar. Mas aquela próxima noite. e respirada fora um suspiro. Ela então girou levar sua bandeja para uma mesa vazia. Jeanne Louise não podia nem braça a dor então. Seus pensamentos continuados flutuando. Jeanne Louise estourou sua respiração em um suspiro como ela pagou por seu almoço. ela suposta. “Você saltou o almoço ontem também.Jeanne Louise ergueu sua cabeça naquele anúncio alegre e forçou um sorriso para seu assistente. E um bom kisser. Era um jogo em menopausa. Ela estava agindo como um pouco de tipo de junky ou espreitador e estavam começando a a assustar.” “Hmm. . ela pensou como ela alcançou a lanchonete. ela forçou seus ombros diretamente e cabeça em cima e levantou seu passo. Kim sempre a arreliou sobre aquele quando ela conseguiu muito ocupada para preocupar-se com o almoço e no passado ela teria rido. “Almoce com Arthur?” Jeanne Louise arreliou. selecionando seu sanduíche de presunto e suco habitual. entretanto. e pai para fazer um importar de enxugar nela.” Kim suspirou felizmente no pensamento do macho mortal que substituiu Fred em segurança. “Jeanne Louise?” Ela glanced para a menina. mas ela não teve que ser a criatura patética que eles todos pensaram que ela era. Isso era o problema. girando o botão no microscópio até a imagem refletida em era uma completa obscurece de cor.” Pausando. Toda noite depois de dirigir passado ela se amaldiçoou e sentiu vergonha e prometeu que ela não faria isto novamente. mas Kim não soube isto. entretanto sorriu e movimentou a cabeça. Jeanne Louise tinha evitado amigos e pessoas queridas gostar da pestilência desde reunião e Paul perdedor. A mortal ela tem datado quando Paul seqüestrou ela tinha sido o mesmo modo. não escondeu sua preocupação. Ela achou um companheiro vitalício e não pôde o reivindicar. ouça seu riso. um símbolo vivo do que todo imortal temido. seu sendo seu companheiro vitalício. isso o perdendo mais tarde a mataria. As palavras terminaram um pouco apartamento.

Ele era girado. alface. Ensacado é definitivamente melhor que tendo que beber e saborear isto. Ela não o iria perder. Ele disse que eles estavam mantendo seu durante algum tempo de forma que nós podíamos conseguir reacquainted. entretanto suspirou e deixou ela mudar o assunto. . movimentando a cabeça para Arthur como o guarda costas mortal apressado para abrir a porta para a garagem de estacionamento para eles. ele scooped ela em cima em seus braços e girou andar a passos largos para a saída antes de dizer.” ele adicionou esquisitamente. E quando eu perdi seu que eu pensei que minha vida estava quase terminada. E assistir você envelhecer e morrer e sabe que eu continuaria por séculos. entretanto eu não vi isto.” “Você ainda poderia ter que. ele disse. “Por que Tio Lucian girou você?” Paul olhou fixamente para ela para um momento. “O que—?” Suas palavras mortas como ele alcançou em cima e deslizou os óculos de sol. “Quem girou você? Como? Por que?” Paul sorriu em suas perguntas frenéticas. “Livy desistiu de sua virada para girar-me. Eu não podia imaginar o quão forte meu seria depois de décadas. Eu sei que ele pareça áspero e um tanto quanto assustador. até millennia só sem você?” Ela agitou sua cabeça. “eu estou contente que você não tem que saborear o sangue normalmente.” ele continuou. seus olhos alargando como ela perscrutou no homem que muito obcecou seus pensamentos.” Scowling nela. “Seu tio um pouco . Jeanne Louise. Ele aparentemente rasgou seu pulso aberto.” ele adicionou com um tremor lembrado como ele forçou as portas e recomeçou atividades o corredor em direção a segurança. e até um terceiro.” “Você se acostuma a isto. Seu fim de braços ao redor ela de uma vez. “Isto é sempre um bom sinal.” ela solenemente disse. Podendo haver um segundo amor que espera por você. exceto Lucian e sua esposa.” Carranca de Jeanne Louise e glanced longe. “De qualquer maneira. “E até immortals pode morrer. Jeanne Louise. “Quase me matou quando você partiu. As crianças e cachorros o amam. Ao invés.’ ” que Ele fez careta como ele a levou ao longo da fila de carros estacionados. ele pareceu pronto para dirigir-se à praia.” A preocupação cruzou seu rosto como ele disse isto. mas Tio Lucian tem um bom coração. mas ela puxou beijo de volta meio para perguntar. Vestida de calça jeans e uma Camiseta. “Agradeça Deus.” ele a assegurou. Desde que existe vida existe esperança. e ainda ela não era bastante ávida isto. tema de prender a atenção seu coração e ele a deixa em seus pés e então em forma de xícara seu rosto em suas mãos. “Eu penso que eu gosto deles. Ela olhou fixamente inexpressivamente no arder prata olhos verdes que relampejada nela. madrasta. Mais desagradável. “Seu tio Lucian pagou a mim uma visita ontem à tarde.” ele disse quietamente e então sorriu esquisitamente e adicionado. .” Jeanne Louise respirou.” “Quase matou-me para fazer isto. Bem. então slapped ele contra minha boca. segurando seu firmemente como ele a beijou. mas era contado como sua virada. “Mas uma vez que ele girou-me. “eu amo você. “A próxima coisa eu conheci que eu estava sendo amarrado com correia para minha mesa da cozinha e sua família inteira estava lá. eu desisti de minha virada para Livy. “Não. mas não responderam imediatamente. “Paul. com óculos escuros cobrindo seus olhos. Paul.” Ele pausou próximo a seu carro e então perscrutada abaixo nela. incapaz do processo o que ela estava vendo. “Você devia ter dito mim aquele quando eu ofereci a você meu sangue chacoalhado.” . “Bem. e olhou fixamente e olhou fixamente.” “Hmmm. que você não desistirá como eu fiz.” ele quietamente assinalou. Como você fez quando você percebeu que você consumiu sua virada e não pôde girar-me. Então ele é todos bom. É sua agora. ela perguntou.” Ele curvou apertar um beijo para seu lips e então endireitou dizer.” ela murmurou. sua tia Marguerite.” Ela olhou fixamente para ele caladamente. que todos existia partido para fazer era para ver Livy levantou e feliz.” Jeanne Louise glanced em cima com um começo naquele comentário solene. Jeanne Louise suspirou e derreteu contra ele.” ele solenemente disse. “Seu tio fez as honras.“Você devia realmente tentar o toucinho.” ela disse um pouco como seu corpo rugido em resposta para sua muito presença. seu pai. suas esposas. você é imortal agora. achando isto duro de fazer qualquer prometer assim.” Ele hesitou. “Mas ele era um assunto de preservação própria. Imortal. Não seja o vivo morto como eu era até que você me despertou.” ela disse com um sorriso. Ela se importa continuado cantando aquela canção para ela repetidas vezes. Eles tomaram Livy para Terra maravilhosa e então para seu lugar assim ela não teria que ouvir seu pai scream. e não obviamente estava aqui por trabalhava. “Ela será boa. Frowning. Existia você. Eu quero viver para sempre com você. “Eu não podia fazer isto. Eu a amei. “Eu podia estar decapitado em um acidente de carro amanhã. Você tem uma família interessante. dois irmãos. “Eles ainda têm Livy. Ao invés. e o caçador chamado Bricker todos pagaram a mim uma visita. Ele fez as honras. “Eu não esperei perder Jerri como eu fiz ou assim que eu fiz. tanto como um mortal pode amar outro.” Jeanne Louise quietamente disse. e sanduíches de tomate se você perdesse seu gosto para presunto. Eu amei você depois de dias justo. ele disse. Eu podia ter achado algumas palhas ou algo.” “Oh não. Mas eu estava errado. entretanto agitou sua cabeça e disse. horror verdadeiro corrediço por ela saber que sua felicidade veio às custas da da criança. olhando fixamente em cima em seu bonito verde e olhos de prata. seu tio Lucian. mas você tem que me prometer que se eu devia morrer em um acidente ou algo. Eles—” Suas palavras terminadas em um oomph como Jeanne Louise de repente se lançou de sua cadeira e nele.

Katricia saboreou o pensamento. achando que uma pessoa no mundo. “existem máquinas fotográficas na garagem. “O que nós estamos fazendo?” Ela perguntou a confusão. mas quando sua boca começou a viajar para sua orelha. Entretanto ela provavelmente devia ter. Tinha sido séculos desde que ela aborreceu com comida mortal. Aquela mulher achou companheiros vitalícios para um bom número de suas crianças e o outros de seu tipo antes de sua morte mais de dois mil anos atrás. Começou como um suave escovando de lips. ela reconheceu. Quando Jeanne Louise deslizou passar se para baixo para xícara ele por sua calça jeans entretanto. Sua boca estava em sua de uma vez. “O que você pensa?” Ele perguntou a um grunhido. no que diz respeito a esse assunto. mortal ou imortal.” Jeanne Louise riu suavemente e então debruçado até o beijar. “Mas eles saberão o que nós estamos fazendo. Não existia nada no mundo mais importante um imortal que um companheiro vitalício. às vezes muito mais longos. e ofegados. Jeanne Louise suspirou com decepção.“Ou seu tio. qualquer um quem sabe que nós sejamos novos companheiros vitalícios sabe exatamente o que nós estaremos fazendo pelo próximo ano. às vezes por séculos. Mas se aborrecer você. Alexandria Argeneau. As habilidades casamenteiras do Marguerite estavam ficando renomadas.” Ela glanced para as janelas para ver que as janelas laterais eram realmente pretas. mas deslizou dentro de quando ele abriu a porta e a persuadiu em. “Atarraxe eles. entretanto agitou sua cabeça e subiu escarranchar seu colo.” “Ele tem seus bons pontos. Ela encontrou seu companheiro vitalício. Não era o que Katricia esperou quando ela dirigiu em cima aqui ontem de Toronto. Não era até que ela estava sentando e percebeu que ele era seguinte ela naquela que ela notou que ele a conduziu no backseat. ela murmurou. Ela não estava realmente prestando atenção para o que ela estava escolhendo. Eles não podem ver qualquer coisa. “O sujeito realmente precisa trabalhar em suas habilidades das pessoas entretanto. Para um início do Natal apresenta.” Jeanne Louise considerou a pergunta. Era o que todos deles quiseram e esperaram por.” Teve um anel bom para isto. Leia em para olhada de um mover furtivamente em Lynsay Lixa ' Romance deleitável “O Presente” Na MORDIDA ANTES do Natal Disponível agora em livro de capa dura De William Morrow. você gosta dele. Rosnando.” ela adicionou com um sorriso e o beijou. entretanto ela não teve nenhuma idéia que Teddy Brunswick gostaria de —ou o que ela mesma gostaria de. quem eles não podiam ler ou controle e com quem eles podiam compartilhar sua vida longa. e Jeanne Louise não hesitou em beijar de volta. seu corpo a alfinetando para ele como suas mãos começaram a vagar.” “O backseat janelas são pretas. Jeanne Louise ergueu sua cabeça e grinned nele. Diziam que ela pareceu ter a mesma habilidade que avó da Katricia e a matriarca de família.” Paul disse esquisitamente. “Katricia Argeneau Brunswick. “Katricia e Teddy Argeneau Brunswick. ela pensou e suspirou dreamily como ela lotou outro pode na caixa. Pelo menos eles estavam na família. “Mel. Eu não me importo. Algum nunca achou um mesmo. Mas se eles fizeram. era o momento mais importante em sua vida. “Admita isto.” Paul cessou bruscamente puxar de volta e olha para ela solenemente. mas como sempre aconteceu logo se tornou mais aquecido e apaixonado. Eles todos têm corrido ao redor compassivas mim as últimas semanas do par. Maldição. Agora eles podem me invejar. ela decidiu com um sorriso. slamming a porta fechou e puxando suas costas em seus braços.” Muito melhores. corrediça dar lateralmente lugar para ele entrar. mas rido em um gemido como suas mãos achadas seus peitos. possuíram. Ou seu se for mais íntimo. Uma Impressão de Editoras de HarperCollins Katricia assobiou felizmente como ela agarrou secado e comida enlatada e empacotado ele nas duas caixas vazias ela achou em um canto da despensa.” Paul admitiu relutantemente e então fez careta e adicionou. Paul girou apertar suas costas contra seu carro. ele quebrou seu beijo e glanced para o carro para abrir a porta. Eles disseram que tinha sido como uma sexta . nós podemos voltar para meu lugar. Deixe eles conhecer.

O pensado feito seu sorriso. não quis dizer que ele soube sobre seu tipo. quem ela não podia ler. monstros cruéis. Não aparecendo teria levantado perguntas. mas ele era um termo que suas pessoas não gostaram de. Enquanto ela suspeitou Marguerite organizou esta reunião. como um tumor cerebral. Então ninguém podia ler eles. e Katricia não quis um de seus tios lendo sua. Então. ela infelizmente reconheceu.” ele anunciou por via de explicação como ele a empacotou em um SUV. Isso tinha sido um shocker. escolhido ambos em cima. Teddy Brunswick Manchada. ela tentou se acautelar. Ela viu um flash de preocupação nos olhos de um par de seus tios e até em Marguerite se como ela conversou com ela. Concentrando em tentar guardar seus pensamentos enquanto tentando segurar conversações com as pessoas tinham sido como prestidigitando facas enquanto fazendo backflips. especialmente os feriados. Katricia era bonita certo aquele tempo ruim não tinha estado a razão para seu vôo desviado esquiar país. Porém. . Ela não pensou que ele tomaria bem a aprender que ele era nevado em com um vampiro que era carente em material de sangue agora mesmo. Ambas a escuridão e depressão levaram gostam fumar em uma brisa dura o minuto que ela alcançou o fim da calçada. tinha sido inferno. e eles evitaram alimentar em mortals agora aqueles bancos de sangue estavam ao redor. . Claro. Realmente. sua concentração dividida entre recitar versos infantis. Se Teddy realmente era seu companheiro vitalício. Um companheiro vitalício. ela pensou com uma carranca. então ela levou para gastar cada vez mais tempo só. quando todos os parentes mais velhos reunidos-se. ela não pensou. outros sintomas seriam aparecer logo. Mais provavelmente chamaria eles vampiros. nas esperanças que Marguerite teve um companheiro vitalício para ela. Enquanto eles viveram vidas longas e não envelheceram além de vinte e cinco ou trinta. Eles eram normalmente crazies ou as pessoas que sofrem de alguma aflição ou outro. A próxima coisa ela soube ela e ela bagagem tinham sido empacotadas em um SUV com as direções já no GPS e ela têm estado a caminho.sensação com ela. E de repente seus problemas de última horas com seus planos de feriado empreenderam uma luz diferente. porém. ela podia ler mortals tão facilmente quanto rachando abre um livro. nevada em com Teddy Brunswick. Tinha sido uma resposta automática. Katricia era positivo eles todos pegaram o quão escuros e deprimindo seus pensamentos eram crescentes. e ela glanced curiosamente na próxima caixa ela ergueu fora e leu a etiqueta. Teddy Brunswick não pareceu mentalmente mal. Que significou que ela não podia arriscar dizer a ele a verdade . Todo par ela pôs junto tinha sido companheiros vitalícios. que estava todo bem e multa. Ela estava absolutamente certa que isto todos tinha sido algum plano principal para a pôr junto com um companheiro vitalício possível. em cima no wilds de Ontario Central. Impossível. Sobre o Autor . mas um pouco de seu bom humor era desvanecimento como ela considerou o um problema que ela podia ver com este argumento. Especialmente desde que ela disse obrigado. servindo à mesa o tarmac. Afinal. e achou que ela não podia. desde que ela viveu e trabalhou em Nova Iorque. O piloto não conheceu o que o problema era e Katricia desembarcou do avião de Argeneau pronto para rasgar alguém um novo. Sua resposta tinha sido automática e firma. Katricia fixa um em cima do outro. sua fisiologia e necessidade para sangue era científica em base . Era impossível guardar seus pensamentos de alguns deles. “Bisquick. “Tempo ruim. Agora Marguerite estava fazendo o mesmo. Lucian Argeneau. Katricia tinha sido aborrecida como inferno quando seu vôo de Nova Iorque até Colorado para um pouco de feriado esquiar tinha sido desviado para Toronto. . afastar seu tio de ler seus pensamentos. Ela estava certa mais de uma relativa pegou um vislumbre de seus pensamentos. A única função de família ela freqüentou na última década era o casamento múltiplo em Nova Iorque último fevereiro. automaticamente tentada ler seus pensamentos para ver quem ele era e o que ele estava fazendo lá na estrada. mas como ela esperou. Porém. Ela saberia logo o bastante. Ambas as caixas estavam agora cheias de comida. a idéia fez seu suspiro felizmente. Agora. Eles não eram amaldiçoados. Katricia saltou na sugestão gosta de mulher de um afogar que salta para uma balsa vitalícia. existia o ocasional mortal que não podia ser lido por ninguém. ela evitou ajuntamentos completamente. Se ela pensasse primeiro. aqui ela era. e a preocupação intrusa que ela seria presa com a família para os feriados e recitando aqueles versos infantis por dias. chomping no pescoço de todo passando mortal. Mas um bom. ela não teve nenhuma idéia se Teddy soube sobre immortals. entretanto.” Ela encolheu os ombros e pegou isto na caixa. Ele podia ainda ter um tumor ou algo. Maldição. Mas a nevasca ontem à noite não obviamente tinha sido parte do plano e podia ser um problema. O reawakening de seu apetite para comida era um deles. Katricia provavelmente teria dito sim. mas não. Como um imortal. que os mantimentos ela tem esperado não era gás e comida mas gás e ensacou sangue. Mas só porque ela suspeitou Marguerite mandou a ela em cima aqui para achar Teddy. Era só muito cansando ter que guardar seus pensamentos o tempo todo. e saído da despensa. quando ele a levou para do Marguerite e aquela mulher querida mencionaram que Decker teve uma cabana no norte se ela não desejasse gastou Natal com a família. . só para achar seu tio. isto era a última coisa Katricia esperou quando Marguerite convidou ela para juntar-se a família pelo Natal. Não sendo capaz de ler Teddy veio como um inferno de um choque. Não sendo capaz de ler um mortal foi o primeiro sinal de um companheiro vitalício. Katricia tinha sido ao lado dela mesma com frustração. Ela evitou ajuntamentos de família. não sendo capaz de ler ele era só um dos sinais. Ainda.

agora conhecido ou em seguida inventada. e incidentes são produtos da imaginação do autor ou são usados fictitiously e são não ser interpretados tão real. lugares. isto é só uma grande gratificação. sem a permissão escrita expresso de HarperCollins e-livros. Por pagamento dos honorários exigidos. descompilou. O copyright © 2012 por Lynsay Lixa. transmitiu. Por favor a visite na web em www. Ela tem estado escrevendo histórias desde avaliar a escola e se considera incrivelmente sortuda para poder fazer uma carreira fora disto. Por Lynsay Lixa A Senhora É um Remendo Debaixo de uma Lua de Vampiro O Vampiro Relutante Faminto Para Você Nascido de morder O Caçador de Renegado O Caçador Imortal O Caçador de Velhaco Vampiro. e se existem ocasional ingovernável monta de riso. Qualquer semelhança para eventos reais. em qualquer forma ou de forma alguma. organizações. vivendo ou morta. Interrompeu Os vampiros São Para sempre O Vampiro Acidental Morda-me Se Você Pode Uma Mordida para lembrar Uma Mordida Rápida Alto Escuro & Faminto Vampiro Branco único Ame Mordidas O Marido Caça A Herdeira A Condessa O Hellion e o Highlander Domesticando a Noiva de Highland Diabo do Highlands Copyright Isto é um trabalho de ficção.LYNSAY LIXA é o nacionalmente bestselling autor da série de vampiro de Caçador de Argeneau/Rogue. personagens.lynsaysands. ou pessoas. Edição de EPub AGOSTO DE 2012 ISBN: 9780062078087 . Nenhuma parte deste texto pode ser reproduzida. se eletrônico ou mecânico. ou armazenado em ou introduzido em qualquer armazenamento de informações e sistema de recuperação. é completamente coincidente.AuthorTracker. carregou. “Os direitos autorais de trecho de importunador de Presente © 2011 por Lynsay Lixa A SENHORA É Um REMENDO.net. Sua esperança é aqueles leitores podem cair fora de sua tensão diária por suas histórias. contrário-engineered. lugares. Nomes. A visita www. como também numeroso historicals e antologias.com para informações exclusivas sobre seu HarperCollins favorito cria. Todos os direitos reservados debaixo de Convenções de Copyright Internacional e Pan-americano. nontransferable direito de acessar e ler o texto deste elivro em tela. você foi concedido ao nonexclusive.

Nivele 13.com.au Canadá HarperCollins Canadá 2 Leste de Rua de Bloor .com .Imprima Edição ISBN: 9780062078070 PRIMEIRA EDIÇÃO 10 9 8 7 6 5 4 3 2 1 Sobre a Editora Austrália Editoras de HarperCollins (Austrália) Pty. EM. Reino Unido Http://www. 1A8.harpercollins. M4W. 201 Rua de Elizabeth Sydney. Ltd. W6 8JB.uk Estados Unidos Editoras de HarperCollins Inc.ca Nova Zelândia Editoras de HarperCollins (Nova Zelândia) Limitadas P . Encaixote 1 Auckland.harpercollins. Canadá Http://www. NY 10022 Http://www.nz Reino Unido Editoras de HarperCollins Ltd.O.co. Nova Zelândia Http://www. 77-85 Estrada de Palácio de Fulham Londres. NSW 2000.harpercollins. 10 Leste 53° Rua Nova Iorque.harpercollins. Austrália Http://www.20° Andar Toronto.harpercollins.co.