You are on page 1of 2

1- ALMEIDA JUNIOR, João Mendes de. O Processo Criminal.????????????? 2- BIANCHINI, Alice.

Considerações Críticas ao Modelo de Política Criminal Paleorepressiva in Revista dos Tribunais. No772, 89o ano, Fevereiro de 2000. 3- BITENCOURT, Cezar Roberto. Manual de Direito Penal – Parte Geral. 7a ed. São Paulo: Saraiva, 2002. 4- FRAGOSO, Heleno Cláudio. Conduta Punível.??????????????????????????? 5- JESUS, Damásio Evangelista de. Direito Penal – Parte Geral. 15a ed. São Paulo: Saraiva, 1991. 6- JESUS, Damásio Evangelista de. Direito Penal – Parte Geral. 25a ed. São Paulo: Saraiva, 2002. 7- LUISI, Luiz. Bens Constitucionais e Criminalização in Revista do Centro de Estudos Judiciários da Justiça Federal. Ano II, Abril de 1998. 8- LUISI, Luiz. Os Princípios Constitucionais Penais. Porto Alegre: Sérgio Antonio Fabris, 1991. 9- LUZÓN PEÑA, Diego Manoel. La Rlelación del Merecimiento de Pena y la Necesidad de Pena con la Estructura del Delito. Fundamentos de un Sistema Europeo del Derecho Penal. Coord. Bernd. Shünemann e Jorge de Figueiredo Dias. Barcelona: Bosch, 1995. 10- MANTOVANI, Ferrando. Diritto Penale – Parte generale. Torino: UTET, 1961. 11- MAURACH, Reinhart. Tratado de Derecho Penal. Barcelona: Ariel, 1962. 12- MORAES, Alexandre de. Direito Constitucional. São Paulo: Atlas, 1997. 13- MUÑOZ CONDE, Francisco. Introducción al Derecho Penal. Barcelona: Bosch, 1975. 14- NASCENTES, Antenor. Dicionário etimológico da Língua Portuguesa.?????????? 15- OLIVEIRA, Luiz Carlos de. À luz do princípio da legalidade e seus corolários, há possibilidade de medida provisória versar sobre crime e pena? São Paulo: www.jusnavigandi.com.br Novembro, 2000. 16- PALAZZO, Francesco. Valores Constitucionais e Direito Penal. Porto Alegre: Sérgio Antonio Fabris, 1989. 17- RADBRUCH & GWINNER. História de la Criminalidad.?????????????????????? 18- TOLEDO, Francisco de Assis. Princípios Básicos de Direito Penal. 5a ed. São Paulo: Saraiva, 1994. 19- ZAFFARONI, Eugenio Raúl. Em Busca de las Penas Perdidas – Deslegitimación y Dogmática JurídicoPenal. Buenos Aires: Ediar, 1989.

[1] MUÑOZ CONDE, Francisco. Introducción al Derecho Penal. Barcelona: Bosch, 1975.

Revista PGE/SP. Porto Alegre: Sérgio Antônio Fabris. São Paulo: Saraiva. Princípios básicos de Direito Penal. Luiz. Considerações Críticas ao Modelo de Política Criminal Paleorepressiva in Revista dos Tribunais. . p. [14] NASCENTES. 1995. Francesco. Francisco de Assis. Data: 15/02/2001. Ferrando. Reinhart. Dicionário Etimológico da Língua Portuguesa. São Paulo: Saraiva. Francisco de Assis. [21] TOLEDO. [8] BIANCHINI. Fundamentos de un Sistema Europeo del Derecho Panal. 89o ano. 23. No772. [5] LUISI. 1991. Junho. [18] LUZÓN PEÑA. Alberto da Silva. 1961. Órgão Julgador: 11. Bernd. Data: 30/01/1998. 15a ed. Damásio Evangelista de. Alice. Francisco de Assis.458. 1994. Câmara. 1962. Processo: 1075747/8. p. São Paulo: Saraiva. 5a ed. [6] MAURACH. 1991. p. Francisco de Assis. p. Eugenio Raúl. Francisco de Assis. Shünemann e Jorge de Figueiredo Dias.[2] JESUS. Valores Constitucionais e Direito Penal. LEX-RJTJESP 123/16. Direito Penal – Parte geral. Direito Penal – Parte Geral. 1990. Porto Alegre: Sérgio Antônio Fabris. Órgão Julgador: 7. [13] FRANCO. [16] TOLEDO. São Paulo: Saraiva. 5a ed. Princípios Básicos de Direito Penal. São Paulo: Saraiva. p. 1994.26. Relator: Souza Nery. [15] JESUS. Relator: Fernandes de Oliveira. 1991. Princípios Básicos de Direito Penal. São Paulo: Saraiva. Processo: 378586/5. [9] Recurso: HABEAS-CORPUS. Princípios Básicos de Direito Penal. [23] JESUS. La Relación del Merecimiento de Pena y la Necesidad de Pena con la Estructura de Delito. 2002. Luiz. 2002.36.17. [3] MANTOVANI. Votação: VU. Tratado de Derecho Penal. Medidas Provisórias. [12] MELLO FILHO. 29. Os Princípios Constitucionais Penais.10. Diritto Penale – Parte Generale. Os Princípios Constitucionais Penais. 5ª ed.. 1994. Câmara. Damásio Evangelista. Torino: UTET. 5a ed. p. [17] TOLEDO. Diego Manoel. p. Princípios Básicos de Direito Penal. [4] PALAZZO. 25 ed. Barcelona: Bosch. [7] TOLEDO. Porto Alegre: Sérgio Antonio Fabris. p. Coord. [11] TOLEDO. Fevereiro de 2000. [19] LUISI. En Busca de las Penas Perdidas – Deslegitimación y Dogmática JurídicoPenal. Antenor. Barcelona: Ariel. 1994. 1994. São Paulo: Saraiva. Damásio Evangelista de.51. [22] ZAFFARONI. Celso de. 1989. 25a ed. Votação: MV [10] Recurso: APELAÇÃO. 1989. Direito Penal – Parte Geral. São Paulo: Saraiva. Buenos Aires: Ediar.