Eletrotécnica Geral I Materiais Elétricos

Professora: Maria do Carmo Aluno: Rodrigo Souza Mapa Mat.: 2108037-3 SÃO JOÃO DEL REI Junho, 2008

Se não atender às especificações. e os Materiais Elétricos são utilizados na fabricação de máquinas. Diversos tipos de ligas. Perceber as perspectivas futuras. Conhecer as tendências atuais. mecânicas. Listagem de todos os materiais possíveis. tentar modificações como: • • • • Tratamento térmico. óticas. recomendar e aplicar. químicas e elétricas. O estudo dos Materiais Elétricos permite selecionar esses materiais visando: • Aumento da confiabilidade. Eliminação dos materiais de propriedades inadequadas. disponibilidade. • Facilidade de obtenção • Viabilidade de custo. corrosão. segurança. Efeito das mudanças de condições além dos limites normais. térmicas. tais como fratura. Classificação dos Materiais Elétricos: .Introdução Materiais são as substâncias com as quais se produz objetos ou coisas. alto custo. físicas. • Redução de custo de fabricação. a disponibilidade e o custo se relacionam no projeto e na seleção. elétricas. Propriedades consistentes com as condições de serviço. Fatores fundamentais na solução de Materiais Elétricos: • Propriedades físicas. Mudança de ambiente. etc. Tratamento químico. mecânicas. Algumas regras práticas para seleção dos materiais: • • • • • Conhecimento do material e as condições a que estará sujeito. equipamentos e dispositivos elétricos. Entender como as propriedades químicas. Há uma necessidade do engenheiro de: • • • • Distinguir. etc. • Redução do custo de manutenção.

para fins de fabricação de resistências. •coeficiente de temperatura. •condutividade térmica. •etc. filamentos para lâmpadas incandescentes.cm) A . Traçando-se a curva característica temperatura-resistência.resistividade elétrica do material (. aquecimento do corpo condutor. dentre as quais se destacam: •condutividade ou resistividade elétrica. •potencial de contato. •comportamento mecânico.• Condutor • Semicondutores ou Quase Condutor • Isolantes 1 . Por outro lado. em determinadas aplicações. l A Onde: . nota-se que ela não obedece em toda sua extensão a uma relação constante de ordenadas e abscissas.comprimento do condutor (em cm) Quando a temperatura em um material condutor é aumentada. enrolamentos de máquinas elétricas e transformadores. acrescidos de alguns de outros grupos. as partículas vibram interferindo nos movimentos dos elétrons. . etc. Os principais materiais de elevada condutividade elétrica são os metais nobres. etc. Uma tal influência causa perdas nos deslocamentos dos elétrons e.seção transversal (em cm2) l . Os metais de alta condutividade se empregam como condutores. aparelhos de calefação. e de suas ligas. de alta resistência. Característica dos materiais condutores: Variação da resistividade com a temperatura e a freqüência A resistência elétrica de uma dada peça de determinado material (unidade: W) é dada pela equação a seguir: R =  . também há interesse em materiais. conseqüentemente. normalmente ligas.Materiais Condutores Os materiais condutores são caracterizados por diversas grandezas.

porém o seu elevado preço não permite seu uso em quantidades grandes. Materiais de Elevada Condutividade: Os metais são elementos químicos que formam sólidos opacos. em geral. . que lhe garantem posição de destaque entre os metais condutores. Somente a prata tem valor inferior. mesmo para fios com frações de milímetros de diâmetro. que diversos outros metais. esta oxidação. perante elevada umidade. Cobre e Suas Ligas O cobre apresenta as vantagens a seguir. • À características mecânicas favoráveis. • À fácil deformação a frio e a quente: é relativamente fácil reduzir a seção transversal do cobre. quando polidos. entretanto. • À baixa oxidação para a maioria das aplicações. lustrosos. De interesse prático é o setor reto da característica (trecho AB). maleáveis e. de alta densidade. • À Pequena resistividade. A maioria dos metais é fortes. O cobre oxida bem mais lentamente. dúcteis. é bastante rápida quando o metal sofre elevação de temperatura. bons refletores de luz.Representação da variação da resistência R em função da temperatura T. bons condutores de eletricidade e calor e.

adquirindo assim elevada resistência mecânica e à vibração. Nas ligas. por motivos econômicos. baseados principalmente no custo (mesmo levando em conta compensações no dimensionamento das partes condutoras) e produção nacional maior do alumínio. ficando. Alguns aspectos. têm levado a crescente preferência pelo alumínio. o chumbo é encontrado junto com antimônio. como nas blindagens de cabos com isolamento de papel. havendo nos últimos anos uma preocupação permanente em substituir mais e mais as aplicações do cobre pelo alumínio. é freqüentemente encontrado. porém não profunda oxidação. .Alumínio e Suas Ligas O alumínio é o segundo metal mais usado na eletricidade. Chumbo (Pb) O chumbo é um metal de coloração cinzenta. bastante rápida. A próxima Tabela apresenta uma comparação de algumas características do cobre e o alumínio. porém prejudicada a resistência à corrosão. telúrio. reduzido a finas chapas ou folhas. Ainda o chumbo é encontrado em elos fusíveis e em material de solda. porém. cobre e estanho. acumuladores de chumboácido e paredes protetoras contra a ação de raios X. cádmio. com um brilho metálico intenso quando não oxidado. cujo maior problema é a sua fragilidade mecânica e sua rápida. Nas aplicações elétricas. Sua oxidação superficial é.

com espessuras de até 0. É relativamente mole. o que permite uma deformação mecânica fácil. fazendo com que a resistividade varie na mesma proporção da temperatura.015mm ou ainda menores através de processos especiais. bem como sua redução a folhas. com diâmetro de até 0. É o metal mais adequado para a fabricação de termoelementos e termômetros resistivos até 1000oC. Devido às suas propriedades antioxidantes o seu uso elétrico é encontrado particularmente em peças de contato.0025mm. encontramos a platina. Também suas características mecânicas são adequadas para uma série de aplicações elétricas. anodos.Ouro (Au) Esse metal. Platina (Pt) Ainda na família dos metais nobres. que também é bastante estável quimicamente. pois até essas temperaturas não sofre transformações estruturais. fios de aquecimento. . ou a fios finos. que apresenta uma condutividade elétrica bastante boa. destaca-se pela sua estabilidade química e pela conseqüente resistência a oxidação. havendo porém a natural limitação devido ao seu preço. sulfatação. etc.

Ou a falta de elétrons no caso da adição de elementos com três elétrons na última camada. são introduzidos elementos adicionais. Nos materiais semicondutores. sendo este último o mais utilizado. simetricamente entre si.Há ainda vários outros materiais: •Estanho (Sn) •Mercúrio (Hg) •Zinco (Zn) •Cádmio (Cd) •Níquel (Ni) •Cromo (Cr) •Tungstênio (W) 2 . como o material tende a possuir oito elétrons na camada de valência. este acomoda os seus átomos. Para se utilizar efetivamente os materiais semicondutores. os quais possuem uma resistência situada entre a dos materiais condutores e isolantes. a camada de valência possui 4 elétrons. A tendência de formar uma estrutura simétrica faz com que os átomos de “impurezas” se acomodem de tal maneira que produzam elétrons livres. através de ligações covalentes. . através de processos de injeção ou difusão. e o elemento semicondutor só possui quatro.cm / 1010-1020 W. Estas impurezas são introduzidas dentro do material semicondutor em pequenas quantidades. Estas impurezas são elementos cujos átomos possuem três ou cinco elétrons na camada de valência.Materiais Semicondutores Os materiais semicondutores são materiais. A resistividade aumenta com a presença de imperfeições nos cristais. nas estruturas cristalinas denominadas “impurezas”.cm A resistividade diminui com o aumento de temperatura (ao contrário dos metais) A resistividade diminui com a adição de certas impurezas. Formação dos elementos tipo P e N Devido a tendência de transformar-se em uma estrutura simétrica. constituindo uma estrutura cristalina. um material semicondutor quase não possui elétrons livres. Recentemente está sendo investindo em pesquisas com materiais semicondutores para aplicação na eletrônica fabricado a partir do carbono. portanto que podem ser deslocados com facilidade (o quinto elétron de cada átomo da impureza). pesquisas estas que já obtiveram sucesso. Propriedades Elétricas dos Semicondutores Tem resistividade entre metais e isolantes 10-6-10-4 W. Os principais materiais semicondutores utilizados na eletrônica são o Germânio (Ge) e o Silício (Si).

o Boro ou o Gálio. etc. ou Arsênio. • Detectores de Infravermelho. . Ao introduzirmos um elemento deste tipo. ao material semicondutor. que poderá mover-se pela estrutura com maior facilidade. temos a formação de ligação covalente entre o material semicondutor e a impureza.Formação do material tipo P Ao realizar a dopagem do material semicondutor (Silício ou Germânio) através da introdução de impurezas com três elétrons na camada de valência como o Alumínio. está formado o material com carga negativa. Influência da temperatura nos Semicondutores Exemplos de Semicondutores São usados para a fabricação dos seguintes dispositivos eletrônicos e optoeletrônicos: • Transistores. • Diodos. os mesmos irão formar ligações covalentes. o Índio. Esta falta de elétrons comporta-se como um material apto a receber elétrons (material com carga positiva). numa das ligações faltará um elétron. Formação do elemento tipo N Ao associarmos um elemento com cinco elétrons na última camada como o Antimônio. porém haverá um elétron. • Circuito Integrado. pois o elemento contribuiu com apenas três elétrons. sendo assim este pode receber um elétron de outra união. • Células Solares. o Fósforo.

um dielétrico com diferentes espessuras. como um dielétrico deve possuir algumas propriedades de um isolante.Materiais de Elevada Resistividade As ligas metálicas resistivas são utilizadas com três inalidade básicas: • Ligas para fins térmicos ou de aquecimento. Um material dielétrico deve também ser um meio isolante. A propriedade isolante está mais associada à função que o material deve atender para uma dada situação. e vice-versa.Isolantes e Dielétricos A característica Isolante está relacionada com a habilidade de limitar o fluxo da Corrente. Silicone. ambos termos costumam ser usados indistintamente. • Ligas para fins de medição. mas suas propriedades são descritas por sua constante dielétrica. . • Ligas para fins de regulação. absorção dielétrica e fator de potência. ou usado em diferentes temperaturas. poderá ser ou não um isolante adequado. Plástico. Exemplos de Isolantes Borracha. Assim. Vidro. Está relacionada com a Resistividade do Material a as características do campo elétrico. etc. 3 . rigidez dielétrica. freqüências ou intensidade de campo elétrico. Portanto.

php? idSecao=110&idSubSecao=&idTexto=49 • •br.com/saladefisica6/eletrodinamica/condutoresisolantes.mundofisico.joinville.com/HotSprings/Spa/5011/semi.nei.htm • •www.geocities.Bibliografia •http://www.aspx?id=11838 .htm • •www.br/lancamentos/verLancamento.udesc.com.br/index.geocities.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful