Chorar com o tempo Para além das lágrimas Que quando caem, Quer por raiva, dor ou saudade

Dos momentos vividos ou não, O que interessa Não é a quantidade que se chora Porque o tempo não é nada Comparado ao quanto Se deixa … ou se perdeu: Felicidade, tristeza, riso, transtorno e amizade Trabalho, dignidade, sucesso, riqueza, mentira, pobreza e verdade; É melhor limpar a última lágrima, Excluindo os esquecimentos E reinventar a vida E pensar como seria Esta, sem lágrimas, E se as houver Que sejam de alegria!

Luís Alberto de Abreu Pereira

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful