You are on page 1of 3

PROTEÇÃO RADIOLÓGICA.

Unidades de radiação.

Roentgen: Unidade de medida da exposição do ar. Rad: É uma unidade de dose, que significa energia absorvida pelos tecidos. Os Rads são utilizados para medir as doses no paciente. Rem: São utilizados para medir as doses dos técnicos, através do dosímetro. É importante saber que as três unidades podem ser consideradas equivalente, ou seja: 1R= 1 Rad= 1 Rem Atualmente o termo correto para dose máxima permissível é recomendação dose-limite. Existem dois sistemas de unidades: O Si ( sistema internacional) e unidades tradicionais. Sendo assim: Gy substitui o Rad, logo: 100Rad = 1Gy (multiplica por 100) mSv substitui o Rem, logo: 1 rem = 10 mSv (multiplica por 10) Regras importantes para nós técnicos e para nosso pacientes. Os limites ocupacionais são definidos pela CNEN e as exposições devem ser controladas. Dose-limite anual: 5 rem ou 50 mSv. Para Extremidades: 500mSv. Para cristalino: 150 mSv. Estas medidas são para profissionais ocupacionalmente expostos.

Grávidas 0,05 rem ou 0,5 mSv durante qualquer mês 0,5 rem ou 5 mSv para todo período gestacional.

1 rem ou 1 mSv para exposição frequente. pelo menos a cada 3 meses. exceto se estiverem em período de estágio seguindo a seguinte regra: Dose-anual: 6mSv Para extremidades: 150 mSv. . e os do tipo TLDs. Exemplo: Ana tem 25 anos. Indivíduas do Público: Dose-anual: 0. PRINCÍPIOS DE ALARA. quando devem ser posicionados na área do colarinho. Dosímetros: DTL( dosímetros termoluminescentes. Quando os Dosímetros devem ser lidos? Devem ser substituídos a cada mês. Devem ser posicionados no punho ou no tórax.5 rem ou 5 mSv para exposição ocasional. É proibida a exposição ocupacional para menores de 16 anos.este dosímetro deverá ser identificado para diferenciar daqueles utilizados no colarinho. Para Cristalino: 50 mSv. Dosímetro da Grávida: As técnicas grávidas deverão usar um segundo dosímetro na área abdominal sob o avental de chumbo. logo a minha dose acumulativa permissível será de 25 rem ou 250 mSv. sendo então: 1 rem ou 10 mSv x anos de vida. exceto na fluoroscopia. que é para profissionais ocupacionalmente expostos. externamente ao avental de chumbo. e 0.) devem ser sempre utilizados por todas as pessoas que possam potencialmente receber mais de 1/4 da dose-limite recomendada. Existe também a acumulação vitalícia.Menores de 18 anos não devem trabalhar com radiação ionizante.

4. os écrans e filmes devem ser de alta velocidade o mínimo de repetição possível. Exposição de entrada na pele(SEE): A dose da pele é o valor numérico mais elevado de todas as doses. 3. . principalmente nas unidades de fluoroscopia de arco em C. distância e proteção. Estas proteções são importantes na radiografia móvel e no trauma. Menor tempo possível.somente como último recurso uma pessoa pode permanecer dentro da sala de exames e jamais o técnico poderá conter o paciente. DOSE EFETIVA Nos homens a De maior é na incidência ap de quadril sem proteção. O acompanhante que ajudar deverá usar avental de chumbo e nunca estar dentro do feixe primário.Este princípio determina que a exposição deve ser mantida tão baixa quanto razoavelmente possível. a medida que a radiação penetra o corpo.Uso de colimação. Nas mulheres é na incidência de coluna torácica ap sem proteção das mamas. filtragem de raio primário.Sempre usar dosímetro. DOSES PARA O PACIENTE. técnicas de otimização de kv. sua intensidade diminue centenas de vezes.Princípio de tempo. São 4 formas importantes pelas quais a ALARA pode ser obtida: 1. ficar mais afastado que der e fazer uso do biombo de chumbo. 2-Uso de equipamentos de contenção . As doses médias para orgãos são úteis na estimativa de estes desenvolverem um câncer devido à radiação.