Página 1 4 De Inglaterra para França A Ordem dos Illuminati foi a maior desgraça único que se abateu sobre a Maçonaria

Europeia porque se tornou ao mesmo tempo o padrão eo ponto de partida para uma sucessão de secreto, subterrâneo, conspirações políticas que dividiu Maçonaria e trouxe desgraça para o seu nome. Enciclopédia Mackey da Maçonaria 1 Sion falha para ganhar a coroa Francês: Além de Monarquia, para a revolução Sion não conseguiu capturar o trono francês para a Casa merovíngia de Lorena durante a Religiosa Guerras de França. Como veremos neste capítulo, Sion continuou o seu esquema para proteger a coroa francesa, ter conduzido com sucesso a coroa britânica sob o seu domínio através Revolução Gloriosa da Inglaterra. Vamos rever intriga de Sion, realizado pelo Grande Mestre Charles Radcliffe, para evitar o retorno de Templar Charles Edward Stuart ao trono da Inglaterra. Estes planos também envolveu a criação e disseminação de Sionist inspirados lojas maçônicas em toda a Europa, o que irá descobrir mais tarde em nossa história. Das cabeças coroadas da Europa, um em particular surgiu para frustrar projetos Sion no trono francês Frederico, o Grande, da Prússia, um poderoso líder militar e maçom templária 32 graus. Opondo Frederick era o Grão-Mestre de Sião depois da morte de Radcliffe, Charles de Lorena, que, apesar de derrotado por Frederick, ajudou a selecionar Adam Weishaupt como fundador dos Illuminati - uma sociedade secreta que iria eventualmente penetrar e finalmente transformar Maçonaria francesa no continente em um revolucionário poder e moldar a criação de uma nova potência mundial na América do Norte. Sion Controles monarquia britânica Quando Rosacruzes Sion uniu as facções estilhaçadas da Maçonaria Inglês em 1717, eles embarcou em um curso para controlar a britânica 135 monarquia permanentemente. A facilidade com que eles conseguido isto é indicado pela seguinte três fatos. Primeiro, o rei era um maçom. Segundo, Sua Majestade corte real contava com o colega maçônico viajantes. Terceiro, a partir de 1737, o filho primogênito de toda a monarca reinante, exceto um, tem sido chefe titular da Maçonaria Inglês.

Sion Vira-se para o Continente Com os reis britânicos sob obediência maçônica, o Grande Mestre Sion não eram mais necessários, na Inglaterra. Após a morte de Isaac Newton em 1727, encontramos Sion deslocando sua atenção para o Continente em que a Stuarts estavam no exílio. O Grão Mestre da nova Sion parece ter tido uma tarefa dupla: (1) direta os Templários contra o trono francês: e (2) frustrar qualquer tentativa Stuart para recuperar a coroa britânica. Sion e Templários: aliados ou inimigos? Sion astutamente escolhido como o novo Grão-Mestre Charles Radcliffe (GM 1727-1746), ele próprio um Cavaleiros Templários. Ou hierarquia do Priorado de Sião e os Cavaleiros Templários se uniram para ligar o organizações neste homem, ou é possível que Radcliffe foi uma dupla-agente na causa do Sion. Eventos subseqüentes e simbologia maçónica sugerem ambos os cenários. Radcliffe parece ter sido um duplo-agente, mas apenas hierarquia de Sion estava ciente de sua comissão. Grau inferior que inicia Página 2 hobnobbed com o Grão-Mestre dos Templários foram inabalável. Para eles, ele iria aparecer leais a seu causar. Envolvimento de Radcliffe e apoio à causa Stuart tinha sido estabelecido. Ele e seu irmão James participaram da rebelião escocesa de 1715. Ambos foram capturados e presos, e James executado. Radcliffe fez uma ousada fuga e encontraram refúgio nas fileiras Jacobitas na França. Até agora, como o Jacobitas, ele era um deles. Radcliffe tinha credenciais adicionais e incomum que o tornou querido para os Stuarts. Sua mãe era uma filha ilegítima de Charles Stuart II, amante do rei, tornando-o um neto do monarca e primo do (Bonnie) exilado príncipe Charles Edward. Radcliffe poderia ter vencido o jovem pretendente de confiança através de parentesco sozinho, mesmo se ele não tivesse construído sua reputação como um defensor Jacobite. 136 Radcliffe estava em Paris em 1727, quando ele aceitou humildemente a nomeação do Grão-Mestre do Priorado de Sion. Evidências revelam que ele estava ciente dos perigos que ele enfrentou de trabalho como um agente duplo. Radcliffe, por exemplo, manteve um perfil baixo, operando de forma significativa através de intermediários. Não surpreendentemente,

suas táticas mostrou inteligente, mesmo diante de execução. Mais importante para ele do que a vida foi o sucesso da sua missão. Radcliffe pode bem ter sido o mais brilhante dos Grandes Mestres de Sion. No entanto, ele continua a ser um personalidade obscura. Plantio Maçonaria Inglês no Continente Enquanto isso, as sementes da Maçonaria Inglês estavam sendo semeada em todo o continente pelo Dr. Desaguliers, um dos fundadores Rosacruzes da Grande Loja Unida. Desaguliers visitou Haia em 1731 para iniciar o Merovingian Nicolas-François, duque de Lorraine, na Maçonaria. 2 François, titular da título de "Rei de Jerusalém", tornou-se chefe da Maçonaria Inglês no Continente. Desaguliers momento "não foi um acidente. Dois anos antes, em 1729, François começou uma longa estadia em Inglaterra, para a qual não foi dada nenhuma explicação. Seus contatos, no entanto, merecem menção para eles nos dizer o que pode ter acontecido lá. Ele se tornou um membro do Clube de Cavalheiros de Spalding, cujo membros constou de uma série de Rosacruzes, entre os quais se Desaguliers, Isaac Newton, e maçom Alexander Pope, mentor de Voltaire, durante os anos 1726-1.728,3 Templar Charles Ramsay: Porta-voz maçônico de sua idade Outro dos contactos Desaguliers, em Londres, era um templário, Chevalier Ramsay. Ramsay, que havia sido exilado com os Stuarts voltou a juntar-se Clube de Cavalheiros de Spalding, precisamente o mesmo tempo que fiz François. Mais significativo é rápida nomeação de Ramsay para a Royal Society, sem qualquer aparente credenciais. A Royal Society, liderada por Desaguliers e Newton, foi, como você deve se lembrar, o controlador de Sion a monarquia britânica antes maçonaria Inglês estava unida. Não há registro do que aconteceu durante os encontros de François com o Sionists Inglês está próxima. Ainda podemos especular, com base em eventos subseqüentes. François e Ramsay ambos retornaram ao continente em 1730 com atribuições separadas para avançar contra o trono francês. Se um falhar, o outro teria sucesso. 137 Radcliffe: Poder e voz por trás de Ramsay Quando Ramsay voltou para a França tornou-se cada vez mais ativa em nome da Maçonaria Templária. Em March21 de 1737, ele fez um famoso discurso maçônico antes da Grande Loja da França, em Paris, com base da qual se tornou o porta-voz proeminente Maçônica de sua idade. Holy Blood, Holy Grail autores

concluir, no entanto, que uma outra figura pairou atrás Ramsay: "a voz real de Ramsay foi de que Charles Radcliffe - que presidiu a pousada em que Ramsay fez seu discurso e que apareceu de novo, em 1743, como chefe signatário no funeral de Ramsay. " 4 Página 3 Proposta: A Maçonaria francesa (Reformado) Enciclopédia Mackey da Maçonaria registra famoso discurso de Ramsay como tendo sido Maçonaria endereço histórico sétimo. Ramsay "discutido Maçonaria e os cruzados e traçou um imaginário história de seu curso através da Escócia e da Inglaterra para a França, que se tornou o centro do reformada [Templários] Ordem. "5 Com base no conteúdo do seu discurso (obviamente destinado para os ouvidos de seus companheiros Templários), Ramsay atribuição era orientar os Stuarts Templários longe dos tronos escocês e britânico para um permanência na França, "o centro da Ordem reformada." Seu discurso, no entanto, falhou em seu propósito. Sionist Radcliffe: The Pretender Pretend Em 1742, Charles Radcliffe, que foi secretário pessoal de agora o jovem pretendente, Charles Edward Stuart, soube que o príncipe estava planejando um atentado contra o trono britânico por meio da Escócia. Imediatamente Radcliffe entrou em ação para impedir esquema de Sua Majestade. Ele empregou um aventureiro nobre, um maçom protestante e alemão no Inglês Obediência Maçônica, que seria capaz, se necessário ser, para se comunicar com Londres. Seu nome era Baron Karl Gottlieb von Hundt, ou Hund. Hund tinha acabado de chegar em Paris, de Londres. Enquanto na loja Paris, soube da existência do Ordem dos Cavaleiros Templários na Escócia. Fascinado pelos cavaleiros, ele buscou a adesão e foi iniciado para os mais altos graus da Ordem, pouco antes de embarcar para a Alemanha. O homem que presidiu a sua iniciação foi pensado por 138 Hund ter sido o príncipe Bonnie Charlie si mesmo. A prova foi depois dado que a iniciação não foi sob a liderança do Pretender em tudo, mas foi Charles Radcliffe disfarçado. 6 Missão Hund: espalhar Maçonaria Templária na Alemanha

Personificando o jovem pretendente, Radcliffe disse Hund de sua intenção de recuperar a coroa britânica, esperando que a divulgação de alguma forma chegar protestante Londres através do Hund protestante alemão. Hund foi dado o mandato para levar para a Alemanha com toda a pressa os altos graus de jacobita Maçonaria e estabelecer ali uma pousada aristocrática, que seria descendente direta dos Cavaleiros Templários. Lá estava ele de aguardar mais instruções de "Superiores Desconhecidos". Antes de Hund, Cornélio foi dada uma lista de cavaleiros templários Grande Mestres de Hughes de Payens diante. Enciclopédia Mackey da Maçonaria retoma a história: "Von Hund voltou para a Alemanha possuía poderes, ou uma delegação que lhe foi concedida em Paris, por que ele foi autorizado a divulgar a avançado Graus naquele país. Ele não demorou a apresentar esses documentos, e logo recolhidos em torno dele uma banda de adeptos. Em seguida, ele tentou o que ele chamou de uma reforma na Maçonaria primitiva no Inglês simples sistema de três Graus Simbólicos, que sozinho a maior parte das Lojas alemãs reconhecidas. O resultado foi o estabelecimento de um novo sistema, conhecido como o Rito da Estrita Observância. " 7 Seu nome derivado o juramento que exigiu, um juramento de inabalável, obediência cega ao desconhecido misterioso Superiores. O Rito da Estrita Observância era composta de alemães desenhados inteiramente do intelectual e classes aristocráticas, por instruções Radcliffe. Em sua lista de membros eram príncipes, duques, barões, Prussianos e alemães, todos os ministros do estoque protestante. 8 Maçom Gould, em História da Maçonaria, observa que "[n] o traço de intrigas Jacobite já misturada com o ensino da Estrita Observância" 9 o que significa que nenhuma instrução adicional veio a Hund de seus superiores desconhecidos. Consequências políticas de Hund "Instruções" A falta de "instrução" ainda pode muito bem ter sido a intenção de Radcliffe. Espera interminável novas ordens Página 4

frustraria a Hund aventureiro, mesmo constrangê-lo - talvez forçá-lo a falar. Na verdade, ele começou para reclamar que seus Superiores Desconhecidos tinha abandonado. Na sua 139 defesa, ele revelou que sua iniciação foi conduzida pelo príncipe Bonnie - e que o jovem Pretender intenção de recuperar a coroa britânica. Essa conversa politicamente indiscreto e inflamáveis seria, por sua natureza, chegar a Londres. Enquanto isso, o jovem pretendente planejava invadir a Escócia, em 1745. Radcliffe, que deverá seguir, atraso de vários meses. Ninguém sabe por quê. Nós podemos apenas especular. Talvez Radcliffe esperava confirmação de Londres que ele sabia dos planos do príncipe Bonnie. Talvez ele adiada para "vazar" para Inglaterra sua data própria partida. De qualquer forma, para manter seu disfarce, Radcliffe finalmente partiu para a Escócia. Holy Blood, Holy Grail, fornece detalhes do empreendimento malfadado inteiro: "Em 1745 o [Young Pretender] desembarcou na Escócia e embarcou em sua tentativa quixotesca para restabelecer o Stuarts no trono britânico. No mesmo ano, Radcliffe, em rota para se juntar a ele, foi capturado em um navio francês fora do Banco Dogger. Um ano depois, em 1746, o jovem pretendente foi desastrosamente derrotado na Batalha de Culloden Moor. Poucos meses depois, Charles Radcliffe morreu sob o machado '5 carrasco na Torre de Londres. " 10 Charles Radcliffe, Grão-Mestre da Sion, pagou o maior preço para a derrota da causa Stuart. Num elogio para ele, os autores de Holy Blood estado, "é provável que Rito Escocês foi originalmente promulgada, se não de fato concebido, por Charles Radcliffe. Em qualquer caso Radcliffe, em 1725, é dito ter fundado a primeira loja maçônica no continente, em Paris. Durante o mesmo ano, ou talvez no No ano seguinte, ele parece ter sido reconhecido grande mestre de todas as lojas francesas e ainda é citada como como uma década depois, em 1736. A disseminação do século XVIII a Maçonaria deve mais, em última instância, Radcliffe para que a qualquer outro homem. " 11 Sion vitorioso e Charles Stuart: The Pretender Admitido em Templários Enciclopédia Mackey da Maçonaria revela que poucos meses depois de o príncipe Charles Edward arrived na Escócia, "[o] n 24 de setembro de 1745, ele foi admitido na Ordem dos Cavaleiros Templários, e foi

eleito Grão-Mestre, um escritório que se diz que ele ocupou até sua [morte em 1788J. "12 Durante sua iniciação, o jovem pretendente aparentemente aprendeu da trama Sionist-Rosacruz que iria derrotar o seu lance para o trono escocês. Ele faz alusão a estes adversários em seu retorno para a França, onde fundou em 1747 o Capítulo jacobita escocês da maçonaria, mais conhecido como o Rito Escocês. Em seu parágrafo três 140 Carta do príncipe escreveu: "os nossos sofrimentos e infortúnios [veio] pelo de Rose Croix ...." 13 Percebendo um poder mais forte do que os Templários causou sua queda, o príncipe Charles deu as costas Inglaterra e dirigiu sua atenção para o trono francês para vingar a morte de Jacques de Molay. Enciclopédia Mackey da Maçonaria confirma que os Templários escoceses foram os que "inventaram o Grau de Kadosh, que representa a vingança dos Templários. "'4 Confirmando Reivindicações Hund Enquanto isso, o Barão von Hund ainda estava aguardando ordens de seus superiores desconhecidos. Por dez anos, e a sua desgraça embaraço e subsequente própria, Hund não tinha recebido nenhuma instrução adicional. Como resultado, seus contemporâneos o demitiu como um charlatão e acusou-o de ter inventado a história. Em defesa ele só podia responder que seus Superiores Desconhecidos tinha abandonado. Até sua morte, ele afirmou sua integridade. 15 Os autores de Holy Blood, Holy Grail de crédito a veracidade da afirmação de Hund: "Por 1746 .. Radcliffe foi mortos. Assim foram muitos de seus colegas, enquanto outros estavam na prisão ou no exílio - tão longe, em alguns casos, como América do Norte. Se Hund 'Superiores Desconhecidos' não conseguiu restabelecer o contacto com o seu protegido, a omissão Página 5 não parece ter sido voluntária. O facto de Hund foi abandonado imediatamente após o colapso a causa jacobita que parece, se alguma coisa, para confirmar sua história. "16 A evidência mais convincente para confirmar a história de Hund, os autores continuam, "é uma lista de grandes mestres dos Cavaleiros Templários, que Hund insistiu que ele tinha obtido de seus "Superiores Desconhecidos". Com base

da nossa própria investigação, que concluiu que a lista de mestres templários excelentes nos dossiês secretos foi preciso - tão preciso, de fato, que parecia derivar de informação privilegiada. Economize para a ortografia de uma sobrenome de solteira, a Hund lista produzida concordou precisamente com o um dos dossiês secretos. Em suma, Hund, de alguma forma obteve uma lista de mestres templários grandes mais precisos do que qualquer outro conhecido no tempo .... Isto parece confirmar que a história de Hund de 'Superiores Desconhecidos' não foi uma invenção. Ele também parecem indicar que esses "Superiores Desconhecidos" foram extraordinariamente bem informados sobre o Ordem do Templo - mais bem informados do que poderia ter sido, sem acesso a informações privilegiadas fontes. " 17 141 Um Casamento Sion-merovíngia: Na esperança de um futuro Messias de Israel O Merovingian Nicholas-François, duque de Lorena, voltou de França para a Inglaterra em 1730 para ativar sua atribuição Sionist. Ele inicialmente planejado se casar com o Merovingian Imperatriz Maria Teresa von Habsburgo da Áustria. A aliança que pela primeira vez fundir em um "Holy Blood" família do Rei títulos de Jerusalém e Imperador do Sacro Império, com a Lança do Destino em sua posse. Em um ou dois geções o Messias de Israel (conhecido pelo Santo Graal linhagem como o Rei Lost) iria nascer. Ao Merovíngios, o rei perdeu combinaria impressionantes esotéricos, os poderes políticos e militares - e ser um personagem a ser temido e obedecido. Consolidando o poder: Tendo a França pela união Em 1731, François foi iniciado na Maçonaria Inglês em Haia por Desaguliers Dr.. Quatro anos mais tarde casou-se com Maria Teresa von Habsburg. Quando François mudou seu corte de Viena, tornou-se o Capital Europeia da Maçonaria Inglês Sionist. Irmão mais novo de François por quatro anos foi de Charles de Lorena, um comandante hábil militar. Em 1744 Charles casou com a irmã Maria Teresa, Marie Anne, e tornou-se comandante-em-chefe do exército austríaco, colocando o militar austríaco ao serviço do Merovingian-Sionist objetivos. Em 1746, após a morte de Charles Radcliffe, François nomeado Carlos de Lorena Grão-Mestre do Priorado de Sion. Na verdade, o real

corte em Viena, tinha-se tornado o mais poderoso corpo esotérico-político sobre a terra. Para tornar-se o maior poder militar, Viena teria apenas para ocupar o trono poderoso francês. Para alcançar este objectivo, o Grand Mestre de Sion tinha três opções em seu comando - levar a França à força, de casamento ou de subversão. Tomando França pela força estava fora de questão, no entanto. Os historiadores Will e Ariel Durant descrever o poder da França: [O] Estado francês foi o mais forte na cristandade, confiante em seus recursos naturais, as habilidades ea lealdade de seu povo, a estratégia de seus generais, o destino de seu rei. Uma razão para a dominação francesa foi mão de obra. França tinha uma população de 20 milhões .. enquanto Espanha e Inglaterra teve 5.000.000 cada, Itália 6.000.000, a República Holandesa 2.000.000. A Santa Império Romano, que inclui Alemanha, Áustria, 142 Bohemia e Hungria, tinha algum 21.000.000, mas era um império só de nome .. e dividida em mais de 400 ciúme 'soberanos' estados, quase todos os pequenos e fracos, cada um com sua própria régua, exército, moeda, e as leis, e nenhum com mais de 2.000.000 habitantes. França .. era um geograficamente nação compacta, unida sob um governo central forte .. Para assegurar o trono francês por casamento, François e Maria deu sua filha Marie Antoinette em Página 6 casamento com o rei Bourbon da França, Luís XVI. Este casamento real trouxe final do Merovingian ambições alcance. Como Holy Blood, Holy Grail observa: "Foi no século XVIII que a .. Merovíngia linhagem provavelmente veio mais próximo da realização dos seus objectivos. Em virtude de sua casamento com os Habsburgo [ou Habsburgos], a casa de Lorraine tinha realmente adquirido o trono de Áustria, o Sacro Império Romano. Quando Maria Antonieta, filha de François de Lorraine, se tornou rainha da França, o trono da França, também, foi apenas uma geração ou mais de distância. Não tinha a Revolução Francesa interveio, a casa de Habsburgo-Lorena poderia muito bem, por volta de 1800, foram no seu caminho para estabelecer o domínio sobre toda a Europa. " 20 Poderoso rival de Sion: Frederico, o Grande, Templar rei da Prússia e Chefe da Maçonaria Alta

De acordo com a Enciclopédia Mackey da Maçonaria ", a Casa de Stuart exilado exercido um importante Na parte da invenção e extensão do que tem sido chamado de alvenaria alta ". 21 Sabemos que 1755 o Templar Scottish Rite tinha avançado a 32 graus. Na cabeça da Maçonaria alta foi Frederico, o Grande (Frederico II), o poderoso líder militar da Enciclopédia Prússia. Mackey da Maçonaria nos diz que Frederick "foi iniciado na Maçonaria, em Brunswick, na noite de 14 de agosto de 1738, não exatamente dois anos antes que ele ascendeu ao trono. " 22 Iniciação de Frederico ocorreu com pressa seguindo famoso discurso de Ramsay. Frederick tinha percebido Templarismo que estava sendo desenvolvido para derrubar o trono francês. Ele queria usálo para prussiano mais supremacia. Ao subir ao trono, em 1740, tornou-se ainda mais ativo na Maçonaria, iniciando dois de seus irmãos, um irmão-de-lei, e um duque no Rito Templário. Naquele mesmo ano ele chamou de uma urgente conferência com Voltaire. Dois eventos notáveis 143 seguidas: (1) graus adicionais foram adicionados à Maçonaria Templária, e (2) instruções para uma reviveu Ordem de Templarismo foram levados para Paris. Por 1746 inicia Frederico tinha fundado 14 Lojas Maçônicas. Nesse mesmo ano, depois de Radcliffe morte, Frederick se tornou o chefe aclamado da Maçonaria Continental. Ele então usou o Rito Escocês para sua própria candidatura independente para o trono francês, por tentar destruir a aliança entre a França ea Áustria. E outra vez ele criou discórdia entre Versailles e Viena através de seus agentes maçônicos. Sion foi tomado de surpresa e forçada a combater empreendimentos políticos e militares de Frederick. Em 1750 Voltaire foi implantado pela segunda vez para a Prússia, para persuadir o Rei a redirecionar seus esforços para da Igreja Católica. Charles de Lorena, o Grão-Mestre novo de Sion, levou os exércitos da Áustria em várias batalhas contra o rei dos Templários. Charles lutou contra o monarca em uma batalha final em 1757 (chamada de Batalha de Leuthen) e perdido. "E ainda Frederick Charles considerado como um digno e 'temível' adversário e falou nele apenas em termos elogiosos. " 23

Em conseqüência da derrota de Charles, a imperatriz Maria Teresa von Habsburg aliviou de seu comando, e Charles de Lorena retirou-se para sua capital, em Bruxelas. 24 De lá, ele trabalhou através de intermediários, como Radcliffe fez. Por exemplo, Charles, aparentemente, tinha algo a ver com a escolha de um renegado jesuíta chamado Adam Weishaupt para promover os objetivos de Sion. Weishaupt, por sua vez, foi o fundador dos Illuminati. Os Illuminati: A Aliança Conveniente Sion e os Templários ambos tinham os olhos postos no trono francês, mas ainda não estavam unidos em sua esforços. Por exemplo, Frederico, o Grande, como chefe do Rito Escocês Templários no Continente, queria assumir o trono francês pela intriga, enquanto Sion planejado para absorvê-lo através do casamento. Como observamos, Sion teve vários programas simultâneos para atingir sua meta de governo mundial. Os Illuminati, embora de curta duração por esse nome, parece ter sido o programa mais bem sucedido. Sua tarefa era desenvolver uma forma alternativa de governo em Paris - uma república democrática envolvendo um coalizão com os templários deve a iminente revolução francesa derrubar a dinastia Bourbon. 144 Página 7 A primeira exposição mundial da conspiração envolvendo a Continental Illuminati foi publicado em 1798, nove anos após a Revolução Francesa havia começado. De autoria de John Robison, professor de História Natural Filosofia na Universidade de Edimburgo, Provas de uma conspiração contra todas as religiões e governos da A Europa foi, entre outras coisas, uma advertência por escrito à Grã-Bretanha e sua Irmandade oligárquico. John Robison, um Mestre Maçom em Inglês Maçonaria, era um homem de caráter inquestionável. Ele exposta a Illuminati como uma ordem alojados dentro dobrado Maçonaria francesa sobre a destruição do Império Romano Igreja Católica, o destronamento de todas as monarquias, e do confisco de empresas e de terras. 25 Sua objetivo era inaugurar uma Nova Ordem Mundial regida por um poucos iniciados. Por vários anos antes da Revolução Francesa, Robison viajou por toda a Europa, freqüentando muitas

Lodges continentais. Ser um escocês, ele naturalmente queria receber os altos graus no Rito Escocês. Durante suas viagens, ele aprendeu dos Illuminati. Aparecendo simpático a sua causa, Robison foi confiada com documentos Illuminati. Após a Revolução Francesa e suas atrocidades, ele estudou estes Documentos Illuminati e pela primeira vez percebi que a Maçonaria republicano francês estava em total oposição para os projetos e orientações estabelecidas pela Maçonaria monarquista Inglês. Ele, portanto, sentiu que não era infringindo sua obrigação Maçônica de silêncio por desmascarar esta Ordem clandestina. Enciclopédia Mackey da Maçonaria descreve o livro de Robison como "uma história da introdução de Maçonaria no Continente, e de suas corrupções, e .. a um violento ataque Illuminati. Mas, enquanto recomendando que as Lojas da Inglaterra deve ser suspensa, ele não faz nenhuma acusação de corrupção contra eles, mas admite que as instituições de caridade da Ordem, e sua respeitabilidade de caráter. "26 Mackey em seu comentário final parece concordar com a avaliação Professor Robison de francês Maçonaria durante a Revolução: "Para que, afinal, as taxas [de Robison] não são contra a Maçonaria em sua constituição original, mas contra sua corrupção em um momento de excitação político. 27 Weishaupt e os Illuminati Enciclopédia Mackey da Maçonaria descreve os Illuminati como: "Uma sociedade secreta, fundada em 1 de maio 1776, por Adam Weishaupt, que foi professor de Direito Canônico na Universidade de Ingolstadt. Seu fundador em primeiro chamou a Ordem dos Perfectibilists, mas ele posteriormente deu-lhe o nome pelo qual é agora universalmente conhecido .... Weishaupt, 145 embora um reformador na religião e um liberal na política, tinha sido originalmente um jesuíta .... Para dar à Ordem um maior influência, Weishaupt conectado com a Instituição Maçônica, após cujo sistema de graus, de instrução esotérica, e de modos secretos de reconhecimento, foi organizado .... A [personagem ou símbolo desenhado como] retângulo, agora muito usado pelos maçons para representar um Lodge, foi inventado e usado pela primeira vez pelo Illuminati [como foi o ponto dentro de um círculo, por que os Illuminati foi simbolicamente e universalmente identificado] .... [I] t não se pode negar que, em processo de abusos de tempo surgiu no da Instituição e que, por a influência de homens indignos do sistema tornou-se corrompido. "

28 Pesquisadores da conspiração têm opiniões contraditórias sobre quem estava por trás dos Illuminati. A "Miss Stoddard," autor da trilha da Serpente e escrita sob o pseudónimo "inquire dentro", vê o Illuminati como "Os Cavaleiros Templários ... reunindo novamente. "29 Muitos Templários fez juntar os Illuminati. Tal como evidente, no entanto, é que rosacruzes foram representados na ordem também. Edith Starr Miller, em Ocultismo Theocrasy, afirma que os Illuminati Rosacruz, tanto quanto era Templários Cada autor chama a Illuminati "de curta duração", cada um concorda que, inicialmente, o seu "Grande Plano" era puro, mas que a corrupção fixado em, e cada afirma que sua participação consistia de templários e rosacruzes. O plano da Hierarquia em Sion e os Templários assim permaneceu em segredo, no entanto, que mesmo o maçons mais alto grau estavam perplexos quanto à real função dos Illuminati. A Illuminati parece ter sido um empreendimento cooperativo para inaugurar a Nova Ordem Mundial longa sonhado por tanto Priorado de Sion e os Cavaleiros Templários. Página 8 Sion e Weishaupt Enciclopédia Mackey da Maçonaria dá data de nascimento de Weishaupt e declara a sua hostilidade para com a Jesuítas: Ele "adotou o nome de característica ou Ordem de Spartacus, nasceu em 6 de fevereiro de 1748, em Ingoldstadt, e foi educado pelos jesuítas, para quem, no entanto, ele depois exibiu o amargo inimizade, e foi igualmente odiada por eles em troca. " 31 Quando Weishaupt formou os Illuminati, ele usou a estrutura jesuíta como guia, no entanto, empregaram a Ritos egípcios de Ormus em suas cerimônias, os ritos mesmos exercidos pelo Priorado de Sião. Rev. JR Igreja concorda que provavelmente Weishaupt era um Sionist, e conclui: "A Illuminati, então, pode ser simplesmente outro nome no desenvolvimento contínuo do Priorado de Sião ... "32 146 Igreja também compara as cerimônias, símbolos e teologia dos Illuminati com Sion e do Rosacruzes e encontra-los idênticos, todos os três decorrentes do misticismo egípcio. 33 Por exemplo, o ponto de

dentro de um círculo (uma forma de o Olho Que Tudo Vê do egípcio deus-sol Osíris), é um símbolo em todos os três ordens. 34 Objetivo de Weishaupt também foi idêntico ao Sion: uma Nova Ordem Mundial controlado por uns poucos iniciados. A Enciclopédia Britânica (1984) indiretamente liga a Illuminati com Sion via os Rosacruzes, observando que "[o] nome illuminati também é dado ... para os Rosacruzes". 35 Este fato está documentado no Rosicrucian Manual de si: Os membros que conquistem e completar a instrução psíquica do nono grau ou aqueles acima mencionados, pode introduzir o Illuminati, que é uma organização superior da ordem em que os membros dignos continuar para realizar trabalhos especializados e estudos sob a direção do imperator de sua competência, ao pessoais mestres cósmicos. Os membros não podem solicitar a admissão para os Illuminati, mas deve esperar até que eles foram encontrados prontos e são convidados neste trabalho adicional. 36 Um dos primeiros Weishaupt iniciados era um traidor de sua própria casa real - Louis Philippe Joseph, duque de Orleans, primo do rei Bourbon de França. O Duque já havia sido iniciado em francês Grande Lodge Maçonaria, e de acordo com a Enciclopédia Mackey da Maçonaria, ele "foi eleito Grande Mestre no ano de 1771, após a morte do de'Clermont Count. " 37 O duque de Orleans rompeu com o tumulto maçônica na França, que se concentrou em torno britânica obediência na Grande Loja francesa, e fundou o clandestino francês Loja do Grande Oriente em 1772. O Duque, de acordo com a Enciclopédia Mackey da Maçonaria, também ocupou o cargo de Grão-Mestre este Lodge oposição até que ele foi guilhotinado durante a Revolução de 1793. Brilliant Career Weishaupt Em 1772, Weishaupt aos 24 anos era um religioso brilhante. Dr. Mackey relata que ele se tornou esse ano Professor extraordinário de Direito, e em 1775, o professor de História Natural e Direito Canônico, no University of Ingoldstadt. 38 Em 1 de maio de 1776, aos 28 anos, ele organizou oficialmente a sociedade secreta que ele tinha

começou na universidade há cinco anos. Estudantes em Ingolstadt Universidade eram sua primeira iniciados. Depois graduação, espalhados por todo o continente, trabalhando em sua 147 várias profissões onde Weishaupt os contrataram em promover seus objetivos revolucionários. De acordo com a Enciclopédia Mackey da Maçonaria, "Não foi até 1777 que Weishaupt foi iniciada no Theodore Lodge do Bom Conselho, em Munique. Daí para a frente, Weishaupt procurou incorporar seu sistema em que a Maçonaria, para que este pode tornar-se subserviente aos seus pontos de vista e com a ajuda de um Templário convicto, Barão Knigge, que trouxe as suas energias ativas e gênio para a ajuda da causa, ele conseguiu completar o seu sistema de Iluminismo ". 39 Página 9 Illuminati e Maçonaria Por 1785, nove anos após Weishaupt tinha registrado oficialmente os Illuminati como operatório, Illuminati doutrinas tinham penetrado suficientemente a Grande Loja Francesa eo Grande Oriente Francês que mudou para sempre a direção dessas duas Irmandades Continental, em última análise, reformulação Internacional Maçonaria. Enciclopédia Mackey da Maçonaria condena a influência dos Illuminati de Weishaupt sobre Maçonaria: "A Ordem dos Illuminati foi a maior desgraça que se abateu sobre único europeu Maçonaria porque se tornou ao mesmo tempo o padrão eo ponto de partida para uma sucessão de segredo, subterrâneos, conspirações políticas que dividiram a Maçonaria e trouxe desgraça sobre seu nome " 40 Não surpreendentemente, os autores de Holy Blood, Holy Grail cair mencionar Adam Weishaupt. Seu pesquisa, restrita a pessoas nomeadas em "documentos Priory", não iria encontrar entre Weishaupt eles. Eles, no entanto, citar Sionist Rosacruz que figurou na trama Illuminati, e que pode muito bem ter sido o "controlador" de Weishaupt. Ele é mencionado junto com dois Grandes Mestres de Sião, embora ele mesmo nunca era um Grande Mestre. Seu nome era José Balsamo. 41

Balsamo trabalhou como agente duplo para Sion juntando-se a Estrita Observância Templária. Logo depois, Adam Weishaupt ordenou que os Illuminati de absorver em suas fileiras o melhor dos iniciados no Strict Observância. Nesta Webster confirma que "O primeiro corpo maçônico com que os Illuminati formaram uma aliança foi o Stricte [sic] Observância .... "42 Illuminati: Um Plano de Contingência Nossa pesquisa conclui que os Illuminati foi formada inicialmente como um projecto de cooperação entre a hierarquias de Sion e os Templários 148 para terminar a tarefa de dois séculos atrás - a de destronar o Bourbons. Os templários foram buscar vingança pela morte de Jacques de Molay. Sion estava buscando o trono francês para o Merovingian Lorena-Habsburgo dinastia. Caso Sion falhar em sua tentativa de uma monarquia universal, seria transformar o seu estratégia para trazer uma Nova Ordem Mundial do republicanismo. Em ambos os casos a coroa britânica já não estava necessárias para a protecção dos reis merovíngios. Os Templários seria novamente assumir essa função, para Alojamentos militares Templários já estavam formando ao longo das forças francesas. Manipulador de Weishaupt: Kolmer ou Charles de Lorena? Nesta Webster relata que Weishaupt não recebeu a inspiração em sua própria para a formação do Illuminati. Em 1771, ela afirma, um comerciante de Jutland misterioso chamado Kolmer, que supostamente havia passado muitos anos no Egito, voltou para a Europa para iniciar Weishaupt na ritos Rose-Croix de egípcio misticismo. Em seu caminho para a Alemanha do Egito, Kolmer parou em Malta, onde um remanescente do Inglês concorrentes dos Cavaleiros Templários existia sob os Cavaleiros nome de Malta. Há Kolmer rendezvoused com um maçom famoso e mágico chamado Cagliostro. Juntos, eles mostraram sua magia para o multidões, quase provocando uma insurreição entre as pessoas. Os dois homens foram levados para fora da ilha por os Cavaleiros de Malta e Kolmer prontamente foi para a Alemanha para um encontro com Adam Weishaupt. Durante os próximos cinco anos, iniciado Kolmer Weishaupt, em todos os mistérios de sua doutrina secreta, terminando a sua instrução, na primavera de 1776. Em 1 de maio de 1776, Weishaupt fundou os Illuminati. 43 Kolmer não é mencionado nos documentos do Priorado. Na verdade, Nesta Webster diz que ele é o mais misterioso

homem neste enredo todo. Antes de conhecer Weishaupt, não havia história anterior a ele, que não o seu encontrar em Malta com Cagliostro. Depois disso, ele desapareceu. No entanto, Cagliostro descrito com Kolmer respeito e admiração, chamando-o de "gênio este universal, quase divino." 44 Os acontecimentos posteriores sugerem que Kolmer era ninguém menos que o GrãoMestre do Priorado de Sião Charles de Lorena. Mas quem é este misterioso maçom, Cagliostro? Página 10 Cagliostro e egípcio Maçonaria Enciclopédia Mackey da Maçonaria reconhece a importância de Cagliostro na disseminação da Maçonaria em toda a Europa: 149 "A história da Maçonaria no século que não seria completa sem uma referência a este personagem. Para escrever a história da Maçonaria no século XVIII, e deixar de fora Cagliostro, seria como decretando o jogo de Hamlet e deixando de fora a parte do príncipe da Dinamarca. " 45 Cagliostro estabelecido Lojas Maçônicas em toda a Europa mais do que qualquer homem solteiro ou desde então. Em Malta, foi nomeado por Charles de Lorena (disfarçado de comerciante de Jutland Kolmer) para atuar em seu Enciclopédia como a ligação entre o Grande Mestre de Sião e Weishaupt Mackey de nome. Maçonaria diz o nome real de Cagliostro foi Joseph Balsamo, 46 o homem mencionado na Priory documentos como uma figura na conspiração Sionist juntamente com vários Mestres de Sion. Este homem tinha o poder de um Grande Mestre do Sion, no entanto, nunca foi um Grande Mestre si mesmo. Os documentos do Priorado de dizer tais homens: "Custódios de um segredo, só se pode exaltá-los ou destruí-los. Assim as pessoas gostam ... Joseph Balsamo, o duques de Nevers e Gonzaga, cujo rastro é acompanhado por um perfume de magia em que o enxofre é misturado com perfume de incenso da Madalena. " 47 Cinco anos depois que Joseph Balsamo / Cagliostro conheceu Kolmer em Malta encontramos em Londres, onde Cagliostro ele torna-se conectado com Rosacruz Maçonaria Inglês. De acordo com a Enciclopédia de Mackey

Maçonaria, em abril de 1776, um mês antes de Adam Weishaupt fundou oficialmente o Illuminati, Cagliostro foi iniciado como uma Mason Inglês "em Esperance Lodge, No.289, que depois se reuniram no do Rei Tavern cabeça. " 48 Em 1777, o ano Weishaupt foi iniciado na Maçonaria Grande Oriente Francês, Cagliostro "foi subsidiado", de acordo com Mackey, "por vários homens extremamente ricos, que, por si insatisfeitos com o estado de coisas na Europa, não hesitou em colocar suas riquezas à sua disposição para o propósito de minar os poderes tirânicos que então exercia influência. " 49 Os "poderes tirânicos" na Europa, sem dúvida, consulte o trono francês. E os homens ricos em Inglaterra pode muito bem ter sido Rosacruzes Sionist. Desde Mackey não mencioná-los pelo nome, não pode conectá-los positivamente com Sion, nem podemos especular sobre quem são essas pessoas podem ter sido. No entanto, com fundos substanciais da Inglaterra, Cagliostro Sionist voltou para o Continente e fundou Egípcio Maçonaria, que desempenhou um papel significativo na trama Sionist contra a França, não só no Revolução Francesa, mas por um século e meio mais além. O brasão de armas Cagliostro adotado para a sua Ordem foi a estrela de seis pontas, idêntico ao criado pelo merovíngia Dagoberto H no Rennes-leChateau, e adotado mais tarde pelo Priorado de Sion. Este 150 de seis pontas estrelas mais tarde tornou-se o arauto do futuro movimento sionista genuína judaica, que tem insígnia equivocadamente levou os pesquisadores da conspiração muitos a acreditar que a conspiração de origem judaica. Nesta Webster nos diz que quando Cagliostro retornou para o continente, ele se juntou ao Illuminati. Ela relata que "Cagliostro também havia sido iniciado no [Templários] Estrita Observância, perto de Frankfurt e foi agora empregada como agente da ordem combinada. Segundo a sua própria confissão de sua missão "era trabalhar de modo a transformar a Maçonaria na direção de projetos de Weishaupt '... Cagliostro também formou um vínculo com o Martinistes que [seguidos] os passos de Rosacruzes .... " 50 Cagliostro recebeu encomendas e atuou em nome de Charles de Lorena, o Mestre reinante grande de Sion, que foi dispensado de seu comando militar por não derrotar Frederico, o Grande. Disfarçado como o

Jutland comerciante Kolmer, o Grão-Mestre Cagliostro conheceu em Malta, onde eles planejavam sua estratégia. Cagliostro era juntar os Illuminati, com dois gols conspícuos em mente: (1) transformar maçons franceses em insurretos através de dependência de drogas, prostituição e feitiçaria, e (2) se unem e Rosacruz Templários Maçonaria no continente. O propósito ostensivo de este último não será evidente até mais tarde. No entanto, a partir de Dia de Cagliostro frente encontramos uma mistura de Rosacruzes e Templários cerimônias em ambas as ordens maçônicas. É inegável que o frenesi que antecedeu a Revolução Francesa foi criado pelo esotérico de Cagliostro Maçonaria Egípcia. Ao mesmo tempo, Weishaupt Illuminati e sua operado na arena política. Página 11 Um Resumo Sion não alterou o seu plano para capturar o trono francês para a Casa de Lorena, desde a sua falha durante as guerras religiosas. Ele reuniu-se apenas com sucesso parcial em Weishaupt. A Revolução Francesa fez destronar os Bourbons, como Sion desejado. O Rei de Jerusalém dinastia, no entanto, não foi capaz de subir a Trono francês após a Revolução destruiu a monarquia. Esta intriga, com as suas contra-intrigas, parecia misturar Rosacrucianismo e Templarismo. Assim, pesquisadores da conspiração não ter entendido o duplo conflito dentro da Revolução Francesa e eles têm mal interpretado a conspiração maçônica francesa como uma continuação do enredo Adam Weishaupt Illuminati. No Por outro lado, os opositores da teoria da conspiração ver os Illuminati como inexistente após 1785, desde que 151 em que ano foi exposta pelo governo da Baviera e ordenou a debandar. O que realmente aconteceu é não imediatamente aparente. Sion e do Templo, no entanto, tinha outros planos para os Illuminati em outro continente em um novo mundo. Página 12 152

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful