You are on page 1of 1

ÁGUA SOBRE O SEDENTO “Pois derramarei água sobre o sedento, e rios sobre a terra seca; derramarei o meu Espírito

sobre a tua posteridade e a minha bênção sobre os teus descendentes” Isaias: 44:3 Espiritualmente falando, será que não é terra seca o que se encontra dentro das pessoas em muitos lugares? A sede é tamanha que muitos a estão saciando com “coisas”, lazer, entretenimento, viagens, etc. Mas justamente ali, onde tudo está seco e sem vida, o Senhor quer derramar torrentes de água viva. Qual é o papel dos cristãos frente a esta constatação? O que é que eu e você devemos fazer diante da necessidade das pessoas que estão ao nosso redor? O que o Senhor espera que façamos para que Ele sacie a sede dos sedentos? O profeta Isaias faz alusão ao derramar do Espírito Santo sobre a nação de Israel, e dos benefícios que eles teriam quando tal derramar viesse. Apesar deste derramar ser uma fonte de benção e poder, havia uma condição para que o povo o recebesse: “ter sede” e não se conformar em ter uma vida de sequidão: “rios sobre a terra seca”.“Ó vós todos os que tendes sede; vinde às águas”(is Is 55:1). O convite está sendo dirigido a quem tem sede, quem almeja água. As pessoas anseiam por algo que lhes dêem contentamento, que sacie a sua sede, mas, por causa do pecado, não percebem que a Água é Jesus. A água oferecida por Jesus é uma fonte que nunca falta e salta para a vida eterna. Cabe a cada cristão assumir a missão de embaixador e levar a Palavra de Deus aos sedentos. Precisamos romper com a preguiça, o comodismo e anunciarmos o Evangelho de Cristo a todas as pessoas. Se cada cristão assumisse a sua missão muitos já estariam saciados por Cristo. Precisamos levar a água da vida aos sedentos que se encontram nas escolas, no trabalho, ao lado da nossa casa, em frente da igreja, nos shoppings, etc. O derramar de Deus é gradativo, começa como um simples saciar de sede, e vai crescendo até se tornar um rio caudaloso.