P. 1
Guia Basico - Slackware 11.0

Guia Basico - Slackware 11.0

|Views: 27|Likes:
Published by jonatawilliamlda
Guia Basico Slackware 11.0

Apresenta uma passo-a-passo para instalação e incialização da distribuição OpenSource do Slackware.
Guia Basico Slackware 11.0

Apresenta uma passo-a-passo para instalação e incialização da distribuição OpenSource do Slackware.

More info:

Published by: jonatawilliamlda on Feb 27, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/25/2014

pdf

text

original

Sections

G U IA

BÁ S IC O

D O

11.0
linux

A P ENTA Ç ÃO RES

“O

Sl w are é a dis t ack ribuição L inux m ais ant iga e m at idade , por iv

is s o, ne s s e t xt v os apre s e nt ao caro lit o bás ico de s s a be l e o am ar e or a dis t ribuição L inux. V re m os com um ce rt de t h e , com o ins t ar e e o al al conf igurá-l a. Nos s os agrade cim e nt os a t odos aq ue ls e q ue cont ribue m das m ais div rs as f e orm as para o de s e nv v e nt do olim o m ov e nt do s of w are l re e e m part ar ao s is t m a ope racional im o t iv icul e L inux. Es pe ram os q ue e s s e t xt s e j út à m uit iniciant s no e o a il os e m undo L inux! ”

G UIA BÁ S IC O D O S L C K W A R E L A INUX 11.0 E DI ÇÃO E DI AGRAM AÇÃO Jos é Ant onio da Sila Ne t v o j e _ s ila_ ne t yah oo.com .br os v o@ Carl Robe rt P Al e ida Jr os o . m . crj unior@ yah oo.com REVSÃO I Ant oine Kam e l ant oine 12@ gm ail .com
Es t t xt pode s e r us ado l re m e nt de s de q ue a aut e e o iv e oria s e j m e ncionada. a Edit oração f it com Scribus (w w w .s cribus .ne t - De z e m bro/ e a ) 2006

C O NTE Ú D O
Apre s e nt ação ii

1 2 3

I t ação do Sl w are ns al ack Conf iguração da I e rf nt ace Gráf ica Conf iguração Bás ica do Sl w are ack 3.1 3.2 3.3 3.4 3.5 3.6 Criação de us uários Conf iguração do arq uiv f t o s ab Conf igurando o s e rv idor de s om AL SA L ogando no K DE Edit ando o arq uiv initab o t At iz ação s im pls do k e rne l ual e

4 36 61 62 64 66 68 85 87 92 93 94 95 95 96 96 97 97

4

Noçõe s ge rais s obre pacot s no l e inux 4.1 4.2 4.3 4.4 4.5 4.6 4.7 4.8 .t .gz ar .t .bz 2 ar .rpm .de b .t gz Apt t -ge Sw are t Port age

L s s uge s t ink ionados

98

IN S TA LA Ç Ã O

1

Ins t ação do S l w are 11.0 al ack

I e l m e nt , o Sl w are pos s ui um a f a (e rrada!) de s e r " ícil não s e ndo indicado para os nf iz e ack am dif " , nov iços L inux. É v rdade q ue s e gas t um ce rt t m po para conf e a o e igurá-l m as o re t o, orno e m conh e cim e nt t o écnico adm inis t iv é ím par Ne s s a part do nos s o guia m os t m os um pas rat o . e rare s o-a-pas s o de com o ins t ar de um a f a s im pls o Sl w are . Us am os com o f rram e nt de al orm e ack e a apoio o ge re nciador de m áq uinas v uais V w are (w w w .v w are .com ), o q ualnos pe rm it a irt M m iu capt de prat ura icam e nt t e odas as t l do ins t ador Junt às t l , t ce m os com e nt e as al . o e as e ários para e xpl o q ue o ins t ador nos of re ce / ol a. icar al e s icit Ant s de com e çarm os , al e guns de t h e s im port e s de v m s e r f ados : o ins t ador do al ant e ris al Sl w are s e ut iz a do m odo t xt is s o na prát s ignif q ue o m ous e não s e rá at ado. Por ack il e o, ica ica iv is s o, para pe rm it a int ração nav gando nas opçõe s , as t cl das s e t dire cionais e TAB ir e e e as as s ão at adas . E ant s de com e çarm os , al q ue s e m pre de v s e r re pe t iv e go e ido: f açam back up! Não nos re s pons abil am os por danos ao e q uipam e nt caus ados por ins t açõe s com f h as . iz o al al » Com e ce m os !

Es t é a prim e ira t l do ins t ador do Sl w are : a v rs ão é apre s e nt a e a al ack e ada e s om os inf ados s obre q ualv rs ão do k e rne lq ue re m os us ar para a ins t ação. Se s im pls m e nt orm e al e e pre s s ionarm os ENTER, o k e rne l padrão (s at a.i) s e rá carre gado. Por out l ro ado, s e pre s s ionarm os a t cl F2, o ins t ador nos e xibirá um a t l de aj e a al e a uda. É o q ue f m os . are

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

4

IN S TA LA Ç Ã O

Com o dis s e m os na im age m ant rior pre s s ionando F2, o ins t ador apre s e nt um a t l de e , al a e a aj uda, a q ualt raz al guns com e nt ários s obre os k e rne l dis ponív is para ins t ação, m as , s e al pre s s ionando F3, s e rá e xibida um a l t com plt dos k e rne l, v j os e nt is a e a s e am ão:

bare acpi.i - k e rne lD E I

Te m os agora a l t com plt dos k e rne l dis ponív is (de s crit na is a e a s e os caixa ao l ado). De v m os de ixar cl q ue o Sl w are ainda não adot com o padrão e aro ack a um k e rne l f íl 2.6. M ais adiant m os t da am ia e rare m os com o at iz ar o ual k e rne l us ando os pacot s pront e os q ue v m nos CDs / D de e DV ins t ação. Para f al ins da nos s a apre s e nt ação, e s cole m os a opção h bare acpi.i e s cre v ndo-a na f nt do 'boot (obs e rv a im age m e re e :' e acim a) e a s e guir t cl os ENTER. e am
5 |
G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

g e nérico (não S A T ) com A su port a de sl am e nt por e ig o sof w are (pl t aca- m ãe com su port a f e A TX); e ont

s at - k e rne l a.i para H D s sat a
(se rial a); at

t st e 26.s - k e rne l f íl da am ia
2.6 para t s t s. e e

IN S TA LA Ç Ã O

Ape nas por um a q ue s t de cont ão inuidade m os t os a im age m acim a, q ue s e t a do ram rat proce s s o de carga do k e rne ladot ado (o bare acpi.i). Na próxim a t l a int ração com o e a, e ins t ador cont al inuará.

Após o proce s s o de carga do k e rne lo ins t ador nos inf a q ue pode m os m udar o l , al orm ayout do t cl cas o não t nh am os um t cl padrão am e ricano. Com o e m ge ral am os o e ado e e ado us padrão ABNT-2, digit os a opção 1 e t cl os ENTER. am e am

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

6

IN S TA LA Ç Ã O

Ne s t t l s e lcionam os o l a e a e ayout do t cl : com a s e t dire cional" e ado a para baixo" nav gam os e pe l opçõe s at ch e gar ao m ode l " w e rt br-abnt ap" m as é cl q ue o caro lit de v as é o q y/ 2.m , aro e or e e s cole r o m ode l ade q uado ao s e u cas o. Após de f h o inirm os o l ayout de t cl e ado do nos s o s is t m a, us ando a t cl TAB, pos icionam os o curs or s obre a opção O K e t cl os ENTER. e e a e am

Agora o ins t ador nos pe de q ue t s t m os o l al e e ayout do t cl : para is s o bas t digit al e ado a ar guns caract re s v e incul ados ao l ayout com o por e xe m pl, ^, ? {, e t Se t , o , c. udo e s t e r ok , digit iv e ape nas o núm e ro 1 (com o na im age m acim a), pos icione o curs or e m O K (us ando a t cl TAB) e a e t cl ENTER . e e

7 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

IN S TA LA Ç Ã O

Ainda t m os al e guns de t h e s de l al icados a s e re m re s olidos ant s de com e çar a ins t ação v e al propriam e nt dit . Prim e iro t m os q ue l e a e ogar no s is t m a e para is s o us am os o us uário root (o e adm inis t rador do s is t m a). Port o, digit roote t cl ENTER. e ant e e e

Ant s de ch am arm os o ins t ador pre cis am os part e al , icionar o dis co rígido (h d): o part icionador of icialdo Sl w are é o cf k . Para ch am á-l, digit na l a de com ando cf k e t cl ack dis o e inh dis e e ENTER.

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

8

IN S TA LA Ç Ã O

Na im age m acim a t m os a int rf e e ace do cf k . Not q ue ne s s a dis e s im ul ação de ins t ação (us ando o V w are ) e s t os part al M am indo de um h d s e m ne nh um s is t m a ope racionalins t ado. Cas o o caro lit e al e or t nh a out s is t m a ope racionalna s ua m áq uina, al e ro e guns cuidados de v m s e r t ados . Um pont im port e é q uant à nom e ncl ura de e om o ant o at part içõe s adot ada no L inux, pois no W indow s as part içõe s s ão rot adas us ando lt (a principal a C). Já no L ul e ras é inux a nom e ncl ura at lv e m cont s e o h d é m e s t ou e s crav e e m q ualcanalI e a a re o DE o m e s m o e s t cone ct á ado. Por f or acom panh e : av , h h h h da : dis pos it o m e s t da prim e ira I iv re DE db : dis pos it o e s crav da prim e ira I iv o DE dc : dis pos it o m e s t da s e gunda I iv re DE dd : dis pos it os e s crav da s e gunda I iv o DE a m áq uina pos s uir um h d SAT A, e s t e s e rá

Nom e ncl ura dos at dis pos it os cone ct iv adas a cont adora ID E rol (discos-rígidos, lit s/grav e ore adore s CD /D V , e t D c): h da - D isposit o m e st iv re cone ct ado no prim e iro canal cont adora da rol I E; D h db - D isposit o e scrav iv o cone ct ado no prim e iro canal cont adora da rol I E; D h dc - D isposit o m e st iv re cone ct ado no se gundo canal cont adora da rol I E; D h dd - D isposit o e scrav iv o cone ct ado no se gundo canal cont adora da rol I E; D D isposit os q ue ut izam iv il a cont adora SA T rol A se rão ide nt icados if com o: s da, s db, s dc, ...

Por out l ro ado, s e

ide nt icado com o s da (at o k e rne l2.6.18.x, o dis co rígido SAT e ra if é A re conh e cido com o um dis pos it o SCSI Pois be m , as part iv ). içõe s s ão ide nt icadas incl if uindo s uf ixos num éricos ao dis pos it o, por e xe m pl iv o, um a part ição prim ária (o e q uiv e nt ao C: do W indow s ) s e rá nom e ada al e com o h da1 (ou h da2, h da3, e t c.), cons ide rando q ue e s t os am part icionando um h d conf igurado com o m e s t e l re igado ao prim e iro canalda I DE. Fe it e s s as cons ide raçõe s , prim e iro ide nt iq ue um as if s e t l re do s e u h d e de pois pos icione o curs or e m NEW e t cl or iv e e ENTER. Com o nos cas os ant riore s , e s s a nav gação é f it us ando e e e a as s e t dire cionais . as
9 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

IN S TA LA Ç Ã O

Agora o part icionador nos pe rgunt s e de s e j os criar um a part a am ição prim ária (onde o s is t m a e s e rá ins t ado de f o) ou um a part al at ição de t roca (e xpl icare m os do q ue s e t a m ais adiant ). rat e Para e v ar com pl it icaçõe s de s ne ce s s árias , principal e nt para q ue m e s t com e çando no m e á Sl w are , v os criar um a única part ack am ição prim ária q ue v re ce be r t ai odo o s is t m a. Port o, e ant pos icione e o curs or e m " Prim ary" e t cl ENTER. e e

A s e guir o cf k pe de para q ue de f dis inam os o t anh o da part am ição prim ária, not na im age m e acim a q ue o h d v ual s t os num a s im ul irt (e am ação) pos s ui 429 4 M B de e s paço l re , e t bém iv am s e v q ue e s cole m os um a part ê h ição de t anh o 3782 M B. I s o nos de ixará com ce rca de 512 am s M B l re s , a e xpl iv icação para t e s cola é a s e guint : é um a re gra criarm os um a part al h e ição s w ap (de t roca) com o dobro da m e m ória f ica. Com o dis ponibil am os 256 M B de m e m ória RAM ís iz para a nos s a m áq uina v ual us are m os 512 M B para a part irt , ição de s w ap. Suponh a q ue o h d do m icro t nh a 40 GB e 512 M B de RAM , e nt e ão, de v m os us ar 1 GB de s w ap; e s e f os e orm us ar t odo e s s e e s paço do h d, de v m os e s cole r (de f a aproxim ada) 39 GB para a part e h orm ição prim ária. Se o caro lit t e r out e or iv ros s is t m as ope racionais no m icro, t rá q ue f e r um e e az pe q ue no cál o para ade q uar ao s e u cas o. De pois de e s cole r o t anh o da part cul h am ição prim ária, t cl ENTER. e e
G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

10

IN S TA LA Ç Ã O

De pois de e s colido o t anh o da part h am ição, o part icionador pe rgunt s e q ue re m os q ue a a part ição s e j iniciada no f ou no início do e s paço l re . Es cole m os no início [Be ginning] e a im iv h t cl os ENTER. e am

V m os na t l acim a q ue a part e e a ição prim ária f criada e por padrão é de f oi inida com o um a part ição L inux. Pos icione a barra no e s paço l re , m ude o curs or para [Ne w ] e t cl ENTER, iv e e pois agora pre cis am os criar um a part ição de t roca.

11 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

IN S TA LA Ç Ã O

V t os ao m e s m o m e nu q uando criam os a part ol am ição prim ária; com o agora s e t a de um a rat part ição de t roca, pos icione o curs or e m [l ogicale t cl ENTER. ] e e

Nov e nt o part am e icionador cf k nos pe rgunt q ualo t anh o da part dis a am ição q ue de s e j os am criar e no nos s o cas o bas t us ar o e s paço l re re s t e . F a iv ant aça a e s cola ade q uada ao s e u h cas o! Ao f inale cl ENTER. t e

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

12

IN S TA LA Ç Ã O

O part icionam e nt e s t q uas e pront m as ainda f t um de t h e ; com o j dis s e m os o cf k o á o, al a al á dis por padrão de f um a part ine ição com o s e ndo do t L ipo inux. No cas o de um a part ição prim ária is s o é o ade q uado, m as não q uando s e t a de um a part rat ição de t roca. Para re s ole r e s s e v problm a, pos icione a barra s obre a part e ição s w ap, nav gue no m e nu at a opção [Type ] e e é de pois t cl ENTER. e e

O caro lit s e de f ará com um a t l com o a da im age m acim a. O cf k of re ce um grande e or ront e a dis e lq ue de opçõe s , a q ue nos int re s s a é a opção 82. Pre cis am os s e guir e m f nt , t cl ENTER. e e re e e e

13 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

IN S TA LA Ç Ã O

Após t rm os t cl ENTER, o cf k nos pe de para e s cole rm os q ualo t de s is t m a de e e ado dis h ipo e arq uiv para a part os ição e m q ue s t ão. Com o j dis s e m os , bas t digit 82 e de pois t cl á a ar e ar ENTER.

Final e nt t rm inam os o proce s s o de part m e e icionam e nt ! Not q ue o part o e icionador nom e ou as part içõe s com o h da1 (a part ição prim ária) e h da5 (a part ição de t roca). F t agora s alar a al a v conf iguração: para is s o, pos icione o curs or s obre a opção [W rit ] e t cl ENTER. T nh a e e e e ce rt z a q ue não danif e icou ne nh um a part ição e xis t nt , pois o proce s s o pode de s t e e ruir t odos os dados !

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

14

IN S TA LA Ç Ã O

Úl a ch ance ! O part t im icionador nos pe rgunt s e q ue re m os grav o part a ar icionam e nt na M BR o (M as t r BootRe cord), t ndo ce rt z a de q ue t e e e udo e s t corre t bas t digit ye s e t cl ENTER. á o, a ar e ar

Ne s s e pont t rm inam os de f o o part o e at icionam e nt do dis co rígido; para s air do part o icionador , pos icione o curs or e m [Quit e t cl ENTER. ] e e

15 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

IN S TA LA Ç Ã O

V t os agora ao prom pt de com ando, e com o t rm inam os o part ol am e icionam e nt pode m os o, com e çar a ins t ação de f o, para is s o de v m os ch am ar o ins t ador Para is s o, digit os al at e al . am s e t e a s e guir t cl os ENTER. up e am

A im age m acim a é a prim e ira t l do ins t ador do Sl w are , com o j e s cole m os o l e a al ack á h ayout do t cl e ado, pos icionam os o curs or na opção ADDSW AP e t cl os ENTER. I s o f e am s ará com q ue o part icionador proce da à f at orm ação da part ição de t roca.

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

16

IN S TA LA Ç Ã O

O ins t ador de t ct q ue e xis t um a part al e ou e ição de t roca e nos pe rgunt s e de s e j os cont a am inuar com o proce s s o de f at orm ação da part ição s w ap. Bas t t cl ENTER. a e ar

Es s e é um pas s o int re s s ant : o ins t ador pe rgunt s e q ue re m os q ue e l t s t a int gridade e e al a e e e e f ica do dis co rígido (no cas o, a pre s e nça ou não de bad bl s na part ís ock ição de t roca). T bém am s om os av ados de q ue os h ds s ae m de f is ábrica t s t e ados , m as com o os h ardw are s e xis t nt s e e pode m v ariar e norm e m e nt e m t rm os de f e e abricação e idade , a m e lor opção é pe rm it . Para h ir is s o, us ando a t cl TAB, pos icione o curs or s ob a opção Ye s e t cl ENTER. e a e e

17 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

IN S TA LA Ç Ã O

Após a f at orm ação da part ição s w ap, a t l acim a é e xibida indicando q ue t e a udo corre u be m . Para cont inuar bas t t cl ENTER. a e ar

Ainda t m os q ue f at a part e orm ar ição prim ária, q ue é onde o s is t m a s e rá ins t ado;é o q ue nos e al m os t a im age m acim a. Com o t m os ape nas um a part ra e ição, bas t t cl ENTER. Not q ue a e ar e e s t os num a s im ul am ação, s e o caro lit t e r out e or iv ras part içõe s cont ndo out e ras dis t ribuiçõe s L inux, t nh a m uit cuidado para não s obre s cre v r a part e o e ição e rrada!

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

18

IN S TA LA Ç Ã O

Com o no cas o da part ição de t roca, o ins t ador pe rgunt s e q ue re m os f at a part al a orm ar ição prim ária. H á duas opçõe s : s e m e com ch e cage m de e xis t ência de bad bl s , opt os pe l ock am a f at orm ação s im pls (e s t os num a s im ul e am ação), m as , nov e nt , de v am e ido a grande v dade arie de h ardw are e xis t nt , s uge rim os a e s cola da s e gunda opção. Após f it a e s cola, t cl e e h e a h e e ENTER.

M as o q ue é "j ournal ? ing"

Um pas s o im port e da f at ant orm ação: o ins t ador pe rgunt q ual Jou rnal é um a inov al a é ing ação o s is t m a de arq uiv q ue re m os us ar t m os t opçõe s : e os , e rês e m sist m as de arq uiv se e os, it e og e xt s is t m a de arq uiv cl s ico do L 2: e os ás inux, não acons e lam os const ui num sist m a de l h q ue o sist m a at iza ant s e ual e por não pos s uir o re curs o de j ournal (conf a caixa ao l ing ira ado). e xt s e t a do s uce s s or do e xt pode ou não s e r us ado, ape s ar 3: rat 2, ore órios de q ue a nos s a e xpe riência pe s s oalpre f a úl a opção, por na árv de dire t ira t im propriam e nt dit No caso e a. t rm os pre s e nciado pe rda de dados de v e ido a um re boot nãode um de sl igam e nt o int ncional f t de e ne rgia. e ou al a re is e rf : a nos s a e xpe riência indica q ue é a m e lor opção, ope racional ssa o arq uiv s h ace o ch e gam os ao pont de re s e t a m áq uina int ncional e nt e não o ar e m e de l para re st og aurar o ocorre u pe rda de dados , o s is t m a v t a boot norm al e nt . e ol ou ar m e Após f e r a s ua e s cola, bas t t cl ENTER. az h a e ar
19 |
G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

de e f t e uar as m odif icaçõe s

acide nt , o sist m a al e

sist m a a part do úl o e ir t im re gist ant s da f h a. ro e al

IN S TA LA Ç Ã O

Com o no cas o da f at orm ação da part ição s w ap, s e t udo corre u be m , o ins t ador nos inf a al orm q ue a part ição f at orm ada f incl oi uída no arq uiv f t (v re m os do q ue s e t a no capít o o s ab e rat ul s obre conf iguração bás ica do Sl w are ). ack Para cont inuar bas t t cl ENTER. , a e ar

Com as part içõe s f at orm adas , agora indicam os ao ins t ador q ualé m ídia q ue cont al êm os apl iv , com o prov e l e nt , o caro lit v us ar CDs (ou DV icat os av m e e or ai D), a prim e ira opção é a indicada. T cl ENTER. e e

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

20

IN S TA LA Ç Ã O

Após o pas s o ant rior o ins t ador pe rgunt s e de s e j os um ras t am e nt aut át do e , al a am re o om ico driv de CD (ou DV q ue cont nh a a m ídia de ins t ação ou s e de s e j os a e s pe cif e D) e al am icação m anual driv . É cl q ue a prim e ira opção é m ais prát do e aro ica;s iga e m f nt t cl re e e ando ENTER.

Após a de t cção da m ídia, o ins t ador nos apre s e nt um m e nu de pacot s . O pt os pe l e al a e am a e s cola m ais s im pls : e s cole r pacot s de t h e h e odos os grupos a m e nos do pacot l e íngüis t ico com plt do K DE (e xpl e o icare m os do q ue s e t a no capít o s obre conf rat ul iguração bás ica). Port o, bas t pos icionar o curs or s obre o O K e t cl ENTER. ant a e ar

21 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

IN S TA LA Ç Ã O

H á m uit m odos de ins t ação dos apl iv durant um a ins t ação do Sl w are . Com o os al icat os e al ack e s s e m anual é dirigido para iniciant s , opt m os pe l ins t ação com plt not q ue é e are a al e a, e ne ce s s ário um a part ição com um t anh o de pe l m e nos 3 GB. Fe it e s s a e s cola, t cl am o a h e e ENTER. Para cont inuar bas t t cl ENTER. , a e ar

A ins t ação de pacot s v com e çar Na t l acim a o ins t ador nos inf a q ue f e s colida a al e ai . e a al orm oi h opção de ins t ação de t al odos os apl iv . icat os

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

22

IN S TA LA Ç Ã O

Ne s t t l j v m os a ins t ação de pacot s (no cas o s ão os m ódul do k e rne l V t ar um a e a á e al e os ). á om caf z inh o porq ue de pe nde ndo da capacidade do s e u e q uipam e nt pode de m orar um e o, pouq uinh o. ; -)

T rm inada a ins t ação dos pacot s , o ins t ador agora nos pe de q ue e s pe cif ue m os onde s e e al e al iq e ncont o k e rne lq ue s e rá ins t ado. Para pros s e guir bas t t cl ENTER. Um de t h e de v ra al , a e ar al e s e r m e ncionado: s e a m ídia ut iz ada pe l caro lit f m CDs , o ins t ador irá pe dir o CD il o e or ore al ade q uado;por out l ro ado, s e f o DV o ins t ador irá l iz ar dire t e nt o k e rne l or D, al ocal am e .

23 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

IN S TA LA Ç Ã O

Na t l acim a, o ins t ador ide nt icou corre t e nt a v rs ão do k e rne lade q uada. I s o f e a al if am e e s oi pos s ív lporq ue a e s cola q ue f e m os durant o boot f arm az e nada. Se o caro lit e s t e h iz e oi e or á lm brado, opt os pe l v rs ão bare acpi.i (k e rne lDE ge nérico com o re curs o de de s l e am a e I igam e nt o aut át at ado). Para pros s e guir t cl ENTER. om ico iv , e e

De pois de ins t ado o k e rne l o ins t ador pe rgunt s e q ue re m os criar um dis q ue t de boot al , al a e . Acons e lam os f e m e nt q ue o caro lit f h ort e e or aça is s o, um dis q ue t de boot é m uit út cas o e o il ocorra f h a na inicial ação do Sl w are . Só não crie o dis q ue t de boot a m e nos q ue v al iz ack e ocê não t nh a um driv de dis q ue t no m icro. Ao f , t cl ENTER. e e e inal e e

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

24

IN S TA LA Ç Ã O

Para os q ue pos s ue m um m ode m (ace s s o dis cado) no m icro, e s s e pas s o da ins t ação é al im port e . O ins t ador do Sl w are nos pe rgunt s e q ue re m os um l para o m ode m , com o ant al ack a ink e xe m pl cit os a opção de um m ode m PCI cone ct o, am ado e m / v t yS4. Cas o não t nh a de / t e ne nh um m ode m no m icro, pos icione a opção e m no m ode m , e de pois t cl ENTER. e e

O L inux dis põe e m ge ralde um s cript q ue durant o boot v e arre o m icro procurando por h ardw are nov s e t a do h ot ug. Na t l acim a, o ins t ador nos pe rgunt s e q ue re m os o, rat pl e a al a at ar o h ot ug durant o boot do s is t m a. Acons e lam os a e s cole r Ye s , m e s m o q ue is s o iv pl e e h h im pl ue num pe q ue no t m po adicional carga do s is t m a. Para cont iq e na e inuar t cl ENTER. , e e

25 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

IN S TA LA Ç Ã O

O ut pas s o im port e da ins t ação do Sl w are , o ins t ador nos pe rgunt de q ue m odo ro ant al ack al a q ue re m os ins t ar o ge re nciador de boot do s is t m a, o ch am ado lo (de "inux boot l al e il l oade r" ). Es cole m os a opção m ais s im pls , a s im pl (t t ins t lLL aut at l Ao f h e e ry o al I O om ical y). inal t cl os ENTER. e am

Ne s t t l s om os s ol ados a e s cole r o nív lde re s ol a e a, icit h e ução q ue s e rá adot ado na t l de e a apre s e nt ação do lo. Es cole m os a re s ol il h ução 1024x768x256 (F e bufe r cons ol). De pois ram f e t cl os ENTER. e am

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

26

IN S TA LA Ç Ã O

Por f or pre s t at nção ne s t pas s o. Aq ui o ins t ador pe rm it q ue pas s e m os parâm e t ao av , e e e al e ros k e rne l E m ge ralé um a ch am ada de e m ul . ação SCSI e é re com e ndáv lpara os k e rne l da e s f íl 2.4. Se não de s e j at iz ar o k e rne l t riorm e nt , incl um a l a do t (de nt da am ia a ual pos e e ua inh ipo ro caixa de diál ogo): hdc=ide-scsi I s o é para um grav s ador de CD/ D cone ct DV ado com o m e s t na s e gunda I re DE do m icro. Para out conf ras iguraçõe s , f aça as de v idas adapt açõe s e t cl ENTER. Por out l e e ro ado, no cas o de at iz ação do k e rne l o q ue m os t m os num out capít o), não incl ne nh um a l a de ual (é rare ro ul ua inh parâm e t ape nas us e a t cl TAB para pos icionar o curs or s obre a opção O K e t cl ENTER. ro, e a e e

Úl o pas s o para a ins t ação do ge re nciador de boot as duas principais s ão a prim e ira e a t im al , úl a. Na prim e ira, o ge re nciador é ins t ado na part t im al ição onde o Sl s e rá ins t ado, e na ack al úl a, o ge re nciador s e rá ins t ado na M BR do h d. Com o v os us ar o lo do Sl w are para t im al am il ack cont ar o boot e s cole rm os a t rce ira opção M BR (I t lo M as t r Boot Re cord). Es cola a rol , h e ns alt e h m ais ade q uada ao s e u cas o e t cl ENTER. e e
27 |
G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

IN S TA LA Ç Ã O

Pas s e m os à conf iguração de out dis pos it o. Na t l acim a, o ins t ador nos pe de para ro iv e a al indicarm os q ual o t de m ous e q ue e s t cone ct é ipo á ado ao m icro, no nos s o cas o é um m ous e USB. Nav gue pe l opçõe s , e s cola a m ais ade q uada ao s e u cas o e t cl ENTER. e as h e e

Cont inuando na s e s s ão s obre o m ous e , agora o ins t ador nos pe rgunt s e q ue re m os q ue o al a re curs o de copiar & col f ue at ado no t rm inalEs cole m os Ye s e t cl os ENTER. ar iq iv e . h e am

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

28

IN S TA LA Ç Ã O

Aq ui t m os um pont de l e o icado q ue não pude m os t ar durant a s im ul rat e ação (e s t os com um a am m áq uina is ol ada), s e t a da conf rat iguração de re de ; m as garant os q ue o proce s s o é be m im s im pls , bas t pos icionar o curs or s obre a opção Ye s e e nt com as inf açõe s us uais de e a rar orm re de : núm e ro I , DNS, G at w ay, e t No nos s o cas o de s im ul P e c. ação, para pros s e guirm os , e s cole m os No e t cl os ENTER. h e am

M ais um pont im port e da inicial ação do s is t m a; o ins t ador nos of re ce um m e nu com o ant iz e al e os s e rv iços q ue pode m s e r iniciados durant o boot Por um a q ue s t de s e gurança, iniciam os e . ão ape nas dois de ls : o rc.s canl e uns (ras t am e nt de dis pos it os ) e o rc.s ys l (dae m on re o iv og para l de s is t m a). H á out og e ras opçõe s com o o rc.s am ba (para int ração de m áq uinas e W indow s e L inux e m re de ), o rc.cups (s e rv idor de im pre s s ão), e t T nh a m uit cuidado com o c. e o t de s e rv q ue irá at ar Ao f , t cl ENTER. ipo iço iv . inal e e
29 |
G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

IN S TA LA Ç Ã O

Um pas s o s im pls . O ins t ador pe rgunt s e q ue re m os pe rs onal ar f e s adicionais , bas t e al a iz ont ando pos icionar o curs or e m No e t cl ENTER. e ar

Agora pre cis am os indicar q uals e rá a re f rência para o re l e ógio do s is t m a. Es cole m os a e h prim e ira opção NO (H ardw are cl is s e tt l ock o ocalim e ), de pois t cl os ENTER. t e am

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

30

IN S TA LA Ç Ã O

Cont inuando com a conf iguração do re l ógio do s is t m a, de v m os agora indicar q ual a z ona e e é t m porale m q ue nos e ncont os . Com o na nos s a s im ul e ram ação nos e ncont os e m São ram Paul f e m os à e s cola q ue pode s e v t na im age m acim a. F o, iz h is a aça a e s cola ade q uada ao h s e u cas o e ao f inale cl ENTER. t e

Um pont im port e da conf o ant iguração: de v m os e s cole r q uals e rá o ge re nciador de j l e h ane as q ue s e rá us ado q uando iniciarm os o s e rv idor gráf ico (X W indow Sys t m ). Com o v re m os e e pos t riorm e nt , pode m os m udar e s s a opção q uando q uis e rm os , e para dim inuir o t m po de e e e carga do X durant os t s t s de conf e e e iguração, e s cole m os um ge re nciador lv , o h e e W indow m ak e r T cl ENTER para cont . e e inuar .

31 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

IN S TA LA Ç Ã O

Um pas s o f undam e nt na ins t ação: de v m os f al al e orne ce r a s e nh a de root (us uário adm inis t rador do s is t m a) - acons e lam os f e m e nt q ue is s o s e j obe de cido por q ue s t s de e h ort e a õe s e gurança! Cont inuam os s im pls m e nt t cl e e e ando ENTER.

O ins t ador pe de q ue e nt m os com a s e nh a de root duas v z e s . Cuidado para não com e t r al re e e ne nh um e rro (digit s e nh as dif re nt s ), ao f , ape nas t cl ENTER para cont ar e e inal e e inuar .

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

32

IN S TA LA Ç Ã O

A ins t ação t rm inou! T cl ENTER para v t ao m e nu principal al e e e ol ar .

Com o pode m os v r na im age m acim a, v t os ao m e nu principal pos icionam os o curs or e ol am , s obre EXI e t cl os ENTER. Not q ue o ins t ador e nce rra o proce s s o, e j t a m ídia do T e am e al e a driv e ainda nos av a para re iniciarm os o s is t m a digit e is e ando re boot ou t cl e ando s im ul am e nt CTRL AL DEL O pt os por e s cre v r re boot na l a de com ando para t âne e + T+ . am e inh re iniciar o s is t m a. e

33 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

IN S TA LA Ç Ã O

A im age m acim a é s e m e lant ao q ue o caro lit v rá após o prim e iro re boot do s is t m a, h e e or e e com o na nos s a s im ul ação por m áq uina v uals ó t m os um s is t m a ins t ado, s ó t m os a irt e e al e e s cola L h inux, de pois t cl os ENTER. V os cont e am am inuar com a s im ul ação para com e nt os arm um pouco m ais .

Na im age m acim a, v m os o L e inux dando boot na m áq uina v ual O am bie nt de m áq uina irt . e v ual M w are e m ul um m icro com plt e com o pode m os v r o k e rne l L irt V a e o, e , do inux re conh e ce t odos os pe rif éricos e m ul ados e os com part h ados com a m áq uina re al il .
G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

34

IN S TA LA Ç Ã O

T rm inado o proce s s o de boot o s is t m a pe de para q ue l e , e ogue m os . Com o por e nq uant s ó o e xis t o us uário adm inis t e rador (o root t m os q ue l ), e ogar com o root us ando a s e nh a q ue f orne ce m os durant a ins t ação. Ainda e xe cut os dois com andos com o de m ons t e al am ração: dat e (para v r a dat do s is t m a) e w h oam i (q ue ide nt ica o us uário). Nos capít os s e guint s , e a e if ul e cont inuare m os com a s im ul ação o m áxim o pos s ív lpara q ue o caro lit cont e e or inue a t r um e q uadro be m re al t do q ue é o Sl w are L is a ack inux durant a ins t ação e conf e al iguraçõe s bás icas .

35 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

IN TE R FA C E

G R Á FIC A

2

Conf iguração da Int rf e ace G ráf ica

Ao cont rário de out s is t m as ope racionais puram e nt para o de s k t um a int rf ros e e op, e ace gráf ica não é part do k e rne l s is t m a, é um apl iv à part q ue de v s e r iniciado ant s ou após o e do e icat o e e e boot O s e rv . idor gráf ico padrão us ado pe l dis t as ribuiçõe s L inux é o ch am ado X W indow Sys t m , original e nt criado e m 19 86 no M I (M as s ach us e t I t ut of T ch nol e m e T s ns it e e gy), e m ais re ce nt m e nt , a v rs ão do X ut iz ada é a do proj t xorg. Dis t e e e il e o ribuiçõe s L inux m ais aut át om icas procuram de t ct e conf e ar igurar e m t m po de ins t ação o X. Não é o cas o do Sl w are , pois é e al ack ne ce s s ário pe rs onal ar o arq uiv de conf iz o iguração do s e rv idor gráf " anual e nt " O m ot o ico m m e . iv das as pas é q ue na v rdade v os ut iz ar um s cript de conf e am il iguração para e s s a t f o are a, ch am ado xorgconf Um us uário Sl w are conh e ce o h ardw are do s e u m icro, port o, ant s ig. ack ant e de com e çar e s s e capít o do nos s o t orial colt al as inf açõe s s obre os dis pos it os ul ut , e e gum orm iv da s ua m áq uina. M ais e xat e nt : am e
A) M O DEL DE M O USE : O

USB, PS/ ou Se rial 2 . e m ge ral ABNT2 (s e dif re m do padrão US por pos s uir a t cl " ). é e e a ç" q ual o f é abricant e q uant de m e m ória a m e s m a pos s ui. e o

B) M O DEL DE TECL O ADO :

C) M O DEL DA PL O ACA DE V ÍDEO : D)

M O DELO DO M O NI R : procure no m anual do s e u m onit os int rv os de f q üência TO or e al re h oriz ont e v rt al e ical ue o m e s m o s uport q a. V os pre cis ar de s s as inf açõe s , por f or s e j organiz ado e s aiba o q ue o s e u m icro am orm av , a cont . Ape nas um de t h e : o arq uiv / t X11/ ém al o e c/ xorg.conf é um s am pl (um a am os t de e ra) arq uiv de conf o iguração do X, f uncional é v rdade (para m ous e s PS/ e 2), m as ge nérico, port o, não e xpl os re curs os q ue um dado m icro pode pos s uir ant ora . Pas s e m os à conf iguração de f o, na l a de com ando, digit : at inh e # xorgconfig O bs .: o " s im bol a q ue e s t os at #" iz am uando com o root .
Not açõe s na l a de com ando inh

# - ind ica q u e o com a nd o d e ve s e r e xe cu ta d o pe l root. Por e x.: o root@darkstar :~# xorgconfig $ - com a nd o q u e p od e s e r e xe cu ta d o por u m u s u ário com m e nos privil ios q u e o ég
root ( q u e é o ca s o d o u s u ário j t cria d o a nte riorm e nte ). Por e x.: ne o jneto@darkstar :~$ ls -l

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

36

IN TE R FA C E

G R Á FIC A

Es s a é a t l de apre s e nt e a ação do xorgconf O s criptaf a q ue um arq uiv de conf ig. irm o iguração (xorg.conf do X s e rá criado a part das inf açõe s f ) ir orm orne cidas pe l us uário. T cl ENTER o e e para cont inuar .

37 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

IN TE R FA C E

G R Á FIC A

A conf iguração com e ça com o xorgconf pe rgunt ig ando q ual o m ode l de m ous e q ue t m os é o e cone ct ado ao m icro. Na m aioria das v z e s , a opção 1 (Aut de t cção) é s uf nt , f e s s a a e o e icie e oi q ue e s cole m os e t cl os ENTER. h e am

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

38

IN TE R FA C E

G R Á FIC A

Cont inuando com a conf iguração do m ous e , agora de v m os re s ponde r s e de s e j os e m ul e am ar ou não 3 bot s para o nos s o m ous e . Com o is s o não é út na nos s a s im ul õe il ação, re s ponde m os n (Não). Es cola a opção m ais ade q uada ao s e u cas o e t cl ENTER. h e e

39

|

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

IN TE R FA C E

G R Á FIC A

Úl o pas s o da conf t im iguração do m ous e . O s cript nos pe de para q ue e nt m os com o t do re ipo dis pos it o (o m ous e no cas o). Se o caro lit e s t lm brado, durant a ins t ação, nos f iv e or á e e al oi pe dido para e s pe cif icarm os q ual t de m ous e e s t cone ct o ipo á ado ao m icro; s upondo q ue t udo f f it corre t e nt , a opção / v m ous e é s uf nt (ne s s e cas o, não é pre cis o digit oi e o am e de / icie e ar nada, bas t t cl ENTER). Por out l a e ar ro ado, no cas o de f h a de de t cção, t m os as s e guint s al e e e opçõe s : M ous e USB: M ous e Se rial : M ous e PS/ 2: / v inputm ice de / / / v t yS0 de / t / v ps aux de /
G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

40

IN TE R FA C E

G R Á FIC A

O próxim o dis pos it o a s e r conf iv igurado é o t cl e ado, de v m os e s pe cif e icar o m ode l de t cl o e ado. Aq ui no Bras ile m ge ralo m ode l adot , , o ado é o ABNT2 (opção 15 f a q ue e s cole m os ). Cas o oi h não s e j e s s e o s e u cas o, e s cola o m ais ade q uado e t cl ENTER. a h e e

41 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

IN TE R FA C E

G R Á FIC A

Agora v os e s pe cif am icar q ual o país as s ociado ao t cl (o l é e ado ayout No nos s o cas o, a opção ). ade q uada é a de núm e ro 11 (Braz il A s e guir t cl os ENTER. ). , e am

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

42

IN TE R FA C E

G R Á FIC A

O próxim o pas s o é s im pls , o s cript pe rgunt s e q ue re m os um l e a ayout adicionalal do br ém . Bas t t cl ENTER. a e ar

43 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

IN TE R FA C E

G R Á FIC A

O ut pas s o s im pls , o s cript pe rgunt s e q ue re m os conf ro e a iguraçõe s adicionais (não m uit o im port e s ). Bas t digit n e de pois t cl ENTER. ant a ar e ar

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

44

IN TE R FA C E

G R Á FIC A

Ch e gam os agora a um pont im port ís s im o da conf o ant iguração do X, s e t a da conf rat iguração do m onit . Bas t t cl ENTER para cont or a e ar inuar .

45 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

IN TE R FA C E

G R Á FIC A

O xorgconf pe de dois parâm e t ig ros do m onit , s ão os int rv os de f q üência h oriz ont e or e al re al v rt . O prim e iro é o int rv o h oriz ont , na im age m acim a, opt os por e nt com o e ical e al al am rar int rv o de f q üência do nos s o m onit , por is s o f e m os a e s cola 11 e t cl os ENTER. e al re or iz h e am

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

46

IN TE R FA C E

G R Á FIC A

Para com plt e s s e pas s o, e nt os com o int rv o de f q üência h oriz ont do nos s o e ar ram e al re al m onit . Ent com o int rv o do s e u m onit e t cl ENTER. or re e al or e e

47 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

IN TE R FA C E

G R Á FIC A

F t de f al a inir o int rv o de f q üência v rt . Nov e nt opt os pe l e nt e al re e ical am e am a rada do int rv o e al e xat de f q üência, por is s o, e s cole m os a opção 5 e t cl os ENTER. o re h e am

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

48

IN TE R FA C E

G R Á FIC A

Com o no cas o da f q üência h oriz ont , f re al orne ce m os o int rv o e xat de f q üência v rt . e al o re e ical Ent com os v ore s do s e u cas o e t cl ENTER. re al e e

49

|

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

IN TE R FA C E

G R Á FIC A

Um a pe rgunt im port e para a docum e nt a ant ação da conf iguração: de v m os e nt com um a e rar ide nt icação do m ode l do nos s o m onit , q ue no nos s o cas o s e t a de um L 575N. if o or rat G Es pe cif ue o s e u e t cl ENTER. iq e e

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

50

IN TE R FA C E

G R Á FIC A

Es t é out pas s o im port ís s im o da conf e ro ant iguração. V os agora conf am igurar a pl de v o aca íde do s is t m a. Para cont e inuar bas t digit ye s e t cl ENTER - o s cript inicial e nt irá l t os , a ar e ar m e is ar driv rs de v o dis ponív is . e íde e

51 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

IN TE R FA C E

G R Á FIC A

A e s cola do driv r q ue f e m os acim a (opção 0) é a do univ rs alV h e iz e ESA (um padrão de e lt e rônica int rna com um a t e odas as pl acas de v o). Es s a e s cola garant q ue a pl de íde h e aca v o irá f íde uncionar m as e xpl , ora m uit pouco os re curs os da pl o aca (principal e nt as m e m ode rnas da NVDI e ATI Por e xe m pl para o cas o de pl I A ). o, acas NVDI a e s cola é a de I A, h núm e ro 18, para nav gar pe l l t s im pls m e nt pre s s ione a t cl SPACE. Ao f , com a e a is a, e e e a inal e s cola f it t cl ENTER. h e a, e e
G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

52

IN TE R FA C E

G R Á FIC A

O próxim o pas s o na conf iguração da pl de v o é e s pe cif aca íde icar q uant m e m ória a pl a aca dis põe , na nos s a s im ul ação, s e t a de um a pl com 128 M B, pas s ando para K B t m os um rat aca e t alde 131072 K , port o, no nos s o cas o, a nos s a e s cola é a de núm e ro 10. Es cola ot ant h h bas e ado no s e u cas o e t cl ENTER. e e

53 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

IN TE R FA C E

G R Á FIC A

Um pas s o s im pls na conf e iguração da pl de v o: o s cript nos pe de q ue ide nt iq ue m os o aca íde if m ode l da pl o aca. Não h á e f it prát e os icos no de s e m pe nh o do X, s e t a ape nas de um it m de rat e docum e nt ação, m as é bom q ue is s o e xis t Por f or e nt com o m ode l da s ua pl a. av , re o aca, na nos s a s im ul ação, de m os um nom e ge nérico e t cl os ENTER. e am

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

54

IN TE R FA C E

G R Á FIC A

T m os acim a il t e us rada out part im port e da conf ra e ant iguração da pl de v o, t m os q ue aca íde e inf ar ao conf orm igurador os m odos de re s ol ução para cada nív lde prof e undidade . I niciam os com o cas o de 8 bit . Para cont s inuar digit 1 e t cl ENTER. , e e e

55 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

IN TE R FA C E

G R Á FIC A

Para de f um conj o de nív is , bas t l t os . Por e xe m pl na nos s a s im ul inir unt e a is á-l o, ação, us am os os nív is 4, 3 e 2, pas s ando os m e s m os para o s cript at és da s e q uência 432. Es cola as e rav h opçõe s q ue o s e u m onit s uport (cons ul o m anual e t cl ENTER. or a t e !) e e

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

56

IN TE R FA C E

G R Á FIC A

Agora o s cript pe rgunt s e q ue re m os um a áre a de a Re s ponde m os n (não) e t cl os ENTER. e am

t l m aior do q ue e a

a t l f ica. e a ís

57 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

IN TE R FA C E

G R Á FIC A

Após o úl o pas s o, v t os para a t l inicial conf t im ol am e a de iguração de nív is de re s ol e ução, re pit a o proce dim e nt para os cas os de 16 e 24 bit . De pois de com plt e nt conf o s e am e igurado (com o pode m os v r na t l acim a), e s cola (digit e e a h ando) a opção 4 e t cl ENTER. e e

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

58

IN TE R FA C E

G R Á FIC A

De v m os agora inf ar ao conf e orm igurador o núm e ro de core s q ue pode m os us ar um a boa , e s cola é a de núm e ro 4 (64 K core s ), m as m onit s m ode rnos s uport h ore am plnam e nt o e e m áxim o q ue o conf igurador of re ce (16 m ilõe s de core s ). Es cola o m ais ade q uado ao s e u e h h cas o e t cl ENTER. e e

59

|

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

IN TE R FA C E

G R Á FIC A

Ch e gam os ao úl o pas s o da conf t im iguração do X W indow Sys t m . O conf e igurador nos inf a orm q ue e s t pront para criar um arq uiv de conf á o o iguração e m / t X11/ e c/ xorg.conf bas t q ue o , a aut e m os . Para is s o, digit ye s e t cl ENTER. oriz e e e Para t s t a conf e ar iguração, digit o com ando de inicial ação do X: e iz # startx Se a int rf e ace gráf ica não iniciar pre s t at nção nas m e ns age ns de e rro e re pit o , e e a proce s s o q ue acabam os de de s cre v r e .
G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

60

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

Com andos bás icos para us o no t rm inal h e bas
Ne s te e s pa ço l tare m o s al ns d o m ais b ás icos com andos para u s o na l a de com an do do is gu inh te rm inal b as h (q u e é o te rm i na l padrão u s ado p e l S l w are ). Não fare m os a de s crição o ack de tal ada da s fu n cional h idad e s de ca d a com an do, m as cas o o u s u ári o s in ta ne ce s s id ade de s ab e r m a is , pode rá u s a r o parâm e tro - - h e l p após ca da com ando, ou e n tão invo ca r m a n ante s de s s e . Por e xe m pl o:

$ ls --help
Lis ta as fu n ciona l ade s m ais com u ns d o com ando h e l Por ou tro id p. ne ce s s i dad e de s ab e r m a is , i nvoca m o s o m a n (m anu al de s ta form a: ) l ado, cas o h aja

$ man ls
Para s air do m anu al te cl q . Agora s e gu e a l ta de com andos b ás icos : , e is

l - l ta dire tórios ou /e arq u ivo s . E x . : s is
$ ls /home

pico - inv oca o e dit de t xt . Ex: (abre o or e os arq uiv l t .t ) o is as xt
$ pico listas.txt

cd - ace s s a u m di re tório. E x .:
$ cd /home

p w d - m os tra q u alé o d ire tório corre n te m k d ir - cria u m dire tóri o . E x.:
$ mkdir tmp2

f inge r - m os t inf açõe s s obre um ra orm de t rm inado us uário. Ex: e
$ finger root

l ogout- f iz a a s e ção do us uário corre nt inal e h al- de s l o com put t iga ador . df- l t as part is a içõe s at as , t anh o e o q uant iv am o e s t s e ndo ut iz adas . Ex: ão il
$ df -h

rm d ir - re m ove u m dire tóri o. E x .:
$ rmdir tmp2

cp - co pi a dire tórios ou /e a rq u ivo s . E x. :
$ cp listas.txt /home/ana

m v - m ove d ire tó rios ou /e arq u ivos . Te m s i ntaxe s e m e l ante ao do co m an do cp . h rm - re m ove d ire tórios ou /e arq u ivo s cat- e xibe t odo cont údo de um arq uiv e o h e ad - l t as n prim e iras l as de um arq uiv is a inh o t - l t as n úl as l as de um arq uiv ail is a t im inh o cal e xibe um calndário e dat - e xibe h ora e dat at e a ual upt e - m os t a q uant t m po o s is t m a e s t im ra o e e á em f uncionam e nt o

f e - m os t q uant re ra idade de m e m ória us ada e l re iv no s is t m a e unam e - m os t inf açõe s s obre o s is t m a. Ex.: ra orm e
$ uname -a

h is t ory - l t os úl os com andos e xe cut is a t im ados t - l t dinam icam e nt t op is a e odos os proce s s os q ue e s t s e ndo e xe cut ão ados no s is t m a e w h o - q ue m e s t us ando o s is t m a á e clar - l pa o cont údo q ue e s t na t l do e im e á e a t rm inal e .

Para s air de al guns com andos é ne ce s s ário q ue s e pre s s ione a t cl q e a

3

Conf iguração B ica do S l w are ás ack

Ao cont rário das ch am adas dis t ribuiçõe s aut át , o Sl w are não pos s ui f rram e nt om icas ack e as gráf icas para conf iguração do s is t m a, t com o nos capít os ant riore s , us are m os a l a de e al ul e inh com ando para e dit arq uiv de conf ar os iguração. O obj t o é a pe rs onal ação do s is t m a. e iv iz e
61 |
G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

3. 1

Criação de us uários

O us uário rootde v s e r us ado ape nas e m s it e uaçõe s abs ol am e nt ne ce s s árias , pois o ut e m e s m o pos s ui pode r t al obre o s is t m a. Port o, l após o prim e iro re boot v os criar ot s e ant ogo , am um us uário com um para t rabalarm os . Com o rootdigit os na l a de com ando: h am inh # adduser jneto O addus e r é o ut it ilário q ue cria us uários , o "ne t é um nom e de l j o" ogin q ue e s cole m os h (e s cola o s e u!) para o us uário q ue v os criar L h am . ogo após o com ando, um a s e q üência de com andos com o os e xibidos na im age m abaixo irão ocorre r .

Com o pode m os v r na im age m ant rior o ut it e e , ilário addus e r nos f um a s e q uência de az pe rgunt . O nom e de l as ogin para o us uário nós j de f á inim os ao dis pararm os o com ando, o m e s m o apare ce na prim e ira l a de conf inh iguração. Para um a conf iguração s im pls , bas t ir e a t cl e ando ENTER (h á v ore s padrão q ue e m ge rals ão s at f órios ), diz e m os is s o s upondo al is at um a conf iguração num m icro pe s s oalpara o cas o de s e rv , idore s , é pre cis o lv e m cont por e ar a, e xe m pl a dat de e xpiração da cont a s e r criada. Ao f o, a a inal prim e ira l t de pe rgunt , o da is a as ut it ilário addus e r nos inf a q ue a cont s e rá criada a part dos dados f orm a ir orne cidos e pe de t cl os ENTER. e arm

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

62

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

Cont inuando com a conf iguração da cont de us uário, agora o s cript nos pe de inf açõe s a orm adicionais , t com o o nom e com plt do us uário, núm e ro do t lf ais e o e e one no t rabalo, núm e ro de h t lf e e one re s ide nciale t Es s as inf açõe s não s ão obrigat , c. orm órias no cas o de um a conf iguração f it num m icro pe s s oal ou s e j bas t ir t cl e a , a, a e ando ENTER, m as f aça is s o paus adam e nt (lia e e as pe rgunt ), e t bém pre s t at nção na úl a pe rgunt é q uando o conf as am e e t im a, igurador pe de para e nt rarm os com a s e nh a do us uário (duas v z e s ). e
63 |
G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

3.2

Conf iguração do arq uiv f t o s ab

O arq uiv / t f t cont inf açõe s s obre os s is t m as de arq uiv ut iz ados pe l s is t m a. o e c/s ab ém orm e os il o e D o pont de v t prát o is a ico, é no f t q ue de f s ab inim os as pe rm is s õe s de ace s s o aos dis pos it os , iv dire it de m ont m , e t os age c. Para e dit o f t é pre cis o e s t l ar s ab ar ogado com o s upe r-us uário, para is s o, f aça com o s e gue na l a de com ando: inh # su # pico /etc/fstab
/ t cl ENTER, o s is t m a v t pe dir a s e nh a de root*/ *e e e ai e

O" pico" é um e dit de t xt s im pls e prát or e os e ico, e com o com ando acim a o v m os abaixo: e

Es s a im age m f capt oi urada q uando j e s t am os com o de s k t K DE f á áv op uncionando. Not a e l a: inh /dev/cdrom /mnt/cdrom auto noauto,owner, ro 0 0

Es s a l a diz q ue um driv de cdrom (ou cd-rw / d-rw ) é m ont inh e dv ado no dire t ório / ntcdrom e m / q ue ape nas o dono (ow ne r) pode r ace s s á-l no cas o é ape nas o us uário root Na próxim a o, . im age m v os m os t com o m udar is s o. Para com plt , " ont s ignif t am rar e ar m ar" ica ornar um s is t m a e de arq uiv pront para us o, e s s e s is t m a de arq uiv pode s e r um a part os o e os ição no h d, um driv e de grav ação, um ch av iro USB, e t e c.
G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

64

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

Not na im age m acim a q ue m udam os o dire it de m ont m do driv de grav e o age e ação, pas s am os de " noaut o,ow ne r ,ro" para " noaut o,us e rs ,ro" o e f it de s s a m odif ; e o icação é q ue t odos os us uários pode rão agora m ont o driv . T bém incl os a l a: ar e am uím inh /dev/sda1 /mnt/chaveiro auto noauto,users, rw 0 0

Es s a l a pe rm it q ue um ch av iro USB s e j m ont inh e e a ado no dire t ório " m ntch av iro" por / / e q ualue r us uário. A e s cola do dire t q h ório (o ch am ado " pont de m ont m " não pre cis a s e r a o age ) q ue adot os , f ape nas para padroniz ação (t am oi odos e m / nt , port m ) ando v ocê pode e s cole r h out dire t ro ório. Para criar um dire t ório, bas t us ar (com o root o com ando m k dir q ue ne s t a ) , e cas o f f it da s e guint m ane ira na l a de com ando: oi e o e inh # mkdir /mnt/chaveiro Para s alar as m odif v icaçõe s f it no f t e as s ab, bas t t cl CTRL o s e guido de ENTER, e para a e ar + s air do e dit pico, t cl CTRL x or e e +

65 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

3.3

Conf igurando o s e rv idor de s om A L SA

O AL (Adv SA ance d L inux Sound Arch it ct ) é s e rv e ure idor de s om padrão do L inux. Para conf igu rá-l v os f e r us o de al as f rram e nt de l a de com ando. Cont o am az gum e as inh inuando de nt do ro am bie nt de s im ul e ação, as im age ns q ue e xibire m os ne s s e it m é no m odo t xt puro, m as s e o e e o caro lit de s e j , pode rá ch am ar os ut it e or ar ilários de conf iguração a part de um ge re nciador de ir j l . Para com e çar ch am e com o adm inis t ane as , rador do s is t m a (o root o s e guint com ando: e ) e # alsamixer I s o f com q ue s urj um a int rf s ará a e ace com o a q ue t m os abaixo: e

O alam ixe r é um conf s igurador de v um e da pl de s om . As col ol aca unas q ue pode m os v r na e im age m acim a re pre s e nt os nív is de v um e (ou s e ns ibil am e ol idade do circuit dos re curs os de o) áudio da pl aca. Us ando a s e t dire cional" a para a dire it nav gam os pe l opçõe s , e com a a" e as s e t dire cional " a para cim a" (ou " para baixo" aum e nt os (ou dim inuím os ) o nív l q ue ) am e de s e j os . Um a pos s ibil am idade de conf iguração é a q ue é e xibida na próxim a f igura.

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

66

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

As nos s as e s colas f h oram e xt m is t , lv os os re curs os da pl de s om conf re as e am aca igurados no l it . F im e aça as s uas e s colas e ao f , para s air da int rf h inal e ace do alam ixe r t cl ESC. Com o s , e e úl o pas s o, para s alar as conf t im v iguraçõe s , digit na l a de com ando: e inh # alsactl store O " s act" é o cont ador do s e rv al l rol idor de s om ala, e o parâm e t e m ingl " t " orde na s ro ês s ore , q ue as conf iguraçõe s adot adas s e j arm az e nadas . am

67 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

3.4

L ogando no K D E

A ins t ação com plt (f l do Sl w are incl um bom núm e ro de ge re nciadore s / s k t , al e a ul ) ack ui de ops de s de o s of t is icado K DE at o m ínim o t m . M os t m os ne s s e it m com o de f é w rare e inir um ge re nciador de j l q uando o X f ch am ado, al de com o conf ane as or ém igurar o pacot l e ingüís t ico e m port uguês bras iliro para o K DE. Em prim e iro l , com o us uário com um (q ue j s upom os e ugar á criado), digit a s e guint l a de com ando: e e inh $ xwmconfig I s o f com q ue a s e guint int rf s ará e e ace s urj a:

A im age m acim a m os t a int rf ra e ace do xw m conf . U s ando as s e t dire cionais " ig as para cim a" e " para baixo" pode m os e s cole r q ualé o de s k t ge re nciador de j l q ue q ue re m os us ar h op/ ane as . Com o ne s s e it m de conf e iguração v os t ar do K DE (xinit de ), é e l a nos s a opção; am rat rc.k e m as o caro lit pode e s cole r out opçõe s para t s t out am bie nt s de t e or h ras e ar ros e rabalo. De pois h de f it a e s cola, t cl ENTER para s air da int rf . Ant s de iniciarm os o am bie nt gráf e a h e e e ace e e ico, v os m os t am rar com o ins t ar o pacot l al e ingüís t ico (port uguês bras iliro) no K DE, é o q ue e v re m os a s e guir e .

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

68

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

Na t l acim a il t os os pas s os para a ins t ação do pacot l e a us ram al e ingüís t no K DE : prim e iro ico m ont os a m ídia com o root (1), de pois ace s s am os o dire t am ório q ue nos int re s s a (2) e e f m e nt ins t am os o pacot : inal e al e # mount /mnt/cdrom # cd /mnt/cdrom/slackware/kdei # installpkg kde-i18n-pt_BR-3.5.4-noarch-1.tgz (1) (2) (3)

Agora e s t os pront para o prim e iro l am os ogin no K DE, acom panh e os próxim os pas s os .

Para iniciarm os o X, bas t digit a s e guint l a de com ando (com o us uário com um ): a ar e inh $ startx T ndo de f e inido o K DE com o am bie nt de s k t e op, v re m os a im age m acim a s urgir Com o j e . á ins t am os o pacot l al e ingüís t ico, cl ue e m " oos e your Count , s e rá abe rt um a aba, v iq Ch ry" a á em " Sout Am e rica > Braz il e m arq ue e s s a opção. Com is s o, a l h " íngua am bie nt f e icará de f inida com o s e ndo port uguês bras iliro. Cont e inue m os , cl ue e m Ne xt iq .
69 |
G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

Ne s s e pas s o, de v m os e s cole r o com port e nt do de s k t K DE : t m os de s de o padrão e h am o op e K DE at o M acO S. Es cole m os o padrão K DE (TM ) e cl é h icam os e m Próxim o. Not q ue a e int rf e ace j f t á oi raduz ida.

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

70

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

Um pas s o int re s s ant da conf e e iguração: Se v ocê dis põe de um a m áq uina re ce nt , pode rá e aprov it m e lor os e f it q ue o K DE pode ge rar t e ar h e os , ais com o f e s s uav adas e m e nus ont iz anim ados . Se f e s s e o cas o, cl ue s obre o curs or com o v m os na im age m acim a e o m ov or iq e a para a dire it o m áxim o pos s ív l De pois de f it a s ua e s cola, cont a e . e a h inue m os , cl ue e m iq Próxim o.

71 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

F t e s cole r o e s t o q ue o K DE irá adot : t m os opçõe s com o o K DE cl s ico, pas s ando al a h il ar e ás pe l e s t o padrão, o Pl t e at o e s t o Re dm ond. E s cole m os o e s t o Pl t e cl o il as ik é il h il as ik icam os e m Próxim o.

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

72

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

A conf iguração bás ica t rm inou, cl ue e m Final ar para q ue o K DE s e j iniciado. e iq iz a

73 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

Na im age m acim a v m os o K DE s e ndo iniciado, os ícone s na f e igura re pre s e nt am os v ários re curs os q ue e s t s e ndo at ados . ão iv

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

74

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

A im age m acim a m os t a int rf ra e ace do K DE 3.5: a j l pre s e nt é o w iz ard (guia) do K DE, o ane a e q ualorne ce dicas s obre o de s k t f op. Se não q uis e r q ue o m e s m o s e j carre gado t a oda v z q ue e o K DE iniciar de s m arq ue a opção "M os t dicas no início" e cl ue e m Fe ch ar , rar iq .

75 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

Agora t m os um t rm inal m axim iz ado (o ch am ado Kons ol). O bs e rv q ue digit os os e e e e am com andos " h oam i" e " w unam e -a" para e xibir o us uário l ogado e a v rs ão do k e rne lus ada. e O bs e rv na barra de t f a pre s e nça de um ícone de m onit , f com e l q ue ch am am os o e are as or oi e Kons ol. Para incl e s s e ícone de inicial ação na barra de t f , cl ue com o bot dire it e uir iz are as iq ão o do m ous e na m e s m a e pe rcorra na s e q üência " Adicionar ao Paine l Apl iv > Sis t m a" e > icat o e ao f inal s cola " e h Kons ol" e .

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

76

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

V os us ar o K DE para aj t um pouco m ais o s e rv am us ar idor de s om AL SA. Para is s o, cl ue com iq o bot dire it do m ous e no " " (l iz ado no cant inf rior e s q ue rdo): um m e nu s e rá abe rt ão o K ocal o e o, cl ue a s e guir e m " nt de Cont e " - um a int rf iq Ce ro rol e ace com o é v t acim a s e rá carre gada - a is a s e guir cl ue e m " iq Som & M ul ídia" e de pois e m " t m a de Som " t im Sis e .

77 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

Após cl icarm os e m " t m a de Som " um a nov int rf Sis e , a e ace à dire it s e rá abe rt com duas a a abas : cl ue na aba " ardw are " As s e guint s opçõe s de v m s e r m odif iq H . e e icadas : Em " lcione o dis pos it o de Áudio" s e lcione " Se e iv , e Arq uit t e ura de Som av ançada no L inux (AL SA)" De pois , m arq ue as caixas " ul Duplx" e " . F l e Taxa de am os t rage m e s pe cial " . De pe nde ndo dos re curs os da s ua pl de s om , v aca ocê t m a opção de aum e nt o núm e ro de e ar bit as s ociado, not q ue e m " s e Qual idade " adot os a s uge s t do conf am ão igurador e de ixam os com o " padrão" F . aça e s s as e s colas de acordo com as s uas pos s ibil h idade s de h ardw are e cl ue e m Re iniciar iq .

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

78

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

V j os agora com o criar um at h o no de s k t do K DE: Cl ue com o bot dire it do m ous e e am al op iq ão o s obre o de s k t op, a s e guir pe rcorra no m e nu q ue s e rá abe rt e m Criar Nov ---> L o o ink para apl iv I s o f com q ue s e abra um a j l com o a q ue v m os na im age m acim a. V os icat o. s ará ane a e am prim e iro as s ociar um ícone ao apl iv . Para is s o, cl ue na e ngre nage m . As s im f it um icat o iq e o, m e nu de im age ns s e j carre gado. a

79

|

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

O at h o q ue v os criar s e rá para o brow s e r (nav gador) Fire f por is s o, com o pode m os v r al am e ox, e na im age m acim a, pos icionam os o curs or do m ous e s obre o ícone do m e s m o. Para cont inuar , cl ue s obre o ícone do Fire f iq ox.

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

80

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

Agora, cl ue m os na aba " icat o" No cam po " iq Apl iv . Com ando" e s cre v /usr/bin/firefox (o a us o de após t os , com o na im age m , é opcional A s e guir cl ue e m O K para t rm inar o rof ). , iq e proce s s o. Um a pe rgunt q ue o caro lit pode e s t s e f e ndo é " a e or ar az Com o s e i onde e s t o á f f " A re s pos t é s im pls : para de s cobrir a l iz ação de um apl iv abra um t rm inal ire ox? a e ocal icat o, e e digit o s e guint com ando: e e $ whereis firefox Es s e é um com ando q ue inf a não ape nas a l iz ação do apl iv com o t bém onde orm ocal icat o, am s e e ncont ram as páginas de m anual m e s m o q uando e l e xis t m . do as e

81 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

Na im age m acim a v m os o re s ul e t ado f inalda criação de um at h o para o brow s e r Fire f al ox, V os t s t o, cl ue m os (ape nas um a v z ) s obre o m e s m o para carre gar o brow s e r am e á-l iq e .

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

82

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

Não e s t os onl am ine na nos s a m áq uina v ual e nt irt , ão para apre s e nt os al a arm gum f uncional idade do Fire f nav gam os at a pas t pe s s oal us uário l ox e é a do ogado no s is t m a. Para e is s o, digit os no cam po de URL " h om e /ne t (s e m as as pas ). am s / j o"

83 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

Para t rm inar nos s o re s um o de dicas de s t it m , v os m os t com o s air do am bie nt ; para e e e am rar e is s o, cl ue s obre o "K " (cant inf rior e s q ue rdo), is s o f iq o e ará com q ue um m e nu s e j abe rt a o, cl ue e m " ch ar Se s s ão" Ao f , o caro lit v rá um a im age m com o a q ue é v t acim a, iq Fe . inal e or e is a bas t cl e m " a icar Final ar Se s s ão At " para s air do am bie nt . iz ual e

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

84

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

3.5

Edit ando o arq uiv initab o t

Para q ue m e s t e r int re s s ado e m l iv e ogar dire t e nt no m odo gráf am e ico, é pre cis o e dit o arq uiv ar o de nív is de inicial ação, o ch am ado initab l iz ado e m / t initab. Para is s o, m ude s e u e iz t ocal e c/ t s t us de us uário para root (adm inis t at rador do s is t m a) e us e o e dit de s ua pre f rência. No e or e nos s o cas o, us am os o e dit pico: or $ su # pico /etc/inittab

85 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

O q ue v m os na im age m ant rior é o as pe ct ge ral arq uiv de conf e e o do o iguração initab. A l a t inh q ue nos int re s s a é a " De f t runlv l L e # aul e e " ogo a s e guir com e ça a l a com " . inh id:3..." m ude -o , de " para " - is s o f com q ue o Sl w are e nt dire t e nt no m odo gráf 3" 4" ará ack re am e ico. Para s alar v as m udanças dê um CTRL o, a s e guir t cl ENTER e para s air pre s s ione CTRL x. + e e + Após t rm os e dit e ado o initab, de v m os re iniciar o Sl w are . Para is s o, digit os com o root t e ack am : # shutdown -r now

Após o re boot t rm inará no ge re nciador de l , e ogin, no cas o, s e t a do k dm do de s k t K DE;na rat op im age m acim a v m os o as pe ct do m e s m o. Es cola o s e u us uário de s is t m a, e nt com a e o h e re s e nh a e f m e nt cl ue e m L inal e iq ogin. Por s e t ar de um ge re nciador de l rat ogin, pode m os e s cole r t bém e m q ual s k t ge re nciador de j l q ue re m os us ar para v r as opçõe s , h am de op/ ane as , e cl ue e m M e nu > Se s s ion Type e f iq aça a s ua e s cola. h

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

86

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

3.6

A t iz ação s im pls do k e rne l ual e

H á dois m e ios de s e at iz ar o k e rne l Sl w are : com pil ual no ack ando o f e (com o e m q ualue r ont q dis t ro), ou us ando um k e rne l pront Ne s s e it m do nos s o t orial v os f e r pe l s e gunda o. e ut , am az a pos s ibil idade , para is s o, ut iz are m os o k e rne l f íl 2.6 cont na pas t t s t das m ídias il da am ia ido a e ing de ins t ação do Sl w are . al ack

Na t l acim a ace s s am os a pas t /e s t pack age s /inux-2.6.18 e ins t am os t e a a t ing/ l al odos os pacot s e dis ponív is , para is s o, l e ogados com o rootdigit os : am # installpkg *.tgz

87 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

Após a ins t ação dos pacot s ne ce s s ários (k e rne l f e s do m e s m o, e t .), de v m os criar al e , ont c e um a e nt rada para o m e s m o no ge re nciador de boot padrão do Sl (o lo). Para is s o, ack il l ogados com o root ace s s am os a pas t / , a boote dis param os um com ando conv nie nt : e e # cd /boot # mkinitrd -c -k 2.6.18 -m reiserfs O " k init f com q ue um ram dis k para o nov k e rne l e j adicionm rd" az o s a ado na pas t / a boot .
O
Q UE É UM RA M D IS K ?

R a m d is k é um se gm e nt al o ocado da m e m ória (R A M ) para um sist m a de arq uiv e os pront para uso. o

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

88

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

De pois de criado o ram dis k , é pre cis o e dit o arq uiv de conf ar o iguração do ge re nciador de boot do s is t m a, o lo. Para is s o, m ais um a v z com o root f e il e , aça: # pico /etc/lilo.conf I s o f com q ue o arq uiv de conf s ará o iguração do lo s e j abe rt para e dição. Na im age m acim a il a o v m os a e nt e rada q ue criam os , f al do s e guint t (f oi go e ipo aça as al raçõe s para o s e u cas o!): t e # Slack26 entry begins image=/boot/vmlinuz-generic-2.6.18 initrd=/boot/intrd.gz root=/dev/hda1 label=Slack11_2.6 read-only # Slack26 entry ends O " m l -ge ne ric-2.6.18" é a im age m do nov k e rne l l v inuz o do inux, cuidado com a l a " inh root , ne l " a v ocê indicará q ual a part é ição raiz onde o Sl e s t ins t ado. ack á al
89 |
G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

Sale as m odif v icaçõe s us ando CTRL o e a s e guir CTRL x para s air do e dit pico. M as para + + or q ue as m odif icaçõe s t nh am e f it no ge re nciador de bootlo, digit na l a de com ando: e e o il e inh # lilo

Após f it as m odif e as icaçõe s no lo, re iniciam os o s is t m a e nos de param os com as nov il e as opçõe s do lo com o v m os na t l acim a. De v m os f ar q ue as e nt il e e a e ris radas do k e rne l igo não ant f oram al radas , is s o é um a garant a m ais para o cas o de al dar e rrado. Para cont t e ia go inuar , us ando as s e t dire cionais , e s cola " ack 11_ 2.6" e t cl ENTER. as h Sl e e

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

90

C O N FIG U R A Ç Ã O

BÁ S IC A

Já l ogados no s is t m a com o nov k e rne l e o abrim os um t rm inal digit os dois com andos de e e am ide nt icação, o " h oam i" e o " if w unam e -a" No cas o, o q ue nos int re s s a é o s e gundo. Com e l, . e e com o pode m os v r na im age m acim a, de s cobrim os a v rs ão do k e rne l ue e s t rodando. e e q á

9 1 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

PA C O TE S

4

Noçõe s ge rais s obre pacot s no L e inux

Acre dit os q ue o us uário L am inux de v t r um a v ão ge ral ins t ação de pacot s no s is t m a, e e is da al e e de s de a com pil ação a part do código f e at o us o de ge re nciadore s aut át ir ont é om icos de pacot s . É o q ue apre s e nt os a s e guir e am . O Unix é um produt de h ack e rs , m ais e xat e nt da e q uipe de De nnis Rit ie , q ue t o am e ch rabala h nos l aborat órios Be lde s de a década de 60 do s écul pas s ado. T ndo a C com o a l l o e inguage m de program ação do s is t m a, os proj t t l s e de f aram com o problm a da com pil e e is as ogo ront e ação de apl iv para o s e u s is t m a ope racional icat os e . No início, o de s e nv v dor pre cis av de f para o am bie nt t ole a inir e odas as inf açõe s , para q ue a orm com pil ação f s e f it corre t e nt . O m ot o para is s o é s im pls ; e m ge ralum apl iv út os e a am e iv e , icat o il é um program a com plxo, com m uit com pone nt s , q ue e xige um ge re nciam e nt ade q uado, e os e o não s ó da s ua com pil ação, com o da com binação de s s e s it ns . Não é dif pe rce be r q ue os e ícil de s e nv v dore s Unix s uav a cam is a para criar os s e us program as . ole am A s aída para e s s e problm a f a criação de apl iv q ue aut at aram o proce s s o de e oi icat os om iz com pil ação e m um am bie nt Unix. Es s e s apl iv s ão: e icat os Conf igure : apl iv q ue f um lv am e nt do s of w are ins t ado no s e u s is t m a Unix. Se u icat o az e ant o t al e obj t o é de t rm inar s e t e iv e odos os re curs os ne ce s s ários (out ros apl iv e bibl e cas de icat os iot s is t m a) para a com pil e ação de um pacot e s t pre s e nt s . e ão e Ao s at f e r t is az odas as ne ce s s idade s , o Conf igure ge ra um arq uiv com t o odas as dire t as de iv com pil ação, o ch am ado M ak e f e , ut iz ado pe l com ando m ak e . il il o M ak e : do ingl “crie ” o apl iv m ak e t a o s cript cont no arq uiv M ak e f e e o s e gue à ês , icat o om ido o il ris ca, com pil ando e l ando t ink udo q ue f ne ce s s ário para q ue t or odos os com pone nt s do e apl iv f icat o uncione m h arm onios am e nt . Se o com ando m ak e ch e gar ao f e inals e m problm as , e f t ape nas m ais um pas s o para ins t arm os o nos s o apl iv al a al icat o. M ak e ins t l nov e nt do ingl “crie a ins t ação” o M ak e ins t l s s a o arq uiv M ak e f e al : am e ês al , alace o il e copia para os dire t órios corre t t os odos os e xe cut e is e / bibl e cas ge rados pe l m ak e , áv ou iot o incl iv criando os l s s im ból (“at h os ” cas o s e j re al e nt ne ce s s ários . us e ink icos al ), am m e M as com o os pacot s -f e s ão dis t e ont ribuídos at m e nt no m undo Unix e L ual e inux? H á dois f at principais de dis t orm os ribuição (dif re m ape nas no al m o de com pact e gorit ação ut iz ado). A il s e guir v os de s cre v os e e xpl com o de v m os proce de r para ut iz ar os com andos , am ê-l icar e il de com pil ação q ue acabam os de m os t . rar

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

92

PA C O TE S

4. 1

P acot s .TA R .G Z e

Es t é um dos t e ipos de pacot m ais com uns . Em ge ral t a-s e de um dire t e , rat ório, q ue f oi e s t urado e com pact rut ado. Port o, ant s de t ant e rabalar com o pacot , é pre cis o de s com pact h e ál Para is s o, e m prim e iro l , abra um t rm inal digit o s e guint com ando: o. ugar e e e e $ tar -zxvf nome_do_pacote.tar.gz O q ue s ignif o código “-z xv ” ? ica f z : diz ao com ando t para de s com pact o pacot ;com is s o, a e xt ns ão .gz (com pact ar ar e e ada pe l o GNU z ip) s e rá e l inada. im x: f com q ue o com ando t e xt az ar raia os arq uiv do pacot para o dire t os e ório q ue s e rá criado. v m odo v rbos e q ue é um a opção com um nos ut it : e ilários Unix. Diz ao com ando t para ar de s cre v r a e v ução da de s com pact e ol ação à m e dida q ue e s t proce s s o f re al ado. e or iz f de s com pact o pacot na s aída padrão. : a e V t ol ando ao nos s o problm a da com pil e ação de um pacot , o com ando t de s crit irá ge rar um e ar o arq uiv com o nom e nom e _ do_ pacot , pre s e rv o e ando t oda a s ua árv ore de dire t órios (as s uas pas t ). Agora, bas t ace s s ar o pacot e ut iz ar os com andos de com pil as a e il ação, na s e guint e s e q üência: O bs .: O q ue e s t e r de nt dos / iv ro *...*/é ape nas um com e nt ário. $ cd nome_do_pacote $ ./configure $ make
/* acessa o diretório gerado */ /* faz o levantamento de dependências */ /* compila os aplicativos e bibliotecas necessários */

De pois de s s e úl o pas s o, re s t ape nas ins t ar o apl iv Ne s s e pont é pre cis o re s s al t im a al icat o. o, t ar al guns de t h e s : o Unix é um s is t m a q ue pos s ui um us uário s ingul , o root (ou s upe r-us ário al e ar ou adm inis t rador) é um us uário q ue de t pode r t al s is t m a, com o dire it de incl e / ém ot no e o uir ou re m ov r us uários , apagar q ualue r dire t e q ório, ou at m e s m o de s t é ruir o s is t m a. De v m os l e e ogar com o us uário root s om e nt q uando f e s t am e nt ne ce s s ário. Para e s s e us uário priv e giado, e or rit e il é re s e rv ado o dire it de ins t ar apl iv q ue pos s am s e r us ados por q ualue r us uário. o al icat os q Port o, o pas s o f ant inalpara ins t arm os nos s o apl iv é m udar o nos s o s t us de us uário al icat o at para roote us ar o com ando m ak e ins t l al . $ su # make install
/* muda o nosso status de usuário para root */ /* instala o aplicativo! */

Re capit ando, a s e q üência de com pil ul ação/ t ação bás ica (com as dire t as de conf ins al iv iguração padrão) de um pacot -f e é: e ont $ $ $ $ $ # tar -zxvf nome_do_pacote.tar.gz cd nome_do_pacote ./configure makefile su make install

9 3 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

PA C O TE S

O bs .: para pe rs onal ar as dire t as de conf iz iv iguração, o " conf igure " pe rm it is s o, para m aiore s e de t h e s digit no dire t al e ório onde de s com pact o pacot f e : ou e ont $ ./configure --help > diretivas Es s e com ando v ge rar um re l ório (um arq uiv t xt com as dire t as dis ponív is , o q ual ai at o e o) iv e pode s e r abe rt e e s t o udado num e dit com um ou brow s e r or .

4.2

P acot s e

T R. Z 2 A B

Em re l ação ao cas o ant rior a única dif re nça no proce dim e nt é um parâm e t para e , e o ro de s com pact o arq uiv com o pode m os v r ne s t com ando: ar o, e e $ tar -jxvf nome_do_pacote.tar.bz2 De pois , a s e q üência de com andos é a m e s m a, m as ne s s e proce s s o t odo ainda h á um problm a m uit ch at de s e re s ole r De pois de ins t arm os o apl iv o q ue de v m os e o o v . al icat o, e f e r q uando f pre cis o de s ins t á-l az or al o? Às v z e s , os de s e nv v dore s incl m um arq uiv de de s ins t ação, q ue pode s e r inv e ole ue o al ocado pe l s e guint com ando (dis parado a part do dire t o e ir ório ge rado): # make uninstall E s e apagam os o dire t ório no q ual al am os a com pil re iz ação? No cas o do L inux, j e xis t um a al rnat a m uit int re s s ant : t a-s e do apl iv á e t e iv o e e rat icat o ch e ck ins t l program ador Fe l Eduardo Sánch e z Díaz Durán (h tp:/ch e ck ins t l t aldo ipe t / al o.org). .iz Quando inv ocado no l ugar do m ak e ins t l e l ge ra um pacot nat o de um a das t al e , e iv rês principais dis t ribuiçõe s do m undo L inux (e xpl icare m os o q ue s ão e s t s pacot s m ais adiant ): e e e .rpm (Re d H at .de b (De bian) ou .t (Sl w are ) ), gz ack De pois de ins t arm os o ch e ck ins t l a s e q üência de com pil al al , ação e ins t ação t a a s e guint al om e f a: orm $ $ $ $ $ # tar -zxvf nome_do_pacote.tar.gz cd nome_do_pacote ./configure makefile su checkinstall

Após e s s a e t apa, o ch e ck ins t lf al ará al as pe rgunt m uit s im pls , por e xe m pl “q ual gum as o e o, s is t m a de pacot s v e e ocê de s e j , “e s cre v um bre v com e nt a” a e ário s obre o pacot a s e r criado” e , et c. M as , af inal cont , q ual a v age m de s e us ar o ch e ck ins t l de as é ant al ? A re s pos t é s im pls . T re m os , ao f a e e inalde t odo o proce s s o, um apl iv aj t icat o us ado à nos s a dis t q ue pode s e r m anipul f m e nt pe l ge re nciadore s de pacot s , cuj conce it s e rá ro, ado acil e os e o o m os t rado l a s e guir ogo .

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

94

PA C O TE S

G e re nciadore s de P acot s e
Um ge re nciador de pacot s é um a colção de f rram e nt usada para aut at e e e as om izar o proce sso de inst ar, conf al igurar, re m ov r e at izar pacot s de sofw are s e m um com put e ual e t ador. P t das cort or rás inas ge ral e nt h á um a base de dados q ue cont m e ém a inf orm ação de t odos os pacot s disponív is num e e de t rm inado re posit e ório (q ue é o l ocal onde e st arm aze nados de f o os pacot s no f ão at e orm at o binário ou f e ), q ue pode se r t o um CD /D V q uant um se rv ont ant D o idor de arq uiv na int rne t A l os e . ém disso, a m e sm a base de dados pode re gist t rar odos os pacot s inst ados, pe rm it e al indo assim , m ant r a e coe rência dos pacot s q ue pode m se r re m ov e idos ou at izados. ual Se m e lant ao sist m a, o sofw are é dist h e e t ribuído e m pacot s, q ue de m odo ge ral e ncapsul e é ado e m um único arq uiv T pacot s pode m incl inf o. ais e uir orm açõe s im port e s, com o por e xe m pl ant o, inf orm ação sobre sua v rsão, de se nv v dor do sofw are , inf e ol e t orm ação sobre ch e ck sum (q ue é um código q ue se rv para v rif e e icar se um de t rm inado pacot sof u corrupção após t r sido copiado de e e re e um re posit ório), e a l a de out pacot s (de pe ndências) q ue obrigat ist ros e oriam e nt pre cisam se r e inst ados para q ue o sofw are f al t uncione corre t e nt . Essa m e t am e a-inf orm ação é t ipicam e nt e m but e ida e m pacot s q ue são ge re nciados por um ge re nciador de pacot s. e e A met a-inf orm ação cont ida e m um de t rm inado t e ipo de pacot orie nt o m odo com o o ge re nciador e a int rv e ém na inst ação. A l al guns de ls ape nas com unicam ao usuário q ue um a de pe ndência é e ne ce ssária e f izam o proce sso de inst ação. O ut age m re cursiv e nt , inst ando t inal al ros am e al odas as de pe ndências, de sde q ue e ssas não int rf e iram no f uncionam e nt de out program as j inst ados o ros á al no sist m a. Esse cont e de de pe ndências v e rol aria m uit de ge re nciador para ge re nciador, se ndo o al guns m uit e f nt s e out um pouco m e nos, e st s e xigindo do usuário um ce rt conh e cim e nt o icie e ros e o o do q ue e st inst ado no sist m a. á al e M uit pacot s ge re nciados são do t os e ipo binário. E o q ue é um pacot binário?O s de se nv v dore s e ol e L inux pe nsaram e m com pil um apl iv e ge rar um arq uiv cont ndo t ar icat o o e udo q ue f osse ne ce ssário para q ue um de t rm inado sofw are pude sse se r inst ado. Com e l pront o usuário pre cisa ape nas e t al e o, de al as re gras para inst á-l (se m pre com o usuário root gum al o ). O s principais f orm at de pacot s e os com andos de cont e bás icos s ão os s e guint s : os e rol e

4.3

P acot s .RP e M

Form at nat o da dis t o iv ribuição Re d H at at m e nt t bém us ado pe l dis t , ual e am as ros SuSE, e Fe dora (v rs ão de t s t s da Re d H at e e e ). Com ando para ins t ação de pacot s : al e # rpm -ihv nome_do_pacote.rpm O nde : i: diz ao ge re nciador rpm para ins t ar o pacot al e h : m os t um a barra de e v ução do proce s s o de ins t ação no t rm inal ra ol al e v m odo v rbos e , no q ual proce s s o de ins t ação é com e nt : e o al ado durant a s ua e xe cução e Com ando para re m oção de pacot s : e # rpm -e nome_do_pacote
I orm açõe s m ais pre cis as e com plt s obre ge re nciadore s de nf e as pacot s pode m s e r obt e idas at és da w ik ipe dia (e m ingl ): rav ês h t p:/e n.w ik ipe dia.org/ ik i/ t / w Pack age _ m anage m e nt s ys t m _ e

9 5 |

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

PA C O TE S

O nde : e : inf a ao ge re nciador rpm a ne ce s s idade de de s ins t ar o pacot orm al e Com ando para at iz ação de pacot s : ual e # rpm -Uhv nome_do_pacote.rpm O nde : U: inf a ao ge re nciador rpm q ue s e t a de um a at iz ação orm rat ual I s o é v l a de com ando, m as at m e nt , as dis t l s ia inh ual e ros inux dis põe m de apl iv gráf icat os icos para ge re nciam e nt de apl iv , por e xe m pl no SuSE, o ge re nciador (na v rdade o " az o icat os o, e f t udo" do s is t m a) é o YaST (Ye tAnot e r Se t T ) e h up ool

4.4

P acot s .D EB e

Sis t m a de pacot s criado pe l de s e nv v dore s da dis t De bian. e e os ole ro I t ação de pacot s : ns al e # dpkg -i nome_do_pacote.deb O nde : i: inf a ao ge re nciador de pacot s q ue s e t a de um a ins t ação orm e rat al Re m oção de pacot s : e # dpkg --purge nome_do_pacote O nde : purge : indica ao ge re nciador q ue , t o o apl iv q uant t ant icat o, o odos os dire t órios e arq uiv de os conf iguração ge rados de v m s e r re m ov e idos . Nov e nt , ne s s e cas o, h á ge re nciadore s gráf am e icos de apl iv , s ynapt é o nom e da icat os ic f rram e nt q ue a dis t De bian ut iz a. e a ro il

4.5

P acot s .TG Z e

Es s e é o úl o s is t m a de pacot s q ue v os apre s e nt . O .t é o f at dos pacot s t im e e am ar gz orm o e com pil ados da dis t Sl w are . Se us com andos de cont e s ão os s e guint s : ro ack rol e I t ação de pacot s : ns al e # installpkg nome_do_pacote.tgz Re m oção de pacot s : e # removepkg nome_do_pacote.tgz At iz ação de pacot s : ual e # upgradepkg nome_do_pacote.tgz

G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

96

PA C O TE S

O bs e rv ação: Nos proce ssos acim a pode acont ce r de o usuário não t r t e e odos os com pone nt s (out e ros apl iv e bibl e cas) ne ce ssários para q ue o program a f icat os iot uncione . I pode se r e v ado, na m aioria sso it dos casos, q uando re al izam os um a com pil ação nat a. A l disso, pode ocorre r de um a de t rm inada iv ém e bibl e ca sof r at ização por causa da de pe ndência de um sofw are re cém inst ado. T f o pode iot re ual t al alat lv ao m aluncionam e nt de al e ar f e guns apl iv ant riorm e nt inst ados, pode ndo at ge rar a icat os e e al é q ue bra do sist m a. e A sol ução para e sse s problm as de u orige m a ge re nciadore s m ais sof icados, com o os q ue l are m os a e ist ist se guir.

4.6

A P - G ET T

O prim e iro e , prov e l e nt , o m ais pode ros o dos ge re nciadore s de pacot s do m undo L av m e e inux. Criado pe l de s e nv v dore s da dis t De bian, pode s e r ut iz ado f m e nt , com o v m os a os ole ro il acil e e s e guir: At iz ação da l t de pacot s : ual is a e # apt-get update Copia e ins t a o pacot e m q ue s t re s ole ndo t al e ão, v odas as de pe ndências : # apt-get install nome_do_pacote

4.7

S W A RET

Es t é um proj t m ais re ce nt (w w w .s w are t e e o e .org), cuj int o é re s ole r um problm a ant da o uit v e igo dis t ribuição Sl w are : o ge re nciador bás ico do Sl ack ack s im pls m e nt não cont a e e rol de pe ndências . De pois de ins t ado e conf al igurado, bas t am poucas l as de com ando para inh re s ole r e s s e problm a: v e At iz ação da l t de pacot s : ual is a e # swaret --update Para ins t ar um pacot : al e # swaret --install nome_do_pacote Para at iz ar um pacot : ual e # swaret --upgrade nome_do_pacote

4.8

P RTA G E O

É um s of t is icado ge re nciador de pacot s us ado pe l dis t e a ribuição Ge nt oo L inux (w w w .ge nt oo.org), com pos t de um a árv o ore q ue re pre s e nt os pacot s de s of w are e s uas a e t de pe ndências . Com e l, o ge re nciam e nt de pacot s (ins t ação, re m oção e at iz ação) s e e o e al ual t ornou um a t f m ais f , pois al de e l inar os problm as com de pe ndências , t m um a are a ácil ém im e e int rf e ace s im pls de s e r m anus e ada. e Em cont rapart ida, a dis t e xige q ue o us uário t nh a um a boa cone xão com a int rne t e ro e e paciência, pois a m aioria dos apl iv s ão com pil icat os ados l m e nt . Es s a é um a caract rís t ocal e e ica int re s s ant , pois pe rm it q ue t e e e odo o s of w are ins t ado s e j ot iz ado para o h ardw are do t al a im us uário. At m e nt a árv do port ual e ore age cont com m ais de 10000 pacot s , s e ndo e s t s acre s a e e
9 7 |
G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

PA C O TE S

/

LIN K S

ce nt ados e at iz ados cons t e m e nt . ual ant e Abaixo l t os al is am guns com andos bás icos no q ual am os o e m e rge , q ue é o s of w are q ue f us t az a int rf e ace com o port . age At iz ando a árv (l t de pacot s ): ual ore is a e # emerge --sync Procurando por um apl iv icat o: $ emerge --search nome_do_pacote I t ando um pacot : ns al e # emerge nome_do_pacote Re m ov ndo um pacot : e e # emerge --unmerge nome_do_pacote At iz ando t ual odo o s is t m a*: e # emerge --update --deep world

L s S uge s t ink ionados

Aprim oram e nt v uais para o K DE - h tp:/w w w .k de -l .org/ os is t / ook Guia do H ardw are - h tp:/w w w .guiadoh ardw are .ne t t / / Tópico do Fórum Guia do H ardw are - Guia do Sl w are L ack inux 11.0 e m de s k t ops Guia Foca GNU/ inux - h tp:/f L t /ocal inux.cips ga.org.br/ L inux / om e - h tp:/w w w .l h t / inuxh om e .e t i.br/ I orm açõe s s obre o Sl w are na W ik ipe dia - h tp:/pt ik ipe dia.org/ ik i/ ack w are _ L nf ack t / .w w Sl inux Dicas e art igos do Pit r Punk - h tp:/pit rpunk .inf e t / e o02.com .br/ Sl book BR - t ack radução do Sl book , guia of ack icial Sl w are - h tp:/s l book pt .s ource f do ack t / ack br orge .ne t /

* A e xe cução de s s e com ando pode de m orar dias , pois at iz a ual (re com pil ando) t odos os pacot s q ue f e oram ins t ados no s is t m a. al e
G U IA BÁ S IC O D O S L C K W A R E 11 .0 A

|

98

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->