I

MÚSICA
DEFINIÇÃO – ELEMENTOS CONSTITUTIVOS
Música é a arte dos sons, combinados de acordo com as variações da altura, proporcionados
segundo a sua duração e ordenados sob as leis da estética.
São três os elementos fundamentais de que se compõe a música: melodia, ritmo e harmonia.
Melodia: consiste na sucessão dos sons formando sentido musical.
Ritmo: é o movimento dos sons formando sentido musical.
Harmonia: consiste na execução de vários sons ouvidos ao mesmo tempo, observadas as leis
que regem os agrupamentos dos sons simultâneos.
A melodia e o ritmo combinados já encerram um sentido expressivo musical.
Para exprimir profundamente qualquer sentimento, ou descrever por meio da música qualquer
quadro da natureza, torna-se imprescindível a participação em comum desses três elementos: melodia,
ritmo e harmonia.

II
NOTAÇÃOMUSICAL
1 – Notas – Escalas – Pauta
Os sons musicais são representados graficamente por sinais chamados notas; e á escrita da
música dá-se o nome de notação musical.
As notas são 7: Dó – Ré – Mi – Fá – Sol – Lá – Si.
Essas 7 notas ouvidas sucessivamente formam uma série de sons a qual se dá o nome de escala.
Quando uma série de sons segue sua ordem natural (Dó, Ré, Mi, Fá, Sol, Lá, Si) temos uma
escala ascendente; seguindo em ordem inversa (Si, lá, Sol, Fá, Mi, Ré, Dó) temos uma escala
descendente. A escala estará completa se for terminada a série ascendente ou iniciada a descendente com
a nota Dó.

1

DO decrescente
SI SI
LA
LA
SOL
SOL


MI
MI
RE
RE
crescente DÓ

Pauta é a reunião de 5 linhas horizontais, paralelas e eqüidistantes, formando entre si 4 espaços.
É nas linhas e nos espaços que da pauta que se escrevem as notas.
A pauta é também chamada: pentagrama.

As linhas, bem como os espaços da pauta, são contados de baixo para cima.
5ª___________________________________________________________________________________________________________________

4ª____________________________________________________________ _______________________________________________________

3ª____________________________________________________________ _______________________________________________________

2ª____________________________________________________________________________________________________________________

1ª____________________________________________________________________________________________________________________

A pauta, entretanto, não é suficiente para conter todos os sons musicais que o ouvido pode
apreciar. Por esse motivo usam-se linhas chamadas suplementares superiores e suplementares
inferiores, quando colocadas, respectivamente, acima ou abaixo da pauta, Usa-se também escrever
notas nos espaços formados por essas linhas (espaços suplementares superiores ou inferiores).
As linhas e espaços suplementares contam-se de baixo para cima quando superiores e de cima
para baixo quando inferiores. O número de linhas ou espaços suplementares não é limitado, contudo
não é comum empregar-se mais de 5.
Linhas e Espaços
Suplementares
Superiores
Linhas e Espaços
Suplementares
Inferiores

2

QUESTIONÁRIO Nº 01
1- O que é música?

R:______________________________________________________________________________
2- Em quantas partes se divide a música?

R:______________________________________________________________________________
3- O que é harmonia?

R: _____________________________________________________________________________
4- O que é melodia?

R: _____________________________________________________________________________
5- O que é ritmo?

R: _____________________________________________________________________________
6- O que é notação musical?

R: _____________________________________________________________________________
7- Como se chamam as notas?

R: _____________________________________________________________________________
8- O que é pauta?

R ______________________________________________________________________________
9- O que é pentagrama?

R: _____________________________________________________________________________
10- Como devem ser contados os espaços e linhas da pauta?

R: _____________________________________________________________________________
11- Para que servem as linhas e espaços suplementares superiores e inferiores?

R:______________________________________________________________________________
12- Como são contadas a linhas e os espaços suplementares superiores?

R: _____________________________________________________________________________
13- E as suplementares inferiores?

R: _____________________________________________________________________________
14- Quantas linhas e espaços suplementares podem empregar?

R: _____________________________________________________________________________
15- O que é escala?

R: _____________________________________________________________________________

3

2 – Claves
Para determinar o nome da nota e a sua altura na escala, coloca-se no princípio da pauta um
sinal chamado clave.
Há três sinais de clave:
A clave de Sol.

A clave de Fá.

A clave de Dó.

&

?

B

A clave de Sol e escrita na 2ª linha.
A clave de Fá e escrita na 3ª e 4ª linhas.
A clave de Dó e escrita na 1ª, 2ª, 3ª e 4ª linhas.
Também foi usada, antigamente, uma clave de Sol na 1ª Linha; contudo deixou de ser empregada
porque suas notas ficavam exatamente iguais as notas da clave de Fá da 4ª linha (embora, nesta última,
as notas fossem entoadas duas 8ª abaixo).
Notas na Clave de
Sol na 1ª Linha
(desusada)

Sol

Si

etc...

:
Notas na Clave de
Fá na 4ª Linha
(muito usada)

Sol

Si

etc...

Observa-se que os dois pontinhos colocados nas claves de Fá e de Dó servem para indicar a linha
em que sem acha assinalada a clave.

Na clave de Sol deixaram de ser usados esse dois pontinhos, uma vez que, desaparecendo o seu
emprego na 1ª linha, usa-se apenas uma clave de Sol, assinalada exclusivamente na 2ª linha.

4

Cada clave dá seu nome a nota escrita em sua linha.
Nos espaços e nas linhas subseqüentes, ascendentes ou descendentes, as notas vão sendo
nomeadas sucessivamente, de acordo com a ordem já referida.
Notas na Clave de Sol:
Sol Lá Si Dó

Mi Fá

Sol

etc...

Sol

Mi

Mi

etc...

Notas na Clave de Fá na 3ª Linha:

Sol

Si

Mi etc...

Dó Si

Sol etc..

Notas na Clave de Fá na 4ª Linha:

Sol Lá

Si

Dó etc...

Mi

Si

Dó Si

Mi etc...

Notas na Clave de Dó na 1ª Linha:
Dó Ré Mi

Sol Lá

Si

Mi

Fá etc...

Dó Si

Lá etc...

Notas na Clave de Dó na 2ª Linha:
Dó Ré Mi Fá

Sol

Si

Ré etc...

Si

Sol Fá etc...
5

Notas na Clave de Dó na 3ª Linha Dó Ré Mi Fá Sol Lá Si etc..O que é clave? R: _____________________________________________________________________________ 2.. Dó Si Lá Sol Fá Mi Ré Dó Si etc.Em que linha da pauta se escreve a clave de sol? R: _____________________________________________________________________________ 4. bem como para a maior parte dos instrumentos.E a de Dó? R: _____________________________________________________________________________ 6.E a de Fá? R: _____________________________________________________________________________ 5. Dó Si Lá Sol Fá Mi Ré etc. São essas as claves empregadas para todas as vozes. QUESTIONÁRIO Nº 02 1.Quantas são as claves? R: _____________________________________________________________________________ 6 . Notas na Clave de Dó na 4ª Linha Dó Ré Mi Fá Sol etc.. inclusive o mais comum dentre todos – o piano..Quantas formas têm as claves? R: _____________________________________________________________________________ 3... As duas claves mais usadas são a de sol e a de Fá na 4ª linha...

Quais são as claves mais usadas? R: _____________________________________________________________________________ EXERCÍCIOS 1.Escrever o nome das seguintes notas: Sol Dó 2. 10.Por que deixou de ser usada a clave de sol escrita na 1ª linha? R: _____________________________________________________________________________ 8.Escrever o nome das notas: 7 .Para que serve os pontos colocados ao lado da clave? R: _____________________________________________________________________________ 9.Escrever o nome das notas e assinalar as que estiverem escritas em linhas e espaços suplementares: + Dó 3.7.Qual a clave que dispensa os pontos? Porque? R:_____________________________________________________________________________.

A figura da pausa é.4. Essa diversas formas das notas são chamadas figuras ou valores. Não concordamos. não podem ser consideradas como figuras negativas o que vem dar sentido de ausência de valor. São essas as figuras mais usadas: Semibreve mínima w h semínima q colcheia semicolcheia e x fusa semifusa r ∆ Essas figuras representam os sons. Alguns tratadistas dão as pausas a denominação de figuras negativas ou valores negativos. As pausas têm função rítmica e função estética definidas no sentido musical. Pausas são figuras que indicam duração de silêncio entre os sons. Vejamos: Pausa da w Pausa da h Pausa da q Pausa da e Pausa da x Pausa da r Pausa da ∆ 8 . são chamados valores ou ainda figuras de som.Escrever o nome das notas e assinalar as que estiverem escritas em linhas e espaços suplementares: + Fá Ré 3 – Valores Nem todas as notas têm a mesma duração. Cada figura de som tem sua respectiva pausa que lhe corresponde ao tempo de duração. Para representar as várias durações dos sons musicais as notas são escritas sob formas diferentes. tão importante e significativa quanto a figura de som. na construção musical. Logo.

Que outro nome tem as figuras? R: _________________________________________________________________________________ 4.Que são pausas? R: _________________________________________________________________________________ 8. QUESTIONÁRIO Nº 03 1.Que são figuras de som? R: _________________________________________________________________________________ 7. até desaparecerem completamente da grafia musical: a máxima.Como se chamam as figuras mais usadas? R: _________________________________________________________________________________ 5.Em que linha se escreve a pausa da semibreve? R: _________________________________________________________________________________ 9 .Até quantas partes se divide uma figura? R: _________________________________________________________________________________ 6.Que são figuras? R: _________________________________________________________________________________ 3. Ç Figura de Som  e Pausa da quartifusa Havia antigamente 3 figuras que pouco a pouco. Figuras de som e pausas da: Máxima longa breve Essas figuras só aparecem em trechos de autores antigos. foram deixando de ser usadas.Todas as notas têm a mesma duração? R: _________________________________________________________________________________ 2.Há ainda uma figura empregada com menos freqüência que as demais. pois os modernos não as usam mais. a longa e a breve. é a quartifusa (também chamada tremifusa).

Vejamos: 2 h 2 q 2 e 4 q 4 e 4 x 8 e h: 8 x 8 r 16 x 16 r 32 r 32 64 ∆ 16 e: 2 x 2 r 4 r 4 ∆ 8 ∆ r:2∆ ∆ ∆ Quando se escrevem duas ou mais colcheias. usa-se também substituir os colchetes por barras horizontais.9. semicolcheias. a semibreve é a única figura que compreende todas as demais.Quantas e quais são as figuras que não se usam mais? R: _________________________________________________________________________________ 11. 10 . fusas ou semifusas consecutivas.Que outro nome tem a quartifusa? R: _________________________________________________________________________________ III DIVISÃO PROPORCIONAL DOS VALORES A semibreve é a figura de maior duração e tomada como unidade na divisão proporcional dos valores. assim sendo.Em que linha se escreve a pausa da mínima? R: _________________________________________________________________________________ 10. ficando as notas unidas em grupos.

Quantas semifusas valem uma semicolcheia? R: _________________________________________________________________________________ 8.QUESTIONÁRIO Nº 04 1.Qual a figura que pode conter na sua divisão toda a outra? R: _________________________________________________________________________________ 2.Quantas semicolcheias valem uma mínima? R: _________________________________________________________________________________ 10.Quantas semínimas valem uma mínima? R: _________________________________________________________________________________ 7.Quantas fusas valem uma colcheia? R: _________________________________________________________________________________ 5.Quantas fusas valem uma semibreve? R: _________________________________________________________________________________ 6.Quantas colcheias valem uma semibreve? R: _________________________________________________________________________________ 3.Quantas colcheias valem uma mínima? R: _________________________________________________________________________________ 4.Quantas fusas valem uma semínima? R: _________________________________________________________________________________ 9.Quantas semifusas valem uma fusa? R: _________________________________________________________________________________ 11 .

12 . isto é.Ligadura A ligadura é uma linha curva ( ).EXERCÍCIOS Substituir o sinal de interrogação pelo número de figuras convenientes: OU OU ? OU ? OU ? OU ? OU ? x OU ? OU ? OU ? ? OU ? e OU ? OU ? q OU OU ? OU ? IV LIGADURA – PONTO DE AUMENTO 1. somente o primeiro som é emitido. Esta prolongação terá a duração das figuras ligadas. indica que os sons ligados não devem ser repetidos. os demais serão apenas uma prolongação do primeiro. que se estiver colocada sobre ou sob dois ou mais sons da mesma entoação.

2. o valor já conhecido e os seguintes. o primeiro. tendo neste caso. No exemplo abaixo a mínima pontuada está valendo uma mínima e mais uma semínima (metade da mínima). OU Dois ou mais pontos podem ser colocados à direita de nota ou da pausa. determinando que entre o primeiro e o último som compreendidos dentro da ligadura não deve haver interrupção e sim. cada qual a metade do valor do antecedente.Ponto de Aumento Um ponto colocado a direita de uma figura serve para aumentar a metade do valor de duração dessa figura.Quando a ligadura vem colocada por cima ou por baixo de sons de entoação diferente. É por isso chamado de ponto de aumento. seu efeito é meramente de execução instrumental ou vocal. uma vez que o ponto serve para aumentar a metade do valor da figura. Logo. que tais sons se executam ligadamente (conforme demonstração do professor). OU As pausas também podem ser pontuadas. OU OU 13 .

Há diferença de duração entre a mínima pontuada e a mínima ligada a uma semínima? R: _________________________________________________________________________________ EXERCÍCIOS Substituir as figuras pontuadas por figuras ligadas e as figuras ligadas por figuras pontuadas: OU MODELO 14 .O que é ligadura? R:__________________________________________________________________________________ 2.As pausas também podem ser pontuadas? R: _________________________________________________________________________________ 7.Onde se coloca o ponto de aumento? R: _________________________________________________________________________________ 6.OU Os valores positivos pontuados podem ser substituídos por valores ligados.Para que serve o ponto de aumento? R: _________________________________________________________________________________ 5.O que é ligadura de prolongação? R: _________________________________________________________________________________ 3.Qual o valor do 2º ponto? R: _________________________________________________________________________________ 9. como vimos nos exemplos precedentes.É possível colocar na mesma nota e na mesma pausa mais de um ponto de aumento? R: _________________________________________________________________________________ 8. QUESTIONÁRIO Nº 05 1.O que é ligadura de execução? R: _________________________________________________________________________________ 4.Qual o valor do 3º ponto? R: _________________________________________________________________________________ 10.

Os compassos de 4 temos são chamados de Quaternários.V COPASSOS GENERALIDADES – COMPASSOS SIMPLES 1-Generalidades As figuras que representam p valor das notas têm duração indeterminada. Assim. Os tempos são agrupados em porções iguais. Na terminação de um trecho musical usa-se colocar dois travessões denominados: Travessão Duplo (ou Travessão Dobrado) ou pausa final (se a terminação for absoluta. é separado do seguinte por uma linha vertical Travessão. veremos que a mínima (h ) valerá 2 tempos. Os compassos de 3 temos são chamados de Ternários. Os compassos de 2 temos são chamados de Binários. Cada grupo de tempos. constituindo unidades métricas às quais se dá o nome de compasso. visto o seu valor ser e o dobro da semínima. e é a esse espaço de duração que se dá o nome de tempo. a semibreve ( w ) valerá 4 tempos. isto é. se estabelecermos que a semínima ( q ) tem a duração de 1 tempo. pois são precisas duas colcheias para a formação de uma semínima. Travessão Duplo Pausa Final 15 . isto é na finalização do trecho). e assim por diante. cada compasso. isto é. de três em três ou de quatro em quatro. Para que as figuras tenham um valor determinado na duração do som esse valor é previamente convencionado. a colcheia (e ) valerá apenas meio tempo. uma vez que precisamos de quatro semínimas para formar uma semibreve. de dois em dois. não têm valor fixo.

Que é compasso? R: _________________________________________________________________________________ 5. ternário ou quaternário) no qual a unidade de tempo seja a semínima ( q ) ou a colcheia ( e ). São representados por uma fração ordinária colocada no principio da pauta. depois da Clave.Como se chamam os compassos de 2. 3 e 4 tempos? R: _________________________________________________________________________________ 6. quanto vale a mínima? E a colcheia? E a semicolcheia? R: _________________________________________________________________________________ 4.Como são representados os compassos? R: _________________________________________________________________________________ 2-Compassos Simples Compassos Simples são aqueles cuja unidade de tempo é representada por uma figura divisível por 2. são figuras não pontuadas.Em quantas categorias se divide o compasso? R: _________________________________________________________________________________ 10.Se a semínima vale um tempo.Que é travessão? R: _________________________________________________________________________________ 7.Que é Unidade de Tempo? E Unidade de Compasso? R: _________________________________________________________________________________ 9.Em qualquer compasso a figura que preenche um tempo chama-se unidade de tempo.Que é tempo de duração de uma nota? R: _________________________________________________________________________________ 2. QUESTIONÁRIO Nº 06 1. um Compasso qualquer (binário. A semínima ( q ) vale 2 colcheias ( e ). e a figura que preenche um compasso chama-se unidade de compasso. quanto vale uma semínima? R: _________________________________________________________________________________ 3.Como se chamam os travessões colocados no fim de um trecho? R: _________________________________________________________________________________ 8. Tais figuras são chamadas simples. Os compassos se dividem em duas categorias: Simples e Compostos. isto é. e a colcheia ( e ) 16 . Vejamos por exemplo.Se a mínima vale um tempo.

Os algarismos que servem para numerador dos Compassos Simples são: 2 (para o binário).representando a colcheia 16.representando a fusa 64.. ou seja. 3 (três para o ternário) e 4 (para o quaternário). 17 . O numerador determina o número de tempos do compasso. logo. Os numeradores que servem como denominador são os seguintes: 1. ambas são divisíveis por 2.representando a semibreve 2. 4 Deduz-se o seguinte: .vale 2 semicolcheias ( x ). logo. binário. por conseguinte os compassos que tiverem a semínima ( q ) ou a colcheia ( e ) como Unidade de Tempo serão Compassos Simples. O denominador indica a figura que representa a unidade de tempo.representando a mínima 4. a semínima ( q ). Unidade de tempo Unidade de compasso q e Analisemos os termos das frações que representam os Compassos Simples..representando a semínima 8. isto é. tratase de um compasso de 2 tempos.nesta fração 2/4 o numerador (2) indica o número de tempos.representando a semicolcheia 32.representando a semifusa (considerada como unidade) (metade da semibreve) (4ª parte da semibreve) (8ª parte da semibreve) (16ª parte da semibreve) (32ª parte da semibreve) (64ª parte da semibreve) Vejamos um compasso indicado da seguinte forma: 2. O denominador (4) determina para Unidade de Tempo a figura que representa a 4ª parte da semibreve. etc.

de comp. de tempo Unid. Unid. de comp. de tempo Unid. 3_ 64 18 . Unid.QUADRO DE TODOS OS COMPASSOS SIMPLES COM SUAS UNIDADES DE TEMPO E COMPASSO COMPASSOS BINÁRIOS Unid. de tempo Unid. de comp. de comp. 2 2 2 64 COMPASSOS TERNÁRIOS Unid. de tempo Unid.

2 3 8 19 . de tempo Unid. de comp.COMPASSOS QUATERNÁRIOS Unid. Unid. 4_ 4 4_ 64 Os compassos 4/4. 3/4________________________________________________ ou 3. de comp. de tempo Unid.. a indicação dos compassos da seguinte forma: 2 2 2 3 3 representando representando representando representando representando 2 2 3 representando 3_ 16 4 4 representando 4 4 2 8 4 representando 4 8 3 4 4 representando 4_ 16 etc. Atualmente se encontra. 2/2________________________________________________ ou 2. em trechos de autores modernos. 3/4 e 2/2 também podem ser assim representados: 4/4________________________________________________C ou 4..

Quais os números que servem como numerador das frações simples? R: _____________________________________________________________________________ 5. principalmente em trechos de ritmo característico Também os compassos cujas unidades de tempo forem preenchidas por figuras menores que a colcheia ( e ). 2/8. Os compassos que tem para denominador os algarismos 1 e 2 (2/1.Os compassos simples mais usados são aqueles cujas frações têm para denominador os números 4 e 8 (2/4. 32 e 64. isto é. aqueles que tem como Unidade de Compasso figura de maior duração que a semibreve ( w ) deixaram de ser usados na música moderna. 3/2. são usados menos freqüentemente. Compasso Binário Compasso Ternário 2º tempo Compasso Quaternário 3º tempo 4º tempo 2º tempo 3º tempo 2º tempo 1º tempo 1º tempo 1º tempo QUESTIONÁRIO Nº 07 1. como exceção do compasso 2/2 (cuja unidade de compasso é igual a w ). geralmente com as mãos. que é ainda usado. Esses compassos são os que têm para denominador os números 16.Nos compassos simples o que determina o numerador da fração? R: _____________________________________________________________________________ 4.Que são compassos simples? R: _____________________________________________________________________________ 3. 3/8 e 4/8). 4/1. 4/4. e 4/2).Quando é que uma figura é simples? R: _____________________________________________________________________________ 2. 3/1.Que determina o denominador? R: _____________________________________________________________________________ 20 . 3/4. Marcar um compasso é indicar a divisão dos tempos por meio de movimentos executados.

No compasso 3/2.Qual a sua unidade de tempo? E a sua unidade de compasso? R: _____________________________________________________________________________ 9.O compasso 2 também deixou de ser usado? Porque? R: _____________________________________________________________________________ 2 19.No compasso 4/8. que indica o numerador? E o denominador? R: _____________________________________________________________________________ 12. 4 16 .Quais são os compassos simples que tem para unidade de tempo a semínima? R: _____________________________________________________________________________ 14. que indica o numerador? e o denominador? R: _____________________________________________________________________________ 10.6.Quais os números que servem como denominador das frações dos compassos simples? R: ________________________________________________________________________________ 7.Represente os compassos 4 4 de acordo com a indicação moderna. 3 4 e 2 2 16.Quais são as outras formas de representar os compassos ? e o ¾? E o 2 2 ? R: _____________________________________________________________________________ 15.Quais são os compassos que deixaram de ser usados? Porque? R: _____________________________________________________________________________ 18.Qual sua unidade de tempo? e a sua unidade de compasso? R: _____________________________________________________________________________ 13.Quais são os compassos menos usados? Porque? R: _____________________________________________________________________________ 20. R: _____________________________________________________________________________ 2 8.Qual sua unidade de tempo? E unidade de compasso? R: _____________________________________________________________________________ 11.Que significa marcar o compasso? R: _____________________________________________________________________________ 21 .No compasso 2/4 que indica o numerador? e o denominador? R: _____________________________________________________________________________ 8.Quais são os compassos simples mais usados? R: _____________________________________________________________________________ 17.

o valor de 2 tempos no compasso 4/8.Completar os seguintes compassos com figuras de som e pausas: 22 . o valor de 3 tempos no compasso 4/16. 5.Determinar as seguintes figuras: a) b) c) d) e) f) g) a unidade de tempo do compasso 3/2. o valor de 2 tempos no compasso ¾. o valor de 1 tempo e meio no compasso 2/4. o valor de 1 tempo e meio no compasso 3/8.Separar os compassos: 4.EXERCÍCIOS 12- Determinar as unidades de tempo e compasso de todos os compassos simples. Completar os seguintes compassos com figuras de som e pausas: 3. o valor de meio tempo no compasso C.

que o ouvido pode perceber e classificar.Dominante VIgrau . da-se o nome de grau.Tônica A escala diatônica é formada por 5 tons e 2 semitons. Do II grau para o III. Os tons e semitons contidos na Escala Diatônica são chamados Naturais.VI TONS E SEMITONS NATURAIS Semitom é o menor intervalo. por conseguinte. Do IV grau para o V. O I grau (Tônica) é o mais importante da escala. formado por dois semitons. sem nada deixar a desejar. Do V grau para o VI.Mediante IVgrau . É o I grau (Tônica) que dá seu nome à escala e que a termina de um modo completo. Os graus da escala são assim denominados: Igrau . Do VII grau para o VIII. Todos os demais graus tem com ele afinidade absoluta. Tom é o intervalo. Escala diatônica é a sucessão de 8 sons juntos guardando de um para o outro intervalo de tom ou de semitom. Tem a Escala Diatônica. de acordo com a sua função na própria Escala. entre dois sons. sendo o VIII grau a repetição do I. Os semitons são encontrados: Do III grau para o IV.Superdominante VII.Subdominante Vgrau .grau . 23 . Os tons são encontrados: Do I grau para o II. 8 graus. entre dois sons. A cada uma das notas da Escala. Do VI grau para o VII.Supertônica IIIgrau .Tônica IIgrau .

portanto.Como se chamam os tons e semitons da escala diatônica? R: _____________________________________________________________________________ 5. Depois da Tônica. Os graus da escala também se classificam como Conjunto ou Disjunto. São conjuntos quando sucessivos. Esta escala é.Que é semitom? R: _____________________________________________________________________________ 2.Que é tom? R: _____________________________________________________________________________ 3. de acordo com sua relação de altura.Quantos graus tem a escala? R: _____________________________________________________________________________ 24 . ou ainda escala no tom de Dó. chamada escala de Dó.I II III IV V Tônica VI VII VIII VII VI V IV III Tônica II I Tônica Temos aí a nota Dó em função de tônica. QUESTIONÁRIO Nº 08 1.Que é grau? R: _____________________________________________________________________________ 6.Que é escala diatônica? R: _____________________________________________________________________________ 4. São disjuntos quando entre ambos vêm intercalados um ou mais graus. as notas de maior importância são A Dominante (V grau) e a Subdominante (IV grau).

Porque? R: _____________________________________________________________________________ 13.Formar 2 graus conjuntos e 3 graus disjuntos com cada nota: 25 .7.Quantos tons e semitons contem a escala diatônica? R: _____________________________________________________________________________ 9. na escala de Dó: 2.Qual o grau mais importante? R: _____________________________________________________________________________ 12.Que são graus conjuntos? R: _____________________________________________________________________________ 15.Depois deste.Como se chamam os graus da escala? R: _____________________________________________________________________________ 8.Dizer como se chamam e qual o número correspondente a estes graus.Quais os graus separados por semitons? R: _____________________________________________________________________________ 11.Que são graus disjuntos? R: _____________________________________________________________________________ EXERCÍCIOS 1. quais os outros graus mais importantes? R: _____________________________________________________________________________ 14.Quais os graus separados por tons? R: _____________________________________________________________________________ 10.

Substituir as figuras ligadas por figuras pontuadas e vice-versa: 5. colcheia e colcheia pontuada. mínima. 6 – Determinar os compassos simples que tenham como unidade de compasso as figuras.Completar os compassos 26 .Determinar os compassos simples que tenham como unidade de tempo as figuras: colcheia. semicolcheia e mínima. mínima pontuada. semínima.Colocar as claves que dêm as notas os seguintes nomes: 3.Escrever as pausas de : semibreve. semibreve. 4. 7. fusa e semínima.Escrever o nome das notas: ? & ? 2.Dividir os compassos: 8.RECAPITULAÇÃO EXERCÍCIOS 1.

Alguns autores usam para o compasso quaternário o seguinte acento métrico F mf F mf F mf F mf > > > > 1º tempo – forte. defeituosa a acentuação meio-forte do 3º tempo do compasso quaternário. Compasso quartenário: f f 1º tempo – forte. 2º tempo – fraco. 4º tempo – fraco. entretanto. 2º tempo – fraco. 4º tempo – fraco. isto é. dar acentuação forte ao 1º tempo e fraca aos tempos subseqüentes. 3º tempo – meio-forte.VII ACENTO MÉTRICO Os tempos dos compassos obedecem a diversas acentuações. Essas acentuações constituem o acento métrico. É por meio do acento métrico que podemos reconhecer pelo ouvido. Dando-se. Compasso ternário: F f f F f > > F f f f F f > > f 1º tempo – forte. Este. 3º tempo – fraco. dois compassos binários. tem sua feição própria. bastando para isto. O acento métrico obedece a seguinte ordem: Compasso binário: F f F > f > 1º tempo – forte. Consideramos. desaparecendo assim o compasso quaternário. como os demais compassos. mais forte que à do 2º e à do 4º tempo. uma vez tal acentuação desvirtua o caráter do compasso de 4 tempos. outras fracas. umas fortes. no compasso quaternário uma acentuação ao 3º tempo. 3º tempo – fraco. 2º tempo – fraco. ternário ou quaternário. isto é. 2º tempo – fraco. se o compasso é binário. Exemplo: F mf F mf F mf F mf > > > > 27 . portanto. temo-lo subdividido em 2 compassos de 2 tempos cada.

Marcar o acento métrico dos tempos e das partes de tempo nas melodias seguintes: 28 . nos compassos simples os tempos se dividem em 2 partes. > F - f F f > - - > - F f F f F f F f F f - - F f F f QUESTIONÁRIO Nº 09 1.Que é acento métrico? R: _____________________________________________________________________________ 2. sendo forte a 1ª parte e fraca a 2ª parte (em qualquer tempo).E o ternário? R: _____________________________________________________________________________ 5.Para que serve o acento métrico? R: _____________________________________________________________________________ 3.Os tempos também se dividem em partes fortes e fracas.Porque razão não se deve fazer acentuação meio forte no 3º tempo do compasso quaternário? R: _____________________________________________________________________________ 7. Como vimos.E o compasso quaternário? R: _____________________________________________________________________________ 6.Como se faz o acento métrico no compasso binário? R: _____________________________________________________________________________ 4.Como se faz o acento métrico das partes de tempos dos compassos simples? R: _____________________________________________________________________________ EXERCÍCIOS 1.

poderá ser elevada ou abaixada um ou dois semitons.VIII ALTERAÇÕES Dá-se o nome de alteração ao sinal que se coloca antes de uma nota e serve para modificarlhe a entoação. conforme o sinal de alteração. b abaixa um semitom. (dobrado-sustenido). fazendo a nota voltar a entoação natural. Elevação de 1 semitom Abaixamento de 1 semitom O sustenido (#) e o dobrado sustenido( ) são consideradas alterações ascendentes. anula o efeito de qualquer um dos sinais precedentes. b (bemol). Abaixamento de 1 semitom abaixamento de 2 semitons 29 . Nas notas naturais a função das alterações é a seguinte: # eleva um semitom. eleva dois semitons. Elevação de 1 semitom Elevação de 2 semitons O bemol (b) e o dobrado-bemol (bb) são considerados alterações descendentes. bb (dobrado-bemol) e (bequadro). São estes os sinais de alteração: # (Sustenido). A entoação das notas. Nas notas sustenizadas o dobrado-sustenido eleva um semitom. bb abaixa dois semitons. O bequadro pode elevar ou abaixar a entoação das notas. e nas notas bemolizadas o dobrado-bemol abaixa um semitom.

Desc. Ora é ascendente. Observação: se o sustenido (#) modificar a entoação de uma nota alterada por um dobradosustenido ( ) terá efeito descendente. Também a QUESTIONÁRIO Nº 10 1. Desc. ora é descendente. quando modifica a entoação de uma nota bemolizada. alt.O bequadro ( ) é uma alteração de duplo efeito. alt.Como age o dobrado-bemol numa nota bemolizada? R: _____________________________________________________________________________ 30 .Que espécie de modificação sofre a entoação das notas alteradas? R: _____________________________________________________________________________ 3.Como age o dobrado sustenido numa nota sustenizada? R: _____________________________________________________________________________ 6. quando modifica a entoação de uma nota sustenizada. Asc. alt. A única alteração cujo efeito é sempre ascendente é o dobrado-susutenido ( única alteração cujo efeito é sempre descendente é o dobrado-bemol ( bb).Qual a função das alterações nas notas naturais? R: _____________________________________________________________________________ 5.Como se chamam os sinais de alteração? R: _____________________________________________________________________________ 4.Que é alteração? R: _____________________________________________________________________________ 2. Asc. ). Se o bemol modificar a entoação de uma nota alterada por um dobrado-bemol terá efeito ascendente. alt.

1 st. abaix. elevar 1 st.7.Determinar a função das alterações: abaixou 1 st. elev. elev. elev. 1 st. 1 st. 1 st.Quando é que o sustenido tem efeito de alteração descendente? R: _____________________________________________________________________________ 11.Quais as alterações consideradas ascendentes? R: _____________________________________________________________________________ 8. 1 st. 2. abaix.Quais as alterações consideradas descendentes? R: _____________________________________________________________________________ 9. elev.Quando é que o bemol tem efeito de alteração ascendente? R: _____________________________________________________________________________ 12. MODELO abaix. 2 st. abaix.Qual a função do bequadro? R: _____________________________________________________________________________ 10.Colocar as alterações convenientes: elevar 1 st.1 st.Quais as alterações cujo o efeito é sempre ascendente ou descendente? R: _____________________________________________________________________________ EXERCÍCIOS 1. 1 st. abaix. 1 st. Abaixar 1 st. abaix. abaix. MODELO 31 . 1 st. 1 st.

cr. sendo que o semitom diatônico e o cromático diferem entre sí por uma coma. tom st. st. Segundo os físicos: tom ( 9 comas) st. provam os físicos a diferença de uma coma existente entre os dois semitons – diatônico e cromático. cromát. ou St.IX SEMITOM CROMÁTICO E DIATÔNICO (FORMAÇÃO DO TOM) Há 2 espécies de semitom: Cromático – quando formado por 2 notas do mesmo nome(entoação diferente). diat. st. entretanto. 4 comas 5 comas 32 . e por meios de aparelhos de acústica. Já sabemos que o tom é formado de 2 semitons observa-se que. É quase impossível ao nosso ouvido a percepção de uma coma. na formação do tom. tom St. sabemos que o intervalo de tom se divide em 9 pequeníssimas partes chamadas comas. um dos semitons é cromático e o outro é diatônico. baseados em cálculos matemáticos. diat. Teoricamente. Durante muito tempo discordaram os físicos e os músicos no número de comas de que se compõe o semitom cromático e o diatônico. st. cr. diat. St.cr. diat. Semitom Diatônico – quando formado por 2 notas diferentes (sons sucessivos).

E de acordo com os músicos? R: _____________________________________________________________________________ 8. diat. sem prejuízo algum para a audição. st. etc. tom ( 9 comas) st. etc. diat.Como se prova que o semitom cromático e o diatônico se diferem de 1 coma? R: _____________________________________________________________________________ 6.Quantas são as espécies de semitom? R: _____________________________________________________________________________ 2.. o órgão. iguala os dois semitons (diatônico e cromático) em partes perfeitamente iguais.Qual a diferença entre o semitom cromático e diatônico? R: _____________________________________________________________________________ 3.Como se chama o sistema estabelecido para anular a diferença dos semitons? R: _____________________________________________________________________________ 33 . o harmônio. a harpa.O que são comas? R: _____________________________________________________________________________ 5. Os instrumentos que não têm som fixo são classificados como instrumentos nãotemperados. QUESTIONÁRIO 11 1. ficando cada um com 4 ½ comas. isto é. 5 comas 4 comas Para anular esta pequeníssima diferença – uma coma – foi estabelecido um sistema que. entre os quais se encontram: o piano. cr. 41/2 comas 41/2 comas Este sistema é chamado temperamento (ou sistema temperado) e é por meio dele que temos em certos instrumentos. Esses instrumentos são classificados como instrumentos temperados ou de som fixo. o violoncelo e outros. e mib igual a ré#.De acordo com os físicos qual o número de comas dos semitons? R: _____________________________________________________________________________ 7..De que espécie são os semitons que formam os tons? R: _____________________________________________________________________________ 4. cr.Segundo os músicos: tom ( 9 comas) st. st. tais como o violino. o dó # igual a ré b.

Que é instrumento temperado? R: _____________________________________________________________________________ 11.Classificar os semitons: 34 .9.De o nome de alguns instrumentos não temperado? R: _____________________________________________________________________________ EXERCÍCIOS 1.Por meio deste sistema com quantas comas fica cada um dos semitons? R: _____________________________________________________________________________ 10.Que é instrumento não temperado? R: _____________________________________________________________________________ 14.De o nome de alguns instrumentos temperados? R: _____________________________________________________________________________ 13.Que outro nome tem esses instrumentos? R: _____________________________________________________________________________ 12.

st. Modelo 35 . desc. st. cr. diat. Desc. asc.Formar os semitons diatônicos e cromáticos (ascendentes e descendentes) com as seguintes notas: st. st. diat.2. cr. asc.

indica que as mesmas devem ser executadas respectivamente uma oitava acima ou abaixo. Pode-se ainda acrescentar sobre a fermata as palavras longa ou curta. indicando uma sustentação maior ou menor do som. Curta Longa Também se pode colocar a fermata sobre uma pausa. isto é. Curta Longa 2 – Linha de 8ª A linha de 8ª (8ª-------). quando colocada acima ou abaixo de uma nota ou de um grupo de notas. Neste caso.X FERMATA – LINHA DE OITAVA – “LEGATO” E “STACCATO” 1 – Fermata A fermata ( ) é um sinal que. indica que se deve prolongar a duração do som mais tempo do que o seu estabelecido. A fermata não tem duração determinada. varia de acordo com a interpretação do interpretante. 8ª-------------8ª----------------Notação Execução 36 . colocado acima ou abaixo de uma nota. a fermata passa a chamar-se suspensão.

b) Pela palavra “legato” – escrito acima ou abaixo do grupo de notas que desejamos ligar. empregada com freqüência. É indicado por dois modos: a) Pela ligadura – linha curva sobre ou sob as notas que desejamos ligar. tendo cada uma execução diferente. destacado. Articulação é o modo de atacar os sons. 3 – “Legato” e “Staccato” O “legato” e o “staccato” são sinais que terminam a articulação dos sons. Indica que os sons devem ser articulados de modo seco. determina que se passe de uma nota para outra (tocando ou cantando) sem interrupção do som.Notação Execução A linha de 8ª tem por fim facilitar a leitura das notas escritas em linhas e espaços suplementares. É chamado “staccato” simples. Há três formas de representar o “staccato”. palavra italiana cuja significação é – ligado. Legato O “staccato” (palavra italiana significando – destacado). O “legato”. Vejamos: a) Um ponto colocado acima das notas. sendo por esse motivo. Notação Execução 37 .

Qual é a utilidade da linha de 8ª? 38 . É chamado “meio-staccato” ou “staccato” brando.A fermata tem duração determinada? R: _____________________________________________________________________________ 3. Assim sendo. pois na execução faz com que a nota perca parte do seu valor. Notação Execução c) Um ponto alongado colocado acima das notas. QUESTIONÁRIO Nº 12 1.Que é suspensão? R: _____________________________________________________________________________ 5.Que significa as palavras longa e curta sobre a fermata? R: _____________________________________________________________________________ 4. Notação Execução O ponto que indica o “staccato” é chamado ponto de diminuição. não é valor rigorosamente matemático.Onde se coloca a linha de 8ª? R: _____________________________________________________________________________ 6. Este “staccato” é chamado grande “staccato” ou “staccato” seco ou martelado. a execução indicada é apenas uma execução aproximada.b) Combinado o ponto e a ligadura.Que é fermata? R: _____________________________________________________________________________ 2. Convém notar que a parte que o “staccato” tira do valor da nota.

E o meio-staccato? R: _____________________________________________________________________________ 15.Como se chamam as formam de representar os compassos? R: _____________________________________________________________________________ 13.Como é representado o staccato simples? R: _____________________________________________________________________________ 14.E o grande staccato? R: _____________________________________________________________________________ 16.Como se acham os sinais que determinam a articulação do som? R: _____________________________________________________________________________ 9.Que significa a palavra staccato? R: _____________________________________________________________________________ 12.Que é articulação dos sons? R: _____________________________________________________________________________ 8. teremos o que se chama – síncope. Síncope F f F f F f F Notas em tempo fraco prolongadas ao tempo forte seguinte.Porque razão dá-se ao ponto que indica o staccato o nome de ponto de diminuição? R: _____________________________________________________________________________ XI SÍNCOPE – CONTRATEMPO 1 – Síncope Se uma nota executada em tempo fraco ou parte fraca de tempo for prolongada ao tempo forte ou parte forte do tempo seguinte.Que significa a palavra legato? R: _____________________________________________________________________________ 10.Como é indicado o legato? R: _____________________________________________________________________________ 11.R: _____________________________________________________________________________ 7. 39 .

40 .Síncope Síncope Síncope Notas em parte fracas de tempo prolongadas à parte forte do tempo seguinte. Síncope Síncope É irregular quando as notas que a compõem não têm a mesma duração. ficando os tempos fortes ou partes fortes dos tempos preenchidos por pausas. A síncope pode ser regular ou irregular. Síncope São muito freqüentes as síncopes regulares de quarto de tempo. Síncope 2 – Contratempo Dá-se o nome de contratempo às notas executadas em tempo fraco ou parte fracas de tempo. Síncope A síncope produz efeito de deslocamento das acentuações naturais. É regular quando as notas que a formam têm a mesma duração.

Assinale as síncopes: 2.Que é síncope? R: _____________________________________________________________________________ 2.Dê exemplo de síncope irregular no compasso ¾.assinale os contratempos: 41 . 3. QUESTIONÁRIO Nº13 1.Quando é que a síncope é regular? R: _____________________________________________________________________________ 4. porquanto o tempo sobre o qual deveria recair a acentuação é preenchido por silêncio – pausa.Qual o efeito provocado pelo contratempo? Porque? R: _____________________________________________________________________________ EXERCÍCIOS 1.Quando é que a síncope é irregular? R: _____________________________________________________________________________ 5.O contratempo também provoca efeito de deslocamento da acentuação natural.Qual o efeito da síncope? R: _____________________________________________________________________________ 3.Dê exemplo de síncope regular no compasso 3/8.Que é contratempo? R: _____________________________________________________________________________ 6. 4.

etc. 5ª. intervalo Harmônico – quando as notas são ouvidas simultaneamente.XII INTERVALOS (SIMPLES E COMPOSTO – HARMÔNICO E MELÓDICO – ASCENDENTE E DESCENDENTE – CONSONANTE E DISSONANTE – INVERSÃO DOS INTERVALOS) Intervalo é a diferença de altura entre dois sons. Exemplo: Intervalo Simples Intervalo Composto Melódico – quando as notas são ouvidas sucessivamente. pode ser de: 2ª. 42 . Intervalo Composto – quando ultrapassa a 8ª. 2ª 7ª 3ª 4ª 8ª 5ª 6ª 9ª etc O intervalo pode ser: Simples – quando se acha contido dentro de uma 8ª. 3ª. Conforme o número de sons que abrange o intervalo. 4ª.

Intervalos de 2ª. aumentado e diminuto. Temperados) 3ª maior (2 tons) 3ªs 2ª menor (1 semit.Os intervalos melódicos também se classificam como ascendentes (quando a primeira nota é mais grave que a segunda) ou descendente (quando a primeira nota é mais aguda que a segunda).) 3ª menor (1 tom e 1 semit. justo. menor. (2 tons e 1 semit. 6ª e 7ª Intervalos de 4ª. 5ª e 8ª Maior Menor Aumentado Diminuto Justo Aumentado Diminuto QUADRO DOS INTERVALOS 2ª maior (1 tom) 2ªs 2ª aument. (1 tom e 1 semt. ele pode ser classificado como: maior. Melódico ascend. (1tom) 43 . harmônicos De acordo com o número de tons que compõem o intervalo.) 2ª dimin.) 3ª aument. nos inst. 3ª. Melódico descend.) 3ª dimin. (nulo.

se subtrairmos 1 semitom dos intervalos diminutos.) 8ªs Os intervalos aumentados acrescidos de 1 semitom. eles tomarão o nome de subdiminutos. as duas notas que o formam têm o mesmo som.) 6ª menor (4 tons) 6ªs 6ª aument. diferença de altura entre dois sons. (3 tons e 1 semit. (4 tons e 1 semt. (5 tons) 7ª maior (5 tons e 1 semit. (6 tons e 8ª dimin. e. são chamados super-aumentados.(2tons) 4ªs 5ª justa (3 tons e 1 semitom) 5ª aument.) 8ªaument. isto é. intervalo. por conseqüente. na prática não são usados. Esses intervalos.(5 tons e 1 semit) 1 semit.4ª justa (2tons e 1semitom) 4ª aument. 44 .) 7ª menor (5 tons) 7ª dimin.) 7ªs 7ª aument. Nos instrumentos temperados o intervalo de 2ª diminuta é nulo. (6 tons) 8ª justa (6 tons) 6ª dimin. são simplesmente teóricos.(3tons) 4ª dimin. (3 tons) 5ªs 6ª maior (4 tons e 1 semit. ou seja. porém. isto é. não havendo. (4 tons) 5ª dimin.

mi-fá ou si-dó. com exceção de fá-si que é aumentada.(compreendidos dentro de uma 8ª).). ré-sol. etc.). ré-lá. etc. A 6ª depois de invertida passa a ser 3ª.INTERVALOS FORMADOS COM AS NOTAS NATURAIS 2ªs – São todas maiores (dó-ré.). são maiores (dó-lá. etc. etc. A 5ª depois de invertida passa a ser 4ª. 3ªs –Todas as que contiverem intercalado um dos semitons. Quando ambas as notas de um intervalo têm alteração da mesma espécie o intervalo recebe classificação idêntica aquele formado com as mesmas notas naturais. perdem sua característica de intervalos compostos (aqueles que ultrapassam o intervalo de 8ª) e transforma-se em intervalos compostos (aqueles que ultrapassam o intervalo de 8ª) e transformamse em intervalos simples. 4ª justa 4ª justa Inverter um intervalo consiste em transportar sua nota mais grave uma 8ª acima ou sua nota mais aguda uma 8ª abaixo. mi-ré. Esses intervalos chamam-se naturais e são encontrados na escala diatônica de dó. são menores (ré-fá. ré-mi. etc. que são menores.). A 7ª depois de invertida passa a ser 2ª. 5ªs – São todas justas (dó-sol. mi-fá ou si-dó. Na inversão dos intervalos observa-se o seguinte: A 2ª depois de invertida passa a ser 7ª. 5ª 5ª 4ª 5ª Somente os intervalos simples podem ser invertidos. são maiores (dó-mi. dó-si. 8ªs – São todas justas.). etc. etc. 6ªs e 7ªs – Todas as que contiverem intercalado um dos semitons. aquelas que contiverem ambas os semitons são menores (mi-dó.). com exceção de si-fá que é diminuta. 45 . A 4ª depois de invertida passa a ser 5ª. Os intervalos compostos não podem ser invertidos. mi-sol. 4ªs – São todas justas (dó-fá. pois colocando a nota mais grave uma 8ª acima ou a nota mais aguda uma 8ª abaixo.). aquelas que não contiverem o semitom intercalado. com exceção de mi-fá e si-dó. A 3ª depois de invertida passa a ser 6ª.

Intervalos consonantes 4ªs. depois de invertidos. semit. isto é. 3ª maior 3ª menor 6ª maior 6ª menor Intervalos consonantes (variáveis) 46 . Observa-se ainda na inversão de intervalos que: Os maiores tornam-se menores Os menores tornam-se maiores Os aumentados tornam-se diminutos Os diminutos tornam-se aumentados Os justos tornam-se justos depois de invertidos. também são chamados variáveis (ou imperfeitos) porque podem variar a classificação e continuam consonantes. 8ª justa (som repetido) 8ª justa (som repetido) A 8ª aumentada e a 8ª diminuta invertida passam a ser um intervalo de semitom cromático. depois de invertidos. 3ªs e 6ªs maiores e menores (consonantes variáveis ou imperfeitos). Cromát. depois de invertidos. 5ªs e 8ªs justas (consonantes invariáveis ou perfeitos). depois de invertidos. sejam maiores ou menores são consonantes.2ª 3ª 7ª 4ª 6ª 5ª 5ª 6ª 4ª 7ª 3ª 2ª A 8ª justa quando invertida deixa de formar intervalo. São consonantes aqueles que não pedem resolução sobre outros intervalos. Os intervalos de 3ªs e 6ªs maiores. menores. transforma-se apenas na repetição de um som. Cromát. 8ª aumentada 8ª diminuta # b semit. Os intervalos também podem ser consonantes ou dissonantes.

4ª justa 5ª justa 8ª justa São dissonantes aqueles que pedem resolução sobre um intervalo consonantes.Que é intervalo? R: _____________________________________________________________________________ 2. 8ª dimin.Os intervalos de 4ªs. 5ªs e 8ªs justas também são chamados consonantes invariáveis (ou perfeitos) porque não podem variar a classificação e continuar consonantes. 4ª dimin.E quando é composto? R: _____________________________________________________________________________ 47 . 8ª aument.O que diferencia um intervalo de 2ª de um intervalo de 6ª? R: _____________________________________________________________________________ 3. se deixarem de ser justos passam a ser dissonante. 7ª maior 7ª menor 4ª aument. 7ª aument. 3ª aument. 3ª dimin. 6ª aument. 5ª aument. 6ª dimin. isto é. 7ª dimin.Quando é que o intervalo é simples? R: _____________________________________________________________________________ 4. 2ª menor 2ª aument. Intervalos dissonantes 2ª maior 2ªs e 7ªs maiores e menores e todos os intervalos aumentados e diminutos. QUESTIONÁRIO Nº14 1. 5ª dimin.

5ª e 8ª? R: _____________________________________________________________________________ 9.Como se classificam as 2ªs formadas com as notas naturais? R: _____________________________________________________________________________ 19.E as 3ªs? R: _____________________________________________________________________________ 20.Como se classificam os de 4ª. 3ª.Onde se encontram os intervalos naturais? R: _____________________________________________________________________________ 18.E a 6ª maior? R: _____________________________________________________________________________ 15.E a 7ª maior? R: _____________________________________________________________________________ 16. 6ª e 7ª? R: _____________________________________________________________________________ 8. como se classificam os intervalos? R: _____________________________________________________________________________ 7.Conforme o número de tons e semitons.E a 8ª justa? R: _____________________________________________________________________________ 17.E a 4ª justa? R: _____________________________________________________________________________ 13.Quantos tons têm o intervalo de 2ª maior e de 2ª aumentada? R: _____________________________________________________________________________ 10.Qual a diferença entre os intervalos melódicos e harmônicos? R: _____________________________________________________________________________ 6.E a 5ª justa? R: _____________________________________________________________________________ 14.Porque razão se diz que o intervalo de 2ª diminuta é nulo nos instrumentos temperados? R: _____________________________________________________________________________ 11.Como podem ser classificados os intervalos de 2ª.Quantos tons e semitons têm a 3ª maior? R: _____________________________________________________________________________ 12.E as 4ªs? R: _____________________________________________________________________________ 48 .5.

que intervalo passa a ser? R: _____________________________________________________________________________ 30. menores.E as 6ªs? R: _____________________________________________________________________________ 23.A 8ª aumentada e a 8ª diminuta invertidas.E as 8ªs? R: _____________________________________________________________________________ 25.E as 5ªs? R: _____________________________________________________________________________ 22. 5ª e 7ª depois de invertidas? R: _____________________________________________________________________________ 28.Quais são os intervalos consonantes? R: _____________________________________________________________________________ 33. 3ª.Como se classificam os intervalos maiores.21.Quando é que o intervalo é consonantes? R: _____________________________________________________________________________ 32.Quando é que um intervalo é dissonante? R: _____________________________________________________________________________ 35.A 8ª justa invertida forma um intervalo? Porque? R: _____________________________________________________________________________ 29.Como se classificam os intervalos consonantes? Porque? R: _____________________________________________________________________________ 34.Em que consiste a inversão de um intervalo? R: _____________________________________________________________________________ 26. aumentados. 4ª.Qual o correspondente aos intervalos de 2ª. diminutos e justos depois de invertidos? R: _____________________________________________________________________________ 31.E as 7ªs? R: _____________________________________________________________________________ 24.Os intervalos compostos podem ser invertidos? R: _____________________________________________________________________________ 27.Quais são os intervalos dissonantes? R: _____________________________________________________________________________ 49 .

2ª dim.Determinar o número correspondente a cada intervalo e dizer se é: simples ou composto. melódico ou harmônico: 7ª simples 5ª simples melódico harmônico ascendente MODELO 2.Formar todas as 2ªs ascendentes e descendentes com as seguintes notas: 2ª maior 2ª menor 2ª aument.EXERCÍCIOS 1. 2ª dim. 50 . 2ªmaior 2ª menor 2ª aum.

3.Formar todas as 3ªs. 4ªs e 5ªs ascendentes com as notas: 51 .

3.Formar todas as 6ªs. 7ªs e 8ªs ascendentes e descendentes com as notas: 52 .

Invar.Completar os intervalos pedidos: 7.5.Classificar e determinar os intervalos consonantes e dissonantes: 5ª justa conson.Classificar os intervalos de acordo com o número de tons e semitons: 5ª justa MODELO 6. MODELO 53 .

Analisar os intervalos: 6ª menor simples melod. Cons. Var.8.Modos da escala: maior e menor 54 . Inversão: 3ª maior MODELO XIII MODOS DA ESCALA: MAIOR E MENOR (GRAUS MODAIS – GRAUS TONAIS – ESCALAS DO MADO MAIOR – ESCALAS DO MODO MENOR: HARMÔNICAS E MELÓDICAS – ESCALAS RELATIVAS – ESCALAS HOMÔNIMAS – INTERVALOS NOS GRAUS DAS ESCALAS MAIORES E MENORES – INTERVALOS DIATÔNICOS E CROMÁTICOS) 1. Ascend.

Generalidades 55 .QUIÁLTERAS (GENERALIDADES – QUIÁLTERAS AUMENTATIVAS E DIMINUTIVAS) 1.

Ex: As quiálteras aumentativas se subdividem em 2 grupos: quiálteras regulares e quiálteras irregulares.Quando as unidades de tempo e de compasso são subdivididas em grupos de notas. o nome de: quiálteras. Exemplo: 56 . imprescindível esse pormenor. Exemplo: São irregulares os grupos de número ímpar e os de número par que não preencham a divisão estabelecida no exemplo anterior. que é ímpar e regular. São regulares as que contêm no grupo o número normal de figuras mais a metade. São unidades ternárias: a) unidades de tempo dos compassos ternários simples. As quiálteras podem ser também constituídas por figuras de diferentes valores. Será sempre um grupo de número par.Quiálteras aumentativas São aquelas que alteram para mais a quantidade estabelecida pelo signo do compasso. Exemplo: Usa-se colocar sobre o grupo de quiálteras i número de figuras que compõem a divisão alterada. c) unidades de compassos dos compassos compostos.Quiálteras diminutivas São aquelas que alteram para menor a divisão normal. ou ainda por valores de som e pausas entremeadas. entretanto. e esses grupos são alterados na quantidade de notas que os compõem. Exemplo: As quiálteras diminutivas são usadas nas unidades ternárias (figuras pontuadas). Usam-se quiálteras aumentativas quando a figura que serve de unidade pra preencher o número de quiálteras é uma figura simples (não pontuada). b) unidades de tempo dos compassos compostos. tomam. Exemplo: Há duas espécies de quiálteras: aumentativas e diminutivas. 3. Sobre esse número é comum colocar-se uma chave abrangendo todo o grupo de notas ou uma pequena ligadura. 2. com exceção do grupo de 3 quiálteras. não sendo.

Exemplo de quiálteras diminutivas: 57 .

58 .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful