You are on page 1of 17

O longo percurso da minha vida

Izequiel Costa
Antes de Sou o cavalo do
mais nada vou Bernardo Alves.
começar por Baptizaram-me de
me Trovão.
apresentar.

Bem, foi nessa casa onde


nasci.
Esse lindo potro sou eu.
Tive muita sorte
em ter o
Bernardo Alves
do meu lado ele
me tratava
como um amigo
isso fez com
que eu pode-se
dar o meu
melhor por nós.
Cresci e me tornei muito forte e rápido.
Tive a sorte de conhecer a Lívia uma égua
do amigo do Bernardo. Tivemos bons
momentos tornamo-nos uma família.
Valério o meu
filho teve a
oportunidade
de me
acompanhar
em várias
viagem que
realizei para
treinar.
Bem antes de contar o meu longo
percurso de treino e viagens, vou falar
do sonho do Bernardo.

Ele quis sempre ser um campeão de


corrida e resistência uma modalidade
muito disputada na França…
Começamos a
12 de Março
de 1990 e
voltamos após
2 anos
passamos por
vários locais
tais como:
Florestas agradáveis; ar puro. Sentia
que estava num paraíso.
Apenas queria voltar a estar nesses
lugares com a família. O Bernardo tinha
me prometido liberdade para poder
estar onde quisesse após a vitoria que
tanto desejava.
Por detrás de tantas coisas maravilhosas
há sempre algo desagradável de se ver.
Mas faz parte da vida. Não há nada que
se possa fazer. Faz parte da natureza.
A corrida teve
partida no deserto,
eu estava em
desvantagem pois
nunca tinha estado
num deserto,
sentia a areia a
incomodar-me.
Os meus grandes rivais, ficaram em
primeiro lugar. Até sair do deserto eu já
me sentia cansado mas, graças ao meu
longo período de treino, consegui
aguentar e fui até ao final.
Sem duvida era tudo ou nada,
então eu comecei a dar e dar o
meu melhor. Corri o mais
rápido que pude até passar a
meta em primeiro lugar, o
Bernardo em cima de mim só
gritava “tu consegues, tu
consegues”….
Por fim, concluímos a
vitória que o
Bernardo e eu tanto
ansiávamos.
Daí sem duvida eu
fiquei orgulhoso de
mim mesmo e
continuei ao lado do
Bernardo.
Trabalho realizado por:
Izequiel Costa