Revolução industrial

Sectores de arranque

Têxtil Abundância de matériaprima (algodão e lã); grande quantidade de mão-de-obra; pouco investimento; grande mercado para os produtos manufacturados.

Metalúrgico Rico em matéria-prima (ferro e carvão), grande quantidade de mão-de-obra; necessidade de máquinas e carris.

Revolução Agrícola + Revolução Demográfica
Consequências

Aumento da população Aumento da produção

aumento de consumidores crescimento económico êxodo rural Crescimento urbano

Liberdade de mão-de-obra dos campos

Arranque da Revolução Industrial em Inglaterra
Condições da prioridade inglesa
• • • • • • • Reformas políticas e sociais (aristocracia e burguesia bastante empreendedoras) Existência da revolução agrícola Boa rede de comunicações (rios, bons portos marítimos e caminhos-deferro) Grandes quantidades de capitais (agricultura e comércio) O parlamento inglês aprovou as medidas necessárias à revolução agrícola e industrial Grande império colonial Grande mercado externo e interno.

Revolução nos transportes e a maquinização da indústria

Aplicação da máquina a vapor na indústria e nos transportes

A máquina a vapor, criada por James Watt em 1769, tornase o símbolo da 1ª revolução industrial

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful