You are on page 1of 2

UNIVERSIDADE DO CONTESTADO UnC CURSO: PEDAGOGIA EAD

Acadmico: Izaqueu Arajo Silva

SUJEITO SOCIAL VERSUS SUJEITO INDIVIDUAL.

O presente trabalho pretende discorrer sobre a dinmica entre sujeito e sociedade, para tanto ser apresentada duas definies de sujeito, uma social e outra individual. Para ficar claro, o conceito de sujeito social que o trabalho pretende abordar de um sujeito comunitrio, coletivo. Porm, mesmo a sociedade sendo formada por sujeitos, existe e preciso que assim seja, o sujeito individual, sendo este, definido por suas particularidades, o que os torna nico entre tantos. esse sujeito que discutiremos a seguir e para iniciar a discusso segue alguns questionamentos. possvel conceber um sujeito individual, sendo ele mesmo, em sua subjetividade, agindo sem levar em considerao as regras e apelos sociais? Fazendo isso, no ser alvo de excluso social? Sua sade mental no seria abalada pelas presses decorrentes de tais consequncias? Infelizmente, para muitos, agir de acordo com suas particularidades incorrem em desastrosas consequncias, o que contraditria ainda mais nos dias atuais, onde tanto se fala sobre direitos humanos; respeito pelas individualidades e tolerncia. Diariamente as diversas mdias noticiam crimes cometidos decorrentes da intolerncia ao diferente, parece uma contradio, pois so os sujeitos individuais que formam os sujeitos sociais (coletivos). Tais sujeitos sociais, cheios de conceitos construdos socialmente no decorrer da histria agridem, matam, zombam e excluem os que por direito assegurado agem embasados em sua liberdade. Outra disparidade se d quando os sujeitos sociais promovem discursos voltados aceitao das diferenas, sendo que os mesmos so responsveis pela represso aos que decidem destoar da multido. Parece utpico e irreal conceber uma sociedade onde o sujeito individual o centro, podendo ser livre para ser apenas e simplesmente individual. O que

resta ento a tais sujeitos? Idealizar um mundo onde tal sociedade deixe de ser utpica, onde todos podem ser iguais em suas diferenas?

REFERNCIAS SUNG, Jung Mo. Sujeito e sociedades complexas, para repensar horizontes utpicos. Petrpolis, Editora Vozes, 2002. TOMAZI, N. T. Sociologia para o Ensino Mdio. Volume nico. 2. Ed. So Paulo: Editora Saraiva, 2010.