You are on page 1of 4

1 OBJETO 1.

1 Delimitação do Tema O tema tem como foco principal, descrever a dificuldade encontrada em se punir penalmente os entes da Administração Pública, tratando os membros de comissões de licitações e aos preponentes como sujeitos principais da pesquisa. O trabalho dispõe dos crimes contra a Administração Pública, que em algum momento podem ocorrer dentro desta área de atuação tão protegida pela própria Administração Pública e seus entes, o Processo de Licitação. Trata também do crime propriamente dito, e as possibilidade penais, crimes e delitos, inseridos num certame licitatório, para isso demonstra-se, jurisprudências que explicitam estas situações nos dias atuais para que possa ser entendido de que forma um determinado crime pode ocorrer dentro deste processo. 1.2 Formulação do Problema A questão básica do trabalho é identificar quais crimes podemos encontrar relacionados com um processo de licitação dentre os previstos no Código Penal como Crimes Contra a Administração Pública. Em que momento estes crimes podem vir a acontecer, ou seja, em que fase do certame pode-se deparar com uma situação delituosa, e quem são os sujeitos de tal delito. Pretende-se também, questionar as possibilidades do próprio crime, ou seja, qual o momento de sua consumação, se há possibilidade de crime tentado, concurso de crimes, crime culposo e participação para a consumação do ato criminoso. 1.3 Hipóteses Com uma pesquisa mais apurada sobre o tema proposto, pode-se chegar a uma variedade de crimes possíveis, no que tange aos crimes contra a Administração Pública. Quando se fala em Processo de Licitação, se fala de um processo detalhado e com um procedimento minucioso, porém, um processo muitas vezes falho e com lacunas que facilitam os sujeitos à prática de certos crimes, crimes estes que podem ocorrer em qualquer fase do certame, mesmo antes de iniciado o processo de licitação pode-se deparar com algum ato criminoso. Quanto a consumação, crime tentado, crime culposo e concurso de crimes, apenas com uma pesquisa jurisprudencial e doutrinária mais aprofundada pode-se chegar a uma resposta, haja vista as diversas possibilidades de consumação e prática dos diversos crimes que serão estudados. 1.4 Categorias básicas O trabalho vai tratar de dois direitos diversos, mas que trazem uma ligação direta para a elaboração do tema, ou seja, o direito penal e o direito administrativo. Quanto ao direito penal, à pesquisa tratará da teoria geral do crime, para um melhor entendimento do crime e suas características, e dos diversos crimes possíveis de acontecerem em um processo de licitação, suas penas e suas características fundamentais. Em relação ao direito administrativo, trata-se do processo de licitação, com uma pesquisa geral da Lei nº8.666/93 - Lei de Licitações, para poder explicar as fases e características gerais

utilizando-se da doutrina e jurisprudências. 2. generalidades.666-93 – Lei de Licitações. os crimes ocorridos no processo de licitação. cada vez mais crimes são cometidos dentro de um processo de licitação e as pessoas não conhecem o caminho que podem escolher para que os responsáveis por tais crimes sejam devidamente punidos. sob a égide da Lei nº 8. d) apresentar a relação. b) analisar minuciosamente o processo de licitação. 2. o que é crime? O que é crime contra a Administração Pública? Quando eles acontecem dentro de um processo de licitação? Importante também. penas e o momento em que elas podem ocorrer dentro de um procedimento licitatório. Trará como objetivo ainda. procedimento este.deste procedimento tão utilizado pelos entes públicos. o desrespeito e a impunidade tomam conta dos entes públicos. com base na doutrina. A divulgação dos crimes previstos no ordenamento penal. a discussão que há acerca do processo de licitação e os membros de licitação que nem sempre são pessoas idôneas e preparadas para um procedimento tão importante da administração pública. bem como analisar as características de cada crime possível no processo de licitação. É importante externar estas situações aos interessados. trabalhar as respostas para tais questionamentos. mas que compreendem o revés que um delito administrativo pode trazer aos entes públicos. para obtenção do grau de Bacharel em Direito.1 Objetivo institucional Produzir um Trabalho de Conclusão de Curso. e ainda. assim como externar as características e generalidades de um processo de licitação. o que é crime. as possibilidades e quando ocorrem os crimes contra a administração pública dentro de um processo de licitação. as características e generalidades deste instituto penal. . no capítulo que trata dos crimes contra a administração pública. trazer ao público em geral um tema que passa despercebido nos meios de comunicação. suas características. A corrupção faz parte de nossa sociedade. c) trazer um estudo completo sobre a teoria geral do crime. e quais os crimes contra a administração pública possíveis no processo de licitação.2 Objetivo geral O trabalho visa divulgar uma prática muito comum contra os entes públicos. daí a lacuna criada que possibilita a prática de tantos delitos. 3 JUSTIFICATIVA O trabalho tem como finalidade. que não convivem com tais situações. é objetivo crucial para a elaboração deste trabalho.3 Objetivos específicos a) expor com clareza como ocorre um processo de licitação. sejam eles. 2 OBJETIVOS 2. muito burocrático e minucioso mas que ao mesmo tempo é fruto de diversas ações criminosas pela sua fragilidade quanto aos usuários que a utilizam. É importante demonstrar a estas pessoas determinados questionamentos.

7 Advocacia Administrativa 3.9 Violação do Sigilo de Proposta de Concorrência 3.1 Inserção de Dados Falsos em Sistemas de Informação 3.DO PROCESSO DE LICITAÇÃO 1.7 Fases da Licitação CAPÍTULO II . Antijuridicidade e Culpabilidade 2.1 Conceito 1.7 Autoria e Participação 2.3 Classificação dos Crimes 2.3 Concussão 3. Sonegação ou Inutilização de Livro ou Documento 3.3 Noções Gerais 1. possuirá a seguinte estrutura básica: CAPÍTULO I .2 Princípios 1.2 Estrutura básica do trabalho O Trabalho destinado à conclusão de curso de graduação. desenvolvido através do presente projeto de pesquisa. uma pesquisa junto aos entes públicos de nossa região.1 Conceito de Crime 2. 4.4 Modalidades 1. com o intuito de encontrar situações práticas de delitos ocorridos em um certame licitatório.8 Concurso de Crimes e Crimes Conexos CAPÍTULO III .4 Corrupção Passiva 3.1 Caracterização básica O trabalho será feito através de pesquisas doutrinárias e jurisprudenciais acerca do tema. Será feita também.6 Consumação e Tentativa 2.4 Relação de Causalidade 2.2 Extravio.10 Tráfico de Influência 3.2 Tipicidade. A leitura de monografias e artigos que tratam da matéria ajudarão na maior dinamicidade e discussão do tema.DOS CRIMES CONTRA A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA POSSÍVEIS NO PROCESSO DE LICITAÇÃO 3.DO CRIME 2.11 Corrupção Ativa .6 Condescendência Criminosa 3. que conta com um vasto acervo doutrinário e com um significante histórico jurisprudencial.5 Dolo e Culpa 2.8 Violação do Sigilo Funcional 3.5 Prevaricação 3.6 Tipos de Licitação 1.5 Dispensa e Inexigibilidade 1.4 METODOLOGIA 4.

São Paulo : Revista dos Tribunais. . Antonio. COSTA JÚNIOR. Renato N. de Jesus. ed. PAGLIARO. FABBRINI. Perturbação ou Fraude de Concorrência 4. ed.4 Referências GASPARINI. Dos crimes contra a administração pública.2. 3.3 Cronograma Entrega do Projeto: Agosto Entrega do 1º Capítulo: Setembro Entrega do 2º Capítulo: Outubro Entrega do 3º Capítulo: Novembro Entrega da Versão Final: Novembro Apresentação: Dezembro 4. GARCÍA-PABLOS DE MOLINA. XVI. 9. ed. ed. Crimes contra a administração pública. 1 ao 120 do CP. Paulo Jose da. Luiz Flávio. Processo de licitação: contrato administrativo e sanções penais. Julio Fabbrini. Licitações e contratos da administração pública. PINTO. 2007. São Paulo : NDJ. Crimes na licitação. XXII. Curso de direito penal. 2004. São Paulo : Atlas. 23. 8. BRAZ. ed. Manual de direito penal: parte geral : Arts. GOMES. São Paulo : Saraiva.3. vol. vol. Leme : JH Mizuno. Antonio. Direito penal: parte geral. 2007. 2006. Diogenes. São Paulo : Saraiva. Victor Eduardo Rios. vol. Antonio Luiz de Toledo et al.12 Impedimento. São Paulo : D. GONÇALVES. 2004. São Paulo : Malheiros. 5. MIRABETE. XV. COSTA JUNIOR. Petrônio. 2008. ed. Paulo José da. 1997. 2001.