2º Capítulo – O Ingrediente.

Dona Maria, a mamãe de Joãzinho, o acordava todo domingo de manhã cedinho para levá-lo à evangelização do Centro Espírita que ficava perto da casa deles: - Vamos, Joãzinho, acorda, está na hora de você ir à evangelização. - zzzzzzzzzzzzz... - Joãzinho, vamos meu filho! Já são dez horas da manhã! Nós temos que estar lá às 10:30. - zzzzzzzzzzzz... - Filho, acorda! Sua evangelizadora não vai deixá-lo entrar na sala se você chegar atrasado. Com aquela preguiça do tamanho do Planeta Terra, Joãzinho respondeu: - Tá bom, mamãe... - Vá à cozinha, tome o seu leite, coma o seu bolo, e depois, arrume sua cama e escove seus dentes. Ah, não se esqueça de trocar de roupa e pentear os cabelos para irmos ao Centro. Com a preguiça ainda do tamanho do Planeta Terra, ele respondeu: - Tá bom, mamãe... Quando chegaram ao Centro Espírita, Joãzinho deu um beijo do tamanho do mundo em sua evangelizadora Nanny. Ela era amável! Todas as crianças a amavam! Todos cantaram muito, fizeram a prece e, às 11:00h foram para as salas de evangelização. Como Joãzinho tinha cinco anos de idade, ele subiu com Nanny junto com as outras crianças da mesma idade que ele. A sala ficou cheia de crianças! Todas estavam em silêncio e sentadas em suas cadeiras ouvindo o que Nanny estava perguntando: - Crianças, quem aqui é um espírito? Shhhhhhhhhhhhhhhh... A sala continuou em silêncio. Ninguém respondeu. Nanny abriu um sorriso amável e falou: - Crianças, todos nós aqui somos espíritos. Pedrinho, esperto como sempre, perguntou: - Tia Nanny, se nós somos espíritos, por que não conseguimos atravessar as paredes? - Pedrinho, a gente não consegue atravessar as paredes porque nós somos espíritos que têm corpos. - Huh? Como assim? - perguntou Beatriz. - Nós somos espíritos encarnados, ou seja, temos o corpo. Os espíritos desencarnados, que já morreram, conseguem atravessar as paredes. Por que vocês acham que eles conseguem fazer isso? Amanda pensou muito e respondeu: - Deve ser porque, se eles já desencarnaram, não têm corpo mais, então, conseguem atravessar as paredes. - Muito bem Amanda! E quem fez o corpo e o espírito? As crianças responderam em conjunto: - Deus! - E ele usou o que para fazer o nosso corpo e o nosso espírito? - Ar – respondeu Luiz. - Terra – respondeu Lílian. E sabem o Joãzinho respondeu? “Massinha”. Nanny riu e perguntou: - Joãzinho, como Deus ia fazer o corpo e o espírito de massinha? E como ele ia usar o ar e a terra para fazer o corpo e o espírito? Crianças, Deus usou o fluido universal para fazer o corpo e o espírito. - E o que mais Ele fez com o fluido universal? – perguntou Joana. - Ele fez tudo o que existe com o fluido universal. O fluido universal é o ingrediente que existe em tudo o que existe: na cadeira que vocês estão sentando, na roupa que vocês estão usando, no chinelo que vocês estão usando, no corpo de vocês, e em vocês mesmos, que são espíritos. A tia Nanny era muito boa! As crianças entenderam tudo direitinho. E vocês, também entenderam? - Agora, crianças, vamos lavar as mãos para nós decermos, tomarmos o passe e comermos a sopa deliciosa que a tia Lú preparou para gente. Ah, aliás, além de comida, o que mais tem na sopa da tia Lú? - O remedinho invisível! - Muito bem, Joãzinho!

Flávia Santos

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful