You are on page 1of 30

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática

01 (F Objetivo – SP) A distância de São Paulo ao Rio de Janeiro é de 400km. Se a viagem entre as duas cidades fosse feita com velocidade escalar constante de valor 80km/h, o tempo gasto seria de: a) b) 2h 3h c) d) 4h 5h e) 6h

02 (CESGRANRIO-RJ) Uma pessoa, correndo percorre 4,0km com velocidade escalar média de 12km/h. O tempo do percurso é de: a) b) 3,0 min 8,0 min c) d) 20,0 min 30,0 min e) 33,0 min

03 (FE Edson Queiroz – CE) Sendo a distancia de Fortaleza a Maranguape igual a 24km e considerando a velocidade máxima permitida de 80km/h, o tempo mínimo permitida que deve ser gasto na viagem, em trânsito completamente livre, é: a) b) 15,0 min 18,0 min c) d) 24,0 min 12,0 min

04 (CESGRANRIO-RJ) Uma linha de ônibus urbano tem um trajeto de 25km. Se um ônibus percorre este trajeto em 85 min, a sua velocidade escalar média é aproximadamente: a) b) 3,4 Km/h 50,0 Km/h c) d) 18,0 Km/h 110,0 km/h e) 60,0 Km/h

05 (Fund. Carlos Chagas – SP) Qual a velocidade escalar media, em km/h, de uma pessoa que percorre, a pé, 1200m em 20 min? a) b) 4,8 3,6 c) d) 2,7 2,1 e) 1,2

06 Um ônibus faz um percurso entre duas cidades, distante 80km, em 2 h 30 min. Neste intervalo de tempo, está incluída um a parada de 30 min. Determine a velocidade escalar média desenvolvida pelo ônibus entre as duas cidades. 07 (FMU – SP) Um automóvel percorre uma distancia de 400km em 5 horas. A cerca de sua velocidade escalar podemos afirmar que: a) b) c) d) e) Durante todo percurso, o velocímetro marcou 80km/h. Em nenhum instante o velocímetro pode ter marcado 60km/h. Na metade do percurso, o velocímetro marcava 40km/h. O velocímetro pode ter marcado 100km/h em um determinado instante. Nada do que se afirmou é correto.

08 (CESGRANRIO-RJ) Você faz determinado percurso em 2,0 horas, de automóvel, se a sua velocidade média for 75km/h. Se você fizesse esta viagem a uma velocidade média de 100km/h você ganharia: a) b) 75 min 35 min c) d) 50 min 30 min e) 25 min

Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r.1

1/30

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática

09 (AEU – DF) Em 10 min, certo móvel percorre 12km. Nos 15 min seguintes, o mesmo móvel percorre 20km e, nos 5 min que se seguem, percorre 4km. Sua velocidade escalar média em m/s, supondo constante o sentido do móvel, é: a) b) 1,2 10,0 c) d) 17,0 18,0 e) 20,0

10 (FIRA Alfenas – MG) Um ponto material move-se em linha reta, percorrendo dois trechos consecutivos MN e NP . O trecho MN é percorrido com velocidade escalar média igual a 20km/h e o trecho NP com uma velocidade escalar média igual a 60km/h. O trecho NP é o triplo do trecho MN . Pode-se afirmar que a velocidade escalar média no trecho MP foi de: a) b) 10 km/h 60 Km/h c) d) 100 Km/h 40 Km/h e) 25 Km/h

11 (PUC – RS) A velocidade escalar no movimento uniforme é: a) b) Constante Variável c) Constante em módulo, mas de sinal variável d) Sempre positiva e) Sempre negativa

12 (F Braz – Cuba) Um móvel tem por equação horária s = 40 + 20t, com s em metros e t em segundos. O movimento é: a) b) Retilíneo e uniforme Uniforme c) Uniformemente acelerado d) Uniformemente retardado e) Retrógrado

13 A equação horária do espaço de um móvel que realiza movimento uniforme é s = -10 + 8,0t (SI). Determine: a) b) c) O espaço inicial e a velocidade escalar do movimento; O espaço do móvel no instante t = 2,0 s; Em que instante o móvel tem espaço s = 22,0 m.

14 Um móvel desloca-se numa trajetória retilínea, animado de velocidade escalar constante. Considerando que v representa o valor da velocidade, s o espaço e t o tempo, das equações abaixo, a que descreve um possível movimento desse móvel é: a) b) v = 6t s = 3 + 2t2 c) v = 10 + t2 d) s = 2t e) s = t2

15 (ESPM-SP) Um ponto material possui velocidade escalar constante. De valor absoluto 70km/h e se movimenta em sentido oposto ao da orientação positiva da trajetória. No instante inicial, esse ponto passa pelo marco 560km na trajetória. Determine o instante em que o móvel passa pela origem dos espaços. 16 A equação horária do espaço de um móvel é s = - 100 + 50t para s em metros e t em segundos. A variação de espaço do móvel entre os instantes 0 e 5s, é de: a) b) 50 m 100 m c) d) 150 m 200 m e) 250 m

Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r.1

2/30

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática

17 Dois moveis A e B percorrem a mesma trajetória e seus espaços são medidos a partir da mesma origem, sobre a trajetória. Sendo sa = 15 + 10t e sb = 5 + 5t, para sa e sb em metros e t em segundos, depois de quanto tempo a distancia entre os moveis é de 20m? a) b) 2s 1s c) d) 5s 10s e) 12s

18 (FUVEST-SP) Uma pessoa caminha com passadas iguais de 80cm com velocidade constante de 2m/s; a) Quantos metros essa pessoa caminha em 60s? b) Quantos passos ela dá por segundos? 19 (FUVEST-SP) Um automóvel que se desloca com velocidade escalar constante de ultrapassa outro que se desloca com uma velocidade escalar constante de
72km h

54km numa mesma h estrada reta. O primeiro encontra-se 200m atrás do segundo no instante t = 0. O primeiro estará ao lado do segundo no instante:

a) b)

t = 10s t = 20s

c) d)

t = 30s t = 40s

e)

t = 50s

20 (CESCEM-SP) A distância entre dois automóveis é 225km. Se eles andam um ao encontro do km km outro com 60 e 90 , ao fim de quantas horas se encontraram? h h a) b) 1h 1h 15 min c) d) 1h 30 min 1h 50 min e) 2h 30 min

21 Um ponto material em movimento adquire velocidade que obedece à função v = 30 + 5t (SI). Pedem-se: a) b) c) d) A velocidade inicial; A aceleração; O instante em que o ponto material muda de sentido A classificação do movimento (acelerado ou retardado) no instante 5s.

22 Um móvel movimenta-se sobre uma trajetória retilínea segundo a função horária s = 6 + 4t –2t2 (no SI). a) Qual o instante que o móvel inverte o sentido do seu movimento? b) Qual a velocidade do móvel no instante t = 6s? 23 Um carro se movimenta sobre uma estrada retilínea com velocidade de 18km/h. O motorista, para não chegar atrasado a uma cidade X, acelera uniformemente até atingir a velocidade de 108km/h em 5 segundos. Determine: a) A aceleração no intervalo de 0 a 5s; b) A distância percorrida pelo carro nesse mesmo intervalo.

Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r.1

3/30

Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r. 31 Dois pontos materiais. ele passa por um guarda que coloca sua moto em movimento com aceleração constante e igual a 4m/s2 e sai em perseguição ao automóvel. a partir do repouso e sobre a pista. 33 (Fatec – SP) Um automóvel. 25 Num teste de performance. executando um movimento retilíneo uniformemente acelerado sobre uma reta AB. freia uniformemente. b) a velocidade com que o móvel que partiu de A irá chegar em B. b) As distancias percorridas pelos moveis A e B até o instante do encontro. 27 Um trem de 120m de cumprimento se desloca com velocidade escalar de 20m/s. Esse trem ao iniciar a travessia de uma ponte. Calcule: a) O tempo gasto pelo guarda para alcançar o automóvel. determine o instante em que a distancia entre eles é 300m. com aceleração constante. partindo do repouso. 26 Um móvel realiza um movimento uniformemente variado com velocidade inicial de -10m/s e aceleração de 2m/s2. com aceleração escalar constante. na decolagem. percorre 100m em 10s em trajetória retilínea. quando o maquinista vê um obstáculo 100m á sua frente. percorre. do ponto B. A distância entre os pontos A e B é L = 50. de um mesmo ponto e no mesmo instante. b) Determine sua aceleração. quando então o móvel A se encontrava 30m atrás do móvel A e B eram respectivamente iguais a 10m/s e 5m/s. com velocidade escalar de 10m/s.1 4/30 . c) As velocidades de A e B nesse instante.0m. Depois de 10 segundos da partida. Determine a velocidade de decolagem do avião. determine: a) O instante em que o móvel A alcança o móvel B. 30 Um trem corre a uma velocidade de 72km/h. 600m em 15s. A e B. e que ele parte do repouso. b) A velocidade da moto no instante em que alcança o automóvel. Num determinado instante. No mesmo instante parte. Calcule a velocidade do móvel após percorrer 9 metros em movimento retrógrado. saindo completamente da mesma 10s após. calcule a distância percorrida durante 8 segundos. Calcule o cumprimento da ponte. 32 (Mauá – SP) Um móvel parte do repouso. 29 Um avião. em 8 segundos. Determine a menor aceleração de retardamento a ser imprimida ao trem para que não haja choque. outro móvel que percorre a reta AB com velocidade constante.CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática 24 Dois moveis partem do repouso. de um ponto A. a) Faça um esboço do gráfico: Posição x Tempo do movimento desse automóvel. Sabendo que o movimento teve inicio no instante t = 0s. Sabendo que seu movimento é uniformemente acelerado. rumo a A. um carro consegue atingir a velocidade de 88m/s. Calcule: a) a velocidade do móvel que partiu de B. desloca-se no mesmo sentido sobre a mesma reta com acelerações constantes e respectivamente iguais a 20m/s2 e 10m/s2. 28 Um automóvel desloca-se numa estrada retilínea com velocidade constante e igual a 108km/h. Sabendo que percorrem trajetórias retilíneas e paralelas e se movem no mesmo sentido com aceleração de 4m/s2 e 10m/s2. os móveis cruzam-se no meio da distância entre A e B.

0 0 1. mas é interceptado pelo cão em Q. O tempo gasto para percorrer a distância BC. As distâncias AB e AC. 0 5. 34 v (m/s) 20. Ao passar pelo ponto O. a) Qual a velocidade do trenó ao fim desse percurso? Use 2 = 1. 40 (F Luiz Meneghel – PR) Dois moveis A e B percorrem um trecho de estrada retilínea representado pelo eixo orientado. Calcule: a) A aceleração do corpo.I). O tempo gasto para passar por B e por C. de um ponto A.4 . 35 t (s) b) Em quanto tempo o trenó percorre esses 4Km? 37 (Vunesp – SP) Um ciclista pedala. Sabendo que esse carro passa por um ponto B com velocidade de 12m/s e pelo ponto C distante 45m de B. 38 Um carro parte do repouso.0 Q. percebendo a intenção do animal acelera a bicicleta ao máximo. com velocidade de 18m/s. Determine a função horária das posições desse móvel. por uma estrada.0 36 Um trenó se move com velocidade constante de 72Km/h. 37 Q X 39 Um ponto material se movimenta sobre uma trajetória retilínea e tem posições no decorrer do tempo dadas pela função horária s = 15 – 8t + t2 (no S. calcule: a) b) c) d) A aceleração do carro.CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática 34 O diagrama horário de um móvel em MRUV é indicado na figura. com aceleração constante.0 t (s) Q. 35 (Fuvest – SP) O gráfico representa a velocidade em função do tempo de um corpo em movimento retilíneo.1 A B S (Km) 5/30 .0 4. Y P 30. ele avista em P um cão feroz. movendo-se com aceleração constante sobre uma trajetória retilínea.0m/s. b) Sua velocidade quando chegou ao ponto Q. VA = 24Km/h 0Km 30Km VB = 10Km/h 70Km Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r.0 2. O cão também o vê e corre ao longo da cerca com velocidade constante Vc = 3Vo para interceptar o ciclista em Q. atrás de uma cerca PQ que faz um ângulo de 30º com a estrada. b) A distância percorrida pelo corpo entre os instantes 0 e 5s. Construa o gráfico s = f(t). Calcule: a) A aceleração desenvolvida pelo ciclista. ao longo do eixo x (figura). As Posições no instante inicial (t = 0) e os sentidos dos movimentos estão indicados na figura. Num certo instante. com velocidade constante Vo = 4. S (m) 10. adquire uma aceleração constante de 5cm/s2 durante um deslocamento de 4Km.0m 30º Vo O Q. Este. a partir de O.

no instante t1 = 2s. Determine: P0 2 4 6 P1 8 S (m) a) A aceleração escalar. leva: h a) 12s c) 18s e) 8s b) 6s d) 10s 43 O espaço inicial de uma partícula é de 4. Determine: a) Sua velocidade escalar em 2. 89 s após a partida de A. parte da extremidade E indo para a extremidade F e outro carro B. b) A velocidade escalar (v1) ao passar por P1.CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática O instante do encontro é: a) b) 10 min 20 min c) d) 30 min 40 min e) 50 min 41 (F Objetivo – SP) Uma rua EF é reta e tem 4. 46 (EE Santos – SP) A velocidade escalar de um móvel aumenta de 36km/h para 108km/h em 10s. Um carro A.2 m/s2 2. com velocidade constante de módulo 25m/s.0s a velocidade de 2. 20s depois da partida de A. Acelerando uniformemente com 2. ele passou por P0 com velocidade escalar de 1m/s e.1 . ele passou por P1com velocidade escalar v1. com aceleração escalar constante. 42 (FIRA Alfenas – MG) Para passar uma ponte de 100m de comprimento.0s de movimento. Calcule: a) A sua aceleração escalar b) A distância percorrida neste intervalo de tempo.0km de cumprimento. Com relação a este enunciado podemos afirmar que os carros A e B se cruzam: a) b) c) d) e) 44 s após a partida de A num ponto mais próximo da extremidade E. 80 s após a partida de B num ponto médio da rua EF.0m.0s de movimento b) Sua equação horária dos espaços e o respectivo e o respectivo espaço em 2. a km 60 .0m/s2 ela percorre uma trajetória retilínea.0m/s. 45 O carrinho da figura tem dimensões desprezíveis.0 m/s2 c) d) 72 Km/h km / h 72 s 6/30 Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r. parte de F indo para E. 100 s após a partida de A num ponto mais próximo da extremidade F. um ponto material atinge em 2. No instante t = 0. Sua aceleração escalar permaneceu constante durante todo o movimento. 100 s após a partida de B num ponto mais próximo da extremidade E. Sua velocidade escalar inicial é de 10m/s. A aceleração escalar media é: a) b) 7. 44 Partindo do repouso. um trem de 200m. com velocidade constante de módulo 20m/s.

2m/s2 c) 3m/s.1.0s e progressivo a partir deste instante.5 48 (UF São Carlos – SP) Um carro movendo-se no sentido positivo do eixo x. 6m/s2 6m/s. em movimento uniformemente variado. Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r. freia de modo que após 1.0 – 2. ao passar pelo ponto A é de 2m/s. em movimento retilíneo uniformemente variado. a distância de 4. de: a) b) 18 0. em m/s2. e atinge a velocidade escalar de 72Km/h em 10 segundos.0m em 2.66 Km/s2 49 A equação horária do espaço de um móvel é: S = 3 + 6t + 2t2 (S. A velocidade escalar inicial e a aceleração escalar valem respectivamente: a) b) 3m/s. ele está comunicando ao carro uma aceleração escalar média.1. O movimento é retardado até o instante t = 1. mantendo aceleração escalar constante. O sentido do movimento é de A para B.0s.0m/s. O movimento é retrógrado até o instante t = 6. 2m/s2 d) 6m/s. Obtenha: a) As equações do espaço e da velocidade escalar. Pode-se afirmar que: a) b) c) d) e) O movimento é sempre progressivo e acelerado. b) A sua velocidade escalar ao passar pelo ponto B. admitindo a origem dos tempos no instante da partida.0 Km/min2 c) d) . Determine: a) A aceleração escalar do movimento do ponto material. atingindo a velocidade escalar de 3.8 e) 0. 52 Um ponto material.0. percorre em 3 segundos a distância de 24 metros que separa dois pontos A e B. 4m/s2 e) 3m/s. O movimento é acelerado até o instante t = 1. b) A distância percorrida nestes 10 segundos de movimento.I).1 7/30 .0s e retardado a partir deste instante.0 Km/min2 1. respectivamente. Calcule: a) A velocidade escalar inicial. porém sempre acelerado. 53 Uma partícula percorreu. onde estava em repouso. 51 Um automóvel parte da origem dos espaços. 4m/s2 50 (OSEC – SP) Um ponto material move-se em trajetória retilínea obedecendo à equação horária do espaço: S = 6. com velocidade de 100Km/h. O movimento é sempre retrógrado e retardado.0t2 onde S e t são medidos em metros e segundos.0 minuto sua velocidade passa a ser de 40Km/h.0t + 1.2 c) d) 5 1.0 m/s2 . b) A aceleração escalar.66 Km/min2 e) 0. A aceleração escalar média do carro será: a) b) .CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática 47 (UNISINOS – RS) Quando um motorista aumenta a velocidade escalar de seu automóvel de 60Km/h para 78Km/h em 10s.0s e acelerado a partir deste instante. Sua velocidade escalar.

t1). v (m/s) v2 4. permitiu que se levantasse o diagrama horário ao lado: S (m) Parábola 16. b 10. 5. b) A velocidade escalar média no intervalo de tempo: [1.0t2 (unidade do SI).0s a 4.0s. um automóvel tem sua velocidade escalar regida pela equação horária: V = 12. em 5 segundos.0m/s2. Determine: a) A velocidade escalar nos instantes t1 = 1.0s e t2 = 4.0 10. 56 Um veículo desloca-se em movimento retilíneo uniformemente variado.0 (em unidades do SI). no intervalo de tempo (0. o móvel partiu no instante t = 0.0 5. em MUV. que separa dois pontos.0 t(s) 60 As figuras (a) e (b) abaixo representam os diagramas horários da velocidade escalar e da aceleração escalar de uma partícula. a 10.0 t (s) a (m/s2) Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r. b) A velocidade escalar média no intervalo de tempo de 1. Sua aceleração escalar é constante e vale -2.1 8/30 .0s e t2 = 5.0s. Num dado instante (t = 0) ela passa por um ponto P e sua velocidade escalar vale 4. 59 Determine a aceleração de uma partícula que.0m/s. Determine: a) O instante em que o móvel inverte o sentido de seu movimento.0t (em unidades do SI).0 + 12t – 3.CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática 54 Um ponto material em MUV tem sua velocidade escalar dada pela equação horária: V = 2. Qual o valor de sua de sua velocidade ao passar pelo primeiro ponto. 58 Uma partícula está em movimento retilíneo retardado.0s.0s. Determine: a) A velocidade escalar nos instantes t1 = 1.0s].0 Fig.0 + 6.0 0 1. em relação a P. 55 Em uma estrada retilínea.0 6.0 0 5. Determine: a) O instante (t1) em que ela passará novamente por P. se ela foi de 10m/s no segundo ponto? 57 A equação horária de um movimento é dada por: s = 1.0t – 2.0 t (s) 0 5.0 Fig. b) A distância máxima atingida. Percorre a distancia de 60m. b) O instante em que lê passa novamente pelo ponto de partida.

b) Determine. onde a aceleração é constante. b) Escreva a equação horária do espaço. 65 De um helicóptero que sobe verticalmente é abandonada uma pedra quando ele se encontra a 75m do solo.0 t (s) 62 Um ponto material é lançado verticalmente para cima a partir do solo. com velocidade escalar inicial igual a 9. ela pode construir o diagrama horário da velocidade escalar.CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática a) Determine a velocidade escalar (v2) no instante t2 = 10s.0 0 2. 7.0 7.0 4.0m/s”.0 1. Ela retornou às suas mãos 2. Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r.0s. determine o módulo da aceleração da gravidade obtido pelo cientista. Vértice da Parábola 52.0s para atingir o solo. b) O módulo da velocidade da pedra ao atingir o solo. c) Esboce o diagrama horário dos espaços.1 9/30 . t2 = 10s. um cientista realizou uma experiência com a finalidade de medir a aceleração da gravidade: “lançou verticalmente para cima uma bolinha de aço.0 0 2.0 4. sabendo-se que ela passou pela origem dos espaços no instante t = 0. t1 = 5.0s. a variação de espaço e a distância efetivamente percorrida pela partícula.0 t (s) 64 Numa dada região. b) A aceleração da gravidade local. v (m/s) 9. Determine: a) O modulo da velocidade. b) A aceleração da gravidade local. para o intervalo de tempo [1. Sendo desprezível a resistência do ar. Desprezando a resistência do ar no local.0 a) Determine o instante em que ela inverte o sentido do movimento.0 1. A pedra leva 5. onde a aceleração da gravidade é constante. 0 25. com velocidade inicial de módulo V0. Determine: a) O modulo da velocidade inicial (V0). uma pessoa atirou um objeto para cima a fim de determinar a aceleração da gravidade local. S (m) 61 A parábola da figura dada é o gráfico da função horária dos espaços de uma partícula.0s após o lançamento. Com o lançamento.0 t (s) 63 Num certo local. h (m) Vértice da Parábola 20. Adote g = 10m/s2 e despreze os efeitos do ar.0s]. Determine: a) A velocidade de subida do helicóptero no momento em que a pedra foi abandonada. É conhecido o diagrama horário da altura. Indique no gráfico os valores do espaço nos instantes: t0 = 0.

a distância percorrida nos 12 primeiros segundos.0 Fig. 8 4 0 4 v (m/s) 4 2 8 12 t (s) 68 Um ponto material movimenta-se sobre uma trajetória retilínea e sua velocidade varia com o tempo.5 2.0 m 30.0 m c) d) 20.0 m 5.5 e 3. Determine.0 m Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r. é: a) b) 4. A velocidade da partícula em função do tempo é representada pelo gráfico ao lado. entre os instantes t1= 0 t2 = 3s. após ambas terem passado por P.0 B A B P A 20. a a) A aceleração escalar da partícula B.4 m/s2 0.0 m/s2 0 1 2 3 4 5 t (s) e) zero 68.0 m e) 0 2.0 e 3.1 10/30 .0 m 10.3 (PUC-SP) A distância percorrida pelo ponto material. A posição da partícula no instante t = 2s é: a) b) 0.1 (PUC-SP) A aceleração escalar média do ponto material. No instante t0 = 0s a posição da partícula é x0 = 10m.CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática 66 Na figura anexa mostram-se as velocidades escalares de A e B.75 0. são. b) O instante em que B consegue alcançar A. entre os instantes t1= 0 e t2 =5s é: a) b) 0.0 e 3.8 m/s2 c) d) 1.0 t (s) .5 m 7.0 m/s2 14.0 0 30.2 (PUC-SP) Nos instantes t3 = 1s e t4 = 3. em metros. respectivamente: a) b) 1.0 e 1.0 v (m/s) 69 (OSEC-SP) Uma partícula percorre o eixo dos X.0 m c) d) 6.5s os valores da velocidade.10.75 e) 2. Determine: v (m/s) 50.5 m 20. de acordo com o diagrama ao lado: 68.0 e 1.5 c) d) 1. em m/s.5 68. duas partículas que passaram por um mesmo ponto P no instante t = 0. v (m/s) 67 (UF-CE) A figura representa o gráfico da velocidade que se move em linha reta. b t(s) Fig.0 m e) 7.

b) A aceleração escalar média entre os instantes 0 e 6.0m/s.0 6.0s é: a) b) 10 60 c) d) 80 90 0 2 4 6 t (s) e) 100 71.0 0 3. situada a 400Km ao norte de A. 71 Um corpo movimenta-se sobre um eixo orientado OX.0s abscissa do ponto onde se localiza o corpo.CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática 70 No instante t =0 a velocidade escalar inicial da partícula P era V0 = 9. c) O tempo de vôo.0s. Sua aceleração escalar variou com o tempo segundo o gráfico ao lado. com velocidade 13m/s em relação à água. 74 Um barco gasta um mínimo de 15s para atravessar um rio de margens paralelas.1 (UF-MT) A distância. em metros. O gráfico da velocidade em função do tempo está esquematicamente na figura.0m/s em relação às margens. pede-se: a) A velocidade do barco em relação às margens. Sabendo que a distância entre as margens é 48m. é: a) b) zero 60 c) d) 80 90 e) 100 72 A correnteza de um rio retilíneo e de margens paralelas tem velocidade de 5. em metros. Sabendo que a velocidade do avião em relação ao ar é 200Km/h.1 11/30 . para um observador fixo na margem.2 (UF-MT) No instante t = 6. Qual o módulo da velocidade do barco em relação à água? Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r. α (m/s2) 2. c) O tempo de travessia. b) O ângulo que o eixo do barco deve fazer com a direção normal às margens. pede-se: a) O ângulo que o eixo do avião forma com a direção sul – norte. percorrida pelo corpo no intervalo de tempo compreendido entre os instante t = 0 e t = 6. b) A velocidade do avião em relação ao solo.0s. de modo que a direção de seu movimento é perpendicular à correnteza.0 t (s) v (m/s) 20 10 71. Os instrumentos do aeroporto registram um vento de 50Km/h de oeste leste. 73 Um avião vai de uma cidade A para uma cidade B. Calcule: a) A velocidade escalar no instante t1= 6. A distância entre as margens é de 300m. Um barco sai de uma das margens em direção de seu à outra. No instante t = 0 ele passa pelo ponto de abscissa x0 = 10m.

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática 75 Considere um rio retilíneo e de margens paralelas. A e B. são lançados verticalmente para cima com a mesma velocidade inicial de 40m/s. calcule: a) A velocidade da lancha em relação à água. quando dele se solta uma pedra. A altura máxima atingida em relação ao solo. sendo a distância entre as margens igual a 120m. pedem-se: a) b) c) d) e) f) g) A função s = f(t). Nesse instante sua velocidade é de 100m/s. 76 Consideremos um rio de margens paralelas. da lancha em relação às margens. Adotar g = 10m/s2. verticalmente para cima. com velocidade inicialmente de 20m/s. determine a velocidade de lançamento. determine: a) O instante em que os móveis se encontram a partir do lançamento do 2º corpo. Ao atingir uma altura de 480m. cuja velocidade em relação à água é 8. A velocidade da água em relação às margens é de 10 m/s. O tempo gasto pelo corpo para retornar ao solo. 78 Um corpo é lançado do solo. 80 Um foguete é lançado verticalmente de uma base. A figura 1 representa a velocidade v.0m/s. Um barco. Adote g = 10m/s2. Sabendo que v = 20m / s . Desprezando a resistência do ar e adotando g = 10m/s2. O tempo gasto pelo corpo para atingir a altura máxima. Usando g = 10m/s2. calcule o módulo da velocidade com que o primeiro estágio atingirá o solo. atravessa o rio de uma margem à outra no menor tempo possível. do topo de um edifício de 30 metros de altura. A velocidade do corpo ao tocar o solo. 2 77 Um helicóptero está subindo verticalmente com velocidade constante de 20m/s e encontra-se a 105m acima do solo. b) A velocidade da água em relação às margens. Quanto tempo demorou a travessia? v 60º Fig. Os gráficos s = f(t) e v f(t). Desprezando a resistência do ar e admitindo g = 10m/s2. Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r. A função v = f(t). o combustível do primeiro estágio acaba e ele é desacoplado do foguete. b) As velocidades de A e B nesse instante. Sabendo que a bola atinge o solo novamente ao fim de 4 segundos. Uma lancha vai de uma margem à outra. mantendo seu eixo perpendicular à correnteza. Determinar o tempo gasto pela pedra para atingir o solo. 1 d = 120m VBA VBM VAM Fig.1 12/30 . O móvel B é lançado 3s após o lançamento do móvel A. 81 Dois móveis. 79 Uma bola é lançada verticalmente de baixo para cima de uma altura de 60 metros em relação ao solo. cuja velocidade em relação às margens é constante.

1 13/30 . Determine sua velocidade ao atingir a água. b) A velocidade ao tocar o solo. Dado g = 10 m/s2. determine a velocidade da água em relação às margens. Sabe-se que a pedra leva 1.8s para atingir a água. quando a lancha navega a favor da correnteza de um rio. 83 Uma pedra foi lançada verticalmente para cima. 87 Um elevador de 3 metros de altura sobe com aceleração igual a 8m/s2. e a velocidade da lancha em relação às águas. Admitindo g= 10 m/s2. quando a lancha navega contra a correnteza. O impacto da pedra com o fundo do poço ocorre 4s após o lançamento. Admitindo g = 10 m/s2. 84. 84 Um corpo é abandonado do alto de uma montanha de 500 metros de altura em relação ao solo. calcule a velocidade de lançamento da pedra.CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática 82 Um balão sobe verticalmente com movimento uniforme e.1 Um nadador pula verticalmente de um trampolim de 10m de altura. da beira de um poço com profundidade 18m. Adote g = 9. pergunta-se: a) Depois de quanto tempo ela toca o piso do elevador? b) Qual sua velocidade ao tocar o piso? Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r. calcule: a) O tempo gasto para atingir o solo. Desprezando a resistência do ar e admitindo g = 10m/s2. seu piloto abandona uma pedra que atinge o solo 7s após. determine: a) A velocidade ascensional do balão.8m/s2. e que g = 10m/s2. 85 Uma pedra cai de uma ponte em um rio. é de 5m/s. Num dado instante uma lâmpada se solta do teto. b) A altura em que a pedra foi abandonada. 3 segundo após sair do solo. a) Qual a velocidade com que a pedra atinge a água? b) Qual a altura da ponte? 86 A velocidade de uma lancha em relação à terra é de 15m/s. Admitindo que a velocidade própria do barco e a velocidade das águas são constantes.

em 10s. a que distancia este será encontrado sobre a pista.80m do solo e que se fixa à pista no local em que atingiu. a) Rio abaixo b) Rio acima 94 Um projétil é atirado horizontalmente do alto de uma torre de 125 metros de altura com velocidade inicial de 80m/s. gastará 6s. com uma velocidade de 100m/s. A velocidade do projétil no instante 6s. Em quanto tempo subirá o mesmo trecho. 91 Um avião cuja velocidade de cruzeiro é 400km/h em relação ao ar deve fazer uma viagem de ida e volta entre duas cidades A e B distante 600km.1 . A que distancia do pé da torre o projétil atinge o plano horizontal que por ela passa. em m. Sabendo que a velocidade própria da lancha é de 15m/s. c) As coordenadas do projétil no instante de 2s. a) Quanto tempo demorará a viagem num dia sem vento? b) Quanto tempo demorará a viagem num dia em que a velocidade do vento que sopra de A para B é de 100km/h? c) Quanto tempo demorará a viagem se a velocidade do vento for igual a 100km/h e for perpendicular à reta que une A e B? 92 Uma lancha atravessa um rio de 600 metros de largura dirigindo-se perpendicularmente à correnteza do rio. determine a velocidade da correnteza. A altura máxima atingida pelo projétil em relação ao solo. O barco navega num rio cuja correnteza tem velocidade de 3m/s. se a escada não estiver funcionando? 89 De um ônibus que trafega numa estrada reta e horizontal com velocidade constante de 20m/s desprende-se um parafuso. Admitindo g = 10m/s2 e 3 = 1. determine: a) b) c) d) e) O tempo gasto para atingir a altura máxima. na parada e na manobra pra voltar. atingindo a outra margem num ponto situado a 200 metros abaixo do ponto de partida. situado a 0. determine. Calcule a distância percorrida pelo barco em 10 minutos. Tomando como referencia uma escala cujo zero coincide com a vertical no instante em que se inicia a queda do parafuso e considerando g = 10m/s2. nos casos.CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática 88 Um garoto sobe um trecho de uma escada rolante. imprimindo a mesma cadência. sem caminhar sobre seus degraus.7 . 93 O motor de um barco comunica-lhe uma velocidade de 18km/h em águas paradas. 14/30 Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r. Despreze o tempo gasto na partida. determine: a) O tempo que o projétil leva para atingir o solo. se o garoto subir esse mesmo trecho caminhando ao longo dos degraus. com a escada em funcionamento. Admitindo g = 10m/s2. b) A velocidade do projétil ao atingir o solo. 90 Do alto de uma torre de 100m de altura lança-se um projétil para cima numa direção que forma um ângulo de 60° com o plano horizontal. As coordenadas do projétil no instante 4s.

o instante indicado pelo cronômetro no qual o corpo atinge o solo.CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática 95 Do topo de um edifício de altura igual a 80 metros é lançado horizontalmente uma pedra que deve atingir um alvo colocado sobre o solo. Adote g = 9. b) A velocidade com que a pedra atinge o solo. Admitindo g = 10 m/s2. A velocidade da correnteza é de 3km/h. um corpo é lançado com uma velocidade de 21m/s.8m/s2. patrulhando a costa brasileira. ele observa um submarino inimigo parado na superfície. um bombardeiro deixa cair uma bomba. Em um dado instante. imprimindo-lhe uma velocidade v0 de modulo 8m/s e que faz com a horizontal um ângulo de 60°. indicado por um cronômetro. determine: a) A velocidade de lançamento. 100 Lança-se horizontalmente um corpo sob a ação da gravidade de uma elevação de 70 metros de altura. atingindo o solo novamente. a 300m de altitude. 10m/s2. com velocidade de 540km/h. b) A que distancia da vertical que passa pelo alvo se encontra o avião nesse instante. 99 (Vunesp) Em vôo horizontal. Desprezando as forças de resistência do ar e adotando g = 10m/s2. 98 No instante t = 5s. determine: a) O instante em que o corpo passa por um ponto localizado a 50 metros do solo. determine a distancia entre as posições A e B. Determine. g = 10m/s2. c) A velocidade da bomba no instante em que atinge o alvo. b) O alcance desse lançamento. determine: a) Sob o ângulo com a vertical deve o aviador observar o alvo a ser bombardeado no instante em que deixar cair à bomba. 97 Uma bola está parada sobre o gramado de um campo horizontal na posição A.1 15/30 .70. formando um ângulo de 45°com a vertical numa região na qual g = 9. calcule a velocidade da bomba no momento da explosão. 102 Um barco sai do ponto A para atravessar um rio de 2km de largura. A bola sobe e desce. Sabendo que a velocidade de lançamento é igual a 40m/s e a aceleração da gravidade no local. aproximadamente. Um jogador chuta a bola para cima. Determine a velocidade do barco em relação às águas. 101 Um avião de bombardeio voa horizontalmente com velocidade constante de 900km/h a uma altitude de 5km. Desprezando a resistência do ar. Dados: cos 45° = sen 45° = 0. Desprezando a resistência do ar. Sabendo-se que = 10m/s2 e que a resistência do ar é desprezível. B 2Km 3Km/h A Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r. A travessia é feita segundo a menor distancia AB e dura meia hora. na posição B. distante 60 metros da base do edifício. Esta explode 15s antes de atingir o solo.8m/s2. calcule o tempo de que dispõe o submarino para deslocar-se após o avião ter soltado uma bomba. 96 Um avião Xavante está a 8km de altura e voa horizontalmente a 700km/h.

b) Calcule o valor da velocidade da chuva. Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r. b) Qual a velocidade das pedras ao atingirem o solo? 110 Na lua. Por qual andar ele passará 2 segundo após o lançamento? Admitindo g = 10 m/s2 e despreze o atrito com o ar. determine a velocidade do corpo ao atingir o solo. pinga lentamente à razão de 3 gotas por minuto. pela janela do 14º andar. 104 (Mack-SP) Solta-se um corpo do alto de uma torre de 80m de altura. 1 segundo após o lançamento. para uma pedra cair em queda livre. da altura de 20m e atingir a superfície lunar.0m acima do solo. a) Qual a velocidade com que a pedra atinge o chão? b) Quanto tempo leva a pedra para atingir o chão? 109 Um observador deixa cair uma pedra de uma janela a 60m de altura. a) Com que velocidade uma gota atinge o solo? b) Que intervalo de tempo separa as batidas de 2 gotas consecutivas no solo? g = 10 m/s2. 108 Do alto de uma montanha de 178. lança-se uma pedra. a partir do repouso. Ao parar o carro.CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática 103 Um carro move-se a 80km/h sob uma tempestade.17.98 e cós 80° = 0. calcule esse valor. ele nota que a chuva cai verticalmente. a) Calcule o tempo transcorrido entre os instantes em que as pedras atingirem o solo. com velocidade inicial de 20m/s. a) Supondo constante a velocidade da queda da chuva. passando. 105 Se não houvesse atrito com o ar qual seria a velocidade com que chegaria ao solo uma gota de chuva que cai de uma nuvem que está a 245m de altura? Adote g = 10m/s2 106 Um corpo é abandonado de certa altura e atinge o solo com uma velocidade de 80m/s.45m de altura. Admita g = 10m/s2 107 Um pequeno objeto é largado do 15ºandar de um edifício. necessita de 5. no instante em que a primeira pedra passa por ele. em relação ao carro. 111 (Unicamp-SP) Uma torneira. Dados: sen 80° = 0. Determine a aceleração da gravidade da lua. quando este está se movendo. Desprezando a resistência do ar e adote g = 10m/s2. em relação ao carro parado.1 16/30 . Determine a altura de onde ele foi abandonado. verticalmente para baixo. e seu motorista observa que a chuva deixa nas janelas laterais marcas inclinadas de 80° com a vertical.0 segundos. com base nessas medidas. Outro observador abandona outra pedra de uma janela a 20m do solo. situada a uma altura de 1.

0 Km/h e) 14.0 Km/h c) d) 8. Sua velocidade em relação à margem será: a) b) Maior que 3v 2 Menor que v c) d) Igual a 3v 2 Igual a 5v 2 e) Igual a v 2 118 (IE Itajubá – MG) um barco atravessa um rio. determine a profundidade do poço.0 m/s c) d) 5. Um nadador que desenvolve uma velocidade de 3v 2 em relação à correnteza deve atravessar o rio perpendicularmente à velocidade da correnteza. pede-se: a) Após quanto tempo. Sabendo-se que a velocidade do barco em relação ao rio é de 4m/s. a segunda 0. Sabendo que a direção AB é perpendicular à velocidade da correnteza. atravessa o rio indo em linha reta de um ponto A a outro B. podemos afirmar que o módulo da velocidade do barco em relação à água é: a) b) 2. Sabendose que g = 10m/s2. seguindo a menor distância entre as margens. que são paralelas. 115 (FESP-SP) Um barco leva um tempo mínimo tempo de 5 min para atravessar um rio quando não existe correnteza. podemos dizer que.0m/s em relação às margens. o mesmo barco levará para atravessa-lo.0 m/s 4.2s depois da primeira.8 m/s e) 8.1 17/30 . Um barco.0Km/h.0 Km/h Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r. situado imediatamente à frente. em relação ao lançamento da primeira. Esta leva 4s para atingir o solo. pode-se afirmar que a velocidade do barco em relação em relação às margens foi de: a) b) 2. a distância entre as pedras será de 1m? b) No momento em que a distância entre elas é de 1m.0 Km/h 10. Considerandose a velocidade do som no ar 320m/s e g = 10m/s2.0m/s em relação à água. qual a velocidade de cada pedra? 114 Deixa-se cair uma pedra num poço. a travessia é feita em 15 mim e a velocidade da correnteza é de 6. quando as águas do rio tiverem uma velocidade de 3m/s. que se movimenta com velocidade constante de 5.0Km.0 Km/h 6. na margem oposta. deixa cair uma bomba.0 m/s 5.25s após ter-se soltado a pedra. 113 Do alto de uma torre deixados cair duas pedras. Sabendo-se que a largura do rio é de 2. Qual a velocidade de descida do pára-quedista? Adote g = 10m/s2.0 m/s 117 (PUC-SP) A correnteza de um rio tem velocidade v em relação ao solo. quando a 120m do solo. no mínimo: a) b) 8 min 45s 5 min c) d) 6 min 15s 4 min e) 7 min 116 (PUC-RS) A correnteza de um rio tem velocidade constante de 3.CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática 112 Um pára-quedista. ouvindo-se o som do choque contra o fundo 4.

Nenhuma das anteriores. podemos afirmar que: a) b) c) d) e) v2 = 340 Km/h se o vento for de norte para sul.0m acima do solo.0m/s. 121 (MAPOFEI-SP) Um ponto material realiza um movimento plano tal que suas coordenadas são dadas pelas equações x = 1 + 3t e y = 1 + 4t.80m d=? 124 (PUC –SP) Um trem dotado de velocidade constante. v2 = 140 Km/h se o vento for de sul para norte. entre o pé da mesa e o ponto onde a bolinha atinge o solo. 122 Um avião voa paralelamente ao solo. Desprezando os efeitos do ar. a uma altura de 245m. Determine a velocidade instantânea. 120 (EE MAUÁ. A altura da mesa é 0. se o vento for leste para oeste. vale: a) b) 25 m 20 m c) d) 15 m 10 m e) 5m 125 (PUC –SP) O esquema representa uma correia que transporta minério lançando-o no recipiente R. Determinar: a) A velocidade do ponto material. no intervalo de tempo empregado pela lanterna para atingir o solo. um avião voa para o norte com velocidade v1 = 240Km/h. v2 = 260 Km/h entre nordeste e leste. Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r. com x e y em metros e t em segundos. Vo Vo 0. no instante em que uma lanterna se desprende de um ponto situado na sua traseira.SP) um automóvel trafega com velocidade constante v = 72Km/h. supondo a aceleração local da gravidade 10m/s2. A velocidade do vento (em relação ao solo) é de 100Km/h.80m e a aceleração da gravidade é g = 10m/s2. com velocidade constante cujo módulo é Vo = 7.1 18/30 . do ponto da roda que é simétrico (em relação ao centro da roda) daquele que faz com o solo.50m e rodam sem escorregar. corre sobre trilhos horizontais. Num determinado instante ele solta uma bomba. em relação ao solo.A distância percorrida pelo trem. v2 = 260 Km/h entre norte e noroeste. igual a 90Km/h. b) A equação da trajetória. depois de quanto tempo a bomba atinge o solo? 123 Uma bolinha rola sobre uma mesa. A velocidade da correia é constante e a aceleração local da gravidade é 10m/s2. As suas rodas têm diâmetro D = 0. se o vento for de oeste para leste. Sendo v2 a velocidade do avião em relação ao solo.CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática 119 (FATEC – SP) Em relação ao ar. calcule a distância d. com velocidade constante. Desprezando os efeitos do ar e supondo g = 10m/s2. a 5.

Se g = 10m/s2 e sendo desprezível a resistência do ar. Deixa cair uma bomba. numa região em que a aceleração da gravidade tem módulo igual a 10m/s2. que atinge o solo à distância de 1000 metros da vertical de lançamento inicial da bomba. 104 e) 2. Permanece o mesmo. Carlos Chagas – SP) Um avião voa à altura de 2000m. 104 127 (Fund. a velocidade v da correia. o intervalo de variação das velocidades limites. com velocidade constante. que contém o ponto de lançamento.CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática Para que todo minério caia dentro do recipiente. a bomba atinge o solo? b) Qual o alcance horizontal da bomba? c) Qual o módulo da velocidade da bomba.0 . 102 1. a distância em metros entre a vertical. 103 1. De que posição ele deve soltar uma bomba para atingir um alvo no solo? Use g = 10m/s2. deve satisfazer a igualdade: a) b) 2<v<3 2<v<5 c) d) 1<v<3 1<v<4 e) 1<v<5 125. paralelamente ao solo horizontal. Desprezando os efeitos do ar e supondo g = 10m/s2.1 Se for aumentado o desnível entre a correia transportadora e o recipiente R. a bomba atinge o solo? b) O alcance horizontal da bomba c) O módulo da velocidade da bomba.0 . no momento em que atinge o solo? 130 Um avião voa à altura de 2000m. Desprezando-se resistência do ar. com velocidade constante e horizontal. Num determinado instante. no momento em que solta uma bomba. no momento em que atinge o solo Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r. dada em m/s. Diminui. calcule: a) Depois de quanto tempo. Desprezando os efeitos do ar e supondo o chão horizontal. 129 Um avião voa a uma altura de 320m. Permanece o mesmo.0 .0 . responda: a) Depois de quanto tempo. à altura de 500m do solo plano e também horizontal. cujo módulo é Vo = 60m/s. mas os valores das velocidades limites aumentam. uma bomba é solta do avião. a velocidade do avião é um valor mais próximo de: a) b) 50 m/s 150 m/s c) d) 250 m/s 2000 m/s e) 4000 m/s 128 (FEI-SP) Um bombardeiro voa a 3920m de altura com velocidade de 1440Km/h. 126 (FCM Santa Casa – SP) Um avião solta uma bomba quando voa com velocidade constante e horizontal de 200m/s. paralelamente ao solo.0 . e o ponto de impacto da bomba no solo será: a) b) 5. assim como os valores das velocidades limites. com velocidade constante Vo = 100m/s. após ser solta. após ser solta. 103 c) d) 2. Aumenta.1 19/30 . mas os valores das velocidades limites diminuem. para que todo minério caia em R: a) b) c) d) e) Permanece o mesmo o mesmo.

136 As engrenagens de um relógio se movem transmitindo movimento entre si. em movimento uniformemente acelerado. O raio da trajetória.0s os módulos da: a) Aceleração tangencial. Se uma engrenagem com 1. c) Aceleração resultante.80. tendo velocidade escalar Vo = 8.0m/s no instante t = 0. b) A velocidade angular.0cm de diâmetro se move com período de 10s. calcule no instante t = 2. A velocidade linear de um ponto da periferia.0m/s.0m.1 . No instante t = 1. O módulo da velocidade no instante t = 1.0s.0s a aceleração vetorial instantânea a tem módulo 20 m/s2 e está representada no desenho ao lado. c) A velocidade linear. Sabendo que no instante t = 0s a velocidade escalar da partícula é 6. Sobre uma trajetória circular de raio R = 25m.0cm desse mesmo centro: a) A freqüência em hertz e o período em segundos. c) Aceleração vetorial instantânea 132 Uma partícula move-se em trajetória circular de raio R = 24m. b) Aceleração normal. O módulo da aceleração centrípeta no instante t = 1. calcule os módulos da: a) Aceleração tangencial. Determine. b) Aceleração normal. c) Aceleração resultante.50cm de diâmetro em contato com ela: a) b) c) d) O período A freqüência A velocidade angular. de aceleração escalar α = 3. 20/30 Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r. tendo velocidade escalar Vo = 4.60 e cosθ = 0.0m/s no instante t = 0.0m/s2. calcule: a) b) c) d) O módulo da aceleração escalar. de aceleração escalar α = 3. para um ponto A situado a 15cm do centro do disco e para um ponto B situado a 5. 133 Uma partícula tem movimento uniformemente acelerado. 134 Uma partícula P move-se em trajetória circular de centro o. Sabendo que senθ = 0.0m / s 2 .CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática 131 Consideremos uma partícula em movimento circular e uniforme cuja velocidade escalar é 20m/s. determine para outra engrenagem de 0. P θ a O 135 Um disco comum de vitrola gira com aproximadamente 30 rotações por minuto. No instante t = 2. calcule os módulos da: a) Aceleração tangencial.0s. b) Aceleração normal. Sabendo que o raio da trajetória é igual a 4.0s.

determine: a) b) c) d) A freqüência expressa em hertz. A maior tem freqüência de 60 rotações por minuto e raio 10cm. 142 (EF-ES) Qual é. cujo raio é de 20cm. O modulo da aceleração centrípeta.0 e 0. Para a engrenagem menor. com unidades do Sistema Internacional.50 e 5. expressa em metros por segundos.0cm. Determine: a) b) c) d) O espaço angular inicial e a velocidade angular do móvel. Determine: a) b) c) d) A velocidade linear do ponto B.50m/s. como mostra a figura.50 e 2. A B 138 Duas engrenagens de uma máquina estão ligadas por uma corrente. Quantas voltas o móvel realiza em 50s. em rad/s? a) b) 2 ⋅ 10 -1 2 ⋅ 10 -2 c) d) 4 ⋅ 10-3 4 ⋅ 10-4 e) 7 ⋅ 10-5 143 (UF-RS) Um corpo em movimento circular uniforme completa 20 voltas em 10 segundos.0 segundos. cujo o raio é de 4.CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática 137 Duas polias são ligadas por uma correia. A velocidade angular de cada uma das polias. 139 Um móvel descreve um movimento circular e uniforme. A equação horária de o espaço angular do movimento. 140 Um móvel realiza um movimento circular uniforme obedecendo à equação horária s = 8. tem raio igual a 10cm. de modo que o movimento de uma acarreta o movimento da outra.0 2. para esse movimento: a) b) c) d) e) O período. A polia menor. O período. A equação horária do espaço angular do movimento. aproximadamente. realizando 25 voltas em 5. 141 A equação horária de um movimento circular uniforme de raio 5. A velocidade linear. sendo 10cm o raio da trajetória. A velocidade linear. O período e a freqüência do movimento.0 10 e 20 e) 20 e 2. da qual se destaca um ponto B. move-se com velocidade linear de 0. expresso em segundos. O ponto A da polia maior.1 21/30 . respectivamente: a) b) 0. O numero de voltas descritas pelo móvel em 20 s. de um ponto da periferia. A freqüência de cada uma das polias. expressa em radianos por segundos.0 Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r. A velocidade angular. A velocidade angular. com unidades do Sistema Internacional. sem que haja deslizamentos.0 + 2.0m é s = 5.0 + 5.0t. a velocidade de rotação da Terra em torno de seu próprio eixo. A freqüência. Determine: a) b) c) d) O espaço angular inicial e a velocidade angular do móvel. O período de cada uma das polias.0m.50 c) d) 0.0t. Determine. O raio da trajetória é igual a 2. O período (em s) e a freqüência (em s-1) do movimento são. O período e a freqüência do movimento.

cujas rodas possuem um diâmetro d = 0. Determinar: a) Sua velocidade. é correto afirmar que: a) b) c) d) e) Eles possuem a mesma velocidade angular. 15s. 0. de modo que o diafragma permanece aberto durante 1/500s.0Hz e 2π rad/s 145 (FEI – SP) Um automóvel. 2. 200π cm/s 147 (AEU-DF) A velocidade angular do ponteiro de segundos de um relógio é: a) b) π 60 rad/s rad/s c) d) π 20 rad/s rad/s e) π 10 rad/s π 30 π 15 148 (UF Uberlandia-MG) Relativamente aos ponteiros das horas e dos minutos de um relógio comum. Eles possuem a mesma freqüência.6km no intervalo de tempo ∆t = 30min.50s.0s.50Hz e π rad/s c) d) 2. 240π cm/s e) 40π rad/s. 15s. 1/15s. A velocidade angular do primeiro é maior. percorrendo a distância l = 56. respectivamente: a) b) 0. obterá o homem uma boa foto do menino? Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r. move-se com velocidade constante. não deverá exceder 3mm. a freqüência e a velocidade angular desse móvel são. o seu período e a sua velocidade linear são respectivamente: a) b) 20 rad/s. 1/15s. 280π cm/s 30 rad/s.0s. O período do primeiro é maior.CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática 144 (U Moji das Cruzes-SP) Um ponto material possui movimento circular uniforme e realiza uma volta a cada 2. 146 (UF – PR) Um ponto em movimento circular uniforme descreve 15 voltas por segundo em uma circunferência de 8. 1/10s. 1. 2. 2. em m/s. Um homem. b) O numero de rotações por minuto de cada roda. Adotar π = 3. Sabe-se que para obter uma boa foto (sem borrão) o deslocamento do menino. 160π cm/s c) d) 30π rad/s. V(m/s) 12 149 Um móvel percorre uma circunferência de raio 9m e possui velocidade escalar em função do tempo dada pelo gráfico ao lado. Nas condições dadas.50m. A sua velocidade angular. 240π cm/s 60π rad/s. ajusta a sua máquina para fotografar o menino.0s. no solo.0Hz e π/2 rad/s 2.0s. O período. durante a tomada da fotografia.0Hz e π rad/s e) 2.50s. A aceleração angular do segundo ponteiro é maior.0Hz e 2π rad/s 0.0cm de raio.1 22/30 .14. a) Qual a distância percorrida pelo móvel de 0 a 4s? b) Qual o módulo da aceleração centrípeta do móvel no instante 2s? c) Qual o módulo da aceleração tangencial do móvel no instante 2s? 0 4 t(s) 150 Retome o enunciado da questão anterior.

Ela é constituída por uma gaiola em rotação mediante um braço de comprimento 8m. Sendo o diâmetro do disco igual a 16cm. efetuando 20 voltas por minutos.CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática 151 A figura ilustra esquematicamente uma cabine na qual um futuro piloto espacial realiza adestramento para suportar os efeitos de uma grande aceleração que encontrará no instante de lançamento. a) Qual o período do movimento? b) Qual a velocidade angular e a velocidade escalar do corpo? c) Qual a aceleração centrípeta do corpo? 155 Quando acionamos um cronômetro para estudar o movimento de um corpo que percorria uma circunferência. 153 Considere dois móveis que descrevem uma mesma circunferência com movimentos uniformes e no mesmo sentido. b) Calcule os módulos de v e a . os móveis ocupam a mesma posição.14 . determine a velocidade linear de um ponto de sua periferia. As freqüências dos movimentos são 5rpm e 3rpm e. sabendo que o alvo executa 300 rotações por minuto. uma posição fixa.1 23/30 . 157 Um disco de eletrola gira a 45rpm. no instante t = 0. o piloto deve ser submetido a uma aceleração centrípeta igual a 117. relativamente ao carrossel. Adote π = 3. Determine o número de voltas efetuadas pelo ponteiro dos minutos neste período. Calcule a velocidade angular que deverá ser imprimida ao motor da cabine. 158 Um menino está num carrossel que gira com velocidade angular constante. assinale os vetores velocidade v e a aceleração a correspondentes a uma posição arbitrária do menino. Durante o movimento. A criança mantém. Uma formiga sai no instante t = 0 da origem e caminha pelo barbante com velocidade relativa v = 1cm/s. a 23m do eixo de rotação. Determine quantas vezes esses móveis se encontrão após 1h de movimento. pede-se o ângulo descrito em 2 segundos. 156 Um relógio funciona durante 1 mês (30 dias). Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r. ele havia descrito um ângulo de 45º. preso a um barbante de comprimento L = 1m. e o arco medido entre o ponto visado no momento do disparo e o ponto de impacto do projétil no alvo é de 18º. Sabendo-se que a freqüência do movimento é 8rps. executando uma volta completa a cada 10s. 159 Determine a velocidade de um projétil disparado contra um alvo rotativo disposto a 15 metros de distância. Determine o número de voltas até atingir o corpo.6m/s2. 152 Um corpo descreve uma trajetória circular com velocidade angular ω = 2π rad/s constante. a) Numa circunferência representando a trajetória circular do menino. 154 Um corpo percorre uma circunferência de 4m de raio com velocidade escalar constante.

Sabendo que a outra efetua 20rpm. A largura da faixa ocupa toda a face útil do LP. A faixa é tocada em 24 minutos. A e B. a) Se partirem em sentidos opostos. após 20s? b) Se partirem no mesmo sentido. Calcule a aceleração angular média do eixo nesse intervalo de 5s. se segundo leva 2s a mais que o primeiro. qual será a menor distância entre eles. determine o diâmetro da segunda polia. Uma tem raio de 40cm e efetua 80rpm. determine o raio da trajetória circular. após quanto tempo o corredor A estará com uma volta de vantagem sobre o B? 161 Sobre duas pistas circulares de raios 25 metros e 100 metros movem-se dois corpos com movimentos uniformes e mesma aceleração centrípeta. após 5s de repouso. 1 167 (Unicamp-SP) Um toca-discos está tocando em 33 rotações por minuto (rpm) um concerto 3 de rock gravado numa única faixa de um LP.1 24/30 . v (mm/s) 628 0 5 10 15 20 t (s) 163 (Mauá – SP) Uma carroça tem rodas dianteiras de diâmetro D = 0. O gráfico na figura mostra como varia a velocidade v. em função do tempo t. 166 (Marck-SP) As pás de um ventilador estão acopladas ao eixo de um motor e.0cm e raio externo igual a 15. a) Determine a velocidade angular de cada roda em relação ao seu eixo. b) A aceleração centrípeta em comum. partem do mesmo ponto de uma pista circular de 120m de comprimento. 164 (Marck-SP) Duas polias estão ligadas por uma correia. Calcule: a) Quanto tempo leva o primeiro para dar uma volta na pista. do centro do disco.40m/s num plano horizontal. passam a efetuar 2400rpm. com velocidades vA = 8m/s e vB = 6m/s.0cm. Obtenha o número de voltas dadas pelo disco: a) Do instante inicial até t = 10s b) Do instante t = 10s até t = 20s Considere π = 3. 162 (Unicamp-SP) Um disco de 100mm de raio rola sem escorregar sobre um plano.60m e traseira de diâmetro D’ = 1. Sabendo que o módulo da aceleração total da partícula é 10 m/s2 no instante t = 1s. com α em radianos e tempo t em segundos. tendo raio interno igual a 7.CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática 160 Dois corredores.20m. A carroça se desloca com velocidade constante v = 2. a) Qual é a distância média entre dois sulcos consecutivos do disco? b) Qual é a velocidade tangencial do ponto do disco que está embaixo da agulha no final da execução da faixa? Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r. medidas ao longo da pista. R2 R1 165 A função horária sob a forma angular do movimento circular de uma partícula é α = t 2 + 6 . b) Determine a velocidade do ponto mais alto da roda traseira em relação ao solo.14 .

com velocidade inicial de 50m/s. Que força é exercida sobre o globo no ponto mais alto da trajetória se a velocidade da moto aí é de 12m/s? A massa total (motociclista + moto) é de 150kg (g= 10m/s2): a) b) 1500N 2400N c) d) 3900N 5400N e) 6900N 173 (Osec-SP) Um avião descreve um looping num plano vertical. calcule a velocidade com que esse objeto foi lançado.5 Km 2. Admitindo g = 10m/s2.0 Km c) d) 1. o objeto está com uma velocidade de 3m/s. 40 m/s 169 No escorregador mostrado na figura.0 m/s c) d) 3. com velocidade de 720km/h. determine a velocidade da criança ao chagar a B.CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática 168 Um corpo com massa 10Kg é lançado verticalmente para cima. 170 Um corpo é lançado do alto de um prédio de 80 metros de altura. 171 Um objeto é lançado do solo verticalmente para cima. Para que no ponto mais baixo da trajetória a intensidade da força que o piloto exerce no banco seja o triplo de seu peso. Determine a altura máxima alcançada em relação ao solo. com uma velocidade de 40m/s.5 Km 1. Desprezando as perdas de energia e admitindo g = 10m/s2.0 m/s e) zero 175 (Fuvest-SP) Um carro percorre uma pista curva superelevada (tg θ = 0.2) de 200m de raio.5 Km 174 Uma pedra amarrada num fio de 0. é necessário que o raio do looping seja de (g = 10m/s2): a) b) 0. partindo do repouso em A. Quando sua altura é 2m. A mínima velocidade que a pedra deve ter no ponto mais alto para que permaneça em trajetória circular é de: a) b) 1. Admita g = 10m/s2.40m é posta a girar num plano vertical.0 m/s 4.0 Km e) 2.0 m/s 2. uma criança com 30kg de massa. Admitindo que a resistência do ar é desprezível e que a aceleração da gravidade vale 10m/s2. Desprezando-se o atrito. desliza até B. verticalmente para cima. qual a velocidade máxima sem risco de derrapagem? a) b) 40 Km/h 48 Km/h c) d) 60 Km/h 72 Km/h e) 80 Km/h θ Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r. determine a altura alcançada pelo corpo quando sua energia cinética está reduzida de 80% de seu valor inicial.1 25/30 . Considere g = 10m/s2. 172 (Osec-SP) Um motociclista descreve uma circunferência vertical num globo da morte de raio 4m.

O coeficiente de atrito entre as rodas do automóvel e o pavimento é 0. SP.2 e o peso daquele é 9800N. c) O tempo que o veículo levou até parar. Editora Moderna. Antônio de Toledo. b) A velocidade em km/h que o veículo desenvolve no início da freada. 1993. Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r. Nicolau Gilberto e SOARES. de 5N. O automóvel pode ser considerado ponto material e g = 9. Determine: a) A aceleração do retardamento do veículo. Mauá-SP) O motorista de um automóvel. 1995. BONJORNO. SP. Referência: Exercícios extraídos dos livros: CALÇADA. Física 1: Mecânica.1 26/30 . Determine a velocidade ao fim de 10s. horizontal. Sérgio Caio e SAMPAIO. é puxado por uma força F . Os fundamentos da Física. FERRARO. 6ª edição. FTD. inicialmente em repouso sobre um plano horizontal.2. 177 (E. sabendo-se que o coeficiente de atrito é 0. SP.CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática 176 Um corpo de 20N de peso. percebe um obstáculo a 200m de distancia.E. Francisco. Cinemática. 1992. José luiz. José Roberto e RAMOS. Aplica os freios de tal modo que o veiculo adquire a máxima aceleração de retardamento possível e consegue parar junto ao obstáculo. É dado g = 10 m/s2. Clinton Márcico. Atual editora. RAMALHO JR. viajando por um trecho reto e plano de uma estrada.8m/s2.

0t2 ( SI) v = 2.CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática GABARITO – Lista de Cinemática 2007 – 1ª Parte.5 m/s b) ≅ 7.0 m/s2 b) 2. 8.0 s D 8h E A a) 120 m b) 2.5 D E a) 30m/s b) 5 m/s2 c) não muda de sentido d) acelerado a) 1 s b) -20m/s a) 5 m/s2 b) 87. 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 D C B C B 32 km/h B B E D A B a) -10.0t (SI) b) 100m 27/30 Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r.1 . pág.0 m c) 4.0 + 10t + 1.0 m/s b) 6.6 m/s2 b) 17 m/s a) 2 m/s2 b) 6 s e 9 s c) 3 s d) 36 m e 81 m Pág.0 m a) 2m/s2 b) v1 = 5 m/s2 B E A D E a) s = 1.349 D B C a) 14 m/s b) s = 4.1 m/s a) resp.5 m 10 s 352 m -8 m/s2 30 m a) 15 s b) 60 m/s 80 m/s -2m/s2 a) 2s b) 60 m e 30 m c) 50 m/s e 25 m/s a) 2. 349 b) a = 2m/s2 S = 3t + t2 a) 4 m/s2 b) 50 m a) 28 m/s b) 160 s 2.0t2 (SI) 28 m a) 1.

2 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 a) 4.2 m 5 m/s e 10 m/s a) 3 s b) 2 3 m/s 15 s a) 8.0 m -4.5 m/s a) 10 s b) 100 m/s 14 m/s a) 18 m/s b) 16.0 s b) ∆s = 0.1 84.34 m/s c) x = 160 m e y = 20 m a) 15 m/s b) 40 s 5.2 h c) 4 15 h 5 .9 m/s a) 3 h b) 3.2 68.5 m 15.5 m/s2 D E a) 12 m/s θ ≅ 14° b) 50 15 km/h c) ∆T = 2.5 s b) 461.1 68.0 m/s2 a) v1 = 8.0 m/s2 a) 10 m/s2 b) 40 m/s a) a = 1.2 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84.6 m/s 1825 m/s Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r. d = 54m a) v0 = 20 m/s b) g = 10 m/s2 a) 9.06 h 20 m/s a) 10 3 m/s b) 10 m/s ∆T = 15 s T = 75 s a) s = 20t – 5t2 b) v = 20 – 10t c) t = 25 s d) s = 20 m e) t = 4 s f) -20 m/s 5 m/s2 140 m/s a) 2.3 69 70 71.0 m/s e v2 = 32 m/s b) vm = 20 m/s a) v1 = 10 m/s.1 28/30 .5 m/s a) 4800 m b) 1200 m a) 5 s b) 94.0 m/s b) 9.0 s b) 4. 273 a) 4.1 71.6 cm 8s ≅ 177.0 m/s2 b) 14 m/s a) 1.0t2 (SI) c) resp.0 s a) 4.CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68.0 m/s2 9.25m c) 905 m d) 200 m e 360 m e) 55.0 m/s2 a) 50 m/s b) s = 10t + 2.5 m/s b) 73.0 m/s b) 1.0 s b) 4.0 m/s2 b) t = 60 s 48 m A E C D a) 18 m/s b) 1.5 s b) -15 m/s e 15 m/s a) 24. v2 = 46 m/s b) vm = 28 m/s 14 m/s a) 2. pag.

0 m/s2 b) 4.7° b) 7 906 m c) 403.27 voltas E A B a) 31.0 m/s2 b)  a c= 6.0 m/s2 c) 5.0 m/s2 c)  a = 3 5 m/s2 a) 3.0 rad/s c) 0.1 m/s 5 km/h a) a ≅ 13.5 s f ≅ 0.40 Hz d) n ≅ 20 voltas a) 1.80π s.9 km/h b) 81.2 km/h 40 m/s 70 m 320 m 11° andar a) 63 m/s b) 4. vB = 0.3 s a) 2(1 + 2 1.0 s 2.20 π m/s a) 0. 2 ⋅ 10 3 rpm C B D 29/30 Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r. 0.20 s b) 5.6 s b) 6 m/s e 4 m/s 80 m B B D D D 144 km/h a) 5 m/s b) y = 4 1 -x3 3 7. 0.4 m/s b) 1.0 ⋅ 10 -3 π m/s a) 0. 0.0 + 0.75.0 rad e ω = 2.2 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 a) 2 s b) 149.5 rad/s.50 Hz.40 s c) ωB = 5.0 s b) 480 m c) 100 m/s a) 20 s b) 2000 m c) 100 5 m/s a) zero b) 100 m/s2 c) 100 m/s2 a)  a t= 3.0 rad.0 + 2.20 Hz c) 0.0 s b) 0. T= 2.5t (SI) c) t = 0.064 Hz d) ≅ 1.0 Hz c) 10 π rad/s d) π m/s e) 10π2 m/s2 a) ϕ0 = 4.CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125.5 Hz b) tB = 0.40 rad/s b) ϕ = 1.5 rad/s b) ϕ = 4.40 a) fB = 2.0 π rad/s d) vB = 0.7 m a) 57.40 π rad/s d) 1.50 m/s b) 2.0 m/s2 α= 12 m/s2 b)  a c= 16 m/s2 c) v = 20 m/s d) R = 25 m a) f = 0.8 π s ou t ≅ 2.1 .1 125.15π m/s. 5.050 π m/s a) 5.6 m/s2 3 ) s b) va = 20 m/s a) 2 5 m/s b) 20 s 10 m/s a) 0.8 m A D E C A No instante do lançamento a bomba está a 11 200 m da vertical que passa pelo alvo a) 8.40t rad/s c) ≅ 15.0 s b) ω = π rad/s c) va = 0.

85 m/s2 1500 m/s a) 40 m b) 60 s a) 2 s b) 25 π2/s2 a) 5 b) zero a) 8 rad/s 4 rad/s b) 4.6 mm ≅ 3.8 km/k c) ≅ 14.01 cm b) ≅ 24.1 30/30 .4 cm/s 64 m 8 m/s 205 m 7 m/s C D B D 5 m/s a) 1.80 m/s 320 cm 5m 16π rad/s2 a) 0.CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA BAHIA – Física – Exercícios de Cinemática 149 150 151 152 153 154 155 156 157 158 159 160 161 162 163 164 165 166 167 168 169 170 171 172 173 174 175 176 177 a) 24 m b) 4 m2 c) 3 m/s2 Sim pois o deslocamento é de 2.38 m/s a) b) 1.3 m/s e 0.29 s Arquivo: Aulas/Física: cinemática_r.96 m/s2 b) 100.83 rad/s 100 120 vezes a) 3 s 2π 8π rad/s e m/s b) 3 3 16π 2 c) m/s2 9 32 π rad/s 43 200 0.