P. 1
Avulso -PL 4376_2004

Avulso -PL 4376_2004

|Views: 0|Likes:
Published by marechal

More info:

Published by: marechal on Apr 13, 2013
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/13/2013

pdf

text

original

CÂMARA DOS DEPUTADOS

PROJETO DE LEI N.º 4.376-A, DE 2004
(Do Sr. Lincoln Portela) Altera a Lei nº 10.028, de 19 de outubro de 2000, para dispor sobre as infrações contra as Leis de Finanças Públicas; tendo parecer da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público, pela rejeição (relator: DEP. PEDRO HENRY).

DESPACHO: ÀS COMISSÕES DE:
TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO; FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO (MÉRITO E ART. 54, RICD); CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA (ART. 54 RICD)

APRECIAÇÃO: Proposição Sujeita à Apreciação Conclusiva pelas Comissões - Art. 24 II

SUMÁRIO
I – Projeto inicial II – Na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público: - parecer vencedor - parecer da Comissão - voto em separado
Coordenação de Comissões Permanentes - DECOM - P_1850 CONFERE COM O ORIGINAL AUTENTICADO

. Distrito Federal e Municípios.... Trata-se da contrapartida de recursos próprios que os entes da Federação precisam apresentar em cada projeto financiado pelo governo federal...DECOM ........ Não podemos deixar de concordar com todas elas. 5º da Lei nº 10..... no caso de beneficiários de transferências voluntárias da União. por meio das chamadas “transferências voluntárias da União”. infelizmente..... passa a vigorar acrescido do seguinte inc..... 2º Esta Lei entra em vigor na data da sua publicação................. É óbvio que aquele administrador que não comprovar ter sido capaz de utilizar os recursos anteriormente transferidos com rigor e estritamente dentro de suas finalidades. JUSTIFICAÇÃO Diante de seus objetivos de moralização da gestão pública brasileira. entre os quais é preciso citar principalmente a impossibilidade de atender às populações que seriam eventualmente beneficiadas pelas ações públicas em questão.. Se essa contrapartida não é depositada...... e muitos problemas daí são decorrentes.... mas ao presente.. e que.... Diante do que foi exposto é que esperamos contar com o apoio dos nobres Colegas para ver aprovada a presente proposição..... em 10 de novembro de 2004 Deputado LINCOLN PORTELA Coordenação de Comissões Permanentes ... Não é possível permitir que um erro desta natureza fique impune......028.... a Lei de Responsabilidade Fiscal impôs uma série de restrições para os Estados.. V: “Art.... o convênio não se materializa....... 1º O art.. para que o respectivo gestor possa ser responsabilizado pessoalmente..... Sala das Sessões.. no entanto.......... não se pode achar merecedor de receber novos repasses. tratar de uma situação que não diz respeito ao passado.. de 19 de outubro de 2000... como acontece hoje em dia. É preciso incluir a ausência de contrapartida local entre as infrações contra as leis de finanças públicas.. Resta... Distrito Federal e Municípios receberem recursos federais.2 O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art...P_1850 CONFERE COM O ORIGINAL AUTENTICADO PL-4376-A/2004 . Art..... 5º . constitui uma lacuna da Lei de Responsabilidade Fiscal. V – deixar de depositar a contrapartida de Estados..

028. IV . de 7 de dezembro de 1940 . e o Decreto-Lei nº 201. 179º da Independência e 112º da República.deixar de divulgar ou de enviar ao Poder Legislativo e ao Tribunal de Contas o relatório de gestão fiscal.DECOM . Art 6º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. a execução de medida para a redução do montante da despesa total com pessoal que houver excedido a repartição por Poder do limite máximo. § 1º A infração prevista neste artigo é punida com multa de trinta por cento dos vencimentos anuais do agente que lhe der causa. II . nos casos e condições estabelecidos em lei.P_1850 CONFERE COM O ORIGINAL AUTENTICADO PL-4376-A/2004 . § 2º A infração a que se refere este artigo será processada e julgada pelo Tribunal de Contas a que competir a fiscalização contábil.3 LEGISLAÇÃO CITADA ANEXADA PELA COORDENAÇÃO DE ESTUDOS LEGISLATIVOS . a Lei nº 1. de 10 de abril de 1950.Código Penal. 19 de outubro de 2000.deixar de expedir ato determinando limitação de empenho e movimentação financeira. FERNANDO HENRIQUE CARDOSO José Gregori Coordenação de Comissões Permanentes . 5º Constitui infração administrativa contra as leis de finanças públicas: I . sendo o pagamento da multa de sua responsabilidade pessoal.079. nos prazos e condições estabelecidos em lei.deixar de ordenar ou de promover. III .propor lei de diretrizes orçamentárias anual que não contenha as metas fiscais na forma da lei. na forma e nos prazos da lei.CEDI LEI Nº 10. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o CONGRESSO NACIONAL decreta e eu sanciono a seguinte Lei: Art. financeira e orçamentária da pessoa jurídica de direito público envolvida.848. DE 19 DE OUTUBRO DE 2000 Altera o Decreto-Lei nº 2. de 27 de fevereiro de 1967. Brasília.

realizada em 21 de outubro de 2009. sinto-me obrigado a discordar do voto apresentado pelo ilustre Relator. que concluía pela aprovação. diante da carência em que se encontra o ente federado. voto pela REJEIÇÃO do Projeto de Lei nº 4. incluindo no rol de tais infrações “deixar de depositar a contrapartida de Estados. o nobre Deputado Milton Monti apresentou parecer pela aprovação que. de 19 de outubro de 2000. Ocorre que imputar uma punição sem que sejam sopesados os motivos que levaram ao não cumprimento da contrapartida. e tendo sido designado para proferir o parecer vencedor.376. certamente. DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO PARECER VENCEDOR I . significará. uma vez rejeitado o parecer do Deputado Milton Monti. Sala da Comissão. foi rejeitado pelo plenário da Comissão.4 COMISSÃO DE TRABALHO.RELATÓRIO A iniciativa em epígrafe pretende alterar a Lei nº 10. na condição de relator substituto. Em grande parte dos casos. de 2004. sujeitando os respectivos administradores às penalidades previstas em lei. Deputado PEDRO HENRY Relator substituto Coordenação de Comissões Permanentes . na Reunião Deliberativa Ordinária.028. no caso de beneficiários de transferências voluntárias da União Designado relator.P_1850 CONFERE COM O ORIGINAL AUTENTICADO PL-4376-A/2004 . mas por ocorrência de imprevistos ou mesmo pura falta de recursos. Distrito Federal e Municípios. Assim. cometer injustiças. para dispor sobre as infrações contra as leis de finanças públicas. Vejo como uma temeridade admitir que o fato de deixar de depositar a contrapartida de entes da federação seja considerado infração contra as leis de finanças públicas.VOTO DO RELATOR Com a devida vênia. em 28 de outubro de 2009. o depósito deixa de ser efetuado não por irresponsabilidade ou má-fé do administrador.DECOM . II .

Carlos Alberto Leréia.5 III .PARECER DA COMISSÃO A Comissão de Trabalho. Sala da Comissão. designado relator do vencedor. Estiveram presentes os Senhores Deputados: Sabino Castelo Branco . Fernando Nascimento. Gladson Cameli. Informa a justificação que acompanha o Projeto de lei. o seguinte: “Diante de seus objetivos de moralização da gestão pública brasileira. Maria Helena e Sebastião Bala Rocha. Paulo Pereira da Silva. de 19 de outubro de 2000.Presidente. Mauro Nazif. Armando Abílio.DECOM .RELATÓRIO O presente projeto de lei objetiva alterar a Lei nº 10. Vicentinho. Pedro Henry. Eudes Xavier. em 21 de outubro de 2009 Deputado SABINO CASTELO BRANCO Presidente VOTO EM SEPARADO DO DEPUTADO MILTON MONTI I . Não podemos deixar de concordar com todas elas. Roberto Santiago. Distrito Federal e Municípios. passou a constituir voto em separado. Hermes Parcianello. por meio das chamadas “transferências voluntárias da União”. para dispor sobre as infrações contra as leis de finanças públicas. João Campos. rejeitou unanimemente o Projeto de Lei nº 4. Major Fábio. Luciano Castro. Sérgio Moraes e Manuela d'Ávila .376/04. incluindo no rol de tais infrações “deixar de depositar a contrapartida de Estados.P_1850 CONFERE COM O ORIGINAL AUTENTICADO PL-4376-A/2004 . O parecer do Deputado Milton Monti. nos termos do parecer do Deputado Pedro Henry. em reunião ordinária realizada hoje. É óbvio que aquele Coordenação de Comissões Permanentes . Paulo Rocha. no caso de beneficiários de transferências voluntárias da União”.Vice-Presidentes.028. Andreia Zito. Wilson Braga. Luiz Carlos Busato. Gorete Pereira. de Administração e Serviço Público. a Lei de Responsabilidade Fiscal impôs uma série de restrições para os Estados. Distrito Federal e Municípios receberem recursos federais.

. juridicidade. regimentalidade e de técnica legislativa. A proposição chega a esta Comissão de Trabalho.. Não é possível permitir que um erro desta natureza fique impune..P_1850 CONFERE COM O ORIGINAL AUTENTICADO PL-4376-A/2004 ... mas ao presente..... como acontece hoje em dia. do Regimento Interno da Câmara dos Deputados............. Se essa contrapartida não é depositada..” No prazo regimental. Resta.. cabe a esta Comissão manifestar-se sobre o mérito da proposição.. legalidade. tratar de uma situação que não diz respeito ao passado. de Administração e Serviço Público para análise de mérito...... para que o respectivo gestor possa ser responsabilizado pessoalmente. II .. e pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.VOTO Nos termos do art. Pela introdução da restrição orçamentária na legislação pátria não se aceita mais o convívio com administradores que.. Tratase da contrapartida de recursos próprios que os entes da Federação precisam apresentar em cada projeto financiado pelo governo federal.. quanto aos aspectos de constitucionalidade. e muitos problemas daí são decorrentes.... não foram apresentadas emendas..... em qualquer nível de governo. e que..... A Lei de Responsabilidade Fiscal trouxe uma mudança institucional e cultural na gestão do dinheiro público.......... É preciso incluir a ausência de contrapartida local entre as infrações contra as leis de finanças públicas.. . alínea “p”..... quanto ao mérito e à adequação financeira ou orçamentária...DECOM . infelizmente. o convênio não se materializa. não se pode achar merecedor de receber novos repasses. Em seguida será apreciada pela Comissão de Finanças e Tributação.. ao agirem de forma irresponsável em suas Coordenação de Comissões Permanentes .. 32.... no entanto.... constitui uma lacuna da Lei de Responsabilidade Fiscal... entre os quais é preciso citar principalmente a impossibilidade de atender às populações que seriam eventualmente beneficiadas pelas ações públicas em questão....... XVIII....6 administrador que não comprovar ter sido capaz de utilizar os recursos anteriormente transferidos com rigor e estritamente dentro de suas finalidades..

com o objetivo de receber repasse de recursos. Pelas razões expostas. 25. sem sobra de dúvidas.7 administrações de hoje. apesar da previsão orçamentária. ao propor penalidade ao gestor que deixar de cumprir com a parte que lhe cabe. necessária é a criação de um mecanismo que atue no sentido de se evitar a perda do objeto de uma transferência voluntária. devido ao não depósito da contrapartida devida. a Lei de Responsabilidade Fiscal estabelece como exigência para a realização de transferência voluntária. menos investimentos ou mais inflação. consoante dispõe o art.P_1850 CONFERE COM O ORIGINAL AUTENTICADO PL-4376-A/2004 . IV. A proposição sob parecer vem ao encontro desse objetivo. ao ditar normas de finanças públicas voltadas para responsabilidade da gestão fiscal. no caso de convênio firmado com a União. § 1º. do Projeto de Lei nº 4. entre outras. A Lei de Responsabilidade Fiscal é.DECOM . “d”. eivam as futuras com mais impostos. Sala da Comissão. a comprovação por parte do beneficiário de previsão orçamentária de contrapartida. Assim. Ao tratar de transferências voluntárias. manifesto o meu voto pela aprovação. uma importante ferramenta gerencial à serviço da administração pública. de 2004. muitos convênios têm sido inviabilizados. Ocorre que. Impõe o cuidado na arrecadação das receitas e na realização das despesas públicas.376. no mérito. exigindo-se do administrador conduta transparente e planejada. em 17 de março de 2009. Deputado MILTON MONTI FIM DO DOCUMENTO Coordenação de Comissões Permanentes .

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->