Vendetta É verdade que as pessoas, hoje, vivem uma Verdade ilusória. Ilusão de viverem em um mundo de verdades.

Ilusão de viverem num mundo de ideias. Sim, uma ilusão. A estratégia milenar de conquista de poder. E o maior poder que se pode ter hoje é o poder do dinheiro. De repente, o saber não é mais decisivo para o ganho dessa força absolutamente burra. A paixão não é mais requisito de escolhas. A educação não é mais presente no mundo. Os pensamentos deixaram de ser pensados. As ideias já se foram faz muito tempo. Se foram por mortes, doenças e dinheiro. O que compra poder, o poder que compra silêncio, o silêncio que compra medo, o medo que compra morte. Há anos, o mundo vem se esquecendo do maior poder que já existiu em toda História: o mundo vem se esquecendo do poder das palavras. Esquecimento ao ponto de a mesma raça, que a criou e desenvolveu, não saber mais como a usar. Oras, conversas pela internet não são leituras? Livros virtuais não são conteúdo? É impossível ser original? É impossível um homem mudar o mundo? Desde nosso nascimento somos ensinados a comer, a beber, a sentir, a respirar... Desde nosso nascimento somos expostos à frustração de quem nos quer ensinar a pensar. É nos dito o que somos capazes de fazer. É nos dito o que NÃO somos capazes de fazer. É nos ensinado o que ELES não foram capazes de fazer. E dessa forma, o mundo ruma para sua segunda Idade das Trevas... até que alguém acredite e prove que tudo isso está errado. Alguém que mostre que o caminho a ser seguido não é aquele, mas que existem outros. Alguém que reensine o mundo a pensar. Claro que o mundo não muda sozinho. Claro que existem milhares, se não milhões de pensadores ainda temerosos, esperando apenas a faísca. E á para essas pessoas que falo agora. Para essas pessoas a quem foram vendidos medo e a segurança do silêncio.

O mundo deixou de ser seguro quando as mãos se colocaram acima da cabeça. . e apenas elas. Não uma utopia. E enquanto o poder das palavras não for esquecido.O silêncio nunca foi segurança do que está quieto. Os poderosos tentam suprimi-la pela força. meu sonho continua sendo uma meta. A palavra ainda não foi esquecida. podem derrubá-los. porque sabem que elas.