You are on page 1of 1

A CINCIA DO DIREITO PENAL

Ao lado do Direito Penal-Norma que o direito positivo (leis) existe o Direito Penal-Cincia que tem por fim a elaborao sistemtica dos princpios que governam as normas. Assim a Dogmtica ou sistemtica jurdico-penal a parte da dogmtica (cincia que estuda as leis) que estuda as leis penais. No representa apenas indagaes lgicoformais de esquemas jurdicos frios e abstratos, devendo manter contato com dois pontos importantes: a significao social do crime e o contedo humano que vem da personalidade do criminoso, pois no pode ser ignorado que as normas so meios para a realizao de valores (MEZGER). Como cincia jurdica, se alimenta da substncia das coisas: a realidade social e aspectos fenomnicos do crime para compreender melhor o Direito Penal vigente e favorecer a misso prtica da disciplina da criminalidade. uma Cincia Cultural porque indaga o dever-ser e se traduz em norma de conduta que devem ser observadas por todas as pessoas no respeito aos mais relevantes interesses sociais, diversamente das Cincias Naturais que estudam o ser, o objeto em si mesmo. tambm uma Cincia Normativa, pois seu objeto de estudo a lei, a norma, o direito positivo como dado fundamental e indiscutvel na sua observncia obrigatria. Apesar de considerar a existncia das causas do crime ou os aspectos sociais que levam a pratica do crime no procura explica-los porquanto so objetos das cincias causalexplicativas como a Criminologia. O mtodo utilizado pela Cincia do Direito Penal o tcnico-jurdico, um mtodo no experimental composto por trs fases: a Exegese (interpretao da norma, busca do exato contedo), a Dogmtica (elaborao dos institutos jurdicos) e o Sistema (classificao e organizao dos institutos entre si).

Pedro Luciano Evangelista Ferreira - Advogado, mestrando em Criminologia e Direito Penal pela UCAM/RJ e integrante do Programa de Capacitao de Docentes do CESCAGE.