P. 1
Avaliação formativa I –

Avaliação formativa I –

|Views: 0|Likes:
Published by inespeccebr

More info:

Published by: inespeccebr on Apr 28, 2013
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/14/2014

pdf

text

original

FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA LICENCIATURA PLENA EM BIOLOGIA CESAR AUGUSTO VENANCIO DA SILVA Prof. Dr.

Rickardo Léo Ramos Gomes Avaliação formativa I –

Como

aprendemos o DNA nuclear é a molécula orgânica responsável

pela informação genética de forma generalizada. Entretanto é possível encontrar nas células dos seres vivos, organelas que também e explique se estes tipos

apresentam DNA. Indique quais são elas

específicos de DNA têm contribuição na informação genética dos seres vivos.
As organélas que possuem DNA: Mitocôndria e Cloroplastos (célula vegetal). A organéla Mitocôndria. Uma organela pode ser definida como uma determinada parte do citoplasma responsável por uma ou mais funções especiais. A mitocôndria é uma das mais importantes organelascelulares, sendo importante para respiração celular. É abastecida pela célula que a hospeda por substâncias orgânicas como oxigênio e glicose , as quais processa e converte em energia na forma de ATP, e fornece para a célula hospedeira. Tendo como função a liberação de energia, a mitocôndria se faz excessivamente presente em células do sistema nervoso e no coração, uma vez que estes apresentam uma demanda maior de energia. Presente na maioria dos eucariontes, exceto em um grupo de protistas chamado Archezoa, entretanto a análise genômica desses organismos indica que eles podem ter perdido a mitocôndria ao longo da evolução. A principal evidência disso é que alguns genes codificadores de proteínas mitocondriais têm sido encontrados no genoma nuclear desses protistas (Bui & Bradley, 1996). A mitocondria como tipo específico(DNA) que contribui na informação genética dos seres vivos. Podemos dizer que todas as mitocôndrias, organelas responsáveis pela respiração celular, são herdadas da mãe do indivíduo. Isto ocorre porque as mitocôndrias do espermatozoide se encontram na parte da cauda. Ao fecundar o ovócito

II, o espermatozoide emparelha de lado (equatorialmente) a membrana do ovócito II e entao digere a membrana do Ovócito II, onde substancias presentes dentro do Ovócito

II irão ajudar a "sugar" somente o pró-nucleo do espermatozoide para dentro, que contém a informação genética. As mitocôndrias presentes na
cauda, como não penetram o ovócito II não são herdadas pelo embrião. Estas mitocôndrias servem apenas para ajudar no movimento do espermatozoide até ao ovócito II. A partir das mitocôndrias, também é possível realizar um teste de "DNA mitocondrial", para provar a maternidade(Bruna, Iara, Michele, Vanessa e Dinailde - 1º O “Gametogênese animal” no site do Instituto de Educação Socioambiental do Brasil acessado a 21 de fevereiro de 2013; Os Seres Vivos - Reino das Plantas - Angiospermas - A Flor” no site PortalBrasil.net acessado a 21 de agosto de 2013). Cloroplastos. A organéla Cloroplastos. Cloroplasto é uma organela presente nas células das plantas e outros organismos fotossintetizadores, como as algas e alguns protistas. Possui clorofila, pigmento responsável pela sua cor verde. É um dos três tipos de plastos (organelos citoplasmáticos cuja fórmula varia de acordo com o tipo de organismo e célula em que se encontra), sendo os outros dois os cromoplastos e os leucoplastos. Cloroplasto é a organela onde se realiza a fotossíntese. Os cloroplastos distinguem-se bem dos restantes organelos da célula, quer pela cor, quer pela sua estrutura, geralmente laminar,

possuem RNA, DNA e ribossomoss, podendo assim sintetizar proteínas e multiplicar-se. No seu interior apresenta um líquido semelhante ao que preenche as
mitocôndrias, o estroma. O sistema de membranas onde se encontra a clorofila encontra-se organizado em tilacóides, agrupados em grana. A fotossíntese típica dos cloroplastos também é realizada por algumas bactérias, as cianobactérias, o que é considerado como uma das evidências nas quais se baseia a teoria endossimbiótica de origem dos cloroplastos. Segundo esta teoria, os cloroplastos teriam se originado de uma cianobactéria ancestral vivendo em simbiose dentro da célula eucariótica precursora. Essa teoria também é empregada para explicar a origem das mitocôndrias(Gallão, Maria Izabel - Plastos (página do Departamento de Biologia da Universidade Federal do Ceará); Professor Jarbas Bio.com.br acessado a 21 d,de fevereiro de 2013). Fisiologia celular

Comentário contextualizado. As células eucariontes ou eucarióticas, também chamadas de eucélulas, são mais complexas que as procariontes. Possuem membrana nuclear individualizada e vários tipos de organelas. A maioria dos animais e plantas a que estamos habituados são dotados deste tipo de células. As células procariontes ou procarióticas, também chamadas de protocélulas, são muito diferentes das eucariontes. A sua principal característica é a ausência de carioteca individualizando o núcleo celular, pela ausência de alguns organelas e pelo pequeno tamanho que se acredita que se deve ao fato de não possuírem compartimentos membranosos originados por evaginação ou invaginação. Também possuem DNA na forma de um anel não-associado a proteínas (como acontece nas células eucarióticas, nas quais o DNA se dispõe em filamentos espiralados e associados à histonas). Estas células são desprovidas de mitocôndrias, plastídeos,

complexo de Golgi, retículo endoplasmático e sobretudo cariomembrana o que faz com que o DNA fique disperso no citoplasma. A este grupo pertencem seres unicelulares ou coloniais: Bactérias; Cianofitas (algas cianofíceas, algas azuis ou ainda Cyanobacteria) e PPLO ("pleuro-pneumonia like organisms") ou Micoplasmas

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->