P. 1
Ana Rosa Trindade

Ana Rosa Trindade

5.0

|Views: 937|Likes:
Published by suselgaspar

More info:

Published by: suselgaspar on Apr 02, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/04/2013

pdf

text

original

01-04-2009

Pró-Inclusão - Associação Nacional de Docentes de Educação Especial

Pró-Inclusão - Associação Nacional de Docentes de Educação Especial

SIMPÓSIO
Desafios emergentes da Educação Inclusiva

Conclusões e Recomendações da Conferência “Educação Inclusiva: o caminho do futuro”
Alunos e professores*

Cooperação Internacional*

Sistemas, ligações e transições*

Conclusões e Recomendações da 48ª Sessão da Conferência Internacional sobre Educação (CIE) “Educação Inclusiva: o caminho do futuro”
(Genebra 25-28 de Novembro de 2008)

Politicas públicas*

Ana Rosa Trindade Março 2009
Lisboa, 7 de Março de 2009

Abordagens, alcance e conteúdo*

Pró-Inclusão - Associação Nacional de Docentes de Educação Especial

Pró-Inclusão - Associação Nacional de Docentes de Educação Especial

Conclusões e Recomendações da Conferência “Educação Inclusiva: o caminho do futuro”
Abordagens, alcance e conteúdo

Conclusões e Recomendações da Conferência “Educação Inclusiva: o caminho do futuro”
Abordagens, alcance e conteúdo

Responsabilidade do governo e dos parceiros sociais na prestação de uma educação de qualidade

Adopção da EI da concepção, implementação, acompanhamento e avaliação de politicas educacionais que visem acelerar

A EDUCAÇÃO PARA TODOS (EPT)
Lisboa, 7 de Março de 2009 Lisboa, 7 de Março de 2009

1

01-04-2009

Pró-Inclusão - Associação Nacional de Docentes de Educação Especial

Pró-Inclusão - Associação Nacional de Docentes de Educação Especial

Conclusões e Recomendações da Conferência “Educação Inclusiva: o caminho do futuro”
Abordagens, alcance e conteúdo Intervir prioritariamente nas desigualdades sociais

Conclusões e Recomendações da Conferência “Educação Inclusiva: o caminho do futuro”
Abordagens, alcance e conteúdo Promover culturas escolares propicias a uma aprendizagem eficaz incentivando a participação de toda a comunidade educativa.*

Segurança Social e emprego Educação Saúde

X
Lisboa, 7 de Março de 2009

Actuar nas situações de risco identificado como forma de prevenir a discriminação
Lisboa, 7 de Março de 2009

Pró-Inclusão - Associação Nacional de Docentes de Educação Especial

Pró-Inclusão - Associação Nacional de Docentes de Educação Especial

Conclusões e Recomendações da Conferência “Educação Inclusiva: o caminho do futuro”
Politicas, que visem… Avaliar as diferentes categorias de excluídos, bem como desenvolver mecanismos de monitorização e avaliação. Considerar como adequada a ratificação da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência. Promover o acompanhamento da IE e a articulação com a sociedade civil e o sector privado. O apoio aos variados tipos de alunos e facilitar o seu desenvolvimento nas escolas regulares. A promoção da diversidade linguística como um recurso a serviço de todos e fomentar o uso da língua materna nos primeiros anos de escolaridade. Estruturas curriculares eficazes, optando por uma abordagem flexível e diversificando a prática pedagógica.

Conclusões e Recomendações da Conferência “Educação Inclusiva: o caminho do futuro”
Politicas, que visem…

A autonomia e promovam a reflexão…

Sente

Escuta

Imagina

Age

Lisboa, 7 de Março de 2009

2

01-04-2009

Pró-Inclusão - Associação Nacional de Docentes de Educação Especial

Pró-Inclusão - Associação Nacional de Docentes de Educação Especial

Conclusões e Recomendações da Conferência “Educação Inclusiva: o caminho do futuro”
Politicas…

Conclusões e Recomendações da Conferência “Educação Inclusiva: o caminho do futuro”
Sistemas, ligações e transições Prever a participação e a consulta de todas as partes interessadas nos processos de decisão.

Encerrar a escola e abrir com nova Gerência (?)*

Reforçar os laços entre as escolas e a comunidade/sociedade - TVA. Desenvolver programas de detecção e intervenção precoce que promovam a inclusão. Reforçar a utilização das TIC, em particular nas zonas desfavorecidas. Reconhecimento formal das competências adquiridas em contextos não formais. Educação de adultos – redução do analfabetismo como mecanismo de inclusão.*
Lisboa, 7 de Março de 2009

Pró-Inclusão - Associação Nacional de Docentes de Educação Especial

Pró-Inclusão - Associação Nacional de Docentes de Educação Especial

Conclusões e Recomendações da Conferência “Educação Inclusiva: o caminho do futuro”
Alunos e professores Apoiar o E.S. na formação adequada Incentivar à investigação inovadora

Conclusões e Recomendações da Conferência “Educação Inclusiva: o caminho do futuro”
Alunos e professores

Trabalho cooperativo

Formação Diversidade de respostas educativas

Formação para a diversidade Sustentabilidade Reforço do seu papel social/ estatuto

Professores
Liderança

Novos cenários…

Lisboa, 7 de Março de 2009

Lisboa, 7 de Março de 2009

3

01-04-2009

Pró-Inclusão - Associação Nacional de Docentes de Educação Especial

Pró-Inclusão - Associação Nacional de Docentes de Educação Especial

Conclusões e Recomendações da Conferência “Educação Inclusiva: o caminho do futuro”
Alunos e professores

Conclusões e Recomendações da Conferência “Educação Inclusiva: o caminho do futuro”
Alunos e professores*

Lisboa, 7 de Março de 2009

Lisboa, 7 de Março de 2009

Pró-Inclusão - Associação Nacional de Docentes de Educação Especial

Pró-Inclusão - Associação Nacional de Docentes de Educação Especial

Conclusões e Recomendações da Conferência “Educação Inclusiva: o caminho do futuro”
Cooperação internacional

Conclusões e Recomendações da Conferência “Educação Inclusiva: o caminho do futuro”
Cooperação internacional

Promoção do intercâmbio e da divulgação de boas práticas. No aconselhamento aos países sobre como se podem desenvolver e implementar políticas de educação inclusiva. Incentivo à cooperação Sul-Sul e Norte-Sul-Sul para a promoção da educação inclusiva; Incentivo aos esforços para aumentar os recursos para a educação, tanto a nível nacional como internacional. Ajuda aos países menos desenvolvidos e aos países afectados por conflitos na implementação das recomendações. Apoio das organizações internacionais aos Estados-Membros na implementação dessas recomendações.
Lisboa, 7 de Março de 2009 Lisboa, 7 de Março de 2009

Divulgação das conclusões e recomendações, entre os actores e parceiros da comunidade educativa internacional, de modo a inspirar, orientar, apoiar e desenvolver políticas educacionais inclusivas renovadas e decisivas!*

4

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->