You are on page 1of 11

TRANSTORNO DE DÉFCIT DE ATENÇÃO/ HIPERATIVIDADE

de causas genéticas. agitação e impulsividade.O que é o TDAH? Segundo Barckey (2002) é um transtorno neurobiológico. que aparece na infância e freqüentemente acompanha o indivíduo por toda a sua vida e se caracteriza por sintomas de desatenção. . Ele é chamado às vezes de DDA (Distúrbio do Déficit de Atenção).

o TDAH pode ser classificado em três tipos distintos:  DESATENÇÃO  HIPERATIVIDADE/IMPULSIVIDADE  COMBINADO  .Classificação Segundo DuPaul (2007).

DESATENÇÃO               Não prestar atenção a detalhes Ter dificuldade para concentrar-se Não prestar atenção ao que lhe é dito Ter dificuldade em seguir regras e instruções Desvia a atenção com outras atividade Não terminar o que começa Ser desorganizado Evitar atividades que exijam um esforço mental continuado Perder coisas importantes Distrair-se facilmente com coisas alheias ao que está fazendo Esquecer compromissos e tarefas Não lembrar de sua refeição da manhã .

correr excessivamente em situações inadequadas Sensação interna de inquietude Ser barulhento em atividades lúdicas Ser muito agitado Falar em demasia Responder às perguntas antes de concluídas Ter dificuldade de esperar sua vez Intrometer-se em conversas ou jogos dos outros .HIPERATIVIDADE E IMPULSIVIDADE           Ficar remexendo as mãos e/ou os pés quando sentado Não permanecer sentado por muito tempo Pular.

COMBINADO  É caracterizado pela pessoa que apresenta os dois conjuntos de critérios dos tipos desatento e hiperativo/impulsivo. .

SINTOMAS Surgem antes dos sete anos de idade e persiste pelo menos seis meses.  Sintomas da DESTENAÇÃO  Sintomas da HIPERATIVIDADE/ IMPULSIVIDADE.  .

 Fatores neuroquímicos: supõe-se uma ação desequilibrada dos centros excitatórios e inibidores do SNC. peri ou pós-natal no SNC. serotonina e dopamina.ETIOLOGIA Defeitos orgânicos cerebrais: provocado por uma lesão pré.  . causada por distúrbios no metabolismo de aminoácidos e dos neurotransmissores: noradrenalina.

A.H indicaram uma alta correlação hereditária das crianças atingidas. .D. Fatores genéticos: Investigações com familiares e gêmeos de crianças com T.

é necessário uma avaliação completa.  Para haver certeza de um diagnostico de TDAH.  .PROGNÓSTICO Geralmente diagnosticado quando a criança começa a frequentar a escola.

TRATAMENTO    Farmacológica Tratamento Dietético Princípios psicoterapêuticos .