P. 1
10-Consolos Curtos

10-Consolos Curtos

|Views: 29|Likes:
Published by Rafa Ribeiro

More info:

Published by: Rafa Ribeiro on May 19, 2013
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/15/2014

pdf

text

original

CONSOLOS CURTOS

Estruturas de Concreto I Prof. Geraldo Barros

Sumário
1 Definição 2 Comportamento Estrutural 3 Dimensionamento 3.1 Armadura do Tirante 3.2 Verificação da Biela 4 Detalhamento • Armadura do Tirante 4.1 Ancoragem 4.2 Taxa de Armadura 4.3 Posição da Armadura 4.4 Diâmetro Máximo e Espaçamento Mínimo • Aparelho de Apoio e Altura Mínima do Consolo • Armadura de Costura • Armadura de Suspensão

Prof. Geraldo Barros

5d d. Geraldo Barros . O consolo é curto se 0. Geraldo Barros 2 Comportamento Estrutural Prof.1 Definição São considerados consolos os elementos em balanço nos quais a distância (a) da carga aplicada à face do apoio é menor ou igual à altura útil (d) do consolo. O caso em que a >d deve ser tratado como viga em balanço e não mais como consolo. A força pode ser aplicada na face superior ou ao longo de sua altura. Prof.

9 2 + ç ÷ èd ø 2 wd onde. Geraldo Barros Dimensionamento 3.d wu wu = 0. • verificação da resistência da biela à compressão ou do cisalhamento equivalente na face do pilar.85 para forças indiretas Prof. • considerações dos esforços horizontais. f cd æaö 0. Geraldo Barros . Prof.3 Dimensionamento Aspectos a serem considerados no dimensionamento: • ancoragem adequada do tirante.1 Armadura do Tirante aö F H æ As .18 .1 + ÷ d + d d ø f yd f yd è 3.tir = ç 0.2 Verificação da Biela = Fd £ b. = 1. • taxa de armadura do tirante garantia de escoamento da armadura.0 para forças diretas = 0.

Armadura de costura. Altura mínima do consolo. Geraldo Barros . Aparelho de apoio. Armadura de suspensão. Prof.4 Detalhamento Prof. Geraldo Barros Detalhamento Aspectos a serem considerados: • • • • • Armaduras do tirante.

tir .3 Posição da Armadura A armadura principal deve ser distribuída junto à borda tracionada.04 < < 0.Armadura do Tirante 4. Geraldo Barros . f yk b. Prof.d . f ck Prof. Ancoragem por solda de barra transversal.4 Diâmetro máximo e Espaçamento mínimo Para ancoragem por laço: £ h b ou £ 25mm 8 8 S £ 20 £ d onde b é a largura do consolo. Ancoragem por chapa metálica.1 Ancoragem • • • Alças no plano horizontal (ancoragem por laço).15 = As . até a um quinto da altura (h/5) do consolo. 4. Geraldo Barros Armadura do Tirante 4.2 Taxa de Armadura 0. 4.

4 As .2) • Para ancoragem em laço ou ganchos verticais e << 2020 mmmm a2 = c + 3. Geraldo Barros Armadura de Costura • Armadura Mínima Ascos t ³ 0.5 • Para ancoragem em laço e ³ 20mm a2 = c + 5 • h1 ³ (NBR 9062/85 – Projeto e Execução de Estruturas de h . Geraldo Barros .a2 Concreto pré-moldadas) 2 Prof.1.3.tir (distribuída em uma altura igual a 2d/3) • Diâmetro máximo e espaçamento vertical máximo ìd / 15 £í îb / 15 ìd / 5 ï S £ í20cm ïa î Prof.4.Aparelho de Apoio e Altura mínima do Consolo (22.

Armadura de Suspensão Quando existir carga indireta. deve-se prever armadura de suspensão para a totalidade da carga aplicada.tir Prof.14%b ® cm / m ³í ï î0.2 As .min 2 ì ï0. As . Geraldo Barros .

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->