You are on page 1of 14

O que é a Teoria da Elasticidade?

É a disciplina que estuda a análise de tensões e
deformações em corpos elásticos.
Relações básicas da Teoria da Elasticidade:
• Equações de equilíbrio
• Condições de contorno
• Equações cinemáticas
• Leis constitutivas do material
Revisão - Teoria da Elasticidade
Campo de deslocamentos:
x
y
P
P’
u(x,y)

v(x,y)

Equações Cinemáticas em 2-D
Relação entre deslocamentos e deformações
Modos de deformação em 2-D
Au
Ay
Ax
Av
Ay
Ax
Au
Ax
Ay
Av
|
2
|
1
Deixe que Ax e Ay se aproximem de zero
Relações entre deformação e deslocamento em 2-D
(Equações Cinemáticas):
x x
u
x
u
,
=
c
c
= c
y y
v
y
v
,
=
c
c
= c
x y xy
v u
x
v
y
u
, ,
+ =
c
c
+
c
c
= ¸
Em 3-D existirão 3
relações a mais:
x z xz
y z yz
z z
w u
w v
w
, ,
, ,
,
+ =
+ =
=
¸
¸
c
¦
)
¦
`
¹
¦
¹
¦
´
¦
(
(
(
(
(
(
(
(
¸
(

¸

=
¦
¦
¦
¦
)
¦
¦
¦
¦
`
¹
¦
¦
¦
¦
¹
¦
¦
¦
¦
´
¦
c
c
c
c
c
c
c
c
c
c
c
c
c
c
c
c
c
c
w
v
u
x z
y z
x y
z
y
x
xz
yz
xy
z
y
x
0
0
0
0 0
0 0
0 0
¸
¸
¸
c
c
c
Em formato matricial:
Relações entre tensão e deformação: leis
constitutivas do material
{c} = |C] {o}
or
{o} = |E] {c}
onde:
{c} = {c
x
,c
y
,c
z

xy

yz

xz
}
T


{o} = {o
x
,o
y
,o
z
,t
xy
,t
yz
,t
xz
}
T


|C] = matriz de constantes elásticas do material

|E] = |C]
-1

Classificação dos Materiais
• Materiais Anisotrópicos

• Materiais Ortotrópicos

• Materiais Isotrópicos

Relações entre Tensão e Deformação em
3-D para Corpos Isotrópicos
o
x
o
y
o
z
x
y
z
o
x
o
x
Lei de Hooke:
Efeito de Poisson:
o
y
o
y
Lei de Hooke:
Efeito de Poisson:
o
z
o
z
Lei de Hooke:
Efeito de Poisson:
Aplique superposição:
E E E
E E E
E E E
z
y
x
z
z
y
x
y
z
y
x
x
o
vo
vo
c
vo
o
vo
c
vo
vo
o
c
+ ÷ ÷ =
÷ + ÷ =
÷ ÷ =
Reciprocamente podemos escrever:
] ) 1 ( [
) 2 1 )( 1 (
] ) 1 ( [
) 2 1 )( 1 (
] ) 1 [(
) 2 1 )( 1 (
y y x z
y y x y
y y x x
E
E
E
c v vc vc
v v
o
vc c v vc
v v
o
vc vc c v
v v
o
÷ + +
÷ +
=
+ ÷ +
÷ +
=
+ + ÷
÷ +
=
Tensões e deformações de cisalhamento:
Lei de Hooke:
Portanto:
¸ t G =
G G G
xz
xz
yz
yz
xy
xy
t
¸
t
¸
t
¸ = = = ; ;
Constantes do Material presentes nas relações
entre tensão e deformação:
E, G e v
Estas constantes não são independentes!
Relações entre Tensão e Deformação (3-D)
¦
¦
¦
¦
)
¦
¦
¦
¦
`
¹
¦
¦
¦
¦
¹
¦
¦
¦
¦
´
¦
(
(
(
(
(
(
(
(
¸
(

¸

+
+
+
÷ ÷
÷ ÷
÷ ÷
=
¦
¦
¦
¦
)
¦
¦
¦
¦
`
¹
¦
¦
¦
¦
¹
¦
¦
¦
¦
´
¦
xz
yz
xy
z
y
x
xz
yz
xy
z
y
x
E
t
t
t
o
o
o
v
v
v
v v
v v
v v
¸
¸
¸
c
c
c

) 1 ( 2 0 0 0 0 0
0 ) 1 ( 2 0 0 0 0
0 0 ) 1 ( 2 0 0 0
0 0 0 0
0 0 0 0
0 0 0 1

1
Escrevendo de forma recíproca:
¦
¦
¦
¦
)
¦
¦
¦
¦
`
¹
¦
¦
¦
¦
¹
¦
¦
¦
¦
´
¦
(
(
(
(
(
(
(
(
(
(
¸
(

¸

÷
÷
÷
÷
÷
÷
÷ +
=
¦
¦
¦
¦
)
¦
¦
¦
¦
`
¹
¦
¦
¦
¦
¹
¦
¦
¦
¦
´
¦
xz
yz
xy
z
y
x
xz
yz
xy
z
y
x
E
¸
¸
¸
c
c
c
v
v
v
v v v
v v v
v v v
v v
t
t
t
o
o
o

2
) 2 1 (
0 0 0 0 0
0
2
) 2 1 (
0 0 0 0
0 0
2
) 2 1 (
0 0 0
0 0 0 1
0 0 0 1
0 0 0 1

) 2 1 )( 1 (
p(y)
x
y
Barragem sujeita a
uma pressão lateral:
Estado Plano de Deformação
(Plane Strain)
Tubo sob pressão
interna:
p
x
y
w = 0
u = u (x,y)
v = v (x,y)
w = 0
Estado Plano de Deformação
(Plane Strain)
o
x


o
y


o
z


t
xy


t
yz


t
xz
c
x


c
y


c
z


¸
xy


¸
yz


¸
xz
=
E
(1+v)(1-2v)
1÷v v v 0 0 0
v 1÷v v 0 0 0
v v 1÷v 0 0 0

0 0 0 1÷2v 0 0
2
0 0 0 0 1÷2v 0
2
0 0 0 0 0 1÷2v
2

Relações entre Tensão e Deformação (3-D)
o
x


o
y


t
xy
c
x


c
y


¸
xy
=
E
(1+v)(1-2v)
1÷v v 0

v 1÷v 0

0 0 1÷2v
2
Estado Plano de Deformação: Relações entre
Tensão e Deformação
Em geral:
o
z
= 0
E pode ser calculada da seguinte forma:
o
z
=
E
(1+v)(1-2v)
( v c
x
+ v c
y
)
Estado Plano de Deformação: Relações entre
Tensão e Deformação
Ocorre quando:
o
z
= t
yz
= t
xz
= 0
Exemplo:
y
z
x
p
p
Estado Plano de Tensão
(Plane Stress)
c
x

c
y

c
z

¸
xy

¸
yz

¸
xz
o
x

o
y

o
z

t
xy

t
yz

t
xz
=
1
E
1 ÷v ÷v 0 0 0
÷v 1 ÷v 0 0 0
÷v ÷v 1 0 0 0
0 0

0 2(1+v) 0 0
0 0

0 0 2(1+v) 0
0 0

0 0 0 2(1+v)
Relações entre Tensão e Deformação (3-D)
c
x


c
y


¸
xy
o
x


o
y


t
xy
=
1
1 ÷v 0

÷v 1 0

0 0 2(1+v)
E
Estado Plano de Tensão: Relações entre Tensão e
Deformação
Que podem ser escritas de forma recíproca como:
o
x


o
y


t
xy
c
x


c
y


¸
xy
=
E
1 v 0

v 1 0

0 0 1–v
2
1–v
2

c
z
= 0
c
z
=
1
E
(÷ v o
x
÷ v o
y
)
Em geral:
E pode ser calculada da seguinte forma:
Estado Plano de Tensão: Relações entre Tensão e
Deformação