You are on page 1of 4

O BEHAVORISMO – COMPORTAMENTAL Watson houvera aceitado o reflexo condicionado, descoberto pelo russo Pavlov, como elemento básico para

a explicação da aprendizagem e da formação da personalidade. Pavlov   a espécie animal responde aos estímulos do ambiente de forma incondicionada;  é possível condicionar a resposta a partir de estímulos neutros, modificando o comportamento incondicionado;  os estímulos neutros passam a ser condicionados *Eliminando alguns termos da Psicologia Clássica, o Behaviorismo substituiu a associação de sensações pelo condicionamento e a consciência pelo comportamento. *Thorndike, outro americano, foi importantíssimo na popularização do behaviorismo com sua “lei do efeito”, pela qual um comportamento seguido imediatamente de uma recompensa agradável tende aumentar a sua frequência.  John Watson  contrapondo às abordagens introspectivas da Psicologia desenvolve a sua teoria do comportamento utilizando sujeitos animais e humanos nas suas experiências. Ele via a Psicologia como parte das ciências naturais e toma o comportamento como objeto de estudo a ser investigado por meio de estímulos e respostas.  S  R  Esta formulação corresponde aos critérios epistemológicos do positivismo.  Além disso, o comportamento pode ser gradualmente modificado ou modelado até aparecerem novas repostas que ordinariamente não fazem parte do repertório comportamental do rato.  Êxito nesses esforços levou Skinner a acreditar que as leis de aprendizagem se aplicam a todos os organismos.

INFLUÊNCIA NA EDUCAÇÃO  A teoria behaviorista foi e ainda é, em nosso meio, amplamente utilizada, em termos de organização de situações de aprendizagem.  Tornou-se um “vício” a programação prévia dos conteúdos, bem como o levantamento dos objetivos de aprendizagem, de forma sistemática, constituindo o plano de curso, entregue aos alunos no início das atividades do semestre ou ano letivo.

o comportamento de alunos podem ser modelados pela apresentação de materiais em cuidadosa sequência e pelo oferecimento das recompensas ou reforços apropriados.   Ela poderá usar o reforço sempre que o comportamento se aproximar do desejado. e a ratos é um mundo no qual prevalecem certas contingências de reforços. então.  Tal teoria provocou mudanças decisivas nas concepções de homem e de mundo e trouxe valiosas contribuições para o processo ensino-aprendizagem.  O que é comum ao homem.  A aprendizagem programada e máquinas de ensinar. esperar que eles emitam este comportamento para reforçá-lo. a pombos.  A teoria behaviorista de Skinner considera a criança como um organismo passível de modelagem e totalmente manipulável. por exemplo. Este procedimento. do mais simples ao mais complexo. ela precisa de imediato.  Para se chegar a obter um comportamento desejável. Por exemplo: se uma professora deseja obter o comportamento de os alunos ficarem quietos durante a aula. chega-se ao ponto desejado.  Tipos de reforços (para instalar comportamentos): .  E a partir desses dados. são os meios mais apropriados para realizar aprendizagem escolar.  Para Skinner a aplicação de seus métodos à educação é simples e direta. através do reforço diferencial ou através de aproximações sucessivas. a “modelagem” do comportamento. está arraigado a nossa prática docente. Em escolas. nem sempre se pode esperar que o sujeito emita este comportamento.  Podemos ainda citar a aprendizagem programada e a aprendizagem por múltiplas respostas como grandes contribuições de Skinner na área da educação. podendo seus desajustes ser corrigidos através da extinção (punição) ou da aplicação de reforços positivos. Skinner lança a sua teoria denominada de Condicionamento Operante (comportamento que opera sobre o mundo – Ex: tocar um instrumento musical). “modelando” comportamentos através de “aproximações sucessivas”.  Assim. Ensinar é simplesmente o arranjo de contingências de reforço sob as quais estudantes aprendem.  Desta forma estaria. assim como a divisão do conteúdo em unidades ou pequenas etapas.

 . por supressão do reforço que a mantinha. barulho.  Reforço negativo: é aquele que.: choque elétrico. aumenta a freqüência da resposta. calor ou frio intenso. mas leva à extinção mais rápida.quando esse acontecimento envolve a remoção ou o afastamento de algo desagradável para o sujeito  Reforço de intervalo: é o reforço intermitente apresentado em intervalo fixo de tempo (de 5 em 5 minutos.  O pai elogia o filho quando este dá a resposta esperada.  A punição é diferente do reforço negativo.reforço positivo . fazendo o desejado pelo pai. o filho.quando esse acontecimento comporta uma ocorrência agradável para o sujeito  — reforço negativo . por exemplo. a recompensa. Reforço positivo: é aquele que apresentado a uma situação. após uma resposta.  Reforço negativo caracteriza-se pela ausência (retirada) do desprazer após a ocorrência de um comportamento pretendido por aquele que o promove. Ex: água com a pressão à barra.  O reforçamento negativo  permite a retirada de algo indesejável.)  Reforço contínuo: é apresentado sempre que o comportamento desejado aparece. recebe o prêmio. Tem como conseqüência o aparecimento mais rápido do comportamento. Ex: choques.  A teoria de Skinner teve pronta aceitação porque na prática o reforço é dado justamente pela ação do indivíduo. quando retirado.  Punição refere-se a um desprazer (estímulo) que se faz presente após um determinado comportamento não pretendido por aquele que aplica.  O reforçamento positivo  oferece alguma coisa ao organismo. alimento. Ex.  E vai aprendendo a buscar o incentivo positivo com deferentes tipos de comportamentos. Ex. faz aumentar a freqüência de respostas.  EXTINÇÃO: processo de diminuição da frequência de ocorrência de uma resposta.  PUNIÇÃO: ocorrência de um estímulo nocivo ou aversivo.  .: água. o reforço positivo.

 O que é comum ao homem. e a ratos é um mundo no qual prevalecem certas contingências de reforços. ao mesmo tempo em que sugerem a aplicação desses princípios às mais diversos áreas de atuação humana.  Em suas obras Ciência do Comportamento humano e Análise do Comportamento humano procura dar essa visão da psicologia. acreditava que o entendimento da personalidade viria de um exame do desenvolvimento comportamental do organismo humano em contínua interação com o ambiente.  Personalidade é definida por Skinner como ►coleção de padrões de comportamento.  Um conceito-chave no sistema de Skinner é o princípio do reforço. a pombos. A aprendizagem programada e máquinas de ensinar. são os meios mais apropriados para realizar aprendizagem escolar. respectivamente. é rotulada como teoria do reforço operante  . muitas vezes. obtendo a extinção do comportamento indesejável e a obtenção do desejável através do processo de descondicionamento.  Ele. na verdade. a posição de Skinner. como muitos outros teóricos. é a ênfase no ambiente pouco considerando os fatores geneticamente determinados e explicando o desenvolvimento do ser humano pelas aprendizagens que se consigam efetivar.  Situações diferentes evocam diferentes padrões de respostas.  Cada resposta individual é baseada apenas em experiências prévias e história genética  Skinner argumentava que. se você basear sua definição do eu em comportamento observável. a qual consiste em levar o paciente a uma mudança de comportamento. chegando a propor a “terapia comportamental”.  O que se nota nesta teoria. não é necessário discutir o eu ou a personalidade.