Francis Bacon, político e filósofo, iniciador do empirismo, nasceu no dia 22 de janeiro de 1561 em Londres, seu pai Nicholas Bacon

, foi guardião do sinete por vinte nos no decorrer do reinado de Elizabete I. Descendente de uma família de ilustres, que sempre tiveram cargos ilustres no reino, Bacon cresceu em meio a cultura, sendo inclusive instruído com zelo e dedicação por sua mãe, que era lingüista e teóloga e falava cinco idiomas, sendo por isso apontada como uma das mulheres mais eruditas de sua época, um fato raro, já que as mulheres normalmente não tinham direito aos estudos. . Francis Bacon estudou na Universidade de Cambridge,e apos a morte de seu pai,quando ele tinha 18 anos,precisou se virar sozinho,pois não encontrou apoio em sua abastada família.Mas, embora tudo conspirasse contra, aos 23 anos ele entra para a câmara dos comuns, iniciando assim sua carreira de homem político e jurista,que ocorreu no reinado da rainha Isabel.Contudo foi a partir do reinado de Jaime I, que ganhou prestigio por parte do rei,recebendo do mesmo os cargos de: advogado geral em 1613, membro do Conselho particular em 1616, chanceler do reino em 1618.,chegando a receber do rei Jaime I , títulos de Barão de Verulamo ,Visconde de S. Albano e Lorde Chanceler da Inglaterra..Porem seu prestigio foi abalado por uma acusação de traição ao rei.Foi assim condenado a prisão e perdeu sua fortuna, e no momento em que essa acusação veio a ser perdoada pelo rei, decidiu sair da vida publica e viver isoladamente me suas terras passando a dedicar seu tempo a seus estudos. Como filosofo,ele ficou conhecido como fundador da ciência moderna e sua principal obra filosófica é o Novum Organum . Bacon classifica as ciências em três grupos: poesia (ciência da imaginação); história (natural e civil) ou (ciência da memória); filosofia(da natureza ou antropológica) ou (ciência da razão). As obras de Bacon, podem ser divididas : jurídica, literária e filosófica:

Obras jurídicas
The Elements of the common lawes of England, Cases of treason, The Learned reading of Sir Francis Bacon upon the statute os uses

Obras literárias (composta principalmente de Essays, os primeiros modelos da prosa
inglesa moderna) Colours of good and evil De sapientia veterum History of Henry VII

Obras filosóficas
Instauratio magna Novum organum Francis Bacon,Morreu em 9 de abril de 1626,em Londres, vítima de uma Bronquite,contraída durante uma de suas experiências,na qual ele pretendia descobrir a relação entre a temperatura e conservação da carne.

A partir daqui não está escrito com minhas palavras.
• • • • • • • • • •

1558 — Morte de Maria I, que é sucedida por Elizabeth I. 1561 — Nasce Francis Bacon. 1576 — Bacon viaja para França. 1582 — Giordano Bruno publica As sombras das idéias. 1588 — Derrota da Invencível Armada. 1596 — Nasce Descartes. 1600 — Giordano Bruno é condenado e executado. 1618 — Bacon é Lorde Chanceler e barão de Verulam. 1623 — Nasce Blaise Pascal. 1626 — Morte de Bacon.

Bacon publica, em 1597, "Ensaios de Moral e de Política" e em 1620, "Novo Organon das Ciências; Campanella, em 1620, publica "Sobre a Sensação das Coisas e a Magia"; e novamente Bacon, em 1623, "Grande Instauração". Campanella publica, em 1623, "A Cidade do Sol"; Galileu, em 1623, "O Mensageiro Celeste"; e Descartes, em 1637, "Discurso sobre o Método".

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful